Após um período de negociações entre jogador, empresário e clube, foi confirmada, na última sexta-feira (09/01), a renovação de contrato do goleiro Jefferson com o Botafogo. O atleta, que também vem sendo o principal arqueiro da Seleção Brasileira comandada pelo técnico Dunga, sempre demonstrou muito carinho pelo Alvinegro e renovou até 2017 com o clube carioca.

Através das redes sociais, Jefferson comunicou à torcida botafoguense a sua renovação com o clube e agradeceu todo o carinho e apoio que recebeu dos torcedores ao longo desse período de conversas com a diretoria. O goleiro reafirmou o seu desejo de encerrar a carreira no Botafogo e ressaltou a vontade de ajudar o Glorioso a retornar para a elite do Campeonato Brasileiro.

"Torcida Alvinegra, comemoro aqui junto com todos vocês a minha renovação com o Botafogo, o que é um orgulho para mim. Por todo o período de negociações com a diretoria, sempre coloquei em primeiro lugar o meu amor pelo Botafogo e sempre quis ressaltar que tenho o objetivo de encerrar a minha carreira vestindo essa camisa. Gostaria de agradecer a todos os torcedores que ao longo desse momento me enviaram mensagens de incentivo, respeito e carinho. Em breve e junto com os velhos e novos companheiros de time, vamos colocar de volta o Botafogo no lugar de onde ele não deveria ter saído nunca. Vamos trabalhar e nos esforçar muito para levar o clube para a primeira divisão novamente, e fazer com que o Botafogo volte a encontrar o caminho dos títulos e das vitórias, como sempre foi na sua gloriosa história", postou Jefferson.

A proposta feita pelo presidente do clube, Carlos Eduardo Pereira, e o vice de futebol, Antônio Carlos Mantuano, que selou o acordo da renovação, foi apresentada pelos dirigentes ao empresário do jogador, Gerson Sá, ainda na noite de sexta-feira (09/01). E após um telefonema do agente para Jefferson, em que os números foram informados, o goleiro aceitou imediatamente.

Apesar de Jefferson ainda ter contrato com o Botafogo até o fim deste ano, o atleta estava insatisfeito com a dívida de R$ 2 milhões que o clube tem com ele e queria garantias de que receberá os salários da nova diretoria Alvinegra. Após renovar, o jogador selou um novo compromisso com o clube de General Severiano até o fim de 2017. E apesar de não ter se reapresentado junto com o restante do grupo para o início da pré-temporada de 2015, na última quinta-feira (08/01), o goleiro se juntou ao elenco na segunda-feira (12/01).

Por João Calvet

Jefferson renovou contrato com o Botafogo

Foto: Divulgação


Apesar das expectativas e dos planos do Botafogo de renovar o contrato do zagueiro André Bahia, o clube não poderá mais contar com o jogador para a recuperação e reestruturação do time Alvinegro no ano de 2015, em que o clube carioca disputará o Campeonato Brasileiro Série B.

O atleta resolveu mudar os rumos de sua carreira e decidiu aceitar uma proposta oferecida pelo Shonan Bellmare, do Japão, que acabou de conquistar o seu acesso para a elite do futebol japonês.

O Glorioso já tinha acertado bases no contrato de André Bahia assegurando a sua renovação para a próxima temporada, e por isso o clube carioca já dava como certa essa renovação com o defensor. Porém, havia uma cláusula que permitia a liberação do jogador caso se concretizasse essa oferta vinda do Japão. Portanto, o próprio Botafogo, em seu site oficial, divulgou uma nota confirmando a saída do zagueiro e agradecendo pelos seus serviços prestados ao clube.

André Bahia participou de 56 partidas vestindo a camisa botafoguense e marcou três gols ao todo. O mais importante desses gols foi o marcado contra o Ceará, em um jogo válido pelas oitavas de final da Copa do Brasil, e que garantiu a classificação do Glorioso para as quartas-de-final da competição nacional, onde foi derrotado e eliminado pelo Santos.

Veja abaixo a nota divulgada pelo Botafogo comunicando a saída do zagueiro André Bahia e o agradecendo pelos serviços prestados ao clube:

"O Botafogo de Futebol e Regatas comunica que o jogador André Bahia, por força do contrato, não é mais atleta do clube. No contrato que estava em vigor com o defensor existia uma cláusula que, no caso de uma proposta vinda de um clube japonês até o dia 31 de dezembro deste ano (2014), o mesmo poderia ser liberado, e foi o que aconteceu. Os melhores agradecimentos do Botafogo ao atleta pelos serviços prestados ao clube".

Por João Calvet

Andr? Bahia sai do Botafogo

Foto: Paulo Sérgio


O Botafogo declarou no último sábado (13/12) que pretende contar mesmo com o técnico René Simões para o comando do time Alvinegro no ano de 2015, inclusive na série B do Brasileirão, em que o clube aposta no treinador para levar o Glorioso de volta para a elite do futebol brasileiro.

O próprio presidente Carlos Eduardo Pereira já deu como certa a contratação de René Simões dizendo que faltam apenas alguns detalhes para concretizar a negociação. "Deve ser ele mesmo. Tudo está caminhando para que ocorra um acerto com o René sim. O departamento de futebol ainda tem alguns detalhes para serem definidos e só estamos aguardando por isso", afirmou Carlos Eduardo Pereira.

O futuro técnico do clube carioca tem a rejeição de uma parte da diretoria, porém, é visto também como um profissional com experiência e motivador dos atletas em momentos de incertezas e reformulação, como é o caso do Botafogo, atualmente. Além disso, René Simões tem o apoio de Carlos Alberto Torres, que é um consultor da nova diretoria Alvinegra e um tipo de embaixador do clube.

O treinador também tem passagens pela segunda divisão nacional onde, inclusive, conquistou o título e o acesso com o Coritiba, em 2007. Ele também tem como destaques no seu currículo a classificação da Seleção Jamaicana para a Copa do Mundo de 1998 e a conquista de uma medalha de prata com a Seleção Brasileira feminina nas Olimpíadas de Sidney, em 2000. Além de uma passagem como técnico do Fluminense, entre 2008 e 2009, e como diretor de futebol do Vasco, em 2013, entre os clubes do Rio de Janeiro. Inicialmente, René Simões só acertaria com o Botafogo depois de ser anunciado o novo diretor de futebol, mas a negociação começou antes mesmo do anúncio do novo dirigente que será responsável pelo departamento de futebol. O favorito que vem sendo mais indicado pela nova diretoria é Anderson Barros, que estava no Coritiba, mas ainda não tem nada confirmado com o Glorioso.

A seguir tem a nota divulgada pelo Botafogo em seu site oficial, confirmando que a negociação com René Simões está bastante adiantada: "O Botafogo de Futebol e Regatas comunica que está em negociação com o técnico René Simões, que foi indicado pelo Ministro do Futebol Carlos Alberto Torres. René Simões tem uma experiência vitoriosa na Série B (do Campeonato Brasileiro) e o seu salário está compatível com a atual realidade financeira do clube. Será realizada uma coletiva de imprensa para a apresentação do novo treinador, após o contrato ser assinado".

Por João Calvet

Botafogo


Oposição à presidência de Maurício Assumpção no Botafogo, o grupo de Carlos Eduardo Pereira, novo presidente do Fogão, se diz contrário às últimas decisões tomadas por Assumpção, principalmente às dispensas de quatro jogadores: Emerson Sheik, Júlio César, Edílson e Bolívar; estes dois últimos já tiveram seus contratos rescindidos formalmente e a situação é um pouco mais complexa.

De acordo com Carlos Eduardo Pereira, uma de suas principais tarefas será se encontrar com os quatro jogadores supracitados e tentar fazer com que eles voltem a fazer parte do grupo alvinegro. Apesar de não anunciado oficialmente, Antônio Carlos Mantuano deve ser o vice-presidente de futebol e o responsável direto por aproximar esses atletas ao clube, que vive uma situação financeira delicada e não terá missão fácil na aquisição de reforços.

Se por um lado o novo grupo de gestores do Botafogo tenta repatriar atletas, por outro tem a missão de segurar um dos principais jogadores do elenco, o goleiro da seleção brasileira Jefferson, que já declarou publicamente a sua insatisfação com a diretoria e comando de Maurício Assumpção; troca de "farpas" aconteceram recentemente e foram anunciadas na mídia.

Carlos Eduardo Pereira afirmou categoricamente que Jefferson é um elemento fundamental nos planos do clube a partir de 2015. O atual presidente disse que o goleiro só sai do Botafogo caso queira, dando sinais que no que depender da nova direção não haverá empecilhos para segurar o camisa um, que em entrevista anterior alegou não ver problemas em disputar a Série B na próxima temporada, apesar de especulado em outras agremiações, como o São Paulo.

Série B que está cada vez mais próxima do Botafogo, penúltimo colocado no Brasileirão 2014, com apenas 33 pontos em 36 jogos disputados; as duas próximas partidas do Fogão são contra o Santos, fora de casa, e contra o Atlético Mineiro, em casa, pela última rodada do campeonato. De acordo com matemáticos, o Botafogo está 99% já rebaixado, ou seja, só um milagre livra o time da Segunda Divisão.

Por Vinicius Cunha

Botafogo

Jogadores Botafogo

Fotos: Divulgação


A situação do Botafogo está cada vez mais complicada na tabela do Campeonato Brasileiro e o clube carioca tão tradicional segue rumo à Série B da competição nacional, a segunda queda de sua história (o time alvinegro também disputou a segunda divisão do Brasileirão em 2003).

E nesse cenário nebuloso o volante Marcelo Mattos falou sobre o momento do clube, chamando a atenção para um pensamento de reação e que ninguém se dê por vencido mesmo se o pior acontecer. "Vamos fazer de tudo para evitar a queda, mas não será o fim do mundo se o clube cair. Temos que seguir de cabeça erguida. Podemos sair dessa situação enquanto há chance, mas seguiremos trabalhando se isso acontecer. Estamos sujeitos a isso no futebol", disse o volante. Marcelo Mattos ficou um longo tempo afastado do trabalho por conta de uma lesão na região pubiana e ainda teve seu retorno adiado por sofrer dificuldades no processo de cicatrização após uma cirurgia realizada no local. O volante voltaria logo após a parada para a Copa do Mundo, mas retornou apenas no último dia 16 de novembro, no clássico diante do Fluminense. Porém, mesmo voltando já na reta final do campeonato e ainda readquirindo ritmo de jogo e preparo físico, o experiente jogador de 30 anos vem sendo um ponto de referência em campo e apoio para o técnico Vagner Mancini, principalmente na questão da liderança.

Na última quarta-feira (19/11), Marcelo Mattos mostrou estar totalmente envolvido com a atual situação do Glorioso, mesmo tendo estado fora dos gramados, ao chorar no final da partida diante do Figueirense, após a derrota por 1×0. "O Botafogo fez um grande campeonato no ano passado. Fomos a Libertadores e eu participei dessa campanha. Desde janeiro aconteceram mudanças em vários aspectos que nos deixaram tristes. É difícil, pois tentamos resolver no campo e não conseguimos. Não é só por aquele jogo (contra o Figueirense). Vejo esse situação em um ano em que eu esperava por conquistas, inclusive da Libertadores. Eu não queria passar por isso porque o Botafogo é um grande clube e não deveria estar lutando para não cair nas últimas rodadas da competição", analisou Marcelo Mattos.

O jogador, que é um dos responsáveis a tranquilizar um time muito jovem, também comentou, inclusive, dessa questão da falta de experiência no grupo botafoguense. Ele disse que se o time conseguisse mesclar mais experiência e juventude como fez no ano passado não estaria nessa situação de agora. "Temos o Gegê que é jovem e tem muita dedicação. Se nós tivéssemos jogadores mais experientes, como o Seedorf, por exemplo, o Gegê poderia substituí-lo aos 30 minutos do segundo tempo para começar a sentir a responsabilidade e pressão dos jogos, para depois passar a decidir as partidas e então se firmar no time. Mas somente ele não pode resolver. Não estaríamos nessa situação se o time tivesse mais experiência. É muito complicado isso", encerrou Marcelo Mattos.

Por João Calvet

Marcelo Mattos do Botafogo

Botafogo

Fotos: Divulgação


Atualmente na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, o Botafogo vem lutando para escapar dessa zona na tabela e vem convivendo com uma crise interna, principalmente financeira, mas que gerou também a demissão de quatro atletas que tiveram seus contratos rescindidos (o atacante Emerson Sheik, o zagueiro Bolívar, o lateral-direito e meio-campo Edílson e o lateral-esquerdo Júlio Cesar).

O que também vem se refletindo em maus resultados em campo e, consequentemente, tem atraído pouca torcida ao estádio. Mesmo considerando também a luta dos jogadores pela situação que vem passando, como salários e direitos de imagem atrasados.

Em meio ao um turbilhão de coisas acontecendo e, à frente de tudo isso, tendo que dar satisfações, o presidente do Glorioso, Maurício Assumpção, concedeu uma entrevista ao programa Esporte Espetacular (EE), da Rede Globo.

Entre vários assuntos e questionamentos, ele respondeu perguntas como a possibilidade de rebaixamento do time, porque a demissão de alguns jogadores, a interdição do Engenhão e o prejuízo do clube com essa situação.

Assumpção chamou para si toda a responsabilidade pela atual situação do clube e também a culpa por um possível rebaixamento do time nesse ano. Confira à primeira parte da entrevista concedida pelo presidente e que foi exibida no último domingo (12/10):

– EE: A atual fase do Botafogo, como explicar?

– Maurício A.: "A diretoria contribuiu de alguma forma para isso. Porém, o que aconteceu nos últimos cinco anos de mandato é claramente mascarado por esse último ano".

– EE: Porque hoje a situação do Botafogo é mais dramática em relação aos outros clubes?

– Maurício A.: "O problema mais grave é que o Botafogo tem 100% de penhora desde o início do ano. Alguns clubes não têm 100% de penhora".

– EE: Para o presidente de grande clube, como é não ter acesso às receitas e ver seus funcionários sem receber seus salários?

– Maurício A.: "Não dormir, se emocionar, pensar sozinho, chorar. É mais do que desesperador. Isso faria parte do dia a dia de qualquer ser humano na minha situação e não seria diferente comigo".

Por João de Azeredo Gameiro Alvares Calvet

Foto: divulgação


Com a situação do Botafogo cada vez mais complicada na temporada 2014, a chance que o atacante Jóbson vem esperando há algum tempo para voltar a atuar pelo clube carioca se aproxima rapidamente e pode acontecer antes do que se esperava.

O fato é que o Glorioso vive uma crise interna, principalmente financeira, que também reflete no desempenho do time em campo e, consequentemente, na tabela do Campeonato Brasileiro, em que a equipe se encontra na Z4 nesse momento. E que foi complementada pelos recentes acontecimentos como a rescisão de contratos de quatro atletas, pelo presidente do clube Maurício Assumpção.

O próprio técnico Vagner Mancini, apesar de ainda se mostrar reticente quanto à parte física e o quanto poderia render em campo, apostou na qualidade do jogador,  nas suas primeiras entrevistas após assumir o comando do time.

E na última terça-feira (07/10), depois de observar mais alguns treinos, o treinador se animou com a possibilidade de uma reação também da torcida Alvinegra quando ver em campo, talvez, uma de suas últimas esperanças de recuperação nesse ano.

Mancini lembrou, inclusive, da campanha em 2009, quando o atacante foi fundamental e decisivo para salvar o Botafogo do rebaixamento, ou seja, a mesma situação e objetivo de 2014.

"Atualmente, o Botafogo precisa do Jóbson mais do que o Jóbson do clube. Estamos numa situação parecida com a de 2009, quando ele foi decisivo para o clube conseguir se salvar do rebaixamento. A torcida sabe que, apesar de já ter uma certa idade, se ele for bem lapidado, ainda pode ser muito mais valioso. Existe uma enorme ansiedade pela liberação dele e que ele possa render tudo aquilo que nós esperamos, sendo uma peça diferente no elenco. E tem o aspecto do torcedor, que quando ver ele jogar bem, também vai inflamar", disse Vagner Mancini.

O atacante foi reintegrado há três semanas, mas ainda não pôde atuar por causa de uma suspensão imposta pela federação saudita, pelo fato de o atleta ter se recusado a fazer exame antidoping quando jogava no país, e que o clube e o advogado tentam impugnar definitivamente em âmbito internacional.

E apesar de a CBF, através da FIFA, já ter dado uma resposta positiva em relação à punição de Jóbson, o Botafogo ainda precisa de um documento por escrito do STJD. Dessa forma, ele deverá ficar no banco de reservas no próximo jogo contra o Palmeiras hoje (08/10), no Maracanã, válido pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O atacante, de 26 anos, vinha se mostrando tímido perante os novos companheiros nos seus primeiros dias de treinos no clube. Agora, porém, já é fácil vê-lo sorrindo bastante e brincando durante as atividades.

E apesar de seu atual cabelo tingido de loiro lembrando as atitudes do "garoto de outros tempos", o seu comportamento fora de campo tem sido correto.

Por João de Azeredo Gameiro Alvares Calvet

Foto: Satiro Sodré / SSPress


Após seis jogos o Botafogo encontra-se em situação delicada, uma vez que o time já acumulou quatro derrotas e com isso, o prestígio do técnico Wagner Mancini está acabando. Diante do insucesso da equipe, a qual sofreu uma derrota de virada pelo Grêmio, o time também se encontra em zona de rebaixamento pelo Campeonato Brasileiro.

Alguns torcedores demonstram a insatisfação que tem tido com o time e aumentam ainda mais a pressão sobre o presidente Maurício Assumpção, considerado o maior defensor do técnico nas últimas entrevistas concedidas, garantindo, assim, a permanência do técnico no time por mais tempo. O Botafogo que também tinha um novo jogo marcado contra o Vitória e teve de se esforçar bastante para conseguir sair do tropeço em que se encontram. O treinador tem recebido inúmeras críticas principalmente através das redes sociais.

A fim de ajudar a equipe e melhorar sua situação, Mancini aposta em Carlos Alberto, jogador que fez sua estreia diante do Grêmio e teve sua atuação elogiada por vários brasileiros. Todavia, o jogador deixou o campo se queixando de dores na perna direita. Com isso, ele foi examinado na tarde da quinta-feira. Porém, ele acredita que estará bom durante o jogo contra o rubro-negro baiano. Segundo ele, as dores são reflexo do tempo em que esteve parado e acredita não ser nada grave.

Contudo, para um bom desempenho no próximo jogo deverá haver uma melhor interação entre a equipe, para que haja a vitória e uma motivação a mais para os jogadores. Eles não podem deixar que a zona de rebaixamento mexa com o psicológico. Diante disso, é necessário que todos reajam e sigam adiante com mais garra que nos últimos jogos. Somente assim é possível vencer as próximas partidas e conseguir driblar as derrotas sofridas. Além disso, mais passes de bola juntamente com velocidade deverão ser adquiridos pelos jogadores.

Por Luciana Viturino

Botafogo e Gr?mio

Foto: Divulgação


Botafogo x Criciúma foi um jogo importante para o Botafogo na última rodada do Brasileirão de 2013. Venceu o time do Criciúma por 3 tentos a zero, e se despediu do Brasileirão 2013 com honras.

Melhores momentos de Botafogo x Criciúma

Botafogo x Criciúma Jogo ao Vivo série A Brasileirão 2013

Pelo Criciúma, Fábio Ferreira e Elton não jogaram por estarem suspensos (3º cartão amarelo em jogo contra o São Paulo).

Quem apitou esse jogo foi o árbitro Paulo César de Oliveira da Fifa de São Paulo, tendo como bandeirinhas Altemir Hausmann e Pablo Costa.

Escalação do Botafogo

Jéfferson, Edilson, Bolívar, Dória e Julio Cesar; Gabriel, Renato, Seedorf, Lodeiro e Rafael Marques; Elias.

Escalação do Criciúma

Galatto, Sueliton, Ewerton Páscoa, Matheus Ferraz e Marlon; Bruno Renan, Serginho, João Vitor e Ricardinho; Lins e Wellington Paulista.


Coritiba x Botafogo-RJ tem jogo pelo Brasileirão 2013 da série A na tarde deste domingo, dia 1º de dezembro. A partida será disputada no Estádio Couto Pereira, em Curitiba, casa do Coxa.

Com o sofrido empate entre Fluminense e Atlético-MG ontem, o Coxa ganhou uma excelente chance de sobrevida neste jogo contra o Botafogo. Ganhando a partida, sairá da zona de rebaixamento, e colocará o Fluminense em seu lugar. O mesmo pode acontecer com o Vasco, que pode ir a 44 pontos. O Coritiba tem 42 pontos, e pode caminhar até 45.

Para o Botafogo, é um jogo de suma importância por conta de sua existência no G4. Se perder hoje, complicará bastante a sua situação, já que não terá mais chances de ir a Libertadores da América em 2014.

O Coritiba, que começou o campeonato a todo vapor, hoje é um time que realmente tem decepcionado a sua torcida. Só pra termos ideia da “tragédia”, nos últimos 5 jogos, não ganhou nenhuma partida, tendo perdido 3 e empatado 2. Podemos lembrar, ainda, que o Coritiba estava a quase 10 pontos na frente do São Paulo, enquanto este se encontrava na zona de rebaixamento cerca de 15 rodadas atrás.

Botafogo está com 58 pontos, e ainda sonha em chegar ao G4. As chances são boas, já que o time paranaense parece morto, e Grêmio e Goiás se enfrentam hoje, também pela 37ª rodada.

jogo-coritiba-x-botafogo-brasileirao-2013-serie-A-37-rodada

O jogo será apitado pelo árbitro Ricardo Marques Ribeiro, com assistência de Janette Mara Arcanjo e Pablo Almeida da Costa, todos eles do Estado de Minas Gerais.

Escalação do Coritiba

Vanderlei, Luccas Claro, Bonfim e Chico; Victor Ferraz, Júnior Urso, Willian Farias (Germano), Alex e Carlinhos; Geraldo (Julio César) e Deivid.

Escalação do Botafogo

Jéfferson, Gilberto, Dória, Bolívar e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Gabriel, Seedorf, Hyuri e Rafael Marques; Bruno Mendes.


O clássico entre Flamengo e Botafogo foi muito disputado. No primeiro tempo o Botafogo levou a melhor, foi mais criativo, impetuoso e organizado. Já no segundo tempo a melhor foi do Flamengo, o time foi mais persistente, insinuante e mostrou mais disposição. O jogo foi tão equilibrado que o resultado não poderia ser diferente: empate por 1 a 1.

Os destaques do clássico foram Seedorf e Elias. Seedorf conduziu o Alvinegro como já era esperado, pois sua atuação vem sendo assim em todos os últimos jogos. Oswaldo Oliveira comandou a equipe com muita calma, enquanto dentro de campo Seedorf gesticulava, dava orientações, criticava e elogiava seus companheiros. Esse foi o primeiro jogo do camisa 10 no estádio do Maracanã.

Mesmo Elias não mostrando tanto talento quanto Seedorf, ele tem uma postura de líder e demonstrou uma grande entrega no último jogo. Mano Menezes declarou que Elias é um jogador importante para o time, não é a toa que ele marcou o gol do empate aos 49 minutos do segundo tempo. Elias também marcou dois outros gols, porém a arbitragem anulou os mesmos. 

Por Jéssica Posenato


Foi no sufoco. O Botafogo,que havia vencido a primeira partida por 1×0, não esperava toda a pressão por parte do Figueirense.Os donos da casa entraram com tudo no intuito de eliminar os cariocas e garantir uma vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil.  

O Time da estrela solitária, também líder do campeonato brasileiro da Série A, acabou perdendo o confronto contra os catarinenses pelo placar mínimo. Assim, por conta da repetição doplacar doprimeiro duelo, os times tiveram de decidir suas sortes nos pênaltis.  

No mais,ainda no tempo normal,foi o atacante Ricardo Bueno que marcou ogol da vitória do figueirense. Seja como for,no momento das penalidades máximas, todos pareciam concentrados e iam acertando tudo. Mas, no quinto pênalti a ser batido pelo Figueira, Jeferson mostrou que tem estrela e que não é convocado à toa para ser um dos três goleiros da seleção brasileira.

O Goleiro do Fogão defendeu a cobrança e colocou os alvinegros do Rio de Janeiro na próxima fase da Copa do Brasil. O Time de Osvaldo de Oliveira agora espera o sorteio para ver quem vai enfrentar nas oitavas.

Por Madson Lima de Oliveira


O Botafogo está demonstrando que o trabalho investido na divisão de base tem rendido bons frutos.

Vários dos jogadores que estão sendo escalados são do grupo da base do Botafogo.

Com a transferência de time do Andrezinho e do Fellype Gabriel, Vitinho ganhou espaço como titular. Outra situação que está dando oportunidades aos jovens garotos é a lesão de Lucas, no lugar do titular entrara Gilberto. Este jogador acredita que a presença de mais jogadores da base o fez ficar mais tranquilo para atuar junto a equipe profissional e não conseguia imaginar como seria se fosse o único entre os veteranos. Disse que é um estimulo para ele ter vários colegas conhecidos no elenco.

Gegê, Octávio e Jeferson, ficarão no banco de reservas. Com todas essas mudanças o time refresca o grupo e traz para dentro de campo novas promessas para o futebol brasileiro.

Segundo o zagueiro Bolivar, a mistura entre jogadores experientes e as novas promessas está dando certo e o técnico botafoguense está conseguindo deixar a equipe coesa. Ainda sobre a equipe, ele agrega que hoje em dia o Botafogo conta com pelo menos um jovem atleta em cada setor.

Por Melina Menezes.


O Botafogo está demonstrando que o trabalho investido na divisão de base tem rendido bons frutos.

Vários dos jogadores que estão sendo escalados são do grupo da base do Botafogo.

Com a transferência de time do Andrezinho e do Fellype Gabriel, Vitinho ganhou espaço como titular. Outra situação que está dando oportunidades aos jovens garotos é a lesão de Lucas, no lugar do titular entrara Gilberto. Este jogador acredita que a presença de mais jogadores da base o fez ficar mais tranquilo para atuar junto a equipe profissional e não conseguia imaginar como seria se fosse o único entre os veteranos. Disse que é um estimulo para ele ter vários colegas conhecidos no elenco.

Gegê, Octávio e Jeferson, ficarão no banco de reservas. Com todas essas mudanças o time refresca o grupo e traz para dentro de campo novas promessas para o futebol brasileiro.

Segundo o zagueiro Bolivar, a mistura entre jogadores experientes e as novas promessas está dando certo e o técnico botafoguense está conseguindo deixar a equipe coesa. Ainda sobre a equipe, ele agrega que hoje em dia o Botafogo conta com pelo menos um jovem atleta em cada setor.

Por Melina Menezes.


O Botafogo apresentou mais um reforço para a disputa do Campeonato Brasileiro, trata-se do zagueiro Dankler, de apenas 21 anos. O jovem defensor chegou ao Glorioso após um embróglio contratual com o Vitória, seu clube formador. Dankler não joga há mais de um ano e chega ao clube da estrela solitária para ser o 7º zagueiro do elenco. O Botafogo conta com Rodrigo Defendi, Dória, Bolívar, Antônio Carlos, André Bahia e Matheus Menezes.

Dankler mal chegou ao Botafogo, mas parece estar com moral. Em sua apresentação oficial, na sala de imprensa do Engenhão, o zagueiro recebeu das mãos do gerente executivo Aníbal Rouxinol a camisa 6, eternizada no clube pelo ídolo Nilton Santos, lateral que teve o Botafogo como único clube na carreira e foi bicampeão mundial com a seleção brasileira.

Com um semblante sério e poucas palavras, Dankler traduz perfeitamente o estilo zagueirão que fez com que se destacasse no Vitória. Com uma política de contratar jogadores em final de contrato ou insatisfeitos em seus clubes, o Botafogo aposta que seu novo zagueiro, que alia técnica e juventude para surpreender.

Dankler poderá torcer pelos seus novos companheiros já no próximo sábado, onde o Botafogo enfrentará o Náutico, às 18h30, em São Januário.

Por Marcos Junior


O goleiro do Botafogo, Jefferson, recebeu uma homenagem da diretoria do Botafogo por conta dos seus 300 jogos com a camisa alvinegra, completados no jogo do último domingo, contra o Grêmio, em Porto Alegre (RS).

Após o treino da manhã, na sede social de General Severiano, Jefferson foi recepcionado na Sala de Imprensa por um batalhão de jornalistas que já sabiam da homenagem.

O presidente do clube, Mauricio Assumpção, e o Vice-Presidente de Futebol, Francisco Fonseca, entregaram a Jefferson uma caixa de acrílico, onde dentro dela havia uma luva estilizada segurando uma estrela, além de uma placa o parabenizando pela marca histórica.

Jefferson poderia ter alcançado a marca anteriormente se não tivesse sido convocado com tanta frequência para a Seleção Brasileira a partir de 2009. Atualmente, o goleiro é capitão da equipe alvinegra e um dos goleiros da confiança do técnico Luiz Felipe Scollari, com grandes chances de disputar a Copa do Mundo no ano que vem.

O Botafogo de Jefferson enfrenta o Náutico neste sábado, às 18:30, no estádio de São Januário. A vitória pode colocar a equipe na liderança do Campeonato Brasileiro, que atualmente pertence ao Coritiba.

Por Júlio Abreu


O lateral-direito do Botafogo, Lucas, será submetido a uma cirurgia às pressas por conta de uma fratura no tornozelo esquerdo. A lesão aconteceu depois de o jogador receber um carrinho por trás de Zé Roberto, meio campo do Grêmio.

O jogador desembarcou no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro (Galeão) de cadeira de rodas e chorando bastante. Em nota, o Departamento Médico do Botafogo informou que novos exames serão realizados e que o jogador precisa ser submetido a uma operação o quanto antes. O prazo de retorno aos gramados é indeterminado.

O Botafogo de Lucas enfrentou o Grêmio no último domingo, em Porto Alegre, e perdeu por 2 a 1, com gols de Vargas (dois) e Seedorf. A equipe alvinegra, que era líder, caiu para a 3ª posição, enquanto os gaúchos subiram para a 6ª.

Por conta da violência na jogada, Zé Roberto deve ser julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e poderá até ser suspenso por alguns jogos. Após a jogada em que se machucou, Lucas deixou o campo aos gritos e foi substituído logo em seguida por Gilberto, que deve assumir a vaga em definitivo enquanto Lucas se recupera.

Por Júlio Abreu


O campeonato Brasileiro de 2013 tem um novo líder: o Botafogo. O time de Oswaldo de Oliveira derrotou o Fluminense pelo placar mínimo num dos clássicos mais tradicionais do futebol nacional. O jogo foi disputado em Recife e teve um bom número de torcedores nas arquibancadas.

Era um duelo interessante entre Fred, que voltava da conquista da Copa das Confederações, e Seedorf, o principal jogador da estrela solitária. A grama curta e encharcada facilitava os chutes de fora da área e, num desses lances, o goleiro Diego Cavalieri acabou sendo surpreendido pela batida seca do meia holândes do Botafogo.

O resultado de 1×0 foi suficiente para colocar o Fogão no topo da tabela do Brasileirão. Os alvinegros tem 13 pontos e estão na frente do Coritiba, com 12 pontos na competição. Já a equipe de Abel Braga é o quarto com 9 pontos ganhos.

Oswaldo de Oliveira afirmou que o Botafogo precisa descansar e não ficar vislumbrado com a liderança. O tricolor das laranjeiras saiu reclamando da arbitragem, pois segundo eles houve um pênalti sofrido por Rafael Sóbis que não foi marcado.

O Fluminense joga contra o Internacional na próxima rodada no Rio de Janeiro. Já o líder enfrenta o Grêmio fora de casa.

Por Madson Lima de Oliveira


O Botafogo é o mandante do clássico que acontecerá no domingo contra o Fluminense, na Arena Pernambuco. Embora seja o mandante, o Botafogo, junto com os administradores do estádio e com o Fluminense, entrou em acordo para dividir igualmente a renda do jogo. A venda dos ingressos irá começar no dia 3, quarta-feira.

As despesas com hospedagem e com a viagem serão pagas pelos clubes. Para realizar a disputa em Recife, foi necessário que os times entrassem em acordo com a Federação do Estado do Rio de Janeiro para que a federação entendesse a dificuldade de encontrar um estádio adequado para a realização do jogo.

O acordo foi feito seguindo os moldes dos anos anteriores e já visando ao jogo do segundo turno, quando o mandante será o Fluminense. Dependendo do acordo com os administradores, o próximo clássico será realizado no Maracanã.

Além de ter negociado com a Arena Pernambuco, o Botafogo segue em negociação com mais dois estádios. A expectativa é disputar 10 jogos no Maracanã e 5 jogos no Estádio Mané Garrincha, em Brasília.

Antes de jogar contra o Fluminense, o Botafogo enfrenta o Figueirense no dia 3 de julho, em Volta Redonda pela Copa Brasil.

Por Jéssica Posenato


O Botafogo tem mais uma baixa em seu time: Andrezinho agora irá jogar na China. O meia irá viajar na próxima sexta-feira rumo a China para assinar o seu contrato com o time Tianjin Teda, o contrato terá duração de dois anos.

O time Tianjin Teda é treinado por Alexandre Guimarães, técnico brasileiro que já foi treinador da seleção de Costa Rica.

O empresário de Andrezinho negou que a transferência esteja sendo feita, porém os amigos do jogador garantiram que já está tudo acertado, tanto é que já houve uma confraternização de despedida para o jogador.  

Andrezinho tem 29 anos e estreou pelo Botafogo em 2012, foram 60 jogos com a camisa do time sendo que 50 foram no ano passado. De todos os jogos, o jogador marcou o total de 10 gols e foi campeão estadual. O meio também jogou no time de base do Flamengo, pelo Internacional e na Ásia, entre os anos de 2004 e 2007, pelo time Pohang Steelers.

Depois de Fellype Gabriel, essa é a segunda baixa desse ano que o Botafogo sofre e a situação preocupa os torcedores. 

Por Jéssica Posenato


Dória, jovem zagueiro canhoto do Botafogo é a bola da vez no mercado nacional. Valorizado por boas atuações no Alvinegro e na Seleção Brasileira Sub-20, o atleta de apenas 18 anos foi especulado por grandes clubes e o Porto, de Portugal, pretende até colocar outros atletas em negociação pelo jogador.

A proposta do clube português seria envolver o atacante Kleber, ex-Palmeiras, como parte do investimento por Dória. O entrave dos dirigentes quanto à negociação é grande, já que o Botafogo não abre mão do valor total da multa rescisória do atleta, que gira em torno de R$ 23 milhões. Outro dificultador é a baixa visibilidade de Kleber no Brasil, além da bronca da torcida com o ataque alvinegro, que não passa por um momento goleador.

Criado em Marechal Hermes, o atleta promissor nas Categorias de Base demonstra personalidade com a camisa 3 do Botafogo e parece feliz em General Severiano. Dória está alheio às especulações envolvendo seu nome e se prepara para o próximo duelo do Botafogo, diante do Figueirense, em local a definir. O mando de campo é alvinegro, faltando apenas definir o local da partida, que poderá até acontecer no Maracanã.

Por Marcos Junior


Sem poder utilizar o Engenhão até 2014, o Botafogo busca alternativas para demonstrar seu bom futebol na temporada atual. Após ficar sem sua casa, interditada devido a problemas estruturais, o Glorioso intensificou as conversas para poder jogar no novo Maracanã no segundo semestre deste ano, quando retornam o Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil.

A ideia dos mandatários do Alvinegro é realizar entre 10 e 12 jogos na nova Arena. O primeiro confronto alvinegro, inclusive, surge como ótima opção para a reestreia do Glorioso no Maracanã. No dia 7 de julho, o Fogão recebe o Fluminense, mas ainda necessita do aval dos administradores.

Em negociação há algumas semanas com representantes do Consórcio Maracanã, a diretoria do Botafogo está otimista quanto a um desfecho positivo, mesmo sabendo que terá que ajustar a grade de programação de jogos com Flamengo e Fluminense.

Sem poder perder tempo, o Botafogo negocia paralelamente com os administradores do Estádio Mané Garrincha, em Brasília. A capital do país é considerada boa opção, já que conta com um grande reduto de botafoguenses.

O próximo compromisso do Botafogo será diante do Figueirense, dia 3 de julho, em jogo válido pela terceira fase da Copa do Brasil. O mando de campo é da equipe carioca, que ainda não sabe onde irá atuar.

Por Marcos Junior


A vitória por 2 a 0 do Botafogo deixou a Ponte Preta na zona de rebaixamento. O jogo válido pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro foi surpreendente, mas o time da estrela solitária mostrou-se melhor, principalmente com a atuação de jogadores como o holandês Seedorf que marcou um gol e cobrou o escanteio para o segundo gol.

Mesmo jogando em casa, o time da Ponte Preta não fez uma boa partida, apesar do começo equilibrado, a Ponte teve dificuldades em impor um ritmo de jogo. Por outro lado, o Botafogo mostrava-se muito empenhado, com um time entrosado e que fazia ótimas jogadas. O primeiro gol saiu aos 31 minutos do primeiro tempo. Após cobrança de falta de Lucas e assistência de Fellype Grabriel e Rafael Marques, Seddorf completa para o gol.

Foi com a mesma coletividade do primeiro gol que o Botafogo ampliou 5 minutos depois. Seedorf bateu escanteio, Bolívas cabeceou e na sobra, Antônio Carlos balançou as redes também de cabeça. Foi um bom primeiro tempo exceto pela lesão de Antônio Carlos que foi substituído por André Bahia

No segundo tempo a Ponte até tentou uma reação, mas sem sucesso. O que levou o time do interior paulista à zona de rebaixamento. Na próxima rodada do Brasileirão, que só ocorre no dia 6 de julho, o Botafogo enfrenta o Fluminense e a Ponte Preta encara, fora de casa, o Náutico.

Por Robson Quirino de Moraes


Como era de se esperar, o Botafogo teve o maior número de destaques no evento de Premiação do Campeonato Carioca. Além de ter o meia holandês Seedorf escolhido como o melhor jogador do campeonato, o Alvinegro também teve o prêmio de melhor técnico (Oswaldo de Oliveira) e outros sete jogadores na seleção dos melhores da competição.

O goleiro Jefferson, o lateral-direito Lucas, os zagueiros Dória e Bolívar, o volante Gabriel e os meias Lodeiro e Seedorf, foram os mais votados e faturaram o prêmio. O jovem atacante Vitinho foi apontado como a Revelação do campeonato.

Dos outros clubes, apenas Carlinhos (lateral-esquerdo do Fluminense), Jean (volante do Fluminense), Hernane (atacante do Flamengo) e Fred (atacante do Fluminense) não eram do Botafogo.

A equipe alvinegra conquistou o Carioca de forma incontestável, vencendo os dois turnos da competição. O bom desempenho da equipe do técnico Oswaldo de Oliveira credenciou o Botafogo como um dos favoritos ao título da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro.

Os próximos jogos da equipe alvinegra serão contra o CRB (nesta quarta-feira, pela Copa do Brasil) e o Corinthians (no próximo final de semana, em jogo válido pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro).

Por Júlio Abreu


Botafogo é o Campeão Carioca 2013Na tarde do dia 5 de maio de 2012, o Botafogo de Futebol e Regatas ganhou seu vigésimo título do Campeonato Carioca. A vitória em cima do Fluminense por 1 a 0 em Volta Redonda foi suficiente para que clube da estrela solitária levasse a Taça Rio sem ter que realizar outro jogo, caso o Fluminense ganhasse.

O técnico Oswaldo de Oliveira montou um esquema que não somente segurou o Fluminense como impôs seu ritmo de jogo nos momentos mais decisivos. A partida começou um pouco tensa entre os atletas, principalmente entre Leandro Euzébio que se desentendeu com Marcelo Mattos, após este levar um puxão no pescoço dado por Thiago Neves. O que deixou o jogo um pouco parado até a metade do primeiro tempo.

Aos 28 minutos, Rafael Marques balançou as redes para o Botafogo, mas o gol foi anulado, mas aos 41’, Lucas teve uma boa oportunidade e chutou forte, Dória desviou e Rafael Marques tocou na saída do goleiro Diego Cavalieri e fez o gol. A vitória acabou com as chances do Fluminense de se tornar bicampeão esse ano.

O último título do Fogão tinha sido em 2010 e também foi um Campeonato Carioca. A conquista de 2013 foi a primeira de holandês Seedorf pelo Botafogo.

Por Robson Quirino de Moraes


Jogo Botafogo x Volta Redonda A torcida do Botafogo está em êxtase: a equipe venceu o Volta Redonda, por 1 a 0, no estádio Raulino de Oliveira, e encerrou a Taça Rio com 100% de aproveitamento. O gol da vitória foi marcado por Bruno Mendes. Campeão da Taça Guanabara, o clube alvinegro pode estar a dois empates do tão sonhado título do Campeonato Carioca.

Classificado como primeiro colocado do grupo com duas rodadas de antecedência, o Botafogo enfrenta o Resende no próximo sábado pela semifinal da Taça Rio, no Raulino de Oliveira, com a vantagem do empate. Na outra semifinal, o Fluminense mede forças com o Volta Redonda.

O Glorioso entrou em campo para enfrentar o Volta Redonda com um time formado por  muitos reservas, mas que deram conta do recado. Diante de pouco mais de dois mil torcedores, o Glorioso começou a partida dominando as principais ações, mas sem conseguir converter a superioridade em gols. O gol da vitória veio apenas no início do segundo tempo, com Bruno Mendes, aproveitando o rebote.

Nesta quarta-feira, o Botafogo enfrenta o Sobradinho, também no Raulino de Oliveira, pelo jogo de volta da primeira fase da Copa do Brasil. Uma vitória simples garante a classificação para a próxima fase. 

Por Julio Abreu


Apoiado por milhares de alvinegros, o Botafogo bem que tentou, mas não conseguiu passar pela  retranca do Sobradinho, empatando em 0 a 0, em Brasília, na estreia das equipes na Copa do Brasil. Com o resultado, o Glorioso não conseguiu eliminar a partida de volta, que será realizada na semana que vem, no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda.

Um novo empate em 0 a 0 na próxima quarta-feira leva a partida para os pênaltis. Empate com gols dá a classificação em Sobradinho, pois na competição tem vantagem o clube que marcar fora de casa.

Quando a bola rolou, o Botafogo parecia estar jogando em casa. Uma multidão compareceu ao Bezerrão, em Brasília, para apoiar a equipe. Sob a batuta de Seedorf, o time fez o possível para tentar se desvencilhar da forte marcação adversária. Fellype Gabriel, aos 7 minutos, e Julio Cesar, aos 16’ e aos 44’, também tentaram, mas sem sucesso.

Na etapa complementar, Lodeiro se machucou e deu lugar a Vitinho, que, no entanto, desperdiçou diversas oportunidades. Bruno Mendes, em noite pouco inspirada, e Rafael Marques pararam diante do goleiro Donizeti, que estava em noite muito inspirada. No fim das contas, empate de 0 a 0 e a classificação para a 2ª fase da Copa do Brasil adiada para a semana que vem.

Por Julio Abreu


Sobradinho x Botafogo ResultadoTerminou agora a pouco a partida entre Sobradinho e Botafogo. O jogo, que marcava a estreia das duas equipes na Copa do Brasil, terminou empatado em 0 a 0.

O empate freou a sequencia de 8 vitórias seguidas da equipe carioca. Além disso, agora o Sobradinho joga com a vantagem do empate com gols.

Diferentemente das partidas do Campeonato Carioca, o Botafogo não repetiu as boas atuações dos últimos jogos e pecou muito nas finalizações. O Soberano até dominou a partida, mas não transformou isso em gols. Já o Sobradinho, embora tenha passado um sufoco, conseguiu o que queria e levou a decisão para a segunda partida.

Agora, as duas equipes voltam a se encontrar no dia 25 de abril (quinta-feira da próxima semana). A partida de volta acontecerá no estádio Raulino de Oliveira e o Botafogo terá todo o apoio de sua torcida para garantir a vaga na competição.

É importante lembrar que caso a partida termine novamente sem gols, a decisão será por pênaltis. Já a equipe que vencer a partida estará automaticamente classificada para a próxima fase.

Confira no vídeo abaixo os melhores momentos do jogo:


O Botafogo entrou em campo na quarta-feira à tarde, em partida válida pela terceira rodada da Taça Rio. O jogo tinha sido adiado e com isso o clube da estrela solitária chegou aos cinco jogos, 15 pontos, liderança geral da competição e ainda garantiu a classificação às semifinais do campeonato, com duas rodadas de antecedência.

A partida contra a equipe de Nova Friburgo marcou a volta de Clarence Seedorf, que retornava após cumprir suspensão e ser apenas advertido pelo Tribunal Esportivo, porém o meio-campista foi apenas regular e não desequilibrou a partida.

Os gols do "Fogão" foram marcados por Bolívar, Fellype Gabriel e Vitinho, que mais uma vez jogou bem e voltou a ser decisivo. O gol do Friburguense foi marcado por Marcelo.

A próxima partida pela Taça Rio será contra o Nova Iguaçu, domingo, 14/04, em Moça Bonita.

Foi a sétima vitória seguida do Botafogo, e Oswaldo de Oliveira, treinador do clube, luta para a conquista da Taça Rio, pois desta forma o Campeonato Carioca cessaria e automaticamente o time da estrela solitária seria considerado campeão estadual. O Botafogo tem 19 títulos regionais e conquistou a última taça em 2010.

Por Vinicius Cunha


Sob o sol escaldante do estádio de Moça Bonita, em Bangu, o Botafogo venceu o Friburguense, por 3 a 1, e com isso garantiu a classificação antecipada para as semifinais da Taça Rio. Os gols da vitória foram marcados por Fellype Gabriel, Vitinho e Bolívar. Marcelo descontou para o time de Nova Friburgo.

Na partida que marcou o retorno do Seedorf à equipe, ausente após cumprir suspensão,  o Botafogo não mostrou o mesmo brilho das partidas anteriores, mas foi eficiente desde os minutos iniciais. Com ampla superioridade em campo, a equipe abriu o placar logo aos 14 minutos, com Bolívar, após aproveitar rebote do goleiro.

Aos 31 minutos, Fellype Gabriel aproveitou bobeada da defesa adversária, driblou o goleiro Adilson e ampliou: 2 a 0. Na etapa complementar, Vitinho marcou mais um, após receber belo passe de Lodeiro. Aos 40 minutos, o Friburguense esboçou reação quando Marcelo diminuiu, mas já era tarde demais.

Esta foi a sétima vitória consecutiva do Botafogo no Campeonato Carioca. Líder do Grupo A com 15 pontos e 100% de aproveitamento, a equipe alvinegra enfrenta o Nova Iguaçu, neste domingo, na próxima rodada. Já o Friburguense recebe o Madureira no Eduardo Guinle.

Por Julio Abreu


Campeão da Taça Guanabara, o Botafogo confirmou a boa fase e goleou o Vasco por 3 a 0 no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. Os gols do Botafogo foram marcados por Rafael Marques, Lodeiro e Fellype Gabriel.

Com o resultado, a equipe alvinegra precisa de apenas uma vitória nos próximos quatro jogos para garantir a sua vaga nas semifinais da Taça Rio. Já o Vasco está em situação crítica, na lanterna do Grupo A e praticamente eliminado da competição.

Com um público de cerca de 7 mil pessoas, o clássico começou com o Botafogo tomando a iniciativa da partida, controlando as principais ações. Apesar do domínio, o Glorioso não conseguiu converter a superioridade em gols.

Na etapa complementar, o Botafogo mostrou não estar traumatizado com a interdição do Engenhão. Aos 7 minutos, Bruno Mendes desviou de cabeça e a bola sobrou para Rafael Marques, que chutou para o fundo do gol: 1 a 0. Cinco minutos depois, Júlio Cesar cruzou da esquerda, o goleiro espalmou para o meio da área e Lodeiro, que vinha de trás, chutou no ângulo, ampliando o placar.

Por fim, Fellype Gabriel acertou um belo chute e fechou o placar para o Botafogo: 3 a 0.

Confira no vídeo abaixo os melhores momentos da partida:

Por Júlio Abreu


O Vasco jogava a final da Taça Guanabara, contra o Botafogo, podendo até empatar que, mesmo assim, levaria o título do 1º turno do Campeonato Carioca.

O time da cruz de malta segurou o empate até aos 35 minutos da segunda etapa, até que, em jogada que se iniciou com o holandês Clarence Seedorf, a bola chegou até o bom lateral Lucas, e este não desperdiçou, fazendo o gol que deu o título ao Fogão.

Com o título, o Botafogo garante no mínimo uma das vagas para a decisão do Campeonato Carioca, porém caso vença a Taça Rio (2º turno do Campeonato), não precisará disputar a final e será declarado campeão do Estado em 2013.

Quando Seedorf foi contratado, a torcida botafoguense e a mídia esportiva questionaram até que ponto o holandês poderia contribuir para o futebol do clube, e se a aquisição não seria apenas uma jogada de marketing, já que o jogador tem 36 anos e estaria no final de sua carreira.

Para a surpresa de muitos e felicidade da torcida do time da estrela solitária, o meio-campista tem jogado um futebol diferenciado e parecer estar se tornando a “cereja do bolo” do treinador Oswaldo de Oliveira.

Por Vinicius Cunha


O Botafogo está na Final da Taça Guanabara. O Glorioso venceu o Flamengo na tarde deste domingo (3/3), por 2 a 0, no Engenhão. Agora, a equipe irá enfrentar o Vasco na Final do primeiro turno do Campeonato Carioca. Júlio César e Vitinho marcaram os gols da partida.

Mal o árbitro autorizou o início da partida e o Botafogo já abriu o placar. Logo no primeiro minuto de jogo, Júlio César se desvencilhou dos marcadores, avançou e de canhota chutou no canto esquerdo do goleiro. A bola caprichosamente beijou a trave e balançou as redes. Explosão da torcida alvinegra no estádio.

Com a vantagem no placar, o Botafogo administrou a partida e aguardou os avanços do rival, que no entanto, não teve sucesso por conta das belas defesas do goleiro Jefferson.

Com uma defesa bem postada, o Glorioso valeu-se dos contra-ataques para tentar matar o jogo. Até que nos minutos finais, Vitinho aproveitou o contra-ataque e finalizou sem goleiro, já que Felipe havia tentando finalizar de cabeça no lance anterior e não conseguiu voltar a tempo. Gol que selou a vitória alvinegra na partida: 2 a 0.

Na Final, no próximo domingo (10/3), o Botafogo enfrenta o Vasco, às 16:00, no Engenhão.

Por Julio Abreu


A paritr de agosto, o alvinegro carioca não contará mais com o futebol do meio-campista Jadson, reveleção do clube. O atleta foi vendido ao Udinese da Itália e só espera a abertura da próxima janela de transferências para vestir a camisa do clube italiano.

Jadson tem tido poucas oportunidades na temporada, porém, foi um dos destaques do clube no Brasileirão 2012 e chegou a colocar Renato, ex-volante da seleção brasileira, como opção de banco.

Domingo, o Fogão enfrenta o Flamengo, pela semi-final do campeonato carioca, e em caso de vitória jogará a final da Taça Guanabara contra o vencedor do clássico entre Fluminense x Vasco.

A maioria dos torcedores botafoguenses, de acordo com mensagens publicadas no site globoesporte.com, não foi favorável à negociação de Jadson, reclamando e muito da influência dos empresários no elenco do clube.

Até o momento, a diretoria não se pronunciou sobre valores e nem sobre os motivos da venda. Em curto espaço de tempo, foi a segunda perda de jogador que o elenco sofre, pois um dos destaques do time, o lateral esquerdo Márcio Azevedo, também foi negociado. A bomba estoura nas mãos de Oswaldo de Oliveira, que terá que fazer mais improvisações.

Por Vinicius Cunha


O Botafogo enfrenta o Flamengo neste domingo (03/03), no Engenhão, pela semifinal da Taça Guanabara, com o time praticamente definido. No treino desta quinta-feira, o técnico Oswaldo de Oliveira escalou Lima na lateral esquerda, encerrando o mistério que se estendeu ao longo da semana.

Lima venceu a disputa com Júlio César pela vaga deixada por Márcio Azevedo, que foi dispensado pela diretoria para negociar com o Metalist, da Ucrânica, em transação que pode render R$ 1,9 milhão aos cofres do clube. Júlio César não conseguiu aproveitar as oportunidades que recebeu no treinador, como no último clássico contra o Rubro-Negro, em que foi escalado como volante e não correspondeu.

Com Lima no time, a equipe alvinegra deve entrar em campo com a seguinte configuração: Jefferson, Lucas, Bolívar, Dória e Lima; Gabriel, Fellype Gabriel (Marcelo Mattos), Andrezinho, Seedorf e Lodeiro; Rafael Marques.

Quem avançar no clássico entre Botafogo e Flamengo irá enfrentar Vasco ou Flamengo, que se enfrentam neste sábado pela outra semifinal da Taça Guanabara. A final será no dia 10 de março, no Engenhão. O campeão tem vaga garantida na decisão do Campeonato Carioca.

Por Julio Abreu


O Botafogo está de olhos abertos. Segundo um jornal italiano, o Milan tenta a volta do holandês Seedorf para janeiro. O atleta também vê com bons olhos a transferência para a equipe italiana, o qual pode ajudar na temporada pífia que vem fazendo. Ainda segundo informações do jornal, o anúncio do atleta seria questão de tempo, já que Seedorf deixa claro que sente saudades do clube o qual atuou por várias temporadas.

O Milan levaria o atleta por um empréstimo que iria até maio, quando termina a temporada europeia. Seedorf perderia apenas a disputa do Campeonato Carioca, que começa no mês que vem.

Mas no ambiente interno do Botafogo, ninguém cogita a perda da estrela do time. Ainda segundo informações, Seedorf se mostra contente com o bom ambiente no clube carioca, além de ter ficado surpreso com a rápida adaptação no Brasil.

Depois de ter atuado na Inter de Milão, Seedorf se transferiu para o Milan, construindo uma grande história no clube, conquistando duas Ligas dos Campeões e dois Campeonatos Italianos.

O torcedor do Botafogo está atento aos noticiários. Caso saia, o time terá uma grande perda.

Por Renato Benevenuto


Antes unanimidade como a dupla de zagueiros titulares do Botafogo, Antônio Carlos e Fábio Ferreira não gozam mais de tanto prestígio no alvinegro, fato recorrente nas duas últimas temporadas do clube. Coincidentemente, os dois perdem espaço no momento em que o restante da defesa da Estrela Solitária se solidifica: o goleiro Jefferson e o lateral-direito Lucas atualmente são jogadores da Seleção Brasileira, enquanto que o lateral-esquerdo Márcio Azevedo conquistou a confiança do técnico Oswaldo de Oliveira.

Visando a temporada 2013, um antigo conhecido dos cariocas poderá estar de volta ao Rio de Janeiro. Revelado pelo Flamengo, André Bahia está bem próximo de assinar com o Botafogo. O jogador já apareceu em General Severiano e de acordo com as conversas iniciais, ele deve ter vínculo com o clube até o fim do Campeonato Carioca. Seria uma espécie de "período de experiência" e, caso agrade a comissão técnica, poderia ter mais dois anos de contrato.

Atuando pelo Samsunspor, da Turquia, desde 2011, o defensor de 28 anos está de saída por estar com quatro meses de salários atrasados. Além dele, a cúpula alvinegra também tem planos de anunciar no final deste ano o também zagueiro Rafael Vaz, do Vila Nova de Goiás.

Surpresa

Nem só de desconfiança foi a marca dos zagueiros do Botafogo em 2012. Estreante entre os profissionais e recentemente tendo completado 18 anos (em 8 de novembro), Dória passou de promessa a realidade em pouco tempo. Atualmente ele é indiscutivelmente titular. E este é só o começo da carreira do garoto, que ainda possui muito talento a mostrar a torcida do Glorioso.

Por Thiago Viana


O Botafogo já iniciou seu planejamento para a próxima temporada. Na manhã desta terça-feira o clube carioca deixou muito próxima a contratação do zagueiro André Bahia, que atua no exterior há mais de 8 anos. Após um encontro com a cúpula botafoguense, André conheceu a estrutura do alvinegro carioca e até treinou na academia de General Severiano, juntamente com seus novos companheiros de clube.

A assinatura do contrato porém, depende de uma decisão da Fifa, já que o atleta entrou com uma ação pedindo a rescisão de contrato com seu atual clube, o Samsunspor, da Turquia. André afirma que ficou mais de 4 meses sem receber seus vencimentos no clube turco. A conclusão do contrato deve sair até a próxima semana.

A ideia do Botafogo é colocar seu espaço para que o atleta possa treinar sua parte física e posteriormente assinar um contrato até o final do campeonato carioca, podendo ser renovado, caso o atleta mostre qualidade.

O zagueiro de 28 anos foi revelado pelo Flamengo em 2001, onde se transferiu para o Feyenoord, tendo seus direitos federativos adquiridos pelo clube holandês. No fim de 2011, André Bahia se transferiu para o Samsunspor, seu atual clube.

Por Renato Benevenuto


O confronto na aconteceu na noite desse último sábado (10). Bruno Mendes mais uma vez mostra ter o faro de artilheiro e ajuda o alvinegro carioca a chegar em mais uma vitória. Vitória essa deu um pingo de esperança aos torcedores do Fogão, que ainda sonham com uma vaga na Copa Libertadores 2013.

O placar por 3×0, com grande atuação de Bruno Mendes, mostra que o clube carioca está realmente em eminente evolução. Com a vitória, o alvinegro chegou a 5ª colocação com 54 pontos, cinco a menos que o São Paulo, primeiro clube na faixa que leva a competição mais importante do continente Sul-americano.

Conseguiu uma vitória tranquila e fácil em cima da equipe de São Paulo e mostra que ainda está almejando algo na competição.

Se a equipe foi mais equilibrada, com certeza estaria brigando por maiores expressões. 

Após a boa vitória, com os gols de Vitor Junior, Bruno Mendes e Fellype Gabriel, o Botafogo mostra que está vivo e em evolução e na briga para encerrar bem o seu campeonato de altos e baixos.

Para a próxima temporada, o torcedor da estrela solitária espera mais planejamento, para que o time volte às glórias de outroras.

Por Renato Benevenuto


Pela trigésima quinta rodada do Campeonato Brasileiro 2012, o Botafogo recebe a Portuguesa e tem o objetivo de aproximar-se do São Paulo na classificação. Para entrar no G4 e se classificar para a Copa Libertadores da América de 2013, o time carioca precisa de um bom aproveitamento nesta fase final do torneio, pois está a oito pontos do tricolor paulista.

A campanha do Botafogo, até agora, é a seguinte: 51 pontos ganhos em 34 jogos e aproveitamento de 50%, o mesmo do Internacional. Para o jogo contra a Portuguesa, o clube conta com sua torcida para sair com a vitória do Engenhão.

No caso da Portuguesa, a situação é bem diferente. A Lusa demonstrou queda de rendimento nas últimas rodadas e, agora, está próxima da zona de rebaixamento. O time paulista precisa da vitória fora de casa para se afastar do Z4 e continuar na série A do campeonato.

A campanha da Portuguesa apresenta 40 pontos nos 34 jogos disputados, com aproveitamento de 39,2%. Para passar pelo Botafogo com a vitória, a Lusa conta com os gols do artilheiro Bruno Mineiro e a experiência do goleiro Dida.

O jogo será realizado no estádio Engenhão, dia 10/11, às 19h30.

Por Marcelo Araújo


A 29ª rodada contará com um duelo alvi-negro. Jogando no Rio de Janeiro, Botafogo e Santos, dois times que brilharam na década de 60, se encontrarão para fazer mais um clássico inter-estadual.

Na 7ª colocação, o Botafogo ainda sonha com o G4. No entanto, sem vencer há 5 jogos, o time precisa reagir. Para conseguir chegar lá, as vitórias em casa são vistas como obrigação. Para a partida contra o Santos, o Botafogo poderá ter a importante volta do meia Renato, afastado das últimas rodadas por conta de lesão. As esperanças, mais uma vez, ficam depositadas em Seedorf, responsável pela organização da equipe.

O Santos, por sua vez, jogará mais uma vez sem seu principal jogador. Neymar, convocado para a seleção brasileira, novamente desfalca o alvinegro. Sem o atacante, o Santos apresenta um desempenho pífio no Campeonato e mais uma vez terá de brigar para superar essa ausência. Além dele, o lateral Bruno Peres continua de fora. Em compensação, Léo, Adriano e Victor Andrade retornam a equipe.

A partida acontece no estádio do Engenhão, às 19h30 desta quarta-feira (10/10), com arbitragem de Wagner Reway. 

Por Augusto Cesar


O Bahia joga contra o Botafogo pela vigésima sétima rodada do Campeonato Brasileiro de 2012.

Com o apoio de sua torcida, o clube baiano tem o objetivo de se afastar ainda mais da zona de rebaixamento, terminando o torneio na parte intermediária da tabela. O time apresenta-se na décima quinta posição da classificação, contabilizando 31 pontos em 26 rodadas. O aproveitamento da equipe no torneio é de 39,7% e seus principais jogadores na competição são: Souza, Gabriel, Fahel e Hélder. Na última rodada, o Bahia foi derrotado pelo Internacional fora de casa pelo placar de 3 x 1. Para a partida com o Botafogo, o setor defensivo passa por forte treinamento.

Pelo lado do Botafogo a situação é um pouco melhor. O time da estrela solitária está na cola das equipes do G4 e apresenta 40 pontos nas 26 séries de jogos disputadas. Com aproveitamento de 51,3%, a equipe carioca está na sexta posição e encara a partida contra o Bahia como o início de uma retomada rumo à zona de classificação para a Copa Libertadores da América do ano que vem. A equipe conta com o holandês Seedorf (que tem feito apresentações memoráveis nos últimos jogos) e com o habilidoso Andrezinho.

Por Marcelo Araújo


A volta de Seedorf ao time do Botafogo fez o time melhorar em relação aos dois últimos jogos. Mesmo não conseguindo a vitória, o empate, depois de estar perdendo, acabou sendo um bom resultado. Com mais jogadas ofensivas, o Botafogo, que até saiu na frente, contou com a boa partida de seu camisa 10 para empatar e segurar o Corinthians.

O primeiro tempo do jogo começou bastante movimentado. Logo no primeiro minuto, Jefferson teve que fazer uma boa defesa para evitar que o Corinthians abrisse o placar. Aos 3 minutos, foi a vez do Botafogo chegar e reclamar de um pênalti em Elkeson, que o juiz nada marcou. 2 minutos depois, o Botafogo abriu o placar. Gabriel cruzou, a bola passou por toda área e encontrou Seedorf, que chutou. A bola desviou em Alessandro e foi direto para as redes.

O Corinthians não se abateu e logo depois Guerrero empatou. Jefferson fez uma boa defesa em um chute de Paulinho, mas no rebote o atacante peruano cabeceou e deixou a sua marca. Embalado, o Timão continuou em cima e não tardou para virar o placar. Douglas marcou de pênalti o segundo gol da equipe paulista. Depois do começo de jogo fulminante, o ritmo caiu e as chances ficaram mais raras. O time carioca ainda teve um gol corretamente anulado e foi o último lance relevante da primeira etapa.

Com a ideia de manter a posse de bola e segurar o Botafogo, parecia que o Corinthians iria conseguir isso. Até a metade do segundo tempo, o Botafogo não havia conseguido assustar nenhuma vez o time paulista. Foi quando, mais uma vez, brilhou a estrela do craque holandês. Aos 29 minutos, Seedorf recebeu a bola, partiu pra cima da defesa e chutou para decretar a igualdade no placar: 2×2. A partir daí, o Botafogo melhorou na partida e tentou pressionar o Corinthians, mas esbarrou numa defesa bem postada e não conseguiu mais alterar o placar.

Com o ponto conquistado, o Botafogo chega a 40 pontos, ainda na 6ª posição. O Corinthians tem 36 e é o 8º colocado.

Por Augusto Cesar


Um clássico entre Rio de Janeiro e São Paulo marca a vigésima sexta rodada do Campeonato Brasileiro de 2012. O Botafogo recebe o Corinthians no estádio Engenhão às 16h do dia 23 de setembro.

O Time da Estrela Solitária ainda tem chances de conquistar uma vaga no G4, pois está a apenas 4 pontos do Vasco, quarto colocado na Zona de Classificação para a Copa Libertadores da América de 2013.

A campanha do time carioca até agora é a seguinte: 39 pontos em 25 rodadas com aproveitamento de 52%. Para somar três pontos e vencer o Corinthians, o Botafogo conta com o possível retorno do holandês Seedorf e os gols de Andrézinho, que já marcou oito vezes no torneio nacional.

Porém, o Time do Parque São Jorge, apesar de estar utilizando o Campeonato Nacional como uma forma de testar jogadores e formações para o Mundial de Clubes FIFA do final do ano, segue na luta para manter a regularidade de tirar pontos dos times da parte de cima da tabela.

O alvinegro paulista apresenta 35 pontos ganhos em 25 rodadas, com um aproveitamento de 46,7%. Os principais destaques da equipe corintiana no Brasileirão são o goleiro Cássio, o volante Paulinho e os atacantes Romarinho e Emerson.

O Timão vem de vitória por 2 a 0 sobre o arquirrival Palmeiras na última rodada e está embalado para somar mais três pontos.

Por Marcelo Araújo


Pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Botafogo irá enfrentar o Corinthians no estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ). A partida será realizada no dia 23 de setembro (domingo), às 16:00.

Notícias do Botafogo:

De terça-feira a sexta-feira o time fica concentrado na CBV (Confederação Brasileira de Vôlei). A principal incumbência do técnico Oswaldo de Oliveira está na recuperação de dez atletas. O técnico está preocupado com falta de tempo para a adaptação dos atletas recém-chegados.

A principal notícia dos botafoguenses está na volta do meia Clarence Seedorf. Elkeson também retorna ao time após cumprir efeito suspensivo.

No ataque, o Botafogo deve contar com a presença de Rafael Marques. Esta pode ser a chance do jogador se firmar na equipe e acabar com as dúvidas da torcida.

Notícias do Corinthians:

Os corintianos estão embalados após a vitória contra o Palmeiras no Pacaembu. Danilo e Fábio Santos estão suspensos. Douglas conta com outra oportunidade para manter-se no plantel principal que está sendo formado para disputar o Campeonato Mundial, no Japão, em dezembro.

Por Renato Duarte Plantier


Fechando a 25ª rodada do Campeonato Brasileiro, a Ponte Preta irá receber o Botafogo no estádio Moisés Lucarelli.

Em boa fase, a Ponte Preta não tem nenhum jogador suspenso para a partida. Há 6 jogos sem perder, o time paulista conta com os gols do atacante Roger para poder superar o Botafogo, quem vem sondando as primeiras colocações. Com o atacante Giancarlo lesionado, André Luís e Rildo disputam uma vaga no ataque da equipe. A meta da equipe é conseguir a vitória para se garantir no grupo dos times que vão a Sul-Americana, o que seria um feito inédito na história da Ponte.

Pelo lado botafoguense, a maior falta sentida será do craque holandês Seedorf. Ainda se recuperando de lesão, o jogador não irá para a partida. Outro desfalque importante será o meia atacante Elkeson, suspenso. Com isso, Rafael Marques deve voltar ao time. Sem os dois principais jogadores, Andrézinho assume a responsabilidade de comandar a equipe na busca pelo G4. Lodeiro e Fellype Gabriel devem completar o meio campo.

O jogo será às 18h30 e terá arbitragem de Dewson Fernando Freitas da Silva, com auxílio de Roberto Braatz e Kleber Lucio Gil.

Por Augusto Cesar


O empate entre o Botafogo e o Internacional, nesta quinta-feira (13/09), no Engenhão, não foi bom para nenhuma das equipes. Isso porque os quatro primeiros colocados venceram e ampliaram a vantagem para o pelotão intermediário. Agora, o time de Osvaldo de Oliveira buscará os pontos perdidos fora de casa contra a Ponte Preta, domingo (16/09, às 18h30) no Moisés Lucarelli.  

O Bota vinha de uma sequência de três vitórias consecutivas, mas não conseguiu repetir o ímpeto contra o colorado. O resultado deixou a equipe com 38 pontos, na quinta posição, e há quatro do Vasco, que venceu o Palmeiras, na quarta-feira.  

Apesar do resultado, o técnico Osvaldo de Oliveira ainda acredita em título para o alvinegro. A diferença para o líder é de 15 pontos.  

Do lado da Ponte Preta, não há grandes pretensões a não ser ficar ainda mais longe da zona de rebaixamento, ou garantir uma vaga na Copa Sulamericana. Nove pontos a frente da zona de rebaixamento e longe da Libertadores, o time está no meio da tabela e conquistou um empate contra o Corinthians, nesta quarta-feira, no Pacaembu.  

No primeiro turno, a Macaca surpreendeu os cariocas e conseguiu uma vitória na casa do adversário. 2 a 1 em pleno estádio Engenhão. 

Por Paulo B.


O Botafogo teve que suar para arrancar um empate em 1 a 1 diante do Internacional, no dia 12 de setembro, no Engenhão, Rio de Janeiro.

O primeiro tempo foi típico: o time da casa com maior posse de bola e os visitantes mais objetivos nos contra-ataques. O Botafogo insistiu nas bolas alçadas na área e não teve sucesso diante da boa defesa colorada.

No segundo tempo, aos 23 minutos, Leandro Damião mostrou por que é um dos atacantes mais prestigiados do futebol brasileiro atualmente. Com movimentação em alta velocidade, ele recebeu na esquerda e tocou com precisão na saída do goleiro Jefferson. A jogada toda foi um primor, e contou com apenas três jogadores: o goleiro Muriel iniciou a jogada, tocando para o meio-campista Fred, que teve visão de jogo e precisão na assistência. Pouco depois do gol, Damião saiu de campo na maca, com dores no joelho esquerdo.

Aos 31’, o reserva Cidinho recebeu livre no meio da área e teve tempo de escolher o canto antes de tocar com precisão para empatar. Ele ainda olhou para o auxiliar para confirmar se a posição era legal antes de partir para a comemoração.

O Inter chegou a marcar um segundo gol, com o uruguaio Forlán, aos 40 minutos, mas a arbitragem anulou o lance, apontando impedimento.

O Fogão volta a campo no domingo (16/09), para encarar a Ponte Preta, em Campinas, enquanto o Colorado recebe o Sport, no Beira-Rio, também no domingo.

Por Luciano Smanioto Neto


Na noite desta quinta-feira (13/09), o Engenhão receberá um bom jogo. Botafogo e Internacional duelam em confronto válido pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Contando com a volta do capitão Jefferson, o Botafogo terá menos problemas do que em relação ao jogo contra o Náutico. Além do goleiro, Fábio Ferreira, Márcio Azevedo,  Nicolás Lodeiro e Vitor Júnior devem voltar. Lucas, convocado pela Seleção e que saiu com dores do último, não será problema para a partida. O maior desfalque fica por conta do volante Renato, que não conseguiu se recuperar e fica fora por mais algum tempo.

O Bota aposta no entrosamento do trio Andrezinho, Seedorf e Elkeson para conquistar a 4ª vitória consecutiva e chegar ao G4.

Enquanto isso, o Internacional procura voltar a vencer, já que na última rodada sofreu uma derrota em casa para o Fluminense. Sem os laterais Fabrício e Nei, suspensos, o treinador Fernandão deve ter mais problemas. Forlán é dúvida por conta do jogo do Uruguai. Dagoberto, com dores, também. Por outro lado, o Inter conta com o retorno de Leandro Damião, após servir a Seleção Brasileira.

O jogo acontece às 21h e será arbitrado por Elmo Alves Resende Cunha.

Por Augusto Cesar


Quando perdeu para o São Paulo por 4 a 0, há quatro rodadas no estádio do Morumbi, o Botafogo parecia ser um time sem grandes pretenções no campeonato Brasileiro.

A equipe estacionava na oitava colocação com 28 pontos e somava três jogos sem vencer. Já o tricolor paulista encostava no G4, e ficava apenas um ponto atrás do quarto colocado, o Vasco da Gama.  

No entanto, três rodadas depois, o panorama botafoguense se inverteu. O time do técnico Osvaldo de Oliveira venceu três partidas consecutivas e subiu para a quinta posição, com 37 pontos.

Apenas dois a menos que o Vasco, ainda quarto colocado e que seria hoje o primeiro a se classificar para a Libertadores de 2013.   A reação botafoguense começou contra o Coritiba, no Engenhão, vitória por 2 a 0.

Depois o time tinha confronto difícil contra os cruzeirenses, no estádio Independência. As equipes estavam próximas da tabela, mas o Botafogo não tomou ciência do time da casa e venceu por 3 a 1, com uma bela atuação de Seedorf.   

No domingo, a vítima foi o Náutico, que sofreu com as investidas do meia Andresinho, responsável direto pela vitória por 3 a 1. O jogador deu assistência para os dois gols de Elkeson e, de quebra, marcou o seu, perto do fim do jogo.  

Para manter a arrancada, o alvinegro recebe o Internacional, na próxima quinta-feira (13/09), no estádio do Engenhão.  

Por Paulo B.


Entre os dias 8 e 9 de setembro de 2012, irá ocorrer a vigésima terceira rodada do Campeonato Brasileiro. Já em sua quarta rodada do returno, o torneio começa a definir as equipes que lutarão pela presença no G4, o grupo intermediário e as equipes que ficam próximas à zona de rebaixamento.

Entre os jogos do próximo final de semana, o Botafogo recebe o Náutico e precisa de três pontos para se aproximar da zona de classificação para a Copa Libertadores da América do ano que vem. O alvinegro carioca vem de grande vitória contra o Cruzeiro fora de casa e se aproximou do São Paulo e do Internacional na classificação.

Já o Náutico, equipe que vem de empate em casa contra o Vasco da Gama na última rodada, ocupa a zona intermediária da competição. O Timbu apresenta 28 pontos contabilizados em 22 jogos. A campanha irregular da equipe gerou diversos protestos da torcida, que costuma comparecer em grande número para apoiar o clube. O artilheiro no Náutico na competição é Kieza, que já marcou 7 gols até agora.

O jogo ocorre no Engenhão, às 16h do dia 9 de setembro.

Por Marcelo Araújo


Na noite da quarta-feira (05/09), o Cruzeiro recebeu o Botafogo, no estádio Independência, e não conseguiu confirmar o fator casa.

Mesmo com a Raposa jogando com o apoio de sua torcida, quem mandava no começo do jogo era o time da estrela solitária. Porém, de forma ineficaz. Sendo assim, no primeiro ataque do time azul e após rebote do goleiro, Tinga inaugurou o placar do jogo. Este foi também o primeiro gol do jogador com a camisa do Cruzeiro.

Foi aí que apareceu a estrela do craque: Seedorf. Organizando as jogadas e chamando a responsabilidade, o camisa 10 e capitão alvinegro deu seu show. Primeiro, um golaço de primeira após cruzamento. Depois, em chute forte para o gol de Fábio. Como se não bastasse, o meia ainda deu um lindo passe para Jadson marcar e dar números finais a partida: 3×1, para a alegria dos torcedores alvinegros no estádio e tristeza dos rivais cruzeirenses.

Com o resultado, o time mineiro caiu duas posições na tabela, ocupando o 8º lugar, e agora enfrentará o Sport, em Recife, para tentar se recuperar. Já o time carioca, agora 7º colocado, receberá o Naútico, no Engenhão, para confirmar a boa fase. Ambos os jogos acontecem no proximo domingo.

Por Augusto Cesar


De bem com a torcida, o Cruzeiro tenta nova vitória e ainda sonha com o título brasileiro de 2012. O jogo contra o instável Botafogo promete casa lotada, visto que os torcedores fizeram longas filas e acabaram rapidamente com os ingressos.

Outro ponto que motiva é a possibilidade de escalar novamente a mesma equipe, com: Fábio; Léo, Rafael Donato e Mateus; Everton, Leandro Guerreiro, Charles, Tinga e Souza; Borges e Wallyson.

Já o Botafogo, apesar da última vitória diante do Coritiba, não jogou bem e foi beneficiado com a atuação pífia do ataque paranaense. Para piorar a situação do alvinegro, Lodeiro e Jefferson vão desfalcar a equipe devido aos jogos da seleção uruguaia e brasileira, respectivamente.

Deve ir a campo com Renan; Lucas, Dória, Fábio Ferreira e Márcio Azevedo; Jadson, Gabriel, Renato e Seedorf; Fellype Gabriel e Elkeson

Para os mais otimistas, a possibilidade de título ainda existe, até porque em 2008, o próprio Celso Roth comandava o Grêmio, que na virada do turno liderava mais 11 pontos de vantagem para o São Paulo, que acabou se consagrando campeão. Hoje o Cruzeiro está a 10 pontos do líder e rival Atlético Mineiro.

Por José Alberi


Se existe um time que teria tudo para brilhar no Campeonato Brasileiro, este seria o Botafogo.

Uma série de erros de planejamento contribuíram para a queda do time, como a venda de Maicossuel, Herrera e Louco Abreu entre outros. Oswaldo de Oliveira contribuiu muito com isso, pois afirmava que o esquema adotado não compreendia o futebol de Louco Abreu e sugeriu a contratação de Rafael Marques, que se machucou e deixa o elenco sem atacantes de ofício.

Um esquema sem centroavante de ofício não está funcionando, apesar de um meio campo de extrema qualidade, mas as falhas defensivas ainda comprometem todo o planejamento.

O jogo será no péssimo gramado do Engenhão contra o Coritiba, que mostra uma evolução e vem de uma grande vitória contra o Internacional e parece ter acertado o sistema defensivo.

Será um jogo da defesa mais vazada, a do Coxa, contra um ataque ineficiente, o do Fogão, mas por outro lado, o ataque alviverde é muito bom e enfrentará uma das piores defesas do Brasileirão, pois o Botafogo não inspira confiança, nem segurança.

O Botafogo está sob muita pressão e novo fracasso pode gerar uma crise ainda maior entre torcida e jogadores, visto que nos últimos jogos a torcida grita o nome de Louco Abreu.

Por José Alberi


Pela vigésima rodada do Campeonato Brasileiro 2012, o São Paulo enfrentará o Botafogo no Morumbi, na quarta-feira, 30 de agosto, às 21h.

Esse será o primeiro jogo das duas equipes no returno do torneio e a expectativa é de uma partida acirrada. Ambos os times tem a chance de entrar no G4 e querem começar a segunda etapa da competição com o pé direito. Com uma primeira fase irregular na competição, os clubes pretendem dar uma arrancada no Campeonato. No primeiro turno, o Botafogo venceu o tricolor.

O São Paulo vem de uma vitória de 2 a 1 contra o Corinthians e fez as pazes com a torcida que reclamava da irregularidade do Soberano. Luís Fabiano, autor de dois gols no último clássico, e Lucas, são as principais apostas do tricolor para superar a defesa botafoguense. O São Paulo conta com o retorno do lateral esquerdo Cortez.

O time da estrela solitária empatou o clássico contra o Flamengo na última rodada. Ocupando a sétima posição no Brasileirão, o Botafogo conta com sua recente contratação, Seedorf, e com o experiente volante Renato para desestabilizar o criticado meio campo são-paulino. Um dos problemas a ser enfrentado pela equipe carioca será a ausência de Andrezinho, que está lesionado.

Por Marcelo Araújo


O Botafogo tem um bom elenco, um bom estádio, um bom técnico e uma camisa respeitada, mas não consegue valer o mando de jogo e já acumula 4 derrotas em casa. Em compensação, jogando como visitante somou a maioria dos pontos conquistados (13 pontos como visitante e 10 pontos como mandante).

O jogo mais cadenciado, com toque de bola e jogando em um esquema que prioriza a posse de bola faz o adversário recuar e ocupar os espaços, deixando um jogo mais trucado e menos veloz.

Seedorf e Renato são craques e comandam o meio de campo com maestria. Jefferson dispensa elogios quanto às suas atuações e sua segurança, mas o grande problema é o ataque, pouco efetivo.

Elkesson é um bom jogador, mas não é centroavante, e Rafael Marques ainda não conseguiu mostrar seu futebol desde a contratação, o que faz com que o time finalize pouco e não converta a supremacia de posse de bola em gols. A bola alta também é um ponto fraco do time.

Quando atua fora de casa, normalmente o adversário sai mais para o jogo, deixando o meio campo mais livre para a criação de jogadas, coisa que não acontece quando recebe times que jogam recuados.

Mesmo atuando em casa, a Lusa não deve fazer um jogo muito agressivo e deve atuar recuado e procurando os contra-ataques. Resta ver como o Botafogo vai agir jogando contra mais um time recuado e ver se conseguirá furar a retranca com gols.

Por José Alberi


No próximo sábado, dia 28 de julho, Botafogo e Figueirense se enfrentam pela 13ª rodada do Brasileirão 2012.

A partida marcará o terceiro jogo de Seedorf com a camisa do Botafogo, sendo o segundo no Engenhão.

Jogando contra o Figueirense, que está na rabeira do Brasileirão, o jogo tende a ser a oportunidade ideal para que o holandês faça enfim uma exibição de gala e ajude o time da estrela solitária a reencontrar a vitória.

O time carioca acumula 2 derrotas seguidas, para Grêmio e Vasco (ambas por 1 a 0), mas conta com um elenco muito bom, pois conta com Jefferson no gol, Renato no meio campo e Seedorf na criação.

A atração, porém, deve ficar por conta do encontro de Loco Abreu com o seu ex-clube, onde o treinador Oswaldo de Oliveira disse que não queria contar com o jogador, pois o considerava lento e centralizador.

Mesmo sendo ídolo do torcedor, Loco Abreu ainda tem de mostrar valor no time catarinense, que está na zona de rebaixamento, com apenas 8 pontos ganhos.

  • Favorito: Botafogo.
  • Destaque: Seedorf.
  • Pode desequilibrar: Loco Abreu.

Por José Alberi


Para a décima rodada do Campeonato Brasileiro de 2012, que ocorre entre os dias 18 e 19 de julho, próximo final de semana, o Santos enfrenta o Botafogo, que ocupa a quarta posição do Campeonato Brasileiro.

O jogo será na Vila Belmiro e a equipe santista, que vem de empate no com o Internacional na última rodada, almeja melhorar sua campanha ruim no torneio. Mesmo com a presença de grandes craques como Neymar e Ganso e o renomado técnico Muricy Ramalho, o Santos apresenta uma vitória, seis empates e uma derrota no torneio nacional.

Pelo lado do Botafogo, apesar de jogar fora, tem os números ao seu favor, pois fez uma campanha melhor do que o alvinegro praiano. O bom desempenho do time reflete-se nas cinco vitórias, um empate e três derrotas nas nove rodadas que disputou. Além disso, o time carioca conta com a recente contratação de peso do holandês Seedorf, que em breve irá reforçar o meio campo da equipe ao lado de Renato, outra estrela da equipe.

Na história do Campeonato Brasileiro, o confronto entre as duas equipes totaliza números que ampliam a rivalidade. O Santos tem 17 vitórias contra 16 do Botafogo. Foram 17 empates durante os anos de 1952 e 2011 no torneio nacional. Além disso, em 1995, as duas equipes protagonizaram uma final de campeonato. Na ocasião, o Botafogo levou a melhor.

Por Marcelo Araújo


A equipe do Botafogo enfrenta o Santos, atual campeão paulista, nesta quarta-feira (18/07), às 19h30, na Vila Belmiro. A partida é válida pela décima rodada do Campeonato Brasileiro.

O time carioca luta para se manter entre os quatro primeiros colocados na tabela, posição que dá uma vaga para disputar a Copa Libertadores da América de 2013.

Por outro lado, o alvinegro praiano quer melhorar sua situação na competição nacional. Atualmente está na 13ª posição, com 9 pontos. Para piorar, a equipe do técnico Muricy Ramalho venceu apenas uma vez em nove partidas, totalizando seis empates.

O Santos ainda precisa jogar sem alguns de seus principais jogadores, como o atacante Neymar e o meia Paulo Henrique Ganso, ambos se preparando para disputar as Olimpíadas com a Seleção Brasileira.

O Botafogo também tem suas dúvidas para a partida desta quarta-feira. O nome do atacante Rafael Marques ainda não consta no boletim diário da CBF, o que pode impedir a estreia do atleta pelo clube da estrela solitária. O meia Elkeson sentiu dores no tornozelo e pode ser vetado pelo departamento médico. A grande contratação da equipe carioca, o meia Seedorf, deve estrear apenas na partida contra o Grêmio no fim de semana.

Por Mozart Artmann


Em busca da recuperação na tabela, o Botafogo viajou até o Rio Grande do Sul, onde enfrentará a equipe do Internacional, neste sábado (dia 16 de junho), às 18h30, no estádio Beira-Rio. Se vencer, o alvinegro poderá retornar ao G4.

A principal baixa do time comandado por Oswaldo de Oliveira será o atacante uruguaio El Loco Abreu, que foi liberado pela diretoria do clube para resolver assuntos particulares.

Quem também ficará de fora da partida diante do colorado é o zagueiro Antônio Carlos (que não está em conduções físicas ideais para ir para o jogo), o lateral-esquerdo Márcio Azevedo (suspenso) e os volantes Jadson e Marcelo Mattos (lesionados).

Em contrapartida, a equipe carioca terá as voltas do goleiro Jefferson (que estava servindo a Seleção Brasileira) e de Fellype Gabriel (que retorna ao time titular após se recuperar de dores no joelho direito).

Após um ótimo início de campeonato com duas vitórias consecutivas, o Botafogo perdeu rendimento e agora já soma duas partidas sem vencer na competição.

O Fogão deve ir a campo com: Jefferson, Lucas, Brinner, Fábio Ferreira, Lennon, Lucas Zen, Renato, Vitor Júnior, Andrezinho, Fellype Gabriel e Herrera.

Por Ramon Raleandro





CONTINUE NAVEGANDO: