A manhã foi de expectativa para o torcedor brasileiro, em especial para os corinthianos. Milhares de torcedores de reuniram por diversas partes do Brasil, para acompanhar o Corinthians na disputa do Mundial de clubes, organizado pela Fifa.

Com o resultado mínimo (1×0), o clube paulista venceu a disputa contra o Chelsea (Inglaterra) e levou para a casa o segundo título mundial de sua história.

Em um confronto duro, contra uma equipe que tentava salvar sua temporada, o Corinthians teve dificuldades para encontrar uma fluidez no jogo. Cássio, goleiro corinthiano, foi o herói da partida, salvando sua equipe por pelo menos três lances claros de gols. 

A nova conquista marca a nova era corithiana. Após a queda do clube para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro, o clube iniciou uma grande ascensão. O time do Parque São Jorge se reestruturou e chegou ao topo, conquistando campeonatos nacionais, além dos títulos da libertadores e mundial.

Após o apito final, de uma partida marcada pelo equilíbrio e pela eficiência do clube paulista (Guerrero marcou o único gol da partida), foi só festa da torcida corinthiana, que invadiu em peso o Japão (país que sediou a competição).

Por Renato Benevenuto


E a tão esperada final do Mundial de Clubes entre Chelsea e Corinthians se tornou realidade. O time inglês venceu os mexicanos do Monterrey por 3 a 1 no Nissan Stadium, em Yokohama (Japão).

O Chelsea venceu com facilidade e foi o dono do jogo do início ao fim. Aos 17 minutos do primeiro tempo, Juan Mata marcou o primeiro gol em jogada coletiva com Oscar e Ashley Cole. O Chelsea teve controle de jogo e o Monterrey não assustou o goleiro Petr Cech.

Incrivelmente aos 18 segundos do segundo tempo, Torres marcou o segundo gol do Chelsea.

O terceiro gol da equipe inglesa aconteceu dois minutos depois. Em um cruzamento do jogador Mata, o mexicano Chavez acabou marcando contra.

Já nos acréscimos da partida, o atacante De Nigris marcou o gol de honra para os mexicanos.

Toda a equipe técnica e alguns jogadores do Corinthians assistiram ao jogo nas tribunas do estádio.

O Mundial de Clubes deste ano será decidido no estádio de Yokohama, no domingo, às 08:30 (horário de Brasília). De um lado teremos o Corinthians, que jogará pelo segundo título da FIFA. Do outro lado teremos o Chelsea, que joga pelo seu primeiro título como melhor do mundo.

Por Viviane Nasciment


Nesta quarta-feira, às 8:30 (horário de Brasília), o Corinthians irá enfrenta o Al Ahly no estádio Toyota Stadium, no Japão. Além do time egípcio, o Corinthians ainda vai ter dois adversários duríssimos, um deles é o frio muito forte e o outro é o frio na barriga da estreia no Mundial de Clubes.

O Corinthians conquistou seu primeiro Mundial de Clubes no ano 2000. Com a competição sendo realizada no Brasil, o Corinthians se tornou campeão depois de uma disputa de pênaltis contra o Vasco da Gama.

Depois de poupar o goleiro Cássio por dores no ombro, o técnico Tite confirmou a escalação do goleiro, assim como também confirmou a escalação do atacante Paolo Guerrero.

O Corinthians deve jogar com a seguinte escalação: Cássio, Alessandro, Chicão, Paulo André e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Douglas e Danilo; Emerson e Paolo Guerrero. Sendo assim, o Corinthians vai ter força máxima para a primeira partida do Mundial de Clubes.

Você pode conferir a cobertura completa da competição na Rede Globo e também na Rede Bandeirantes de televisão. Vale lembrar que ambos os canais irão transmitir os jogos do Timão ao vivo.

Por Bruno Mathiuzzo





CONTINUE NAVEGANDO: