O Mundial de Clubes da FIFA de 2014 aconteceu neste ano sem a presença de times brasileiros. Porém, como esperado, a final aconteceu entre o vencedor da Liga dos Campeões e o ganhador da Taça Libertadores da América.

O time sul-americano representando o continente no mundial foi o argentino San Lorenzo, clube do Papa Francisco, que chegou até à decisão, após vencer o Auckland City, clube neozelandês, por 2 x 1.

Do outro lado estava o Real Madrid, considerado o melhor time de futebol da atualidade, que venceu neste ano a Copa do Rei, a Supercopa da Europa e a Liga dos Campeões, além de ser o único time a ter 100% de aproveitamento até este momento na edição da Champions 2014/2015. Na semifinal, venceu o Cruz Azul, do México, em uma vitória fácil por 4 x 0.

A grande final da competição aconteceu no último sábado, dia 20 de dezembro, no Grand Stade de Marrakech. Antes do jogo, houve a disputa pelo terceiro lugar, que foi decidida nos pênaltis após um empate por 1 x 1 no tempo regular. O time neozelandês levou a melhor, com um resultado de 4 x 2 nas cobranças dos tiros livres.

A partida começou com grande agressividade no ataque do Real, sendo praticamente o único atacar, enquanto o San Lorenzo tentou se fechar ao máximo para evitar uma goleada dos espanhóis. Houve grande reclamação da arbitragem e diversos cartões amarelos aplicados logo no primeiro tempo.

Os ataques dos europeus acabaram dando certo aos 36 minutos do primeiro tempo. Após um chute de Bale defendido pelo goleiro, o Real teve um escanteio ao seu favor. Toni Kroos cobrou pela esquerda e Sergio Ramos apareceu no meio da área para inaugurar o placar.

Na volta do intervalo, os madrilenos precisaram de apenas 5 minutos para marcar novamente e definir a partida. Bale recebeu a bola livre na grande área e chutou fraco para o gol, porém, o goleiro Torrico falhou e a bola acabou entrando.

A partida terminou em 2 x 0, com o Real Madrid conquistando seu quarto Mundial de Clubes, se igualando ao outro europeu Milan, que também tem quatro títulos na competição.

Por Rannier Ferreira Mendes

Foto: divulgação


Após vencer o Moghreb Tétouan, clube marroquino, o Auckland City enfrentou o Sétif, da Argélia (campeão africano), dando continuidade ao Mundial de Clubes de futebol que está sendo realizado no Marrocos.

Diferentemente da primeira partida, que o estádio estava cheio (cerca de 35 mil torcedores), já que o jogo foi na casa do time marroquino, o estádio dessa rodada, o Prince Moulay Abdellah, estava bastante vazio, o que é incomum em partidas de Mundiais da FIFA.

A vitória foi magra, apenas 1×0 para o Auckland, mas garantiu a vaga do time neozelandês para enfrentar o San Lorenzo (campeão da Copa Libertadores da América) na semifinal do torneio, em Marrakesh.

Esse foi um feito histórico para o Auckland, já que essa é a sexta participação do clube no Mundial e ele nunca tinha chegado até a semifinal do torneio.

Por uma questão de rivalidade política entre o Marrocos e a Argélia, relacionada a uma disputa pelo Saara, os torcedores locais presentes no estádio torceram para o Auckland, mesmo após ter eliminado o clube local. A torcida incluía vaias para as manifestações argelinas, lances do Sétif, além de comemoração do gol e jogadas do Auckland.

Por apoio da torcida ou não, o clube neozelandês começou melhor na partida, tentando mais ataques, enquanto o time argelino esteve mais na retranca. Por um pouco de falta de qualidade técnica, os times desperdiçaram boas chances de gol e a partida ficou no 0x0 até o fim do primeiro tempo.

Na volta, logo aos 7 minutos do segundo tempo, o Auckland teve um escanteio ao seu favor, que rendeu a bola livre na área para Irving, que chutou e marcou o gol que garantiria a classificação do clube neozelandês.

Após o gol, o time argelino ficou bem mais ofensivo, porém seu adversário fechou-se bem, arriscando apenas em contra-ataques, para manter a vantagem. A estratégia funcionou, e a torcida comemorou muito a vitória do Auckland City sobre o Sétif. Mesmo vitoriosos, os jogadores sabem que a próxima partida será bem mais difícil, já que o San Lorenzo é um clube de alta qualidade.

Por Rannier Ferreira Mendes

Auckland City x S?tif

Foto: Divulgação


Faltando poucos dias para estrear no Mundial de Clubes no Marrocos, o Real Madrid enfrentou o Almería pela 15ª rodada do Campeonato Espanhol, competição em que o clube está em primeiro lugar na tabela, e garantiu uma goleada de 4 x 1.

O bom momento da equipe é bem expresso em seus resultados, já que vem de um aproveitamento de 100% na fase de grupos da Liga dos Campeões – torneio que venceu na última edição e garantiu sua vaga no Mundial – e, com a vitória nesse jogo, completou 20 partidas sem perder.

Outros méritos do clube é possuir como principal jogador o português Cristiano Ronaldo, que venceu a Bola de Ouro do ano de 2013, prêmio dado ao melhor jogador do ano, e está novamente entre os 3 indicados à Bola de Ouro deste ano.

O jogo foi na casa do Almería e começou com bastante vontade por parte de ambos os times. Porém, o primeiro gol saiu apenas aos 33 minutos do primeiro tempo, após Isco receber um cruzamento de Benzema, livrar-se do defensor e chutar para o gol.

A resposta do time da casa veio em 5 minutos, com uma sobra para o meio-campista Verza, que chutou no canto, sem chances para o goleiro Casillas.

Porém, a festa da casa não durou muito, já que apenas 3 minutos depois, Gareth Bale marcou e passou a vantagem no placar novamente para o Real.

O time visitante voltou do intervalo com muita força, com jogadas de quase gol, porém a maior força veio quando, aos 17 minutos do segundo tempo, Iker Casillas defendeu um pênalti a favor do Almería.

Perdida a chance de empate, o clube da casa se entregou para o adversário e foi quando ninguém mais que Cristiano Ronaldo marcou duas vezes, uma aos 35 e outra aos 43 minutos do segundo tempo, selando o placar de 4 x 1 para o Real Madrid.

A estreia do clube espanhol no Mundial de Clubes acontecerá na terça-feira, dia 16 de dezembro, em Rabat, às 17:30.

Por Rannier Ferreira Mendes

Foto: divulgação


Jogam hoje, pelo Mundial de Clubes 2013, o time brasileiro do Atlético-MG e o time de Marrocos, Raja Casablanca. A partida começará às 17h30 (horário de Brasília) e será transmitida ao vivo pelos principais canais fechados. O local do jogo será o Estádio Le Grande Stade, em Marrakesh. Esta partida é válida pela semifinal da competição.

O time da casa está bastante motivado, após ter conquistado uma importante vitória nas quartas-de-final deste torneio. Se passar pelo Galo Mineiro, a equipe marroquina poderá disputar a final contra o Bayern de Munique (um dos melhores times da atualidade, que está com uma invencibilidade de mais de 20 partidas).

Já o time do Atlético-MG conta com o retorno do craque Ronaldinho Gaúcho, que está em ótima fase, tendo jogado a última partida do Brasileirão 2013, e encerrado em alto nível.

jogo-ao-vivo-raja-casablanca-vs-atletico-mg-mundial-de-clubes-2013

Quem apita este importante jogo entre Atlético-MG vs. Raja Casablanca é o árbitro imponente Carlos Velasco‎ Carballo, que será auxiliado de perto pelos assistentes Roberto Alonso Fernandez e Juan Carlos Yueste Jimenez. Será um trio de arbitragem totalmente espanhol. O que isso significa? Nada.

“A marcação é o ponto mais forte deles.”, comenta o atacante Jô, do Atlético Mineiro.

Quem provocou Ronaldinho Gaúcho foi Vivien Mabide, volante do Raja Casablanca, que falou que Ronaldinho só tem nome, e que hoje em dia seu futebol não é mais o que foi no passado. Segundo ele, se enfrentou até Messi, não há porquê ter medo do R10. Vamos ver, né?

Em nossa singela opinião, hoje o Atlético-MG passará fácil pelo Raja Casablanca e irá rumo à final da competição.

Escalação do Raja Casablanca

Askri; El Hachimi, Adil Karrouchy, Mohamed Oulhaj e Benlamalem; Erraki, Guehi, Chtibi e Moutaouali; Lajour e Hafidi.

Escalação do Atlético-MG

Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Réver e Lucas Cândido; Pierre, Josué, Tardelli e Ronaldinho; Fernandinho e Jô.


O time do Atlético-MG joga nesta quarta-feira contra o time marroquino do Raja Casablanca, que surpreendentemente passou pelo Monterrey do México nas quartas-de-finais. O jogo passará na TV às 17h30 desta quarta-feira, dia 18/12/2013, e será disputada no estádio de Marrakesh, no Marrocos.

Tendo em vista que estamos falando do time da casa vs. o time brasileiro, a torcida deve empurrar (e muito) contra o time do Atlético Mineiro.

Segundo informações, o estádio de Marrakesh tem capacidade para 40 mil torcedores, e cerca de 20 mil serão brasileiros empurrando o Galo para caminharem rumo à final da competição.

Se você é torcedor do Galo, e por motivos diversos não pôde ir ao Marrocos ver esse jogo, saiba que o estádio Independência estará de portas abertas para lhe receber. Mais de vinte mil pessoas são aguardadas no Horto para ver o jogo do Mundial de Clubes. No entanto, para que você possa estar presente no Independência, é preciso que você compre o DVD “Contra o Vento”, que conta sobre os jogos do Atlético-MG pela Libertadores da América 2013.

Quem está tendo seu talento sob dúvidas é Ronaldinho Gaúcho, que rebateu as críticas, e disse que apresentarão um bom futebol no fim da tarde desta quarta-feira no Brasil.

jogo-raja-vs-atletico-mg-ronaldinho-gaucho


Os times do Guangzhou Evergrande e do Bayern Munich tem jogo ao vivo hoje pelo Mundial de Clubes, que é um campeonato entre os melhores times de todos os continentes. Amanhã o Atlético-MG jogará contra o Raja Casablanca, do Marrocos.

“Não sei muito sobre o time chinês, mas certamente somos favoritos”, disse Ribéry, do Bayern Munique.

Pode até parecer pretensão demais de Ribéry, mas é isso mesmo. O óbvio é que o time alemão passe de fase e chega às finais da competição.

jogo-bayern-munich-mundial-de-clubes-2013

O jogo começa às 17h30 (horário de Brasília), e a bola rolará no Estádio de Agadir.

O time alemão está há exatamente 41 jogos sem perder. É líder do campeonato alemão, e certamente um dos melhores times da atualidade. Os desfalques da equipe germânica pro Mundial de Clubes são os craques Badstuber, Robben e Schweinsteiger.

De outro lado, o Guangzhou Evergrande também não está na pior. Está invicto faz 19 partidas, foi campeão da Copa da China e do Campeonato Chinês. Elkeson e Muriqui (brasileiros) e Conca (argentino) são os destaques desta equipe que pode surpreender.

Quem vencer esta partida enfrentará Atlético-MG ou Raja Casablanca na final do Mundial de Clubes do ano de 2013.





CONTINUE NAVEGANDO: