O Guarani é o primeiro time rebaixado do Campeonato Paulista de 2013. Time mais tradicional de Campinas, a equipe acabou sendo punida por uma péssima campanha em que somou apenas 10 pontos em 17 jogos disputados ao longo da competição. Como dependia de uma combinação de resultados, que não existiu, o Bugre acabou dando adeus à série principal com duas rodadas de antecedência.

O rebaixamento veio com as vitórias do Ituano sobre o Paulista e do Atlético Sorocaba contra o Oeste. Ambos os adversários que venceram seguem com esperanças de se livrar do rebaixamento. São Caetano, União Barbarense e Mirassol dividem a zona da degola com o Guarani, mas também com chances de escapar.

Este é o décimo rebaixamento da história do Guarani. E o buraco parece sem fim. No final do ano passado, o Alviverde já havia caído para a Série C do Campeonato Brasileiro.

Curiosamente, o outro time de Campinas, a Ponte Preta, apresentou uma campanha impecável na primeira fase do Campeonato Paulista e está classificado antecipadamente para as quartas de final. A Macaca é a atual segunda colocada da competição.

Por Júlio Abreu


No último domingo, 24/03, o Corinthians foi até Campinas enfrentar o Guarani, em jogo válido pela 14ª rodada do Paulistão, e com um gol do artilheiro Guerrero, no início da partida, o Timão chegou aos 25 pontos na tabela, aproximou-se da classificação e afundou ainda mais o Bugre, que permenece na zona de rebaixamento do Paulistão.

O Coringão é um dos times que mais empatou no campeonato, ao lado do Palmeiras e da Ponte Preta, sete no total, porém, desta vez a história foi diferente, e mesmo não conseguindo ampliar o placar no decorrer da partida, que no final teve até chuva de granizo, garantiu a vitória.

As baixas do alvi-negro ficaram por conta das lesões do goleiro Cássio e do meio-campista Renato Augusto, este com estiramento na coxa, aquele com problema no quadril.

O Guarani continua em má fase e permenace com nove pontos, e como falta apenas 5 cinco rodadas para o término da primeira fase, matemáticos estipulam que será necessário no mínimo três vitórias e um empate, para que o clube escape de mais um rebaixamento em sua história.

No meio de semana, ambas as equipes voltam a campo, quando o Guarani visitará o Oeste de Itápolis, e o Corinthians receberá a Penapolense, em jogo que contará com volta do craque Alexandre Pato.

Por Vinicius Cunha


O Santos recebeu o Guarani de Campinas pela décima segunda rodada do Paulistão, na Vila Belmiro, e venceu por 2 a 1, gols santistas marcados por André e Montillo, e pelo Guarani Tiago Pagnussat. Neymar não marcou, mas foi decisivo, dando uma assistência para um dos gols.

Com a vitória, o Peixe chega aos 24 pontos e espera os jogos de São Paulo e Ponte Preta para saber qual posição terminará na rodada, podendo até mesmo alcançar a liderança. Já o bugre está entre os times que serão rebaixados e com apenas nove pontos na competição, mais precisamente na décima oitava colocação.

O jogo foi muito movimentado, tendo os dois times chances para marcar mais gols, inclusive o time de Campinas chegou a marcar mais um, porém, foi acertadamente anulado pelo árbitro. O time campineiro esboçou até uma pressão, mas não conseguiu empatar.

Mesmo com a vitória, a torcida que compareceu na Vila para apoiar Neymar e companhia, parece não ter saído totalmente satisfeita, pois vaias puderam ser ouvidas após o apito final.

Na próxima rodada o time da Vila Belmiro enfrenta o Mirassol, enquanto o Guarani recebe o Paulista de Jundiaí. Ambos jogos serão na quinta-feira, 21/03.

Por Vinicius Cunha


Tentando se distanciar de vez da zona de rebaixamento, o Guarani vai a Minas Gerais enfrentar o time do Ipatinga nesta sexta-feira (dia 05 de outubro), pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

A equipe do técnico Vadão vem de três jogos sem vitória e estagnou na 11ª colocação, com 36 pontos. Na última partida, o time paulista não passou de um empate contra o América-RN, em 0 a 0.

O Bugre não tem empolgado na Série B. Depois de uma grande campanha no Campeonato Paulista, quando foi finalista contra o Santos, a equipe campineira não engrenou e tem poucas chances de acesso a Série A do Brasileiro. Hoje, o quarto colocado tem 49 pontos, 13 pontos mais que o Guarani.

Em contrapartida, é importante estar atento à zona da degola. Porém, a diferença de onze pontos para o primeiro a cair ameniza a situação.

O adversário da próxima sexta é o atual lanterna do Campeonato, com apenas 17 pontos. Na última rodada, o Ipatinga conquistou um empate fora de casa, contra o Ceará, em 1 a 1.

No primeiro turno, em Campinas, o Guarani se saiu melhor, vencendo por 1 a 0 a equipe mineira.

Por Paulo B.


No meio da tabela, o América-RN e o Guarani não têm muitas pretensões no Campeonato Brasileiro da Série B. Porém, a equipe paulista quer garantir a permanência na segunda divisão e fugir do rebaixamento. Para isso, a vitória é importante no jogo deste sábado, dia 29 de setembro, no estádio Brinco de Ouro da Princesa.

Com 39 pontos, na décima colocação, o América-RN está longe da zona de classificação para a primeira divisão do ano que vem. O time do Rio Grande do Norte também não corre riscos, pois abriu 14 pontos da zona de rebaixamento e só um desastre levaria o time à terceira divisão. Mesmo assim, a equipe não tirou o pé do campeonato e na última rodada conseguiu uma boa vitória fora de casa contra o Asa, por 2 a 0.

Já o Bugre campineiro quer se recuperar da derrota no estádio do Frasqueirão, por 3 a 1, para o ABC. O técnico Vadão também acumulou um problema, o artilheiro Schwenck ficará fora da equipe por cinco semanas, por conta de uma contusão muscular.

No primeiro turno, no Nazarenão, o América levou a melhor, vencendo por 1 a 0.

Por Paulo B.


O empate contra o líder Vitória, em casa, no último sábado, não pode ser considerado de todo mal pela equipe do Guarani. Com 35 pontos, o time do técnico Vadão está a 11 pontos do quarto colocado e ainda sonha com uma vaga na Série A do Campeonato Brasileiro. Mas para isso, precisa conquistar pontos fora de casa e esse é o desafio desta sexta-feira (dia 21 de setembro) contra o ABC de Natal, no estádio Frasqueirão.

Na décima quinta posição, o time do Rio Grande do Norte ainda não fugiu completamente dos riscos de rebaixamento. O empate em 3 a 3  contra o CRB, 16º colocado, serviu para que o Guaratinguetá (SP), hoje primeiro time da zona de rebaixamento, se aproximasse. São apenas cinco pontos entre o ABC e os times que serão rebaixados para a Série C.

O bugre tem um desfalque para o confronto. Durante os treinamentos, Schwenck sofreu uma contusão e não deve enfrentar a equipe potiguar. O atacante é o artilheiro da equipe na Série B, com oito gols. Porém, o jogador vinha sendo criticado pela falta de tentos. A última vez que marcou foi contra o CRB, ainda na 18ª rodada.

No primeiro turno em Campinas, as equipes empataram em 1 a 1.

Por Paulo B.





CONTINUE NAVEGANDO: