Jogam hoje pelo segundo jogo da Copa Sulamericana 2013 os times do Lanús (Argentina) x Ponte Preta (Brasil), que começará pontualmente às 21h50 (horário de Brasília). O jogo ocorrerá no Estádio Néstor Díaz Pérez (La Fortaleza), em Lanús, na Argentina.

A primeira partida entre as duas equipes terminou empatada em 1 x 1, e nada está decidido ainda para este jogo final. Caso a partir termine empatada sem gols, o time argentino vai se sagrar campeão. Caso contrário, basta uma vitória pra qualquer uma das equipes.

Vale frisar que se a partir terminar empatada por um placar superior a 1 gol, a Ponte Preta será campeã da Copa Sulamericana 2013.

Neste momento, quem está torcendo muito CONTRA a Ponte Preta é o time do Botafogo, que está ocupando a última posição no G4, e não quer de jeito nenhum que a Ponte Preta fique campeã. Por quê? Porque se isso ocorrer não haverá mais G4, e sim G3. Por quê? Porque se a Ponte Preta seria mais um time brasileiro a ir pra Libertadores da América em 2014, o que faz com que sejam removida uma vaga do Brasileirão 2013.

Para a Ponte Preta seria uma conquista inédita. Para o Lanús, uns dos líderes do campeonato argentino, também.

jogo-lanus-x-ponte-preta-ao-vivo-copa-sulamericana-2013-assistir

O trio de arbitragem é todo chileno, composto por Enrique Osses, e Carlos Astroza / Sérgio Román.

Escalação do Lanús (Argentina)

Marchesín; Carlos Araújo, Goltz, Izquierdoz e Maximiliano Velázquez; Somoza, Diego González, Victor Ayala e Jorge Ortíz; Melano e Santiago Silva.

Escalação da Ponte Preta (Brasil)

Roberto; Artur, Diego Sacoman (Ferron), César e Régis (Chiquinho); Baraka, Fernando Bob, Fellipe Bastos e Elias; Rildo e Leonardo.


No Estádio Centenário, em Caxias do Sul (RS), jogaram Internacional x Ponte Preta pela 38ª rodada do Brasileirão 2013 da série A. Aliás, série A que não fará mais parte da Ponte Preta em 2014, pois já está rebaixada.

Pelo Inter, não jogaram Kleber, Scocco e Gabriel. Pela Ponte, jogou o time sub-20.

Agora é hora de dar risada: mesmo com o time sub-20, a Ponte Preta não cedeu para o Inter. O jogo terminou empatado sem gols.

Jogo ao Vivo Inter x Ponte Preta série A Brasileirão 2013

Escalados no time do Internacional

Muriel; Ednei, Índio, Juan e Fabrício; João Afonso, Josimar, Jorge Henrique, D’Alessandro e Otávio; Leandro Damião.

Escalados no time da Ponte Preta

José Eustáquio; Jéferson, Lucas, Francis e Uendel; Lucas Tidi, João Victor, Matheus e Wescley; Igor e João de Deus.


Ponte Preta x Lanús jogaram nesta quarta-feira, dia 4 de dezembro, pela final da Copa Sulamericana 2013. O jogo foi realizado na capital paulista, no Estádio do Pacaembu, e começou às 21h50, com transmissão ao vivo pel SporTV. O trio de arbitragem foi completamente do Uruguai, sendo o árbitro Roberto Silveira e os bandeirinhas Marcelo Costa e Maurício Espinoza.

A Ponte Preta, que passou honrosamente pelo São Paulo nas semifinais desta competição, agora está disputando o capítulo mais importante da história do clube: uma final da Copa Sulamericana.

Apesar de o time de Campinas ter obtido o ingresso para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro de Futebol, foi com tudo pra cima do time do Lanús para conquistar este título tão desejado. Se a Macaca for campeã, dois fatos inusitados acontecerão: 1) um time da série B do Brasileirão 2014 participará da Libertadores da América 2014; 2) ao invés de G4, o Brasileirão 2013 só terá vaga para três times na Libertadores do ano que vem, ou seja, se tornará um G3.

O jogo terminou com o placar de 1 a 1, com dois belos gols de falta, e 2 chances claras de gol perdidas para cada lado (uma de Santiago Silva, ao final do primeiro tempo, para o Lanús, e outra de Felipe Bastos, de falta, para a Ponte Preta, no segundo tempo, com a bola explodindo no travessão).

Melhores Momentos Ponte Preta x Lanús

Jogo Ponte Preta x Lanús ao vivo Copa Sulamericana 2013 - JOGO FINAL

Pelo campeonato argentino de futebol, a situação do Lanús é basicamente oposta à Ponte Preta. No campeonato gringo, estão brigando pela liderança da competição. Apesar disso, para o time argentino ganhar a Copa Sulamericana seria um título inédito, além de ter o direito de participar da Libertadores, obviamente.

Escalação do time da Ponte Preta

Roberto; Artur, César, Diego Sacoman e Uendel; Baraka, Fernando Bob, Fellipe Bastos e Elias; Rildo e Leonardo (técnico Jorginho).

Escalação do time do Lanus

Marchesín; Carlos Araújo, Goltz, Izquierdoz e Maximiliano Velázquez; Víctor Ayala, Diego González, Leandro Somoza e Jorge Ortíz; Lucas Melano e Santiago Silva (técnico Guilhermo Schelotto).


Portuguesa x Ponte Preta jogam às 17h (horário de Brasília) deste domingo (01/12/2013) pela série A do Brasileirão 2013. A partida é de suma importância para a Lusa, já que vencendo estará salva da série B no ano que vem. A Ponte Preta, que apesar de estar na final da Copa Sulamericana, já está rebaixada do Brasileirão da série A.

Com o resultado de ontem entre Fluminense x Atlético-MG, a Ponte Preta está matematicamente rebaixada para a série B em 2013, e de lá não deve voltar tão cedo, já que tem feito jogos muito miúdos, com uma equipe que só não é pior despreparada que o Náutico, que faz a pior campanha da era de pontos corridos da história.

Sem importância pra Macaca, mas de fundamental importância pra Portuguesa. Uma vitória hoje sobre a Ponte Preta fará com que o time do interior do Estado de São Paulo, garanta presença na série A em 2014. Ganhando, irá a 47 pontos, e não terá matematicamente chances de cair para a segunda divisão. Além de ganhar, é bom também torcer para resultados ruins do Vasco, Coritiba, Bahia e Criciúma.

Neste clássico interiorano paulista, o lógico é que a Lusa vença. Mas vamos ver o que a Macaca tem para mostrar, já que é finalista da Copa Sulamericana, tendo derrotado o São Paulo nas semifinais.

Jogo Portuguesa x Ponte Preta ao vivo série A Brasileirão 2013

O jogo será disputado no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

Escalação da Portuguesa

Lauro; Luís Ricardo, Lima, Valdomiro e Rogério; Willian Arão, Bruno Henrique, Moisés e Souza; Wanderson e Gilberto.

Escalação da Ponte Preta

Edson Bastos, Régis, Betão, Ferron e Ferrugem; Magal, Alef, Adrianinho e Chiquinho; Adailton e William.


Ponte Preta x São Paulo ao vivo hoje pelo 2º jogo da semifinal da Copa Sulamericana 2013. O jogo, que será disputado na cidade de Mogi Mirim, no interior de São Paulo, deve ser bastante emocionante, já que o tricolor paulista precisa vencer pelo placar de 3 a 0 para tentar avançar às finais da Copa Sulamericana. Na partida de ida, o time da Ponte Preta venceu o São Paulo pelo placar de 3 a 1 em pleno Morumbi.

Em 2013, pra falar a verdade, o São Paulo não tem tido muito êxito em jogos dentro de casa. Tem feito uma campanha realmente decepcionante junto da sua torcida. No último domingo, por exemplo, o São Paulo só conseguiu um empate frente ao Botafogo, em casa. Jogo este que o meia Ganso teve papel fundamental, tendo feito uma jogada de craque que passou em vários veículos de esporte. No ano de 2012, o São Paulo foi campeão da Copa Sulamericana, o que lhe permitiu participar da Libertadores da América 2013 (que também não obteve êxito). A Libertadores deste ano foi vencida pelo Atlético-MG que disputará o mundial de clubes no mês de dezembro.

Já a Ponte Preta, que nunca chegou tão longe na competição, lutará com unhas e dentes para não levar gols (e se levar, que seja de até 2 a zero apenas). Seria uma campanha realmente contraditória da “Macaca”, já que pelo Brasileirão 2013 da série A, a equipe se encontra na zona de rebaixamento, e de lá não sairá mais, ou seja, em 2014 a Ponte Preta jogará na segunda divisão do futebol nacional. No entanto, ao mesmo tempo, poderá disputar a Libertadores.

Pelo São Paulo, Luís Fabiano deve começar no banco de reserva, já que o técnico Muricy Ramalho preferiu a formação que empatou contra o Botafogo, no último domingo. E pela Ponte Preta, o desfalque será apenas e tão somente o goleiro Roberto, que dará vez a Edson Bastos, pois está lesionado.

Jogo São Paulo x Ponte Preta - Copa Sulamericana 2013 - Semi-final
Créditos: Sergio Barzaghi/Gazeta Press

O trio de arbitragem desse jogo será totalmente equatoriano, composto pelo árbitro Carlos Vera, e seus assistentes Christian Lescano e Byron Romero.

Escalação da Ponte Preta (Macaca)

Edson Bastos (Roberto); Artur, César, Diego Sacoman e Uendel; Baraka, Fernando Bob, Fellipe Bastos e Elias; Rildo e William (Leonardo).

Escalação do São Paulo (Tricolor Paulista)

Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rodrigo Caio, Antônio Carlos e Reinaldo; Denilson, Maicon, Douglas e Ganso; Ademilson e Aloísio.

Melhores momentos São Paulo 1 x 3 Ponte Preta – Copa Sulamericana


O Palmeiras depois de contratar quatro novos jogadores para integrar time na continuação da Série B do Brasileirão, agora começou a querer vender os jogadores que não estão sendo usados pelo técnico Gilson Kleina.

O time já colocou a disposição do Ponte Preta parte da equipe correspondente aos que estão sem atuar na equipe principal. Maikon Leite é o primeiro da lista, visto o interesse dos campineiros pelo jogador, mas Tiago Real aparece também na lista de jogadores oferecidos à Ponte.

A Ponte Preta fechou alguns pacotes de jogadores descartados pelo Palmeiras e agora está a espera de resposta sobre os mesmos. A proposta feita pela Ponte envolve vários jogadores, mas há preferência pelo Maikon, o jogador também recebeu propostas do Náutico e da Portuguesa.

De acordo com o diretor de futebol, Ocimar Bolicenho, o outro nome citado acima, Tiago Real, está no pacote sugerido pela equipe, porém não se pode afirmar se ele participará da transferência.

Maikon Leite não teve sorte no Palmeiras. Vítima de diversas lesões, chegou ao time, mas não conseguiu emplacar. Das 87 partidas que disputou com a camisa do time, fez somente 12 gols.

Já Tiago Real perdeu o seu lugar no time, logo após algumas substituições e aquisições do time de atletas que jogam na mesma posição que ele.

Por Melina Menezes.


A Ponte Preta recebeu reforços vindos do exterior nesta quinta-feira, 11 de Julho.

Os atletas que chegaram ao clube são os primeiros, pois se acredita que virão mais alguns ainda nesta etapa. O lateral-direito, Luis Advíncula e o meia Brian Sarmiento da Argentina, são os dois novos jogadores do Ponte Preta.

Advincula que estava atuando no Hoffeinheim da Alemanha e quando chamado, é titular da Seleção Peruana, ocupará a vaga que era de Cicinho (vendido para o Santos).

O argentino Sarmiento estava defendendo o All Boys e veio em caráter de empréstimo para a Ponte Preta assim como o peruano. Os jogadores ficaram no time brasileiro até o final do Campeonato Paulista em 2014.

Conforme foi dito por Ocimar Bolicenho, executivo de futebol, o All Boys dá a preferência de compra do meia para o São Paulo, porém o Heffeiheim não dá prioridade ao clube. Ele ficou calado quando o assunto foi Maikon Leite que não foi para Arábia Saudita, continuou no Palmeiras e poderia ser um dos novos reforços do time paulista.

Para começarem a defender o seu novo time, os dois atletas estrangeiros deverão esperar que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) regularize as documentações.

Por Melina Menezes.


O Cruzeiro informou que o zagueiro Thiago Carvalho será emprestado para a Ponte Preta até o final da temporada. O diretor do Cruzeiro, Alexandre Mattos, conversou com a diretoria da Ponte Preta e fechou o empréstimo.

Thiago Carvalho não teve muitas oportunidades dentro do Cruzeiro desde o começo do ano. Depois da contratação de Nirley, Bruno Rodrigo, Paulão e Dedé, Thiago ficou em segundo plano.

Thiago Carvalho tem 24 anos e começou a sua carreira no futebol goiano, porém, só teve destaque no futebol mineiro quando jogou sua melhor temporada pelo Boa Esporte, em 2011. Já no Cruzeiro, o zagueiro não teve muitas chances de mostrar o seu talento, jogou apenas 24 jogos e marcou somente um gol. Thiago também jogou como zagueiro pelo Vila Nova, América, Jataiense e Trindade. O jogador já tem autorização do clube pra viajar até Campinas, onde realizará diversos exames. A partir de agora, o clube paulista é quem paga o salário do jogador até o final do contrato de empréstimo.

A Ponte Preta está na lanterna do Campeonato Brasileiro e tem um das piores defesas da competição, com nove gols sofridos.

Por Jéssica Posenato


Na lanterna do Campeonato Brasileiro, a Ponte Preta anunciou a contratação do experiente treinador Paulo César Carpegiani. A Ponte,que não vem mostrando um bom futebol, amarga a última colocação da competição durante as paralisações por causa da Copa das Confederações organizadas no Brasil.

A diretoria espera mudanças e acredita no potencial do novo técnico. A macaca só voltará a campo no dia 07/07/13 em partida válida pela sexta rodada do Brasileirão. A Equipe de Campinas enfrentará o Náutico fora de casa .A partida, que será realizada no Estádio dos Alflitos, realmente terá ares de aflição e decisão,pois o timbu de Pernambuco está em penúltimo lugar na classificação.

Carpegiani afirmou que está feliz em sua volta a Ponte Preta onde, a nível profissional, já atuou tanto como técnico como jogador. Ele enfatizou que a lanterna não assusta e que todos os jogadores serão valorizados. O treinador também evitou falar sobre reforços,pois prefere avaliar o time atual antes de tomar maiores decisões. O elenco da Ponte deve ganhar alguns reforços para o decorrer do Campeonato. Paulo Césa Carpegiani também não se envolveu na polêmica sobre o caso do zagueiro e capitão do time Cléber que, insatisfeito com os dirigentes, ''ameaçou'' não defender mais clube na temporada.

A Ponte Preta conquistou apenas 3 pontos nos cinco jogos disputados até aqui.

Por Madson Lima de Oliveira


A vitória por 2 a 0 do Botafogo deixou a Ponte Preta na zona de rebaixamento. O jogo válido pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro foi surpreendente, mas o time da estrela solitária mostrou-se melhor, principalmente com a atuação de jogadores como o holandês Seedorf que marcou um gol e cobrou o escanteio para o segundo gol.

Mesmo jogando em casa, o time da Ponte Preta não fez uma boa partida, apesar do começo equilibrado, a Ponte teve dificuldades em impor um ritmo de jogo. Por outro lado, o Botafogo mostrava-se muito empenhado, com um time entrosado e que fazia ótimas jogadas. O primeiro gol saiu aos 31 minutos do primeiro tempo. Após cobrança de falta de Lucas e assistência de Fellype Grabriel e Rafael Marques, Seddorf completa para o gol.

Foi com a mesma coletividade do primeiro gol que o Botafogo ampliou 5 minutos depois. Seedorf bateu escanteio, Bolívas cabeceou e na sobra, Antônio Carlos balançou as redes também de cabeça. Foi um bom primeiro tempo exceto pela lesão de Antônio Carlos que foi substituído por André Bahia

No segundo tempo a Ponte até tentou uma reação, mas sem sucesso. O que levou o time do interior paulista à zona de rebaixamento. Na próxima rodada do Brasileirão, que só ocorre no dia 6 de julho, o Botafogo enfrenta o Fluminense e a Ponte Preta encara, fora de casa, o Náutico.

Por Robson Quirino de Moraes


No início da semana foi noticiado o interesse do São Paulo em dois jogadores da Ponte Preta: Cicinho e Cléber. Inicialmente a proposta era de um montante em dinheiro, mais a cessão de alguns jogadores, que não vêm sendo utilizados pelo técnico Ney Franco.

Cicinho vem se destacando no time de Campinas desde 2012, quando fez ótimas atuações no Campeonato Brasileiro, chamando a atenção de várias equipes.

Em resposta ao Tricolor Paulista, a cúpula ponte-pretana disse não ter gostado muito da proposta, afirmando que gostariam que o São Paulo cedesse jogadores mais renomados, citando o lateral/meia Douglas como exemplo, e/ou que aumentassem a proposta para R$ 10 milhões.

O dirigente são-paulino, João Paulo de Jesus Lopes, reiterou que a contra-proposta foi analisada, e que em decisão conjunta com outros diretores, deram por encerrado as negociações, alegando ser inviável a conclusão das mesmas.

O treinador Ney Franco ainda crê na evolução das negociações, afirmando que são jogadores interessantes e que agregaria muito valor ao elenco são-paulino. Quem já foi contratado e inclusive apresentado ao elenco foi o atacante Silvinho, ex-jogador do Penapolense, sendo inscrito na Copa Libertadores, no lugar de Casemiro, emprestado ao Real Madrid.

Por Vinicius Cunha


Com uma atuação brilhante, o Corinthians não tomou conhecimento da Ponte Preta, que jogava em casa, no Moisés Lucarelli, e goleou por 4 a 0. Os gols do Timão foram marcados por Romarinho, Emerson Sheik, Paolo Guerrero e Alexandre Pato. Com o resultado, a equipe do técnico avançou para a semifinal do Campeonato Paulista.

Desde que a bola rolou, a Macaca fez valer o seu mando de campo e não parecia temer o Corinthians. A vontade da Ponte de marcar o seu gol acabou custando caro, pois a equipe se abriu e permitiu os avanços do Timão.

Aos 32 minutos, Guerrero arriscou de fora da área, o goleiro Edson Bastos espalmou e Romarinho, bem colocado, abriu o placar. Pouco depois, Emerson Sheik fez grande jogada, livrou-se do marcador e chutou no canto: 2 a 0.

Na etapa complementar, um pênalti incorretamente assinalado a favor do Timão fez Guerrero ampliar ainda mais a vantagem. Alexandre Pato fez uma linda jogada no final do jogo e fechou o placar: 4 a 0.

Com vaga garantida na semifinal do Paulista, agora o Corinthians volta suas atenções para as oitavas de final da Copa Libertadores. A equipe segue para Buenos Aires, onde na quarta-feira enfrenta o Boca Juniors, no temido estádio da La Bombonera.

Por Julio Abreu


O Palmeiras venceu a Ponte Preta por 2 a 1 no Moisés Lucarelli e quebrou a invencibilidade do adversário na competição. Não bastasse isso, o Palmeiras também garantiu a classificação antecipada para a próxima fase do Campeonato Paulista. Os gols alviverdes foram marcados por Leandro e Tiago Real. Já Luis Ramírez descontou para a Ponte Preta.

O destaque do jogo não poderia deixar de ser o atacante Leandro. Depois de participar da goleada da Seleção Brasileira sobre a Bolívia, por 4 a 0, o atacante viajou a tempo de se juntar à delegação e marcar o gol da vitória, para delírio da torcida.

Mesmo como muitos desfalques e suspensões, o Palmeiras conseguiu fazer bem o seu papel e aos 3 minutos do primeiro tempo abriu o placar com Tiago Real, de cabeça. Depois do gol, a equipe começou a oscilar entre bons e maus momentos. Foi quando a Ponte Preta se aproveitou. Uendel cruzou e Ramírez descontou: 1 a 1. Somente aos 27 minutos da etapa final que o atacante Leandro recebeu a bola de Juninho e marcou o gol da vitória: 2 a 1.

Agora o Palmeiras vira as suas atenções para a Copa Libertadores. Na quinta-feira, a equipe enfrenta o Libertad, às 19:15, no Pacaembu. Já o próximo compromisso da Ponte Preta será no domingo, contra o Mirassol, pelo Campeonato Paulista.

Por Júlio Abreu


Na décima primeira rodada do Campeonato Paulista 2013, será realizado um clássico no interior de São Paulo. A Ponte Preta, time de Campinas, recebe o São Caetano. O jogo será realizado no dia 10 de março, às 18:30, no estádio Moisés Lucarelli.

Os dois times encontram-se em situação completamente diferente na tabela, se a Ponte Preta fez bela campanha e conseguiu o segundo lugar, o São Caetano amarga a última posição da tabela de classificação.

O time de Campinas tem 20 pontos acumulados em 10 jogos e apresenta campanha com 66,7% de aproveitamento. Já o São Caetano, em 10 jogos, somou apenas cinco pontos e tem um baixo aproveitamento de 16,7%.

Mesmo com as contratações de peso que fez esse ano, apresentando o pentacampeão Rivaldo e o craque-problema Jobson, o Azulão não conseguiu emplacar no torneio estadual.

No caso da Ponte, que manteve a equipe que fez um bom campeonato brasileiro no ano passado, o único problema foi a mudança de técnico, pois Gilson Kleina trocou a macaca pelo Palmeiras. 

Confira no vídeo os gols da partida:

Por Marcelo Araújo


A cada rodada que passa o Fluminense vai se aproximando mais do título do Campeonato Brasileiro. Na noite deste domingo, não foi diferente. Assim como o Atlético Mineiro, que mais cedo havia virado sobre o Sport, o Fluminense conseguiu uma grande virada contra a Ponte Preta e se manteve com uma boa vantagem na liderança da competição.

A partida começou de maneira surpreendente. Logo no primeiro minuto, a Ponte marcou seu gol. Luan, em belo chute de fora da área, encobriu Diego Cavalieri e abriu o placar. Assustado, o time das Laranjeiras quase tomou o segundo aos 7 minutos, mas Roger jogou para fora. A partir daí, o Fluminense começou a tomar conta da partida. Fred e Wagner, duas vezes, tiveram chances de empatar para o Fluminense. Sem conseguir jogar, a Ponte tentava se segurar para sair para o intervalo com a vantagem. O Fluminense continuou pressionando, mas Edson Bastos garantiu o 1×0 no placar até o fim do primeiro tempo.

A pressão exercida na segunda metade do primeiro tempo continuou na segunda etapa. Wellington Nem apareceu bem outra vez aos 9 minutos, mas Edson Bastos fez outra boa intervenção. Aos 17 minutos, foi a vez de Jean fazer o goleiro da Macaca trabalhar. Bastos voltou a fazer milagre aos 20 minutos, em chute de Carlinhos.

Se o jogo já estava difícil com todos em campo, as coisas ficaram ainda piores quando a Ponte teve o volante o Wendel Santos expulso. A pressão carioca se intensificou. Fred quase marcou de falta aos 30 minutos. Quatro minutos depois, de pênalti, o atacante conseguiu balançar as redes e empatar a partida. Foi o décimo quinto gol de Fred no Campeonato.

Edson Bastos continuava fazendo milagres. Aos 37 e 41 minutos, o goleiro salvou a Ponte de levar a virada. Porém, aos 43 minutos, nada pôde fazer. Wagner cobrou falta e Gum cabeceou, estufando as redes e decretando a virada do Fluminense.

Com a vitória, o Fluminense, líder, chegou a 68 pontos, nove a mais que o segundo colocado. A Ponte Preta fica com 37, na 13ª posição.

Por Augusto Cesar


O Coritiba conseguiu voltar a respirar no Campeonato Brasileiro. Após três partidas consecutivas sem vitória, o time paranaense viu o fantasma do rebaixamento mais próximo. Com a vitória desta quinta-feira (04/10), porém, o Coxa consegue se manter um pouco afastado da zona de descenso.

Por quase todo o primeiro tempo o ritmo do jogo foi lento. Até os 35 primeiros minutos, apenas duas chances de gol aconteceram, uma para cada equipe. Mas, no final da primeira etapa, o time da casa resolveu pressionar e chegou ao gol. Aos 39 e 40 minutos, Deivid criou duas boas oportunidades para os mandantes. Aos 41 minutos, de peixinho, o atacante balançou as redes, marcando o gol do Coritiba.

O cenário do primeiro tempo se repetiu no segundo. Já com a vantagem no placar, o time do Paraná não se expôs para não correr perigos e o jogo ficou bastante preso. A Ponte Preta teve um gol anulado aos 17 minutos, e foi só o que a Macaca conseguiu fazer. Bem postado, o time do Coritiba anulou o ímpeto paulista e assegurou a importante vitória.

Com os 3 pontos conquistados, o Coritiba chega a 32 pontos, 5 longe da zona de rebaixamento, na 16ª posição. A Ponte Preta se mantém com 34, na 15ª colocação.

Por Augusto Cesar


A vitória do Palmeiras sobre o Figueirense trouxe outros ares para o centro de treinamento do alviverde. A boa estreia do técnico Gilson Kleina, aliado ao retorno de Marcos Assunção, renovaram as esperanças da torcida na permanência na primeira divisão do Campeonato Brasileiro. Agora, o adversário é a Ponte Preta, em partida que será disputada na noite deste sábado (29/09), no estádio do Pacaembu.

O treinador encerrou uma série de três derrotas consecutivas, que haviam levado o time a ficar na penúltima posição, empatado com o lanterna do campeonato, Atlético Goianiense. Foi, também, apenas a segunda vitória no segundo turno do Brasileiro. Agora o time busca por uma sequência de vitórias para se aproximar da fuga do rebaixamento. Hoje, o Coritiba, que seria o primeiro a escapar, tem 28 pontos, cinco a mais do que os paulistas.

Do outro lado, a Ponte Preta vive situação mais tranquila no Campeonato. O time está com 34 pontos e um pouco distante da zona de rebaixamento. Mas o time de Campinas não quer correr riscos e uma vitória deixaria a Macaca mais perto da Copa Sul-Americana. Além disso, será a primeira partida entre o elenco pontepretano contra o ex-técnico, Gilson Kleina.

No primeiro turno, a Ponte conseguiu se aproveitar do fator casa, e de enfrentar o Palmeiras no momento em que o alviverde ainda disputava a fase final da Copa do Brasil. Vitória por 1 a 0. O jogo também marcou a saída de Deola, que falhou no gol pontepretano.

Por Paulo B.


Recentemente, um turbilhão de problemas tem rondado a Sociedade Esportiva Palmeiras. Além da demissão do técnico Luiz Felipe Scolari, o alviverde da capital paulista encontra-se na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro de 2012.

Na última rodada houve um alento, o clube conseguiu derrotar o Figueirense por 3 a 1 fora de casa. Com isso, os torcedores e jogadores ganharam novo fôlego para a próxima partida, que será disputada no Pacaembu contra a Ponte Preta, no dia 29 de setembro, às 21h.

Com uma campanha melhor do que a do Palmeiras no Brasileirão de 2012, a Ponte Preta encontra-se na décima posição na tabela de classificação, apresentando 34 pontos em 26 jogos e aproveitamento de 43,6 pontos percentuais.

Para vencer o Palmeiras fora de casa, a Macaca de Campinas conta com um bom sistema defensivo e os gols do artilheiro Roger.

A situação do Palmeiras é mais complicada, precisa vencer para somar três pontos, mas, mesmo assim, não consegue sair do Z4, pois está a quatro pontos do Sport, primeiro dos 4 times da zona de rebaixamento. Porém, a vitória é importante para não deixar a situação piorar ainda mais.

Por Marcelo Araújo


A Ponte Preta receberá o Vasco pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro 2012. Com diversos confrontos importantes nas zonas do G4 e do Z4, esta série de jogos é bastante esperada, pois pode definir posições nas duas partes da tabela.

O Vasco ainda figura na quarta posição do G4 e precisa manter uma regularidade de vitórias para se classificar para a Taça Libertadores da América do ano que vem. Para isso, a vitória sobre a Macaca fora de casa é de extrema importância.

Contando com a experiência de jogadores como Juninho Pernambucano e Felipe, o time carioca ainda tem como arma principal os gols de Alecsando, um dos principais artilheiros do torneio nacional com nove gols marcados.

Pelo lado do time campineiro a situação é bem diferente, a Macaca acumulou 33 pontos em 25 jogos e mantém um índice de aproveitamento de 44%, o mesmo do Santos. Por isso, a campanha do clube tem sido bastante elogiada.

Com o apoio de sua torcida, a Ponte Preta pretende somar mais três pontos em casa e, para isso, tem o artilheiro Roger como uma de suas principais apostas.

O jogo será realizado no dia 23 de setembro no estádio Moisés Lucarelli, às 16h.

Por Marcelo Araújo


Fechando a 25ª rodada do Campeonato Brasileiro, a Ponte Preta irá receber o Botafogo no estádio Moisés Lucarelli.

Em boa fase, a Ponte Preta não tem nenhum jogador suspenso para a partida. Há 6 jogos sem perder, o time paulista conta com os gols do atacante Roger para poder superar o Botafogo, quem vem sondando as primeiras colocações. Com o atacante Giancarlo lesionado, André Luís e Rildo disputam uma vaga no ataque da equipe. A meta da equipe é conseguir a vitória para se garantir no grupo dos times que vão a Sul-Americana, o que seria um feito inédito na história da Ponte.

Pelo lado botafoguense, a maior falta sentida será do craque holandês Seedorf. Ainda se recuperando de lesão, o jogador não irá para a partida. Outro desfalque importante será o meia atacante Elkeson, suspenso. Com isso, Rafael Marques deve voltar ao time. Sem os dois principais jogadores, Andrézinho assume a responsabilidade de comandar a equipe na busca pelo G4. Lodeiro e Fellype Gabriel devem completar o meio campo.

O jogo será às 18h30 e terá arbitragem de Dewson Fernando Freitas da Silva, com auxílio de Roberto Braatz e Kleber Lucio Gil.

Por Augusto Cesar


O empate entre o Botafogo e o Internacional, nesta quinta-feira (13/09), no Engenhão, não foi bom para nenhuma das equipes. Isso porque os quatro primeiros colocados venceram e ampliaram a vantagem para o pelotão intermediário. Agora, o time de Osvaldo de Oliveira buscará os pontos perdidos fora de casa contra a Ponte Preta, domingo (16/09, às 18h30) no Moisés Lucarelli.  

O Bota vinha de uma sequência de três vitórias consecutivas, mas não conseguiu repetir o ímpeto contra o colorado. O resultado deixou a equipe com 38 pontos, na quinta posição, e há quatro do Vasco, que venceu o Palmeiras, na quarta-feira.  

Apesar do resultado, o técnico Osvaldo de Oliveira ainda acredita em título para o alvinegro. A diferença para o líder é de 15 pontos.  

Do lado da Ponte Preta, não há grandes pretensões a não ser ficar ainda mais longe da zona de rebaixamento, ou garantir uma vaga na Copa Sulamericana. Nove pontos a frente da zona de rebaixamento e longe da Libertadores, o time está no meio da tabela e conquistou um empate contra o Corinthians, nesta quarta-feira, no Pacaembu.  

No primeiro turno, a Macaca surpreendeu os cariocas e conseguiu uma vitória na casa do adversário. 2 a 1 em pleno estádio Engenhão. 

Por Paulo B.


Dois times de campanhas quase idênticas no Campeonato entraram em campo na noite desta quarta-feira (12/09) em São Paulo. Corinthians ePonte Preta têm o mesmo número de pontos e fizeram um jogo bastante equilibrado. Mesmo sem poupar jogadores para o clássico de domingo, o Corinthians não conseguiu se superiorizar e tal equilíbrio se confirmou no resultado final.

Com as duas equipes se estudando no começo, o jogo começou lento. A primeira oportunidade veio a aparecer com Roger, da Ponte, em chute para fora. Pouca coisa de interessante acontecia. Em uma delas, Marcinho, com visão aberta, isolou a bola. Pouco depois, a Ponte teve um gol corretamente anulado, do zagueiro Tiago Alves. Apenas aos 41 minutos que o Corinthians conseguiu criar a primeira chance. Douglas arriscou, mas Edson Bastos espalmou. Na última chance do primeiro tempo, Marcinho quase surpreendeu o goleiro Cássio, mas o mesmo conseguiu voltar e defender, garantindo a igualdade no placar.

Tentando voltar mais presente ao ataque no segundo tempo, o Corinthians não conseguiu emplacar. Enquanto isso, a Ponte continuava tentando. Aos 6’, Nikão fez Cássio praticar uma grande defesa. Aos 19’, mais um gol anulado da Macaca, agora em lance com o atacante Roger. Mais sólida em campo, a Ponte conseguiu chegar a seu gol. Em cobrança de falta ensaiada, Tiago Alves abriu o placar, aos 22 minutos de jogo. O Timão, então, partiu pra cima e, 2 minutos depois, Guilherme quase conseguiu o empate. Aos 31’, foi a vez do jovem Giovanni perder uma boa oportunidade para os donos da casa. No desespero, o Corinthians começou a fazer chuveirinhos na área. Perto do fim do jogo, o Corinthians conseguiu o empate. Emerson, depois de jogada entre os zagueiros corinthianos, desviou de primeira e igualou a partida, que terminou assim.

Com o empate, o Corinthians se mantém na 9ª posição. Com o mesmo número de pontos, a Ponte fica em 10º nos critérios de desempate.

Por Augusto Cesar


Considerados os clubes de São Paulo com maior risco de queda no Campeonato Brasileiro, Ponte Preta e Portuguesa cresceram na competição e estão à frente de grandes clubes como Palmeiras e Santos.

A equipe de Campinas está na décima posição com 31 pontos, e está mais perto da zona de classificação para a Libertadores, do que da zona de rebaixamento. Os lusitanos vem uma posição atrás com 29 pontos.   Os pontepretanos mostraram boa reação, após serem goleados pelo São Paulo, no Morumbi.

Depois disso, foram cinco jogos, com três vitórias e um empate contra o então líder Atlético Mineiro, fora de casa. A Portuguesa também mostrou força de reação e conquistou grandes resultados como a vitória contra o Grêmio, em pleno estádio Olimpico, e a goleada para cima do Palmeiras por 3 a 0.  

Os resultados fizeram as equipes embalarem e, por enquanto, espantar o fantasma do rebaixamento. As duas equipes retornaram à elite do futebol nacional este ano. Na próxima rodada, a Ponte Preta vai a São Paulo enfrentar o Corinthians. Já a Portuguesa recebe o líder Fluminense, no Canindé.   

O primeiro time a ser rebaixado, se o campeonato terminasse hoje, é o Sport com 22 pontos. O Palmeiras é hoje o paulista mais preocupante com apenas 20 pontos e a 18ª colocação.

Já o Santos, se afastou um pouco do perigo da degola, mas não vence há quatro jogos.

Por Paulo B.


Contando com força máxima, a Ponte Preta irá visitar o Corinthians, em São Paulo, em confronto válido pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Todos os desfalques do time pontepretano na última rodada retornam. Edson Bastos, Cicinho e Luan, que fizeram uma imensa falta no jogo contra o Figueirense, voltam diretamente ao time principal. Giancarlo, autor de um dos gols na última partida, deve seguir como titular. Sem perder há 5 jogos, o time agora terá que desafiar o poderoso Corinthians, campeão continental e que joga sem nenhuma pressão no campeonato. Nada que abale a confiança do técnico Gilson Kleina.

Por sua vez, após a vitória contra o Grêmio, o Corinthians entra em campo buscando subir um pouco mais na tabela. Mesmo já classificado para a Libertadores, os jogadores do Timão querem ficar na parte de cima do campeonato. O zagueiro Chicão e o meia Douglas, que não jogaram a última partida, voltam à equipe, enquanto Ralf e Martinez cumprem suspensão automática e não jogam. Alguns titulares ainda devem ser poupados visando o clássico contra o Palmeiras. 

O jogo acontece às 19h30, no estádio do Pacaembu.

Por Augusto Cesar


Na noite deste sábado (08/09), Ponte Preta e Figueirense se enfrentarão no estádio Orlando Scarpelli, em confronto válido pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Sem perder há 4 jogos, desde o início do segundo turno, a Ponte Preta tentará confirmar a boa fase contra o time catarinense. Vindo de uma vitória fora de casa contra o Flamengo, a macaca não poderá contar com 3 jogadores:o goleiro Edson Bastos e o lateral Cicinho estão suspensos, enquanto Luan está vetado com dores.

Para os seus lugares, deverão entrar, respectivamente, Roberto, Nikão e Rildo. Atualmente na 9ª colocação, a Ponte busca sua terceira vitória seguida para encostar nos primeiros colocados e se firmar no grupo da Sul-americana.

Por outro lado, o Figueirense vem de dois bons resultados: empate contra o Fluminense e vitória contra o Corinthians. Mesmo assim, a situação do time no campeonato é preocupante.

Ocupando a vice-lanterna, o Figueira precisa a qualquer custo da vitória para tentar fugir da zona do rebaixamento. Os catarinenses contarão com o retorno do meia Fernandes, fora do último jogo por lesão. A esperança de gols fica por conta do atacante Julio Cesar, que vem em boa fase.

O jogo acontecerá as 18h30 e a arbitragem fica a cargo de Pericles Bassols, com o auxílio de Tatiana de Freitas e Cristhian Sorence.

Por Augusto Cesar


A vigésima segunda rodada do Campeonato Brasileiro 2012 acontece entre os dias 5 e 6 de setembro. Na rodada, serão decididas posições fundamentais para presença de alguns times na zona de rebaixamento e no G4. Em décimo segundo lugar na tabela de classificação, acumulando 27 pontos em 20 jogos, o Flamengo receberá a Ponte Preta, time do interior de São Paulo (Campinas), que se encontra com o mesmo número de pontos do time carioca, porém, supera-o no saldo de gols.

O Flamengo vem de uma derrota da última rodada. O time com maior torcida do Brasil perdeu para o Internacional em uma goleada de 4 a 1 fora de casa. Para se recuperar, a equipe tem o objetivo de vencer a Ponte Preta e ganhar 3 pontos. Para isso, conta com os gols do atacante Vagner Love, um dos artilheiros da competição com 10 gols marcados.

A Ponte Preta, na última rodada, conseguiu importante vitória dentro de casa contra o Atlético-GO. A Macaca da Campinas aposta suas fichas no goleador Roger, atacante que balançou as redes por sete vezes no torneio nacional.

Por Marcelo Araújo


O Náutico recebe a sensação Ponte Preta nesta quarta-feira (18/07), às 20h30, no estádio dos Aflitos. A partida é válida pela décima rodada do Campeonato Brasileiro.

O time da casa está na 12ª posição na tabela de classificação, com 10 pontos, enquanto a Macaca ocupa o 8º lugar, com 15 pontos, apenas um a menos que o 4º colocado Botafogo.

A Ponte Preta tem se destacado na competição nacional pelos resultados surpreendentes contra equipes que eram consideradas favoritas. No último fim de semana o time de Campinas goleou o Coritiba, vice-campeão da Copa do Brasil, por 4×1. Para a partida no Recife, a principal novidade da Macaca pode ser o lateral-direito Cicinho, recuperado de contusão no joelho. O jogador ganhou alta do departamento médico com uma semana de antecedência e agora disputa posição com Gerônimo.

No Náutico, por sua vez, a principal novidade é a estreia do atacante Kieza. Quem também deve jogar pelo Timbu é o lateral-esquerdo João Paulo, que entra no lugar de Lúcio, suspenso por receber o terceiro cartão amarelo na derrota para o Corinthians por 2×1 no sábado, em São Paulo.

Por Mozart Artmann


O centroavante da Ponte Preta, Roger só faltou fazer chover no sábado (14/07), contra o Coritiba, em partida disputada no Moises Lucarelli, pela nona rodada do Brasileirão 2012. O jogador está em frequente teste pelos críticos esportivos que hora criticam, hora elogiam.

No primeiro gol, João Paulo tocou a bola ao centroavante Roger que bateu rasteiro com o pé direito no canto do goleiro e abriu o placar em Campinas, aos 35 minutos da primeira etapa. A bola chegou a desviar no poste direito.

O Coxa empatou o jogo com cabeçada do zagueiro Pereira após cobrança de escanteio executada por Roberto, aos 39 minutos.

Ricardinho colocou a macaca novamente na frente, aos três minutos do segundo tempo, após linda jogada de Renê que deixou Ricardinho livre de marcação para bater no alto depois de escorregar na área.

O terceiro gol saiu depois da bobeada da zaga coritibana, Roger aproveitou e tocou rasteiro na saída do goleiro. No último score, o centroavante aproveitou outro desleixo dos zagueiros do Coritiba para crucificar o placar: Ponte Preta 4×1 Coritiba.

Por Renato Duarte Plantier


Após bater o Santos por 1 x 0 na última quarta-feira (13/06) e abrir boa vantagem na para a partida de volta da semifinal da Taça Libertadores da América, o Corinthians dá uma pausa no torneio continental e agora retoma as atenções novamente para o Campeonato Brasileiro.

Com uma equipe recheada de reversas, o time do técnico Tite viaja até Campinas nesse domingo (17/06), onde enfrentará a Ponte Preta, 15ª colocada, no estádio Moisés Lucarelli, às 18h30.

Preocupado com a competição Sul-Americana, o Timão não tem mandado a campo seus principais jogadores no Brasileirão. Dando pouca importância a esse início de torneio, a equipe ainda não conseguiu vencer. Com um ponto conquistado em quatro partidas, o alvinegro ostenta a lanterna da tabela com apenas um empate.

Expulso diante do peixe e sem poder atuar na segunda partida da Libertadores, o atacante Emerson Sheik é o único titular relacionado para a partida e deve ser opção no banco de reservas. William e Romarinho disputam a posição de Sheik na frente.

O Timão deve pegar a Macaca com: Júlio César; Welder, Antônio Carlos, Wallace, Ramon, Marquinhos, Willian Arão, Willian ou Romarinho, Douglas, Ramírez e Elton.

Por Ramon Raleandro





CONTINUE NAVEGANDO: