Ramon diz que rebaixar Palmeiras terá um ‘gosto especial’





Neste domingo, dia 18 de novembro, o Flamengo poderá se tornar algoz do Palmeiras na luta do Alviverde em seguir na elite do futebol brasileiro. Com apenas 33 pontos conquistados na Série A, o time paulista necessita desesperadamente da vitória contra o Rubro-Negro a partir das 17h, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda.

Pior do que ter de vencer o adversário carioca, o Palmeiras ainda terá de torcer por uma combinação de resultados de rivais diretos na luta contra a degola. Portuguesa (40 pontos), Bahia (40) e Sport (37) enfrentam respectivamente: Grêmio, Ponte Preta e Botafogo e precisam tropeçar para que o Verdão siga na luta pela permanência entre os melhores times do Brasil em 2013.




Lateral-esquerdo com passagem pelo rival Corinthians, Ramon vê a possibilidade de atenuar a crise do lado Alviverde como algo motivador. De forma respeitosa, ele garante não sentir felicidade pela situação da equipe do Palestra Itália, mas ressalta que não há nenhuma chance de sentir pena.

"Se fôssemos nós, ninguém teria piedade. Queremos vencer e não temos nada a ver com o Palmeiras. Jogaremos sem pressão, com alegria, e será uma partida especial caso vençamos e rebaixemos o outro time", avalia o defensor.


Livre da ameaça de rebaixamento, o Flamengo tenta melhorar sua posição no Campeonato Brasileiro para garantir vaga na próxima edição da Copa Sul-Americana. O Mengão no momento é o 9º colocado, com 47 pontos.

Por Thiago Viana



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *