O técnico palmeirense, Gilson Kleina, disse que o seu time entrará em campo novamente com três volantes. A partida que será disputada com o Guaratinguetá, é a chance do alviverde conseguir a sua quinta vitória seguida na competição.

No duelo que acontecerá neste sábado, no vale do Paraíba, o time virá mudado. O treinador espera que Alan Kardec, já totalmente recuperado, possa atuar por 90 minutos, isso daria ao comandante a possibilidade de contar com três atacantes dentro do gramado.

Segundo Kleina, a ideia é colocar esses tyrês jogadores no ataque porque há complemento entre eles, já que Valdivia verticaliza as jogadas e Kardec joga pelas beiradas sendo uma boa figura de referência para o time. Com essa nova formação, o técnico espera que o bom desempenho continue dentro da equipe palmeirense.

Até agora, a formação para a próxima partida é: Luis Felipe, Henrique, André Luiz e Juninho, Fernando Prass, Charles, Vinicius e Leandro, Wesley e Valdivia, Marcio Araújo.

Alan Kardec ficará no banco de reservas, porém Kleina deixou claro que Charles poderá deixar sua condição de titular e Kardec entrar no seu lugar.

Por Melina Menezes.


Em busca de retomar a reabilitação no Campeonato Brasileiro da Série B, o Guaratinguetá tem uma difícil missão na noite desta sexta-feira, 28/09, no estádio Martins Pereira.

A equipe, que vinha de duas vitórias seguidas e estava próximo de sair da zona de rebaixamento, foi derrotada para o Avaí, ficando com 25 pontos, na 17ª colocação. Agora, o adversário será nada mais nada menos que o Goiás, um dos melhores times da competição.

E os goianos também buscam se recuperar de um resultado negativo. Na última rodada, no confronto entre os times que disputam o título da Série B, o Goiás foi derrotado por 3 a 1 para o líder Vitória, que ampliou a liderança e chegou aos 57 pontos. Já a equipe esmeraldina permanece em terceiro, com 49, empatado com o quarto colocado, São Caetano.

Além disso, a distância entre o Goiás e o quinto colocado, Atlético Paranaense,  é de apenas três pontos, sendo assim, é fundamental vencer para se manter entre os quatro que garantem a vaga para a Série A.

No primeiro turno, no estádio Serra Dourada, Goiás e Guaratinguetá não passaram de um empate em 1 a 1.

Por Paulo B.


Dos quatro times na zona de rebaixamento, o Guaratinguetá é hoje o que tem mais esperança de permanecer na Série B em 2013. O time do interior de São Paulo voltou a vencer ontem (11/09) no campeonato e agora está a cinco pontos do décimo sexto colocado, o CRB, que seria hoje o primeiro a escapar.

Jogando no estádio Martins Pereira, em São José dos Campos, o time do técnico Carlos Octávio passou pelo Paraná Clube, por 2 a 0. Já os paranaenses, que vinham de vitória na última rodada, estão cada vez mais longe do G4, na décima segunda posição. 

Pressionado pela péssima campanha, o time da casa começou em cima e conseguiu abrir o placar no início do jogo, com Alemão, que aproveitou o cruzamento de Leandrinho.

Atrás no placar, o Paraná partiu para cima, mas não conseguiu passar pela defesa do tricolor do Vale. 

No segundo tempo, a partida ficou equilibrada, com chances dos dois lados, mas quem marcou foi o Guaratinguetá. Alemão marcou novamente e deu números finais a partida.

Para manter a reabilitação, o Guaratinguetá irá encarar agora o Bragantino, no estádio Martins Pereira. Já o Paraná enfrenta o lanterna Barueri, na Vila Capanema. 

Por Paulo B.





CONTINUE NAVEGANDO: