Coritiba – Liderança aos pés do jovem Willian Farias





Um ano que começou a todo vapor e terminou de maneira melancólica. Está poderia ser a frase retratando a temporada 2012 do Coritiba. Primeiro, a alegria da conquista do Paranaense. Em seguida, a decepção pelo vice-campeonato da Copa do Brasil. Por fim, o drama de uma campanha entre altos e baixos pelo Campeonato Brasileiro. Mesmo assim, alguns jogadores encerram suas atividades com moral junto a diretoria e a comissão técnica. Um deles é o volante Willian Farias.

Aos 23 anos, ele mostra que para conquistar a confiança do elenco não é necessário ser um veterano. No ano, lá se foram 47 partidas vestindo o manto do Coxa. Camisa 5 da equipe, Willian Farias ganhou a chance de ser titular após o antigo dono da posição – Leandro Donizete – se transferir para o Atlético-MG. Diferenciado, ele garante não fazer o estilo "xerifão" (brigar e esbravejar com todos). Atleta das categorias de base, diz não ter sentido o peso de substituir seu antecessor.




"Ninguém erra porque quer. Sempre quero ser positivo e não gosto de dar duras. Neste ano pude atuar mais após a saída do Leandro", ressalta o atleta ao Jornal Gazeta do Povo.

O elenco comandado pelo técnico Marquinhos Santos possui outros cinco jogadores que atuam na mesma posição de Willian Farias. São eles Artur, Chico, Gil, Junior Urso e Sérgio Manoel. Por nem mesmo as duas lesões sofridas em 2012, que culminaram em dois meses a menos de jogos que os companheiros, o fizeram perder espaço no grupo, é certo que será um dos integrantes da espinha dorsal do meio-campo na temporada que vem, quando o Coritiba terá a volta do craque Alex como armador.


Por Thiago Viana



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *