Palmeiras – Campeão da Copa do Brasil 2012



Mesmo sem Valdivia e Hernán Barcos, o Palmeiras conseguiu impor seu ritmo de jogo para cima do Coritiba em pleno Couto Pereira, na segunda partida da final. O palestra se consagrou bicampeão, primeiro título também conquistado por Luiz Felipe Scolari, em 1998.

Ritmo de jogo:



Aconteceu uma falta aos quatro segundos de jogo, tempo recorde que explicitava o nervosismo da partida já esperado pelos principais analistas da imprensa esportiva.

No primeiro tempo que terminou em 0x0, o Coritiba não conseguiu chegar à área palmeirense liderada pelo xerife Henrique que atuou em dupla função, como zagueiro e volante. O jogador além de ter sido campeão no desarme, também desempenhou com frequência algumas arrancadas ao ataque.



Na segunda metade do jogo os cruzamentos do Coritiba começaram a entrar na área de ataque embora suas conclusões tenham sido imprecisas. Todavia, os coritibanos se demonstravam nervosos, fator visto com a bola que Lincoln jogou na cara de Marcus Assunção.

Ayrton acertou um chute fulminante em cobrança de perto da grande área, colocando o time da casa na frente. Porém, a alegria paranaense durou pouco! Aos vinte minutos, Bentinho empatou o jogo, após uma cobrança de falta do Marcus Assunção, eleito por grande parte dos críticos como melhor homem em campo.

O Palmeiras demorou mais de dez anos para ganhar um novo título nacional.

O bicampeonato atual foi conquistado de forma invicta.

Por Renato Duarte Plantier   

Leia também:  Mercado da Bola 2013 - Contratações do Corinthians, Santos, São Paulo e Palmeiras

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *