O jogo entre Criciúma e Grêmio, pela oitava rodada do Brasileirão, foi disputado no estádio Heriberto Hülse. O placar de 2 a 1 para o Criciúma foi a primeira derrota de Renato Gaúcho no comando do Grêmio, que não conseguiu encostar no G4.

O Tigre buscou o ataque desde o início da partida, mas o goleiro Dida estava atento às jogadas e defendeu chutes de Leandro Brasília e Wellington Paulista, mas no rebote Elton marcou para o time da casa. Antes da comemoração, o bandeirinha já havia marcado posição irregular e o gol foi anulado.

O Grêmio não estava morto na partida e tentou com Vargas e Mateus Biteco. A partir daí, o jogo ficou mais animado com chances para ambos os lados. Aos 25 minutos, Marlon cruzou para Wellington Paulista, que abriu o placar para o Criciúma.

A desvantagem fez o Grêmio ir atrás do prejuízo, contudo, a equipe esperava pelos contra-ataques e deslizes da equipe adversária, o que aconteceu logo após um erro de passes entre Elton e Leandro Brasília. Ramiro tomou a bola e tocou para Zé Roberto deixar tudo igual.

A partida ficou ainda mais quente no segundo tempo e dois jogadores do Grêmio foram expulsos. Um deles foi o atacante Vargas, que levou o vermelho após chutar Amaral. Com a vantagem numérica, logo o Criciúma marcou o segundo com Matheus Ferraz. O Grêmio ainda tentou empatar com Kléber, aos 44 minutos, mas já era tarde para o Tricolor.

Por Robson Quirino de Moraes


Na última rodada antes da Copa das Confederações, Grêmio e São Paulo fizeram um jogo muito disputado na Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS). O placar de 1 a 1 não agradou nenhuma das equipes, que só voltam a jogar no mês que vem. O São Paulo volta a campo no dia 3 de julho, pela Recopa Sul-Americana, onde enfrenta o Corinthians. Já o Grêmio enfrenta o Atlético Paranaense no dia 7 de julho.

A partida começou agitada, com ambas as equipes usando seus esquemas táticos com três atacantes, o que deixou o jogo mais aberto. Apesar disso, o primeiro tempo teve poucas possibilidades de gol, principalmente pela falta de pontaria dos jogadores. A jogada mais perigosa foi de Luís Fabiano pelo São Paulo. O atacante deu um drible da vaca e chutou cruzado para a defesa de Dida.

O Grêmio sofria com os sucessivos erros de passe. A única chance perigosa da equipe no primeiro tempo saiu dos pés de Barcos. O atacante argentino tocou de calcanhar após sobra de bola, mas o goleiro Rogério Ceni conseguiu defender.

O gol só saiu aos 41 minutos do primeiro tempo, quando Luis Fabiano recebeu a bola e chutou no canto direito do goleiro do Grêmio.

No segundo tempo, o Grêmio voltou melhor em campo e pressionou muito o São Paulo, que acabou cedendo. Aos 43 minutos, houve cobrança de escanteio, Souza desviou para a pequena área e a bola sobrou para Kléber. O atacante se livrou da marcação do zagueiro e cabeceou para o fundo da rede.

Por Robson Quirino de Moraes


Grêmio x VitóriaGrêmio e Vitória realizam nesta quarta-feira (dia 5 de junho) mais uma partida do Brasileirão 2013. O jogo, válido pela 4ª rodada da competição, será realizado às 21:00, na Arena Grêmio, em Porto Alegre (RS).

O Grêmio, atual 8º colocado com 4 pontos, vem de um empate fora de casa com o Santos. O Tricolor Gaúcho espera vencer hoje para se aproximar de vez dos líderes da competição.

Já o Vitória, atual vice-líder com 7 pontos, vem de uma vitória em casa contra o Vasco. A equipe baiana deve buscar a vitória hoje no intuito de tomar a primeira colocação do São Paulo.

O Grêmio terá 5 desfalques para a partida de hoje: Eduardo Vargas (na Seleção Chilena), Tony (lesionado), Marco Antônio (lesionado), Fábio Aurélio (lesionado) e Fernando (na Seleção Brasileira).

Já o Vitória também terá 5 desfalques: Maxi Biancucchi (lesionado), Renato Cajá (lesionado), Luis Alberto (lesionado), Mansur (lesionado) e Deola (lesionado).

Grêmio e Vitória já se enfrentaram 31 vezes, com 14 vitórias para o Grêmio, 7 vitórias para o Vitória e 10 empates.

A partida será apitada pelo árbitro Marcos André Gomes da Penha. Ele terá como auxiliares Vanderson Antonio Zanotti e Leonardo Mendonça.

O Grêmio deve iniciar a partida no 4-4-2, com Dida; Pará, Bressan, Werley e Alex Telles; Adriano, Souza, Guilherme Biteco e Zé Roberto; Kleber e Barcos.

Já o Vitória deverá atuar também no 4-4-2, com Wilson; Nino Paraíba, Victor Ramos, Gabriel Paulista e Danilo Tarracha; Michel, Cáceres, Neto Coruja e Escudero; Vander (Marquinhos) e Dinei.

O jogo será transmitido ao vivo pelo canal PFC. Quem quiser também pode acompanhar o lance a lance da partida no site do GloboEsporte.com.


Abatido pela eliminação na Libertadores da América, o Grêmio tinha obrigação de ganhar do Náutico em Caxias do Sul, no estádio Alfredo Jaconi. O placar de 2 a 0 fez o time tricolor começar o Campeonato Brasileiro com o pé direito.

Embora o time da casa tenha errado alguns passes, o jogo foi satisfatório segundo os jogadores. Eles estavam com o espírito de equipe bem aflorado, principalmente na troca de passes e nas jogadas de ataque. O primeiro gol saiu logo aos 15 minutos de jogo, quando Barcos recebeu na entrada da área, tocou para Souza e este serviu Zé Roberto, que completou para o gol.

No segundo tempo, o Náutico acordou e passou a atacar mais, porém, aos 20 minutos o Grêmio deu números finais ao jogo, marcando com Elano. O jogador recebeu cruzamento de Souza e tocou de cabeça para redes. 2 a 0 para o Grêmio e festa da torcida

O próximo jogo do Grêmio será contra o Santos, no dia 1º de junho. Já o Náutico recebe o Vitória na quarta-feira, no estádio dos Aflitos.

Por Robson Quirino de Moraes


Após a derrota fora de casa para o Caracas, o Grêmio irá receber o Fluminense pela quinta rodada da fase de classificação da Copa Libertadores da América 2013.

O principal desfalque do Tricolor Gaúcho será Elano, que recebeu o terceiro cartão amarelo na última partida e como punição não poderá atuar neste jogo.

Com seis pontos somados em quatro jogos, o Grêmio precisa da vitória para se classificar para a etapa do mata-mata da competição. 

Na última rodada, a equipe foi criticada pela fraca atuação no segundo tempo, o que resultou na virada do Caracas.

A partida contra o Fluminense será realizada no dia 10 de abril, às 22:00 horas, na Arena do Grêmio.

O Fluminense vem de um empate em casa contra o Huachipato e precisa da vitória para avançar para a segunda fase da Libertadores.

O Tricolor Carioca conseguiu 7 pontos em quatro rodadas e apresenta um aproveitamento de 58,3%.

Para a partida, o técnico Abel Braga poderá contar com todos os seus principais atletas. Por isso, o objetivo do técnico para esta partida é voltar de Porto Alegre com a vitória.

Por Marcelo Araújo


Pela quarta rodada da fase classificatória da Copa Libertadores da América 2013, o Grêmio vai até a Venezuela para enfrentar o Caracas. A equipe gaúcha, que figura na tabela em segundo lugar com seis pontos ganhos e 66,7% de aproveitamento, pretende somar mais três pontos fora de casa para continuar perseguindo o Fluminense, primeiro colocado do Grupo 8. O jogo será realizado no dia 12 de março, às 21:30, no estádio Olímpico de la UCV.

Pelo lado do Caracas, equipe com pior classificação do grupo com 3 pontos e aproveitamento de 33,3%, o intuito é ganhar dentro de casa para começar uma reação na Copa Libertadores. O grupo, considerado um dos mais difíceis da competição pela presença de duas grandes equipes brasileiras, ainda conta com o Huachipato, equipe do Chile que tem quatro pontos e ocupa o terceiro lugar.

O técnico Vanderlei Luxemburgo armará uma equipe ofensiva, mas com o devido cuidado na defesa. Um dos destaques do Grêmio na competição tem sido Eduardo Vargas, meia-atacante com bom drible e ótimo chute de longa distância. Outro contratado recentemente é o atacante Barcos, que já deixou sua marca na competição. 

Por Marcelo Araújo


O Grêmio recebeu o Botafogo e não conseguiu um bom resultado. Mesmo tendo dominado quase toda a partida, o Grêmio sofreu um gol no final e não conseguiu retomar a segunda posição, agora novamente com o Atlético Mineiro.

Jogando em casa, os gremistas começaram mandando na partida. Leandro, aos 11 minutos, obrigou o goleiro Renan a fazer grande defesa. Um minuto depois, a trave salvou o Botafogo. Zé Roberto cruzou e Werley cabeceou no travessão. O Botafogo, que pouco ameaçava, chegou com perigo aos 19 minutos. Fellype Gabriel levou perigo ao gol de Marcelo Grohe. O primeiro tempo seguia sem gols. Aos 34 minutos, ele saiu, mas foi anulado. Zé Roberto marcou, mas Marquinhos aparecia impedido no lance. A última boa chance da primeira etapa veio com o Botafogo, mas Grohe evitou o perigo mais uma vez.

O Grêmio voltou com Léo Gago no lugar de Souza para o segundo tempo. E foi o próprio volante quem fez o primeiro gol da partida. Aos 5 minutos, Léo acertou belo chute de fora da área, levando a torcida ao delírio: 1×0. Antônio Carlos quase empatou para o Botafogo logo depois, mas Marcelo Grohe apareceu bem. Aos 19 e 23 minutos, foi Renan quem trabalhou bem por duas vezes, evitando que os gaúchos ampliassem o placar. Precisando de mais força no ataque, Oswaldo de Oliveira colocou Elkeson, Seedorf e Bruno Mendes em campo. A substituição acabou dando resultado. Aos 45 minutos, quando tudo indicava a vitória gremista, Bruno Mendes arriscou e conseguiu empatar a partida, que terminou em 1×1, com gosto de vitória para o Botafogo.

Com o tropeço em casa, o Grêmio cai para a 3ª posição, com 57 pontos, ficando 11 atrás do líder Fluminense. O Botafogo chega a 41 pontos, na 8ª colocação.

Por Augusto Cesar





CONTINUE NAVEGANDO: