No dia 26 de junho de 2014, quinta-feira, às 13h, ocorrerá no estádio Nacional, na cidade de Brasília, o último confronto do grupo G, pela primeira fase do Mundial de 2014. Esse confronto será entre as seleções de Portugal e Gana.

A seleção de Portugal, que tem o melhor jogador do mundo da atualidade, o atacante Cristiano Ronaldo, até o momento não conseguiu sequer um bom resultado na Copa, pois em sua primeira partida, amargou uma derrota elástica de 4 a 0 aplicada pela seleção alemã, o que jogou um balde de água fria nos ânimos portugueses, antes desse confronto a seleção portuguesa também enfrentará a forte seleção dos Estados Unidos e caso perca essa partida já chegará praticamente eliminada para confrontar com Gana, haja vista que a seleção portuguesa ainda não conseguiu somar nenhum ponto nesse mundial de 2014.

O certo é que a seleção do técnico Paulo Bento se mostra ser um pouco limitada, além de ser extremamente dependente de uma boa atuação, e do desequilíbrio que talvez o atacante Cristiano Ronaldo possa desencadear dentro de uma partida.

Já a seleção de Gana, atualmente, está na briga pela conquista da segunda vaga desse grupo para as oitavas de final, porque, até o momento foi derrotada por 2 a1 em sua primeira partida contra os Estados Unidos, e conseguiu um importante empate contra a forte seleção alemã, resultado este que os mantiveram vivos dentro da competição e com esperanças de classificação. Essa seleção tem também uma difícil missão de se classificar, pois o grupo G é considerado como um dos grupos da morte da competição.

O certo é que nesse confronto a seleção de Gana irá dar muito trabalho para a seleção de Portugal e deverá imprimir um ritmo muito acelerado e alucinante nos noventa minutos de partida, devido ao fato de que ponto forte da equipe ser a rapidez na qual os contra-ataques são desenvolvidos na busca de surpreender os adversários.

Por Adriano Oliveira

Portugal vs Gana

Foto: Divulgação


O grupo G da Copa de 2014 está eletrizante. E é nesse contexto que ocorrerá a partida entre as seleções da Alemanha, primeira colocada do grupo, e a seleção dos Estados Unidos, que é a vice-líder do grupo na disputa pela classificação para próxima fase do Mundial.

A seleção da Alemanha que é uma das favoritas na visão dos especialistas, e com certeza entrará para disputar essa partida como sempre entra nos demais jogos, aliando muita qualidade no aspecto geral e uma organização defensiva invejável. O outro fator que chama atenção para essa partida é a oportunidade que o atacante Klose terá de bater o recorde do brasileiro Ronaldo na artilharia da história das Copas.

Para essa partida o treinador Joachim Low, deverá escalar a seguinte equipe: o goleiro Never, os laterais Lahm pela direita e o Schmelzer pela esquerda, os zagueiros J. Boateng e Mertesacker, no meio de campo Schweinsteiger, Khedira, Kroos e Muller e no ataque Ozil e Reus.

A seleção dos Estados Unidos vem encantando os torcedores e está sendo considerada como uma das maiores surpresas da Copa, jogando no esquema tático 4-2-3-1, a equipe tem demonstrado ser uma equipe muito forte e de um grupo muito unido, porque vem demonstrando uma disciplina tática muito forte. Apesar de ter sofrido o gol da seleção de Portugal no último minuto, na partida anterior, fato que se não tivesse ocorrido já teria garantido a classificação da equipe antecipadamente, a seleção americana vem com alto astral para enfrentar a renomada seleção alemã e com certeza buscará uma vitória ou até mesmo o empate que a interessa, pois lhe garantirá também a classificação, porém em segundo lugar devido ao critério saldo de gols.

A possível escalação da equipe deve ser a mesma que vem jogando nas últimas partidas com os seguintes jogadores: Howard, Cameron, González, Besler, Beasley, Bradley, Jones, Bedoya, Dempsey, Zusi (ou Green) e Altidore.

Portanto, para quem gosta de ver uma boa partida de futebol esse será um dos jogos imperdíveis a serem assistidos nessa etapa decisiva de classificação para as oitavas de final do Mundial de 2014.

Estados Unidos vs Alemanha

Foto: Divulgação


No dia 24 de junho de 2014, terça-feira, ocorrerá em Belo Horizonte no estádio Mineirão o último jogo da primeira fase no grupo D. Nessa partida se enfrentaram as seleções da Inglaterra e da Costa Rica.

Nessa partida a seleção de Costa Rica que está no primeiro lugar do grupo, com seis pontos, irá defender a todo custo a sua classificação para as oitavas de final. A equipe vem de dois ótimos resultados, sendo 3 a 1 contra o Uruguai e 1 a 0 contra a Itália. Esses dois resultados positivos deram um ânimo muito grande para esse time que entrou na competição desacreditada e com a difícil missão de enfrentar três seleções tradicionais e campeãs do mundo, o certo é que dois desses já ficaram para trás e agora só falta a seleção italiana para que a seleção de Costa Rica possa garantir a sua classificação no primeiro lugar desse grupo, o que seria um feito de enorme proporção para um time que poucos apostavam.

A seleção da Inglaterra com poucos talentos e no grupo mais complicado desse Mundial, não conseguiu se encontrar nessa Copa de 2014, haja vista que esta amargou dois resultados negativos, primeiro contra a seleção italiana, perdendo por 2 a 1 e o segundo contra a seleção de uruguaia também pelo mesmo placar. Essa partida para a seleção inglesa representará a despedida do Mundial, pois mesmo com um resultado positivo e o tropeço dos demais concorrentes ela não tem mais possibilidades de se classificar para as oitavas de final desse Mundial de 2014.

Essa partida deverá ser um bom jogo, porque a forte seleção da Costa Rica, sem dúvidas, irá querer garantir a primeira colocação desse grupo para que nas oitavas de final consiga enfrentar o segundo colocado do grupo C.

Por Adriano Oliveira

Costa Rica vs Inglaterra

Foto: Divulgação


Acontecerá no dia 19 de junho de 2014, quinta feira, às 16 horas, em São Paulo, no estádio Arena de São Paulo, um confronto aguardado por muitos, nessa primeira fase do Copa do Mundo, entre as renomadas seleções do Uruguai e Inglatera.

A seleção do Uruguai caracterizou-se na última Copa como uma das maiores surpresas, haja vista que a sua equipe era desacreditada por muitos no início do evento e no final acabou chegando até a semifinal. Nessa perspectiva, a base que veio disputar a Copa no Brasil é a mesma que esteve na última Copa na África do Sul e que também no ano de 2011 conquistou a Copa América.

A equipe uruguaia comandada pelo técnico Óscar Tabárez, tem como principal destaques o craque Luis Suárez que é um dos maiores atacantes do planeta na atualidade, pois é do tipo daqueles que não desperdiça oportunidades e é um dos fortes candidatos cotado a ser o artilheiro da competição.

O outro destaque existente na equipe é o meia-esquerda Gastón Ramírez que é bastante habilidoso e possui capacidade para efetuar ótimos chutes de longa distância.

Já a equipe da Inglaterra há mais de uma década, após o surgimento de ótimos jogadores como Steven Gerard e Frank Lampard, não conseguiu mais revelar muitos talentos para recompor o time.

Atualmente, a equipe é comandada pelo técnico Roy Hodgson e tem como maior destaque o jogador Wayne Rooney, que é caracterizado pelos ingleses como o maior ídolo inglês desde David Beckham, ainda pesa sobre Rooney a responsabilidade de que na atualidade ele é detentor do terceiro maior salário do planeta e o fato de não ter marcado gols em nenhum dos dois Mundiais que disputou.

Assim, essa partida será um ótimo jogo para os telespectadores e críticos observarem, pois é um jogo considerado com imperdível para aqueles que desejam acompanhar o Mundial de 2014.

O outro atrativo dessa partida é que essa equipes estão inseridas no grupo D, considerado pela imprensa em geral como o grupo mais complicado de se obter uma classificação para as oitavas de final, composto também pelas seleções de Costa Rica e a renomada seleção Italiana as quais estarão acompanhando também esse confronto.

Por Adriano Oliveira


No dia 15 de junho de 2014, às 19 horas, ocorrerá a primeira partida, na cidade do Rio de Janeiro, pelo grupo F da Copa do Mundo. A partida será disputada entre a renomada seleção da Argentina e a única seleção estreante no mundial de 2014, a seleção da Bósnia-Herzegovina.

A seleção da Argentina que atualmente possui o 7º lugar no ranking da Fifa é comandada pelo treinador Alejandro Sabella, de 59 anos, tem como destaque o craque Lionel Messi, de 26 anos, que atua no Barcelona da Espanha.

Dono de quatro Bolas de Ouro de melhor do mundo, de três títulos da Champions League e de uma medalha olímpica, Messi está participando da terceira copa do mundo. O time-base joga no esquema tático 4-3-1-2.

A provável escalação do time argentino para essa partida deverá ser a seguinte: o goleiro Romero, na defesa os zagueiros Otamendi e Fernandez, nas laterais pela direita Zabaleta e pela esquerda Rojo, no meio de campo Mascherano, Gago e Di Maria, o destaque da equipe Messi como armador e no ataque Aguero e Híguan.

Já a seleção da Bósnia que atualmente ocupa 25º lugar no ranking da Fifa, é comandada pelo treinador Safet Susic, de 59 anos. A equipe atua no esquema tático 4-4-2.

A provável escalação do time para essa partida será o goleiro Begovic, os zagueiros Vranjes e Spahic, nas laterais , pela direita Mujdza, e pela esquerda Lulic, no meio de campo Salihovic, medenjanin, Pjanic e Misimovic, o ataque estão os atacantes Ibisevic e Dzeco.

O craque do time é o jogador Edin Dzeko, de 28 anos, matador dentro da área, ele atua no Manchester City da Inglaterra, outro destaque da equipe é o meia Miralem Pjanic, de 24 anos que atua no Roma da Itália, pois ele é um jogador bastante habilidoso e com boa visão de jogo, além de atuar solto no meio-campo é o responsável por desequilibrar nas partidas disputas pela Bósnia.

Logo, deverá ser um bom jogo em que a seleção Argentina deverá entrar com bastante cautela para não ser surpreendida pela seleção estreante do mundial de 2014.

Por Adriano Oliveira


Falta pouco para darmos o pontapé inicial na Brazuca. Enquanto isso, a Itaquerão, palco do jogo de abertura entre Brasil vs Croácia já está se preparando para a festa de abertura que acontece na quarta-feira, um dia antes do primeiro jogo.

Para essa grandes festa a Fifa fará um espetáculo de 25 minutos, com a presença de 600 artistas. Entre eles estarão acrobatas e capoeiristas. E entidade estima que mais de um bilhão de pessoas assistam ao evento. Já que será televisionado para diversos países.

O espetáculo, que foi ensaiado há meses e teve neste último domingo um grande ensaio, terá uma bola de oito metros e milhares de lâmpadas de LED que vai percorrer do gramado do estádio. Para isso diversos elementos coreográficos foram preparados. Em todo o gramado terá um tapete gigante para não estragá-lo para o jogo de abertura no dia seguinte.

Foram testadas 34 câmeras, que serão usadas durante as partidas, para que nada dê errado. Algumas dessas câmeras terão tecnologia 4K; outras estarão captando as imagens sobre um helicóptero. A organização espera que assim seja possível não apenas fazer imagem do conjunto, mas também registrar a expressão dos bailarinos, durante toda a coreografia, e que o público possa ver as fantasias em seus detalhes.

No final, o rappr Pitbull e a cantora Claudia Leite cantarão a música oficial da Copa: We are one. A apresentação será acompanhada pelo grupo Olodum. Infelizmente Jennifer Lopez não irá se apresentar por “problemas relacionados à produção”, afirmou a Fifa. Infelizmente, a entidade não esclareceu que problemas seriam esses.

São esperados 60 mil torcedores no estádio que, de acordo com a Fifa, devem chegar cedo ao local do evento para evitar qualquer transtorno. Os portões serão abertos às 13h. A festa terá início às 15h15.

Com a greve dos metroviários a preocupação com a mobilidade urbana é grande. Por isso, ao redor do Itaquerão suas ruas de acesso serão fechadas entre as 9h30 e 10h. Isso, para evitar que as pessoas se dirijam ao estádio de carro e escolham o metrô ou ônibus. 

Por Douglas Lima dos Anjos


Imaginar uma segunda fase com Brasil enfrentando espanhóis, italianos, franceses e argentinos até a conquista do hexacampeonato é algo para quem gosta de adrenalina e pouca facilidade. Interessante notar que tal sequência poderia acontecer, o que sem dúvidas traria caminho difícil à seleção em busca do sexto campeonato mundial.

Se o Brasil passar em primeiro lugar no Grupo A e os espanhóis na segunda posição do Grupo B, então haverá confronto entre os dois países nas oitavas de final. Interessante notar que brasileiros enfrentaram Espanha na final da Copa das Confederações, vencendo a partida por 4X1. Por outro lado, vale ressaltar que seleção espanhola é a última campeã mundial, conquista na África do Sul, em 2010.

Na sequência os brasileiros têm a chance de enfrentar os italianos, antiga rivalidade de Copa do Mundo que sempre se demonstra como adversários difíceis de serem batidos. Itália e Brasil são rivais equilibrados, com vitórias e derrotas importantes na história para ambos os lados, como nos feitos de Paolo Rossi em 1982 ou nas defesas brilhantes de Taffarel no ano de 1994.

Para brasileiros enfrentarem italianos nas quartas de final da Copa do Mundo existe a necessidade da Itália passar em segundo lugar e ganhar do primeiro colocado no Grupo C, na partida das oitavas de final. Azurra é tetra campeã do mundo, com conquistas em: 1934, 1938, 1982 e 2006, segunda seleção com maior número de mundiais, atrás apenas do Brasil pentacampeão.

Ao seguir tal caminho, brasileiros podem enfrentar a França na semifinal da Copa do Mundo 2014. Os franceses são principais vilões brasileiros, conhecidos por eliminar Brasil em três mundiais: 1986, 1998 e 2006. A seleção verde e amarela também pode enfrentar os alemães no último jogo que antecede a final.

Na finalíssima o Brasil acarreta chances de cruzar com ingleses ou argentinos. No caso de confronto contra a Argentina seria o tipo de final dos sonhos de toda a história da Copa do Mundo.

Por Renato Duarte Plantier

Brasil e Argentina

Foto: Divulgação


Sim, pode ocorrer outra final entre Brasil e Uruguai na Copa do Mundo. Nos termos práticos os brasileiros temem uma reedição do que aconteceu em 1958, quando uruguaios viraram a partida final em 2X1 e se consagraram bicampeões do mundo, em pleno Maracanã, com milhares de pessoas.

Para que Brasil e Uruguai decidam outra Copa do Mundo no Maracanã existe a necessidade de brasileiros e uruguaios passarem na primeira posição das chaves. A missão da azul celeste não é nada fácil, visto que no caminho tem Inglaterra, Itália e Costa Rica, no Grupo D, considerado como o “grupo da morte”.

Os uruguaios contam com desfalques importantes, como o caso de Luis Suárez, principal atacante do Uruguai que brilhou na temporada europeia com a camisa do Liverpool, da Inglaterra. Ele realizou cirurgia de emergência no joelho esquerdo e representa dúvida para o mundial.

Suárez indica que sente poucas dores durante o treino. Porém, a federação uruguaia indicou nota no site oficial se demonstrando preocupada com a recuperação do jogador até começar o mundial. De forma provável, Suárez entra em campo com condições físicas apenas no segundo jogo da primeira fase, quando uruguaios enfrentam ingleses na Arena Corinthians.

Lugano, um dos líderes e zagueiros da azul celeste para a Copa do Mundo disse de forma pública que, Suárez, ao Uruguai, tem maior valor do que Neymar para o Brasil, fato que demonstra a esperança que uruguaios depositam no atacante que se recupera de lesão no joelho.       

Uruguaios devem treinar em casa até domingo (6). Na segunda (7) seguem para Belo Horizonte, quando começam os treinos no país onde acontece a Copa do Mundo 2014.

O Uruguai estreia no mundial enfrentando a Costa Rica, em Fortaleza, no sábado (14).

O segundo jogo é contra a Inglaterra na arena Corinthians, quinta-feira (19).

A terceira partida ocorre em Natal contra os italianos, terça-feira (24).

Por Renato Duarte Plantier

Copa do Mundo 2014

Foto: Divulgação


A FIFA anunciou no site oficial que vai tornar disponível a última carga de ingressos à Copa do Mundo 2014. Na etapa está prevista entrada de 180 bilhetes para os 64 jogos do evento esportivo, da estreia até a partida final. A abertura do processo de vendas começa no primeiro minuto da quarta-feira (04/06).

Em termos práticos, a notícia surge de forma positiva no momento em que nas cidades sedes aumenta a presença de cambistas que cobram preços exorbitantes do ingresso no comércio paralelo. Não se pode ignorar o fato de que a FIFA indica ser necessário adquirir bilhetes apenas no site oficial e assim evitar qualquer problema com falsificação.

De acordo com a entidade máxima do futebol, o último lote ficou bloqueado porque a administração FIFA aguardava a conclusão de grande parte dos estádios e da estrutura oferecida em terras nacionais, como transporte ou leitos nos hotéis, por exemplo.

A Arena Corinthians, local no qual acontece a partida de estreia, ainda não possui laudos oficiais aos jogos do mundial. Tal fato não impediu com que a FIFA liberasse sua última carga de ingressos. O estádio em Itaquera, São Paulo, deve receber os laudos na primeira semana de junho, poucos dias antes de começar a Copa do Mundo.    

São Paulo não é única cidade a ter problemas por conta de laudos referentes aos assentos móveis do estádio, infraestrutura exigida por administradores da FIFA aos estádios sediarem jogos do mundial. A Arena da Baixada acarreta problema idêntico, ou seja, futuro indefinido quanto à capacidade máxima de assentos.

Para comprar os ingressos acesse o site oficial da FIFA e clique no link referente à compra de ingressos. Na sequência são abertas páginas nas quais devem ser inseridas informações pessoais e bancárias.

Dica: procure acessar o site antes de começar a data de vendas e evite comprar os ingressos com a página congestionada de usuários, fato que torna o processo lento e inseguro.

Por Renato Duarte Plantier

Ingressos Copa do Mundo

Foto: Divulgação


O Brasil está mais do que nunca em ritmo de festa e no pique da copa. Inclusive na música de abertura dos jogos, o som que vai estremecer emoções neste grande evento. E as pessoas já podem escutar o tema oficial, perder a curiosidade e ouvir a canção. Mesmo depois de versões falsas que percorreram na rede virtual.

A música original tem um estilo rapper de Pitbull e conta com a participação de Jennifer Lopez e Claudia Leitte, a canção mistura versões em inglês, espanhol e português. E além desses participantes, ainda tem uma enorme lista de participações no álbum oficial da trilha sonora da Copa. Veja:

1. Pitbull feat. Jennifer Lopez & Claudia Leitte – "We Are One" (Ole Ola) (Música oficial da Copa 2014)

2. Santana & Wyclef feat. Avicii & Alexandre Pires – "Dar Um Jeito" (We Will Find A Way) (Música oficial da Copa 2014)

3. Arlindo Cruz – "Tatu Bom De Bola" (Música oficial do mascote da Copa)

4. Ricky Martin – "Vida" (versão em espanhol e inglês)

5. David Correy – "The World Is Ours"

6. Psirico – "Lepo Lepo"

7. Sérgio Mendes & Carlinhos Brown – "One Nation"

8. Shakira feat. Carlinhos Brown – "La La La (Brasil 2014)"

9. The Isley Brothers – "It’s Your Thing"

10. Bebel Gilberto e Lang Lang – "Tico Tico"

11. Adelén – "Olé"

12. Magic! – "This Is Our Time" (Agora é a nossa hora)

13. Baha Men – "Night & Day" (Carnival Mix)

14. Rodrigo Alexey feat. Preta Gil – "Go, Gol"

O clipe já está disponível para todos assistirem desde sexta feira do dia 16 de Junho de 2014. “We are One (Ole ola)”, o nome dado a música que já está no disco oficial da seleção conhecido como “One Love: One Rhythm”.

A música recebeu muitas criticas das pessoas, pois estes não achavam que a canção tinha um estilo brasileiro, e ainda mesmo com os ajustes na letra, as pessoas prosseguiram nas críticas.

E agora com o novo clipe, que apresenta um pouco de Claudia leitte e Jeniffer Lopez cantando e dançando, expõe também a imagem de crianças brincando com a bola e cenas do Brasil em outros jogos. As gravações apresentam cenas de muita alegria com apresentação do samba e do jogador Neymar, além de reforçar bastante as cores verdes e amarelas do Brasil maravilhoso.  

Portanto, a musica “We are One” está chegando ao conhecimento do brasileiro para esquentar corações e sacudir o corpo, já fazendo aquele pré-aquecimento para o grande evento brasileiro, a Copa de 2014 no Brasil.

Por Jaqueline Mendes Rodrigues dos Santos

Foto: divulgação


Em entrevista coletiva que concedeu pouco antes de começar o processo de venda de ingressos aos jogos da Copa do Mundo, Thierry Weil, representante da FIFA, explicou como funcionam as etapas para comprar bilhetes e apresentou o Guia do Torcedor.

A FIFA indica que o Guia do Torcedor para a Compra de Ingresso consiste em um documento que foi formado de modo claro e objetivo, com a presença de detalhes sobre os passos que devem ser levados em consideração no sentido de comprar entradas e presenciar partidas do torneio.                 

Além de apresentar o documento, Weil indica que a entidade máxima do futebol teve aprendizados com a Copa da Confederações, inclusive no sistema para vender ingressos. Com a experiência os profissionais Fifa implantaram melhorias nos métodos de venda.

Por exemplo, uma das queixas na Copa das Confederações esteve na pouca presença de Centros de Distribuição de Ingressos. Para melhorar a problemática o representante da FIFA indicou que aumentou o número de locais para vender bilhetes.

Nos primeiros lotes compradores conseguem adquirir ingressos ao usar a internet e receber na porta da casa, via correio, sem a necessidade de se deslocar para pontos de troca. Tal facilidade no campo postal se encontra presente para consumidores de qualquer parte do mundo.

Não se pode ignorar o fato de que valores da cobrança referentes aos ingressos variam de acordo com a localização de quem consome os bilhetes dos jogos para a Copa do Mundo FIFA 2014. Na primeira etapa do evento foram distribuídos quase um milhão de ingressos, cerca de 300 mil aos idosos, estudantes e demais beneficiários que pagam metade do valor integral, como no caso dos nomes inscritos nos Programas Sociais do Governo Federal, por exemplo.

Weil indica que por causa do sucesso e vendas que aconteceu na Copa das Confederações, a FIFA acredita que na Copa do Mundo Brasil 2014 deve acontecer recordes na vendagem de ingressos.

Por Renato Duarte Plantier

Guia do Torcedor

Foto: Divulgação


O técnico Jorge Sampaoli estava confiante de que sua seleção poderia, no mínimo, ter uma boa participação na Copa do Mundo de 2014. Pois o Chile tem um respeitável poder ofensivo, entretanto, o próprio treinador jogou a toalha depois do sorteio dos grupos.

Os chilenos terão como adversários duas grandes seleções do futebol mundial: Holanda e Espanha. Obviamente que as duas seleções europeias são favoritas para se classificarem para a próxima fase. Contudo uma classificação chilena traria uma moral inabalável, o que colocaria os chilenos como um dos favoritos ao título.

Os grandes craques da seleção são: Arturo Vidal e Alexis Sanchez. O primeiro é dos melhores jogadores da Juventus, sendo considerando por muitos como um dos meias mais completos do mundo, dada sua grande facilidade em marcar, criar jogadas e fazer gols. O segundo não vive um dos melhores momentos em sua carreira, assim como todo o time do Barcelona.

Felizmente, o Chile não é daquelas seleções que depositam todas suas esperanças nas costas de um ou dois jogadores. O palmeirense Jorge Valdívia sempre demonstrou uma habilidade incomum com a bola, razão pela qual o treinador da seleção considera sua presença essencial na equipe, tendo, inclusive, mandado um preparador físico realizar todo um trabalho especial com o jogador.

Mátias Fernadez e Isla são outras duas boas opções para o meio, tendo ambos os jogadores se destacado no cenário no europeu. No ataque, além de Sanchez, o time ainda conta com um velho conhecido da torcida brasileira, o ex-gremista Vargas.

O ponto crítico da seleção é a zaga, haja vista que esta deixa a desejar. Aliás, provavelmente, essa seja a razão que faça o técnico postar o time de forma ofensiva. Resta saber se o técnico manterá o time na frente contra Espanha e Holanda ou se renderá ao tradicional esquema retranqueiro.

Por Renan Valmeida do Nascimento


A Argentina é uma das maiores seleções do futebol mundial, razão pela qual, assim como o Brasil, sempre faz parte do grupo de seleções que estão aptas para ganhar o mundial. Devido ao fato do torneio ser realizado no país vizinho, o favoritismo do nosso maior rival aumenta ainda mais, principalmente pela presença certa de sua apaixonada torcida.

O técnico Alejando Sabella parece já ter definido o grupo de jogadores que desembarcarão no Brasil, para a frustração de Carlos Alberto Tevez. O ex-corintiano é um dos maiores ídolos dos argentinos dos últimos tempos, contudo, não agrada o atual treinador, uma vez que o atacante da Juventus não foi convocado sequer para um amistoso.

Outro ponto que favorece a seleção é que, ao contrário das Copas anteriores, o setor defensivo não está fragilizado. Pablo Zabaleta (Manchester City), Garay (Benfica) e Otamendi (Valência) serão os responsáveis por freiarem os poderosos ataques adversários.

A Argentina conta com um acervo de craques e, principalmente, com Lionel Messi, o melhor jogador do mundo da atual década. O atacante do Barcelona não vive um bom momento no futebol, mas ninguém discute que, se o craque brilhar, as chances de título serão grandes.

Os meia-atacantes Javier Pastore e Angel Dí Maria vivem grandes momentos em seus clubes atuais, os quais também podem desequilibrar facilmente qualquer partida. No ataque, se destaca Kum Aguero que deverá ter ao seu lado Higuain ou Lavezzi.

Não obstante, os argentinos realizaram uma ótima campanha nas eliminatórias, ganhando facilmente a maioria dos jogos. Messi parece ter deslanchado vestindo a camisa da seleção nacional, entretanto, na época, o jogador vivia um momento bem melhor no seu clube.

Os deuses do futebol parecem, pelo menos em um primeiro momento, favorecer a seleção em comento, considerando o sorteio da fase de grupos da Copa do Mundo. O adversário mais forte que eles irão enfrentar será a Nigéria, razão pela qual o técnico Sabella deverá entrar no último jogo da fase de grupos já classificado.

Por Renan Valmeida do Nascimento


Os especialistas não apontam a Seleção da Itália como uma das favoritas para conquistar a Copa do Mundo de 2014, entretanto, ninguém menospreza o futebol dos italianos. Isto porque a Azurra tem um histórico invejável na história das Copas, ficando atrás tão somente da seleção brasileira.

Depois do fiasco da Copa de 2010, onde os italianos amargaram uma eliminação ainda na primeira fase do maior torneio do mundo da bola, a seleção passou por mudanças drásticas, principalmente no estilo de jogo. O técnico Cesare Prandelli resolveu ousar mais, abrindo mão do tradicional esquema defensivo. O resultado é agora a equipe passou a fazer mais gols e, consequentemente, já não tem uma defesa impenetrável.

Na última Eurocopa restou evidente a nova característica de jogo, o que fez com  a Itália eliminasse Inglaterra e Alemanha do torneio, contudo, culminou em uma goleada histórica na final, na qual os espanhóis sobraram. Aliás, senão fosse o resultado tão amargo, é certo que a seleção de Prandelli estaria entre as favoritas para vencer a Copa do Mundo.

O craque da seleção continua sendo o veterano Andrea Pirlo, o qual conta com total liberdade do técnico para atacar. Apesar da idade avançada, o jogador continua apresentando um futebol de alto nível, liderando o meio de campo de Juventus nas últimas conquistas do campeonato italiano.

A esperança de gols está depositada no polêmico Mário Balotelli. O jovem atacante já demonstrou ser excelente dentro da grande área, mas, devido ao seu histórico de confusões dentro e fora de campo, seu desempenho é uma incógnita.

A zaga continua sólida, com o quarteto da Juventus: Buffon, Chiellini, Barzagli e Bonucci. O entrosamento dos referidos jogadores, certamente, é uma boa arma contra o ataque dos adversários. Outro ponto a favor dos italianos é que, toda vez que não são apontados como favoritos, eles surpreendem, como ocorreu na Copa de 2006.

Por Renan Valmeida do Nascimento


A Seleção de Gana é um tanto novata em Copa do Mundo, uma vez que participou apenas duas vezes da competição em comento. Entretanto, os africanos sempre superam as expectativas, haja vista que sempre passaram da primeira fase do torneio. Em 2010, a seleção poderia ter feito história, já que faltou pouco para se classificar para as semifinais.

Na ocasião, a seleção enfrentava a aguerrida seleção uruguaia, o jogo se encontrava empatado, quando Suarez, colocou a mão na bola e fez um pênalti no último minuto do jogo. Gyan, craque da seleção, desperdiçou a cobrança, razão pela qual o jogo foi para as penalidades, onde Gana acabou sendo eliminada.

Quatro anos depois, o atacante espera dar a volta por cima, mas sabe que não será uma tarefa fácil. Isso porque o sorteio não foi dos mais felizes, já que, logo na primeira fase, os africanos terão de enfrentar EUA, Alemanha e Portugal. Dessa forma, pela primeira vez, Gana sofre um grande risco de ser eliminada ainda na primeira fase.

Alemanha e Portugal são os grandes favoritos para prosseguirem na competição, sendo certo que Gana e os EUA terão de se superar. Embora não seja uma seleção norteada de craques, os africanos têm muita correria no seu estilo de jogo, além de muita vontade, razão pela qual não se trata de um adversário fácil de ser batido.

O astro da seleção, o atacante Gyan, certamente, ainda sente um gosto amargo do pênalti que perdeu na Copa de 2010, o que nos permite concluir que fará o máximo para apagar a imagem ruim. O fato é que, ao enfrentar grandes adversários ainda na primeira fase, o grupo dificilmente manterá as boas campanhas anteriores, contudo, caso consiga uma classificação milagrosa, a moral da equipe permitirá sonhar com uma participação que promete entrar na história das Copas.

Por Renan Valmeida do Nascimento 


Tradicionalmente, a seleção brasileira apresenta um celeiro de craques, razão pela qual é comum que grandes jogadores não vistam a camisa amarelinha, levando-se em consideração a pluralidade de opções. Na Copa de 2014, não será diferente, entretanto, dessa vez, pelo fato do maior torneio do futebol mundial ser realizado no Brasil, estar presente no grupo dos convocados terá um gosto especial.

Apesar de ter passado dos trinta anos há muito tempo, Ronaldinho Gaúcho segue jogando muito bem, sendo um dos maiores responsáveis pelo conquista inédita do Atlético Mineiro, contudo, dificilmente o jogador irá disputar a próxima Copa do Mundo. Isto porque faz tempo que o craque não é convocado por Felipão, o que nos permite concluir que será uma surpresa se seu nome figurar na lista final do técnico.

Kaká, desde que se transferiu para o badalado Real Madrid, nunca voltou a ser o mesmo que conquistou o título de melhor jogador do mundo. As inúmeras contusões atrapalharam o rendimento dentro de campo do jogador. Quando retornou para o time italiano, o meia-atacante voltou a fazer boas atuações, contudo, o Milan não está em boa fase, o que tem atrapalhado sua visibilidade. 

Há poucos meses, Robinho estava com boas chances de jogar uma Copa do Mundo em casa, principalmente pelo seu ótimo relacionamento com o grupo de Felipão. Ocorre que o jogador não tem feito boas partidas pelo seu time, enquanto seus concorrentes têm brilhado cada vez mais, sendo que o atacante não deverá ser chamado.

Lucasfigura entre os convocados da seleção desde que Mano Menezes estava no comando. A torcida e a imprensa já indagavam que o meia não deveria fazer tão somente parte do grupo, e sim ser titular. Irritado com tamanha pressão, o atual técnico da seleção colocou o jovem Bernard, que apresenta características semelhantes de Lucas. O resultado é que enquanto o ex-jogador do Galo já é nome certo na Copa, o craque do PSG sofre sérios riscos.

O zagueiro Miranda vive um excelente momento no Atlético de Madrid, sendo apontado pela imprensa como um dos principais jogadores do time espanhol. Vale lembrar que, atualmente, a equipe de Madrid lidera o campeonato espanhol e está nas fases finais da Champions League. Embora o zagueiro tenha manifestado publicamente seu desejo de vestir a camisa da seleção, ele não fora convocado nenhuma vez por Felipão.

Por fim, vale ressaltar que todos os jogadores supracitados devem manter a esperança, afinal não é incomum surgirem surpresas na lista final do técnico.

Por RVN


A Copa do Mundo de 2014 é um celeiro de craques do futebol mundial, haja vista que todas as seleções, no mínimo, apresentam um jogador com qualidade para se destacar. Neymar é o principal candidato do Brasil, embora nossa seleção nacional conte com muitos outros com potencial para brilhar. Os mexicanos, por sua vez, depositam suas maiores esperanças em Javier Hernandez, apesar do atacante do Manchester United não viver um bom momento dentro de campo.

O uruguaio Luiz Suarez, seguido por Edison Cavani, são os dois craques da Celeste. Os franceses apostam sua ficha no atual terceiro melhor jogador do planeta, o habilidoso e vitorioso Ribery. O francês, depois da frustrada perda do título de melhor jogador do mundo, espera brilhar na Copa.

Por motivos óbvios, Lionel Messi é o grande destaque argentino. O jogador do Barcelona espera, enfim, deslanchar pela seleção nacional. Assim como o Brasil, os argentinos contam com muitos outros jogadores que podem brilhar, como Sérgio Aguero e Di Maria.

A Inglaterra espera que o Wayne Rooney não se torne uma eterna promessa na seleção nacional, afinal o inglês já demonstrou que é um jogador bem acima da média, razão pela qual continua sendo a maior esperança da fanática torcida inglesa. Hazard é a maior esperança da promissora seleção belga, sendo certo que o jogador figura entre uma das maiores promessas do futebol mundial.

Escolher um único jogador destaque da seleção da Alemanha é uma árdua tarefa, haja vista que os jogadores apresentam níveis bem similares. Schweinsteiger está em ligeira vantagem dos companheiros de equipe, considerando sua ampla versatilidade.

As seleções da Holanda e Espanha apresentam o mesmo " problema", diante do número exacerbado de craques. Considerando o atual momento dos jogadores, é certo que Arje Robben e Andres Iniesta surgem como os principais candidatos a brilharem na Copa do Mundo.

Os chilenos depositam boa parte de sua esperança em passar de fase no Grupo da Morte em Vidal, atualmente, o melhor jogador da Juventus da Itália. Por fim, vale lembrar que muitos outros jogadores que não foram citados apresentam chances de reais de brilhar, principalmente considerando a imprevisibilidade do mundo do futebol.

Por RVN


De acordo com uma nota divulgada no site do Senado Federal, o Brasil possui inúmeras obras atrasadas e queixas por conta de projetos que atrasaram ou ultrapassaram o valor do orçamento inicial.

O destaque fica por conta das queixas na Arena Amazônia, em Manaus (AM), que teve o seu primeiro jogo pós-reforma realizado no começo do mês de fevereiro de 2014. Os visitantes se queixaram e apontaram problemas sérios, como pouco acesso no estacionamento, problemáticas com transporte, falta de infraestrutura às pessoas com necessidades especiais, entre outros.

Em Brasília, ou seja, no estádio Mané Garrincha, a imprensa criticou o poder público pelo aumento do custo para a reforma do estádio. Até hoje já foram injetados no estádio R$ 1,4 bilhões. Atualmente, a arena não está pronta para receber os jogos da Copa do Mundo.

No estádio Mané Garrincha, o público reclama da falta de acesso à internet, fato prejudicial para a infraestrutura dos jornalistas estrangeiros que seguem para cobrir matérias das seleções que jogam na Capital do Brasil. Ainda em Brasília, existe o problema com o atraso nas obras do aeroporto JK (Juscelino Kubitschek), que devem ser concluídas no mês de maio.

No começo do ano de 2014, existiam boatos de que a cidade de Curitiba poderia perder o direito de sediar o evento, em consequência dos atrasos no projeto de reforma da Arena da Baixada. Depois de uma conversa com representantes do Governo Federal, os representantes da FIFA descartaram hipótese de cancelar o evento na cidade.

Belo Horizonte consiste em outra região que sofre por causa dos atrasos nas obras dos aeroportos para a Copa do Mundo. Por exemplo, pouco mais de 80% da reforma do aeroporto de Confins está completo. O poder público garante que a estrutura vai funcionar na data em que espera a FIFA.

Por Renato Duarte Plantier


A EA Sports  anunciou o seu mais novo game, é o  jogo oficial da Copa do Mundo. O FIFA World Cup Brazil 2014  será a nova aposta em games da franquia Fifa. O lançamento oficial será no dia 17 de abril e o game estará disponível para PS3 e Xbox 360.

Com a promessa de melhorias na jogabilidade em relação ao FIFA 14, a EA anunciou que foram adicionados mais de 100 novos movimentos no jogo. A empresa também anunciou melhorias na mecânica dos dribles e no sistema de passes.

A criadora do game informou também que foram incluídas novas animações para as torcidas, sem perder a característica de cada uma delas. Isto é, caso um país marque um gol, a reação dos torcedores será tradicional a seus respectivos países.

No jogo será possível encontrar todas as seleções classificadas para a Copa do Mundo FIFA 2014. Além disso, também estarão todos os demais países que participaram das eliminatórias. Ao todo serão 203 equipes, com 7.469 jogadores, 19 técnicos e 21 novos estádios. Além do mais, as 12 novas arenas brasileiras já estão disponíveis no game.

O vídeo de apresentação do jogo foi divulgado nesta quinta-feira, dia 6 de janeiro. Na abertura do trailer, é possível ver a Arena de Itaquera, seguido pelos estádios Beira-Rio, Arena Dunas e Mineirão. A dupla de globais Tiago Leifert e Caio Ribeiro também estarão comandando a narração e os comentários no jogo.

Além destas novidades, o game contará com a volta do sistema The Road to the FIFA World Cup, ou seja, o caminho para a Copa do Mundo. Neste sistema há a possibilidade do jogador percorrer toda a fase classificatória para assim conseguir vaga para ingressas na fase de grupos da Copa do Mundo. Há também uma nova opção chamada Road to Rio de Janeiro, que permite ao jogador participar da competição online.

Para a surpresa dos fãs, o jogo não será lançado para PC, PlayStation 4 e Xbox One. O produtor do jogo, Matt Prior, explica: "Temos que focar no desenvolvimento da plataforma onde haverá o maior número de jogadores. Então, obviamente, o Xbox 360 e o PS3 ainda são de longe os consoles mais populares do momento".

P


A governadora do Rio Grande do Norte, Rosalba Ciarlini, anunciou à imprensa na última terça-feira, 24, de dentro do novo estádio Arena das Dunas, um dos estádios da Copa do Mundo de 2014, o calendário de eventos que marcarão a inauguração do estádio.

Segundo Rosalba, que estava acompanhada também de outras autoridades, a entrega oficial da Arena deverá acontecer entre os dias 10 e 20 de janeiro próximo, quando a presidenta da república deve vir à capital potiguar. Mas já no dia 31 de dezembro, prazo final de conclusão, a obra deve ganhar iluminação especial como forma de simbolizar o término dos trabalhos.  

De acordo com Charles Maia, diretor-presidente do consórcio gestor da Arena, a obra está em fase de finalização, com testes das instalações e equipamentos de imagens, iluminação e sons. Em maio do próximo ano, a administração do estádio deve ser passada à FIFA para realização do mundial.

Já no dia 26 de janeiro, dois jogos inauguram definitivamente o estádio. Um pela Copa do Nordeste, entre América/RN e Confiança/SE, e outro pelo Campeonato Potiguar, entre ABC/RN e Alecrim/RN.

A governadora falou ainda que, segundo estimativas da FIFA, os jogos da Copa em Natal devem movimentar valores cerca de cinco vezes maior que o custo do estádio, que foi de R$ 400 milhões.

Depois de impasse na licitação da parceria público-privada da obra em 2010, que já atrasada foi considerada deserta, esforços foram somados para que a participação da cidade de Natal fosse garantida entre as cidades sede da copa.

Os interessados no projeto afirmavam que o governo do RN não oferecia garantias que os desse segurança. Em 2011, sob nova gestão no governo do Estado, a obra deu-se início após nova licitação e com prazo de conclusão para dezembro de 2013. Apesar do pessimismo, até mesmo por parte dos natalenses, o prazo foi cumprido sem grandes problemas na execução.

Estádio Arena das Dunas, no Rio Grande do Norte

Foto: Divulgação


A Copa do Mundo de Futebol é só ano que vem, mas algumas seleções já garantiram vaga para o evento esportivo mais esperado do Brasil. A Seleção Brasileira, por ser a anfitriã, já tem vaga garantida e possivelmente fará o jogo de abertura no dia 12 de junho, em São Paulo.

Ao todo serão 32 equipes disputando o título de melhor seleção do mundo. Da Europa vem 13 seleções, os primeiros colocados dos 9 grupos das eliminatórias já têm vaga garantida e as outras 5 são disputadas entre os 8 melhores segundos colocados de cada grupo. Já estão com passaporte carimbado, as seleções da Alemanha, Holanda, Bélgica, Itália e Suíça.

Na América do Sul, as eliminatórias classificam os 4 primeiros colocados e a quinta vaga do continente pode vir de uma repescagem mundial. Já estão classificadas as seleções da Argentina e Colômbia. Para a América do Norte e Central são três vagas mais a da repescagem mundial. Costa Rica e Estados Unidos já garantiram suas vagas.

Na África são disponibilizadas 5 vagas em confrontos diretos com as seleções do continente, sem possibilidade de repescagem. A Ásia conta com 4 vagas, todas já garantidas, são elas: Irã, Coreia do Sul, Japão e Austrália. A Nova Zelândia irá disputar uma das vagas da repescagem.

Por Robson Quirino de Moraes


Não é novidade divulgar que Ulsain Bolt, corredor detentor de vários recordes mundiais, é fã de futebol, e até bate uma bolinha, nos momentos de folga; e na quarta-feira, dia 03 de julho, o campeão revelou para quem vai torcer na Copa do Mundo de 2014, e a seleção escolhida foi a da Argentina.

Talvez era de se esperar que o título da Copa das Confederações, contra a Espanha, favorecesse o Brasil, mas não foi o que aconteceu; a afirmação de Bolt aconteceu na França, mais precisamente em Paris, onde o jamaicano vai participar de mais uma etapa da "Diamond League".

Bolt também disse que é torcedor do Manchester United, reiterando que crê numa continuidade de boas campanhas no clube, mesmo após este trocar de treinador; Alex Ferguson aposentou-se da carreira de treinador, e foi substituído por David Moyes, que estava no Everton.

Em tom de brincadeira, e por estar na França, Bolt disse que nos próximos dias deve assinar contrato com o PSG, e assim ser companheiro de Ibrahimovic, Thiago Silva, Pastore e companhia; sobre a corrida dos 100 metros e 200 metros, que vai participar, disse acreditar na vitória, apesar de afirmar que não é imbatível.

Por Vinicius Cunha


Perante as diversas manifestações que tem ocorrido no país em contra da Copa do Mundo, a Federação Internacional de Futebol (FIFA) tem declarado desde o dia 14 de Junho que os protestos não vão abalar a realização da Copa de 2014 no Brasil e que confia nas autoridades locais para solucionar essa situação.

Desde a semana passada, quando os protestos começaram inicialmente reivindicando a redução do valor da passagem de ônibus no Rio de Janeiro e em São Paulo, parece ter havido um "despertar" do povo e a população mobilizou-se em prol dos seus direitos à educação e saúde, além de exigir melhores condições no transporte público.

Uma das principais causas de impasse entre o governo e os manifestantes é a realização da Copa do Mundo de 2014 aqui no Brasil e isso foi motivo de vários protestos de norte a sul do país. Manifestantes, por um lado, reclamam dos altos valores investidos na reforma de estádios e locais onde haverá maior trânsito de turistas, já o governo, por outro, mantem uma postura reservada e a Presidente Dilma Rousseff pronunciou-se somente  no dia 18/06 acerca das manifestações que ocorrem nos quatro cantos do País.

Sobre essas mobilizações a Presidente afirma que é a favor dos protestos pacíficos e que isso faz parte do exercício da cidadania. Quanto às reinvindicações que ocorrem em 12 capitais e em mais 16 cidades aproximadamente, ela diz que o seu governo esta aberto a ouvir as "vozes da mudança".

A FIFA tem mantido o seu discurso e continua afirmando que a Copa irá ser sediada pelo Brasil e que está confiante quanto a atuação das autoridades competentes perante os atos de vandalismo que ocorrem devido a atuação de grupos extremistas nas manifestações.

O secretário-geral dessa entidade disse que todos os brasileiros ficarão satisfeitos caso o Brasil ganhe a Copa e conquiste o sexto título nessa competição.

Realmente, o povo fica feliz com as conquistas do futebol mas não está alienado as necessidades e questões sociais. Eis que surge o Movimento "Acorda Brasil".

Por Melina Menezes


A campanha do Paraguai nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014 não lembra, nem de longe, os feitos do país mais recentes, quando disputou os últimos quatro mundiais. Na atualidade a seleção é a última colocada dos países da América do Sul, de um total de 9.

Só durante as eliminatórias, o país demitiu o treinador três vezes; primeiro foi Gerardo Martino, depois Francisco Arce, e por último Gerardo Pelusso, que estava no comando desde julho de 2012, mas não resistiu ao revés contra o Chile, na última sexta-feira, por 2 a 1.

Apenas quatro seleções da América do Sul garantem vaga diretamente na próxima edição da Copa do Mundo, a ser disputada no Brasil, e quem ficar em quinto lugar disputa uma repescagem; atualmente as cinco primeiras seleções são as seguintes: Argentina, Equador, Colômbia, Chile e Venezuela.

Não é difícil explicar a má fase, e o que mais vem pesando é a reformulação do time, já que grandes jogadores envelheceram e não mais atuam com a camisa da seleção, e os jovens não tiveram muito tempo de se preparar, além da falta de entrosamento.

Por Vinicius Cunha


Após empatar em casa com a Finlândia, a Espanha visitou a França, no "Stade de France", e em respostas às críticas, venceu a seleção do craque Benzema por 1 a 0, gol de Pedro Rodríguez, e assumiu a ponta do grupo I.

Com a vitória, a seleção espanhola chegou aos doze pontos e agora depende apenas de si mesma para conseguir uma das vagas para a Copa de 2014. A Fúria, caso consiga a vaga, disputará pela primeira vez como atual campeã, já que venceu em 2010.

Antes da disputa do Mundial, a seleção comandada por Vicente del Bosque virá até o Brasil em junho, onde jogará a Copa das Confederações, como detentora do título da última Copa do Mundo.

Tanto a França quanto a Espanha, jogarão pelas Eliminatórias da Copa somente no mês de setembro, quando acontecerá a sexta rodada (de um total de oito), sendo os dois jogos fora de casa, com os espanhóis visitando a Geórgia e os franceses a Finlândia; o outro país da chave é Belarus.

As Eliminatórias para a Copa do Mundo 2014 será disputada até 15/10/2013, quando serão definidas as 13 seleções classificadas, que representarão o continente europeu.

Por Vinicius Cunha


Depois da inauguração do Castelão em Fortaleza, o estádio do Mineirão foi o segundo a ser inaugurado para a Copa de 2014. O estádio do Mineirão em Belo Horizonte, foi reaberto na última sexta-feira (21), e contou com a presença da presidente Dilma Rousseff  e outras autoridades.

O estádio levou dois anos e meio para a reforma e será palco para a Copa das Confederações e Copa do Mundo de 2014. No primeiro semestre do ano que vem será entregue mais 4 estádios nas capitais Recife, Brasília, Salvador e Rio para sediar a Copa das Confederações em junho.

A presidente Dilma Rousseff que esteve na inauguração do Castelão, marcou presença também no Mineirão com uma comitiva de políticos. A presidente começou seu discurso cantando “oh o Mineirão voltou”. Ela falou da importância do cumprimento do prazo da entrega e lembrou que esteve no Mineirão há 50 anos atrás, quando morava em Belo Horizonte.

O evento contou com a presença do prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda, e o ministro do Esporte, Aldo Rebelo.

A reforma do estádio teve um custo de 665,8 milhões e tem capacidade para 62 mil torcedores e ainda conta com estacionamento para 3000 veículos, 98 camarotes, 58 bares e lanchonetes.

O primeiro jogo no estádio será entre Cruzeiro e Atlético-MG, no dia 3 de fevereiro. No encerramento, show do grupo do Jota Quest.  

Por Viviane Nascimento


Neste mês de dezembro começaram a ser realizadas entregas dos primeiros estádios prontos para a Copa do Mundo de 2014, mas um deles provavelmente irá atrasar os prazos definidos para este evento.

Esta situação diz respeito ao estádio do Corinthians – o Itaquerão – que vem enfrentando problemas para obter os recursos financeiros necessários para as obras.

Isto acontece porque a Odebrecht e o Banco do Brasil – empresas responsáveis pela reforma do estádio – estão com diversos impasses junto ao BNDES para conseguir os empréstimos necessários.

O grande impasse se refere às garantias dadas para a liberação do financiamento, pois a Odebrecht quer oferecer as receitas futuras do estádio e o Banco do Brasil – que está intermediando a negociação – não aceita projeção de receitas futuras como garantia que iria contra as práticas bancárias vigentes.

Em troca, a entidade bancária quer que seja dado como garantia algo físico ou uma fiança para suportar o empréstimo no valor total de R$400 milhões ou então que a Odebrecht se torne a controladora do fundo monetário com direitos sobre o estádio.

Deste modo a questão estaria resolvida, certo? Não, errado! Porque a Odebrecht não aceita nenhuma das opções disponibilizadas pelo Banco do Brasil já que é responsável apenas pela construção do estádio e que o Corinthians não abre mão de controlar o fundo monetário de seu estádio.

Diante desta situação, a Odebrecht já solicitou prorrogação do prazo para que o BNDES conceda o financiamento até 2013, sendo que a possível solução para esta história seriam os chamados naming rights do Itaquerão.

Agora é preciso aguardar e torcer para um desfecho feliz e rápido desta pendência envolvendo a reforma do estádio do Corinthians.

Por Ana Camila Neves Morais


Os problemas ocasionados pela vinda da Copa do Mundo de 2014 ao Brasil começam a surgir e a notícia preocupante da vez vem de Minas Gerais, pois nesta sexta-feira, dia 14 de dezembro de 2012, o prefeito de Belo Horizonte Márcio Lacerda entrou com uma ação cautelar no STF (Supremo Tribunal Federal) para diminuir o orçamento da educação e destinar este recurso para as obras do evento esportivo.

Com isso, o prefeito solicita a redução do valor de 30% do orçamento municipal para a educação e pede o cumprimento da Constituição Federal que exige apenas 25%.

Se o STF aprovar a ação cautelar de Belo Horizonte, a área da educação – valorizada pela presidente com os royalties do petróleo – terá cerca de 500 milhões de reais a menos para o ano de 2013.

Fonte: Valor Online

Por Ana Camila Neves Morais


A Arena Castelão é o primeiro estádio para a Copa do Mundo de 2014 a ficar pronto. O estádio foi inaugurado neste domingo com a participação da presidente Dilma Rousseff e show do cantor cearense Fagner.

A inauguração teve cerca de 20 mil pessoas, mas a estreia oficial acontecerá no dia 27 de Janeiro de 2013, pela Copa Nordeste. O jogo acontece entre Ceará e Bahia. Fortaleza e Sport também jogam e encerram a rodada dupla. A reforma do Castelão teve um custo de R$ 518 milhões e a nova Arena tem capacidade para 67 mil torcedores.

O grande teste para a Copa do Mundo de 2014 será a Copa das Confederações de 2013. O Castelão receberá o segundo jogo da Seleção Brasileira, contra o México, no dia 19 de junho. Já pelo grupo B, o estádio receberá o jogo entre Espanha e o campeão africano, a definição acontece em janeiro.

A arena também recebe uma das partidas das oitavas de final e outra das quartas de final.

Por Viviane Nascimento.


Numa cerimônia histórica a presidente Dilma Rousseff inaugurou ao lado de personalidades do universo futebolístico e esportivo, de modo geral, o primeiro estádio que receberá jogos oficiais na copa do mundo de 2014. A inauguração ocorreu neste último domingo (16/12). Denominado de Castelão o estádio foi erguido em Fortaleza, capital do Ceará, que, aliás, teve a animação do cantor mais ilustre do estado nordestino, Raimundo Fagner.

Estiveram presentes no evento o governador do Ceará, Cid Gomes, o ministro do Esporte, Aldo Rebelo e autoridades de diversos setores. Dilma Rouseff utilizou a bola da copa denominada de "Cafusa" para dar o pontapé de inauguração do estádio, que tem capacidade para quase 70 mil torcedores. O primeiro jogo oficial no respectivo estádio ocorrerá no próximo dia 27 de janeiro pela Copa do Nordeste.

O estádio ficou bastante suntuoso e já desponta como um dos mais bonitos e amplos para a copa de 2014. No evento, Dilma parabenizou o time do Corinthians pela vitória no mundial de interclubes. O presidente da Fifa, Joseph Blatter, gravou um vídeo em que parabenizou os brasileiros pela eficiência e rapidez nas obras. Ainda não existe previsão de qual seja o próximo estádio a ser inaugurado, todavia, vários estádios, como o de Pituaçú, na Bahia, estão na mesma briga para terminar primeiro

Por Sérgio Silva





CONTINUE NAVEGANDO: