Fifa distribuirá 50 mil ingressos para operários que trabalharam nas obras dos estádios para a Copa do Mundo



  

A Fifa vai distribuir 50 mil ingressos de jogos da Copa do Mundo do Brasil para operários que trabalharam nas obras dos estádios. De acordo com o órgão máximo do futebol, tal gesto representa forma de agradecer por conta da reforma ou construção das doze arenas. 

Em termos práticos, os operários ficaram surpresos com a decisão que não era esperada, mas aconteceu e foi anunciada em entrevista coletiva, depois de encontro entre os organizadores do COL, no Maracanã, na quinta-feira, dia 27 de março.

Construtoras que participaram do projeto possuem a responsabilidade de receber os ingressos da Fifa e distribuir entre os funcionários. Regras para entregar os ingresso são instituídas de acordo com políticas de cada empresa.           

Ingressos a seres distribuídos aos operários que trabalharam nos estádios da Copa do Mundo se destinam para 47 partidas da primeira fase, tirando o jogo de estreia, no dia 12 de junho, na cidade de São Paulo, entre Brasil e Croácia.

De acordo com o COL, as políticas para definir a quantidade de ingressos a serem concedidos levou como base principal a quantia total de operários que trabalharam nos estádios.





Os ingressos devem chegar às mãos dos operários por volta da metade do mês de maio. Ao levar em conta que as construtoras distribuem os ingressos, então trabalhadores não precisam retirar no Centro de Distribuição.

Até os dias atuais foram colocados à venda quase 2,7 milhões de ingressos para os jogos da Copa do Mundo no Brasil em 2014. A disposição dos bilhetes acontece em ciclos de remessas e na primeira etapa foram alocados quase 300 mil.

Por fim, vale ressaltar que deficientes físicos, pessoas com mobilidade reduzida, beneficiários do Programa Bolsa Família, estudantes e idosos têm direito de comprar ingressos especiais com preços menores do que a quantia cobrada no valor integral de forma oficial.

Por Renato Duarte Plantier



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *