Desde que surgiu no futebol, Alexandre Pato é considerado um dos atacantes mais completos do mundo. Isto porque o atleta reúne todas as características desejadas por qualquer treinador, quais sejam: velocidade, bom chute e cabeceio, técnica, presença de área, bem como uma boa visão de jogo.

Ocorre que o jogador, devido as inúmeras contusões, não conseguiu demonstrar todo seu talento no Milan, razão pela qual acabou retornando ao futebol brasileiro, com a árdua missão de defender as cores do Corinthians. O timão pagou uma fortuna para adquirir o craque, o que significa dizer que a pressão seria ainda maior.

Apesar de estrear com gol, Pato ainda deixa a desejar. O jogador não conseguia marcar um gol há muitos jogos, ocasionando frustração da torcida corinthiana, principalmente pelos gols perdidos na Taça Libertadores da América que culminou na eliminação do torneio continental.

No retorno do Brasileirão, após a parada para a Copa das Confederações, o atleta desencantou, tendo em vista que marcou os dois gols da vitória do time sobre o Bahia. Aliás, o jogador apareceu no momento mais oportuno, considerando que a equipe baiana eram que ditava o ritmo da partida, sendo certo que os dois gols, quase que consecutivos, jogaram um balde de água fria no time nordestino, garantindo, portanto, mais uma vitória do Corinthians.

Resta saber se o jogador conseguirá manter uma boa sequência, pois assim poderá conquistar a titularidade na equipe e, quem sabe, sonhar com o retorno à seleção brasileira. Independente de qualquer coisa, é certo que o jogador tem potencial para estar entre os escolhidos de Felipão.

Por Renan Valmeida do Nascimento


Mal chegou ao Corinthians, Alexandre Pato já poderá ter seu ciclo no Timão interrompido, pois de acordo com o periódico italiano "Corriere dello Sport", o Milan tentará o retorno do brasileiro por um período de seis meses, já que um dos atacantes do time, Giampaolo Pazzini, está lesionado e só volta aos campos no fim de 2013.

O jornal italiano afirma que o corintiano deverá se reunir com o vice-presidente do clube italiano, Adriano Galliani, para tratar do negócio. O Corinthians contratou Pato por R$ 40 milhões, no entanto, na época da negociação, Silvio Berlusconi, presidente do Milan, anunciou que o projeto era o atacante voltar a Milão após um período de 18 meses.

Além de Pazzini, machucado, o Milan deverá perder mais três atacantes: Bojan, para o Barcelona; Boateng, alvo de vários clubes europeus; e Robinho, que voltaria ao Santos para substituir Neymar, negociado com o Barcelona. Matri, que está na Juventus, e Borriello, do Genoa, surgem como opções para o Milan, caso o negócio com Pato não dê certo.

No Corinthians, Alexandre Pato vem tendo dificuldades em sacramentar a titularidade, e vem entrando no decorrer das partidas. No esquema de Tite, que joga com três atacantes, os preferidos são Emerson Sheik, Guerrero e Romarinho.

Por Vinicius Cunha


Comprado do Milan por 15 milhões de euros, atualmente Alexandre Pato faz parte da equipe reserva do Corinthians. O alto valor desembolsado somado ao peso do atleta ser frequentemente escalado para a seleção brasileira preocupa também os colegas de elenco.

O principal motivo do jogador estar no banco se deve à boa atuação de Romarinho, Emerson e Guerreiro, que fazem parte da equipe titular.

Ao jornal O Estado de São Paulo, Romarinho disse que é preocupante ver um jogador do nível de Pato no banco, pois a vaga na equipe titular é ameaçada a todo instante.

Atualmente, Romarinho tem sido usado pelo técnico Tite como meia-atacante, responsável pela ligação com a equipe de frente, substituindo Renato Augusto, que se recupera de lesão. O jogador já atuou nessa posição, mas quando ainda estava nas categorias de base. Na entrevista, ele afirma ter se adaptado rapidamente e que busca fazer sua parte para manter o bom rendimento do Corinthians em campo.

Sobre o futuro do time na Libertadores, Romarinho disse que tem vontade de enfrentar o Palmeiras na próxima fase e garantiu estar preparado para marcar mais gols contra o principal rival de seu clube.

Por Gabriel Perline


Heroi do time na Libertadores e no mundial o sempre polêmico Emerson Sheik mandou seu recado para o possível mais novo contratado do Corinthians, Alexandre Pato. Após o jogo das estrelas realizado pelo ex-jogador Zico, Sheik mostrou entusiasmo com a possibilidade de contratação, mas já deixou logo o seu aviso.

– “A marca do Corinthians é essa. Não tem nenhum astro, nenhuma estrela, é difícil falar quem vai jogar. O Tite preza muito quem está em um momento melhor. Para jogar, tem de estar bem, treinar, se dedicar, mostrar comprometimento com o grupo. Daí, certamente haverá lugar na equipe, porque nosso treinador é muito justo”.

Na partida comemorativa realizada por Zico, Emerson estava bem disposto e correu bastante durante o jogo e ainda emendou: “O Tite está vendo, tem de correr – brincou”.

As negociações pelo ainda jogador do Milan estão muito avançadas. O Corinthians reuniu o valor necessário para a compra e aliado a isso está a vontade de Alexandre Pato em deixar o time italiano. No timão todos procuram desconversar sobre o assunto, mas o que se sabe é que internamente a contratação é dada como certa.

Por Sérginho Frigini





CONTINUE NAVEGANDO: