Técnico Dunga irá revelar os jogadores convocados para os amistosos da Seleção Brasileira contra as seleções de Costa Rica e Estados Unidos no dia 13 de agosto.

O técnico Dunga anuncia, nesta quinta-feira (13), os jogadores escalados para integrar a Seleção Brasileira, para a participação de jogos amistosos contra as seleções de Costa Rica e Estados Unidos, respectivamente. As partidas contra os times acontecem no mês de setembro.

O anúncio será feito na sede da CBF, localizada na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.  A entidade afirma em sua página oficial na web que a convocação será transmitida ao vivo pela CBF TV, que trará cobertura exclusiva sobre o evento, além de entrevistas com a comissão técnica.

Tudo indica que o jogador Neymar será escalado, ao menos foi o que sugeriu Gilmar Rinaldi, coordenador técnico da seleção, em entrevista à agência Reuters, no dia 5 de agosto. Na ocasião, ele afirmou que jogadores com “a qualidade técnica de Neymar devem ser convocados”, quando é possível integrá-los ao time.

Seleção feminina:

A seleção feminina já está em ritmo de preparação para as próximas partidas do time, como o amistoso contra a França, no dia 19 de setembro. As jogadoras estão treinando na cidade de Itu, no interior de São Paulo. Segundo informações da CBF, elas tiveram dez dias de folga após conquistarem o ouro no Pan-Americano que ocorreu em Toronto, no Canadá. Os treinos desta semana são focados apenas na parte física e, posteriormente, as jogadoras passarão por treinamento com bola, de acordo com a CBF.

O jogo contra as jogadoras francesas acontece na cidade de Le Havre, que fica cerca de 196 km de Paris. O jogo será realizado no Stade Océanee está marcado para as 19h no horário local (14h – no horário de Brasília).  As jogadoras também vão enfrentar a seleção norte-americana em dois amistosos que acontecem nos dias 21 e 25 de outubro. O primeiro jogo deste clássico mundial está previsto para ser realizado na cidade de Seattle e a segunda partida deve ocorrer em Orlando. 

Por Letícia Veloso

Seleção Brasileira


O poderoso clube espanhol Real Madrid, atual campeão da Liga dos Campeões, aumentou o poderio de seu elenco após fechar a contratação do volante brasileiro Lucas Silva, que atuava pelo atual campeão brasileiro Cruzeiro.

O clube merengue pagou 14 milhões de euros (cerca de R$ 40,5 milhões) pela negociação do volante que foi um dos maiores destaques da Raposa e do Campeonato Brasileiro de 2014. O jogador, de 21 anos, foi apresentado na manhã da última segunda-feira (26/01) e logo na tarde do mesmo dia já realizou seu primeiro treino junto com o elenco principal do Real Madrid, quando já teve seu primeiro contato com alguns ídolos e novos companheiros de equipe como o craque e atual melhor jogador do mundo Cristiano Ronaldo, Gareth Bale, e o volante alemão Tony Kroos, com o qual Lucas Silva revelou já imaginar fazer dupla no meio-campo merengue.

Além do brasileiro Marcelo e o naturalizado português Pepe, com os quais o volante também se juntou. "O meio-campo do Real tem atletas de muita qualidade, o Kroos é um deles. Eu acompanho a carreira dele há algum tempo e estou orgulhoso de poder jogar com ele. Pretendo seguir os passos dele e, quem sabe um dia, poder atuar ao seu lado na equipe", exaltou Lucas Silva. Porém, com a atual formação do ataque do Real Madrid, com Cristiano Ronaldo, Bale e Benzema, a concorrência que Lucas vai enfrentar no setor intermediário do time não será muito fácil, pois lá a equipe de Madrid tem também outros seis atletas que disputam três vagas. São eles os alemães Khedira e Kroos, o colombiano James Rodríguez, e os espanhóis Isco e Illarramendi, porém, o último dessa lista (Illarramendi) pode vir a trocar os Galáticos por outro clube também espanhol, o Athletic Bilbao.

Depois de ser apresentado oficialmente, fazer embaixadas com a bola e chutar algumas para as arquibancadas onde haviam cerca de 300 torcedores que estavam no estádio para recebê-lo, Lucas Silva, que vestirá a camisa 16, garantiu estar pronto para jogar e disse ter sentido frio na barriga ao pisar no estádio Santiago Bernabéu. "Senti um frio na barriga ao pisar no estádio Santiago Bernabéu. Foi muito boa a sensação que tive e me sinto pronto para começar a jogar aqui. Estou com mais de 80% do máximo que posso render, pois fiz pré-temporada durante uma semana com o Cruzeiro e realizei atividade física e trabalho com bola", garantiu o volante.

Por João Calvet

Lucas Silva

Foto: Divulgação


Que o futebol brasileiro vem decaindo ano a ano, infelizmente todos nós já sabemos. Nos dias de hoje, o torcedor brasileiro, aquele que ama o esporte em si e não somente seu clube de coração, vê uma das piores (senão a pior) fases do futebol nacional atualmente. O país da bola hoje, conta nos dedos os craques que jogam aqui.

Os amantes do futebol de nossos dias estão carentes de ídolos. Olhando para o cenário nacional atual, temos: Rogério Ceni (irá pendurar as chuteiras), Fred (apesar da torcida brasileira ainda estar com a imagem do Fred da copa), Ganso, Robinho, Pato (pelo nome), Luís Fabiano (também pelo nome) e, não no mesmo patamar que os outros, Diego Cavalieri, Victor, Fábio e Jefferson. Jogadores como D’Alessandro, Guerrero, Montillo, dentre outros, não entram na lista por serem estrangeiros.

Fazendo esta reflexão, vemos o quão escasso está o Brasil de craques atuando por aqui. O que temos hoje são promessas e mais promessas. A necessidade financeira dos clubes faz com que estes liberem suas joias raras precocemente. As categorias de base, que deveriam ser a fábrica de craques, são mal observadas pelos treinadores dos clubes profissionais e por isso nunca revelam jogadores acima da média.

O campeonato brasileiro deste ano tem tudo para ser um dos mais fracos tecnicamente já visto. Isso é muito ruim até mesmo para a confederação e as emissoras de televisão, que deixam de ter um lucro maior por falta de atrações em campo. Como ter visibilidade do público europeu se não há nada de especial aqui?

Hoje o torcedor vai ao estádio por amor ao clube apenas, e não mais para ver craques jogarem. O pior de tudo, é que no momento não há nenhum sinal de que as coisas vão melhorar. Enquanto os clubes não se arriscarem em contratações de brasileiros que atuam fora, não haverá mudanças no nível técnico atual.

Por Mattheus de Sousa Araújo

Rog?rio Ceni e Ganso

Foto: Divulgação


A noite de gala da FIFA que entregou a Cristiano Ronaldo o prêmio Bola de Ouro também elegeu a seleção de 2014. Esta conta com os grandes destaques do ano, divididos por posição no campo dos jogadores. O Brasil marcou presença com sua dupla de zaga David Luiz e Thiago Silva.

Mesmo após o vexame da Copa do Mundo do Brasil, a qualidade dos zagueiros brasileiros não foi contestada, já que formam uma boa dupla na zaga do Paris Saint-German. A eleição visa avaliar os jogadores durante todo o ano e não em um jogo apenas, até mesmo porque Thiago Silva não atuou no jogo do Brasil contra a Alemanha na Copa.

Entre os escolhidos, o goleiro foi o alemão Manuel Neuer, que atua no Bayern de Munique.

Na zaga, os brasileiros David Luiz e Thiago Silva fizeram as honras. Vale lembrar que David jogou pelo Chelsea no começo do ano.

O lateral esquerdo escolhido foi Philipp Lahm, alemão campeão mundial que joga no Bayern de Munique.

Na lateral esquerda, o espanhol Sergio Ramos ocupou a vaga, ele que joga no Real Madrid.

O volante foi o também alemão Toni Kroos, que jogou no Bayern de Munique até a Copa do Mundo e agora está no Real Madrid.

Os meias eleitos foram Andrés Iniesta, jogador espanhol que joga no Barcelona, e o argentino Angel Dí Maria, que jogava no Real Madrid e agora atual pelo Manchester United.

No ataque da seleção de 2014, foram eleitos o holandês Arjen Robben do Bayern de Munique, o argentino Lionel Messi do Barcelona e o português Cristiano Ronaldo do Real Madrid.

Mesmo sendo muito elogiado durante o ano, Neymar teve seu nome presente nas votações, porém a vaga de sua posição foi bastante concorrida. Ele enfrentou Lionel Messi, 4 vezes melhor do mundo, e Cristiano Ronaldo, 3 vezes ganhador da Bola de Ouro, incluindo a edição atual.

É claro o seu crescente desempenho no futebol, principalmente por atuar em um grande clube que é o Barcelona, o qual lhe coloca grandes holofotes, sendo de se esperar seu nome em edições futuras de Seleção do Ano e mesmo como concorrente à Bola de Ouro.

Sele??o Fifa

Foto: Divulgação


O ex-diretor de futebol do Cruzeiro, Alexandre Mattos, chegou ao Palmeiras mostrando trabalho.

Mattos chegou há apenas seis dias em São Paulo e já trouxe um grande reforço para o time: Dudu. São Paulo e Corinthians estavam sofrendo para conseguirem o garoto, mas foi o Verdão que saiu na frente. A negociação foi fechada em dois dias e o atacante de 23 anos fez exames nesta segunda-feira (12) para assinar um contrato de quatro anos.

O São Paulo conseguiu até um acerto com o Dínamo de Kiev (UCR), time que tem os maiores direitos econômicos do jogador, mas não conseguiu um acordo com Dudu. O Corinthians fez o caminho contrário, e também não conseguiu fechar a negociação. O time Alviverde tomou um caminho diferente de seus rivais e decidiu comprar 100% do passe do atleta, o que está avaliado em 3 milhões de euros, o que seria R$ 9,5 milhões por metade do valor, os outros 50% está programado para ser pago no futuro.

Muitos devem estar pensando: mas como o Palmeiras conseguiu esse dinheiro todo? Já que o time ainda passa por dificuldades financeiras e futebolísticas. Graças ao Avanti, o time conseguiu o dinheiro para fechar a contratação do ano. No ano passado, o Verdão lucrou em torno de R$ 12 milhões com o programa de sócio-torcedor e com isso vai pagar a primeira parcela de Dudu. A esperança do Clube é que o Avanti continue em crescimento e o time consiga bancar o restante do jogador com o programa. O projeto de Paulo Nobre é gastar todo o dinheiro do Avanti para comprar mais reforços. Só no ano passado o programa teve cerca de 30 mil adesões para ajudar o time.

Dudu é o nono reforço do Clube para a temporada 2015. Já estão no time treinando o lateral-esquerdo João Paulo, o meia Zé Roberto, o atacante Leandro, o lateral-direito Lucas, o zagueiro Vitor Hugo e os volantes Amaral, Andrei e Gabriel. O próximo acerto que o Palmeiras quer fazer é com Rafael Marques.

O Palmeiras quer fazer uma diferente temporada este ano. Os últimos anos foram de sofrimento para a torcida e o time quer montar um novo elenco para a conquista de títulos. O Alviverde ainda quer contar com o atacante da Ponte Preta, Cafu para um contrato de três anos, Robinho, que é meia do Coritiba, e ainda dar um lance por Guerrero, do Corinthians, que é um desejo da diretoria tê-lo no Clube.

Por Carolina Costa

Dudu vai jogar no Palmeiras

Foto: Divulgação


Apesar da evolução e o bom desempenho que Neymar vem apresentando nos últimos meses em seu atual clube, o Barcelona, isso não foi o suficiente para elevar também o valor do craque brasileiro perante o mercado mundial da bola.

Segundo uma pesquisa feita pelo "Football Observatory", o camisa 10 da Seleção Brasileira vale 58 milhões de euros para o mercado e aparece como o 11º jogador de futebol mais caro do planeta, ou seja, fora do chamado "top 10" dos atletas considerados os mais valorizados no mundo do futebol, atualmente.

No elitizado top 3 da lista, quem lidera é o craque argentino Lionel Messi, que também atua no Barcelona e foi avaliado em 220 milhões de euros, seguido pelo atual melhor jogador do mundo eleito pela Fifa em 2014, o português Cristiano Ronaldo, que vale 133 milhões de euros. E completando as três primeiras posições vem o belga Eden Hazard, que joga no Chelsea e vale para o mercado 99 milhões de euros.

Vale informar que o Brasil não tem nenhum representante entre os 10 primeiros da lista, com Neymar sendo o melhor colocado na 11ª posição. Porém, mais 11 atletas brasileiros figuram entre os 100 jogadores mais caros do mundo. Oscar e Willian, do Chelsea, Lucas, do PSG, e Philippe Coutinho, do Liverpool, são alguns deles.

Todos os integrantes do top 10 da lista vão disputar a fase de oitavas de final da Liga dos Campeões, com a exceção apenas do jogador inglês Raheem Sterling, do Liverpool. Já o clube que tem mais jogadores na lista é o atual campeão da UCL, o Real Madrid, com um total de 11 atletas entre os 100 mais valiosos do planeta, entre eles o lateral-esquerdo brasileiro Marcelo.

O estudo feito pelo "Football Observatory" alcançou esses valores considerando alguns aspectos na sua contabilização, como: partidas, dribles, gols, posição, idade, duração de contrato e transferências dos jogadores desde 2009, além de outras variáveis.

Confira abaixo a lista com o top 10 e também todos os 12 brasileiros que estão entre os 100 jogadores de futebol mais caros do mundo na lista feita pelo "Football Observatory":

1. Lionel Messi (ARG) – € 220 milhões (Barcelona);

2. Cristiano Ronaldo (POR) – €133 milhões (Real Madrid);

3. Eden Hazard (BEL) – € 99 milhões (Chelsea);

4. Diego Costa (BRA/ESP) – € 84 milhões (Chelsea);

5. Paul Pogba (FRA) – € 72 milhões (Juventus);

6. Sergio Agüero (ARG) – € 65 milhões (Manchester City);

7. Raheem Sterling (ING) – € 63 milhões (Liverpool);

8. Cesc Fàbregas (ESP) – € 62 milhões (Chelsea);

9. Alexis Sánchez (CHI) – € 61 milhões (Arsenal);

10. Gareth Bale (PGA) – € 60 milhões (Real Madrid);

11. Neymar (BRA) – € 58 milhões (Barcelona);

14. Oscar (BRA) – € 50 milhões (Chelsea);

35. Philippe Coutinho (BRA) – € 34 milhões (Liverpool);

40. Willian (BRA) – € 33 milhões (Chelsea);

45. Lucas (BRA) – € 32 milhões (PSG);

68. Roberto Firmino (BRA) – € 25 milhões (Hoffenheim);

79. David Luiz (BRA) – € 24 milhões (PSG);

79. Thiago Silva (BRA) – € 24 milhões (PSG);

87. Marquinhos (BRA) – € 23 milhões (PSG);

87. Fernandinho (BRA) – € 23 milhões (Manchester City);

94. Marcelo (BRA) – € 22 milhões (Real Madrid);

97. Ramires (BRA) – € 21 milhões (Chelsea).

Legenda:

– (BRA/ESP) – (País de origem/País pelo qual foi naturalizado e joga pela seleção);

– (PGA) – País de Gales.

Por João Calvet

Neymar

Foto: Divulgação


Apesar das expectativas e dos planos do Botafogo de renovar o contrato do zagueiro André Bahia, o clube não poderá mais contar com o jogador para a recuperação e reestruturação do time Alvinegro no ano de 2015, em que o clube carioca disputará o Campeonato Brasileiro Série B.

O atleta resolveu mudar os rumos de sua carreira e decidiu aceitar uma proposta oferecida pelo Shonan Bellmare, do Japão, que acabou de conquistar o seu acesso para a elite do futebol japonês.

O Glorioso já tinha acertado bases no contrato de André Bahia assegurando a sua renovação para a próxima temporada, e por isso o clube carioca já dava como certa essa renovação com o defensor. Porém, havia uma cláusula que permitia a liberação do jogador caso se concretizasse essa oferta vinda do Japão. Portanto, o próprio Botafogo, em seu site oficial, divulgou uma nota confirmando a saída do zagueiro e agradecendo pelos seus serviços prestados ao clube.

André Bahia participou de 56 partidas vestindo a camisa botafoguense e marcou três gols ao todo. O mais importante desses gols foi o marcado contra o Ceará, em um jogo válido pelas oitavas de final da Copa do Brasil, e que garantiu a classificação do Glorioso para as quartas-de-final da competição nacional, onde foi derrotado e eliminado pelo Santos.

Veja abaixo a nota divulgada pelo Botafogo comunicando a saída do zagueiro André Bahia e o agradecendo pelos serviços prestados ao clube:

"O Botafogo de Futebol e Regatas comunica que o jogador André Bahia, por força do contrato, não é mais atleta do clube. No contrato que estava em vigor com o defensor existia uma cláusula que, no caso de uma proposta vinda de um clube japonês até o dia 31 de dezembro deste ano (2014), o mesmo poderia ser liberado, e foi o que aconteceu. Os melhores agradecimentos do Botafogo ao atleta pelos serviços prestados ao clube".

Por João Calvet

Andr? Bahia sai do Botafogo

Foto: Paulo Sérgio


No final do ano acontecem as especulações e transações no futebol, algumas são novas e outras mais antigas. É comum, pois os campeonatos acabaram e fecha-se um ciclo. No caso do Cruzeiro, campeão do Campeonato Brasileiro de Futebol, o técnico Marcelo não conseguirá manter a mesma equipe para 2015.

Alguns saem, outros entram, há jogadores que foram emprestados ao clube e vice-versa, por isso é comum que as mudanças ocorram. É um período de indefinições e de transição para alguns jogadores. Claro que o clube desejaria manter o seu elenco, pois foram campeões e exibiram um belo futebol, elevando Minas Gerais ao cenário nacional.

Mas as mudanças ocorrem e são necessárias, faz parte da renovação no futebol, pois novas forças e novas energias devem ser manejadas.

O Cruzeiro fará reformulações para 2015, alguns jogadores deixarão o clube. Confira:

Borges: o contrato do jogador acaba no final do ano, mas a diretoria não irá renovar, pois o que pesou foi a parte física ele jogou pouco na temporada, apenas 19 partidas dentre as 75, e ficou muito tempo no departamento médico.

Dagoberto: está insatisfeito pois é reserva e, apesar do seu contrato ir até 2015, ele quer sair, pois deseja jogar em uma equipe do exterior pela primeira vez

Marcelo Moreno: o Grêmio é o dono dos direitos econômicos do atacante, mas, para renovar, está pedindo um alto valor e o Cruzeiro achou inviável para o clube. Moreno é muito querido pela torcida cruzeirense, mas o clube descartou a hipótese de permanecer com ele, só no caso do clube Gaúcho baixar o valor.

Júlio Batista: também poderá deixar o clube. Tem contrato até julho de 2015, mas ele é um jogador caro e não rendeu o esperado para o Cruzeiro. Em 75 jogos, esteve atuando em 42.

Lucas Silva: há especulações em torno do jogador que foi revelação da equipe. O clube Real Madrid e o Arsenal tem interesse no jogador, como informou a imprensa, mas o Cruzeiro diz ainda não ter recebido nenhuma proposta oficial pelo volante.

Foto: espnfc.com

E assim seguem as especulações do mercado da bola. O desenrolar de alguns é como novela, tem que se esperar para se ver o desfecho. Mas fica a gratidão dos torcedores pelos jogadores que se empenharam, dedicaram e mostraram o seu melhor futebol.

E, sem dúvida, foi um espelho para o Basil e para o mundo, pois os olheiros estavam atentos e eles mostraram as habilidades, a garra, e foi importante a entrega e a dedicação, pois no final colheram os frutos e o resultado apareceu: foram campeões do Campeonato Brasileiro de Futebol 2014.

Por Marisa Costa Torres


O Campeonato Brasileiro mal acabou e os times já estão se preparando para a próxima temporada, uma prova disso é o Grêmio, que já tem Douglas como reforço, meia que disputou a série B pelo Vasco da Gama este ano. O técnico Luiz Felipe Scolari quer um articulador mais experiente para poder mesclar com os jovens jogadores que subirão das categorias de base em 2015.

Douglas já tem experiência com o tricolor gaúcho, atuou pelo Grêmio entre 2010 e 2012 e conhece boa parte dos jogadores que lá estão. O contrato do meia com o Corinthians vai até o final de 2014, importante para a direção tricolor fazer uma negociação, sem dinheiro para grandes investimentos, eles declaram que precisam usar criatividade para reforçar a equipe para o próximo ano.

Essa não é a única mudança pela qual o Grêmio passará, Dudu se despediu da equipe através de uma postagem no Instagram. O atacante era contratado por empréstimo junto ao Dínamo de Kiev e, para ficar em definitivo em terras gaúchas, o Grêmio teria que desembolsar 6 milhões de euros (cerca de R$ 20 milhões).

Barcostambém pode deixar o time, cogitado por times brasileiros e mexicanos, o centroavante argentino foi o artilheiro da equipe neste Campeonato Brasileiro, com 14 gols, 4 a menos do que Fred, o artilheiro da competição. O técnico Luiz Felipe Scolari já conta com Marcelo Moreno como reforço, jogador emprestado que junto ao Cruzeiro foi campeão este ano. “Quem disse que não serve? Me serve sim. Ele tem contrato com o Grêmio e deve se apresentar normalmente. Com vontade de jogar, encerrou o assunto, ele é do Grêmio. Se não tiver vontade de jogar ele será negociado, mas ele me serve”, declarou Felipão em entrevista.

O Grêmio terminou a competição em 7° lugar e mesmo com o 5° maior artilheiro ficou fora da Libertadores, que é meta para o time no ano que vem.    

Por Tom Vitor de Freitas

Gr?mio


O atacante brasileiro Hulk, destaque do Zenit da Rússia, não esconde de ninguém qual o seu principal objetivo na atualidade: o retorno à Seleção Brasileira. Com o citado clube russo disputando a Copa dos Campeões da Europa, Hulk espera classificar sua equipe para a segunda fase da competição e "conquistar" o treinador Dunga para um retorno à "Amarelinha".

Com a terceira colocação no grupo C da "Champions", o Zenit visitará o Monaco pela última rodada da fase de grupos, precisando apenas de uma vitória simples para se classificar para as oitavas de final; de acordo com Hulk, o grupo C está muito embolado, citando as duas partidas que perdeu pontos em casa como fator preponderante de uma não classificação antecipada.

Figurinha carimbada nas convocações de Luís Felipe Scolari, Felipão, Hulk viveu altos e baixos em suas recentes exibições com a camisa do Brasil, inclusive durante a Copa do Mundo de 2014; por um lado uma parte de torcedores defendia veemente o atacante entre os titulares, por outro a torcida não o queria nem entre os selecionáveis.

Uma das "queixas" de Hulk é que no período em que foi comandando por Felipão teve de se sacrificar em prol do grupo, tendo de jogar de maneira diferente da que atua pelo Zenit, o que teria prejudicado em algumas oportunidades o seu desempenho. Apesar de não estar em sua posição de origem na maioria das vezes, Hulk não vê problemas em ter que repetir o mesmo posicionamento para se enquadrar taticamente ao esquema do treinador.

Um dos pontos ao favor de Hulk para uma possível volta ao time canarinho é a constância em suas atuações pelo Zenit, o que tem chamado à atenção de grandes centros do futebol europeu; seus números na Europa são expressivos desde 2008, quando ainda jogava pelo Porto.

Ainda de acordo com Hulk, é preferível estar no Zenit e poder atuar com regularidade do que fazer parte de elencos de Barcelona ou Real Madrid e atuar com menos frequência, tendo em vista a grande concorrência entre os jogadores desses times.

Com Dunga no comando, Hulk ainda não foi convocado, mas o trabalho do treinador brasileiro está apenas no início; as portas não estão fechadas para nenhum jogador, palavras do próprio Dunga.

Por Vinicius Cunha

Hulk na Sele??o Brasileira

Foto: Divulgação


Após toda a novela de 2014 sobre a aposentadoria de Rogério Ceni, ídolo e goleiro do São Paulo Futebol Clube, time da capital paulista, o goleiro artilheiro, após a confirmação do time na Libertadores de 2015 anuncia que fica para mais um ano como goleiro titular do time.

O jogador está no time há muitos anos e após apresentar alguns jogos ruins, algumas lesões e falhas havia anunciado que pararia de jogar e se aposentaria no final deste ano, entretanto, o goleiro, que é famoso pela sua determinação e também famoso por sua persistência em sempre querer jogar mesmo de vez em quando machucado, decidiu que não parará este ano e pretende disputar a Libertadores de 2015 pelo São Paulo.

Os torcedores do time, apesar de muitos, no decorrer deste ano, terem falado que achavam que era hora do ídolo parar, que já tinha feito muito pelo Clube, mas que agora estava na hora de parar, talvez tentar uma carreira técnica ou de direção do Clube, mas que jogar mesmo já não estava mais dando para ele, agora comemoram a renovação do ídolo com o Clube e a notícia de sua continuação embaixo das traves por mais um ano. 

Muitos falam em vaidade do goleiro, deste não querer aceitar o fato de não estar mais na melhor forma física para jogar, entretanto o goleiro mostra por várias vezes que isso nem sempre é verdade, fazendo importantes defesas para o clube e sendo sempre muito bem falado após os jogos.

O jogo do São Paulo foi contra o Atlético Nacional, equipe latino-americana eliminou o tricolor na semifinal da Copa Sul-Americana, entretanto, isso não desmotivou o goleiro que, ao que parece, juntou forças e decidiu que continuaria para disputar o título mais importante sul-americano, a Libertadores da América. 

Se é vaidade ou não, se o goleiro reúne condições ou não, isso veremos no ano de 2015, aos torcedores são paulinos, o fato é que o ídolo fica mais um ano e joga mais algumas partidas com a camisa do Tricolor.

Por Matheus Noronha Sturari

Rog?rio Ceni continuar? no S?o Paulo

Foto: Divulgação


O volante Lucas Silva, que pertence ao Cruzeiro, é alvo de um dos gigantes do futebol mundial, Real Madrid, para ser contratado e se transferir para a Espanha na próxima janela de transferências internacionais.

É o que diz o diário "Marca", de Madrid, em uma publicação divulgada na última sexta-feira (28/11). Segundo as informações do jornal espanhol, o clube Merengue estaria disposto a pagar 12 milhões de euros (cerca de R$ 37,3 milhões) por ele, mas a Raposa só estaria disposta a fechar o negócio com os espanhóis por 15 milhões de euros (aproximadamente R$ 46,6 milhões). Lembrando que Lucas Silva é revelação do próprio Cruzeiro, foi uma peça muito importante para ajudar o time mineiro a conquistar o seu bicampeonato Brasileiro (dois títulos seguidos) e que gerou a conquista do quarto título brasileiro no total, e tem contrato com o Cruzeiro até 2017. É um volante versátil e também é integrante da Seleção Brasileira Sub-21.

O Real já havia tentado contratar o jogador anteriormente, mas a negociação não foi fechada. Porém, com as recentes lesões sofridas por dois volantes do time, o alemão Sami Khedira e o croata Luka Modric, a contratação de Lucas Silva, de 21 anos, tornou-se uma enorme prioridade para o clube de Madrid, que deseja muito que o atleta brasileiro se transfira para a Espanha ainda no meio dessa temporada europeia, já na próxima janela de transferência, ou no máximo em junho, para o início da temporada 2015/2016.

Com o Cruzeiro já campeão brasileiro e também tendo encerrado sua participação na Copa do Brasil, com o fim da competição, a equipe de Belo Horizonte já deve estar se permitindo pensar nas férias, o que em teoria também permitiria ao jogador da Raposa ter mais tempo disponível para receber o assédio dos grandes clubes europeus com suas propostas, que como sabemos podem ser tentadoras, e analisá-las com mais calma.

Por João Calvet

Lucas Silva do Cruzeiro

Foto: Divulgação


O técnico Gallo, da Seleção Brasileira Sub-20, anunciou na última quinta-feira (27/11) a lista da convocação realizada para a disputa do torneio Sul-Americano Sub-20 que ocorrerá entre os dias 17 de janeiro e 7 de fevereiro de 2015, no Uruguai.

A competição terá como abertura o duelo entre Argentina e Equador, no dia 14 de janeiro. Vale lembrar que o Sul-Americano também serve como classificatório para o Mundial da categoria (Sub-20). Alguns nomes de atletas que vêm se destacando entre os profissionais em seus clubes já eram esperados nessa lista e os mais badalados são os atacantes Malcom (Corinthians), Gabriel (Santos), Carlos (Atlético-MG), Thalles (Vasco) e Marlon (Fluminense), todos jogadores do setor ofensivo da equipe.

Foram 26 atletas convocados, no total, e que farão um período de preparação na Granja Comary, em Teresópolis, na região Serrana do Rio, do dia 26 de dezembro deste ano até o dia 12 de janeiro do ano que vem, com direito a uma folga entre os dias 30 de dezembro e 1° de janeiro para as festas de fim de ano. No dia 12 de janeiro o grupo fará seu último treino no Brasil e viajará para o Uruguai. E finalmente, no dia 15 de janeiro, a Seleção Brasileira vai estrear na competição diante do Chile.

Caberá ao técnico Gallo buscar melhores resultados para superar o desempenho do Brasil em relação à última fez que participou do torneio Sul-Americano, que foi disputado em 2013, na Argentina. Na ocasião, a equipe brasileira era comandada por Émerson Ávila, foi eliminada ainda na primeira fase e teve a pior campanha da história da nossa Seleção Sub-20 na competição.

Alguns desses jogadores já foram convocados, inclusive, para a Seleção Sub-21, que também é comandada por Gallo e se prepara para disputar os Jogos Olímpicos de 2016, na cidade do Rio de Janeiro. São eles o Thalles, Danilo, Lucas Evangelista, Nathan, Georgemy e Matheus Biteco.

Segue abaixo a lista dos 26 jogadores convocados para a Seleção Brasileira Sub-20 que disputarão o torneio Sul-Americano Sub-20:

– Arqueiros – Lucas (São-Paulo), Marcos (Fluminense) e Georgemy (Cruzeiro);

– Defensores – João Pedro (Palmeiras), Auro (São-Paulo), Lorran (Vasco), Caju (Santos), Nathan (Palmeiras), Marlon (Fluminense), Léo Pereira (Atlético-PR) e Eduardo (Internacional);

– Meias – Danilo (Braga-POR), Wallace (Grêmio), Eduardo (Atlético-MG), Matheus Boteco (Grêmio), Nathan (Atlético-PR), Lucas Evangelista (Udinese-ITA), Boschilia (São-Paulo) e Gerson (Fluminense);

– Atacantes – Otavio (Porto-POR), Carlos (Atlético-MG), Marcos Guilherme (Atlético-PR), Gabriel (Santos), Thalles (Vasco), Kenedy (Fluminense), Malcom (Corinthians) e Yuri Mamute (Botafogo).

Por João Calvet

Convoca??o Sele??o Sub-20

Foto: Divulgação


Já estava tudo certo entre Óscar Romero, irmão de Ángel Romero, e o Timão, no entanto o negócio não está mais a todo vapor. O meio-campista Óscar é destaque do Cerro Porteño, do Paraguai, e vem sendo cobiçado por alguns clubes da Europa. Assim, apesar de apalavrado com o Corinthians, o destino do paraguaio não deverá ser o Brasil.

Um dos motivos do desinteresse do Corinthians em dar segmento na negociação é o mau desempenho de Ángel Romero, que em 26 partidas pelo clube paulista fez apenas 1 gol. No início, o desempenho de Romero até vinha agradando à comissão técnica corintiana, mas aos poucos, o jogador perdeu a posição de titular para o garoto Malcom, de apenas 17 anos, e caiu de produção.

Mano Menezes chegou a dar entrevistas dizendo que Romero não se encaixava no esquema tático do time e tinha dificuldades em entender as ordens; influenciada pelo mau desempenho de Ángel Romero, a diretoria do clube, em agosto deste ano, anunciou Óscar Romero como primeiro reforço para a temporada de 2015, mas nada de forma oficial, haja vista a negociação ter sido apenas verbal.

Com temor de que a mesma situação de não se adaptar aconteça com Óscar Romero, os diretores do Corinthians colocaram o pé no freio na transferência, ainda mais que a situação econômica do clube não é das melhores. Outro fator que influencia na não concretização do negócio é a declaração do presidente do Cerro Porteño em que diz que o desejo é negociar Óscar Romero com algum time espanhol.

Com a vaga para a Copa Libertadores praticamente garantida, o planejamento para o ano de 2015 já começa a ser traçado, apesar da indefinição de quem será o treinador. Para o ataque, o nome de Leandro, da Chapecoense, é unanimidade, principalmente pelas características serem semelhantes as do incontestável Paolo Guerrero, titular e ídolo da equipe.

Com o término de mandato no fim de 2014, Mário Gobbi espera definir o quanto antes a questão de quem será o treinador para a próxima temporada; Mano Menezes e Tite são os favoritos. Quanto a jogadores, Gobbi espera anunciar a contratação de pelos menos quatro reforços antes de entregar o posto.

Por Vinicius Cunha

Corinthians

?scar Romero

Fotos: Divulgação


Na iminência de renovar o contrato com Guerrero, ídolo da torcida corintiana, o Timão vive outro dilema para 2015: o receio de perder o jovem atacante Malcom, do qual o clube tem apenas 30% dos direitos econômicos da joia oriunda da base do alvinegro; em matéria recente, o periódico inglês "The Guardian" publicou que Malcom está entre as 40 principais promessas do futebol mundial.

Perguntados, diretores do Corinthians não quiseram falar a respeito da possibilidade de perder Malcom para clubes do exterior, no entanto a possibilidade existe, principalmente pelo fato de 35% dos valores econômicos do jogador pertencerem a Fernando Garcia, irmão de Paulo Garcia, candidato à presidente do Timão. Caso a chapa desse candidato vença, Malcom corre o risco de ser vendido; o motivo seria evitar conflitos éticos, já que o atacante poderia se tornar em "o menino/pupilo do irmão do presidente".

Com contrato até o fim do primeiro semestre de 2016, Malcom se tornou titular do time corintiano após a saída de Romarinho para o futebol asiático; para completar, as outras opções, Romero, Luciano e Gustavo Tocantins, não agradaram o técnico Mano Menezes, que não hesitou em dar ao garoto da base, Malcom, a vaga de titular.

Além da situação política que envolve Malcom, a diretoria do Timão tem outra razão para temer a saída do jogador: recentemente, um jornalista da Escócia publicou nas redes sociais uma suposta conversa com a namorada de Malcom, a qual teria dito que uma transferência com um time inglês já estava fechada, e que após o Natal o jovem já partiria para a Europa.

Dos cinco jogadores que Mano Menezes subiu dos juniores para o profissional no início do ano, mais precisamente após a disputa da Copa São Paulo de Futebol Júnior, Malcom foi aquele que mais teve oportunidades com o treinador corintiano, já que o zagueiro Pedro Henrique e o lateral Guilherme Arana têm apenas completado o banco de reservas, e o volante Fabiano e o meia Zé Paulo foram emprestados.

Por Vinicius Cunha

Corinthians

Malcom do Corinthians

Fotos: Divulgação


Oposição à presidência de Maurício Assumpção no Botafogo, o grupo de Carlos Eduardo Pereira, novo presidente do Fogão, se diz contrário às últimas decisões tomadas por Assumpção, principalmente às dispensas de quatro jogadores: Emerson Sheik, Júlio César, Edílson e Bolívar; estes dois últimos já tiveram seus contratos rescindidos formalmente e a situação é um pouco mais complexa.

De acordo com Carlos Eduardo Pereira, uma de suas principais tarefas será se encontrar com os quatro jogadores supracitados e tentar fazer com que eles voltem a fazer parte do grupo alvinegro. Apesar de não anunciado oficialmente, Antônio Carlos Mantuano deve ser o vice-presidente de futebol e o responsável direto por aproximar esses atletas ao clube, que vive uma situação financeira delicada e não terá missão fácil na aquisição de reforços.

Se por um lado o novo grupo de gestores do Botafogo tenta repatriar atletas, por outro tem a missão de segurar um dos principais jogadores do elenco, o goleiro da seleção brasileira Jefferson, que já declarou publicamente a sua insatisfação com a diretoria e comando de Maurício Assumpção; troca de "farpas" aconteceram recentemente e foram anunciadas na mídia.

Carlos Eduardo Pereira afirmou categoricamente que Jefferson é um elemento fundamental nos planos do clube a partir de 2015. O atual presidente disse que o goleiro só sai do Botafogo caso queira, dando sinais que no que depender da nova direção não haverá empecilhos para segurar o camisa um, que em entrevista anterior alegou não ver problemas em disputar a Série B na próxima temporada, apesar de especulado em outras agremiações, como o São Paulo.

Série B que está cada vez mais próxima do Botafogo, penúltimo colocado no Brasileirão 2014, com apenas 33 pontos em 36 jogos disputados; as duas próximas partidas do Fogão são contra o Santos, fora de casa, e contra o Atlético Mineiro, em casa, pela última rodada do campeonato. De acordo com matemáticos, o Botafogo está 99% já rebaixado, ou seja, só um milagre livra o time da Segunda Divisão.

Por Vinicius Cunha

Botafogo

Jogadores Botafogo

Fotos: Divulgação


A situação do Botafogo está cada vez mais complicada na tabela do Campeonato Brasileiro e o clube carioca tão tradicional segue rumo à Série B da competição nacional, a segunda queda de sua história (o time alvinegro também disputou a segunda divisão do Brasileirão em 2003).

E nesse cenário nebuloso o volante Marcelo Mattos falou sobre o momento do clube, chamando a atenção para um pensamento de reação e que ninguém se dê por vencido mesmo se o pior acontecer. "Vamos fazer de tudo para evitar a queda, mas não será o fim do mundo se o clube cair. Temos que seguir de cabeça erguida. Podemos sair dessa situação enquanto há chance, mas seguiremos trabalhando se isso acontecer. Estamos sujeitos a isso no futebol", disse o volante. Marcelo Mattos ficou um longo tempo afastado do trabalho por conta de uma lesão na região pubiana e ainda teve seu retorno adiado por sofrer dificuldades no processo de cicatrização após uma cirurgia realizada no local. O volante voltaria logo após a parada para a Copa do Mundo, mas retornou apenas no último dia 16 de novembro, no clássico diante do Fluminense. Porém, mesmo voltando já na reta final do campeonato e ainda readquirindo ritmo de jogo e preparo físico, o experiente jogador de 30 anos vem sendo um ponto de referência em campo e apoio para o técnico Vagner Mancini, principalmente na questão da liderança.

Na última quarta-feira (19/11), Marcelo Mattos mostrou estar totalmente envolvido com a atual situação do Glorioso, mesmo tendo estado fora dos gramados, ao chorar no final da partida diante do Figueirense, após a derrota por 1×0. "O Botafogo fez um grande campeonato no ano passado. Fomos a Libertadores e eu participei dessa campanha. Desde janeiro aconteceram mudanças em vários aspectos que nos deixaram tristes. É difícil, pois tentamos resolver no campo e não conseguimos. Não é só por aquele jogo (contra o Figueirense). Vejo esse situação em um ano em que eu esperava por conquistas, inclusive da Libertadores. Eu não queria passar por isso porque o Botafogo é um grande clube e não deveria estar lutando para não cair nas últimas rodadas da competição", analisou Marcelo Mattos.

O jogador, que é um dos responsáveis a tranquilizar um time muito jovem, também comentou, inclusive, dessa questão da falta de experiência no grupo botafoguense. Ele disse que se o time conseguisse mesclar mais experiência e juventude como fez no ano passado não estaria nessa situação de agora. "Temos o Gegê que é jovem e tem muita dedicação. Se nós tivéssemos jogadores mais experientes, como o Seedorf, por exemplo, o Gegê poderia substituí-lo aos 30 minutos do segundo tempo para começar a sentir a responsabilidade e pressão dos jogos, para depois passar a decidir as partidas e então se firmar no time. Mas somente ele não pode resolver. Não estaríamos nessa situação se o time tivesse mais experiência. É muito complicado isso", encerrou Marcelo Mattos.

Por João Calvet

Marcelo Mattos do Botafogo

Botafogo

Fotos: Divulgação


Mais uma vez o Corinthians venceu com um resultado apertado e o famoso sofrimento já conhecido pelos Corintianos. O placar de 2×1 contra o Bahia traz uma satisfação ao torcedor, porém, leva aos questionamentos de sempre, a razão do mau desempenho do Corinthians especialmente com times considerados mais fraco. Seria o elenco? O técnico? A Diretoria? Deixo essa resposta para vocês. O que venho aqui analisar é algo mais técnico e relacionado ao elenco e futebol desenvolvido. O técnico Mano Menezes não tem sido muito bem falado e apoiado pelos torcedores, mas vamos aos fatos, o Corinthians não tem força de ataque, não tem um jogador que crie lances de perigo, que tome a iniciativa e tente um drible, uma jogada diferenciada. O Corinthians somente toca a bola, de um lado para o outro o jogo todo, procurando uma chance de algum jogador aparecer livre, uma simples marcação bem feira neutraliza este ataque facilmente. 

Diferente do que vemos nos outros times onde sempre tem um jogador habilidoso que dribla e avança com a bola, no Corinthians não vemos isto, vemos apenas passes. O drible não tem função somente de trazer algo mais bonito, o drible é efetivo, ao driblar um marcador ou dois, você desmonta todo o sistema defensivo, alguém terá que vir marcar o driblador e aí alguém vai sobrar livre. Essa é a grande função do drible, e se você não tem isso no seu time, não conseguirá ser efetivo no ataque. O Corinthians há anos não consegue ter uma efetividade no ataque, mantendo uma média de resultados largos, e em minha opinião esta é a principal razão desses desempenhos medianos. 

Mesmo quando ganhou tudo, Libertadores, Mundial, Recopa, e afins, foi na base do sufoco e da garra, a hora que essa garra acabou e o talento se fez necessário, foi que o time decaiu e então ficou nessa mesmice de todo jogo. Um futebol medíocre, que não consegue manter um desempenho razoável. 

Talvez seja hora de repensar não só na mudança do técnico Mano Menezes, mas também hora de contratar novos atacantes, talvez um driblador habilidoso capaz de aumentar o poder ofensivo do Corinthians e voltar a fazer a Fiel comemorar goleadas, deixar um pouco o coração Corintiano descansar de tanto sofrimento. Deixar o Corintiano relaxar.

Por Matheus Noronha Sturari 

Corinthians x Bahia

Foto: Divulgação


A FIFA liberou nesta terça-feira, dia 12 de novembro de 2014, a lista dos 10 gols que vão concorrer ao Prêmio Puskas 2014. O Puskas é organizado para premiar o gol mais bonito feito entre os meses de outubro do ano anterior e outubro do ano corrente. A votação é aberta ao público, que poderá dar sua opinião no site oficial da FIFA até 12 de janeiro de 2015, sendo realizada a entrega do prêmio ao goleador. A seguir está a lista dos indicados:

1) Camilo Sanvezzo: o jogador do Vancouver Whitecaps concorre a um gol marcado de voleio durante uma partida contra o Portland Timbers, após receber um cruzamento na área.  A partida era válida pela Major League Soccer, disputada dia 6 de outubro de 2013.

2) Zlatan Ibrahimovic: o vencedor do prêmio no ano passado e jogador do PSG marcou o gol contra o Bastia, em uma partida válida pelo Capeonato Francês,  em uma jogada que começou como brasileiro Lucas.  A partida ocorreu no dia 19 de outubro de 2013.

3) Stephanie Roche: a jogadora do Peamont United marcou contra o Wexford Youths em uma partida da Liga Feminina Irlandesa, realizada no dia 20 de outubro de 2013, demonstrando grande habilidade e equilíbrio com a bola na entrada da grande área.

4) Pajtim Kasami: marcou um belo gol contra o Crystal Palace, atuando pelo Fulham, em um jogo do Campeonato Inglês, matando a bola no peito e dando um chute certeiro com a perna direita.  A partida ocorreu no dia 21 de outubro de 2013.

5) Diego Costa: o brasileiro naturalizado espanhol marcou de bicicleta jogando pelo Atlético de Madrid, em uma partida válida pelo Campeonato Espanhol, contra o Getafe. O jogo foi disputado no dia 23 de novembro de 2013.

6) Marco Fabian: outro  brasileiro na lista, que atua no Cruz Azul, time que recentemente contratou Ronaldinho Gaúcho, marcou um gol de cobertura contra o Puebla, em um jogo pelo Campeonato Mexicano. A partida aconteceu no dia 15 de fevereiro de 2014.

7) Hisato Sato: em um jogo pelo Campeonato Japonês, o jogador do Sanfrecce Hiroshima marcou contra o Kawasaki Frontale,  no dia 8 de março de 2014. O japonês ajeitou a bola de fora da área e chutou sem deixar chances para o goleiro.

8) Robin van Persie: o jogador da Seleção Holandesa marcou contra a Espanha em uma partida da fase de grupos da Copa do Mundo realizada no Brasil. O jogo foi no dia 13 de junho de 2014 e o holandês fez o gol de peixinho sobre o goleiro Casillas.

9) Tim Cahill: durante outro jogo do mesmo grupo da Copa do Mundo, o australiano marcou contra a Holanda.  Ao receber a bola na entrada da área, ele chutou direto, encobrindo o goleiro holandês. A partida ocorreu no dia 18 de junho de 2014.

10) James Rodríguez: o artilheiro e destaque da Copa do Mundo no Brasil marcou um gol de bem longe, em jogo válido pela competição, atuando pela Seleção Colombiana, em um partida contra o Uruguai.  A partida ocorreu no dia 28 de junho de 2014.

Por Rannier 

Pr?mio Puskas 2014

Foto: Divulgação


O atacante argentino Carlitos Tevez, que joga atualmente pela Juventus-ITA, foi convocado novamente pelo técnico Tata Martino (ex-Barcelona) para disputar junto à Seleção Argentina dois jogos amistosos, um no dia 12 de novembro, diante da Croácia, em Londres, na Inglaterra, e outro contra a Seleção de Portugal, em Manchester, também na Inglaterra, no dia 18 de novembro, onde reencontrará um companheiro dos tempos de Manchester United, Cristiano Ronaldo.

Tevez também deve ter a companhia em campo, mas como companheiro de Seleção, de Lionel Messi, que apesar das especulações sobre um mal relacionamento com Carlitos Tevez e de ter jogado lesionado contra o Real Madrid, no último sábado (25/10), o que se sabe é que Messi está convocado e a cada oportunidade que têm, ambos (Messi e Tevez) garantem ter um bom relacionamento entre si. Havia três anos e quatro meses que Tevez não vestia a camisa da Seleção de seu país, mais precisamente desde o dia 16 de julho de 2011, quando atuou pela sua equipe nacional pela última vez, na Copa América. E essa última ocasião foi um tanto amarga para o atual atacante da Juventus, pois perdeu um pênalti contra a Seleção Uruguaia na fase de quartas de final, e depois disso ficou um longo período afastado da Seleção pelo ex-técnico Alejandro Sabella, que comandou a equipe na última Copa do Mundo, no Brasil.

Já nos números, Carlitos Tevez tem ao todo 64 jogos disputados pela Seleção Argentina e 14 gols marcados. Além de ter ganho uma medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Atenas em 2004.

Confira abaixo a lista dos convocados para a Seleção Argentina para a disputa dos dois amistosos em novembro:

– Goleiros: Willy Caballero, Sergio Romero e Nahuel Guzmán;

– Laterais: Pablo Zabaleta, Facundo Ronclaglia, Cristian Ansaldi e Marcos Rojo;

– Zagueiros: Nicolás Otamendi, Martín Demichelis, Ezequiel Garay, Federico Fernández e Federico Vazio;

– Volantes: Javier Mascherano e Lucas Bíblia;

– Meias: Angel Di Maria, Javier Pastore, Roberto Pereyra, Éver Banega, Erik Lamela, Enzo Perez e Nicolás Gaitán;

– Atacantes: Sergio Agüero, Lionel Messi, Gonzalo Higuaín e Carlos Tevez.

Por João Calvet

Tevez e Messi foram convocados para amistosos

Foto: Divulgação


O contrato do goleiro Diego Cavalieri encerra no fim deste ano de 2014 com o time do Fluminense e já existe disputa para sua contratação em outros times como, por exemplo, o Palmeiras, o Flamengo e o São Paulo.

Em 2012 foi campeão brasileiro pelo Fluminense, clube no qual atua há quatro anos, são cerca de 200 jogos com a camisa, porém, após reunião com Luis Fronterotta, o goleiro demonstrou interesse em voltar para o Palmeiras. Caso retorne ao Palmeiras, o atual goleiro do time Fernando Prass, que já tem 36 anos, provavelmente não terá seu contrato renovado ao final de 2015.

Para permanecer no clube, Cavalieri que hoje recebe em torno de R$ 250 mil mensais, pediu o dobro do valor e ainda assim, é considerado um dos únicos membros com contrato a vencer pelo qual a diretoria pretende negociar. A intenção no momento é garantir a classificação na Libertadores de 2015 pelo clube atual. Embora esteja numa boa fase, após redução dos investimentos feitos pela Unimed ficará difícil renovar uma boa quantidade dos contratos a vencer, além de Cavalieri, Carlinhos, Gum, Valencia e Chiquinho. Lembrando que Carlinhos tem até segunda-feira, dia 3 de novembro, para definir com um novo clube caso não receba nenhuma proposta da diretoria. Em entrevista ao ESPN, Luizão diz “Se Fluminense e Unimed tivessem decidido antes o que seria feito em relação ao Carlinhos, se quisessem propor um novo contrato, acho que isso já teria sido feito”.

Infelizmente, com os gastos reduzidos fica difícil negociar com os altos salários destes membros. A revolta atinge a torcida que anseia por mais vitórias e estas discussões de “preferências” e “custos” acabam influenciando no desempenho de jogadores. Apesar do patrocínio da Unimed entrar em discussão no próximo ano, a solução será fazer escolhas para imediato e apostar firme no time formado que restará. O ano de 2015 será de grandes chances para o Fluminense.

Por Ricardo Laurentino da Silva

Fluminense

Foto: Divulgação


O mercado de transferências para clubes europeus está fechado, no entanto segundo a imprensa do país da "Bota" o Milan deve investir alto na contratação de um zagueiro para o próximo ano, já em janeiro; um volante também estaria na mira do gigante italiano. Nomes de jovens brasileiros e argentinos aparecem na lista.

Marlon, do Fluminense, Gil, do Corinthians, e Dedé, do Cruzeiro, são os principais alvos para a zaga do Milan, sendo candidatos a desembarcarem em Milão em 2015. Gil e Dedé já foram especulados pelo time italiano em outra ocasião, já o jogador do Fluminense surge como o mais forte dos candidatos brasileiros, haja vista jogar tanto como zagueiro quanto volante.

Para o meio campo, a torcida do Milan pode ser presenteada com uma contratação de peso; trata-se do alemão Khedira, que vem sendo pouco utilizado no Real Madrid; Essien e Van Ginkel tamém foram cotados, mas os nomes não agradaram ao técnico Pipo Inzagui. Caso o Milan opte por uma contratação menos estrelar e mais jovem, o volante do Cruzeiro, Lucas Silva, que vem sendo observado, pode ser contratado. Lucas também é especulado no Chelsea e no Real Madrid.

Com relação aos argentinos que interessam ao clube italiano, destaque para os jovens defensores de 23 anos, Kannemann, do San Lorenzo, e Pezzela, do River Plate. Também na mira do Milan está o "novo Samuel", o zagueiro de 21 anos Lisando Magallan, do Boca Juniors, em referência ao experiente jogador que defendia a seleção da Argentina num passado não muito distante. Kranevitter, volante do River Plate também está cogitado, mas Lucas Silva é considerado mais completo pela diretoria do Milan.

Não foram revelados valores das supostas contratações, mas pela sondagem os times sulamericanos não devem abrir mão de sua "joias" a preço de banana, principalmente por serem jogadores novos, mas com experiência; uns nas suas respectivas seleções, outros em competições internacionais e uns já atuaram até em clube europeu, como exemplo o corintiano Gil.

Por Vinicius Cunha

Jogadores brasileiros sondados pelo Milan

Foto: Divulgação


A FIFA acabou anunciando já na madrugada da última terça-feira (28/10) a lista dos 23 jogadores indicados para ganhar o prêmio de melhor jogador do mundo e também em suas posições (goleiro, lateral-direito, zagueiro pela direita, zagueiro pela esquerda, lateral-esquerdo, volantes, meias e atacantes).

Os tão cotados alemães corresponderam as expectativas em representantes na lista, com seis atletas. Dos brasileiros, também foi semelhante ao esperado, somente o atacante Neymar foi relacionado. O outro brasileiro, mas que defende a Espanha, portanto o espanhol Diego Costa, também aparece na lista. Os zagueiros Thiago Silva e David Luiz, do PSG, dessa vez ficaram de fora. Apenas dois dos relacionados na lista da FIFA não participaram da Copa do Mundo por conta de suas seleções não terem se classificado, o atacante sueco Zlatan Hibrahimovic, também do PSG, e o meio-campista galês Gareth Bale, do Real Madrid.

A ausência mais sentida por todos talvez seja a do atacante Luiz Suarez, que mesmo tendo feito uma grande temporada com o Liverpool que disputou até o fim o título do último Campeonato Inglês, ficou negativamente marcado no mundo do futebol pela mordida no zagueiro italiano Chiellini durante a Copa do Mundo, o que também lhe rendeu uma punição com uma suspensão por alguns meses e fez com que ele só voltasse a atuar oficialmente no último sábado, pelo seu novo clube, o Barcelona, no Campeonato Espanhol, contra o arque rival Real Madrid.

Outra lista divulgada pela entidade máxima do futebol (FIFA) foi uma com os dez técnicos indicados a melhores do último ano. De todos os treinadores indicados, somente Alejandro Sabella, que saiu da Seleção Argentina após conquistar o segundo lugar no Mundial, é o único sem emprego atualmente.

Os técnicos e capitães das seleções nacionais, além de jornalistas que são selecionados pela revista France Football farão a decisão final dos merecedores dos prêmios de melhores do mundo no futebol.

O evento Ballon d'Or ou "Bola de Ouro", realizado pela FIFA para eleger e premiar os melhores profissionais do mundo no futebol ocorrerá no dia 12 de janeiro de 2015.

Confira abaixo a lista dos 23 jogadores (país de origem/clube que atua) relacionados pela FIFA para concorrerem ao prêmio de melhor do mundo:

– Manuel Neuer (Alemanha/Bayern de Munique-ALE);

– Tomas Müller (Alemanha/Bayern de Munique-ALE);

– Phillip Lahm (Alemanha/Bayern de Munique-ALE);

– Bastian Schweinsteiger (Alemanha/Bayern de Munique-ALE);

– Mario Gotze (Alemanha/Bayern de Munique-ALE);

– Tony Kroos (Alemanha/Real Madrid-ESP);

– Cristiano Ronaldo (Portugal/Real Madrid-ESP);

– Lionel Messi (Argentina/Barcelona-ESP);

– Angel Di Maria (Argentina/Manchester United-ING);

– Javier Mascherano (Argentina/Barcelona-ESP);

– Neymar Jr. (Brasil/Barcelona-ESP);

– Diego Costa (Espanha/Chelsea-ING);

– Andrés Iniesta (Espanha/Barcelona-ESP);

– Sergio Ramos (Espanha/Real Madrid-ESP);

– Karin Benzema (França/Real Madrid-ESP);

– Paul Pogba (França/Juventus-ITA);

– Thibaut Courtois (Bélgica/Chelsea-ING);

– Eden Hazard (Bélgica/Chelsea-ING);

– Arjen Robben (Holanda/Bayern de Munique-ALE);

– Zlatan Hibrahimovic (Suécia/PSG-FRA);

– Gareth Bale (País de Gales/Real Madrid-ESP);

– Yaya Toure (Costa do Marfim/Manchester City-ING);

– James Rodriguez (Colômbia/Real Madrid-ESP).

Por João Calvet

Jogadores concorrentes ao pr?mio Bola de Ouro

Foto: Divulgação


A Chapecoense apresentou na última segunda-feira, 6 de outubro, dois reforços para o Brasileirão. Os atletas Junior Timbó eJussandro foram apresentados na Arena Condá. Na ocasião eles vestiram por primeira vez a camisa do time.

Os novos contratados são os últimos reforços que entrarão neste ano na equipe. Durante a apresentação ocorrida na Arena Condá, os jogadores concederam uma entrevista coletiva.  Na entrevista, Timbó conta que foi escolhido pela Chapecoense para estruturar o seu time a modo de continuar na Série A do Brasileirão no próximo ano e também pela influência do treinador Jorginho. Na ocasião, ele agradeceu o voto de confiança do clube e disse que este será mais um desafio para a sua carreira.

Durante a coletiva Jussandro comentou da sua recente lesão e acrescentou que já se encontra na sua forma física ideal para alcançar bons resultados na equipe de Santa Catarina. Afirmou que mesmo estando há um mês fora, ele continuava treinando com os jogadores. Ele aproveitou a oportunidade e se coloca à disposição do time catarinense.

A Chapeacoense não teve custos para negociar com os atletas visto que tanto o meia Junior Timbó quanto o lateral esquerdo Jussandro tinham rescindido contrato com os seus respectivos times. Jussandro estava na Portuguesa e Junior estava vinculado ao ABC-RN. 

Outra contratação da Chape foi Danny Morais, zagueiro. O time estava disposto a recrutar um novo atacante, no entanto, o clube não conseguiu contratar.

A situação atual da Chapecoense não é muito boa, sendo assim, os reforços chegam em uma boa hora. Segundo a entrevista coletiva, ambos estão ansiosos para estrear no clube. 

O próximo jogo da Chapecoense será nesta quinta-feira, 9 de outubro, contra o Internacional. Atualmente o time catarinense está na 16ª posição, ou seja, o que separa o time da zona de rebaixamento é apenas um ponto.  

Por Melina Menezes

Refor?os do Chapecoense

Foto: Cleberson Silva/Chapecoense


O Campeonato Brasileiro Série A 2014 já está em andamento e com isso as mudanças são constantes nos clubes que disputam o torneio mais importante do país. Vale ressaltar que é bastante tradicional no Brasileirão a troca de técnicos, isso acontece bastante no decorrer do campeonato, haja vista a pressa nos clubes brasileiros em obter bons resultados em pouco tempo.

E quem trocou de técnico recentemente foi o Atlético-PR, isso mesmo, o Furacão anunciou o técnico Claudinei Oliveira, que já treinou o Santos. O Furacão é atualmente o 10° colocado do campeonato e seu próximo desafio será contra o Palmeiras, em casa. O jogo será válido pela 19° rodada da Série A.

É importante destacar que até quarta-feira (04/09) quem comandava a parte técnica do Atlético-PR era o técnico interino, Leandro Ávila. E segundo ele o novo técnico do Furacão irá encontrar um time aguerrido e muito obediente, além disso, recheado de talentos e jovens jogadores. Com a chegada de Claudinei de Oliveira, Leandro Ávila volta ao seu cargo de origem: auxiliar permanente na comissão técnica do time paranaense.

“Ele pode ter certeza que ele vai ter um time aguerrido. Nós temos as nossas falhas, como todo time tem. Não tenha dúvida que os jogadores vão fazer aquilo que ele pedir porque os jogadores são determinados. Apesar das falhas, a gente tem nosso lado bom também, que é a velocidade e a marcação forte. Falta para nós um pouco mais de posse de bola e de tranquilidade para chegar ao gol. Mas isso, com o tempo, eles vão adquirindo experiência e treinando, aí eles vão conseguir chegar perto da perfeição”, destacou Leandro Ávila em entrevista após o jogo.

Para sua estreia com o Atlético-PR, Claudinei de Oliveira terá força máxima contra o Palmeiras na Arena da Baixada. Serão apenas duas dúvidas para o jogo: o lateral-direito Sueliton, pois o mesmo foi vetado do jogo contra o América-RN pela Copa do Brasil por conta de dores musculares, além disso, a outra dúvida fica por conta de Cléo, atacante que saiu do jogo contra o América-RN por causa de dores na coxa. Podem entrar na posição de lateral-direito e do atacante os jogadores Mário Sérgio e Mosquito, respectivamente. Esses dois são os favoritos para começarem jogando.

Por Bruno Henrique

CAP

Foto: Divulgação


O técnico Jorge Sampaoli estava confiante de que sua seleção poderia, no mínimo, ter uma boa participação na Copa do Mundo de 2014. Pois o Chile tem um respeitável poder ofensivo, entretanto, o próprio treinador jogou a toalha depois do sorteio dos grupos.

Os chilenos terão como adversários duas grandes seleções do futebol mundial: Holanda e Espanha. Obviamente que as duas seleções europeias são favoritas para se classificarem para a próxima fase. Contudo uma classificação chilena traria uma moral inabalável, o que colocaria os chilenos como um dos favoritos ao título.

Os grandes craques da seleção são: Arturo Vidal e Alexis Sanchez. O primeiro é dos melhores jogadores da Juventus, sendo considerando por muitos como um dos meias mais completos do mundo, dada sua grande facilidade em marcar, criar jogadas e fazer gols. O segundo não vive um dos melhores momentos em sua carreira, assim como todo o time do Barcelona.

Felizmente, o Chile não é daquelas seleções que depositam todas suas esperanças nas costas de um ou dois jogadores. O palmeirense Jorge Valdívia sempre demonstrou uma habilidade incomum com a bola, razão pela qual o treinador da seleção considera sua presença essencial na equipe, tendo, inclusive, mandado um preparador físico realizar todo um trabalho especial com o jogador.

Mátias Fernadez e Isla são outras duas boas opções para o meio, tendo ambos os jogadores se destacado no cenário no europeu. No ataque, além de Sanchez, o time ainda conta com um velho conhecido da torcida brasileira, o ex-gremista Vargas.

O ponto crítico da seleção é a zaga, haja vista que esta deixa a desejar. Aliás, provavelmente, essa seja a razão que faça o técnico postar o time de forma ofensiva. Resta saber se o técnico manterá o time na frente contra Espanha e Holanda ou se renderá ao tradicional esquema retranqueiro.

Por Renan Valmeida do Nascimento


A Argentina é uma das maiores seleções do futebol mundial, razão pela qual, assim como o Brasil, sempre faz parte do grupo de seleções que estão aptas para ganhar o mundial. Devido ao fato do torneio ser realizado no país vizinho, o favoritismo do nosso maior rival aumenta ainda mais, principalmente pela presença certa de sua apaixonada torcida.

O técnico Alejando Sabella parece já ter definido o grupo de jogadores que desembarcarão no Brasil, para a frustração de Carlos Alberto Tevez. O ex-corintiano é um dos maiores ídolos dos argentinos dos últimos tempos, contudo, não agrada o atual treinador, uma vez que o atacante da Juventus não foi convocado sequer para um amistoso.

Outro ponto que favorece a seleção é que, ao contrário das Copas anteriores, o setor defensivo não está fragilizado. Pablo Zabaleta (Manchester City), Garay (Benfica) e Otamendi (Valência) serão os responsáveis por freiarem os poderosos ataques adversários.

A Argentina conta com um acervo de craques e, principalmente, com Lionel Messi, o melhor jogador do mundo da atual década. O atacante do Barcelona não vive um bom momento no futebol, mas ninguém discute que, se o craque brilhar, as chances de título serão grandes.

Os meia-atacantes Javier Pastore e Angel Dí Maria vivem grandes momentos em seus clubes atuais, os quais também podem desequilibrar facilmente qualquer partida. No ataque, se destaca Kum Aguero que deverá ter ao seu lado Higuain ou Lavezzi.

Não obstante, os argentinos realizaram uma ótima campanha nas eliminatórias, ganhando facilmente a maioria dos jogos. Messi parece ter deslanchado vestindo a camisa da seleção nacional, entretanto, na época, o jogador vivia um momento bem melhor no seu clube.

Os deuses do futebol parecem, pelo menos em um primeiro momento, favorecer a seleção em comento, considerando o sorteio da fase de grupos da Copa do Mundo. O adversário mais forte que eles irão enfrentar será a Nigéria, razão pela qual o técnico Sabella deverá entrar no último jogo da fase de grupos já classificado.

Por Renan Valmeida do Nascimento


Os especialistas não apontam a Seleção da Itália como uma das favoritas para conquistar a Copa do Mundo de 2014, entretanto, ninguém menospreza o futebol dos italianos. Isto porque a Azurra tem um histórico invejável na história das Copas, ficando atrás tão somente da seleção brasileira.

Depois do fiasco da Copa de 2010, onde os italianos amargaram uma eliminação ainda na primeira fase do maior torneio do mundo da bola, a seleção passou por mudanças drásticas, principalmente no estilo de jogo. O técnico Cesare Prandelli resolveu ousar mais, abrindo mão do tradicional esquema defensivo. O resultado é agora a equipe passou a fazer mais gols e, consequentemente, já não tem uma defesa impenetrável.

Na última Eurocopa restou evidente a nova característica de jogo, o que fez com  a Itália eliminasse Inglaterra e Alemanha do torneio, contudo, culminou em uma goleada histórica na final, na qual os espanhóis sobraram. Aliás, senão fosse o resultado tão amargo, é certo que a seleção de Prandelli estaria entre as favoritas para vencer a Copa do Mundo.

O craque da seleção continua sendo o veterano Andrea Pirlo, o qual conta com total liberdade do técnico para atacar. Apesar da idade avançada, o jogador continua apresentando um futebol de alto nível, liderando o meio de campo de Juventus nas últimas conquistas do campeonato italiano.

A esperança de gols está depositada no polêmico Mário Balotelli. O jovem atacante já demonstrou ser excelente dentro da grande área, mas, devido ao seu histórico de confusões dentro e fora de campo, seu desempenho é uma incógnita.

A zaga continua sólida, com o quarteto da Juventus: Buffon, Chiellini, Barzagli e Bonucci. O entrosamento dos referidos jogadores, certamente, é uma boa arma contra o ataque dos adversários. Outro ponto a favor dos italianos é que, toda vez que não são apontados como favoritos, eles surpreendem, como ocorreu na Copa de 2006.

Por Renan Valmeida do Nascimento


A Seleção de Gana é um tanto novata em Copa do Mundo, uma vez que participou apenas duas vezes da competição em comento. Entretanto, os africanos sempre superam as expectativas, haja vista que sempre passaram da primeira fase do torneio. Em 2010, a seleção poderia ter feito história, já que faltou pouco para se classificar para as semifinais.

Na ocasião, a seleção enfrentava a aguerrida seleção uruguaia, o jogo se encontrava empatado, quando Suarez, colocou a mão na bola e fez um pênalti no último minuto do jogo. Gyan, craque da seleção, desperdiçou a cobrança, razão pela qual o jogo foi para as penalidades, onde Gana acabou sendo eliminada.

Quatro anos depois, o atacante espera dar a volta por cima, mas sabe que não será uma tarefa fácil. Isso porque o sorteio não foi dos mais felizes, já que, logo na primeira fase, os africanos terão de enfrentar EUA, Alemanha e Portugal. Dessa forma, pela primeira vez, Gana sofre um grande risco de ser eliminada ainda na primeira fase.

Alemanha e Portugal são os grandes favoritos para prosseguirem na competição, sendo certo que Gana e os EUA terão de se superar. Embora não seja uma seleção norteada de craques, os africanos têm muita correria no seu estilo de jogo, além de muita vontade, razão pela qual não se trata de um adversário fácil de ser batido.

O astro da seleção, o atacante Gyan, certamente, ainda sente um gosto amargo do pênalti que perdeu na Copa de 2010, o que nos permite concluir que fará o máximo para apagar a imagem ruim. O fato é que, ao enfrentar grandes adversários ainda na primeira fase, o grupo dificilmente manterá as boas campanhas anteriores, contudo, caso consiga uma classificação milagrosa, a moral da equipe permitirá sonhar com uma participação que promete entrar na história das Copas.

Por Renan Valmeida do Nascimento 


Tradicionalmente, a seleção brasileira apresenta um celeiro de craques, razão pela qual é comum que grandes jogadores não vistam a camisa amarelinha, levando-se em consideração a pluralidade de opções. Na Copa de 2014, não será diferente, entretanto, dessa vez, pelo fato do maior torneio do futebol mundial ser realizado no Brasil, estar presente no grupo dos convocados terá um gosto especial.

Apesar de ter passado dos trinta anos há muito tempo, Ronaldinho Gaúcho segue jogando muito bem, sendo um dos maiores responsáveis pelo conquista inédita do Atlético Mineiro, contudo, dificilmente o jogador irá disputar a próxima Copa do Mundo. Isto porque faz tempo que o craque não é convocado por Felipão, o que nos permite concluir que será uma surpresa se seu nome figurar na lista final do técnico.

Kaká, desde que se transferiu para o badalado Real Madrid, nunca voltou a ser o mesmo que conquistou o título de melhor jogador do mundo. As inúmeras contusões atrapalharam o rendimento dentro de campo do jogador. Quando retornou para o time italiano, o meia-atacante voltou a fazer boas atuações, contudo, o Milan não está em boa fase, o que tem atrapalhado sua visibilidade. 

Há poucos meses, Robinho estava com boas chances de jogar uma Copa do Mundo em casa, principalmente pelo seu ótimo relacionamento com o grupo de Felipão. Ocorre que o jogador não tem feito boas partidas pelo seu time, enquanto seus concorrentes têm brilhado cada vez mais, sendo que o atacante não deverá ser chamado.

Lucasfigura entre os convocados da seleção desde que Mano Menezes estava no comando. A torcida e a imprensa já indagavam que o meia não deveria fazer tão somente parte do grupo, e sim ser titular. Irritado com tamanha pressão, o atual técnico da seleção colocou o jovem Bernard, que apresenta características semelhantes de Lucas. O resultado é que enquanto o ex-jogador do Galo já é nome certo na Copa, o craque do PSG sofre sérios riscos.

O zagueiro Miranda vive um excelente momento no Atlético de Madrid, sendo apontado pela imprensa como um dos principais jogadores do time espanhol. Vale lembrar que, atualmente, a equipe de Madrid lidera o campeonato espanhol e está nas fases finais da Champions League. Embora o zagueiro tenha manifestado publicamente seu desejo de vestir a camisa da seleção, ele não fora convocado nenhuma vez por Felipão.

Por fim, vale ressaltar que todos os jogadores supracitados devem manter a esperança, afinal não é incomum surgirem surpresas na lista final do técnico.

Por RVN


Foi sofrido, suado, chorado, mas enfim, o Atlético Mineiro ganhou a Libertadores da América.

A competição, vista como mais importante do hemisfério sul, chegou ao fim com uma partida memorável. De um lado, o Olimpia do Paraguai, que jogava com resultado favorável obtido em casa na primeira partida no Defensores Del Chaco, em Assunção. Do outro, o Galo, que contava com a massa atleticana a seu favor para pressionar o adversário, mas que teve que jogar, por medida da Conmebol, no Mineirão e não no Estádio Independência, como feito nas etapas anteriores.

O Olimpia veio com uma proposta de jogo defensivo, a fim de manter o resultado, aliado a catimba sul-americana, já de início. O contra-ataque era visto como ameaça, até por que a equipe mineira demonstrou um certo nervosismo. O primeiro gol, de Jô, fez com que os ânimos ficassem ainda mais acirrados.

O tempo foi passando e quase no fim da etapa complementar, Leonardo Silva fez o que parecia impossível: um belo gol que encobriu o goleiro paraguaio. A partida se encaminhava para a prorrogação e mais tarde para os pênaltis.  Na primeira chance que teve, Victor, goleiro atleticano, agigantou-se e mostrou porque é um dos melhores goleiros na atualidade, defendendo a primeira cobrança. No final, com o chute para fora, Victor correu para o abraço de seus companheiros. Era o fim de um ciclo e o início de um legado.

O time, montado por jogadores vistos como problemas extracampo, era motivo de desconfiança, com nomes como Pierre, dispensado pelo Palmeiras depois de sérias lesões, e Richarlyson, que saiu do São Paulo sem mágoas; dois volantes que se mostraram indispensáveis ao esquema de jogo. Rever ganhou o reforço de Leonardo Silva, oriundo do rival Cruzeiro, e que logo de cara sofreu sérias lesões, mas juntos atuaram como cães de guarda da defesa mineira. Bernard e Ronaldinho Gaúcho também mostraram entrosamento incrível: o primeiro quase foi dispensado pelo seu porte físico, franzino, e o segundo veio sob forte desconfiança após sua saída conturbada do Flamengo. Diego Tardelli, atacante, deu ótimas opções no ataque, atuando como pivô que chamava a marcação adversária e ao mesmo tempo dava velocidade nas investidas mineiras. No gol, Victor, jogador de alta performance e que hoje é visto como um dos grandes ídolos da massa mineira. No comando, Cuca, técnico que saiu do São Paulo  e que chegou a acumular 6 derrotas iniciais, mas com aval da diretoria, teve tempo e tranquilidade para montar o time. De renegados a heróis.

Cuca quebrou a fama de azarado, Bernard foi gênio, e Ronaldinho entrou para o rol seleto de poucos jogadores que ganharam a UEFA Champions League e Libertadores, mas com uma diferença: o único jogador detentor do título de Melhor do Mundo. Talvez, todas as adversidades serviram para motivar o time em busca de vitórias e rompimento com que era apontado como lógico, afinal, teve tudo para ser um fiasco se for levado em conta  o que passou. Mas o que para muitos era motivo de tristeza, para o Galo era a certeza de superação. Essa é uma das lições mais importantes do futebol, saber superar as adversidades e transformar limão em limonada.  

Agora o time volta suas atenções ao Campeonato Brasileiro, sem tirar o olho do Mundial de Clubes Fifa, que será disputado no Marrocos, com a presença do gigante Bayern de Munique, da Alemanha, comandado por ninguém menos que Pep Guardiola. Se a quebra de paradigmas continuar, eis mais um motivo para que o Atlético Mineiro possa obter o título de Campeão do Mundo e cantar de galo.

Por Junior Almeida


O clássico entre Flamengo e Botafogo foi muito disputado. No primeiro tempo o Botafogo levou a melhor, foi mais criativo, impetuoso e organizado. Já no segundo tempo a melhor foi do Flamengo, o time foi mais persistente, insinuante e mostrou mais disposição. O jogo foi tão equilibrado que o resultado não poderia ser diferente: empate por 1 a 1.

Os destaques do clássico foram Seedorf e Elias. Seedorf conduziu o Alvinegro como já era esperado, pois sua atuação vem sendo assim em todos os últimos jogos. Oswaldo Oliveira comandou a equipe com muita calma, enquanto dentro de campo Seedorf gesticulava, dava orientações, criticava e elogiava seus companheiros. Esse foi o primeiro jogo do camisa 10 no estádio do Maracanã.

Mesmo Elias não mostrando tanto talento quanto Seedorf, ele tem uma postura de líder e demonstrou uma grande entrega no último jogo. Mano Menezes declarou que Elias é um jogador importante para o time, não é a toa que ele marcou o gol do empate aos 49 minutos do segundo tempo. Elias também marcou dois outros gols, porém a arbitragem anulou os mesmos. 

Por Jéssica Posenato


O São Paulo é um dos times brasileiros que mais investiu em contratações nos últimos anos, razão pela qual a diretoria do clube esperava que o time paulista brigasse por títulos no ano de 2013, uma vez que conta com alguns jogadores de nível de seleção brasileira.

No campeonato Paulista, o time não conseguiu convencer, tendo sido eliminado pelo maior rival Corinthians. No maior torneio do continente, qual seja, a Taça Libertadores da América, o time foi goleado pelo Atlético Mineiro, tendo o time sofrido uma goleada humilhante.

Dessa forma, o campeonato brasileiro era a última esperança de título do clube comandado por Juvenal Juvêncio. Ocorre que o time vem acumulando uma série de derrotas consecutivas, tanto que os jogadores já manifestaram publicamente o temor pelo rebaixamento.

A diretoria contratou o técnico Paulo Autuori, mas pouca coisa mudo no time, considerando que as derrotas permanecem. O que mais assusta a torcida paulista é o fato do clube não conseguir reagir nem mesmo no Morumbi, palco de glórias do São Paulo.

Os grandes jogadores do time: Jadson, Luis Fabiano, Rogério Ceni, Paulo Henrique Ganso e Osvaldo não esboçam reação, sendo certo que a pressão só tende a aumentar no time paulista. De qualquer forma, o elenco do time é melhor do que muitos clubes da série A, o que nos permite concluir que dificilmente o time conhecerá a segunda divisão.

Ainda assim, é preciso ter cuidado, até porque se continuar a perder assim, nada impedirá o rebaixamento.

Por Renan Valmeida do Nascimento


O Botafogo está demonstrando que o trabalho investido na divisão de base tem rendido bons frutos.

Vários dos jogadores que estão sendo escalados são do grupo da base do Botafogo.

Com a transferência de time do Andrezinho e do Fellype Gabriel, Vitinho ganhou espaço como titular. Outra situação que está dando oportunidades aos jovens garotos é a lesão de Lucas, no lugar do titular entrara Gilberto. Este jogador acredita que a presença de mais jogadores da base o fez ficar mais tranquilo para atuar junto a equipe profissional e não conseguia imaginar como seria se fosse o único entre os veteranos. Disse que é um estimulo para ele ter vários colegas conhecidos no elenco.

Gegê, Octávio e Jeferson, ficarão no banco de reservas. Com todas essas mudanças o time refresca o grupo e traz para dentro de campo novas promessas para o futebol brasileiro.

Segundo o zagueiro Bolivar, a mistura entre jogadores experientes e as novas promessas está dando certo e o técnico botafoguense está conseguindo deixar a equipe coesa. Ainda sobre a equipe, ele agrega que hoje em dia o Botafogo conta com pelo menos um jovem atleta em cada setor.

Por Melina Menezes.


O Botafogo está demonstrando que o trabalho investido na divisão de base tem rendido bons frutos.

Vários dos jogadores que estão sendo escalados são do grupo da base do Botafogo.

Com a transferência de time do Andrezinho e do Fellype Gabriel, Vitinho ganhou espaço como titular. Outra situação que está dando oportunidades aos jovens garotos é a lesão de Lucas, no lugar do titular entrara Gilberto. Este jogador acredita que a presença de mais jogadores da base o fez ficar mais tranquilo para atuar junto a equipe profissional e não conseguia imaginar como seria se fosse o único entre os veteranos. Disse que é um estimulo para ele ter vários colegas conhecidos no elenco.

Gegê, Octávio e Jeferson, ficarão no banco de reservas. Com todas essas mudanças o time refresca o grupo e traz para dentro de campo novas promessas para o futebol brasileiro.

Segundo o zagueiro Bolivar, a mistura entre jogadores experientes e as novas promessas está dando certo e o técnico botafoguense está conseguindo deixar a equipe coesa. Ainda sobre a equipe, ele agrega que hoje em dia o Botafogo conta com pelo menos um jovem atleta em cada setor.

Por Melina Menezes.


O Palmeiras completará em 2014 100 anos. E para comemorar, uma série de eventos começa a ser planejada para pelo clube, tanto para a torcida quanto para a arrecadação de fundos. 

A Alianz Parque Arena pode ser inaugurada no primeiro trimestre de 2014 e a apresentação de artistas começa a se configurar como primordial, já que o local será também uma arena multiuso.

A banda One Direction fará um dos primeiros shows na nova arena e já tem quase todos os ingressos esgotados, segundo informações.

Há especulações de que Jennifer Lopez também pode se apresentar na abertura do novo estádio palmeirense, já que no início do ano um vídeo foi postado na rede onde ela dizia sobre um possível show, assim como a banda Def Leppard. Outro rumor é um amistoso entre Palmeiras e LA Galaxy, dos EUA.

Em um encontro realizado na Europa recentemente, Junior Gottardi, diretor de arena do time e intermediador entre o clube e a construtora WTORRE, teve a oportunidade de visitar os estádios dos alemães Bayern de Munique e Borussia Dortmund, finalistas da UEFA Champions League de 2013. O diretor se reuniu com dirigentes da Alianz, empresa seguradora que adquiriu o naming rights do estádio, e a AEG, empresa norte-americana responsável pela administração do estádio.

A principio, o que se espera é um modelo de gestão baseada nos moldes dos palcos esportivos da NFL ou NBA, com câmeras e orientadores espalhados pelo local, a fim de preservar a segurança do novo estádio, ao mesmo tempo em que prima pelo conforto proporcionado aos frequentadores.

Mas o que chamou a atenção foi  o que o diretor afirmou sobre a possibilidade de reforços de jogadores de renome internacional.

Muitos nomes passaram a ser cogitados na internet pelos torcedores, como Hulk, atualmente no Zenit da Rússia, Deco e Fred, do Fluminense, Donovan, do LA Galaxy, Robinho, do Milan da Itália, Fábregas, do Barcelona e uma infinidade de craques que participarão dos principais torneios de futebol mundial.

A expectativa é que a diretoria forme a base de um time forte e competitivo em 2013, que tenha condições de retornar a Série A do Campeonato Brasileiro, e com reforços de peso, fazer o Palmeiras retornar ao rumo dos  títulos que fizeram do clube uma das maiores potencias do futebol na década de 90.   

Por Junior Almeida


A temporada 13/14 está na iminência de se iniciar, e o Real Madrid promete vir forte, com o intuito de conquistar todos os campeonatos possíveis. Para isso, na sexta-feira, dia 12 de julho, anunciou a contratação do meia-atacante Asier Illarramendi, que estava no Real Sociedad.

Para contar com jogador, o Real Madrid pagará a quantia de 30 milhões de euros, o equivalente ao valor integral da multa rescisória do atleta, e arcará com o salário de 2,5 milhões de euros ao ano, de acordo o que tem declarado a imprensa espanhola.

Asier Illarramendi tem 23 anos, e o acordo entre Real Madrid e o jogador já estava selado há algumas semanas, no entanto, o Real Sociedad vinha dificultando o negócio, e enquanto não teve a garantia do pagamento, não liberou o jogador, que vem, a princípio, para substituir Callejón, que foi negociado com o Napoli.

Asier Illarramendi reiterou que a decisão de deixar o Real Sociedad não foi uma tarefa fácil, mas não poderia deixar de aceitar a proposta do Real Madrid, reconhecendo que a mesma é única e especial, ou seja, irrecusável.

Com a aquisição de Illarramendi, o setor de meio-campo do Real Madrid contará ainda com as seguintes opções: Kaká, Di María, Khedira, Xabi Alonso, Casemiro, Isco e Ozil.

Por Vinicius Cunha


Maycon Leite, quando foi adquirido pelo Palmeiras, veio a peso de ouro, visto como atacante veloz e que poderia imprimir velocidade ao ataque alviverde.

Com o tempo, más atuações e lesões seguidas, o jogador passou a ser visto como moeda de troca em possíveis negociações e seu nome foi cogitado no Goiás e na Portuguesa em 2013.

Quis o destino que Maycon Leite pudesse encontrar um pouco de paz no Qatar, ao mesmo tempo em que aprimoraria sua experiência profissional longe do Brasil, aos custos da considerável estabilidade financeira obtida pelos petro-dólares.  

Mas o empréstimo do jogador, a principio para o Umm-Salal Sports, parece ser cercado de incógnitas. Ainda não se sabe ao certo o que tem emperrado a transferência, mas pelo que tudo indica, o atacante ainda segue no Verdão, mesmo treinando em separado, já que não vem sendo aproveitado pelo técnico Gilson Kleina na Série B. Com isso, o treinador que no inicio do ano se lamentava pela falta de jogadores e improvisos de atletas nos jogos, agora se vê em meio ao elenco inchado, recheado de jogadores, mesmo afirmando que seja possível a disputa da Série B e Copa do Brasil de maneira simultânea.

Com relação ao elenco, o Palmeiras apresentou nesta semana seu mais novo volante, o uruguaio Erguren, contratado junto ao Libertad do Paraguai. Além do volante, o time teve o retorno de Patrik, meia-atacante que estava emprestado ao Gangwon da Coreia do Sul, visto como “cria” de Luiz Felipe Scolari, ex-comandante da equipe. Seu retorno pegou a direção de surpresa e uma reunião deve ser feita com a comissão técnica para decidir pela permanência ou não do jogador.

Por Junior Almeida


A terça-feira, 9 de julho, foi movimentada no mercado do futebol, e muitos clubes foram às compras, entre eles o Villarreal, que anunciou a contratação do meia-atacante Giovani dos Santos, que estava no Mallorca, e defendeu o México na Copa das Confederações.

O mexicano vem para ser a "cereja do bolo" do Villarreal, que na temporada 13/14 voltará a disputar o Campeonato Espanhol da Primeira Divisão. Giovani dos Santos assinará contrato de 4 anos com o seu novo clube, mas primeiro vai acabar de curtir seu resto de férias.

O jogador afirmou que está muito feliz em ter se acertado com o Villarreal, e disse ter dado um passo à frente na carreira, reiterando que crê numa boa participação do clube na temporada. Quando o craque começou sua carreira, no Barcelona da Espanha, foi considerado o novo Ronaldinho, mas não rendeu o esperado.

Apesar de ter apenas 24 anos, o meia-atacante mexicano já passou pelos seguintes times: Barcelona, Tottenham, Ipswich, Galatasaray, Racing Santander, Mallorca, e agora Villarreal. O presidente deste, Fernando Roig, mostrou-se satisfeito em contratar Giovani, dizendo que o jovem é um futebolista de altíssima qualidade.

Por Vinicius Cunha


A transferência de Neymar para o Barcelona rendeu muita grana ao Santos, mas em contrapartida, o time espanhol ganhou prioridade na aquisição de três jovens santistas: os atacantes Gabriel, mais conhecido como Gabigol; e Victor Andrade, ambos com multa rescisória prevista em 50 milhões de euros. O terceiro nome não foi revelado.

A citada prioridade renderá alguns milhões de euros ao Peixe, mas também com quantia mantida em sigilo. O acordo prevê que se o Santos receber alguma oferta por um dos jogadores citados, e concordar com o valor, o Barça terá o direito de cobrir a oferta e ficar com o jogador envolvido.

Quem confirmou o acordo com o Barcelona foi o próprio presidente do Santos, Luís Álvaro Rodrigues, no entanto revelou que até o momento nada foi passado para o papel, já que a DIS, que também tem porcentagem dos direitos econômicos dos supracitados jogadores, espera receber parte do valor acordado, e o Santos promete brigar na justiça para ficar com o valor por inteiro.

Duas partidas entre Santos e Barcelona ainda acontecerão, como forma de acerto da negociação do craque Neymar; a primeira partida já tem data para acontecer: 2 de agosto, no Camp Nou; e a segunda será no Brasil, sem data definida.

Por Vinicius Cunha


Com o elenco "Inchado", o técnico Tite resolveu aprovar o empréstimo de dois jovens que não vinham sendo utilizados: o volante Nenê Bonilha e o lateral-esquerdo Denner, aquele para o América de Natal, e este para o Atlético Goianiense. A intenção é fazer com que os dois bons jogadores ganhem experiência na disputa do Brasileirão Série B.

Denner recuperou-se há pouco tempo de uma grave lesão no joelho direito, e devido ao longo período de tratamento, perdeu espaço para outro jovem: Igor, que também tem sua origem na categoria de base do Corinthians, e se tornou o reserva imediato de Fábio Santos.

Nenê Bonilha foi contratado pelo Corinthians no início de 2011, junto ao Paulista, de Jundiaí, mas desde que chegou ao Corinthians não teve uma longa sequência de jogos, e esteve emprestado para outros três clubes: Avaí, Catanduvense e Audax/SP, sem grande destaque.

No atual elenco do Corinthians há a presença de inúmeros jogadores oriundos das categorias inferiores: os goleiros Danilo Fernandes, Júlio César e Matheus Caldeira; o lateral-esquerdo Igor; e os atacantes Léo e Paulo Victor; o que é muito pouco, ainda mais  para um time que já revelou o goleiro Ronaldo; o lateral Wladimir; os meias Luizinho e Rivellino; e os atacantes Dinei e Viola; além de outros inúmeros craques.

Por Vinicius Cunha


A próxima temporada na Europa ainda não se iniciou, e se por um lado o Chelsea ainda não finalizou suas contratações, por outro já definiu que não contará com quatro atletas: Florent Malouda, Paulo Ferreira, Ross Turnbull e Yossi Benayoun; ambos teriam seus contratos terminando, e os "Blues" optaram por não renovar.

O português Paulo Ferreira, lateral-direito, tem 34 anos, e estava no Chelsea desde o ano de 2004, época que Mourinho começou sua primeira trajetória no time inglês, e jogou 217 partidas com a camisa dos "Blues, marcando dois gols; além do Chelsea, Paulo Ferreira ainda jogou pelo Vitória de Setúbal e Estoril Praia.

Malouda também já estava no Chelsea a um bom tempo, mais precisamente a seis anos, e jogou mais partidas que Paulo Ferreira, um total de 229 jogos, marcando 45 gols; um de seus títulos mais importantes foi a conquista da Liga dos Campeões da Europa, na temporada 2011/2012.

Ross não teve muitas oportunidades, e nos últimos quatro anos vem sendo, no máximo, um dos goleiros reservas do elenco; já Benayoun chegou ao time londrino em 2010, mas não se firmou, e chegou até a ser emprestado para outros clubes.

Por Vinicius Cunha


O meia-atacante Diego, jogador do Wolfsburg, já não esconde sua insatisfação no clube alemão, e afirmou à imprensa alemã que pretende ser negociado com o Atlético de Madrid, reiterando que a decisão de levá-lo ao futebol espanhol está nas mãos dos dirigentes do Atlético, que na opinião de Diego, deveriam se esforçar mais.

Diego relembrou a boa temporada que teve no Atlético, nomeando-a como memorável, já que chegou a conquistar até a Liga Europa, na temporada 11/12. Diego ainda não assinou nada com o clube espanhol.

O contrato do brasileiro com o Wolfsburg vai até junho de 2014, e se por um lado o meia está insatisfeito no clube, por outro não descarta a possibilidade de por lá permanecer, já que afirma que o futebol alemão está caminhando para se tornar no melhor do mundo, ainda mais depois que Bayern de Munique faturou a Liga dos Campeões da Europa.

Nascido aos 28 de fevereiro de 1985, Diego tem 28 anos, e começou sua carreira profissional no Santos, na mesma geração que revelou Robinho; posteriormente foi negociado com o Porto, passou pelo Werder Bremen, Juventus, Wolfsburg e pelo Atlético de Madrid. A próxima temporada não tarda em começar, e até lá o destino de Diego já terá sido decidido.

Por Vinicius Cunha


O Náutico contratou como reforço o meia argentino Diego Morales. Embora a apresentação oficial já tenha sido feita, o time corria o risco de não mais poder contar com o jogador para a disputa da temporada. O problema aconteceu porque Morales está envolvido em uma briga judicial com o time Al Ahli (ARA), pois ainda é ligado a esse time. Apesar dessa situação, Paulo Ricart, empresário de Morales, afirmou que o Náutico contará com o jogador na próxima segunda-feira.

De acordo com Paulo Ricart, Morales está muito feliz e empolgado por jogar pelo Náutico. Segundo ele, a estrutura do time é boa e até sexta-feira toda a documentação estará em ordem e os treinos começarão.

O problema com o Al Ahli se deu porque o time tinha mais jogadores estrangeiros do que era permitido pelo regulamento, sendo assim o jogador acionou a FIFA solicitando rescisão contratual e alegando que precisava jogar. O processo de rescisão contratual ainda está em andamento, porém deve ser finalizado nos próximos dias e Morales estará apto a jogar a terceira rodada do Campeonato Brasileiro pelo Náutico.

Por Jéssica Posenato


Felipe Carrilho, empresário do jogador Deivid, usou a mídia para reclamar da dívida que o Coritiba tem com o atacante. Segundo ele, o time não pagou seis parcelas do uso de imagem e o salário do mês de junho está atrasado.

O empresário não informou o valor devido ao atacante, mas deixou claro que o salário do mês de junho deveria ter sido pago até o quinto dia útil, porém o mês está acabando e isso ainda não foi feito. Carrilho fez questão de esclarecer que a situação chata vem se repetindo há alguns meses, mas que o desempenho do jogador não será afetado em função disso.

Essa não é a primeira vez que Carrilho leva até a imprensa os problemas entre o Coritiba e Deivid. Em janeiro o jogador se atrasou para sua reapresentação devido a forte chuva em Angra dos Reis, o empresário aproveitou o momento para falar do atraso do pagamento do direito de imagem e chegou a especular a saída do jogador.

Segundo Vilson Ribeiro de Andrade, o Coritiba tem ciência das suas pendências com Deivid e isso já está sendo resolvido, afirmou ainda que o empresário não está agindo de maneira correta.

Por Jéssica Posenato


O Botafogo tem mais uma baixa em seu time: Andrezinho agora irá jogar na China. O meia irá viajar na próxima sexta-feira rumo a China para assinar o seu contrato com o time Tianjin Teda, o contrato terá duração de dois anos.

O time Tianjin Teda é treinado por Alexandre Guimarães, técnico brasileiro que já foi treinador da seleção de Costa Rica.

O empresário de Andrezinho negou que a transferência esteja sendo feita, porém os amigos do jogador garantiram que já está tudo acertado, tanto é que já houve uma confraternização de despedida para o jogador.  

Andrezinho tem 29 anos e estreou pelo Botafogo em 2012, foram 60 jogos com a camisa do time sendo que 50 foram no ano passado. De todos os jogos, o jogador marcou o total de 10 gols e foi campeão estadual. O meio também jogou no time de base do Flamengo, pelo Internacional e na Ásia, entre os anos de 2004 e 2007, pelo time Pohang Steelers.

Depois de Fellype Gabriel, essa é a segunda baixa desse ano que o Botafogo sofre e a situação preocupa os torcedores. 

Por Jéssica Posenato


Com a temporada europeia de futebol cada vez próxima do início, os clubes do velho continente ficam "ouriçados" na busca de novos reforços, principalmente por aqueles que atuam no futebol sul-americano, que tendem a custar menos e dar retorno dentro e fora de campo.

Quem não foge à "regra" é o Catania, que estaria interessado numa das revelações da base do Flamengo, Ádryan, meia-atacante de 18 anos. A informação foi confirmada pelo presidente do clube italiano, na apresentação dos novos uniformes, para o início  da temporada 13/14.

O interesse do Catania é tão grande, que uma proposta já teria sido feita aos dirigentes do rubro-negro carioca, mas foi rejeitada, pois o Flamengo espera manter o jogador, ainda mais depois da chegada de Mano Menezes. O presidente do time italiano afirmou que o negócio, no momento, está parado, mas espera novidades.

Adryan teve seu contrato renovado em abril deste ano, e tem vínculo com o Flamengo até março de 2016. A multa rescisória para algum time do exterior tirar o jogador do Flamengo é de R$ 130 milhões, o mesmo valor fixado para Rafinha, atacante do clube.

Por Vinicius Cunha


A situação do jogador Cortez, do São Paulo, já está quase definida, mesmo assim, a diretoria do Fluminense andou pelo Morumbi para analisar a situação do lateral esquerdo. 

Após a eliminação do São Paulo na Taça Libertadores, o jogador ficou à disposição de outros times. Mas de acordo com o empresário do jogador, ele pode estar de malas prontas para jogar em um time de fora do Brasil. Com essa notícia, o Fluminense apontou que essa passagem pelo Morumbi foi apenas uma sondagem. 

Segundo o dirigente do Tricolor Carioca, o time estava apenas fazendo uma consulta que é de costume e que eles também recebem alguns diretores de certos clubes para dar uma ‘’sondagem’’ em seus jogadores. Recentemente o titular da lateral esquerda do Fluminense, Carlinhos também recebeu ‘’sondagens’’ de times de fora, e de acordo com o dirigente do Tricolor Carioca, elas nem sempre se tornam em propostas. 

Cortez voltou aos treinos na segunda-feira junto com outros atletas que não estão nos planos do Tricolor Paulista, lembrando que o jogador foi contratado pelo São Paulo no início do ano passado por R$ 7 milhões. 


Dória, jovem zagueiro canhoto do Botafogo é a bola da vez no mercado nacional. Valorizado por boas atuações no Alvinegro e na Seleção Brasileira Sub-20, o atleta de apenas 18 anos foi especulado por grandes clubes e o Porto, de Portugal, pretende até colocar outros atletas em negociação pelo jogador.

A proposta do clube português seria envolver o atacante Kleber, ex-Palmeiras, como parte do investimento por Dória. O entrave dos dirigentes quanto à negociação é grande, já que o Botafogo não abre mão do valor total da multa rescisória do atleta, que gira em torno de R$ 23 milhões. Outro dificultador é a baixa visibilidade de Kleber no Brasil, além da bronca da torcida com o ataque alvinegro, que não passa por um momento goleador.

Criado em Marechal Hermes, o atleta promissor nas Categorias de Base demonstra personalidade com a camisa 3 do Botafogo e parece feliz em General Severiano. Dória está alheio às especulações envolvendo seu nome e se prepara para o próximo duelo do Botafogo, diante do Figueirense, em local a definir. O mando de campo é alvinegro, faltando apenas definir o local da partida, que poderá até acontecer no Maracanã.

Por Marcos Junior


Já não é mais segredo, e está exposto aos simpatizantes do futebol: o Barcelona está mesmo interessado em Thiago Silva, zagueiro do PSG, e capitão da seleção brasileira. Tito Vilanova, treinador do clube da Catalunha, explicou que com o reforço de Neymar, o elenco precisa apenas de um zagueiro.

Vilanova reiterou que caso a diretoria consiga contratar Thiago Silva, o elenco estará completo, e não será preciso mais nenhum reforço. A contratação do zagueiro não é uma das tarefas mais fáceis, já que o projeto do PSG é contar com o brasileiro até 2017.

Thiago chegaria para jogar como zagueiro pelo lado esquerdo, e o nome do capitão do Brasil é unanimidade, e que apesar de outros nomes terem sido sondados, como os de Hummels, David Luiz e Marquinhos, da Roma, estes não agradariam a toda comissão técnica do Barça.

Se por um lado o Barcelona "corre" atrás de Thiago Silva, o jornal "Sport" cita uma das possíveis perdas que o time pode ter na próxima temporada: Thiago Alcântara, que está em negociação com o Manchester United, e o clube inglês estaria disposto a pagar 20 milhões de euros pelo filho do ex-jogador Mazinho.

Por Vinicius Cunha


Depois de jogar com a camisa do Corinthians por mais de três anos, o volante Paulinho jogará no Tottenham na próxima temporada. A oferta do clube inglês já foi aceita, resta apenas acertar pequenos detalhes burocráticos para que o Corinthians anuncie a venda formalmente. Segundo a assessoria de imprensa do Timão, o contrato será assinado logo após o final da Copa das Confederações.

A oferta do time inglês foi de aproximadamente R$ 53 milhões, sendo que metade desse valor ficará com o Corinthians e o restante será do Audax-SP, que possui 50% dos direitos econômicos do jogador.

A saída de Paulinho vem sendo comentada desde as oitavas de final da Libertadores, quando o time foi eliminado pelo Boca Juniors. Desde 2012 o Inter de Milão mostrava interesse em contratar o jogador, assim como o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, mas quem acertou a compra foi o Tottenham.

O clube já conta com um brasileiro, o volante Sandro, mas ainda pretende contratar Bernard, do Atlético-MG.

Paulinho foi contratado pelo Timão em 2010, antes disso jogava pelo Bragantino. Paulinho se tornou uma estrela depois de fazer gols decisivos. Em 167 partidas pelo Corinthians o jogador marcou 34 gols.

Por Jéssica Posenato


O Vasco parece iniciar sua reformulação no elenco e principalmente na folha salarial do elenco, considerada alta pela diretoria. Enfim de contrato, o meia Carlos Alberto recebeu a notícia de um possível corte superior a 50% em seu salário caso queira renovar e a tendência é que não atue mais em São Januário.

Com julgamento marcado pela Procuradoria do TJD/RJ com a acusação de dopping, o meia Carlos Alberto deve mesmo encerrar sua trajetória pelo Vasco da Gama. Vinculado ao cruzmaltino por mais de quatro anos (somando suas passagens), o jogador recebeu de seu empresário Carlos Leite a notícia sobre a meta de redução salarial por parte da diretoria, que passa por um momento de corte em suas despesas e colocou Carlos Alberto como um de seus problemas.

Com as conversas estagnadas entre diretoria e atleta, o diretor executivo de futebol Ricardo Gomes sinalizou com a possibilidade remota de permanência do meia-atacante, que terá seu contrato encerrado no dia 2 de agosto.

Com o maior salário do elenco, cerca de R$300 mil, o jogador de 28 ano terá de enfrentar o novo julgamento e se encaixar na nova folha salarial de R$150 mil para permanecer na Colina histórica. Mesmo que deixe o Vasco, a advogada do clube, Luciana Lopes, assegurou continuar no caso de Carlos Alberto, que em caso de condenação, poderá ir a Corte Arbitral do Esporte, na Suíça.

Por Marcos Junior


Há dias atrás foram publicadas algumas especulações envolvendo a possível saída de Luís Fabiano para algum time da Europa, mas depois de muito "disse e não disse", a diretoria do clube paulista afirmou que o atacante não sairá, e que seu contrato no São Paulo será cumprido até o final de 2015.

No início da semana, o atacante se reuniu com o diretor de futebol do clube, Adalberto Baptista, e com o presidente, Juvenal Juvêncio, e a situação do jogador foi discutida. Diante de exposições de fatos e argumentos dos dois lados, as partes chegaram a um consenso e ficou decidida a permanência de Luís Fabiano.

Os maiores interessados em adquirir os direitos econômicos e federativos de Luís Fabiano eram o Olympiacos, da Grécia, e o Galatasaray, da Turquia, que, inclusive, chegaram a fazer ofertas oficiais ao Tricolor Paulista.

Até mesmo o jogador estava cogitando uma saída, ainda mais após as eliminações do São Paulo no Campeonato Paulista e na Copa Libertadores, quando grande parte dos torcedores colocou o jogador como culpado pelo insucesso, além do próprio presidente, Juvenal Juvêncio, ter colocado o atacante à disposição de interessados. A "novela" terminou, resta saber se o final será feliz para as partes envolvidas, e isso só o tempo dirá.

Por Vinicius Cunha


Renato Abreufoi demitido nesta segunda-feira pelo clube carioca. Em um comunicado divulgado pelo site do Flamengo, o rubro-negro informou que não conta mais com o camisa 11. Vale lembrar que o contrato do jogador iria até dezembro de 2013.

A decisão não pegou apenas os torcedores de surpresa, mas sim o próprio jogador, que estava se preparando para voltar aos treinos, nesta terça-feira. O destrato, no entanto, ainda não foi assinado. 

Segundo o site, não houve qualquer tipo de reunião entre as partes. O rubro-negro informou ao empresário Cláudio Guadagno a decisão na segunda à tarde. O clube deixou bem claro que pagará os salários do jogador até o fim do ano, e que, Renato já está liberado, caso outra equipe tenha interesse pelo jogador. 

Para que todos entendam a demissão do ex-jogador rubro-negro, a diretoria alegou que o meio cometeu infrações graves durante os últimos meses. De acordo com o Globo Esporte, ainda tentando entender a decisão da diretoria, Renato pode ir para o Bahia, sendo que o clube tem interesse muito grande no jogador. Porém, especulações sempre ocorrem, mas ainda nada foi confirmado.

Agora só resta aguardar qual time irá contratar o ex-jogador flamenguista.


O Atlético-MG vive uma ótima fase dentro de campo, tanto é que faturou o Campeonato Mineiro, em cima do Cruzeiro, e é semifinalista da Copa Libertadores, competição que terá como adversário o Newell's Old Boys, mas nem tudo são "flores" para o time mineiro, já que a Conmebol suspendeu o zagueiro Réver por duas partidas, e assim o jogador estará impedido de pegar o time argentino nos confrontos de mata-mata.

A suspensão é em razão de Réver ter se desentendido com o árbitro Patricio Polic, que apitou a partida do Galo contra o Tijuana, no Independência, que terminou empatada em 1 a 1. Não há possibilidade de recurso para a sansão, que já foi diminuída de 4 jogos para 2.

De acordo com o chefe do departamento jurídico do Atlético-MG, Lásaro Brandão, Réver foi "indiciado" em um artigo que dava a pena mínima de suspensão em 4 partidas, e que com a defesa é que conseguiu a diminuição da mesma. O advogado reiterou que nas esferas formais não há mais jeito para o caso, mas disse que o regulamento da competição é cheio de brechas, e que estuda o caso.

Como Réver muito provavelmente não irá jogar, Cuca, mais uma vez, terá que mexer no "miolo" de zaga, e a opção mais usada na temporada tem sido a entrada do veterano Gilberto Silva, que jogaria ao lado de Leonardo. Rafael Marques também surge como opção.

Por Vinicius Cunha


Especulações sobre a venda de Robert Lewandowski é o que não faltam, mas depois de inúmeras conversas, o diretor-geral do Borussia Dortmund, Hans-Joachim Watzke, afirmou que o goleador vai permanecer no clube na próxima temporada, colocando fim nas especulações. O time alemão já perdeu um dos seus principais jogadores para o rival Bayern de Munique, o meia Gotze.

Watzke disse que a decisão é definitiva e que em 13/14 os torcedores do time, vice-campeão da Liga dos Campeões da Europa, terão a oportunidade de ver o artilheiro marcar seus gols, reiterando que dentro de poucos dias a equipe se reapresentará para início da pré-temporada.

Mesmo com o jogador afirmando, várias vezes, que deseja mudar de ares, pelo menos por mais um ano permanecerá no futebol alemão, para decepção dos torcedores de Real Madrid, Manchester United e Bayern de Munique, clubes que sondaram o Borussia Dortmund e o jogador.

O objetivo do Borussia é segurar o máximo de atletas,para tentar repetir a boa campanha de 12/13, quando além do vice-campeonato da Liga dos Campeões, também ficou com o segundo lugar do Campeonato Alemão, ambas as competições tiveram o Bayern de Munique como vencedor.

Por Vinicius Cunha


O futebol espanhol está a cada dia que passa mais dominante, e o país não conta apenas com uma equipe principal no topo de sucesso, já que o time sub-21 da Espanha também está fazendo bonito em campo, em especial na Eurocopa da categoria.

Todos os jogadores da equipe já são profissionais, e a grande maioria é até titular em suas equipes. O maior destaque é o meia Isco, 21 anos, titular do Málaga, que já despertou o interesse de Manchester City e Real Madrid, e que faturou o prêmio de revelação da última temporada ("Golden Boy") do futebol espanhol.

Isco afirmou que ainda não decidiu qual será seu futuro, reiterando que só sai se o Málaga for bem compensado, mas confirmou que as propostas já foram feitas, e que tanto o jogador quanto o clube estão em processo de análise das mesmas.

Na próxima temporada, o treinador do Manchester City será Manuel Pellegrini, que estava no Málaga, e assim Isco estaria mais propenso a aceitar a oferta inglesa, por já ter trabalhado com o treinador, mas apesar da propensão, não tem nada definido.

Por Vinicius Cunha


Os dirigentes flamenguistas prometem reformular o futebol do clube, e segundo os tais a reformulação começou há poucos dias atrás com a contratação do ex-técnico da seleção brasileira, Mano Menezes, e este assinou contrato até o término de 2014, mesmo com a insistência do clube, que queria vínculo até fim de 2015.

Com o intuito de "presentear" o treinador, a cúpula flamenguista promete abrir os cofres na contratação de reforços, e o nome da vez é o de Diego, ex-Santos, atualmente no Wolfsburg da Alemanha, mas que de lá estaria de saída; outro clube interessado é o Atlético de Madri, time que Diego já atuou, durante uma temporada.

De acordo com Wallim Vasconcellos, vice-presidente de futebol do Flamengo, há algumas negociações de jogadores em andamento, e agora, com a contratação de Mano Menezes, o treinador analisará as negociações e dará o aval para a diretoria prosseguir ou não.

Quando da assinatura do contrato, Mano mostrou-se empolgado em poder comandar o time de maior torcida do país, mas deixou bem claro que sozinho não faz milagres, ou seja, precisa de reforços; Wallim disse que ouvirá o treinador a respeito de Diego, mas não escondeu que se assustou com o atual salário do meia-atacante.

Por Vinicius Cunha


Há alguns dias atrás vem sendo publicado, por vários jornais e periódicos esportivos, a possibilidade de Adriano Imperador reforçar o Internacional de Porto Alegre, no entanto o clube analisou com calma a situação e chegou à conclusão que não deve investir no atacante, devido ao histórico negativo que carrega.

Atento à decisão do clube, Dunga, atual treinador do Inter, afirmou que pensa diferente, reiterando que todas as pessoas merecem uma segunda chance, seja no time gaúcho ou em outro lugar;  o curioso é que Adriano já teve inúmeras oportunidades de voltar a jogar como profissional, desperdiçando todas elas, como exemplos as passagens pelo Corinthians e Flamengo.

Como jogadores e comissão técnica do Internacional estão de férias, Dunga tem aproveitado o tempo extra e vem trabalhando como comentarista esportivo para um canal de televisão japonês; de acordo com o treinador ele não está à frente das negociações com Adriano, e afirmou serem mentirosas as informações a respeito.

Não é segredo que o Internacional busca um centroavante para o elenco, já que está na iminência de perder Leandro Damião para o futebol europeu, mas segundo Luís César de Moura, diretor de futebol, não há negociações em andamento para venda de Damião, e nem por contratação de outro camisa 9.

Resta-nos esperar o fim da Copa das Confederações e a volta do Brasileirão, para aí sim ver a postura dos dirigentes colorados.

Por Vinicius Cunha


O atacante chileno Eduardo Vargas está emprestado ao Grêmio, pelo Napoli, até o final de 2013, mas uma cláusula no contrato diz que o time italiano pode pedir a volta do jogador em qualquer momento, sem ter de pagar por isso alguma multa ou algo similar.

Ciente da cláusula contratual, o Grêmio espera ansiosamente o abrir e o fechar da próxima janela de transferências de jogadores europeus, mas segue confiante na permanência do atleta. No entanto, se depender das publicações da imprensa italiana, mais precisamente do jornal "II Secolo XIX", a história de Vargas no Grêmio pode chegar ao fim mais cedo do que se espera.

O periódico publicou que o Napoli teria o interesse em repassar Vargas ao Genoa, com o intuito de que o chileno adquira mais experiência internacional, especificamente no futebol italiano; a ideia teria partido de Rafa Benítez, novo treinador do Napoli, já que é um confesso admirador do chileno.

A diretoria do Grêmio, através de Marcos Chitolina, assessor de futebol, admitiu o receio em perder o jogador, mas afirmou que não foi comunicada de nada, reiterando que a princípio o atacante se reapresentará no Olímpico, no dia 21, juntamente com todo o restante do grupo.

Por Vinicius Cunha


Mesmo não tendo feito uma boa temporada no Real Madrid, acumulando mais partidas como reserva do que como titular, o atacante argentino Gonzalo Higuaín segue valorizado no futebol europeu, tornando-se no primeiro nome de possíveis reforços do Arsenal, para a iminente temporada.

O treinador dos "Gunners", alcunha do Arsenal, Arsene Wenger deposita todas suas fichas na contratação do artilheiro sul-americano, pelo menos de acordo com o jornal espanhol "Marca", que reiterou que Arsenal estaria disposto a pagar cerca de 30 milhões de euros para contar com o craque.

Mas com o moral ainda em alta, naturalmente outros clubes estão interessados em Higuaín, e quem já chegou a até iniciar contato com o atleta e Real Madrid foi a Juventus da Itália, ou seja, a concorrência será pesada; o que coloca o time inglês à frente é uma melhor oferta, e as condições de pagamento ao Real.

Antes de fechar o negócio, a equipe espanhola espera contratar um novo treinador, para que este dê o aval da transferência, já que pode chegar e optar por contar com o artilheiro. Carlo Ancelotti é o preferido a assumir o comando madrilenho, mas ainda não teve a negociação concluída.

Por Vinicius Cunha


O zagueiro Chicão é um dos jogadores corintianos que tem seu contrato terminando no final do ano, e assim já pode assinar um pré-contrato com outro clube, de acordo com a legislação atual. No Corinthians desde 2008, juntamente com Alessandro e o goleiro Júlio César, Chicão é um dos ídolos da história moderna do time, e já conquistou 7 títulos com o Timão.

Na última terça-feira, dia 11, o atleta, usando uma rede social, publicou que está livre para assinar um pré-contrato com outra equipe, frisando que a publicação tinha mais um cunho informativo, já que conta com quase 100 mil seguidores.

Depois da chegada de Gil, o ex-capitão corintiano vem amargando a reserva do time, além de estar convivendo com inúmeras lesões.

Quem também tem o seu contrato terminado em dezembro de 2013 é o atacante Emerson e o lateral-direito Alessandro, que já foram procurados para uma possível renovação.

Se Chicão ainda não foi contactado, em contrapartida a diretoria do Corinthians segue atrás de reforços para a defesa, e os nomes da vez são os de Wanderson, que estava no Sertãozinho, e Cléber, destaque da Ponte Preta no último Campeonato Paulista.

Por Vinicius Cunha


Depois de muita especulação, enfim o colombiano Santiago Montoya teve sua transferência acertada com o Vasco da Gama. Na sexta-feira, dia 7 de junho, o ex-jogador do All Boys da Argentina foi oficializado como mais novo reforço do time carioca.

O meia-atacante de 21 anos, dono de uma perna canhota cheia de habilidades, assinará um contrato de três anos com o Vasco. Os responsáveis pelo pagamento serão um grupo de investidores, que dividirão o valor econômico do argentino em duas prestações  de R$ 1,5 milhão.

Montoya disse estar ansioso para envergar a camisa vascaína, reiterando que é uma alegria muito grande poder defender um clube do tamanho do Vasco, o que é um sinal de evolução na carreira; apesar de colombiano, a formação profissional do jogador deu-se na Argentina.

Nas redes sociais a contratação foi comemorada, pois na Argentina o meia é considerado uma promessa do futebol.

Se por um lado o colombiano está prestes a defender o time, quem pode estar de saída é o atacante Éder Luís, que é alvo de dois empresários asiáticos, que desejam levá-lo para o futebol do continente.

Por Vinicius Cunha


Jô é o substituto de Leandro DamiãoNa iminência da disputa da Copa das Confederações, a seleção brasileira teve que fazer uma substituição entre os 23 relacionados para a competição: Leandro Damião, jogador do Internacional, sofreu uma lesão muscular e foi cortado do grupo, e assim, , atacante do Galo, comporá o grupo brasileiro.

Jô disse estar feliz por ter sido lembrado, mas lamentou o corte de Leandro Damião, com quem jogou junto no Inter de Porto Alegre, já que ambos são amigos; o jogador do Atlético-MG afirmou que pretende manter a concentração, e espera uma chance, para assim poder mostrar o seu futebol.

Ao lado de Ronaldinho, Réver e Bernard, Jô tem sido um dos principais destaques do time mineiro na temporada, e juntos estes já ganharam o Campeonato Mineiro e são semifinalistas da Copa Libertadores, competição em que o Galo é dono da melhor campanha até o momento.

Revelado pelo Corinthians, Jô tem passagens pelo CSKA Moscou, Manchester City, Everton, Galatasaray e Internacional, até chegar ao time de Belo Horizonte; na seleção de Luís Felipe Scolari, o atacante disputará vaga com Fred, que é dono da camisa 9 e vem sendo titular nos últimos jogos.

Por Vinicius Cunha


Após cinco temporadas no Benfica, o meia-atacante argentino Pablo Aimar anunciou que não jogará mais pelo clube português. Vasco da Gama, Estudiantes, Belgramo e River Plate surgem como maiores interessados no meio-campista, que ainda não sinalizou onde irá continuar sua carreira.

Aimar agradeceu pelo tratamento que recebeu durante os 5 anos de Benfica, reiterando que foi uma alegrIa muito grande defender o time português, exaltando o estádio da Luz, o presidente do clube, e até mesmo o atual treinador do time, Rui Costa; de acordo com o jogador todos os momentos foram marcantes, e é impossível eleger uma única data a não ser esquecida.

Somente em 2013, desde quando chegou ao Benfica, o argentino não conquistou nenhum título, ano em que o clube ficou com o segundo lugar no Campeonato Português e na Liga Europa. Apesar de confirmar que sentirá falta da vida em Portugal, Aimar disse que quem mais está sentindo é a sua família, sobretudo os seus filhos.

Além do Benfica, o atleta já jogou pelo citado River Plate, no Valencia e no Zaragoza da Espanha; pela seleção argentina fez 52 partidas e marcou oito gols.

Por Vinicius Cunha


O Manchester City segue investindo para a próxima temporada, e a mais última contratação é de um brasileiro: o volante Fernandinho, que defendeu o Shakhtar Donetsk por 8 anos. O atleta custou 40 milhões de euros aos cofres ingleses, entrando na lista das 30 maiores contratações do futebol mundial.

Quem também terá lucros com a negociação é o Atlético Paranaense, pois de acordo com o mecanismo de solidariedade da FIFA, o clube brasileiro terá uma pequena porcentagem do valor, já que além de ser revelado no time de Curitiba, por lá jogou durante quatro anos como profissional.

De acordo com Fernandinho, a transferência é um novo desafio, além de ser uma chance que ele esperava há muito tempo. Ciente das dificuldades que irá encontrar no disputado futebol inglês, o jogador disse estar realizando um sonho.

No Shakhtar, ao lado de outros brasileiros, o volante foi um dos destaques da equipe na boa campanha do time ucraniano na última Liga dos Campeões, que o clube foi eliminado nas oitavas de final, deixando o Chelsea para trás, que sequer se classificou na fase de grupos.

Por Vinicius Cunha


Junho é o mês das especulações futebolísticas na Europa, e na Turquia o periódico mais interessado nas notícias é o "Milliyet", que publicou em matéria de quarta-feira (29/05) o interesse do Fenerbahce em Pepe, zagueiro do Real Madrid, brasileiro que se naturalizou português.

A meta do Fenerbahce é fazer frente a um dos maiores rivais, o Galatasaray. Pepe tem contrato com o Real Madrid até 2016, e custaria ao time turco a quantia de 23 milhões de Euros. Quem também estaria interessado no zagueiro é o inglês Manchester City, atual vice-campeão inglês.

O luso-brasileiro está no Real Madrid desde 2007 e custou aos cofres do clube 30 milhões de Euros, pagos ao Porto, ex-clube de Pepe. No clube espanhol oscilou entre a titularidade e a reserva, mas viveu seu pior momento na última temporada, quando entrou em conflito com José Mourinho, último treinador da equipe. Caso não seja negociado, certamente terá mais chances no início da iminente temporada.

Em 12/13 disputou 42 partidas, e marcou dois gols. Conhecido por suas duras entradas nos adversários, recebeu nove cartões amarelos. Pela seleção de Portugal disputou 42 partidas, e marcou três gols. 

Por Vinicius Cunha


Após conquistar o Campeonato Gaúcho, o Internacional promete ir forte para a disputa do Brasileirão e das fases posteriores da Copa do Brasil, e se depender da vontade de Dunga, treinador da equipe, Robinho e Júlio Baptista podem desembarcar no Beira Rio.

Dunga teria pedido à diretoria colorada um atacante velocista, e o perfil mais interessante seria o de Robinho, que era um dos jogadores de confiança da seleção brasileira na Copa de 2010, na Alemanha. Um dos maiores empecilhos para a aquisição de Robinho seria o seu alto salário, que gira em torno de R$ 1 milhão ao mês.

Já a situação de Júlio Baptista é um pouco menos complicada, pois o jogador tem um salário mais baixo do que o de Robinho. O presidente do time, Giovanni Luigi, deu autorização para os diretores procurarem os jogadores e abrirem negociações.

Se por um lado alguns atletas podem chegar, por outro alguns podem sair. Um dos jogadores mais cobiçados no atual elenco é Leandro Damião, convocado para a Copa das Confederações, e que é alvo de vários clubes europeus, entre eles o Tottenham da Inglaterra.

Por Vinicius Cunha


No início da semana foi noticiado o interesse do São Paulo em dois jogadores da Ponte Preta: Cicinho e Cléber. Inicialmente a proposta era de um montante em dinheiro, mais a cessão de alguns jogadores, que não vêm sendo utilizados pelo técnico Ney Franco.

Cicinho vem se destacando no time de Campinas desde 2012, quando fez ótimas atuações no Campeonato Brasileiro, chamando a atenção de várias equipes.

Em resposta ao Tricolor Paulista, a cúpula ponte-pretana disse não ter gostado muito da proposta, afirmando que gostariam que o São Paulo cedesse jogadores mais renomados, citando o lateral/meia Douglas como exemplo, e/ou que aumentassem a proposta para R$ 10 milhões.

O dirigente são-paulino, João Paulo de Jesus Lopes, reiterou que a contra-proposta foi analisada, e que em decisão conjunta com outros diretores, deram por encerrado as negociações, alegando ser inviável a conclusão das mesmas.

O treinador Ney Franco ainda crê na evolução das negociações, afirmando que são jogadores interessantes e que agregaria muito valor ao elenco são-paulino. Quem já foi contratado e inclusive apresentado ao elenco foi o atacante Silvinho, ex-jogador do Penapolense, sendo inscrito na Copa Libertadores, no lugar de Casemiro, emprestado ao Real Madrid.

Por Vinicius Cunha


Depois de anunciar a contratação de Marcelo Moreno, o Flamengo continua com suas "compras" e acertou a aquisição de mais dois reforços para o restante da temporada: Diego Silva e Paulinho, aquele volante e este atacante. Da mesma forma com que acontece com Marcelo Moreno, apenas alguns detalhes burocráticos impedem o anúncio oficial.

Inicialmente, a intenção da diretoria flamenguista era trazer cinco reforços pontuais, porém em análise do grupo, resolveram trazer também atletas que composse o mesmo. Espera-se a chegada de um zagueiro, que deve ser Roger Carvalho, do Bologna; um lateral direito e dois meias.

A contratação dos jogadores do XV é inspirada no Corinthians, que vem adotando "tática" semelhante no decorrer dos anos e vem colhendo frutos, exemplos de jogadores que vieram do interior e se destacaram no Corinthians é o que não faltam, os principais são estes: Ralf, Paulinho, Bruno César (vendido), Romarinho, entre outros.

O Flamengo, eliminado precocemente do Campeonato Carioca, estreia no Campeonato Brasileiro contra o Santos, no dia 26 de maio, em partida a ser realizada no Estádio Mané Garrincha; mas antes visita o Campinense, pela Copa do Brasil.

Por Vinicius Cunha


Diante de uma temporada com inúmeros campeonatos, o São Paulo acertou a contratação de mais um reforço para o seu elenco, trata-se de Silvinho, atacante de 22 anos, que estava no Penapolense, e autor de seis gols no Campeonato Paulista.

O jogador pertence ao Grupo DIS, e ficará emprestado ao Tricolor Paulista até o fim do ano; curiosidades à parte, Silvinho foi revelado no maior rival do São Paulo, o Corinthians, porém não teve oportunidades no time principal do Timão.

Pela primeira vez o Penapolense disputou a primeira divisão do Paulistão, e Silvinho foi um dos principais destaque da equipe, que chegou até as quartas de final do campeonato, sendo eliminada pelo próprio São Paulo, depois de gol contra de Jaílton.

Silvinho já está inclusive com contrato registrado na CBF, de acordo com o BID, e será inscrito nas oitavas de final da Copa Libertadores, no lugar de Casemiro, cedido ao Real Madrid.

Quem também pode chegar ao São Paulo são dois destaques da Ponte Preta: Cicinho e Cléber, que já estão em processo de negociação, já que o São Paulo ofereceu inicialmente R$ 10 milhões e mais a cessão de alguns atletas para aquisição dos jogadores.

Por Vinicius Cunha


O rei das pedaladas, Robinho, há 3 anos no Milan, afirmou recentemente que está contente no clube, planejando, inclusive, uma futura renovação de seu contrato por mais sete anos, contudo o jogador parece não estar com o mesmo pensamento da diretoria, que cogita colocá-lo como moeda de troca para a temporada 13/14.

O "sonho de consumo" do time italiano para a próxima temporada é o argentino Lavezzi, atualmente no PSG, e assim o Milan poderia incluir na negociação o meia Boateng e o brasileiro Robinho, que também tem sido sondado no Santos e no Atlético-MG.

Quem também pode deixar o time de Milão é um dos destaques da temporada, o egípcio El Shaarawy, que vem sendo sondado por vários clubes do velho continente, inclusive um dos rivais da primeira divisão, o Napoli.

A imprensa italiana tem postado fotos e vídeos de Lavezzi em Milão, nos últimos dias, o que ajuda a manter a especulação de uma futura negociação. O atacante argentino, por sua vez, desmentiu as notícias e afirmou que suas visitas à Itália são "apenas" para fazer compras.

Além da possível transferência, a polêmica imprensa italiana vem publicando regularmente a insatisfação de Lavezzi, Ibrahimovic e Thiago Silva no PSG.

Resta esperar o fim da temporada para ver quem está certo: o jogador ou a imprensa.

Por Vinicius Cunha


Depois de ser eliminado do Campeonato Carioca, o Flamengo terá mais que um mês de treinamentos até estrear no Brasileirão, apesar de estar disputando a Copa do Brasil, e estar classificado para a segunda fase, tendo como adversário o Campinense da Paraíba, em data a ser definida pela CBF.

Desde a estreia no Cariocão, é visível a necessidade do elenco flamenguista ser reforçado com nomes de peso, pois a maioria dos jogadores do clube são jovens, e grande parte deles veio da base.

Felipe, Léo Moura e Elias são três dos mais experientes jogadores do imaturo grupo flamenguista, e para mudar a situação, a diretoria estuda trazer novos reforços, inclusive mediante trocas, e Ibson seria a moeda mais valiosa entre os "negociáveis".

Dono de um dos salários mais altos do elenco, e sem prestígio com diretoria e o técnico Jorginho, Ibson tem despertado interesse de vários clubes do Brasil, inclusive do Internacional de Porto Alegre; especula-se que Jesús Dátolo seria uma das peças a ser trocada pelo meia do Flamengo.

Alex Silva é outro jogador que também não está nos planos de Jorginho, e pela experiência que tem, espera-se que seja uma "moeda" capaz de trazer bons nomes ao Flamengo, mediante trocas.

Por Vinicius Cunha


Mesmo com pouco tempo sob o comando das seleções brasileiras de base, Gallo inovou e quer contar com o apoio de 15 ou mais auxiliares.

Oficialmente são dois, porém o treinador espera o auxílio dos comandantes de clubes para poder convocar os jogadores para o selecionado de base.

De acordo com Gallo, serão os treinadores das equipes brasileiras que indicarão a convocação ou não de determinado jogador, porém, são necessários vínculos entres os técnicos, e justamente por isto é que Gallo tem feito visitas aos clubes do país, como Corinthians, São Paulo, Cruzeiro, Atlético-PR, entre outros.

Um dos principais objetivos do treinador é fazer com que as equipes de base joguem na mesma tática do time de Felipão, para os jogadores irem se acostumando e não desapontarem em caso de uma convocação para a seleção principal.

Desejamos que o projeto dê certo e que o Brasil possa ver em campo grandes e talentosos jogadores, pois a fase atual não é boa nem para os "adultos", muito menos para os "aspirantes", haja vista a má campanha feita no Sul-Americano sub-20, onde a seleção foi eliminada na primeira fase.

Por Vinicius Cunha


O clima no Palmeiras piora a cada dia.

Rebaixado no Campeonato Brasileiro no ano passado, com campanha apenas mediana no Campeonato Paulista e em situação preocupante na Copa Bridgestone Libertadores, a equipe alviverde viveu uma noite de horror no embarque da equipe de Buenos Aires – onde  perdeu para o Tigre, por 1 a 0, na noite de quarta-feira – para São Paulo. Torcedores cobraram mudanças, agrediram os jogadores e o goleiro Fernando Prass acabou ferido.

O principal alvo dos torcedores era o meia Valdivia, cujo futebol vem sendo muito criticado. Wesley também sofreu com os protestos. Os seguranças do clube não conseguiram controlar a confusão. No meio dos protestos, objetos foram lançados nos jogadores e comissão técnica e Prass levaram a pior. Sangrando após ser atingido por pedaços de vidro, o goleiro teve de receber atendimento no posto médico do aeroporto.

É nesse clima que o Palmeiras, de volta ao Brasil, terá de focar na próxima rodada do Campeonato Paulista.

O Alviverde enfrenta o São Paulo, domingo, às 16h,  no Morumbi, em busca da vitória para evitar que a hostilidade aumente ainda mais.

Por Julio Abreu


O Vasco adotou uma política de “pés no chão” para 2013, diferente do time campeão da Copa do Brasil em 2011, que possuía um elenco forte e com alguns jogadores de grande nome, o atual elenco do cruzmaltino conta com atletas que ainda buscam seu espaço no futebol.

Pedro Ken, Leonardo, Thiaguinho, André Ribeiro, Sandro Silva e Filipe Souto são alguns desses jogadores que ainda não conseguiram se firmar em grandes clubes do Brasil, talvez essa hora tenha chegado no Vasco. Pelo menos isso é o que a torcida espera desses jogadores.

No entanto, as coisas parecem começar a melhorar, uma vez que o clube está praticamente acertado com o lateral esquerdo Juan e o direito Nei. Quem também pode estar chegando é o experiente Julio Baptista, jogador que já defendeu a Seleção Brasileira, Real Madrid, Sevilla, Arsenal, entre outros clubes da Europa.

Atualmente Julio está no Málaga, mas ao que tudo indica, o jogador revelado pelo São Paulo jogará em São Januário em 2013. Notícias boas para a torcida vascaína que anda com medo do destino do time nesse ano.

Em breve mais informações.

Por Gabriel Frigini Reis


A novela entre Santos e Cruzeiro continua. O time paulista quer o meia Montillo e está oferecendo 6 milhões de euros pelo jogador e um pacote de outros jogadores para o Cruzeiro.

De acordo com o vice-presidente do Santos, Odílio Rodrigues, os valores da negociação estão altos e o clube irá fechar o negócio dentro de suas possibilidades econômicas.

No entanto, tudo indica que as conversas entre Cruzeiro e Santos estariam adiantadas com o time mineiro desejando jogadores como o atacante Miralles, zagueiro David Braz, meia João Pedro e os volantes Henrique e Adriano.

Apesar desta sinalização, não houve a concordância do Santos com nenhum dos nomes pré-selecionados pelo Cruzeiro; além disso, é preciso ainda a definição de detalhes com Montillo sobre seus direitos econômicos com fatias pertencentes à EMS e ao banco BMG.

Por Ana Camila Neves Morais


O mercado da bola no Brasil ficou bastante agitado nesta última semana, pois o presidente do Milan Adriano Galliani veio ao Brasil para resolver detalhes sobre a volta aos times brasileiros de duas estrelas de sua equipe: Robinho e Alexandre Pato.

De acordo com o dirigente, os dois jogadores pediram para sair do clube e agora Pato está próximo de vir para o Corinthians enquanto Robinho está sendo disputado por times como Santos e Atlético Mineiro depois que o Flamengo desistiu de sua contratação por achar o valor pedido pelo Milan para o passe do jogador muito elevado.

Por Ana Camila Neves Morais


O clima não anda muito agradável no time Real Madrid, pois as questões e problemas entre seu técnico Mourinho e o restante da equipe estão cada dia mais acirradas.

Além de embates com jogadores do time, Mourinho agora não está muito amigo da presidência do time.

Isto porque, segundo o jornal Marca, o presidente do Real Madrid Florentino Pérez não aceitou a indicação que o técnico fez para a ida do jogador brasileiro Lucas para o time espanhol.

De acordo com os rumores, Pérez preferiu contratar o croata Modric por considerar 43 milhões de euros por Lucas um valor muito elevado.

Além disso, Mourinho e a diretoria discordaram com relação a um novo goleiro para substituir Iker Casillas.

Apesar de todas estas questões, a presidência do clube informou que não irá interferir no trabalho de Mourinho principalmente com relação à escalação de jogadores.

Por Ana Camila Neves Morais


Alessandro, Auremir, Douglas, Renato Silva e Thiago Feltri; Abuda, Max, Jhon Cley e Marlone; Eder Luis e Romário. Foi com esta equipe, no dia 2 de dezembro, quando venceu o Fluminense por 2 a 1 pela última rodada do Brasileirão, que o Vasco encerrou a temporada. Isto, devido a suspensões e diversos titulares poupados. Entretanto, nem o mais pessimista dos torcedores poderia imaginar a possibilidade destes mesmos jogadores serem a base do elenco para 2013.

Em menos de um mês, muita coisa aconteceu. E, de acordo com a Diretoria, ainda há muito por vir graças aos desfechos que ainda seguem como incógnitas. Fernando Prass deixou a meta cruzmaltina e foi para o Palmeiras. Jonas está próximo de retornar ao Coritiba, pois não convenceu e o Gigante da Colina segue em dívida com os paranaenses. Auremir é outro de partida, de volta ao Náutico.

Juninho já foi para os Estados Unidos, enquanto que Felipe – às turras com problemas de indisciplina – começará o ano treinando em separado do elenco. Nilton acertou com o Cruzeiro e Alecsandro foi para o rival Atlético-MG. Para completar, Dedé e Eder Luis seguem em alta no mercado e interessados não faltam.

O momento é tenso na Colina Histórica. As contratações do goleiro Michel Alves (ex-Criciúma), do volante Fillipe Soutto e do atacante Leonardo (ambos do Atlético-MG), e as prováveis chegadas dos meias Thiaguinho, Sandro Silva, Pedro Ken (todos do Cruzeiro) e Zé Love (Siena-ITA), além do retorno de Bernardo, é muito pouco para as tradições do Vasco.

Por Thiago Viana


Nesta terça-feira, dia 18 de dezembro de 2012, o COB (Comitê Olímpico Brasileiro) realizou a premiação dos melhores atletas nacionais no ano de 2012.

O evento ocorreu no Rio de Janeiro no Teatro Municipal com um grande enfoque aos jogos olímpicos que irão ocorrer em 2016 na cidade maravilhosa.

Os grandes vencedores da festa com o título de melhores do ano foram à jogadora de vôlei Sheila e o ginasta Arthur Zanetti que ganharam o “Oscar do Esporte Nacional.”.

Por Ana Camila Neves Morais


O ano está acabando, os jogadores do elenco vascaíno já entraram de férias e a maioria deles aguarda por decisões da diretoria para definir seu futuro em São Januário. Alguns atletas, por exemplo, já deram adeus à colina histórica, como é o caso de Eduardo Costa e Rodolfo.

Outros jogadores também devem deixar o São Januário, entre eles os que parecem com o futuro definido são: Pipico, Willian Matheus, Jhonatan e Willian Barbio. Se esses atletas estão sendo dispensados por deficiência técnica, outros estão de saída por sua alta qualidade.

Juninho, por exemplo, está muito próximo de acertar com o Red Bull dos Estados Unidos, o reizinho irá se juntar a Thiery Henry e Rafa Marquez no bom clube americano. O experiente meia, inclusive está na terra do Tio Sam de férias, mais um sinal de que irá deixar São Januário.

Dedé era outro que poderia ir embora, uma vez que René Simões admitiu que o zagueiro recebeu boas propostas de clubes da Europa. Após uma quinta-feira (06 de dezembro) de apreensão em São Januário, o Mito disse que ficará e por isso o Vasco recusou uma proposta de R$ 47 milhões.

As coisas parecem estar melhorando.

Por Gabriel Frigini Reis


O Flamengo está bem próximo de anunciar uma lista de jogadores que deverão ser dispensados do clube logo após o término do Campeonato Brasileiro. 

Os atletas que não vão permanecer no clube, serão comunicados da decisão, sendo que alguns casos serão revistos, pois o clube da Gávea tem dificuldades para efetivar contratações, devido ao fato de o mesmo não ter fundos suficientes.

Após uma temporada pífia, com resultados ruins em todos os campeonatos que disputou (Libertadores, Estadual e Nacional), a direção volta sua atenção para o mercado de transferências, afim de reforçar o clube, para que o mesmo conquiste resultados melhores na próxima temporada.

O grupo, que entrará de férias logo após o clássico com o Botafogo, será revisto e reestruturado pela nova direção, que assumirá no início do ano de 2013. O diretor de futebol do rubro-negro, Zinho, afirmou em coletiva que o clube irá aproveitar as categorias de base, porém, avisou que os mesmos serão utilizados somente se houver necessidades.

O clima de férias no Flamengo já se iniciou. E o clube precisa mudar e muito se quiser conquistar algum título na próxima temporada.

Por Renato Benevenuto


Após uma longa novela envolvendo a diretoria do São Paulo e a do Santos, o meia Paulo Henrique Ganso foi finalmente vendido para o time do Morumbi. A confirmação veio após uma reunião feita na capital paulista, na qual Ganso continuou a demonstrar interesse em defender o tricolor.

Há tempos a diretoria do São Paulo procurava o meia ideal para distribuir o jogo no tricolor. Foram feitas diversas tentativas, sem sucesso. O mais curioso é que Ganso chega no momento que Jadson, meia titular do SPFC, encontra-se em período de evolução, que foi comprovada com sua convocação para jogar contra a Argentina no Amistoso das Américas.

Por falar em Argentina, além de Jadson, outro jogador da posição que pode concorrer com Paulo Henrique Ganso é o meia Cañete, contratado do Boca Juniors, time em que era visto como o substituto de Riquelme. O jogador, que estava em recuperação há muito tempo, voltou a fazer trabalhos físicos, treinar junto com a equipe e pode estrear pelo time ainda no Campeonato Brasileiro de 2012.

Se antes o São Paulo não tinha nenhum jogador apto a atuar como meia, agora a situação é bem diferente. Haverá grande concorrência entre Ganso, Jadson e Cañete. Porém, Ney Franco pode colocar dois desse trio para jogarem juntos. Resta saber qual será a combinação escolhida pelo técnico do São Paulo.

O time do Morumbi enfrenta o Cruzeiro no estádio Cícero Pompeu de Toledo. O jogo ocorre às 16h do dia 23 de setembro.

Por Marcelo Araújo


De todos os jogadores do elenco atual do Palmeiras, Marcos Assunção é um dos que ganhou maior identificação com o torcedor. E no momento em que a equipe está empatada na penúltima posição do Campeonato Brasileiro, com sérios riscos de ser rebaixada, é ele quem segura a bronca e concedeu entrevista nesta quarta-feira (19/09), em Itu (SP).

Dentre as afirmações do jogador a imprensa, ele desejou boa sorte ao novo treinador Gilson Kleina e afirmou confiar no comandante na reta final do campeonato. "Vamos ajudá-lo o máximo que pudermos", afirmou o atleta. E essa ajuda pode estar nos pés de Assunção. Pelo menos é o que ele tem feito desde que chegou ao Palmeiras.

As cobranças de falta do jogador se tornaram fundamentais em todos as partidas da equipe como, inclusive,  a final da Copa do Brasil contra o Coritiba. Porém, o jogador se contundiu e, sem ele, a equipe não conseguiu se recuperar na tabela. Na visão dele, agora, é importante ter atenção redobrada na defesa.

"Não podemos mais falhar", disse. A solução é jogar como time pequeno e conseguir aproveitar o erro do adversário, para voltar a vencer no Brasileirão. "É hora de aproveitar cada detalhe".

Por Paulo B.


O equatoriano Carlos Tenório está liberado para encarar o Fluminense, sábado (25 de agosto), pela última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro.

Após sentir um problema muscular no jogo diante do Atlético Mineiro, o jogador não atuou no empate diante do Coritiba e na derrota para o Flamengo. No entanto sua recuperação foi boa e o atacante possivelmente será escalado entre os titulares.

Enquanto Tenório está voltando, o atacante Éder Luís está fora e preocupa o departamento médico do clube cruzmaltino. O camisa 7 sentiu uma lesão na coxa na partida diante do Flamengo, na ocasião ele foi substituído por Pipico (ex-Macaé), jogador esse que teve boa atuação e também disputa uma vaga no ataque, já que William Barbio foi muito mal contra o Coritiba e não ficou nem no banco diante do rubro negro carioca.

Lembrando que o técnico Cristovão Borges promoveu a subida de três jovens da base (Marlone, Jhon Cley e Romário), o trio está com o time júnior do Vasco disputando a taça BH, após o fim da competição os mesmos já voltam direto para o profissional. O treinador vascaíno disse que a ideia de promover os garotos surgiu devido a necessidade de compor o elenco, já que o gigante da colina perdeu importantes jogadores na janela de transferência de Julho.

Por Gabriel Frigini Reis


Devido à expulsão no jogo contra o São Paulo, o STJD decidiu aceitar a denúncia dos Procuradores e puniu o jogador Henrique com dois jogos, o que vai custar sua participação no jogo contra o Internacional.

A suspensão do jogador causou grande revolta para os palmeirenses, afinal no mesmo jogo Luís Fabiano deu uma cotovelada e nem sequer citado foi pela agressão. Esta punição é só mais um capítulo no relacionamento conturbado entre o clube palestrino e a CBF.

Um exemplo do temor dos palmeirenses é que para evitar maiores problemas, Luiz Felipe Scolari evita ficar no banco de reservas quando o assistente for Roberto Braatz, pois teme alguma denúncia que venha acarretar maior suspensão. São desafetos confessos.

Mas a punição de Henrique foi justificada na reincidência dele, pois já havia sido julgado pela expulsão contra o Grêmio, ainda pela Copa do Brasil. Naquela situação ele foi agredido por Edilson com um soco.

Devido à ausência, Felipão deve atuar com a mesma zaga que atua a alguns jogos, Maurício Ramos e Leandro Amaro e com a volta de Márcio Araújo no lugar de Henrique, que vem atuando como volante.

Por José Alberi


Engenheiros da Universidade de Utah estão em fase de desenvolvimento de um novo console para videogame que promete dar maior feedback aos jogadores. O funcionamento é bem simples: o centro da parte móvel do console destinada ao dedão terá um botão similar ao espaço utilizado para o touchpad do notebook. Será um pequeno botão vermelho no topo da parte móvel do console.

As sensações que esse pequeno botão proporcionará ao jogador darão veracidade ao jogo. Se você estiver jogando um jogo de tiro, o botão dará a mesma sensação do coice dado por uma arma ao atirar.

Os engenheiros responsáveis pelo projeto estão desenvolvendo cinco efeitos táteis principais: salto, pulso, um movimento circular, um efeito de ondas e um efeito correspondente ao de se arrastar no chão.

Além disso, o ambiente do jogo poderá mostrar pistas ao jogador através desse botão, incitando a atenção dos participantes, assim como arranhar os dedos do jogador na hora que um peixe morder a isca na vara de pescar, em um jogo de pescaria.

O console já foi mostrado a Microsoft, mas será realmente apresentado ao mundo em uma Conferência em São Francisco ainda nesta semana.

Por Raquel Torres C. Bressan

Fonte: BBC News





CONTINUE NAVEGANDO: