Faltando poucos dias para estrear no Mundial de Clubes no Marrocos, o Real Madrid enfrentou o Almería pela 15ª rodada do Campeonato Espanhol, competição em que o clube está em primeiro lugar na tabela, e garantiu uma goleada de 4 x 1.

O bom momento da equipe é bem expresso em seus resultados, já que vem de um aproveitamento de 100% na fase de grupos da Liga dos Campeões – torneio que venceu na última edição e garantiu sua vaga no Mundial – e, com a vitória nesse jogo, completou 20 partidas sem perder.

Outros méritos do clube é possuir como principal jogador o português Cristiano Ronaldo, que venceu a Bola de Ouro do ano de 2013, prêmio dado ao melhor jogador do ano, e está novamente entre os 3 indicados à Bola de Ouro deste ano.

O jogo foi na casa do Almería e começou com bastante vontade por parte de ambos os times. Porém, o primeiro gol saiu apenas aos 33 minutos do primeiro tempo, após Isco receber um cruzamento de Benzema, livrar-se do defensor e chutar para o gol.

A resposta do time da casa veio em 5 minutos, com uma sobra para o meio-campista Verza, que chutou no canto, sem chances para o goleiro Casillas.

Porém, a festa da casa não durou muito, já que apenas 3 minutos depois, Gareth Bale marcou e passou a vantagem no placar novamente para o Real.

O time visitante voltou do intervalo com muita força, com jogadas de quase gol, porém a maior força veio quando, aos 17 minutos do segundo tempo, Iker Casillas defendeu um pênalti a favor do Almería.

Perdida a chance de empate, o clube da casa se entregou para o adversário e foi quando ninguém mais que Cristiano Ronaldo marcou duas vezes, uma aos 35 e outra aos 43 minutos do segundo tempo, selando o placar de 4 x 1 para o Real Madrid.

A estreia do clube espanhol no Mundial de Clubes acontecerá na terça-feira, dia 16 de dezembro, em Rabat, às 17:30.

Por Rannier Ferreira Mendes

Foto: divulgação


Lionel Messi, consagrado jogador argentino que atua no Barcelona, acaba de quebrar mais um recorde em um jogo contra o Sevilla, no sábado (22/11), em uma partida válida pelo Campeonato Espanhol. Tal recorde já estava sendo esperado e trata-se de ter superado o maior goleador da história do torneio, Telmo Zarra, que fez 251 jogos em toda sua carreira nos jogos válidos pelo Espanhol.

Messi conseguiu ultrapassar o artilheiro por 2 gols, agora com 253. Esse recorde durava desde a temporada de 1954-1955, quando Zarra atuou pela última vez pelo campeonato.

Além desse recorde, a carreira do argentino é cheia de conquistas, como:

– único jogador do Barça que ganhou quatro Bolas de Ouro, foi o jogador mais novo a receber uma e teve a maior porcentagem de votos nessa eleição, a de 2009, com 98,54% das indicações;

– Messi também superou Phillip Cocu como o jogador não espanhol que jogou mais partidas pelo Barcelona;

– foi artilheiro em quatro edições seguidas da Liga dos Campeões;

– ainda na Liga dos Campeões, Lionel foi o primeiro jogador a marcar 5 gols em apenas 1 jogo na competição;

 – no ano de 2012, Messi marcou 91 gols, feito que entrou para o Guinness Book;

– ainda na artilharia, o argentino superou o recorde de Paulino Alcántara que possui 371 gols com a camisa do Barcelona;

– em partidas contra o seu grande rival, o Real Madrid, Messi é o maior goleador do clássico, com 21 gols;

– na temporada de 2011-2012, Lionel fez gol em todas as competições que participou: Mundial de Clubes, Supercopa da UEFA, Supercopa da Espanha, Campeonato Espanhol, Liga dos Campeões e Copa del Rey;

– recentemente, o argentino igualou-se ao Raúl, com 71 gols marcados na Liga dos Campeões, com possibilidade de aumentar o número ainda neste ano, já que ainda disputará duas partidas válidas pela competição;

Vale lembrar que Messi ainda está em plena atividade no futebol e que ainda poderá quebrar muitos outros recordes, inclusive seus próprios feitos. Nessa briga por recordes, Messi tem um grande concorrente, o português Cristiano Ronaldo, que recentemente tem revezado com o argentino a Bola de Ouro e possui apenas um gol a menos que ele na Liga dos Campeões.

Por Rannier

Lionel Messi

Foto: Divulgação


O Barcelona enfrentou o Levante pela 32ª rodada do Campeonato Espanhol, e apesar de não construir uma vitória convincente, conquistou os três pontos com o placar mínimo de 1 a 0 e se aproximou ainda mais do título.

A partida foi realizada no Camp Nou, e o "Barça" não pôde contar com sua principal estrela, Lionel Messi, que se recupera de lesão e está sendo preservado para a semifinal da Liga dos Campeões, quando o Barcelona vai encarar a forte equipe do Bayern de Munique.

Na primeira etapa o Barcelona desperdiçou um pênalti, que o aŕbitro assinalou erroneamente, com David Villa; e logo no início do segundo tempo o juiz voltou a errar, quando Acquafresca dominou a bola na mesma linha dos defensores e assinalou para os visitantes, porém foi marcado impedimento.

Após os seguidos erros da arbitragem, o Barcelona reagiu e aos 38 minutos da segunda etapa, quando Fábregas recebeu a bola próximo à grande área e chutou, sem chances para o goleiro adversário, decretou a vitória.

Com os três pontos assegurados, o time catalão chegou aos 84 pontos na competição e se manteve a 13 do Real Madrid, que também venceu na rodada, e continua com chances de conquistar o título; porém faltam apenas seis rodadas para o término do Campeonato Espanhol e apenas mais uma vitória dá o "caneco" ao Barcelona.

Por Vinicius Cunha


O PSG não perdeu tempo e entrou com recurso junto a UEFA para que Ibrahimovic seja julgado novamente, devido a sua expulsão na partida conta o Valência, e com isso seja liberado para enfrentar o Barcelona no jogo de ida.

A entidade desportiva aceitou o recurso do clube francês, e afirmou que o mesmo será analisado terça-feira, 26/03; caso acate a defesa do time de Paris, a pena será diminuída, já que a pena inicial prevê dois jogos de suspensão, sendo um deles já cumprindo, mas a UEFA também pode ampliá-la, já que acontecerá novo julgamento, sem vínculo com o primeiro.

Os jogos de ida das quartas de final da Champions League acontecem nos dias 2 e 3 de abril. Caso seja liberado para poder jogar contra o Barcelona, Ibrahimovic terá a oportunidade de mostrar à diretoria e torcedores do time espanhol que a decisão de liberá-lo para o PSG foi errada.

Serão dois jogos com a participação de atletas renomados e que fazem a diferença em campo.Estarão presentes nada mais nada menos do que: Messi; Ibrahimovic (no mínimo em um deles); Xavi; Iniesta; Lucas; Lavezzi e outros grandes do futebol.

Está lançada a "sorte", e que vença o melhor.

Por Vinicius Cunha


O ano de 2013 não está sendo tão brilhante, como de costume, para o Barça, pois o clube já perdeu dois jogos para o maior rival e ainda tem uma batalha super difícil de ser vencida pelo Champions League: reverter o placar adverso de 2 a 0 contra o Milan, pelas oitavas de final da competição.

O que era comentado apenas entre a mídia, agora já sai da boca de alguns jogadores, entre eles o brasileiro Daniel Alves, que disse ver o clube sem "tesão" pela vitória, diferente da situação e fome de vitórias vivida no ano passado.

Messi não tem sido decisivo nos últimos jogos do Barcelona, porém, nada melhor do que uma vitória e classificação em cima do Milan, que seja acima de dois gols de diferença, para levantar o moral do time e do argentino, quatro vezes melhor do mundo de forma seguida.

Mesmo a fase não sendo tão boa, o clube catalão lidera o campeonato espanhol e é o favorito a adquirir o brasileiro Neymar, que caso vá mesmo para o Barça, pode ser uma espécie de injeção de ânimo no plantel.

A partida com o time italiano acontece às 16h45min desta terça-feira (horário de Brasília). Certeza de bom jogo e de Camp Nou lotado. Ao final dos 90 minutos se verá um gigante ressurgido ou a decretação de fim da era mágica dos "filhos" do Guardiola.

Por Vinicius Cunha


Messi chega ao gol de numero 90 no ano e Barcelona goleia o Atlético de Madrid por 4×1 no Camp Nou, pelo Campeonato Espanhol. O argentino foi decisivo para a vitória do time catalão.

O Barcelona com tranquilidade se mantem na liderança, subiu para 46 pontos e abriu 9 pontos de vantagem sobre o Atlético de Madrid que esta na segunda posição.

Mesmo jogando no Camp Nou, o jogo começou difícil para o Barcelona. O Atlético Madrid, começou melhor com o colombiano Falcão Garcia acertando uma bola na trave. Aos 30 minutos ele ganha da zaga do Barcelona e marca um gol de cobertura.

O time catalão deu uma resposta rápida e aos 35 minutos o jogador brasileiro Adriano, bate de perna esquerda acertando o ângulo do goleiro Victor Valdés. E com um gol de Busquets nos minutos finais da primeira etapa o Barcelona vira o jogo.

Messi não brilhou no primeiro tempo, mas no segundo tempo aos 13 minutos ele marca de canhota no canto do goleiro Courtois. Com bobeada do zagueiro Godin, o argentino rouba a bola e com um toque sutil de gênio marca o gol de numero 90 no ano e mantém recorde absoluto pelo Guiness Book.

Por Viviane Nascimento





CONTINUE NAVEGANDO: