Os times da França parecem estarem nadando em dinheiro, principalmente o PSG e o Monaco, e a cada dia que passa estes vêm anunciando contratações milionárias, e se "ontem" o PSG anunciou Edinson Cavani, pagando a quantia de 63 milhões de euros, o Monaco não quer sair em "desvantagem", e segundo a rádio "RMC Sport", o clube francês, que tem como presidente o bilionário russo Dmitry Rybolovlev, estaria disposto a pagar 60 milhões de euros ao Zenit, da Rússia, para contar com o atacante Hulk, que vem sendo titular da seleção brasileira, comandada por Felipão, e faturou recentemente a Copa das Confederações.

A "RMC Sport" fez questão de reiterar que entre o brasileiro e o Monaco já estaria tudo acertado, inclusive tempo e valor de contrato; Teodoro Fonseca, representante de Hulk, afirmou que cabe ao Zenit fazer a comunicação à imprensa e confirmar a veracidade dos fatos, caso concorde com a transferência; curiosamente, o Monaco já pagou os mesmos 60 milhões de euros para tirar Falcao García do Atlético de Madrid, além de gastar fortunas menos gordas com outros reforços, dando mostras que tem euros sobrando.

Por Vinicius Cunha


Agora é oficial, o colombiano Falcao García é jogador do Monaco; na sexta-feira, dia 31, o clube francês publicou em seu site a contratação do atacante. Falcao assinou contrato de 5 anos, e apesar de não ser revelada, especula-se que o Monaco pagará ao Atlético de Madri a fortuna de 60 milhões de Euros.

Dmitry Rybolovlev, presidente/proprietário do Monaco, comemorou muito a aquisição de García, afirmando que é uma honra contar com um jogador de tamanha grandeza, reiterando que a atitude do jogador contribuiu e muito para o desfecho final; o atacante deverá apresentar-se ao novo clube a partir da volta do elenco aos trabalhos, sem data definida.

A quantia de 60 milhões de Euros faz da transferência de Falcao García a maior da história do futebol francês, superando os valores que o PSG pagou por Thiago Silva, 42 milhões de Euros; e a que o próprio Monaco pagou ao Porto, 45 milhões de Euros, por James Rodríguez.

Polêmico, como sempre, o jornal espanhol "AS" citou uma cláusula no contrato do colombiano, que permite a saída a partir do término da temporada 13/14, caso a mesma seja vantajosa para o jogador. A cláusula seria uma exigência dos empresários do jogador, que veem a trasferência para o futebol francês como uma ponte para o Real Madrid, que está impossibilitado de contratar jogadores do rival Atlético.

Por Vinicius Cunha


Segundo o jornal "AS", o atacante colombiano Falcao García teve sua transferência para o Monaco acertada, afirmando que entre o Atlético de Madrid e o clube francês não há mais pendências. O valor da negociação é de 45 milhões de Euros, e não os 60 milhões da mesma moeda, anunciados anteriormente.

Apesar do acerto, uma cláusula contratual prevê que o atacante seja liberado do Monaco, caso chegue uma proposta vantajosa ao atleta, a partir do término da temporada 13/14. Especula-se que Falcao García receberá 14 milhões de Euros anuais.

De volta à primeira divisão do Campeonato Francês, o presidente/proprietário do clube francês, Dmitry Rybolovlev, terá no mínimo um grande jogador em seu elenco na iminente temporada. O objetivo de Rybolovlev não é conquistar somente o futebol francês, e sim se tornar em uma potência no continente europeu.

As contratações para 13/14 não estão restritas à Falcao García, já que o Monaco acertou as contratações de James Rodríguez e João Moutinho, ambos do Porto; e de Ricardo Carvalho, ex-Real Madrid. Mais dois atletas estão na "mira" de Dmitry: Victor Valdés, do Barcelona; e Fábio Coentrão, do também espanhol Real Madrid.

Por Vinicius Cunha





CONTINUE NAVEGANDO: