Expectativas da Seleção Argentina para a Copa do Mundo 2014





A Argentina é uma das maiores seleções do futebol mundial, razão pela qual, assim como o Brasil, sempre faz parte do grupo de seleções que estão aptas para ganhar o mundial. Devido ao fato do torneio ser realizado no país vizinho, o favoritismo do nosso maior rival aumenta ainda mais, principalmente pela presença certa de sua apaixonada torcida.

O técnico Alejando Sabella parece já ter definido o grupo de jogadores que desembarcarão no Brasil, para a frustração de Carlos Alberto Tevez. O ex-corintiano é um dos maiores ídolos dos argentinos dos últimos tempos, contudo, não agrada o atual treinador, uma vez que o atacante da Juventus não foi convocado sequer para um amistoso.




Outro ponto que favorece a seleção é que, ao contrário das Copas anteriores, o setor defensivo não está fragilizado. Pablo Zabaleta (Manchester City), Garay (Benfica) e Otamendi (Valência) serão os responsáveis por freiarem os poderosos ataques adversários.

A Argentina conta com um acervo de craques e, principalmente, com Lionel Messi, o melhor jogador do mundo da atual década. O atacante do Barcelona não vive um bom momento no futebol, mas ninguém discute que, se o craque brilhar, as chances de título serão grandes.


Os meia-atacantes Javier Pastore e Angel Dí Maria vivem grandes momentos em seus clubes atuais, os quais também podem desequilibrar facilmente qualquer partida. No ataque, se destaca Kum Aguero que deverá ter ao seu lado Higuain ou Lavezzi.

Não obstante, os argentinos realizaram uma ótima campanha nas eliminatórias, ganhando facilmente a maioria dos jogos. Messi parece ter deslanchado vestindo a camisa da seleção nacional, entretanto, na época, o jogador vivia um momento bem melhor no seu clube.

Os deuses do futebol parecem, pelo menos em um primeiro momento, favorecer a seleção em comento, considerando o sorteio da fase de grupos da Copa do Mundo. O adversário mais forte que eles irão enfrentar será a Nigéria, razão pela qual o técnico Sabella deverá entrar no último jogo da fase de grupos já classificado.

Por Renan Valmeida do Nascimento



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *