Novo jogo terá suporte para o Playstation VR, Xbox One e PC, e trará novidades aos fãs.

Uma das grandes novidades na conferência da Sony na E3 2016, em Los Angeles, nos Estados Unidos, é a apresentação do trailer de Resident Evil 7 Biohazard. O game já mexeu com o público no local e promete novidades para os fãs da saga.

Um dos destaques será que o game apresentará suporte para o Playstation VR, óculos de realidade virtual da Sony que chegará este ano às lojas de todo o mundo. Mesmo tendo essa exclusividade para o PS4 da Sony, o jogo também terá o lançamento confirmado para as plataformas Xbox One e PC.

A mudança de perspectiva, ao que tudo indica, também será uma das novidades em Resident Evil 7. A visão deixa a terceira pessoa para ir para primeira pessoa. Isso pode deixar que o terror seja mais presente nos gameplays e atmosfera fique mais sombria. Muitos apontam que o jogo vai se mostrar parecido com Outlast, um survival horror de sucesso também em primeira pessoa.

De acordo com a Capcom, os fãs não precisarão de muito tempo para esperar e apreciar um pouco de Resident Evil 7. A empresa divulgou que os assinantes da OS Plus poderão ter acesso a uma demo do jogo em breve.

A ambientação:

A história de Resident Evil 7, de acordo com a Capcom, vai se passar nos Estados Unidos depois dos eventos que ocorreram em seu antecessor. A história acontecerá na zona rural norte-americana. A promessa da Capcom é uma experiência tensa e bem realista para aqueles que são fãs da saga Resident Evil.

Confira o trailer de Resident Evil 7:

O óculos VR:

Além do Resident Evil 7, outros games famosos também terão suporte para o óculos de realidade virtual da Sony. São eles: Batman Arkham e Final Fantasy XV. A promessa é que até o final deste ano de 2016 serão mais de 50 jogos que poderão ser jogados com o VR.

O lançamento dos óculos de realidade aumentada acontecerá no dia 13 de outubro deste ano, com um preço de US$ 399 (equivalente a mais ou menos R$ 1,4 mil). Depois do óculos Rift que foi o pioneiro em termos de games em realidade virtual, a Sony chega com tudo com seu novo dispositivo. 


Novo jogo terá um pacote complementar que transformou 3 personagens populares em heróis brasileiros.

Mortal Kombat Xfoi lançado há pouco mais de dois meses e já traz inúmeras novidades. Entre elas se destaca o pacote complementar chamado Brazil Costume Pack. O novo DLC tem como intuito homenagear os fãs brasileiros da série, transformando três personagens populares em heróis brasileiros.

Os personagens Johnny Cage Futebol, Liu Kang e Kung Lao receberam novas roupas e seus nomes foram modificados. Johnny Cage Futebol veste um uniforme verde e amarelo da equipe brasileira; o personagem principal Liu Kang Capoeira recebeu roupas em verde e amarelo com a bandeira brasileira estampada no centro de sua camisa; já Kung Lao Gaúcho deixou de lado as roupas tradicionais para aderir a um visual típico do Rio Grande do Sul, com bigode e até mesmo um lenço no pescoço.

A notícia foi divulgada em um vídeo no Facebook pelo próprio diretor criativo da Interactive Entertainment e cocriador da série Mortal Kombat. No vídeo, Ed Boon agradece ao público brasileiro por fazer do Mortal Kombat X o maior lançamento da franquia.

O game Mortal Kombat X e o DLC Brazil Costume Pack está disponível para as plataformas Playstation 4, Xbox One  e PC. A versão do jogo para a geração anterior – Playstation 3 e Xbox 360 – deverá chegar às prateleiras no terceiro trimestre de 2015. O preço do pacote Brasil Costume Pack é de R$ 8,99.

Segundo Ed Boon, Mortal Kombat X contará também com adição de um novo personagem do Predator. Quem  adquirir o pacote terá direito a skin de Jax. Infelizmente, o personagem principal não possui outro tipo de skin além da original. Já o personagem Jax terá uma opção de skin baseada no Major George Dillon, um dos personagens do primeiro filme da série.

A data de lançamento para a DLC Predator ainda não foi confirmada, mas estima-se que chegue em julho de 2015. O pacote deverá ser disponibilizado primeiro para quem adquiriu o Season Pass de MKX.

Por Wendel George Peripato

Mortal Kombat X


O game da Copa do Mundo Fifa Brasil 2014 tem várias melhorias e detalhes que surpreendem qualquer jogador. Até mesmo a torcida teve algumas evoluções. Há uma ambientação melhor dos estádios (todos eles que vão participar da Copa estão no jogo), imagens detalhadas de torcedores, cenas com a torcida reunida nos Fan Fests e outras tecnologias que mostram pessoas de forma bem delineadas. Contudo, muitos usuários ainda não sabem como tornar isso tudo ainda mais real e surpreendente tanto para o jogador quanto para o próprio jogo.

O usuário pode até mesmo incrementar os cantos da torcida e, para isso, é tudo muito simples. O usuário precisa ir até o “Menu” do jogo. Depois disso, haverá, bem no canto direito da tela, a opção de rever replays. O usuário precisa usar o analógico da direita, movendo-o para a direita para chegar à personalização de música e cantos. Pressione X no PS3 ou A no Xbox 360 para abrir o “Menu”.

O usuário terá duas opções quando realizar o processo: pode tanto editar as músicas do “Menu” e da equipe favorita do jogador, como personalizar as torcidas com músicas já gravadas na memória do console, em que estão incluídos diversos tipos de sons que a torcida faz nos jogos de cada seleção.

O mais interessante é que quem está jogando pode fazer alterações em cada situação do jogo, como “Entrada no Estádio”, “Gol do Time”, “Vitória do Time”, “Derrota do Time”, “Música da Torcida” (que será o padrão quando os jogos acontecerem na casa do seu time) e “Cantos para Decisão Polêmica do Árbitro”. Para mudar qualquer uma delas, aperte “X” (ou “A”), peça para visualizar as faixas disponíveis e escolha uma da lista.

Depois que o usuário conseguir achar esses locais para fazer as mudanças, o jogador pode ir até a um buscador na internet e procurar os melhores cantos de torcida, os mais cantados em jogos reais da seleção favorita do usuário. Depois de escolhida a música favorita, agora é preciso saber como fazer essa transferência do canto que está na internet para o console. No PS3, crie uma pasta chamada MUSIC em um pendrive, coloque as fotos, e conecte o drive no videogame. O jogador precisa ir à aba “músicas”, clique no triângulo, selecione todas que desejar transferir e marque a opção “Copiar”. No Xbox 360, o processo é parecido, mas deve ser feito com um CD.

Por Carolina Miranda

Copa do Mundo Fifa Brasil 2014

Foto: Divulgação


Um novo jogo brasileiro, o Soul Gambler, é uma espécie de inspiração do clássico da literatura alemã Fausto, do frankfurtiano Johann Wolfgang Von Goethe. O conceito do jogo é “venda sua alma”, com o personagem principal chamado Faust, que é todo o tempo cutucado pelo demônio.

Um dos criadores do game, o argentino Horacio Corral, que vive no Brasil, sempre trabalhou com literaturas, como revisor, tradutor e produtor cultural. Depois de sua experiência no mundo dos livros ele foi apresentado para criar jogos que vêm inspirados da literatura. Há outros games que também vêm da inspiração de livros, como é o caso do The Witcher, Prince of Persia e Tom Clancy. Além do argentino, outro criador do jogo é o brasileiro Caio Chagas, que também idealizou a inserção da obra de Goethe como um tema para colocar no jogo: “venda sua alma”. O jogo se baseia na mecânica de escolhas de ação e diálogos, um estilo do jogo Full Throttle, de 1995. Além disso, o game foca na consequência das decisões tomadas por Faust.

Para desenvolver e lançar o jogo, Soul Gambler levou cerca de seis meses para ficar pronto e envolveu cerca de 10 pessoas, entre ilustradores, programadores, roteiristas e tradutores. O game brasileiro, que tem como seu principal criador Caio Chagas é um conceito que mistura a interatividade com a literatura. O jogo, que está em fase de finalização, mas já foi convidado para participar do Festival de Games Independentes BIG 2014, terá a empresa Tlon Studios, mantida pelo casal Horacio e Janaina Corral, que também participaram da criação do jogo.

Kao Tokio, um dos criadores de Soul Gambler é o mais velho do grupo de idealizadores do projeto. Ele está no meio do mundo dos games desde 1970 e sempre esteve ligado aos fliperamas e as cabines eletromecânicas, que são os conhecidos arcades. A evolução dos games, para Tokio, é a chegada do momento em que os games vão perder a ‘aura’ de produto de nicho e serão encarados com mais naturalidade, como recurso de entretenimento e de aprimoramento, com um estilo paradidático. 

Por Carolina Miranda

Soul Gambler

Foto: Divulgação


Uma das franquias de maior sucesso em todo o mundo é a do Batman, isso mesmo, o homem morcego mais famoso do planeta. O Batman dispõe de um grande sucesso não apenas nos cinemas como também nos quadrinhos que foram a origem do herói de Gotham City. Além dos filmes e quadrinhos a franquia também dispõe dos jogos que são procurados em todo o planeta.

Para quem é fã deste herói e também gosta bastante dos games lançados a partir das histórias do mesmo saibam que vem por aí mais um lançamento da franquia, trata-se do novo jogo Batman: Arkham Knight. O mesmo foi anunciado recentemente pela Rocksteady Studios, a produtora original do jogo que será a responsável pelo desenvolvimento desse que será o último da franquia.

Por meio do anúncio da produtora, Rocksteady Studios, bem como do primeiro trailer oficial do jogo é possível notar que o jogo será lançado para PS4, Xbox One e PC. A data de lançamento oficial do mesmo ainda não foi divulgada, mas é bom adiantar que será lançado ainda em 2014.

Em Batman: Arkham Knight a história será desenvolvida a partir de um ano após os eventos do último jogo lançado (Batman: Arkham City) onde a cidade estará dominada pelo Espantalho. O vilão será uma espécie de comandante de vários outros vilões tradicionais da franquia, entre eles podemos destacar: Duas Caras, Pinguim e Alerquina. Além disso, vale ressaltar que neste jogo o homem morcego estará no auge de sua forma.

As novidades dos jogos são várias e entre elas um grande destaque fica por conta da cidade de Gotham que será ainda maior do que nos jogos anteriores, isso para poder comportar o Batmóvel, isso mesmo, na última versão da franquia o player irá contar com o famoso Batmóvel, que será dirigido diretamente pelo jogador.

Para quem está muito ansioso pelo lançamento uma dica é assistir ao primeiro trailer oficial do jogo: 

Por Bruno Henrique


Para quem gosta de ação e sente saudades dos irmãos Leonardo, Rafaello, Michelangelo e Donatello nas telinhas, vem aí uma novidade: os ninjas que levam nome de artistas renascentistas italianos estão de volta no game Teenage Mutant Ninja Turtle: Out of the Shadows.

O jogo estará disponível para download por Xbox Live, PlayStation Store e Steam no final do ano de 2013. Um vídeo exibindo os golpes do líder do grupo, o irmão mais velho, Leonardo, foi divulgado no dia 24 de junho.

O material finalizou a série de quatro vídeos que mostra aos fãs o que podem esperar da novidade desenvolvida pelo Fly Studio. Os produtores do novo game pretendem atingir tanto o público infantil quanto a geração mais adulta, que acompanhou de perto o lançamento do desenho das tartarugas, 30 anos atrás. Para isto, há um investimento em cenários hiper-realistas para os personagens e efeitos que lembram o jogo eletrônico do homem-morcego (Batman: Arkham City).

Os games foram projetados para serem jogados em conjunto: os inimigos podem ser derrotados por meio de golpes que unem as forças de dois ou mais irmãos, por exemplo. Caso prefira investir todas as suas fichas em você mesmo, ainda assim, poderá contar com a presença das demais tartarugas, tendo a opção de trocar os personagens.  

O retorno do quarto ninja tem sido uma aposta forte de seus produtores. E, para isto, uma série de ações está sendo realizada. Na TV aberta, foi retomada a exibição dos desenhos para a criançada no canal Band, durante o período da manhã. Além disso, começaram as gravações para o novo filme do quarteto, com estreia prevista para julho de 2014.

Por Crislayne Andrade


É uma realidade que o futebol é uma esporte com grande popularidade na categoria masculina. Já na categoria feminina, ainda há um certo desprezo por parte dos amantes do esporte e de potenciais patrocinadores, sem um motivo aparente. Nos games esportivos a coisa não é diferente, mas há mobilizações para mudar esse “tabu”.

A jogadora de futebol da seleção espanhola, Verónica Giadans, iniciou uma petição pública na internet com o intuito de conseguir assinaturas para a inclusão da categoria na série FIFA, um dos games de futebol mais bem-sucedidos, ao lado da série Pro-Evolution Soccer (antigo Winning Eleven). A petição foi feita no changes.org, e já possui mais de 30.000 assinaturas (ainda são necessárias 5.000). O argumento mais utilizado, é de que nos EUA 47% dos jogadores são mulheres, que gostam de games de futebol.

A inclusão de um modo com times e seleções femininas pode ser uma diferencial interessantes para as desenvolvedoras, podendo atrair um público maior, além de apresentar algo que muitas pessoas sabem que existe, mas que não dão a devida atenção. Contudo, a adesão do modo deve ser vista com cautela: em 2000, foi lançado um game para Nintendo 64 intitulado Mia Hamm Soccer, game de futebol feminino que levava o nome da famosa jogadora da seleção americana da época. O game foi um fracasso de vendas e crítica, e de lá para cá não houve nenhuma outra iniciativa.

A Eletronic Arts, empresa responsável pela série FIFA, ainda não se pronunciou a respeito da petição. O futebol feminino tem ganhado uma repercussão tímida no mundo do esporte, será que seria rentável para a produtora sua inclusão?

Por Willian Gonçalves


A NVIDIA, uma das mais conceituadas fabricantes de placas de computador, está fazendo uma promoção para conquistar o público jovem e aumentar as vendas de seus produtos. Quem comprar uma placa-mãe da empresa, obrigatoriamente dos modelos GeForce GTX 650, GTX 570 ou GTX 580 ganha o jogo de computador Batman Arkham City.

Além das incalculáveis revendas autorizadas da NVIDIA espalhadas pelo mundo, quem comprar uma placa-mãe pelos sites Kabum ou CompuJob também ganha o download do brinde.

O jogo está sendo considerado pelos fãs um dos melhores games de super-heróis da história, pois antes mesmo de ser publicado já foi premiado por várias revistas e sites especializados no assunto.

Entre os vilões enfrentados por Batman no jogo estão clássicos dos quadrinhos e filmes como a Mulher-Gato e o Coringa.

A NVIDIA escolheu lançar a promoção com um moderno jogo devido às características da nova linha de placas que a fabricante está lançando. Os produtos possuem desempenho aprimorado por causa de tecnologias diferenciadas que são utilizadas. Devido a tudo isso as placas são ideais para quem gosta de jogar no computador, principalmente para aqueles que utilizam monitores full HD.

Por Mozart Artmann


Depois de toda a polêmica envolvendo o site Wikileaks, governos e corporações do mundo todo, um holandês de 21 anos resolveu se divertir com toda esta situação. O criador do site GameSys, Sebastiaan Moeys, resolveu colocar Julian Assange, proprietário do Wikileaks, frente à frente com Barack Obama.

Chamado de Wikileaks: The Game, sua missão no papel de Assange é roubar mais de 300 mil arquivos confidenciais do notebook do presidente dos Estados Unidos. Enquanto Obama tira uma soneca, você precisa conectar um pendrive ao computador e copiar os arquivos secretos. Porém, não pode ser visto, caso contrário, vai para cadeia. Para movimentar o Assage, basta usar o mouse.

Para jogar Wikileaks: The Game, acesse o site da Toca dos Jogos.

Por Camila Porto de Camargo


À exemplo de "Batman: The Dark Knight" nos cinemas, a indústria de games conseguiu, finalmente, criar a atmosfera ideal para as aventuras do homem morcego em "Batman: Arkham Asylum".

A experiência foi tão positiva – e não foi à toa que o jogo foi escolhido o melhor jogo de 2009 – que os fãs do morcegão do Gotham City poderão contar brevemente com a continuação de Arkham Asylum em "Batman: Arkham City".

Previsto para ser lançado no segundo semestre de 2011 para PC e PS3 e Xbox, o jogo promete dar sequência ao clima sombrio de Gotham, mas numa proporção bem maior! Além de ter trabalho com o Coringa, Batman também deve bater de frente com personagens como Duas-Caras e Mulher Gato.

Se liga no trailer!

Por Antonio Lúcio


Lost Planet 2. Este é o nome do game mais vendido neste primeiro trimestre de 2010 pela Capcom.  O jogo que foi feito para as plataformas Playstation 3 e Xbox 360, atingiu a marca de 1,5 milhões de unidades comercializadas. O dado foi retirado dos mercados japonês, norte americano e europeu.

O Super Street Fighter IV, teve mais de 1,3 milhões de cópias vendidas, e finalmente o jogo Monster Hunter Tri obteve a marca de 690 mil itens. Este último dado foi retirado somente dos mercados europeu e dos EUA.

2010 não vinha sendo um grande ano fiscal para a empresa, pois apresentou alguns fracassos. Dados mostraram uma queda de 73% no superávit, chegando a redução de 27% no total da receita. Juntamente com os games citados acima, a Capcom em conjunto com a Noewiz Games, prevê lançar um game online da saga Mega Man. O intuito é aumentar ainda mais as vendas.

Oscar Ariel


O Rei dos Trovões, Thor, que chega na tela dos vídeo games em 2001 pela Marvel e a Sega, teve seu trailer divulgado.  O game de ação Thor: The Video Game, deve ser lançando no verão dos Estados Unidos, juntamente com o primeiro filme da sua saga.

A nova geração não tem lá esse conhecimento do super herói, e o intuito da Marvel é introduzir o nórdico guerreiro para uma nova audiência.  O jogo que demonstrará o grande poder deThor, deve sair para as plataformas PS3e Xbox 360. Ele também sairá na versão cartoon para Nintendo DS, Wii e PSP.

A promessa da Sega é um game com uma jogabilidade diferenciada, também podemos esperar grandes gráficos propiciando belas paisagens para os jogadores. O escritor do HQ Matt Fraction, deverá ver de perto o desenrolar da trama que acompanhará o jogo. Nos resta esperar Thor e seu poderoso martelo Mjolnir.

Confira o trailer no vídeo abaixo:

Por Oscar Ariel


O evento Destination Playstation deste ano marcou o anuncio do game para a plataforma PS3 totalmente em português brasileiro. Killzone 3 da produtora Guerrilla Games tem data marcada de lançamento para fevereiro de 2011, irá incluir legendas, dublagens e alguns outros recursos em nossa língua. Existem ainda outras novidades contidas no game, como o controle Playstation Move e também o suporte para televisores em 3D.

Alguns títulos como o Heavy Rain, já foram lançados em terras brasileiras com textos e dublagens em português, porém, estes eram puxados para a escrita e sotaque de Portugal.  Segundo declarações recentes do gerente geral da divisão Playstation no Brasil, Anderson Gracias, este anúncio era esperado já algum tempo.

O intuito com o KillZone3 é melhorar a experiência de jogo frente ao consumidor. O novo game promete ser o primeiro de muitos que em breve serão lançados com este recurso, é o que todos esperam.

Assista ao Trailer do game:

Por Oscar Ariel


Criadora da série GTA, a Rockstar agora tem em sua marca o jogo mais vendido no primeiro trimestre de 2010 nos Estados Unidos. Segundo informações da NPD Group, empresa especializada no mercado de games, o jogo Red Dead Redemption pode ter chegado a mais de 2,5 milhões de unidades vendidas, com um somatório das plataformas PS3 e Xbox360.

Este dado surpreendeu, pois o game tinha concorrência forte dos jogos New Super Mario, Battlefield: Bad Company 2 e Modern Warfare 2.

Somente no seu primeiro mês de vendas, 1,5 milhões de cópias do game RDR saíram das prateleiras.

Com esta divulgação dos jogos mais vendidos, também saiu algumas listas diversificadas, como os cinco jogos eletrônicos mais vendidos, sem contar o número de plataformas. Por fim uma lista com consoles específicos com dez títulos que mais venderam.

Oscar Ariel


O novo jogo da série Prince of Persia para PS3 foi um grande desastre.

O jogo não tem gráficos muito chamativos por uma questão de estilo, pois os produtores optaram por um aspecto mais parecido com cartoon. Porém o jogo tem várias falhas de roteiro e decepciona muitos fãs da série.

Nos outros jogos, o Príncipe (seu nome nunca foi mencionado) era muito mais sério, intrigante e portanto mais interessante. Na nova história, o Príncipe é um garoto inconsequente que está sempre fazendo piadas e usando de um sarcasmo infantil e desconexo com a personalidade original do herói.

Além disso, há algumas brincadeiras no roteiro que agravam o quadro. A personagem Farah do terceiro jogo da série para PlayStation foi substituída por um burrinho, e a série tem uma nova mulher como amante do Príncipe.

A jogabilidade caiu muito. As cenas de luta são muito cinematográficas e pouco dinâmicas. Perdeu-se a grande magia que tinha nos jogos anteriores, principalmente no The Two Thrones, de grandes movimentos acrobáticos. Ainda há alguns, mas perdem o estilo parkour do antecessor.

Alem disso a história é muito infantil. Tudo se resume a aprisionar o deus das trevas e transformar tudo em grama verde novamente. Não há conflitos internos dos personagens, não há batalhas realísticas homem-a-homem e não há expectativas para o final.

Em resumo é um jogo bem entediante. Os fãs da série sem dúvida se decepcionaram.

Por Isac Silva





CONTINUE NAVEGANDO: