Na casa de Messi, quem brilhou foi Cristiano Ronaldo. No dia em que o argentino poderia quebrar o recorde de Alfredo Di Stéfano e se tornar o maior artilheiro do principal clássico espanhol, o camisa 7 merengue foi o protagonista e com dois gols ajudou o…



CONTINUE NAVEGANDO: