Náutico – Dirigentes discordam da CBF


O pernambucano Náutico conseguiu acabar com o jejum de vitórias e finalmente conseguiu a primeira vitória, a vítima foi o Internacional. A partida onde os pernambucanos venceram por 3 a 0, foi decisiva para a permanência do comandante da equipe, Zé Teodoro.


Com a vitória do elenco sobre o atual líder do Brasileirão, o time conseguiu respirar e pensar nas próximas partidas com mais motivação. Entretanto, o fato das partidas contra o São Paulo na quarta e contra o Santos no domingo terem sido canceladas está deixando a diretoria do clube irritada.


Segundo Sergio Lins, alguns dirigentes estão preocupados com a situação, visto que o time a ser impedido de jogar por dez dias devido a esses cancelamentos, perderá chances de melhor se posicionar na lista do Campeonato Brasileiro.


Sobre a troca de datas das partidas, Sandro falou que não vê de boa forma essas alterações e acrescenta que fica pior a situação porque as partidas que não ocorrerão não tem datas definidas ainda para acontecer.


O dirigente de competições da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Virgílio Elísio, disse que não é questão de gostar ou não, a CBF teve de cancelar as partidas por motivos que escapam à vontade dos clubes. Além disso, afirmou que a nova tabela de jogos será liberada na próxima semana.

Por Melina Menezes.

Leia também:  Fluminense - Deco deve voltar aos campos contra o Naútico

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.