Confira aqui a data dos jogos da Copa do Mundo da Rússia 2018.

A Copa do Mundo 2018 vai começar no dia 14 de junho e a Seleção Brasileira entra em campo apenas no dia 17.

A abertura começa às 10 horas e o primeiro jogo às 12 horas, quando entram em campo Rússia x Arábia Saudita. Este será a única partida do primeiro dia da competição

Os grupos da Copa do mundo da Rússia são:

  • Grupo A: Uruguai, Rússia, Egito, Arábia Saudita.

  • Grupo B: Espanha, Portugal, Marrocos, Irã.

  • Grupo C: França, Dinamarca, Peru, Austrália.

  • Grupo D: Argentina, Croácia, Nigéria, Islândia.

  • Grupo E: Brasil, Suíça, Sérvia, Costa Rica.

  • Grupo F: Alemanha, México, Suécia, Coreia do Sul.

  • Grupo G: Bélgica, Inglaterra, Tunísia, Panamá.

  • Grupo H: Colômbia, Polônia, Senegal, Japão.

Os jogos podem ser vistos na programação abaixo ou diretamente no site da Fifa: no site http://www.fifa.com/worldcup/.

Confira as datas e horários dos jogos da fase de grupos da Copa do Mundo 2018

1ª rodada

  • 14/06/2018 (quinta-feira) – 12h – Rússia x Arábia Saudita

  • 15/06/2018 (sexta-feira) – 9h – Egito x Uruguai

  • 15/06/2018 (sexta-feira) – 12h – Marrocos x Irã

  • 15/06/2018 (sexta-feira) – 15h – Portugal x Espanha

  • 16/06/2018 (sábado) – 7h – França x Austrália

  • 16/06/2018 (sábado) – 10h – Argentina x Islândia

  • 16/06/2018 (sábado) – 13h – Peru x Dinamarca

  • 16/06/2018 (sábado) – 16h – Croácia x Nigéria

  • 17/06/2018 (domingo) – 9h – Costa Rica x Sérvia

  • 17/06/2018 (domingo) – 12h – Alemanha x México

  • 17/06/2018 (domingo) – 15h – Brasil x Suíça

  • 18/06/2018 (segunda-feira) – 9h – Suécia x Coréia do Sul

  • 18/06/2018 (segunda-feira) – 12h – Bélgica x Panamá

  • 18/06/2018 (segunda-feira) – 15h – Tunísia x Inglaterra

  • 19/06/2018 (terça-feira) – 9h – Colômbia x Japão

  • 19/06/2018 (terça-feira) – 12h – Polônia x Senegal

2ª rodada – Fase de Grupos

  • 19/06/2018 (terça-feira) – 15h – Rússia x Egito

  • 20/06/2018 (quarta-feira) – 9h – Portugal x Marrocos

  • 20/06/2018 (quarta-feira) – 12h – Uruguai x Arábia Saudita

  • 20/06/2018 (quarta-feira) – 15h – Irã x Espanha

  • 21/06/2018 (quinta-feira) – 9h – Dinamarca x Austrália

  • 21/06/2018 (quinta-feira) – 12h – França x Peru

  • 21/06/2018 (quinta-feira) – 15h – Argentina x Croácia

  • 22/06/2018 (sexta-feira) – 9h – Brasil x Costa Rica

  • 22/06/2018 (sexta-feira) – 12h – Nigéria x Islândia

  • 22/06/2018 (sexta-feira) – 15h – Sérvia x Suíça

  • 23/06/2018 (sábado) – 9h – Bélgica x Tunísia

  • 23/06/2018 (sábado) – 12h – Coréia do Sul x México

  • 23/06/2018 (sábado) – 15h – Alemanha x Suécia

  • 24/06/2018 (domingo) – 9h – Inglaterra x Panamá

  • 24/06/2018 (domingo) – 12h – Japão x Senegal

  • 24/06/2018 (domingo) – 15h – Polônia x Colômbia

3ª rodada – Fase de Grupos

  • 25/06/2018 (segunda-feira) – 11h – Arábia Saudita x Egito // Uruguai x Russia

  • 25/06/2018 (segunda-feira) – 15h – Irã x Portugal // Espanha x Marrocos

  • 26/06/2018 (terça-feira) – 11h – Austrália x Peru // Dinamarca x França

  • 26/06/2018 (terça-feira) – 15h – Nigéria x Argentina // Islândia x Croácia

  • 27/06/2018 (quarta-feira) – 11h – Coréia do Sul x Alemanha // México x Suécia

  • 27/06/2018 (quarta-feira) – 15h – Suíça x Costa Rica // Sérvia x Brasil

  • 28/06/2018 (quinta-feira) – 11h – Senegal x Colômbia // Japão x Polônia

  • 28/06/2018 (quinta-feira) – 15h – Inglaterra x Bélgica // Panamá x Tunísia

Oitavas de final

  • 30/06/2018 (sábado) – 11h – 1º C x 2º D

  • 30/06/2018 (sábado) – 15h – 1º A x 2º B

  • 01/07/2018 (domingo) – 11h – 1º B x 2° A

  • 01/07/2018 (domingo) – 15h – 1º D x 2º C

  • 02/07/2018 (segunda-feira) – 11h – 1º E x 2º F

  • 02/07/2018 (segunda-feira) – 15h – 1º G x 2º H

  • 03/07/2018 (terça-feira) – 11h – 1º F x 2º E

  • 03/07/2018 (terça-feira) – 15h – 1º H x 2º G

Quartas de final

  • 06/07/2018 (sexta-feira) – 11h – quartas 1

  • 06/07/2018 (sexta-feira) – 15h – quartas 2

  • 07/07/2018 (sábado) – 11h – quartas 4

  • 07/07/2018 (sábado) – 15h – quartas 3

Semifinal

  • 10/07/2018 (terça-feira) – 15h – semifinal 1

  • 11/07/2018 (quarta-feira) – 15h – semifinal 2

Disputa de 3º lugar

  • 14/07/2018 (sábado) – 11h

Final

  • 15/07/2018 (domingo) – 12h

A abertura da Copa do Mundo 2018 acontece no dia 14 de junho, às 10h (de Brasília).

Jogos do Brasil na Copa 2018

  • 17 de junho (domingo) – BRASIL x SUÍÇA – 15h
  • 22 de junho (sexta-feira) – BRASIL x COSTA RICA – 9h
  • 27 de junho (quarta-feira) – BRASIL x SÉRVIA – 15h

Se o Brasil passar como 1º colocado do Grupo E ele joga da seguinte forma

  • 2 de julho (segunda-feira) – OITAVAS DE FINAL – 11h
  • 6 de julho (sexta-feira) – QUARTAS DE FINAL – 15h
  • 10 de julho (terça-feira) – SEMIFINAL – 15h
  • 15 de julho (domingo) – FINAL – 12h

Já caso o Brasil passe como 2º colocado do Grupo E os próximos jogos serão:

  • 3 de julho (terça-feira) – OITAVAS DE FINAL – 11h
  • 7 de julho (sábado) – QUARTAS DE FINAL – 11h
  • 11 de julho (quarta-feira) – SEMIFINAL – 15h
  • 15 de julho (domingo) – FINAL – 12h

Se a Seleção Brasileira perder na semifinal, a equipe comandada por Tite jogará a disputa do 3º lugar no dia 14 de julho, sábado, às 11h.

Por Milena Godoy


Os especialistas não apontam a Seleção da Itália como uma das favoritas para conquistar a Copa do Mundo de 2014, entretanto, ninguém menospreza o futebol dos italianos. Isto porque a Azurra tem um histórico invejável na história das Copas, ficando atrás tão somente da seleção brasileira.

Depois do fiasco da Copa de 2010, onde os italianos amargaram uma eliminação ainda na primeira fase do maior torneio do mundo da bola, a seleção passou por mudanças drásticas, principalmente no estilo de jogo. O técnico Cesare Prandelli resolveu ousar mais, abrindo mão do tradicional esquema defensivo. O resultado é agora a equipe passou a fazer mais gols e, consequentemente, já não tem uma defesa impenetrável.

Na última Eurocopa restou evidente a nova característica de jogo, o que fez com  a Itália eliminasse Inglaterra e Alemanha do torneio, contudo, culminou em uma goleada histórica na final, na qual os espanhóis sobraram. Aliás, senão fosse o resultado tão amargo, é certo que a seleção de Prandelli estaria entre as favoritas para vencer a Copa do Mundo.

O craque da seleção continua sendo o veterano Andrea Pirlo, o qual conta com total liberdade do técnico para atacar. Apesar da idade avançada, o jogador continua apresentando um futebol de alto nível, liderando o meio de campo de Juventus nas últimas conquistas do campeonato italiano.

A esperança de gols está depositada no polêmico Mário Balotelli. O jovem atacante já demonstrou ser excelente dentro da grande área, mas, devido ao seu histórico de confusões dentro e fora de campo, seu desempenho é uma incógnita.

A zaga continua sólida, com o quarteto da Juventus: Buffon, Chiellini, Barzagli e Bonucci. O entrosamento dos referidos jogadores, certamente, é uma boa arma contra o ataque dos adversários. Outro ponto a favor dos italianos é que, toda vez que não são apontados como favoritos, eles surpreendem, como ocorreu na Copa de 2006.

Por Renan Valmeida do Nascimento


A Seleção de Gana é um tanto novata em Copa do Mundo, uma vez que participou apenas duas vezes da competição em comento. Entretanto, os africanos sempre superam as expectativas, haja vista que sempre passaram da primeira fase do torneio. Em 2010, a seleção poderia ter feito história, já que faltou pouco para se classificar para as semifinais.

Na ocasião, a seleção enfrentava a aguerrida seleção uruguaia, o jogo se encontrava empatado, quando Suarez, colocou a mão na bola e fez um pênalti no último minuto do jogo. Gyan, craque da seleção, desperdiçou a cobrança, razão pela qual o jogo foi para as penalidades, onde Gana acabou sendo eliminada.

Quatro anos depois, o atacante espera dar a volta por cima, mas sabe que não será uma tarefa fácil. Isso porque o sorteio não foi dos mais felizes, já que, logo na primeira fase, os africanos terão de enfrentar EUA, Alemanha e Portugal. Dessa forma, pela primeira vez, Gana sofre um grande risco de ser eliminada ainda na primeira fase.

Alemanha e Portugal são os grandes favoritos para prosseguirem na competição, sendo certo que Gana e os EUA terão de se superar. Embora não seja uma seleção norteada de craques, os africanos têm muita correria no seu estilo de jogo, além de muita vontade, razão pela qual não se trata de um adversário fácil de ser batido.

O astro da seleção, o atacante Gyan, certamente, ainda sente um gosto amargo do pênalti que perdeu na Copa de 2010, o que nos permite concluir que fará o máximo para apagar a imagem ruim. O fato é que, ao enfrentar grandes adversários ainda na primeira fase, o grupo dificilmente manterá as boas campanhas anteriores, contudo, caso consiga uma classificação milagrosa, a moral da equipe permitirá sonhar com uma participação que promete entrar na história das Copas.

Por Renan Valmeida do Nascimento 


Tradicionalmente, a seleção brasileira apresenta um celeiro de craques, razão pela qual é comum que grandes jogadores não vistam a camisa amarelinha, levando-se em consideração a pluralidade de opções. Na Copa de 2014, não será diferente, entretanto, dessa vez, pelo fato do maior torneio do futebol mundial ser realizado no Brasil, estar presente no grupo dos convocados terá um gosto especial.

Apesar de ter passado dos trinta anos há muito tempo, Ronaldinho Gaúcho segue jogando muito bem, sendo um dos maiores responsáveis pelo conquista inédita do Atlético Mineiro, contudo, dificilmente o jogador irá disputar a próxima Copa do Mundo. Isto porque faz tempo que o craque não é convocado por Felipão, o que nos permite concluir que será uma surpresa se seu nome figurar na lista final do técnico.

Kaká, desde que se transferiu para o badalado Real Madrid, nunca voltou a ser o mesmo que conquistou o título de melhor jogador do mundo. As inúmeras contusões atrapalharam o rendimento dentro de campo do jogador. Quando retornou para o time italiano, o meia-atacante voltou a fazer boas atuações, contudo, o Milan não está em boa fase, o que tem atrapalhado sua visibilidade. 

Há poucos meses, Robinho estava com boas chances de jogar uma Copa do Mundo em casa, principalmente pelo seu ótimo relacionamento com o grupo de Felipão. Ocorre que o jogador não tem feito boas partidas pelo seu time, enquanto seus concorrentes têm brilhado cada vez mais, sendo que o atacante não deverá ser chamado.

Lucasfigura entre os convocados da seleção desde que Mano Menezes estava no comando. A torcida e a imprensa já indagavam que o meia não deveria fazer tão somente parte do grupo, e sim ser titular. Irritado com tamanha pressão, o atual técnico da seleção colocou o jovem Bernard, que apresenta características semelhantes de Lucas. O resultado é que enquanto o ex-jogador do Galo já é nome certo na Copa, o craque do PSG sofre sérios riscos.

O zagueiro Miranda vive um excelente momento no Atlético de Madrid, sendo apontado pela imprensa como um dos principais jogadores do time espanhol. Vale lembrar que, atualmente, a equipe de Madrid lidera o campeonato espanhol e está nas fases finais da Champions League. Embora o zagueiro tenha manifestado publicamente seu desejo de vestir a camisa da seleção, ele não fora convocado nenhuma vez por Felipão.

Por fim, vale ressaltar que todos os jogadores supracitados devem manter a esperança, afinal não é incomum surgirem surpresas na lista final do técnico.

Por RVN


A Fifa vai distribuir 50 mil ingressos de jogos da Copa do Mundo do Brasil para operários que trabalharam nas obras dos estádios. De acordo com o órgão máximo do futebol, tal gesto representa forma de agradecer por conta da reforma ou construção das doze arenas. 

Em termos práticos, os operários ficaram surpresos com a decisão que não era esperada, mas aconteceu e foi anunciada em entrevista coletiva, depois de encontro entre os organizadores do COL, no Maracanã, na quinta-feira, dia 27 de março.

Construtoras que participaram do projeto possuem a responsabilidade de receber os ingressos da Fifa e distribuir entre os funcionários. Regras para entregar os ingresso são instituídas de acordo com políticas de cada empresa.           

Ingressos a seres distribuídos aos operários que trabalharam nos estádios da Copa do Mundo se destinam para 47 partidas da primeira fase, tirando o jogo de estreia, no dia 12 de junho, na cidade de São Paulo, entre Brasil e Croácia.

De acordo com o COL, as políticas para definir a quantidade de ingressos a serem concedidos levou como base principal a quantia total de operários que trabalharam nos estádios.

Os ingressos devem chegar às mãos dos operários por volta da metade do mês de maio. Ao levar em conta que as construtoras distribuem os ingressos, então trabalhadores não precisam retirar no Centro de Distribuição.

Até os dias atuais foram colocados à venda quase 2,7 milhões de ingressos para os jogos da Copa do Mundo no Brasil em 2014. A disposição dos bilhetes acontece em ciclos de remessas e na primeira etapa foram alocados quase 300 mil.

Por fim, vale ressaltar que deficientes físicos, pessoas com mobilidade reduzida, beneficiários do Programa Bolsa Família, estudantes e idosos têm direito de comprar ingressos especiais com preços menores do que a quantia cobrada no valor integral de forma oficial.

Por Renato Duarte Plantier


A Copa do Mundo de 2014 é um celeiro de craques do futebol mundial, haja vista que todas as seleções, no mínimo, apresentam um jogador com qualidade para se destacar. Neymar é o principal candidato do Brasil, embora nossa seleção nacional conte com muitos outros com potencial para brilhar. Os mexicanos, por sua vez, depositam suas maiores esperanças em Javier Hernandez, apesar do atacante do Manchester United não viver um bom momento dentro de campo.

O uruguaio Luiz Suarez, seguido por Edison Cavani, são os dois craques da Celeste. Os franceses apostam sua ficha no atual terceiro melhor jogador do planeta, o habilidoso e vitorioso Ribery. O francês, depois da frustrada perda do título de melhor jogador do mundo, espera brilhar na Copa.

Por motivos óbvios, Lionel Messi é o grande destaque argentino. O jogador do Barcelona espera, enfim, deslanchar pela seleção nacional. Assim como o Brasil, os argentinos contam com muitos outros jogadores que podem brilhar, como Sérgio Aguero e Di Maria.

A Inglaterra espera que o Wayne Rooney não se torne uma eterna promessa na seleção nacional, afinal o inglês já demonstrou que é um jogador bem acima da média, razão pela qual continua sendo a maior esperança da fanática torcida inglesa. Hazard é a maior esperança da promissora seleção belga, sendo certo que o jogador figura entre uma das maiores promessas do futebol mundial.

Escolher um único jogador destaque da seleção da Alemanha é uma árdua tarefa, haja vista que os jogadores apresentam níveis bem similares. Schweinsteiger está em ligeira vantagem dos companheiros de equipe, considerando sua ampla versatilidade.

As seleções da Holanda e Espanha apresentam o mesmo " problema", diante do número exacerbado de craques. Considerando o atual momento dos jogadores, é certo que Arje Robben e Andres Iniesta surgem como os principais candidatos a brilharem na Copa do Mundo.

Os chilenos depositam boa parte de sua esperança em passar de fase no Grupo da Morte em Vidal, atualmente, o melhor jogador da Juventus da Itália. Por fim, vale lembrar que muitos outros jogadores que não foram citados apresentam chances de reais de brilhar, principalmente considerando a imprevisibilidade do mundo do futebol.

Por RVN


De acordo com uma nota divulgada no site do Senado Federal, o Brasil possui inúmeras obras atrasadas e queixas por conta de projetos que atrasaram ou ultrapassaram o valor do orçamento inicial.

O destaque fica por conta das queixas na Arena Amazônia, em Manaus (AM), que teve o seu primeiro jogo pós-reforma realizado no começo do mês de fevereiro de 2014. Os visitantes se queixaram e apontaram problemas sérios, como pouco acesso no estacionamento, problemáticas com transporte, falta de infraestrutura às pessoas com necessidades especiais, entre outros.

Em Brasília, ou seja, no estádio Mané Garrincha, a imprensa criticou o poder público pelo aumento do custo para a reforma do estádio. Até hoje já foram injetados no estádio R$ 1,4 bilhões. Atualmente, a arena não está pronta para receber os jogos da Copa do Mundo.

No estádio Mané Garrincha, o público reclama da falta de acesso à internet, fato prejudicial para a infraestrutura dos jornalistas estrangeiros que seguem para cobrir matérias das seleções que jogam na Capital do Brasil. Ainda em Brasília, existe o problema com o atraso nas obras do aeroporto JK (Juscelino Kubitschek), que devem ser concluídas no mês de maio.

No começo do ano de 2014, existiam boatos de que a cidade de Curitiba poderia perder o direito de sediar o evento, em consequência dos atrasos no projeto de reforma da Arena da Baixada. Depois de uma conversa com representantes do Governo Federal, os representantes da FIFA descartaram hipótese de cancelar o evento na cidade.

Belo Horizonte consiste em outra região que sofre por causa dos atrasos nas obras dos aeroportos para a Copa do Mundo. Por exemplo, pouco mais de 80% da reforma do aeroporto de Confins está completo. O poder público garante que a estrutura vai funcionar na data em que espera a FIFA.

Por Renato Duarte Plantier


O Sorteio dos Grupos de seleções que participarão da Copa do Mundo 2014 no Brasil será realizado na sexta-feira, dia 6 de dezembro de 2013, às 14h (horário de Brasília). As 32 seleções serão divididas em 8 grupos, cada qual com 4 participantes. A transmissão será realizada ao vivo pela TV aberta. Fique ligado!

O evento ocorrerá no Costão do Sauípe, localizado no litoral baiano, no município de Mata de São João. O evento custou o equivalente a R$ 20 milhões e será transmitido para 193 países. Os apresentadores oficiais do sorteio serão Rodrigo Hilbert e Fernanda Lima.

Antes do sorteio só se sabe que o Brasil fará parte do Grupo A, por ser o país-sede, e será o cabeça de chave. Aliás, a partida de estreia do Brasil na Copa será no dia 12 de julho de 2014, contra o time que será sorteado para ocupar a posição “2” do Grupo A.

Os 8 grupos serão reunidos de A a H (A, B, C, D, E, F, G, H), e serão utilizados 4 potes, em que os cabeças de chave serão inseridos no pote de número 1. São ao todo 8 cabeças de chave, sendo que 7 ainda não conhecem os seus grupos. Nos potes 2, 3 e 4, entrarão todas as demais Seleções que participam da competição.

Uma regra importante é que dois times de mesma localização continental, por exemplo, não podem ficar na mesmo grupo.

Sorteio dos Grupos da Copa do Mundo Brasil 2014

Seleções classificadas para a Copa 2014

Brasil (país sede), Argélia, Costa do Marfim, Nigéria, Camarões, Gana, Bélgica, Croácia, Espanha, Alemanha, Holanda, Portugal, Suíça, Bósnia e Herzegovina, Inglaterra, França, Grécia, Itália, Rússia, Costa Rica, Honduras, Estados Unidos, México, Japão, Coreia do Sul, Irã, Austrália, Argentina, Chile, Equador, Uruguai e Colômbia.


Como é de conhecimento, a cada Copa do Mundo, ou seja, a cada 4 anos, uma nova bola é dedicada exclusivamente à competição. Na versão anterior, em 2010, tivemos a Jabulani, que a princípio foi tida como uma bola muito difícil de controlar. A crítica era principalmente dos goleiros, pois a bola era muito leve e difícil de se controlar. No caso da Brazuca, a bola terá um pouco menos de 500 gramas (437), e será ainda mais leve que a Jabulani.

O design da bola é um tanto quanto diferenciado. Ao contrário das bolas normais que possuem até 32 painéis, a Brazuca contará com apenas 6 painéis em formato de bumerangue.

Você já viu a bola oficial da Copa do Mundo 2014 de futebol? Se não viu, aqui está…

Foto da bola da Copa do Mundo 2014 no Brasil - Bola Oficial

O nome da bola foi escolhido em 2012, em votação que teve 77,8% a favor de Brazuca, contra 14,6% pra Bossa Nova e menos de 8% pra Carnavalesca. Ao todo, mais de 1 milhão de pessoas votaram na escolha do nome.

A curiosidade é que a Adidas “infiltrou” essa nova bola para ser utilizada em jogos comuns, a fim de analisar como os jogadores se comportariam com esse novo modelo. Claro que foi um teste secreto, e ninguém sabia que estava usando uma Brazuca em campo. Segundo a fabricante, esta foi a bola que passou por mais testes em toda a história.


O presidente da FIFA, Joseph Blatter, parece ter conseguido uma forma de fazer com que o Catar não seja a sede da Copa do Mundo de 2022. O grande chefe colocou em questão a possibilidade dos jogos acontecerem no inverno do hemisfério norte (entre dezembro e fevereiro), evitando assim as altas temperaturas do verão no Catar – afinal elas podem chegar a 50° c. Isso, em teoria, desagradaria muitos dos grandes clubes, que por pressão podem fazer com que a FIFA mude o país sede.

A realização do evento neste país tem sido tumultuada desde sua escolha. Acredita-se que na eleição pode ter havido corrupção. Além de que, um de seus principais apoiadores, Mohamed Bin Hammam, foi afastado da FIFA justamente pela acusação de corrupção. Ele tentou comprar votos para se eleger presidente da instituição.

Crê-se que a principal entidade a causar um alvoroço, caso seja confirmada a mudança, será a ECA (European Clubs Association). Dentro dessa associação estão os maiores clubes da Europa, sendo que esta já possui força política no continente, podendo ser capaz de fazer com a mudança de sede aconteça. Imaginando que a Copa do Mundo de 2022 seja realizada no inverno.

Se Blatter conseguir, dentro de seus argumentos, mudar a sede com o apoio dos poderosos clubes europeus, sua força política aumentará de forma imensurável. Isso sem contar a enorme gratidão que trará para si pela próxima nação a ser escolhida.

Por Natália Mayrink De Lazzari


Perante as diversas manifestações que tem ocorrido no país em contra da Copa do Mundo, a Federação Internacional de Futebol (FIFA) tem declarado desde o dia 14 de Junho que os protestos não vão abalar a realização da Copa de 2014 no Brasil e que confia nas autoridades locais para solucionar essa situação.

Desde a semana passada, quando os protestos começaram inicialmente reivindicando a redução do valor da passagem de ônibus no Rio de Janeiro e em São Paulo, parece ter havido um "despertar" do povo e a população mobilizou-se em prol dos seus direitos à educação e saúde, além de exigir melhores condições no transporte público.

Uma das principais causas de impasse entre o governo e os manifestantes é a realização da Copa do Mundo de 2014 aqui no Brasil e isso foi motivo de vários protestos de norte a sul do país. Manifestantes, por um lado, reclamam dos altos valores investidos na reforma de estádios e locais onde haverá maior trânsito de turistas, já o governo, por outro, mantem uma postura reservada e a Presidente Dilma Rousseff pronunciou-se somente  no dia 18/06 acerca das manifestações que ocorrem nos quatro cantos do País.

Sobre essas mobilizações a Presidente afirma que é a favor dos protestos pacíficos e que isso faz parte do exercício da cidadania. Quanto às reinvindicações que ocorrem em 12 capitais e em mais 16 cidades aproximadamente, ela diz que o seu governo esta aberto a ouvir as "vozes da mudança".

A FIFA tem mantido o seu discurso e continua afirmando que a Copa irá ser sediada pelo Brasil e que está confiante quanto a atuação das autoridades competentes perante os atos de vandalismo que ocorrem devido a atuação de grupos extremistas nas manifestações.

O secretário-geral dessa entidade disse que todos os brasileiros ficarão satisfeitos caso o Brasil ganhe a Copa e conquiste o sexto título nessa competição.

Realmente, o povo fica feliz com as conquistas do futebol mas não está alienado as necessidades e questões sociais. Eis que surge o Movimento "Acorda Brasil".

Por Melina Menezes


Depois da inauguração do Castelão em Fortaleza, o estádio do Mineirão foi o segundo a ser inaugurado para a Copa de 2014. O estádio do Mineirão em Belo Horizonte, foi reaberto na última sexta-feira (21), e contou com a presença da presidente Dilma Rousseff  e outras autoridades.

O estádio levou dois anos e meio para a reforma e será palco para a Copa das Confederações e Copa do Mundo de 2014. No primeiro semestre do ano que vem será entregue mais 4 estádios nas capitais Recife, Brasília, Salvador e Rio para sediar a Copa das Confederações em junho.

A presidente Dilma Rousseff que esteve na inauguração do Castelão, marcou presença também no Mineirão com uma comitiva de políticos. A presidente começou seu discurso cantando “oh o Mineirão voltou”. Ela falou da importância do cumprimento do prazo da entrega e lembrou que esteve no Mineirão há 50 anos atrás, quando morava em Belo Horizonte.

O evento contou com a presença do prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda, e o ministro do Esporte, Aldo Rebelo.

A reforma do estádio teve um custo de 665,8 milhões e tem capacidade para 62 mil torcedores e ainda conta com estacionamento para 3000 veículos, 98 camarotes, 58 bares e lanchonetes.

O primeiro jogo no estádio será entre Cruzeiro e Atlético-MG, no dia 3 de fevereiro. No encerramento, show do grupo do Jota Quest.  

Por Viviane Nascimento


Numa cerimônia histórica a presidente Dilma Rousseff inaugurou ao lado de personalidades do universo futebolístico e esportivo, de modo geral, o primeiro estádio que receberá jogos oficiais na copa do mundo de 2014. A inauguração ocorreu neste último domingo (16/12). Denominado de Castelão o estádio foi erguido em Fortaleza, capital do Ceará, que, aliás, teve a animação do cantor mais ilustre do estado nordestino, Raimundo Fagner.

Estiveram presentes no evento o governador do Ceará, Cid Gomes, o ministro do Esporte, Aldo Rebelo e autoridades de diversos setores. Dilma Rouseff utilizou a bola da copa denominada de "Cafusa" para dar o pontapé de inauguração do estádio, que tem capacidade para quase 70 mil torcedores. O primeiro jogo oficial no respectivo estádio ocorrerá no próximo dia 27 de janeiro pela Copa do Nordeste.

O estádio ficou bastante suntuoso e já desponta como um dos mais bonitos e amplos para a copa de 2014. No evento, Dilma parabenizou o time do Corinthians pela vitória no mundial de interclubes. O presidente da Fifa, Joseph Blatter, gravou um vídeo em que parabenizou os brasileiros pela eficiência e rapidez nas obras. Ainda não existe previsão de qual seja o próximo estádio a ser inaugurado, todavia, vários estádios, como o de Pituaçú, na Bahia, estão na mesma briga para terminar primeiro

Por Sérgio Silva





CONTINUE NAVEGANDO: