A briga pelo mercado de consoles ente a Microsoft e a Sony continua acirrada. A Microsoft, empresa americana de eletrônicos afirma que já foi vendida mais de 1 milhão de unidades do Xbox One em apenas 24 horas. O novo console da empresa marca a sétima geração de videogames e chegou às lojas na sexta-feira, dia 22 de novembro. Os números são os mesmos do rival, o Playstation 4, contudo o modelo da Microsoft foi lançado em mais países.

O Xbox One foi lançado em 13 países e já é recorde de vendas, fazendo com que o console tenha se esgotado em muitas lojas. O Brasil foi um dos países em que o lançamento começou a ser vendido oficialmente às 0h de sexta. O preço do console é de R$ 2,3 mil, quase a metade do valor que o PS4 será vendido aqui, já que o modelo da Sony não é fabricado aqui e não tem isenção fiscal. Essa é uma das razões do valor mais elevado.

O volume de vendas do PS4 foi maior, já que a Sony afirmou que na sexta-feira passada, quando o console começou a ser comercializado, foi vendida 1 milhão de unidades, contudo somente no Canadá e nos Estados Unidos. Outros países só receberão o produto no dia 29 de novembro, entre eles países da Europa, América do Sul (incluindo Brasil) e Austrália. No Japão, o modelo só começará a ser vendido em fevereiro de 2014 (e olha que a Sony é japonesa).

Ambas as empresas estão confiantes quanto às vendas dos consoles em todo o mundo. O Xbox One não é uma aposta apenas direcionada aos gamers. A intenção da Microsoft é de atrair amantes da TV, cinema e música, devido às funcionalidades do console. O valor do produto nos EUA é de US$ 500, enquanto o PS4 é vendido a US$ 400

Por Robson Quirino de Moraes

Xbox One

Foto: Divulgação


Foi divulgada hoje (31/05), pelo jornal americano The Wall Street Journal, uma reportagem que mostra a mecânica dos games usada pelo console da Sony.

Segundo a reportagem, a Sony pretende lançar um novo videogame no ano que vem, que será o sucessor do PlayStatian 3, além de manter as vendas de mídias para o aparelho. 

Houve rumores que os próximos consoles seriam comercializados por download, o que deixou muitos jogadores apreensivos, mas ao que tudo indica a Sony desistiu da ideia e continuará com o formato atual, ou seja, os games continuarão a ser comercializados também em lojas físicas e nas mídias tradicionais. 

O jogo portátil da Sony atual, PlayStation Vita, já disponibiliza seus jogos na loja online PlayStation Store como também em mídias físicas, como cartões de memória.

Espera-se que com os próximos consoles a estratégia de vendas seja a mesma dos jogos do PlayStation Vita. 

A Microsoft também já informou que não irá vender seus games apenas por download e que vai permanecer vendendo através de mídias físicas.

A preocupação tanto da Sony quanto da Microsoft em vender apenas por download é que em muitos lugares do mundo a internet é pouco confiável e com baixo padrão de qualidade o que poderia impedir a popularização da venda dos jogos.

Por Jéssica Posenato


Engenheiros da Universidade de Utah estão em fase de desenvolvimento de um novo console para videogame que promete dar maior feedback aos jogadores. O funcionamento é bem simples: o centro da parte móvel do console destinada ao dedão terá um botão similar ao espaço utilizado para o touchpad do notebook. Será um pequeno botão vermelho no topo da parte móvel do console.

As sensações que esse pequeno botão proporcionará ao jogador darão veracidade ao jogo. Se você estiver jogando um jogo de tiro, o botão dará a mesma sensação do coice dado por uma arma ao atirar.

Os engenheiros responsáveis pelo projeto estão desenvolvendo cinco efeitos táteis principais: salto, pulso, um movimento circular, um efeito de ondas e um efeito correspondente ao de se arrastar no chão.

Além disso, o ambiente do jogo poderá mostrar pistas ao jogador através desse botão, incitando a atenção dos participantes, assim como arranhar os dedos do jogador na hora que um peixe morder a isca na vara de pescar, em um jogo de pescaria.

O console já foi mostrado a Microsoft, mas será realmente apresentado ao mundo em uma Conferência em São Francisco ainda nesta semana.

Por Raquel Torres C. Bressan

Fonte: BBC News


Nintendo e Apple agora ganharão um novo concorrente no mercado de consoles. A Sony está pretendendo lançar um console portátil que deve ser anunciado durante um evento na cidade de Tóquio, no dia 27 de janeiro. O evento acontece no mesmo dia em que a Nintendo comunica a queda nos lucros trimestrais.

A Sony tem evitado comentar sobre o lançamento do seu novo portátil. Segundo o jornal japonês Nikkei, as informações que se tem é que o aparelho possui tela “touch screen”, sensível ao toque, além de conexão 3G Wi-Fi, o que vai ser algo inédito em termos de console portátil, porém a conexão 3G não será para telefonemas, e sim para dados.

Em fevereiro será a vez da Nintendo lançar a versão 3D do modelo DS.    

Por Andrea Gomes

Fonte: Reuters


A Lenovo, grande marca chinesa de computadores, deve estrear em 2011 no ramo dos consoles de jogos. Depois do Wii da Nintendo, do PlayStation da Sony e Xbox da Microsoft, a Lenovo brevemente lançará o Ebox.

O console terá conexão com a internet e funcionará através de um detector de movimentos, captados com o uso de uma câmera, que fica posicionada em cima da televisão. O sensor não chega a ser uma grande novidade, pois se assemelha aos consoles já existentes, lembrando que o Wii da Nintendo foi quem primeiro trouxe ao mercado esta nova funcionalidade e que aos poucos foi aperfeiçoada pelos demais.

Com a chegada de mais uma opção para os amantes de games, fica a esperança de que os preços dos consoles tornem-se um pouco mais atrativos. Parte da revolução tecnológica que conquistou de vez o público brasileiro, consoles que funcionam a base de movimentos levam o gosto pelos jogos para toda a família, tornando-se uma ótima maneira de renovar o convívio e o contato entre pais e filhos.

Por Vivian Fiorio


Quem ainda aprecia de vez em quando jogar games de consoles como Super Nintendo, Game Boy, Game Boy Advanced e Mega Drive, vai gostar do lançamento da Dynacom. A marca fez anúncio sobre o seu novo vídeo game, o Dynavision Cybergame. O aparelho deve chegar para trazer a nostalgia dos jogos antigos, visto que ele rodará ROMs de plataformas clássicas como os já citados acima. Os consumidores também poderão ouvir músicas, assistir vídeos e reproduzir imagens e textos no Cybergame.

A Dynacom não precisa nem falar que esta nova empreitada da empresa é muito semelhante ao seu recente lançamento, o console portátil Dingoo, o qual também é possível jogar tais plataformas. O aparelho chega com 512 MB de capacidade, com expansão em cartão SD para até 4 GB e cabos para conexão USB e AV. Para quem estiver interessado, o console já está a venda nas lojas.  

Acesse o Dyna Shop.

Por Oscar Ariel





CONTINUE NAVEGANDO: