Uma luta que poderia ter um final feliz acabou com uma gravíssima fratura de Anderson Silva, enquanto enfrentava o americano Chris Weidman na disputa pelo cinturão dos meio pesados do UFC 168.

No primeiro assalto, o americano dominou completamente a luta, porém, Anderson Silva não esmoreceu. Parecia bem e confiante quando entrou no segundo assalto da luta. Quando passava pouco mais de 50 segundos do segundo round, tentou executar um chute baixo no oponente, e fatalmente acertou o joelho duro do adversário. Resultado: sua canela quebrou ao meio (tíbia/perônio). A cena é realmente chocante.

Não dá pra dizer que Chris Weidman venceu a luta, já que notoriamente a luta não chegou ao fim. Porém, pode ser que a carreira em si de Anderson Silva tenha realmente acabado agora. Com 38 anos, Anderson Silva deve demorar a se recuperar, e possivelmente não voltará aos ringues, o que é uma pena. Depois de tanto treino, uma luta que prometia ser a melhor do ano, acabou com o lutador brasileiro no hospital de Las Vegas.

Vídeo do momento da fratura de Anderson Silva:

Foto de Anderson Silva urrando de dor no tablado:

fratura-anderson-silva-ufc-168


Nas últimas duas semanas não se comenta outra coisa a não ser a derrota do lutador Anderson Silva para Chris Weidman no último dia 6.

Aos poucos a luta que havia começado com um certo "fervor"  vai decepcionando os brasileiros e fãs do atleta, principalmente quando ainda com a guarda baixa o nosso Spider  não resiste e perde por nocaute.

A repercussão da luta não viria de forma tão inusitada, se o ex-dono do cinturão não tivesse declarado ao final da luta sua falta de interesse em recuperar o seu posto, quando interrogado  pelo presidente do UFC Dana White.

White, que por sua vez se irritou com as manifestações de que a  luta foi comprada, disse que foi possível ver o Anderson já imóvel, com os olhos girando."É… armações existem seus idiotas de m*** ", disse ele.

O brasileiro abriu o jogo e o coração em uma entrevista exclusiva para o Fantástico no último domingo e afirmou a difícil aceitação de se perder uma luta, já que os treinos de 4 meses têm como objetivo a vitória.

Uma das características do brasileiro é lutar de forma calma e calculista, e disse ter aprendido da pior forma possível.

Spider deixou claro de que não luta somente pelos "fãs" e sim porque tem adoração ao esporte e diz ter se chateado com certos comentários: '"Os fãs mostraram que eles não são tão fãs assim.", declarou o lutador.

Em resposta ao rival Vitor Belfort, que também criticou sua postura via e-mail, Anderson afirma apenas que não houve em momento algum o desrespeito aos fãs e aos colegas da modalidade.

Já em sua casa na Califórnia onde mora com sua família, Anderson Silva voltou aos treinos mas por questões médicas não irá lutar até o dia 21 de agosto. Já quando o assunto é a aposentadoria, a resposta vem de imediato: " Ainda não é hora"; e sobre a tão falada revanche, haverá sim outra luta, no dia 28 de dezembro, reconsiderando que deve se superar novamente como já ocorreu em várias outras etapas da sua carreira.

Por Luciana Ávila


A derrota de Anderson Silva para Weidman no último fim de semana ainda dá o que falar. Se por um lado surge um novo campeão, alguém páreo para um lutador até então visto como perfeito em todos os aspectos, por outro lado mostra que Anderson ainda tem um bom caminho a percorrer.

Bem fisicamente, Anderson Silva, por mais que insista que sua personalidade é essa, provocou o adversário antes e durante a luta. Fez o que não devia, levou o que não queria, um nocaute digno de cinema. A derrota serve para mostrar o lado humano do lutador, e que essa perfeição como muitos afirmaram talvez não passe de algo momentâneo.

Desrespeitoso, arrogante, prepotente, adjetivos não faltaram para qualificar sua conduta nas redes sociais após o combate. O que o público pôde, a princípio, interpretar foi um ar de menosprezo ao adversário, e talvez esse seja o ingrediente que faltava em sua história: em sua carreira, talvez essa tenha sido a luta mais emblemática.

Weidman dominou o brasileiro quando o levou para o chão, sabendo que esse seria o ponto fraco de Anderson. Outro fator que pesou na vitória do norte-americano foi de estudar o brasileiro, identificando um de seus pontos mais fortes: a intimidação durante a luta.

Anderson provoca, desvia, esquiva, e assim irrita seus oponentes, o que não deu certo contra Weidman, que se dizia pronto para o jogo psicológico do brasileiro.

Fim de uma era? Ainda é cedo para tal afirmação, afinal, Weidman também pode perder uma luta, cedo ou  tarde.

O que se pode afirmar por enquanto é que especulações sobre uma provável revanche não faltam, e talvez ela seja a volta por cima daquele que ainda é considerado, por muitos, uma lenda do esporte mundial.

Por Junior Almeida


Nesta semana, Dana White – presidente do UFC 155 – divulgou que Anderson Silva irá firmar em pouco tempo mais um contrato com o evento que irá contar com um total de 10 lutas que vão acontecer durante três anos.

Dentre os adversários que Spider irá enfrentar no UFC 155 estão os lutadores Jon Jones e Georges St-Pierre.

Mas a primeira luta de Silva deve realmente ser contra o inglês Michael Bisping que, para enfrentar Anderson, deverá antes vencer Vítor Belfort pelo UFC São Paulo.

Por Ana Camila Neves Morais


No dia 7 de julho de 2012 acontecerá o UFC 148, com um dos combates mais esperados de 2012: a luta entre o brasileiro Anderson Silva (“The Spider” – O Aranha) vs. Chael Sonnen.

No entanto, além da luta em si, outras atrações muito especiais estarão presentes nesse evento: serão as Ring Girls.

Você sabe aquelas garotas que levantam as plaquinhas dos números dos rounds? Pois é! Dessa vez qualidade das garotas subiu bastante. Estarão estrelando como Ring Girls as gatíssimas Brittney Palmer e Arianny Celeste.

Nas fotos abaixo você pode observá-las de biquíni, ou então em trajes do filme “Top Gun” (Ases Indomáveis):

Com essas lindas moçoilas em cena, fica quase que sem graça assistir a luta em si.

De qualquer forma, desejamos uma boa luta ao Spider. Depois do comercial que ele fez para a cerveja Budweiser, com aquela peruca loira na cabeça, fica difícil de acreditar que ele vai destruir Chael Sonnen. 🙂





CONTINUE NAVEGANDO: