O Vasco está com uma dívida de R$1 milhão com o Nova Iguaçu por conta do passe de Diogo Silva. Os dois times assumem que há esse débito em aberto.

Em 2011 o Vasco acertou junto ao Nova Iguaçu a transferência de Diogo Silva. Na época, o clube vascaíno assumiu a divida, porém parcelou em dez vezes de R$ 100 mil, nenhuma destas parcelas foi quitada e a divida permanece integra.

Segundo palavras do presidente da agremiação Nova Iguaçu, ele confia no bom relacionamento entre os clubes para que esta situação possa finalmente ser solucionada. Acrescentou que sabe da má fase do time paulista  e que confia que com o empenho da diretoria será possível proceder ao pagamento da dívida.

Na apresentação de Guiñazu, o presidente do Vasco, Roberto Dinamite, afirmou eu o saldo será pago em breve. O Presidente encarou essa questão com certa rispidez, isso é fruto das diversas vezes que vem sendo questionado acerca da dívida.

Esta não é a única divida a ser paga pelo Vasco, existe ainda por ser paga uma parte do valor  de contratação de Tenorio, estipulado em aproximadamente 600 mil dólares.

Por Melina Menezes


A diretoria do Flamengo, sob o comando do atual presidente Eduardo Bandeira de Mello, encomendou à empresa Ernst & Young dados sobre a situação financeira do clube.

A análise teve a duração de três meses, e de acordo com os auditores da empresa contratada, a dívida do Mengão é de R$ 750,7 milhões, valor bem acima do que o que a antiga diretoria passou.

Mais da metade da dívida do rubro-negro é referente a impostos não pagos, inclusive, aproximadamente R$ 90 milhões são decorrentes da gestão da ex-presidente Patrícia Amorim; as informações foram publicadas pela revista "Veja" e a assessoria do clube não desmentiu.

Se as finanças do clube não estão sadias, em campo a situação não é muito diferente, pois o time já está eliminado do Campeonato Carioca, mesmo tendo mais duas partidas a fazer, e vem tendo dificuldades em adquirir reforços.

O próximo jogo do Flamengo será no domingo,14/04, quando fará o clássico contra o Fluminense, Fla x Flu. A partida será realizada no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, e para o Mengão será apenas mais um clássico, pois pouco valor terá os três pontos, a não ser para levantar o moral dos jogadores.

Por Vinicius Cunha


Na última semana, a diretoria do Flamengo fechou um "pacotão" de reforços para a equipe antes do fechamento da janela de transferências do Campeonato Brasileiro.

O zagueiro Renato Santos e o meio-campo Cleber Santana, oriundos do Avaí; e o armador Wellington Bruno, do Ipatinga, foram apresentados e serão mais três opções para o técnico Dorival Junior tentar encontrar um time-base ideal.

O trio chega sem muita pompa e custando quase nada aos cofres do clube. O primeiro possui 60% dos direitos federativos ligados ao empresário Eduardo Uram, o segundo fará com que o Rubro-Negro empreste Negueba ao São Paulo no próximo ano e o terceiro foi colocado no clube graças a parceria com o Banco BMG.

Entretanto, enquanto contrata reforços, a dívida do clube só tende a aumentar. E na fila para os pagamentos, há conhecidos ex-jogadores sem 'papas na língua'.

Denílson, atualmente comentarista da Rede Bandeirantes, disse ao vivo – no Programa "Terceiro Tempo" – a mágoa que nutre contra o clube da Gávea. O ex-meia atuou pelo Flamengo em 2000, emprestado pelo Bétis (ESP), atuando por seis meses e não tendo sido pago desde então.

"Eles não pagam nada. Contratam todo mundo, mas pagar a quem devem não o fazem", disse o ex-jogador ao apresentador Milton Neves, quando este comentava sobre o noticiário do time carioca.

De acordo com o balançado patrimonial do clube, apresentando em maio, a dívida total do clube chega a R$ 434 milhões. Porém. não há informações de quanto Denílson tem direito a receber do Flamengo pela sua passagem no Mais Querido.

Por Thiago Viana





CONTINUE NAVEGANDO: