O Facebook vai transmitir ao vivo as mais de 40 rodadas do Campeonato Mexicano de Futebol.

As redes sociais ocupam um papel de vital importância na vida das pessoas. Além de propor interação, esses espaços na web são locais onde as pessoas podem obter informações variadas de inúmeros veículos de comunicação ao alcance de um clique. E pensando nesse mundo de fácil acesso, o Facebook resolveu inovar e vai transmitir ao vivo as mais de 40 rodadas do campeonato mexicano de futebol.

A cada ano o número de torcedores que apoiam seus times de alguma forma, investindo dinheiro e tempo em equipes de futebol só aumenta. É um mercado em franca expansão. O “Marketing Esportivo” é um dos principais segmentos dentro dos setores das agremiações esportivas mundo afora. E pensando, em todo esse lucro e como obter mais ainda usuários com contas no Facebook, a rede social de Mark Zuckerberg anunciou na última segunda-feira, dia 13 de fevereiro, essa parceria com a Univision Communications – uma cadeia midiática detentora dos direitos de transmissão das partidas da Liga MX.

A Liga MX ou Primera División de México é o principal campeonato de futebol no país. Foi criado em meados da década de 40 e atualmente conta com mais de 18 equipes inscritas, que se enfrentam em fases de mata-mata, jogos de ida e volta, quartas de final, semifinal e final. Os primeiros classificados participam no ano seguinte de competições internacionais, como a “Copa Libertadores”, isso claro dependendo do ano e das regras. A Liga é descrita como forte, competitiva e um ambiente propício para revelar grandes jogadores. Hoje, a Primeira Divisão do México e é uma das atrações campeãs em audiência tanto em seu país e nos Estados Unidos. Como o inglês é considerado uma língua universal, os jogos serão transmitidos na página oficial da Univision e narrados e comentados nesta língua.

As partidas iniciais que serão transmitidas através do Facebook vão ao ar no próximo sábado, dia 18 de fevereiro. Os duelos serão entre: Vera Cruz x Tigres; Monterrey x Pachuca; Cruz Azul x Atlas; Monarcas x Toluca. Os horários ainda não foram divulgados.

Para acompanhar mais esse grande salto tanto do Facebook quanto de eventos esportivos, basta acessar este endereço: www.facebook.com/univision e ficar por dentro dos horários dos jogos e claro assistir os confrontos. Afinal, quem quer perder esse momento histórico? Monarcas x Toluca.

Por Isabela Castro

Campeonato de futebol


O futebol brasileiro se prepara para dar início à temporada 2015, e o torneio de estreia dos clubes são os campeonatos estaduais. Em cada estado do país, as equipes disputarão os títulos de melhor time de seus estados. O regulamento de cada campeonato varia de acordo com as federações de cada estado.

Este torneio, porém, há algumas décadas vem sendo questionado por torcedores, jornalistas e até mesmo pelos clubes considerados grandes. Para estes, os campeonatos estaduais não são mais aquele espetáculo que outrora foram. Nas últimas edições dos estaduais, na maioria dos estados o torneio só proporcionou emoção ao torcedor nas finais. A diferença técnica entre os times grandes em relação aos menores faz com que não haja equilíbrio no torneio, deixando assim as finais bem previsíveis.

As equipes que irão disputar outro torneio, além do estadual, como Libertadores ou Copa do Brasil, por exemplo, fazem dos campeonatos regionais “laboratórios”, onde testam formação tática, jogadores reservas, poupam os titulares e coisas assim. Concluindo, os times grandes usam os estaduais como pré-temporada, e nada mais.

Já para os chamados “clubes pequenos”, os campeonatos estaduais são como uma “sobrevida”. É neste campeonato que estes clubes conseguem uma boa renda: ganham visibilidade da mídia, conseguem um patrocínio razoável,  expõe seus melhores jogadores para uma eventual negociação, entre outras coisas. Se dentro do campo os menores não são capazes de bater de frente com os grandes, pelo menos fora das quatro linhas eles “ganham” o suficiente para passar o resto da temporada.

O fato é que estes torneios regionais não empolgam mais. Alguns pedem o fim dos campeonatos estaduais, outros pedem mudanças no regulamento para tentar salvar a competição em nome daquilo que ela representou para o futebol brasileiro um dia.

Qual será o destino da competição, nós não sabemos. Enquanto isso, nos resta assistir jogos de péssima qualidade técnica até lá.

Por Mattheus de Sousa Araújo

Campeonatos estaduais





CONTINUE NAVEGANDO: