No dia 23 de maio o Atlético-MG conquistou um empate suado contra a equipe Club Tijuana do México. O primeiro jogo entre as equipes, válido pelas quartas de final da competição, foi no Estádio Caliente, que possui um gramado sintético e está localizado a dez mil quilômetros de Belo Horizonte.

O time mineiro saiu do Brasil sendo o melhor time da primeira fase, jogando um futebol vistoso de pressão e velocidade para cima do adversário. No entanto, não foi isso que se viu no primeiro tempo de jogo. O Tijuana, empurrado pela sua torcida, fazia jogadas rápidas e de habilidade, surpreendendo a defesa atleticana. Tanto que fez 2 a 0 com Riascos e Martínez, ainda no primeiro tempo. Mesmo assim, o time alvinegro não desistiu, voltou do segundo tempo melhor postado em campo, trabalhando muito com Tardelli, Luan e com Ronaldinho Gaúcho nas bolas paradas. O Galo diminuiu com Tardelli e conseguiu empatar o jogo no último minuto com Luan.

O jogo de volta acontece na arena Independência nesta quinta-feira, às 22h. Em Minas Gerais, o Galo que não perde desde que o estádio foi inaugurado, provavelmente vai carimbar a classificação para as semifinais contra o Boca Juniors ou Newell’s Old Boys, que jogam um dia antes.

Por BCC


O Timão vinha de derrota na Copa Libertadores para o Tijuana, em jogo disputado no México, e na noite de quarta-feira, 14/03, precisava somar os três pontos para diminuir a vantagem que o time mexicano tinha e para facilitar a classificação à segunda fase.

Com o Pacaembu podendo receber torcedores do Corinthians, depois que a punição foi efetivada para somente jogos fora, a fiel torcida compareceu em peso e lotou o estádio.

Os gols corintianos foram marcados por Alexandre Pato, Guerrero e Paulinho. A única baixa foi o fato de Pato ter sido substituído ainda no primeiro tempo, devido a um incômodo muscular.

Depois de uma maratona de jogos envolvendo a competição sulamericana e o Paulistão, o Timão só voltará a campo pela Copa Libertadores no dia 03/04, contra o Milionários/COL, fora de casa, porém, enfrenta já no sábado o União Barbarense pelo Campeonato Paulista.

Com a vitória o time de Tite chegou aos 7 pontos, 2 a menos que o líder Tijuana e manteve a segunda colocação do grupo.

Aos poucos o Corinthians vai crescendo na competição e não deverá ter muitas dificuldades para avançar até as oitavas de final.

Por Vinicius Cunha


Foi com o apoio de mais de 33 mil torcedores que o Corinthians goleou o Tijuana, por 3 a 0, no Pacaembu, e chegou aos 7 pontos no Copa Libertadores. Alexandre Pato, Guerrero e Paulinho marcaram os gols da vitória. A próxima partida do Timão na competição será no dia 3 de abril, contra o Millonarios, na Colômbia.

Antes de a bola rolar, o reencontro do Corinthians com a sua torcida em competições internacionais após o título do Mundial de Clubes e a revanche contra o Tijuana, que venceu o confronto entre as equipes na última semana, deram um tempero especial à partida. Aplicado taticamente, entrosado e com facilidade para tocar a bola, o Corinthians deu as cartas no primeiro tempo e não deixou o adversário se agigantar.

Depois de tanto martelar o Tijuana, aos 25 minutos veio a recompensa. Renato Augusto chutou forte de fora da área e o rebote sobrou para Alexandre Pato, que, com categoria, mandou para o fundo do gol. Aos 35 minutos, a bola procurou o atacante Guerrero. O atacante acertou um lindo chute e ampliou.

Na etapa complementar, quando já estava com a vitória construída e precisando apenas administrá-la, o bom futebol do Corinthians ainda foi premiado com mais um gol aos 36’, de Paulinho, desviando de cabeça após receber cruzamento: 3 a 0, placar final. 

Por Julio Abreu


No dia 13 de março, o Corinthians recebe o Tijuna no Pacaembu pela quarta série de jogos da fase classificatória da Copa Libertadores da América 2013. Na última rodada do torneio, estas duas equipes se enfrentaram e o Tijuana (México) ganhou da equipe alvinegra pelo placar de 1 a 0 com gol que foi bastante contestado pela torcida corintiana.

Para o jogo em casa, o Corinthians quer dar o troco, vencendo a equipe mexicana para não deixá-la se afastar na tabela de classificação. Surpresa na competição sul-americana, o Tijuana tem feito a melhor campanha, conseguindo nove pontos em seis rodadas e com aproveitamento de 100 por cento. O time paulista conquistou apenas quatro pontos em três rodadas, está na segunda posição e apresenta 44,4% de aproveitamento.

Provavelmente, o técnico Tite irá repetir a mesma escalação da última partida da Libertadores, que contou com Cássio, Alessandro, Gil, Paulo André, Fábio Santos, Ralf, Paulinho, Renato Augusto, Danilo; Pato e Guerrero. A situação do Timão ainda não se complicou na fase de grupos, pois o time depende apenas de si para conseguir a classificação em segundo lugar e ir para o mata-mata.

Por Marcelo Araújo


O Timão estava há 16 jogos sem derrota na Libertadores, porém, perdeu a invencibilidade em decorrência da derrota para o Tijuana do México pela terceira rodada da Libertadores.

O time mexicano faz campanha invejável na competição, venceu as três partidas que disputou e além da liderança do grupo, tem o melhor aproveitamento do campeonato.

Aproveitando-se do fator campo (gramado sintético), o time mexicano jogou com ousadia e de igual para igual com o atual campeão mundial. 

No primeiro tempo a arbitragem anulou dois gols corintianos, estes marcados por Paulinho, pelo fato do jogador está impedido, no entanto, na segunda etapa o árbitro não foi feliz, validando, aos 20 minutos, gol irregular de Javier Gandolfi.

O Tijuana praticamente garantiu sua classificação à segunda fase, enquanto o Corinthians, mesmo se mantendo na segunda colocoção do grupo, fica a cinco pontos dos mexicanos e a apenas um do Milionários, terceiro da chave. 

Os dois times voltam a se enfrentar já na semana que vem, em jogo a ser realizado no Pacaembu. Até o momento, o Corinthians não obteve respostas sobre a possível punição que sofrerá pela Conmembol, em virtude do incidente na Bolívia, e não sabe se poderá contar com apoio de sua torcida nas arquibancadas do estádio brasileiro.

Por Vinicius Cunha





CONTINUE NAVEGANDO: