Após toda a novela de 2014 sobre a aposentadoria de Rogério Ceni, ídolo e goleiro do São Paulo Futebol Clube, time da capital paulista, o goleiro artilheiro, após a confirmação do time na Libertadores de 2015 anuncia que fica para mais um ano como goleiro titular do time.

O jogador está no time há muitos anos e após apresentar alguns jogos ruins, algumas lesões e falhas havia anunciado que pararia de jogar e se aposentaria no final deste ano, entretanto, o goleiro, que é famoso pela sua determinação e também famoso por sua persistência em sempre querer jogar mesmo de vez em quando machucado, decidiu que não parará este ano e pretende disputar a Libertadores de 2015 pelo São Paulo.

Os torcedores do time, apesar de muitos, no decorrer deste ano, terem falado que achavam que era hora do ídolo parar, que já tinha feito muito pelo Clube, mas que agora estava na hora de parar, talvez tentar uma carreira técnica ou de direção do Clube, mas que jogar mesmo já não estava mais dando para ele, agora comemoram a renovação do ídolo com o Clube e a notícia de sua continuação embaixo das traves por mais um ano. 

Muitos falam em vaidade do goleiro, deste não querer aceitar o fato de não estar mais na melhor forma física para jogar, entretanto o goleiro mostra por várias vezes que isso nem sempre é verdade, fazendo importantes defesas para o clube e sendo sempre muito bem falado após os jogos.

O jogo do São Paulo foi contra o Atlético Nacional, equipe latino-americana eliminou o tricolor na semifinal da Copa Sul-Americana, entretanto, isso não desmotivou o goleiro que, ao que parece, juntou forças e decidiu que continuaria para disputar o título mais importante sul-americano, a Libertadores da América. 

Se é vaidade ou não, se o goleiro reúne condições ou não, isso veremos no ano de 2015, aos torcedores são paulinos, o fato é que o ídolo fica mais um ano e joga mais algumas partidas com a camisa do Tricolor.

Por Matheus Noronha Sturari

Rog?rio Ceni continuar? no S?o Paulo

Foto: Divulgação


1925 e 2014. O que esses dois anos têm em comum? Se olharmos contextos históricos, praticamente nada. Mas se pegarmos algumas particularidades dos dois anos, no que se refere ao futebol e, mais precisamente, ao futebol paulista, tem um fator em comum bem interessante: nesses dois anos nenhum grande clube do estado de São Paulo levantou um troféu. Exatamente.

Em quase 90 anos, pelo menos um desses clubes tiveram alguma conquista na temporada. Os grandes (Corinthians, Palmeiras, São Paulo e Santos) não tiveram nada o que comemorar em 1925 e não terão nada a comemorar agora em 2014. Anteriormente já falamos de Corinthians e Palmeiras e a situação do tricolor e do Peixe são as mesmas que de seus irmãos da capital. Nada de títulos.

O São Paulo viu sua última chance de ganhar algo na temporada ir por água abaixo na última quarta-feira quando foi eliminado pelo Atlético Nacional, nos pênaltis da Copa Sul-Americana. O técnico Muricy Ramalho é unanimidade e prossegue no clube em 2015 e fez uma análise do futebol paulista na temporada: “Às vezes não fomos profissionais dedicados o quanto poderíamos ser. Devemos ser profissionais o tempo todo. Ver o Palmeiras brigar para não cair é triste, o Corinthians tem um grande elenco e Mano vem fazendo a correções necessárias. Acho que o São Paulo está no caminho certo”, disse. Claro que na visão dele o São Paulo está no caminho certo. Pelo menos vai a Libertadores.

O Santos, ao longo da temporada sofreu com a troca de técnicos, demorou a achar o caminho certo a seguir. Na penúltima rodada enfrentou o desesperado Botafogo.

O Santos promete algumas mudanças para 2015. Ederson Moreira deve seguir no clube e alguns jogadores, de alto salário, já foram colocados à venda.

Vamos esperar para ver.

Por Luciana Viturino

S?o Paulo

Santos


As confusões de Rogério Ceni são conhecidas por todos. Não que ele seja problemático como Adriano, o Imperador (atualmente sem império), não que seja um jogador que se envolva em escândalos sexuais (vide Ronaldo Fenômeno), ou com farras e bebidas. As confusões de Rogério Ceni ficam a cargo de sua língua, sempre afiada e pelas polêmicas dentro da direção do São Paulo. Muitos já afirmaram que é ele quem manda no clube. De certa forma, a opinião do que ele acha conta muito ali dentro. O que ele pensa é respeitado e tem enorme peso.

Nesta sexta-feira, será lançada pela patrocinadora de materiais esportivos do clube, a Penalty, uma camisa de goleiro, onde o homenageado será Rogério Ceni, pelos 25 anos de história. O problema é que o homenageado não estará presente porque arrumou confusão. Apenas diretores do clube e representantes da marca esportiva estarão presentes.

O goleiro gosta tanto de uma confusãozinha que estará no CT treinando, mas disse que não subirá na sala de imprensa. Fez birra. Tudo porque a Penalty, quando saiu distribuindo os convites para o lançamento da aguardada camisa, disse que Rogério Ceni faria a apresentação da camisa nº 1 e que logo em seguida anunciaria sua aposentadoria. O goleiro não gostou nem um pouco de saber que estavam anunciando sua aposentaria se nem ele mesmo sabia se isso aconteceria.

Muricy Ramalho insiste para que ele permaneça na ativa em 2015 e que garante ao goleiro que no próximo ano serão campeões juntos.

A briga envolvendo Rogério Ceni e a fornecedora Penalty não é de hoje e não envolve apenas esse episódio. Os dois – goleiro e Penalty – já tiveram um atrito no ano passado por conta de algumas parcelas que foram pagas atrasadas do contrato entre os dois lados. Para se ver a importância de Ceni, a tendência é que a Penalty forneça materiais apenas até o Campeonato Paulista. A Puma já estaria negociando um contrato.

Por Luciana Viturino

Rog?rio Ceni

Foto: Divulgação


A fanática torcida do São Paulo tinha a certeza que estariam de volta a uma decisão de um título internacional e caso saíssem vitoriosos, levantariam a ambicionada taça da América. Mas o sonho acabou, deu tudo errado. E o erro saiu dos pés daquele que tinha a obrigação de resolver: Allan Kardec.

O ex-palmeirense preferiu o São Paulo há alguns meses atrás. Pulou o muro da academia e se juntou ao grupo tricolor. Foi muito bem recebido e até a presente data era um dos xodós da torcida, assim como foi no Palmeiras. Ah, mas como é o futebol, bastou uma noite para ser tido como responsável pela eliminação nas semifinais da Copa Sul-Americana. Estava nos pés dele a continuidade da competição ou a eliminação.

Mas na hora da batida decisiva – o jogo foi disputado nos pênaltis, pois o Atlético Nacional havia vencido o primeiro jogo por 1×0 – não é que o atacante escorregou e se atrapalhou todo com a bola? Mandou a bola para longe, mas muito longe do gol. Mesmo vencendo a partida a decisão foi para os pênaltis, pois os dois resultados foram iguais.

Agora não adianta lamentações. O técnico Muricy Ramalho diz que foi uma das maiores injustiças de sua vida. Logo após a partida, na entrevista coletiva na sala de imprensa do clube, o técnico diz não entender o motivo da eliminação, que o São Paulo teve muito mais volume de jogo e merecia a vitória. Em nenhum momento criticou Allan Kardec e até defendeu o jogador, enumerando suas qualidades, para tentar justificar o lançamento da bola como numa partida de Beisebol.

Paulo Henrique Gansotambém foi elogiado, pois foi o autor do gol da vitória no tempo regulamentar, por 1×0. Segundo o técnico, eles não estão procurando explicações, pois acredita que o time seja fantástico e que no futebol tem coisas que não se explicam. Ele atenta para o fato de o clube já estar classificado para a Libertadores, mas queriam o título. Porém, não deu.

Por Luciana Viturino

Alan Kardec

Foto: Divulgação


A Copa Sul-Americana segue na fase das semifinais, contando agora com apenas um time brasileiro entre os quatro restantes, o São Paulo. O time paulista enfrentou nessa quarta-feira, dia 19 de novembro de 2014, o Atlético Nacional, time colombiano. 

A partida de ida da semifinal não foi de muita alegria para a torcida do São Paulo, já que assistiu seu clube perder por 1 x 0 para o time da casa, em um lance de descuido da defesa. Após esse placar, o São Paulo precisa de uma vitória contra o Atlético Nacional na partida que será disputada no Morumbi, no dia 26 de novembro, para poder disputar a final contra o vencedor da outra semifinal.

O jogo, que aconteceu em Medellín, segunda maior cidade da Colômbia, teve um primeiro tempo bastante conturbado, marcado por insatisfação dos jogadores em relação à arbitragem. Um lance polêmico aconteceu aos 26 minutos do primeiro tempo, após uma saída desastrada do goleiro do time colombiano, que derrubou Alan Kardec e não recebeu nem sequer uma falta.

Outra falha aconteceu aos 34 minutos, ainda do primeiro tempo, quando a arbitragem inverteu uma cobrança de lateral que deveria ser para o São Paulo e que terminou no gol do clube da casa.

Após ganhar o lateral, o time do Atlético Nacional colocou a bola na área e aproveitou de uma confusão entre o goleiro Rogério Ceni e o Edson Silva para colocar Ruíz de cabeça na frente do gol. Com a abertura do placar, o time da casa ficou mais confortável dentro de campo e só não ampliou a vantagem por várias defesas feitas pelo goleiro do time do São Paulo, terminando a partida em 1 x 0 para o Atlético Nacional.

Vale lembrar que no jogo da volta, uma vitória de 1 x 0 do São Paulo levaria o jogo para os pênaltis e qualquer gol marcado pela equipe colombiana fora de casa forçará o time paulista a terminar a partida com uma vantagem de, pelo menos, dois gols para poder se classificar para a final da Copa Sul-Americana.

Por Rannier Ferreira Mendes

Foto: divulgação


Dois  jogos marcaram essa quarta-feira, de um lado a Copa do Brasil, disputada por Cruzeiro e Atlético Mineiro e do outro lado o Campeonato Brasileiro, com a disputa de São PauloInternacional.

Mas o jogo que  estava  sendo esperado era o da Copa do Brasil, Cruzeiro e  Atlético Mineiro estão disputando a  final, e esse  jogo prometia  ser  de arrepiar.

O Cruzeiro que é líder do Campeonato Brasileiro em uma  fase muito boa, quer também esse  título, mas  o Galo está na briga também.

Então a  bola  rola e os dois times enfim buscam um resultado positivo para essa partida, pois querem  estar em  vantagem no último jogo.

Mas o Cruzeiro que no Campeonato Brasileiro é perigoso, nesse jogo não demonstrou nada disso, o Galo sai na frente com Luan, uma  jogada que  começa  na  cobrança de um lateral.

O Galo está mesmo afim da  vitória, parte para cima do adversário com  jogadas rápidas.

O Cruzeiro até que tenta, mas  não é  feliz nas conclusões. Então o Galo, em outra jogada  de cobrança de  lateral  faz o seu  segundo  gol, agora com Dátolo.

E o  jogo termina em 2 a  0 para o Atlético Mineiro, uma  vantagem  significativa para o Galo sobre a Raposa.

Mas temos que  lembrar que 2 a  0 não significa uma  larga vantagem para esse  dois  times, pois  já ganharam de  seus adversários que estavam com a  mesma  vantagem.

Já no Campeonato Brasileiro o São Paulo que  conseguiu antecipar o  jogo contra o Internacional, jogou em busca de uma vitória para colar de vez no líder Cruzeiro.

O Internacional que vem de derrota de goleada para o Grêmio, queria a  vitória  para  chegar no  G4 para  garantir a  sua  vaga na Libertadores 2015 e tentar apagar aquela derrota do final de semana.

O jogo começa e o Internacional , sem os seus dois principais jogadores D’Alessandro e Aránguiz, começa pressionando o São Paulo e em meio a  tanta pressão Paulão abre o placar para o time gaúcho.

O São Paulo reclama do gol, pois alega que Paulão estava impedido, mas  o juiz confirma o gol, 1 a 0 Inter.

No segundo  tempo em um belo cruzamento para a área Colorada Luiz Fabiano marca e empata a  partida 1 a 1.

O jogo tem  mais lances  bonitos e defesas  fantásticas, mas não passa disso. Fim de jogo no Morumbi, o Inter  agora com 57 pontos em 3º lugar e o São Paulo cada  vez  mais próximo do  líder com 63 pontos.

Por Andre Escobar

Atl?tico-MG x Cruzeiro

S?o Paulo x Internacional

Fotos: Divulgação


Na última quinta-feira, dia 30 de novembro, o São Paulo jogou contra Emelec no Estádio do Morumbi e teve uma vitória de 4×2 na partida rumo às quartas de final na Copa Sul-Americana.

Em ordem cronológica, os gols foram marcados por Michel Bastos, Hudson, Alan Kardec e Antônio Carlos, que finalizou com o gol de cabeça. Mesmo sem ter feito nenhum gol, Ganso teve um bom desempenho e, no segundo tempo, foi quem mais ajudou no ataque.

Embora o jogo tenha rentabilizado muito ao São Paulo, o jogador Hudson foi agredido no tórax com uma pisoteada do zagueiro adversário, Gabriel Achilier, após o juiz marcar falta. O médico do clube informou estar tudo bem e que, apesar das marcas no corpo do jogador, o problema é apenas externo.

As trocas do clube paulista não foram muito bem sucedidas. Muricy Ramalho trocou Maicon, que já tinha levado um cartão amarelo, por Antonio Carlos, e a defesa ficou mais fraca, favorecendo, consequentemente, o adversário.

O segundo tempo foi mesmo muito arriscado e os jogadores do Emelec atacaram, marcando dois gols de Bolaños e Angel Mena.

Vitorioso, o time paulista sai de campo com a tentativa do goleiro Rogério Ceni de reunir a equipe para deixarem juntos o campo, mas, o volante Souza se recusa a acompanhá-los. Com este placar, a vaga é quase garantida na semifinal, mesmo que ocorra um gol de diferença no próximo jogo, previsto para a primeira semana de novembro, contra Criciúma.

Apesar dos altos e baixos, assim como em todos os clubes, o São Paulo tem muita chance de ir para semifinal e conquistar mais um título. A torcida cobra do técnico do Tricolor, Muricy Ramalho, trocas mais eficientes e nunca se satisfaz com o desempenho à parte da equipe, que demonstra saber muito bem como contornar os desafios.

Por Ricardo Laurentino da Silva

Foto: divulgação


A ressaca da quinta-feira ao presidente Carlos Miguel Aidar não foi fácil. Ele teve que se recompor para voltar ao Morumbi depois da noite de quarta-feira, quando São Paulo perdeu para o Fluminense por 5 X 2, no Maracanã, Rio de Janeiro.

Aidar disse que não fosse o compromisso que tinha com Pelé seria difícil ir ao Morumbi. Vale ressaltar que a presidência encontrou o rei do futebol para firmar acordo sobre a exposição histórica do jogador, que vai acontecer no estádio do Morumbi, durante a Copa do Mundo FIFA Brasil 2014.

Em entrevista à Gazeta Esportiva, Aidar indicou que não estava em um dos melhores dias da vida. Tudo por causa do fraco desempenho que o time demonstrou no jogo contra os tricolores cariocas. A surpresa aconteceu com maior força ao levar em conta a performance impecável que o time apresentou no jogo anterior, contra o Flamengo, também no Rio de Janeiro.

Apesar da derrota vexatória que sofreu do rival tricolor carioca, o técnico do São Paulo, Muricy Ramalho, não tem perigo de perder seu cargo, conforme afirmou Aidar de forma pública. Ao presidente, o treinador tem emprego garantido até acabar os anos de mandato presidencial.

Não se pode ignorar o fato de que esta não foi a primeira vez que Aidar defende Muricy em público após jogos com baixo desempenho por parte do São Paulo. No empate que o clube teve contra o Corinthians a confiança do presidente no atual técnico se demonstrou inabalável.

Carlos Miguel Aidar indica que Muricy tem algo a mais do que os outros técnicos, ou seja, consegue revelar garotos da base e vender por alto preços aos principais clubes da Europa, o que ajuda em aumentar o caixa do clube. Presidente do São Paulo indica que o time vai ter altos e baixos por causa da grande quantidade de jogadores jovens no plantel principal.

Por Renato Duarte Plantier

S?o Paulo x Fluminense

Foto: Divulgação


O Fluminense venceu o São Paulo por 5 a 2 no Maracanã, com dois gols de Walter, na quarta-feira, 21 de maio, à sexta rodada do Campeonato Brasileiro 2014. Com a vitória, o clube carioca alcança 12 pontos e fica na terceira posição, atingindo a zona classificatória à Copa Libertadores da América 2015. Já o time paulista caiu para a sétima posição.

Na noite do Rio de Janeiro os fatos pareciam positivos ao São Paulo no primeiro tempo. O time conseguiu sair na frente com gols de Rogério Ceni e Alexandro Pato e foi ao segundo tempo com a vantagem de 2 a 1 no placar. Porém, em menos de 45 minutos o Fluminense conseguiu implantar pressão tamanha ao ponto de fazer quatro gols e não sofrer nenhum gol.

Pode-se dizer que o torcedor carioca foi do inferno ao céu durante os dois tempos de jogo. Nos primeiros 45 minutos era evidente que o Fluminense sentia a falta do artilheiro Fred. O São Paulo dominava não apenas as laterais, como também os desarmes no meio de campo. Para se ter uma ideia da supremacia são-paulina, o gol de empate em 1 a 1 dos cariocas foi contra, do zagueiro são-paulino Lucão.

No segundo tempo o Fluminense mudou da água ao vinho, em principal por causa de um nome: Walter. O centroavante de peso marcou dois golaços, sendo que no segundo comemorou de modo literal, ou seja, deitou e rolou na grama do Maracanã, em uma noite em que as saudades dos torcedores de Fred, no primeiro tempo, foram esquecidas e trocadas por vibrações de alegria, em consequência vitória de goleada.

Wagner marcou o quarto gol e foi eleito por grande parte dos críticos esportistas como segundo melhor jogador do Fluminense durante a partida, nada mal para um nome que com o antigo técnico era banco, mas nas mãos de Cristovam Buarque tem a camisa dez e titularidade absoluta no tricolor carioca. Rafael Sobis fechou o placar: 5 a 2.

Por Renato Duarte Plantier

Fluminense

Foto: Nelson Perez/Fluminense


O São Paulo, que chegou a ser ameaçado de rebaixamento no Campeonato Brasileiro de 2013, espera fazer uma temporada bem melhor em 2014.

O time, comandado pelo treinador Muricy Ramalho, acredita que tem tudo para disputar o título do paulistão e conquistar seus objetivos nos outros torneios a serem disputados. O volante Wellington está muito confiante com a melhora do tricolor paulista. Ele, que foi um dos destaques do clube no ano anterior, afirmou que o time está num processo de evolução e entrosamento que, certamente, serão indispensáveis para a equipe do Morumbi jogar com mais vontade e vencer os campeonatos. 

O volante explicou que o importante é conquistar títulos. Que é isso que todos, sobretudo a torcida, desejam. De todo o modo, apesar da confiança do atleta, uma pergunta parece continuar: será que dá para confiar no time do São Paulo?

Wellington renovou seu contrato até 2018, foi valorizado pela diretoria e deixou bem claro que nesse novo ano tudo será diferente.

O volante do tricolor afirma que evoluiu muito desde que estava nas categorias de base, que aprendeu muita coisa nesse tempo e que, por conta disso, se sente mais preparado para os desafios que estão chegando.

Um detalhe interessante é que o jogador já está na sua sétima temporada com o São Paulo. O único atleta com mais jogos que ele no atual elenco do clube é o ídolo da torcida, o goleiro Rogério Ceni. 

Com a conquista do Campeonato Paulista de 2014, disse Wellington, a equipe ficará mais forte para a Copa do Brasil e o Brasileirão, pois, como sabemos, o grande objetivo do clube é voltar a disputar a Taça Libertadores da América. 

O grupo já teve algumas mudanças como a saída do zagueiro Lúcio, que foi para o Palmeiras, e a contratação do lateral Luis Ricardo. 

Por Juan Wihelm

SPFC

Foto: Divulgação


O time do Coritiba venceu o São Paulo pelo placar de 1 a zero, em Itu, interior de São Paulo, pela última rodada do Brasileirão 2013.

Melhores momentos do jogo São Paulo x Coritiba

Jogo São Paulo x Coritiba ao Vivo Brasileirao 2013 série A

Pelo Coritiba teve um grande desfalque: Deivid não joga, pois recebeu o terceiro amarelo, e cumpre suspensão automática.

Quem apitou a partida SPFC x Coxa foi o juiz Pablo dos Santos Alves que será assistido pelos bandeiras Alessandro Rocha de Matos e Fabiano da Silva Ramires.

Começaram jogando no São Paulo

Rogério Ceni; Paulo Miranda, Antônio Carlos, Rodrigo Caio e Reinaldo; Denilson, João Schimidt, Douglas e Paulo Henrique Ganso; Ademílson (Aloísio) e Luís Fabiano.

Começaram jogando no Coritiba (Coxa)

Vanderlei; Victor Ferraz, Luccas Claro, Chico e Diogo Goiano; Willian, Júnior Urso, Gil e Alex; Carlinhos e Julio Cesar.


Criciúma x São Paulo jogam na tarde deste 1º domingo de dezembro, pela série A do Campeonato Brasileiro de Futebol. O jogo acontecerá na cidade de Criciúma, e será um jogo-chave para a equipe de Santa Catarina que pretende se manter na série A.

Para o São Paulo, é um jogo não tão importante, já que não tem chances nem de cair, e nem de subir. Porém, para a moral do time, é bom voltar de Santa Catarina com uma vitória. A campanha do São Paulo na temporada 2013 não foi das melhores, e os jogadores querem provar para a torcida que poderão fazer um 2014 melhor.

Para o Criciúma, uma vitória hoje significa a chance de fugir em definitivo da zona de rebaixamento. É praticamente certo que chegando a 46 pontos, não haverá necessidade de torcer para nenhum resultado de adversários na última rodada. Hoje o Criciúma tem os mesmos pontos do Fluminense (que empatou ontem com o Galo).

Se o Criciúma conseguir se superar, e se manter na primeira divisão, o Estado de Santa Catarina poderá pela primeira vez na história contar com três times na série A: Chapecoense, Figueirense e Criciúma. Aliás, destaque para a “Chape”, que derrotou o Palmeiras na última rodada do Brasileirão da série B, e conseguiu ser o time que menos perdeu na competição (só seis vezes), apesar de ter empatado demais.

Jogo ao Vivo - Criciúma x São Paulo - Brasileirão 2013 - Série A

Escalação do Criciúma

Galatto; Sueliton, Ewerton Páscoa, Fábio Ferreira e Marlon; João Vitor, Serginho, Elton e Morais; Lins e Wellington Paulista.

Escalação do São Paulo

Rogério Ceni; Douglas, Rodrigo Caio, Antônio Carlos e Reinaldo; Wellington, João Schmidt, Maicon e Jadson; Ademilson (Osvaldo) e Luis Fabiano.


Ponte Preta x São Paulo ao vivo hoje pelo 2º jogo da semifinal da Copa Sulamericana 2013. O jogo, que será disputado na cidade de Mogi Mirim, no interior de São Paulo, deve ser bastante emocionante, já que o tricolor paulista precisa vencer pelo placar de 3 a 0 para tentar avançar às finais da Copa Sulamericana. Na partida de ida, o time da Ponte Preta venceu o São Paulo pelo placar de 3 a 1 em pleno Morumbi.

Em 2013, pra falar a verdade, o São Paulo não tem tido muito êxito em jogos dentro de casa. Tem feito uma campanha realmente decepcionante junto da sua torcida. No último domingo, por exemplo, o São Paulo só conseguiu um empate frente ao Botafogo, em casa. Jogo este que o meia Ganso teve papel fundamental, tendo feito uma jogada de craque que passou em vários veículos de esporte. No ano de 2012, o São Paulo foi campeão da Copa Sulamericana, o que lhe permitiu participar da Libertadores da América 2013 (que também não obteve êxito). A Libertadores deste ano foi vencida pelo Atlético-MG que disputará o mundial de clubes no mês de dezembro.

Já a Ponte Preta, que nunca chegou tão longe na competição, lutará com unhas e dentes para não levar gols (e se levar, que seja de até 2 a zero apenas). Seria uma campanha realmente contraditória da “Macaca”, já que pelo Brasileirão 2013 da série A, a equipe se encontra na zona de rebaixamento, e de lá não sairá mais, ou seja, em 2014 a Ponte Preta jogará na segunda divisão do futebol nacional. No entanto, ao mesmo tempo, poderá disputar a Libertadores.

Pelo São Paulo, Luís Fabiano deve começar no banco de reserva, já que o técnico Muricy Ramalho preferiu a formação que empatou contra o Botafogo, no último domingo. E pela Ponte Preta, o desfalque será apenas e tão somente o goleiro Roberto, que dará vez a Edson Bastos, pois está lesionado.

Jogo São Paulo x Ponte Preta - Copa Sulamericana 2013 - Semi-final
Créditos: Sergio Barzaghi/Gazeta Press

O trio de arbitragem desse jogo será totalmente equatoriano, composto pelo árbitro Carlos Vera, e seus assistentes Christian Lescano e Byron Romero.

Escalação da Ponte Preta (Macaca)

Edson Bastos (Roberto); Artur, César, Diego Sacoman e Uendel; Baraka, Fernando Bob, Fellipe Bastos e Elias; Rildo e William (Leonardo).

Escalação do São Paulo (Tricolor Paulista)

Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rodrigo Caio, Antônio Carlos e Reinaldo; Denilson, Maicon, Douglas e Ganso; Ademilson e Aloísio.

Melhores momentos São Paulo 1 x 3 Ponte Preta – Copa Sulamericana


São Paulo x Atlético Nacional ao vivo pela Copa Sulamericana 2013 você assiste no SporTV ou nos canais payperview. O jogo será transmitido a partir das 21h50 (horário de Brasília), e será disputado no estádio do Atlético Nacional, na Colômbia, mais especificamente em Medellin. Este é o segundo jogo destas quartas-de-final da Copa Sulamericana, e o São Paulo precisa apenas de um empate para se classificar. Já o time do Atlético Nacional pode ganhar por qualquer placar e estará com a vaga assegurada (exceto se o placar for superior a 3 x 2, que foi o resultado do primeiro jogo).


Fabricio, o experiente jogador do São Paulo está entusiasmado pelo fato de poder jogar contra grandes times europeus. Com mais de dez anos trabalhando como football player profissional, o atleta terá a primeira chance de jogar em campos de futebol europeus.

O São Paulo terá como primeiro rival o Bayern de Munique, depois poderá enfrentar o Manchester City ou o Milan e logo o Benfica.

Sobre essas novas atuações o jogador afirma que é uma situação nova esta de jogar em gramados e contra times internacionais, o atleta está motivado porque o comandante Paulo Autuori o recolocou o time. Ele diz que está de ânimo renovado e que aceitará este desafio como forma de medir a sua capacidade nos campos. Acrescenta que jogar contra times tão conceituados é um sonho e que o está realizando.

Fabricio quer medir o seu desempenho e quão bom é porque após a eliminação da Libertadores, o ex-técnico Franco e a diretoria são-paulina dispensaram ele e outros seis atletas pelo fracasso obtido. Obviamente que agora ele quer provar a todos e principalmente para sí que tem condições de jogar contra grandes nomes do futebol mundial.

Por Melina Menezes.


Foi inevitável, assim que o São Paulo desembarcou na Alemanha, a imprensa local questionou a ausência do brasileiro Lúcio, uma vez que estavam todos no aguardo do ídolo que jogou na Alemanha entre 2000 e 2009.

O zagueiro foi deixado de lado por Paulo Autuori. Quanto a isso, o técnico são-paulino disse que a decisão foi necessária para preservar a saúde do atleta. Esta declaração foi postada na página oficial da Copa Audi no Facebook.

O jogador é muito querido no território alemão, visto que ele atuou no Bayern Leverkusen e no Bayern de Munique, construindo parte de sua carreira na Alemanha.

Além de deixar triste a torcida dos clubes onde atuou, ele deixou saudades na mídia e na organização da Copa Audi. Isso porque Lúcio fez diversas peças publicitárias divulgando o evento como garoto-propaganda.

O amistoso entre Milan e Manchester ocorrerá antes da partida entre São Paulo e Bayern de Munique. Esses jogos acontecerão nesta quarta-feira, às 13:15.

Por Melina Menezes


A viagem marcada para a Ásia e Europa está complicando a situação do São Paulo perante o Campeonato Brasileiro. O clube solicitou à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) que adiasse a partida contra a Portuguesa devido ao retorno da delegação do São Paulo no dia 9 de agosto.

O time paulista está indo para os continentes distantes a fim de competir nas Copas Eusébio (Portugal), Soruga (Japão) e Audi (Alemanha).

O adiamento solicitado pelo clube é de somente um dia e se for aceita pela Comissão, esta será a quarta modificação requerida pela agremiação à CBF neste Campeonato Brasileiro. O São Paulo tem conseguido modificar outros jogos por conta dessas Copas.

Nesta etapa vivida pelo time paulista nas Copas referidas, a equipe terá o último evento marcado para dia 7 de agosto contra o Kashima Antlers, ou seja, o desgaste físico da equipe fica evidente, mesmo com a intenção de Autuori de poupar pelo menos quatro jogadores para refrescar a equipe perante a Lusa.

Desta vez, acredita-se que o São Paulo não será agraciado pela postergação da partida visto as dificuldades geradas pela disputa entre Corinthians e Vitória no Estádio Pacaembu. Isso poderia trazer transtornos entre as torcidas rivais. Neste caso, a Polícia Militar dificilmente autorizaria a troca da data.

Por Melina Menezes


O São Paulo vai para uma excursão na Europa e Ásia em momento delicado. Hoje está em 18, frequentando a zona de rebaixamento e poderá voltar da excursão na lanterna do Campeonato Brasileiro de 2013.

Basta Náutico e Portuguesa ganharem 1 dos 2 jogos que têm a menos que o tricolor do Morumbi. Isso fará com que aumente ainda mais a crise tricolor. As primeiras ações já foram tomadas pelo presidente Juvenal Juvêncio, com a demissão de Adalberto Baptista e a contratação do gerente de futebol remunerado Gustavo Vieira, filho do ex-jogador Sócrates.

Esta excursão trará uma oportunidade de jogar contra equipes grandes da Europa, como o Bayern de Munique, Benfica, Milan e Manchester City. Mas como o momento é ruim no brasileirão, a falta de tempo para os treinamentos podem atrapalhar ainda mais o desempenho dos são paulinos no campeonato nacional.

Certamente encontrarão na volta um compromisso com um rival direto na disputa contra o rebaixamento, a Portuguesa. Jogo para comprovarmos se a excursão fez bem ou não ao São Paulo. Esse erro de planejamento, apesar de render bons dólares ao clube, pode comprometer a permanência na primeira divisão para 2014.

Por José Alberi


O São Paulo é um dos times brasileiros que mais investiu em contratações nos últimos anos, razão pela qual a diretoria do clube esperava que o time paulista brigasse por títulos no ano de 2013, uma vez que conta com alguns jogadores de nível de seleção brasileira.

No campeonato Paulista, o time não conseguiu convencer, tendo sido eliminado pelo maior rival Corinthians. No maior torneio do continente, qual seja, a Taça Libertadores da América, o time foi goleado pelo Atlético Mineiro, tendo o time sofrido uma goleada humilhante.

Dessa forma, o campeonato brasileiro era a última esperança de título do clube comandado por Juvenal Juvêncio. Ocorre que o time vem acumulando uma série de derrotas consecutivas, tanto que os jogadores já manifestaram publicamente o temor pelo rebaixamento.

A diretoria contratou o técnico Paulo Autuori, mas pouca coisa mudo no time, considerando que as derrotas permanecem. O que mais assusta a torcida paulista é o fato do clube não conseguir reagir nem mesmo no Morumbi, palco de glórias do São Paulo.

Os grandes jogadores do time: Jadson, Luis Fabiano, Rogério Ceni, Paulo Henrique Ganso e Osvaldo não esboçam reação, sendo certo que a pressão só tende a aumentar no time paulista. De qualquer forma, o elenco do time é melhor do que muitos clubes da série A, o que nos permite concluir que dificilmente o time conhecerá a segunda divisão.

Ainda assim, é preciso ter cuidado, até porque se continuar a perder assim, nada impedirá o rebaixamento.

Por Renan Valmeida do Nascimento


O time São Paulo não está em uma boa fase, e o técnico do time ainda divulgou que o jogador Lucio não vai atuar no clássico contra o Corinthians nesse domingo pelo campeonato brasileiro.

Nessa sexta-feira o Lúcio fez o seu treinamento separado do restante da equipe, e o Paulo Autuori ainda disse que Tolói e Paulo Miranda formarão a dupla defensiva do time.

O time ainda terá que atuar sem o Luis Fabiano e também o Aloísio que estão suspensos. O Denílson também não fará parte desse jogo porque está lesionado. O Clemente também reclamou de dores e não vai conseguir atuar nesse clássico, e Juan não será aproveitado pelo treinador.

Outra novidade do São Paulo é a possibilidade do Ganso perder a sua vaga também nesse jogo de domingo. Ele esteve no treino, porém, ele foi tirado do treino com os atletas para realizar trabalho de finalização, o que significa que ele não tem posição segura entre os titulares.

O treinador ainda menciona estar trabalhando a relação da equipe com um objetivo de melhoria nos resultados. Vamos aguardar até domingo e ver qual será o resultado.

Por Josiane Fernandes de Jesus


O São Paulo não está em uma das suas melhores fases, e o jogador Luis Fabiano, um dos principais que atua hoje nesse time chega a mencionar que a condição física do elenco do São Paulo não é ideal para as competições do momento. Essa queixa foi dita logo após do técnico Paulo Autuori  alertar sobre a queda do rendimento no segundo tempo de todas as partidas.

O centroavante reconheceu que o grupo precisa de uma nova evolução nesse quesito bem observado pelo técnico, e dessa forma vai ser possível buscar um melhor resultado nas próximas partidas que ainda vão acontecer no campeonato brasileiro.

O jogador disse dessa forma em uma entrevista coletiva: Eu acho que posso melhorar meu rendimento físico. Não só eu, mas todo mundo tem essa opinião. Talvez, estejamos correndo errado. Não falta esforço. Não adianta vir aqui e falar que está tudo bom porque não está – afirmou.

O novo técnico Paulo Autuori está notando e falando sobre esse problema desde a sua chegada, e ele está procurando ver qual é a melhor forma de melhorar essa condição física de todos do time.  Vamos aguardar.

Por Josiane Fernandes de Jesus


Impressiona como a crise e a má fase nunca afetam o São Paulo. Indepentemente da situação e dos resultados, nunca se ouve protestos da torcida ou movimentação de torcedores contra diretoria ou presidente.

Os alvos dos protestos e xingamentos sempre são treinadores e jogadores, mas quem realmente comanda o clube continua sem ser incomodado ou questionado.

Em todos os clubes, torcidas organizadas são as que iniciam os protestos e pressão contra diretorias e presidentes, mas no São Paulo é diferente. Este comportamento atípico levanta suspeitas de favorecimentos e incentivos para os lideres das organizadas.

Alteração em estatuto, demissões constantes de treinadores, contratações de jogadores sem aval dos técnicos, diminuição de patrocínios, perda do jogo de abertura da Copa do Mundo de 2014 e relacionamento ruim com a CBF fariam qualquer clube mudar radicalmente de presidente e do grupo que comanda o clube, mas no São Paulo é diferente.

Resta ver até onde esta “bolha” resiste, afinal o time está muito mal. Por desempenho o São Paulo já aparece na zona de rebaixamento, afinal está com 1 ponto acima do primeiro da Z4, mas está com 2 jogos a mais.

Por José Alberi


Depois de perder o título da Recopa, o São Paulo informou que não existe qualquer tipo de racha entre os seus principais jogadores, Luís Fabiano e Rogério Ceni.

De acordo com boatos, os dois jogadores estavam brigados e por isso o clima na Barra Funda no CCT não estaria bom somando a briga e os 9 jogos sem vencer.

Na saída do Pacaembu, Rogério Ceni declarou que Luís Fabiano é um de seus melhores amigos e que não existe nenhum tipo de indisposição com o atacante. Ainda segundo ele, os dois conversam todos os dias até altas horas da noite e setores da imprensa inventaram essa indisposição.

Rogério Ceni também discutiu com Alexandre Preatzel, repórter da Rádio Bandeirantes e responsável por divulgar a informação falsa. O técnico Paulo Autuori também defendeu os jogadores e disse que o clima pesado é por causa da falta de vitória nos últimos jogos e não por animosidades entre os jogadores.

Depois de perder o título da Recopa, o São Paulo deve reunir forças para tentar se recuperar na tabela do Campeonato Brasileiro, pois encara o Cruzeiro no Morumbi sábado, às 18h30.

Por Jéssica Posenato


Depois de terminar o jogo entre Corinthians e São Paulo pela final da Recopa Sul-Americana, Paulo Autuori tenta manter-se calmo perante a onda inesgotável de má sorte do time são-paulino. Segundo Autuori, a solução deve ser procurada mediante diálogo e entendimento.

Fez questão de evitar comentários sobre ex-técnico do Tricolor paulista, Ney Franco, e disse que não vê muitas soluções para o time a não ser o debate e a conversa franca entre dirigentes, a equipe técnica e jogadores.

Ele apontou que um dos grandes problemas é não haver tempo para treinar mas entende também que essa é uma questão que assombra todos os times. Elogiou a organização do time corintiano e disse que mereceram erguer a taça pela preparação mostrada em campo.

Quando questionado acerca do antecessor, evitou fazer qualquer tipo de comentário, entretanto, confirmou que há um longo caminho de muito trabalho para a nova equipe. Mesmo tentando manter uma postura ética, não se conteve quando o assunto foi o setor de defesa da equipe. Ele foi claro em dizer que nenhum time vence se tem uma defesa fraca. Para bom entendedor…

Por Melina Menezes.


Segundo confirmação feita pela Conmebol, o São Paulo poderá ficar sem Clemente Rodriguez para a partida desta quarta-feira contra o Corinthians pela segunda partida da Recopa Sul-Americana.

O atleta foi suspenso por quatro jogos devido a sua atitude de desrespeito ao arbitro na partida do Boca Juniors (time que estava defendendo na ocasião) e o Newell’s Old Boys. Este jogo era pelas quartas de final da Copa Libertadores.

O lateral esquerdo foi suspenso por quatro jogos e o departamento jurídico do time paulista entrou com pedido de efeito suspensivo. Esta atitude já estava cogitada caso o time não recebesse uma resposta até sexta-feira passada.

O prazo para apresentar um recurso contra decisão que afasta o jogador dos gramados era de sete dias logo que o time fosse avisado, contudo, ele não poderá atuar até que uma sentença em seu favor seja proferida.

Caso o lateral esquerdo argentino não possa jogar, quem o substituirá será Juan.

Clemente Rodriguez não jogou contra o Vitória devido ao cartão vermelho recebido na sua primeira partida defendendo o time paulista, o jogo foi contra o Bahia na etapa anterior do Brasileirão.

Por Melina Menezes.


Paulo Autuori assumiu nesta quinta-feira o comando do time do São Paulo.

Ele foi apresentado no CT Barra Funda na tarde de quinta e teve o seu primeiro contato com os jogadores.

Sabe que irá enfrentar tempos difíceis no clube, diferentemente da época em que foi campeão da Libertadores e do Mundial em 2005. O time paulista enfrenta crises e não está conseguindo reagir perante essa situação.

Na entrevista, Auruori disse que não considera que ele salvará o time, acredita sim, que o grupo unido será capaz de tal proesa. Acrescenta que se bem é capaz de entender o porquê de tanta satisfação por tê-lo na equipe, afirma que as circunstâncias em 2005 eram outras e que além dele no comando, estava Leão.

Quanto as participações nos torneios de agora em diante, é claro em dizer que o time deverá se preparar para estar em todas as finais e que tem como objetivo a conquista de títulos em todas as competições.

Como primeira atitude, ele trouxe Fabrício de volta ao grupo, o jogador tinha sido afastado por Ney Franco e isso gerou mal estar na equipe.

Por Melina Menezes.


Como é de costume, Juvenal Juvêncio, concedeu uma entrevista do jeito que lhe é peculiar. Isto é, polêmico.

Quando questionado o porquê da contratação de Paulo Autuori e não Muricy Ramalho que era preferência entre os torcedores do São Paulo, ele deixou claro de que a pressão feita pela torcida não ia fazê-lo mudar de ideia quanto a melhor opção para o time atualmente. Acrescenta que tem muito respeito pelo treinador que esteve no time até 2009, porém aponta que o time está desmotivado e que Paulo Autori virá para acrescentar e tentar resgatar a coesão do time.

Juvência falou ainda que sabe identificar que os torcedores podem se rebelar contra os dirigentes, mas ele afirma – com certo ar de resignação-, que isso “…faz parte do cotidiano: os atletas ganham e os dirigentes perdem…”. Ou seja, o dirigente acredita que poderá ser criticado devido a sua decisão.

Como era de se esperar, alfinetou o time do Corinthians dizendo que as pessoas não deveriam ficar surpresas com a dança dos técnicos no São Paulo porque algo similar vem acontecendo no Timão.

Durante toda a entrevista, ele teve uma postura de confronto.

Por Melina Menezes.


Mais um jogador de um grande clube brasileiro deixará o país. E o nome da vez é o de Paulo Miranda, zagueiro que vinha defendendo o São Paulo. O atleta jogará pelo Olympique de Marseille, time francês que pagará R$ 13,2 milhões para contar com o jogador, no entanto, o São Paulo ficará com "apenas" 20% do valor, o equivalente a R$ 2,6 milhões.

No momento, o zagueiro Paulo Miranda vem se recuperando de uma cirurgia na mão esquerda e já na próxima semana o jogador viajará para a França, com o intuito de realizar os exames médicos e se aprovado assinar contrato válido por quatro temporadas.

A cúpula do Olympique vinha observando o defensor brasileiro desde a disputa da Copa Libertadores, inclusive estiveram em São Paulo, onde acompanharam algumas atuações de Paulo Miranda.

De acordo com o empresário do jogador, a negociação será muito benéfica ao zagueiro, pois este jogará em um campeonato muito disputado e chegará para defender o atual vice-campeão francês.

Paulo Miranda está no São Paulo desde janeiro de 2012 e viveu altos e baixos no clube, chegando até a ser afastado, a pedido do presidente Juvenal Juvêncio. Apesar disso, o jogador deu a volta por cima e virou homem de confiança do técnico Ney Franco, vindo a atuar até como lateral-direito.

Por Vinicius Cunha


O São Paulo já não é mais o mesmo. O time, que dominou o cenário brasileiro nos últimos anos com o tricampeonato brasileiro de 2006, 2007 e 2008, Copa Libertadores da América e Mundial Interclubes, terminou 2012 em ponto de bala, com o título da Copa Sul-Americana, o que lhe garantiu o direito de disputar a Recopa Sul-Americana contra o atual campeão da Libertadores, o Corinthians. E quis o destino aplicar sua assinatura, num jogo marcado pelas falhas dos goleiros Rogério Ceni e Cássio, em lances vistos como fáceis, e a vitória alvinegra por 2 a 1.

O placar rendeu a demissão do técnico Ney Franco. Apontado como peça fundamental na promoção de jovens das categorias de base, Ney Franco vinha de um bom momento quando assumiu o lugar de Emerson Leão, com títulos internacionais com Seleção Brasileira Sub-20. Em pouco mais de um ano à frente da equipe, teve quase 60% de aproveitamento, pouco para um time acostumado a  bons resultados e títulos. Dentro de campo, sobraram itens que culminaram em sua decisão, como as críticas da torcida, um relacionamento não tão bom com alguns jogadores, dentre eles o goleiro e ídolo Rogério Ceni, falta de estilo de jogo e padrão tático, este muito influído pela instabilidade de Paulo Henrique Ganso. Contratado a peso de ouro,  ainda não rendeu na equipe tudo o que dele se espera. Além disso, houve o episódio de jogadores afastados após a eliminação no Campeonato Paulista de 2013 para o Corinthians nos pênaltis, o que levantou a ira da torcida e fez surgir os gritos pela volta de Muricy Ramalho.

O time ocupa atualmente a 6º posição no Campeonato Brasileiro de 2013 e teve neste domingo mais um clássico, contra o Santos sem Neymar, que foi comandado pelo interino Milton Cruz, amigo pessoal de Muricy e funcionário do clube há 15 anos, além de ser o responsável pelas contratações.

Caberá a Milton preparar o ambiente para jogos importantes, contra o Santos e Corinthians, onde precisa reverter o resultado para alcançar o título, além de levantar a autoestima dos jogadores e solidificar o (quase) retorno de Muricy, acalmando assim os torcedores e recolocando o tricolor de volta aos trilhos de onde não deveria ter saído.

Por Junior Almeida


O campeonato Brasileiro de 2013 promete ser emocionante. Os times, aproveitando ''a folga'' da Copa das Confederações, estão movimentando o disputado mercado da bola. E, dentro das contratações dos clubes brasileiros, sempre sobra espaço para jogadores estrangeiros, sobretudo bons atletas do continente sul-americano.

O São Paulo, que não tem um primeiro semestre bom, afinal a equipe do Morumbi foi eliminada na semifinal do paulistão pelo Corinthians, seu maior rival, além de ter sido goleado pelo Atlético Mineiro nas oitavas de final da Taça Libertadores da América. Assim, para salvar a segunda metade do ano, o tricolor comandado por Ney Franco, foi atrás de reforços para a continuação do Brasileirão.

O nome da vez, e que só falta assinar, é o do lateral argentino Clemente Rodríguez, que estava no Boca Juniors. Logo, uma vez que o time da Argentina passa por uma crise, Clemente deve chegar no São Paulo assim que a Série A recomece.

Uma pesquisa do globoesporte.com apontou que a torcida aprova essa contratação. Outros criticam e afirmam que o jogador do Boca só foi contratado porque jogou bem nas partidas contra o Timão na Libertadores. Agora é esperar pra ver.

Por Madson Lima de Oliveira


A situação do jogador Cortez, do São Paulo, já está quase definida, mesmo assim, a diretoria do Fluminense andou pelo Morumbi para analisar a situação do lateral esquerdo. 

Após a eliminação do São Paulo na Taça Libertadores, o jogador ficou à disposição de outros times. Mas de acordo com o empresário do jogador, ele pode estar de malas prontas para jogar em um time de fora do Brasil. Com essa notícia, o Fluminense apontou que essa passagem pelo Morumbi foi apenas uma sondagem. 

Segundo o dirigente do Tricolor Carioca, o time estava apenas fazendo uma consulta que é de costume e que eles também recebem alguns diretores de certos clubes para dar uma ‘’sondagem’’ em seus jogadores. Recentemente o titular da lateral esquerda do Fluminense, Carlinhos também recebeu ‘’sondagens’’ de times de fora, e de acordo com o dirigente do Tricolor Carioca, elas nem sempre se tornam em propostas. 

Cortez voltou aos treinos na segunda-feira junto com outros atletas que não estão nos planos do Tricolor Paulista, lembrando que o jogador foi contratado pelo São Paulo no início do ano passado por R$ 7 milhões. 


O Campeonato Brasileiro ainda não voltou de "férias", pois a Copa das Confederações ainda está em disputa, e só voltará a ter bola rolando no mês de julho, mas não é por isso que os times do Brasileirão ficarão apenas treinando, e, assim, uns viajaram para o exterior, para disputar pequenos torneios, e outros farão amistosos, com o intuito de entrosar ainda mais seus jogadores.

Flamengoe São Paulo não se deram ao luxo de focar apenas nos trabalhos técnicos e táticos, e na sexta-feira, dia 21 de junho, representantes do dois clubes estiveram em Uberlândia, onde acordaram a disputa de um amistoso na cidade, no dia 29 de junho, às 19h, no Parque do Sabiá.

Os responsáveis por "costurar" o amistoso foram Paulo Pelaipe, diretor executivo do Flamengo, e Gilberto Ratto, diretor de marketing do São Paulo; de acordo com estes, os dois clubes colocarão em campo seus jogadores principais, tendo em vista a proximidade da volta dos jogos do Brasileirão.

A partida amistosa marcará a estreia oficial de Mano Menezes no comando do Rubro-Negro carioca, enquanto que para o São Paulo, é o teste que antecipa a disputa da final da Recopa Sul-Americana, contra o Corinthians, com data do primeiro jogo marcada para o próximo dia 3.

Por Vinicius Cunha


No final de julho, mais precisamente a partir do dia 31, o São Paulo irá disputar um minitorneio na Europa, conhecido como Copa Audi, e o time brasileiro já sabe quem vai enfrentar na semifinal: nada mais nada menos que o Bayern de Munique, atual campeão da Liga dos Campeões da Europa.

A partida será disputada na Allianz Arena, estádio do Bayern, e o vencedor enfrentará, na final, o ganhador da outra semifinal, disputada entre Manchester City e Milan. O objetivo da Copa Audi, realizada pela montadora automobilística alemã, que dá nome ao torneio, é preparar os times europeus para a temporada.

Como o São Paulo estará no meio da temporada, a competição, que dá boa premiação em dinheiro, ainda servirá para que o time brasileiro valorize sua marca perante o público internacional. A Copa Audi será realizada pela terceira vez na história; na primeira, em 2009, o Bayern de Munique ficou com o título; na segunda, em 2011, deu Barcelona.

Será a segunda vez que um time brasileiro participará da competição. O primeiro time do Brasil a disputar a Copa Audi foi o Internacional, em 2009, quando ficou com a terceira colocação, vencendo o Milan nos pênaltis, após empate em 2 a 2, no tempo normal.

Por Vinicius Cunha


Há dias atrás foram publicadas algumas especulações envolvendo a possível saída de Luís Fabiano para algum time da Europa, mas depois de muito "disse e não disse", a diretoria do clube paulista afirmou que o atacante não sairá, e que seu contrato no São Paulo será cumprido até o final de 2015.

No início da semana, o atacante se reuniu com o diretor de futebol do clube, Adalberto Baptista, e com o presidente, Juvenal Juvêncio, e a situação do jogador foi discutida. Diante de exposições de fatos e argumentos dos dois lados, as partes chegaram a um consenso e ficou decidida a permanência de Luís Fabiano.

Os maiores interessados em adquirir os direitos econômicos e federativos de Luís Fabiano eram o Olympiacos, da Grécia, e o Galatasaray, da Turquia, que, inclusive, chegaram a fazer ofertas oficiais ao Tricolor Paulista.

Até mesmo o jogador estava cogitando uma saída, ainda mais após as eliminações do São Paulo no Campeonato Paulista e na Copa Libertadores, quando grande parte dos torcedores colocou o jogador como culpado pelo insucesso, além do próprio presidente, Juvenal Juvêncio, ter colocado o atacante à disposição de interessados. A "novela" terminou, resta saber se o final será feliz para as partes envolvidas, e isso só o tempo dirá.

Por Vinicius Cunha


Após o atropelamento do Atlético-MG sobre o São Paulo na noite desta quarta-feira, muitos jornalistas fizeram perguntas ao goleiro Rogério Ceni sobre sua possível aposentadoria neste ano. No entanto, o goleiro não quis falar sobre seu futuro e se disse chateado com a goleada por 4 a 1 sofrida pelo Tricolor.

Em declarações para o site Globo.com, o goleiro disse: "Não vou fazer previsão do futuro de jeito nenhum. Já chega ter de vir responder aqui depois de uma derrota como essa. Com todo respeito, não vou fazer projeção futura. Não tenho condições depois de uma derrota como essa".

O goleiro, chamado de Mito pela torcida do São Paulo, possui 40 anos e vários recordes, como por exemplo, 1.070 jogos como profissional no mesmo time. Além disso, ele também é o maior goleiro artilheiro de todos os tempos, com 111 gols. Rogério Ceni possui ainda uma Copa do Mundo (2002), dois Campeonatos Mundiais (1993 e 2005), duas Libertadores (1993 e 2005), três Campeonatos Brasileiros (2006, 2007 e 2008), uma Copa Sul-Americana (2012), duas Recopas Sul-Americana (1993 e 1994), uma Copa Conmebol (1994) e quatro Campeonatos Paulistas (1992, 1998, 2000 e 2005).

O mito são paulino provavelmente deve pendurar as luvas neste ano e assumir um cargo na diretoria do clube. Os torcedores provavelmente ficarão com saudades do goleiro, que deu tantas alegrias ao clube.

Por BCC


No início da semana foi noticiado o interesse do São Paulo em dois jogadores da Ponte Preta: Cicinho e Cléber. Inicialmente a proposta era de um montante em dinheiro, mais a cessão de alguns jogadores, que não vêm sendo utilizados pelo técnico Ney Franco.

Cicinho vem se destacando no time de Campinas desde 2012, quando fez ótimas atuações no Campeonato Brasileiro, chamando a atenção de várias equipes.

Em resposta ao Tricolor Paulista, a cúpula ponte-pretana disse não ter gostado muito da proposta, afirmando que gostariam que o São Paulo cedesse jogadores mais renomados, citando o lateral/meia Douglas como exemplo, e/ou que aumentassem a proposta para R$ 10 milhões.

O dirigente são-paulino, João Paulo de Jesus Lopes, reiterou que a contra-proposta foi analisada, e que em decisão conjunta com outros diretores, deram por encerrado as negociações, alegando ser inviável a conclusão das mesmas.

O treinador Ney Franco ainda crê na evolução das negociações, afirmando que são jogadores interessantes e que agregaria muito valor ao elenco são-paulino. Quem já foi contratado e inclusive apresentado ao elenco foi o atacante Silvinho, ex-jogador do Penapolense, sendo inscrito na Copa Libertadores, no lugar de Casemiro, emprestado ao Real Madrid.

Por Vinicius Cunha


Diante de uma temporada com inúmeros campeonatos, o São Paulo acertou a contratação de mais um reforço para o seu elenco, trata-se de Silvinho, atacante de 22 anos, que estava no Penapolense, e autor de seis gols no Campeonato Paulista.

O jogador pertence ao Grupo DIS, e ficará emprestado ao Tricolor Paulista até o fim do ano; curiosidades à parte, Silvinho foi revelado no maior rival do São Paulo, o Corinthians, porém não teve oportunidades no time principal do Timão.

Pela primeira vez o Penapolense disputou a primeira divisão do Paulistão, e Silvinho foi um dos principais destaque da equipe, que chegou até as quartas de final do campeonato, sendo eliminada pelo próprio São Paulo, depois de gol contra de Jaílton.

Silvinho já está inclusive com contrato registrado na CBF, de acordo com o BID, e será inscrito nas oitavas de final da Copa Libertadores, no lugar de Casemiro, cedido ao Real Madrid.

Quem também pode chegar ao São Paulo são dois destaques da Ponte Preta: Cicinho e Cléber, que já estão em processo de negociação, já que o São Paulo ofereceu inicialmente R$ 10 milhões e mais a cessão de alguns atletas para aquisição dos jogadores.

Por Vinicius Cunha


Após se classificar somente na última rodada da fase de grupos, depois de vencer o Atlético-MG por 2 a 0, no Morumbi; nesta quinta-feira, 2 de maio, o Tricolor Paulista voltará a enfrentar o Galo, desta vez pela partida de ida das oitavas de final da Copa Libertadores.

Dono de três títulos da competição sul-americana, as últimas cinco eliminações do clube na Libertadores foram para times brasileiros, o que se tornou em uma espécie de "fantasma", e para piorar a situação, o adversário da vez é dono da melhor campanha do campeonato até o momento.

Curiosamente, o último título do São Paulo na Copa Libertadores foi contra uma equipe brasileira, contra o Atlético Paranaense, em 2005. De lá para cá a sorte "fugiu" do Morumbi e o que se viu foi a "manifestação de vários fantasmas".

Primeiramente foi o Internacional, que venceu a competição em 2006 em cima do São Paulo; depois o Grêmio em 2007, em confronto válido pelas oitavas de final; em 2008 o algoz foi o Fluminense, nas quartas de final; em 2009 o Cruzeiro foi quem aprontou contra o Tricolor, também nas quartas de final; e na última das eliminações, em 2010, o Internacional voltou a aprontar, eliminando o clube paulista das semifinais.

Por Vinicius Cunha


Jogo São Paulo x Mogi MirimA última rodada da primeira fase do Campeonato Paulista serviu apenas para o São Paulo cumprir tabela e tentar aumentar a vantagem para o segundo colocado, porém os três pontos não vieram, e de quebra viu o Mogi Mirim fechar a fase classificatória a apenas dois pontos do líder, assumindo a vice-liderança.

Os atletas que Ney Franco colocou em campo demonstraram muito desentrosamento, e a equipe da capital esteve apagada durante quase todos os 90 minutos de jogo, dando pouco trabalho ao Mogi. A maioria dos jogadores são-paulinos foi revelada na própria base do clube.

O gol do "Sapão" foi marcado pelo meio-campista Roger Gaúcho, após passe errado da defesa são-paulina, e com a vitória, o time do interior receberá o Botafogo-SP nas quartas de final; a partida será disputada na cidade de Mogi Mirim, onde o time da cidade poderá contar com o apoio da torcida.

O Tricolor Paulista, mesmo perdendo, manteve a ponta da tabela e agora receberá o Penapolense, que se classificou em oitavo lugar e tentará aprontar contra o São Paulo na capital paulista. Ambos os jogos serão disputados no próximo final de semana.


Na noite desta quarta-feira, o São Paulo entrou em campo contra o time Atlético Mineiro pela última rodada da fase de grupo da Taça Libertadores da América. O time paulista precisava de uma vitória sobre o Galo, já classificado para a próxima fase, e ainda dependia do resultado do confronto entre Arsenal e Strongest.

A missão era difícil, pois o São Paulo precisava não só garantir a sua vitória dentro do Morumbi, mas ainda torcer para a vitória do Arsenal na Argentina. Com muita raça, o time da capital paulista bateu o Galo por 2 a 0 e o Arsenal garantiu a vitória diante do Strongest por 2 a 1. Com esses resultados, ambos os times empataram em número de pontos – sete para cada, mas o time brasileiro levou a vantagem pelo saldo de gols.

O primeiro gol do São Paulo saiu de uma cobrança de pênalti feita por Rogério Ceni. O gol da vitória foi marcado por Ademílson, conversão feita graças à assistência de Osvaldo.

Assim, Atlético Mineiro, primeiro do grupo, e São Paulo avançam para as oitavas de final, e se enfrentam novamente por uma vaga nas quartas. O jogo de ida acontece no Morumbi e a de volta em Belo Horizonte. A Conmebol ainda não divulgou as datas dos próximos jogos.

Por Camilla Quesada Tavares


Aposentadoria Rogério CeniApós a classificação sofrida do São Paulo na noite de ontem, pela Copa Libertadores 2013. Um dos principais jogadores do time anunciou que vai se aposentar no final do ano. O jogador em questão é o goleiro Rogério Ceni, que ontem foi o autor de um dos gols da partida.

O anúncio da aposentadoria de Rogério Ceni aconteceu logo após a partida, quando o goleiro foi entrevistado ainda no gramado. Ao ser questionado se uma desclassificação iria dar um fim na sua história na competição, ele não pensou duas vezes e afirmou que não gostaria de deixar o Morumbi eliminado. Além disso, Rogério afirmou que certamente esta será a última Libertadores de sua carreira, uma vez que este será o seu último ano como profissional.

Em sua entrevista, Rogério Ceni também se demonstrou eufórico com a classificação e elogiou toda a equipe pela postura apresentada na partida.

Para aqueles que não sabem, na noite de ontem o São Paulo enfrentou o Atlético-MG pela última rodada da Copa Libertadores 2013. O Tricolor Paulista estava em situação complicadíssima na competição, visto que deveria vencer a equipe com melhor campanha e ainda torcer uma para combinação de resultados.

Embora as estatísticas não ajudassem o São Paulo, o milagre aconteceu e a equipe paulista conseguiu se classificar para a próxima fase da competição.

Agora, São Paulo e Atlético-MG voltarão a se enfrentar pelas oitavas de final da Libertadores.


Atualmente jogador do PSG, Lucas, ex-atleta do São Paulo, deu sua opinião a respeito da difícil situação vivida pelo time na Copa Libertadores 2013, demonstrando confiança na classificação do clube as oitavas de final da competição.

Para obter êxito na Libertadores, o Tricolor Paulista precisa vencer o Atlético-MG, time de melhor campanha na competição até o momento e com 100% de aproveitamento, e ainda torcer para que o The Strongest não vença o Arsenal; caso a partida entre estes termine empatada, o São Paulo terá que vencer o Galo por um placar superior a dois gols.

Se não bastasse Ney Franco não poder contar mais com os dribles, gols e assistências de Lucas, dois de seus principais jogadores estão suspensos e impossibilitados de atuar: Luís Fabiano e Jadson

Como profissional, o único título que Lucas ganhou pelo São Paulo foi a Copa Sul-Americana 2012, quando o capitão Rogério Ceni passou o direito de levantar a taça àquele, após o jogo final contra o Tigre.

Desde a saída para o futebol francês, o Tricolor não achou ninguém que o substituísse, e nem mesmo Ganso, que joga em posição diferente, mas tem o mesmo poder de desequilíbrio, tem conseguido ter boas atuações e suprir a saudade que Lucas deixou.

Por Vinicius Cunha


Contratado para ser um dos zagueiros titulares do São Paulo, o jogador Lúcio hoje se vê na condição de reserva. Mesmo tendo marcado o primeiro gol do time contra o Botafogo no domingo (7), na vitória de 3 a 1, e com a vaga na equipe principal indisponível, ele garante que ficará no clube até o fim de seu contrato, que vence no ano que vem.

O clima entre o jogador e o clube não é dos melhores. Após ser substituído contra o Arsenal de Sarandí, ele fez duras críticas ao treinador Ney Franco, que não foram bem vistas pelo presidente Juvenal Juvêncio. De acordo com o jornal O Estado de São Paulo, a rescisão contratual foi cogitada e a busca por possíveis substitutos teria sido debatida entre os dirigentes.

Lúcio afirma que não faz planos de sair e pensa em virar a página após toda a polêmica, mostrando o bom futebol que fez o clube o procurá-lo na Itália. Ele chegou a se desculpar com o técnico e afirmou ter se exaltado na entrevista em que criticou o trabalho de Ney.

Atualmente, a vaga titular que um dia pertenceu a Lúcio é ocupada por Rafael Tolói. Triste com a reserva, Lúcio diz fazer seu trabalho da melhor forma e que tem se esforçado para voltar à equipe principal do São Paulo.

Por Gabriel Perline


Com um futebol sem brilho, porém eficiente, o São Paulo venceu o Botafogo-SP, por 3 a 1, em Ribeirão Preto, e se manteve na liderança isolada da competição, com 38 pontos, quatro à frente da Ponte Preta. Já o Botafogo-SP se complicou e agora corre risco de não se classificar para as oitavas de final.

Com o time formado, sobretudo por reservas, apenas com o reforço de Aloisio e Maicon, o São Paulo entrou em campo com dificuldades na criação das jogadas por estar sem um jogador de referência. Apesar de ter vantagem numérica, já que o Botafogo teve um jogador expulso aos 21 minutos do primeiro tempo, o São Paulo não conseguia assumir o controle das principais ações.

Mas não demorou para Lúcio, Aloisio e Ademilson marcarem os gols do São Paulo, que deram mais tranquilidade para a equipe só administrar o resultado. Dimba ainda descontou para o Botafogo no finalzinho: 3 a 1, placar final.

O São Paulo está com sua equipe principal totalmente voltada para o jogo contra o Atlético-MG, na próxima semana, válido pela rodada decisiva da fase de grupos da Copa Libertadores. Para se classificar, a equipe tricolor precisa vencer a qualquer custo e ainda torcer para o Arsenal de Sarandí contra o The Strongest.

Por Julio Abreu


Em jogo que o São Paulo contou com a volta de Ganso ao time titular, o Tricolor Paulista venceu o "time de Lula" por 2 a 1 e manteve a liderança do Paulistão.

Se na Copa Libertadores as coisas não andam muito bem, no Campeonato Paulista o time da capital é soberano, liderando a competição com 29 pontos e um jogo a menos.

No jogo de quarta-feira, Ney Franco optou por armar o time com dois meias de ligação, Ganso e Jádson. Com a nova formação, o tricolor dominou a partida e principalmente o meio campo.

Os gols do jogo foram marcados por Luís Fabiano aos 13’ do primeiro tempo, depois foi a vez de Denílson marcar (contra) e empatar para o São Bernardo. Na segunda etapa, após a entrada de Aloísio, no lugar de Wallison, o jogo ficou mais movimentado e o jovem Rodrigo Caio selou a vitória do São Paulo com gol de cabeça.

Fernando Baiano, artilheiro da competição, pouco apareceu na partida e não teve forças para dar a vitória para o São Bernardo.

Os dois times voltam a campo, pelo Campeonato Paulista, no fim de semana: o Tricolor enfrenta o Bragantino no sábado, em jogo a ser realizado no Morumbi, já o "time do ex-presidente Lula" visitará o Penapolense, em Penápolis no domingo.

Por Vinicius Cunha


Depois de empatar em casa com o Palmeiras na última rodada do Campeonato Paulista, o São Paulo recebe o Oeste pela décima segunda série de jogos do Paulistão 2013.

O tricolor paulista, que terá um desafio árduo no meio da semana contra o Arsenal de Sarandí pela Copa Libertadores da América 2013, precisa dos três pontos para manter-se à frente da Ponte Preta, time que ameaça o Tricolor na zona de classificação do torneio estadual.

Caso o técnico Ney Franco repita a mesma escalação da rodada anterior, poupando alguns titulares, o time será o seguinte: Ceni, Douglas, Tolói, Rhodolfo, Cortez, Wellington, Rodrigo Caio, Maicon, Ganso, Luís Fabiano e Aloísio. Expulso na última partida após agredir Valdívia, Lúcio não joga. Outra preocupação é o volante Denílson, que está no departamento médico por lesão. Um dos destaques do São Paulo nos últimos jogos tem sido o polivalente Rodrigo Caio, que no clássico contra o Palmeiras recebeu elogios do técnico e pode vir a ser titular.

O Oeste, time do interior de São Paulo, apresenta a seguinte campanha no torneio: 14 pontos acumulados em 11 jogos, com aproveitamento em 42,4%. A equipe, que está próxima à zona de classificação para o mata-mata, pretende ganhar três pontos fora de casa para se aproximar da Penapolense, que tem 16 pontos.

Por Marcelo Araújo


Com campanhas instáveis na Copa Libertadores, São Paulo e Palmeiras se enfrentaram na tarde deste domingo, no Pacaembu. Mas o empate em zero a zero decepcionou as duas equipes, principalmente o Alviverde.

O São Paulo segue líder, com 23 pontos em 10 jogos disputados. Já o Palmeiras está em sétimo, com 17 pontos.

No primeiro tempo, o Palmeiras dominou as principais ações do jogo nos momentos iniciais, mas logo o São Paulo equilibrou a partida e começou a pressionar. O Palmeiras, então, passou a se fechar, apesar de a pressão do adversário não ser muito contundente.

Após uma primeira etapa muito fraca em emoções e oportunidades criadas, a etapa complementar, pelo contrário, valeu o ingresso. A começar pelas confusões, como a do zagueiro Lúcio, que acabou sendo expulso pelo árbitro. Com um jogador a mais, porém, o Palmeiras não conseguiu converter as oportunidades que teve em gols.

O próximo compromisso de São Paulo e Palmeiras será nesta quinta-feira. O Tricolor enfrenta o Arsenal de Sarandí, pela Libertadores. Já o Palmeiras que mede forças com o Paulista, no Pacaembu, pelo Campeonato Paulista.

Por Júlio Abreu


Mais uma atuação frustrante do São Paulo na Copa Bridgestone Libertadores. A equipe paulista apenas empatou com o Arsenal de Sarandí, da Argentina, em 1 a 1, no Pacaembu, e viu a sua situação na competição ficar complicada.

Jadson marcou o gol tricolor na partida. Darío Benedetto descontou, de pênalti, em lance polêmico. Com o resultado, o São Paulo soma quatro pontos, em três jogos, e está a cinco pontos do Atlético-MG, líder do Grupo 3.

Revoltado com a atuação do árbitro, Luis Fabiano reclamou muito e acabou expulso. Na próxima rodada, o São Paulo enfrenta o mesmo adversário, no dia 14 de março, na Argentina. E o time fecha a sua participação na competição contra o The Strongest, da Bolívia, na altitude de La Paz.

O primeiro tempo foi marcado por atuações abaixo da crítica de lado a lado. Muitos erros de passe e de posicionamento comprometiam o espetáculo. A torcida só respirou aliviada aos 47 minutos, quando Jadson recebeu passe de Aloisio e bateu forte, abrindo o placar.

Mal a equipe entrou em campo na etapa complementar, o adversário empatou. Após um lance polêmico em que a bola tocou no braço do lateral Cortez, o árbitro assinalou pênalti, bem convertido por Darío Benedetto: 1 a 1. E foi esse o resultado que durou até o apito final.

Por Julio Abreu


Pela décima primeira rodada da fase de classificação do Campeonato Paulista 2013, o São Paulo receberá o Palmeiras em um clássico que será realizado no Morumbi.

Ambas as equipes também estão disputando a Copa Libertadores da América, mas prometem ir com força máxima em um dos maiores clássicos do futebol mundial.

Vizinhos de Centro de Treinamento, os times encontram-se em posições bastante diferentes na tabela. O São Paulo lidera e ocupa a primeira colocação. Já o Palmeiras, tem oscilado entre o oitavo e o sétimo lugar, correndo o risco de ficar de fora da fase de mata-mata.

Pelo lado do Alviverde do Parque Antártica, os principais destaques são: Henrique (zagueiro que tem feito muitos gols em 2013) e Kleber (atacante recentemente contratado, que pode cair nas graças da torcida caso faça um gol no Choque-Rei).

O Tricolor conta com o atacante Luis Fabiano, que costuma marcar gols em clássicos e pretende mostrar bom desempenho para retornar à Seleção Brasileira. Outro destaque é Osvaldo, que apresenta boa média de gols em 2013.

O jogo será realizado no estádio do Morumbi, às 16:00 horas do dia 10 de março. 

Por Marcelo Araújo


Após a vitória sofrida contra o The Strongest (Bolívia) no Morumbi, o São Paulo irá jogar novamente em casa. A equipe paulista receberá o Arsenal da Argentina, pela terceira rodada da fase de classificação da Copa Libertadores da América 2013.

O clima no Centro de Treinamento do Tricolor (Barra Funda) é de cuidado e apreensão. Para não repetir as mesmas falhas apresentadas no último jogo do torneio, o São Paulo treinou bolas áreas, jogadas ensaiadas e aprimorou o sistema de marcação. Um dos desfalques do Tricolor para a partida é o volante Denílson, que teve problemas no joelho e será substituído pelo experiente Fabrício.

O São Paulo deve enfrentar o clube argentino com os seguintes jogadores: Rogério Ceni, Douglas, Lúcio, Rafael Tolói, Cortez, Wellington, Fabrício, Jadson, Aloísio, Osvaldo e Luis Fabiano.

A partida será realizada na próxima quinta-feira, às 19:15, no estádio do Pacaembu.

Com três pontos conquistados na fase de grupos, o São Paulo pretender vencer o time argentino para se aproximar do Atlético Mineiro, que lidera o grupo.

Mais uma vez, o treinador Ney Franco optou pela escalação de Aloísio, atacante, no lugar de Paulo Henrique Ganso, meia de criação. 

Por Marcelo Araújo


O vice presidente do São Paulo, João Paulo de Jesus Lopes, disse à Radio Bandeirantes que, apesar da vitória do tricolor paulista sobre o The Strongest, pela Copa Libertadores, a atuação foi vergonhosa.

O técnico Ney Franco, ao ser comunicado sobre a crítica, demonstrou não gostar nem um pouco da declaração, pois segundo o mesmo, críticas com esse teor devem ser manifestas de forma interna. É aquele velho ditado: "roupa suja se lava em casa".

O treinador do São Paulo não tem razão para temer uma possível queda, pois o clube faz bela campanha no Paulistão e na Libertadores. Não há motivos de preoucupações e alerta, pois perdeu fora de casa,mas venceu no Morumbi. Tudo dentro da normalidade.

O diretor, autor das críticas, teve uma atitude impensada, pois o mesmo está no cargo já a um certo tempo e já deveria ter adquirido experiência o bastante para saber o que pode ser falado à imprensa.

O São Paulo voltou ao campo no domingo, 03/02, às 18h30min, em Penápolis, contra a Penapolense. João Paulo de Jesus Lopes, até o momento, não se manifestou; talvez esteja calado com o intuito de por panos quentes sobre o assunto.

Por Vinicius Cunha


Depois de estrear com derrota para o Atlético-MG na Copa Libertadores 2013, o São Paulo, um dos maiores vencedores da competição entre os brasileiros, ao lado do Santos, venceu o boliviano The Strongest e respirou aliviado no Campeonato.

O jogo não foi fácil, porém na competição sulamericana o que mais importa são os três pontos e o tricolor paulista saiu de campo com a vitória por 2 a 1, de virada.

O gol do Strongest foi marcado por Barrera e para o São Paulo marcaram Osvaldo e o oportunista Luís Fabiano. Com a soma dos três pontos o São Paulo divide a segunda colocação da chave com o time boliviano, enquanto o Galo lidera e o Arsenal da Argentina segue na última colocação.

Compareceram ao Morumbi cerca de 31 mil torcedores, os quais não viram um show de Rogério Ceni e cia, no entanto saíram satisfeitos, pois sabem que o time é especialista na competição e esta só está começando. A próxima partida do São Paulo pela Libertadores será na próxima quinta-feira, às 19h15, no Pacaembu, contra o Arsenal da Argentina.

A primeira fase da competição tem suas dificuldades, porém o que as torcidas dos grandes clubes anseiam é que chegue logo o mata-mata, e uma coisa é certa, o São Paulo dará trabalho.

Por Vinicius Cunha


Com o fim de ano se aproximando, o mercado da bola está em alta para os times brasileiros. Entre as equipes que estão se reforçando para esta nova temporada, podemos citar: o Santos, o São Paulo, o Palmeiras e o Corinthians.

O Santos está tentando contratar Robinho, porém, o time do Milan não quer sair perdendo e tenta lucrar ao máximo nessa transação. Segundo o jornal italiano Gazzetta Dello Sport, o time italiano está tentando uma troca com o time santista. O Milan pede a troca de Robinho pelos jogadores Felipe Anderson, Victor Andrade e Arouca.

Já o time do São Paulo, que perdeu o jogador Lucas, William José e Zé Victor, tenta segurar o Rhodolfo, que desperta interesse da Juventus. O time paulista já conta com Negueba (Flamengo) e Aloísio (Figueirense).

O time do Palmeiras, que vai disputar a Libertadores e Campeonato Brasileiro da série B, conta com o goleiro Fernando Prass (Vasco) e Ayrton (Coritiba). O time ainda tenta contratar alguns jogadores como Román Torres (Milionários-Col), Márcio Azevedo (Botafogo) e Martín Cauteruccio (Quilmes-Arg).

O Corinthians, campeão Mundial de 2012, já fechou com Renato Augusto (Bayer Leverkusen). Agora o clube tenta negociar a vinda de Alexandre Pato (Milan) e Dedé (Vasco).

Tentativas de novas negociações a parte, os torcedores aguardam  ansiosamente a temporada 2013.

Por Viviane Nascimento


O São Paulo Futebol Clube informou que irá assinar no início de 2013 um contrato com a Penalty que terá validade de 3 anos e irá render ao clube paulista cerca de R$33,3 milhões por ano.

Este patrocínio fica atrás apenas do contrato da Adidas com o Flamengo que possui um valor de R$38 milhões por ano.

Além deste montante de recursos para o time de futebol profissional, a Penalty irá investir a quantia de 4,5 milhões de reais em um time de futsal do São Paulo durante o período de vigência do contrato.

O novo uniforme do São Paulo contendo o nome do mais recente patrocinador do time irá aparecer pela primeira vez no dia 19 de janeiro de 2013 na partida do São Paulo contra o Mirassol pelo Campeonato Paulista.

Por Ana Camila Neves Morais


O São Paulo Futebol Clube terá mais uma camisa em seu rol de uniformes. Desta vez a novidade é uma camisa toda vermelha para homenagear o estádio do Morumbi.

A sua estréia será em um jogo do Tricolor durante o Campeonato Paulista de 2013 em março do próximo ano.

Segundo Rui Branquinho, diretor de Marketing do time, esta não é uma terceira camisa oficial, mas sim uma camisa toda vermelha que será usada uma única vez quando as cadeiras do Morumbi forem trocadas.

Por Ana Camila Neves Morais


Depois de brigas e escândalos, o São Paulo levou o titulo inédito da Copa Sul-Americana. Os brasileiros ficaram com o troféu após jogar apenas 45 minutos. Isso aconteceu porque o time do Tigre abandonou a partida por incidentes no vestiário. 

Entenda melhor como foi a partida e as confusões dessa grande final:

Antes mesmo de a partida começar, os jogadores do Tigre tiveram uma rápida discussão com os seguranças do time paulista. Depois de tudo resolvido, a bola começou a rolar. O São Paulo pressionou o time argentino durante os 45 minutos da primeira etapa. Lucas, em sua despedida, jogou muito e apanhou ainda mais, tendo que ser atendido depois de uma cotovelada desferida pelo lateral-esquerdo Orban.

Não intimidado pela chuva de botinadas, o time do São Paulo continuava partindo para cima dos argentinos e conseguiu marcar seus gols aos 22 e 28 minutos, com Lucas e Osvaldo, respectivamente.

Após o apito final da primeira etapa, houve uma confusão na entrada do vestiário do São Paulo. Depois de aparentemente tudo resolvido, jogadores e dirigentes do Tigre disseram que foram coagidos e agredidos dento do seu próprio vestiário. Alegando estes acontecimentos, a equipe decidiu não voltar para o segundo tempo da partida.

Após esperar mais de 30 minutos, o árbitro da partida deu o jogo como encerrado e o São Paulo foi dado como o novo Campeão da Copa Sul-Americana 2012, após desistência do time argentino.

Ambas as equipes prestaram queixas sobre o ocorrido no Distrito Policial da região do Morumbi. A polícia ainda irá apurar o caso.

Por Bruno Mathiuzzo


Nesta quarta-feira (dia 12 de dezembro), às 21:50, o São Paulo irá enfrentar o time argentino do Tigre no Morumbi, pela final da Copa Sul-Americana.

O time da capital paulista busca o titulo inédito da competição, para fechar a temporada em alta, já que no primeiro semestre o time não foi muito bem.

O São Paulo precisa apenas de uma vitória simples para coroar o ano com o titulo sul-americano, qualquer empate leva o jogo para a disputa de pênaltis.

O técnico Ney Franco não vai poder contar com o seu principal atacante, Luis Fabiano, que foi expulso infantilmente aos 13 minutos do primeiro tempo na primeira partida da final, no estádio La Bombonera, na Argentina. No seu lugar deverá jogar o atacante Willian José, que é o artilheiro do time na competição e já está negociado para defender o Grêmio na próxima temporada.

O São Paulo deve jogar com a seguinte escalação: Rogério Ceni, Paulo Miranda, Rafael Tolói, Rhodolfo e Cortez; Denílson, Wellington e Jádson; Lucas, Osvaldo e Willian José.

A grande final da Copa Sul-Americana será transmitida pela Rede Globo e pela TV Bandeirantes.

Por Bruno Mathiuzzo


E mais uma vez o lado exaltado (digamos assim) do jogador Luis Fabiano falou mais alto. No primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana o atacante foi expulso aos 13 minutos do primeiro tempo e sua expulsão pesou sobre o time do São Paulo.

O jogo contra o time do Tigre ficou no 0 a 0 na partida de ida em La Bombonera e o time do São Paulo teve dificuldades para superar o jogo defensivo dos argentinos. O São Paulo teve algumas chances de gol com Luis Fabiano e Lucas, e conseguiu manter o controle do jogo não cedendo a pressão do Tigre.

Os argentinos jogaram com marcação forte, bolas aéreas no ataque e muita catimba para irritar o time paulista. No final do jogo os jogadores são-paulinos reclamaram do jogo desleal e prometeram uma resposta na bola.

O São Paulo agora precisa de uma vitória simples dentro Morumbi para quebrar o jejum de 4 anos sem título. O jogo acontece na próxima quarta-feira (dia 12) e a torcida tricolor promete uma grande festa,  pois foram vendidos cerca de 64 mil ingressos. Pressão total em cima do Tigre para a conquista do título e a despedida do jogador Lucas.

Por Viviane Nascimento


O técnico Ney Franco escalou e preparou o time do São Paulo com força total para enfrentar o Tigre-ARG, nesta quarta-feira (05/12) ,na Argentina, pela Sul-Americana. O time já viajou para o respectivo país e os nomes relacionados por Franco não causam surpresa alguma, haja vista, que o técnico vem utilizando essa mesma formação durante os últimos confrontos e os resultados têm sido positivos.

Os titulares serão: Ceni, Jadson, Paulo Miranda, Denilson, Toloi, Rhodolfo, Cortez, Wellington, Luis Fabiano, Lucas e Osvaldo. Alguns jogadores que não estão inscritos na Sul-Americana viajaram com a delegação, porém, nenhum deles será tão importante quanto o argentino Cañete que jogou pelo Boca Juniors e conhece bem o estádio de Bombonera, palco do confronto.

Um detalhe que vem ganhando notoriedade na imprensa esportiva é a capacidade de público do estádio do Boca. Na verdade, o jogo deveria ser no estádio do Tigre, mas devido à falta de capacidade para públicos acima de 40 mil pessoas, foi transferido. A capacidade do La Bombonera é de 60 mil habitantes, mas por motivos de segurança o número de pessoas será menor. A partida ocorrerá às 21h50, horário de Brasilia.

Por Sérgio Silva


E o jogador Lucas se despede da torcida tricolor dentro do Morumbi e tenta seu primeiro título aos 20 anos de idade.

Lucas, que já foi negociado para o futebol francês pelo valor de R$100 milhões, vem mostrando um grande futebol e com muita humildade. O garoto quer se despedir da torcida com um título inédito.  

O time do São Paulo jogou nesta última quarta-feira, 28, contra o time chileno Universidad Católica. O jogo ficou no 0x0 e por ter vencido o primeiro jogo por 2×0 em Santiago, o São Paulo avançou para a final.

O time do São Paulo ainda pode ganhar a Copa Sul Americana dentro do Morumbi caso o time  dos argentinos, Tigre, ganhe do  Milionarios da Colômbia. Claro que ninguém do São Paulo esconde a torcida pelo Tigre, afinal de contas, nada melhor que conquistar um título dentro de casa.

Lucas torce para que o time do Tigre passe a final, pois quer se despedir ainda em grande estilo da torcida tricolor. Torcedores já sentem sua falta e torce pelo sucesso de Lucas no time do Paris Saint- German.

Por Viviane Nascimento


Na noite dessa quinta-feira, o São Paulo foi até Santiago, no Chile, para jogar o confronto de ida contra o Universidad Católica, em partida válida pelas semifinais da Copa Sul-Americana.

O Tricolor Paulista bem que tentou surpreender os donos da casa, mas abusaram na quantidade de gols perdidos e saíram da capital chilena com um empate melancólico, com gosto de derrota.

Partindo para cima dos mandantes, o São Paulo pressionou o tempo todo, levando mais perigo ao goleiro do time do Universidad. E a pressão deu certo: Rafael Tolói marcou após cobrança de escanteio aos 21 minutos da primeira etapa.

E o time paulista não parou. Aos 25 minutos, o placar só não foi ampliado devido à boa defesa do goleiro do time chileno, Tosselli, em boa jogada individual do atacante Oswaldo.

Mesmo sendo apoiado pela sua torcida, o Universidad sentiu o golpe. Com a defesa desorganizada, a equipe optou pelos lances violentos. 

Antes do intervalo, o Tricolor Paulista teve outra ótima chance, também com Oswaldo, que ficou cara a cara com o goleiro adversário, chutando encima do mesmo.

Após o intervalo, o São Paulo abusou da chance de liquidar a partida e foi punido. Aos 24 minutos da etapa final, Castillo dominou, driblou o zagueiro Rhodolfo e tocou seco no canto direito do gol de Rogério Ceni, dando números finais a partida.

Foi um resultado bom, apesar do gosto de derrota. Após o apito final, os atletas do São Paulo confirmaram que a equipe perdeu muitas chances de gol, fazendo a equipe paulista sair de campo com um empate com gosto de derrota.

A partida de volta acontecerá na próxima quarta-feira, dia 28 de novembro, no estádio do Morumbi.

Por Renato Benevenuto


Jogando em meio a um público próximo dos 46 mil expectadores, Grêmio e São Paulo fizeram um grande duelo em busca de uma vaga na competição mais importante da América do Sul.

Com um grande duelo, o que chamou a atenção foi a súplica da torcida gremista pedindo a renovação do contrato de Vanderlei Luxemburgo, que negocia de forma complicada com o presidente eleito, Fábio Koff.

O primeiro tempo do jogo foi digno de um duelo entre duas excelentes equipes. Após um duelo ofensivo de ambos os times, quem abriu o placar foi Rogério Ceni, após um pênalti cometido por Saimon. Mas o Grêmio não se deixou abalar e foi para cima do adversário, mas em vão, já que o primeiro tempo terminou com a vantagem paulista.

E uma frase popular no futebol se fez verdadeira, quando dizem que banco de reservas também ganha jogo. André Lima, que saiu dos suplentes, empatou a partida aos 15 minutos do segundo tempo. Continuando na pressão, o Tricolor Gaúcho virou a batalha aos 39 minutos com Marcelo Moreno, fazendo a torcida gremista se esbaldar em felicidade. 

Com o resultado positivo, o Grêmio tem vaga confirmada na Libertadores, assumindo a vice- liderança. Já o São Paulo começa a sentir a pressão do Botafogo, que começa a reagir e consequentemente encostar.

Que final de campeonato!

Por Renato Benevenuto


Pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2012, o Grêmio recebe o São Paulo em jogo que pode complicar a situação do tricolor gaúcho no G4. No primeiro turno, o Imortal saiu com a vitória em pleno Morumbi. Para esta série de jogos, o time gaúcho tenta manter o bom aproveitamento em casa para se distanciar ainda mais do tricolor paulista, que o persegue de perto na zona de classificação para Libertadores da América de 2013.

Pelo lado do São Paulo, a expectativa é diminuir o número de pontos em relação ao Grêmio. As duas equipes estão participando da Copa Sul-Americana e o confronto promete muita garra e determinação para os dois lados. O Soberano conta com a velocidade de Lucas, o oportunismo de Luís Fabiano e as defesas de Rogério Ceni.

O Grêmio ocupa a terceira posição do torneio nacional, com 63 pontos marcados em 34 jogos e um aproveitamento de 61,8%. Na sequência, aparece o São Paulo com 59 pontos marcados em 34 jogos e demonstrando um aproveitamento de 57,8%.

O jogo será realizado no estádio Olímpico, dia 11 de novembro, às 17:00. A partida é de extrema importância para a definição das vagas no G4.

Por Marcelo Araújo


A briga pelo G4. Esse é o principal objetivo de Vasco e São Paulo no Campeonato Brasileiro. E será esse o confronto dos dois times pela 29ª rodada. Vasco e São Paulo entram em campo nesta quarta-feira, para consolidar a busca pela zona de classificação para a Libertadores.

No Vasco, já dentro do G4, a ordem é não perder para se manter distante do São Paulo. O time, no entanto, não poderá contar com alguns de seus jogadores. Dedé (convocado pela seleção brasileira), Carlos Alberto (suspenso) e Douglas (machucado) desfalcam o time da Colina. Assim, a disputa pela vaga no meio campo fica entre Jhon Cley e Marlone, enquanto na zaga a disputa é entre Fabrício e Rodolfo. O meia Felipe, que sente dores no joelho, é dúvida para a partida.

Já o São Paulo, que aparece logo atrás do Vasco na tabela, precisa da vitória para encostar de vez no time carioca. Sem poder contar com o meia-atacante Lucas (também na seleção brasileira), o treinador Ney Franco deve optar pela volta do lateral Douglas na equipe. Rhodolfo, de fora da última partida, retorna a equipe. O Tricolor aposta na boa média de gols do artilheiro Luis Fabiano para conseguir superar o Vasco.

A partida acontece no estádio de São Januário, às 22h.

Por Augusto Cesar


O desgaste pode ser o principal adversário do São Paulo no próximo domingo, dia 30 de setembro, quando a equipe enfrenta o Coritiba no Couto Pereira, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A equipe Tricolor fez uma longa viagem, de mais de 20 horas, para o Equador, onde empatou com a LDU de Loja na última quarta-feira, pela Copa Sul-Americana. A equipe enfrentou o mesmo trajeto de volta, desembarca em São Paulo e depois terá que partir para Curitiba, agora, para enfrentar os donos da casa e continuar firme na luta por uma vaga na Libertadores.

Na quinta posição com 42 pontos, um resultado positivo pode colocar os são-paulinos dentro do G4. Porém, o Couto Pereira não traz boas recordações ao elenco tricolor. Foi lá que o Coxa bateu o São Paulo por 2 a 0 no primeiro semestre, eliminando o time da Copa do Brasil. A eliminação, dias depois, resultaria na queda do técnico Émerson Leão.

Do lado do alviverde a partida é crucial para fugir da zona de rebaixamento. O time ocupa a 16ª colocação e tem apenas um ponto a mais que o Sport, que hoje seria o primeiro rebaixado.

No primeiro turno, no Morumbi, o São Paulo levou a melhor e venceu 3 a 1.

Por Paulo B.


Um dos maiores clássicos do futebol paulista ocorre pela vigésima oitava rodada do Campeonato Brasileiro 2012.

O São Paulo recebe o Palmeiras no estádio do Morumbi, jogo em que o recém-contratado Paulo Henrique Ganso pode fazer sua estreia. As duas equipes da capital estão em situações muito diferentes na competição. O Soberano tem demonstrado mais regularidade, pairando próximo à área de G4 nas últimas cinco rodadas. Já o Palmeiras precisa ganhar quase todas as próximas partidas do torneio se quiser sair da zona de rebaixamento.

Com Ganso ou não, o São Paulo entra em campo com uma equipe em ascensão no torneio, um grande destaque é Osvaldo, atacante que ganhou respaldo da diretoria e respeito da torcida pelas atuações de gala que tem feito no tricolor.

O Palmeiras, apesar da baixa pontuação, tem uma equipe forte que mostra bastante preparo em momentos decisivos, como foi visto na Copa do Brasil 2012, torneio em que o time alviverde tornou-se campeão.

O apelido do jogo entre as duas equipes é Choque-Rei, devido aos grandes públicos que o clássico já atraiu em toda a história e as importantes competições que decidiram.

O jogo será realizado no dia 6 de outubro de 2012, no estádio do Morumbi, às 16h.

Por Marcelo Araújo


Depois de conseguir mais uma vitória no Campeonato Brasileiro, o São Paulo muda o foco e se prepara para a Copa Sulamericana. Nesta quarta-feira, 26/09, a equipe inicia a fase internacional do torneio contra os equatorianos da LDU de Loja. O time do técnico Ney Franco já embarcou para o Equador onde fará o primeiro confronto internacional da temporada.

O torneio ganha importância por ser mais uma forma de alcançar a vaga na Copa Libertadores da América, grande obsessão tricolor no ano, tendo em vista que os dois maiores rivais já estão garantidos no torneio.

Mas os tricolores tem que estar atentos, pois, no ano passado, a equipe caiu justamente nas oitavas de final. A partida contra o Libertad, no Paraguai, foi decisiva para o confronto. Vitória dos paraguaios por 2 a 0, na estreia do técnico Émerson Leão, que comandou o time até o meio de 2012.

Na primeira fase, o São Paulo passou pelo Bahia, com duas vitórias por 2 a 0, em Pituaçu e no Morumbi. Já a LDU de Loja passou pelo Nacional do Uruguai e mostrou ser um oponente perigoso fora de casa.

Os uruguaios venceram em Loja, por 1 a 0, mas em pleno estádio Centenário, em Montevidéu, a equipe do Equador fez 2 a 1 e conseguiu a classificação, graças ao critério do gol marcado fora de casa.

Por Paulo B.


O São Paulo recebeu o Cruzeiro, no estádio do Morumbi, com mais de 40 mil pessoas presentes. E os torcedores puderam presenciar uma boa partida de futebol. No fim, a vitória do São Paulo pelo placar mínimo foi o suficiente para deixar feliz a torcida sãopaulina.

Sem Luís Fabiano, o Tricolor entrou em campo com Lucas, Osvaldo e Willian José formando o ataque.  E o trio deu trabalho para o Cruzeiro no primeiro tempo. Osvaldo infernizava a zaga cruzeirense com sua velocidade, mas parava nas mãos do goleiro Fábio.

O Cruzeiro, por outro lado, também não abdicou do ataque. Montillo e Wellington Paulista eram quem mais levava perigo à meta paulista, e Rogério Ceni teve de trabalhar algumas vezes para conseguir manter o placar igual na primeira etapa.

Com a mesma proposta de jogo no segundo tempo, os dois times buscavam chances para tirar o zero do marcador. Osvaldo e Montillo continuavam a oferecer perigos para os times. Jogando em casa, o São Paulo começou a dominar a partida a partir dos 15 minutos.

Ademilson e Jádson tiveram boas chances para marcar, mas quem conseguiu foi Osvaldo. Melhor jogador da partida, o jogador pegou rebote de Fábio após cruzamento de Douglas e chutou para marcar o 1×0. O gol foi um golpe para o Cruzeiro, que não voltou a se encontrar na partida. O Tricolor ainda teve chances com Jádson e Ademilson novamente, mas o placar e a vitória já estavam definidos.

Com o resultado, o São Paulo sobe para 42 pontos, na 5ª colocação, e encosta no Vasco. O Cruzeiro estaciona nos 35 e se mantém em 9º.

 Por Augusto Cesar


Após uma longa novela envolvendo a diretoria do São Paulo e a do Santos, o meia Paulo Henrique Ganso foi finalmente vendido para o time do Morumbi. A confirmação veio após uma reunião feita na capital paulista, na qual Ganso continuou a demonstrar interesse em defender o tricolor.

Há tempos a diretoria do São Paulo procurava o meia ideal para distribuir o jogo no tricolor. Foram feitas diversas tentativas, sem sucesso. O mais curioso é que Ganso chega no momento que Jadson, meia titular do SPFC, encontra-se em período de evolução, que foi comprovada com sua convocação para jogar contra a Argentina no Amistoso das Américas.

Por falar em Argentina, além de Jadson, outro jogador da posição que pode concorrer com Paulo Henrique Ganso é o meia Cañete, contratado do Boca Juniors, time em que era visto como o substituto de Riquelme. O jogador, que estava em recuperação há muito tempo, voltou a fazer trabalhos físicos, treinar junto com a equipe e pode estrear pelo time ainda no Campeonato Brasileiro de 2012.

Se antes o São Paulo não tinha nenhum jogador apto a atuar como meia, agora a situação é bem diferente. Haverá grande concorrência entre Ganso, Jadson e Cañete. Porém, Ney Franco pode colocar dois desse trio para jogarem juntos. Resta saber qual será a combinação escolhida pelo técnico do São Paulo.

O time do Morumbi enfrenta o Cruzeiro no estádio Cícero Pompeu de Toledo. O jogo ocorre às 16h do dia 23 de setembro.

Por Marcelo Araújo


O técnico são-paulino, Ney Franco, tem feito muitas mudanças no time titular do tricolor, principalmente no setor defensivo. Mas um jogador tem se mostrado peça chave no esquema do São Paulo. É o volante Denilson, que só nesta temporada jogou 48 partidas, isso em um setor extremamente competitivo do elenco.

Mas para quem vê a boa fase do volante, é difícil se lembrar de seu retorno ao futebol brasileiro. Depois de algumas temporadas na Europa e sem ritmo de jogo, Denilson chegou a ser expulso várias vezes, ficando no banco de reservas em diversas partidas no ano passado.

"Independentemente do que passou lá no começo, não voltei para o Brasil para prejudicar o São Paulo, que lutou muito pela minha contratação", afirmou o jogador ao site oficial do clube.

Para ele, o segredo para se reabilitar está ligado com o foco no trabalho e a dedicação nos treinamentos. "Mostrei que tenho condições de ajudar o time em campo e agora é manter esse bom momento", comemora.

Agora, ele projeta que é fundamental ao time do São Paulo chegar a Libertadores da América. Hoje a equipe está em quinto lugar, quatro pontos atrás do quarto colocado, o Vasco da Gama.

Mas, além disso, ele também tem uma pretensão pessoal. "Tenho certeza de que serei lembrado pelo técnico da seleção brasileira Mano Menezes", conta.

Por Paulo B.


O São Paulo anunciou, no início da noite desta última quinta feira (20/09), a contratação do jovem atacante Negueba, do Flamengo.

Porém, o reforço não será imediato. Envolvido na negociação de Cléber Santana ntre Avaí e Flamengo, do qual o São Paulo é dono dos direitos, o atacante só virá para reforçar o time no ínicio de 2013. Negueba, inclusive, havia recusado-se a ir para o Avaí, o que quase melou a negociação.

Bastante criticado pela torcida nos últimos tempos na gávea, o atacante acabou perdendo espaço no time e a mudança é vista com bons olhos. O treinador do São Paulo, Ney Franco, já trabalhou com Negueba na seleção e foi quem escolheu o jogador para ser incluído na oferta relacionada ao meia Cléber Santana. Com a futura saída de Lucas para o Paris Saint-Germain, o técnico já vai pensando em como montar um São Paulo forte para o próximo ano.

A antiga promessa da base flamenguista chega por 1 ano de empréstimo, com o Tricolor Paulista tendo preferência na compra de 70% dos direitos do jogador, por cerca de R$9 milhões.

Vale lembrar que Paulo Henrique Ganso, após longa novela, também acertou com o tricolor e reforçará o elenco imediatamente.

Por Augusto Cesar


O São Paulo Futebol Clube quer aproveitar a sequência de dois jogos em casa para somar seis pontos. A primeira parte dessa estratégia já foi concluída, pois a equipe ganhou da Portuguesa de Desportos por 3 a 1 na última rodada do torneio nacional.

Na vigésima sexta rodada do Campeonato Brasileiro de 2012, o tricolor paulista receberá o Cruzeiro em seu estádio. Para somar três pontos, o clube paulista conta novamente com o apoio de sua torcida, a experiência do goleiro Rogério Ceni, a velocidade do jovem Lucas e os gols do matador Luis Fabiano, que já marcou 11 vezes na competição.

O Cruzeiro, que há algumas rodadas atrás figurava entre os concorrentes do G4, teve uma queda de rendimento e atualmente ocupa a oitava posição na tabela, com 35 pontos ganhos em 25 rodadas, oito pontos atrás do último classificado no G4, o Vasco. Para vencer o São Paulo no Morumbi e ganhar mais três pontos, o Cruzeiro conta com os gols do artilheiro Wellington Paulista (autor de 9 gols no torneio), as boas defesas do goleiro Fábio e oportunismo do atacante Borges.

O jogo será realizado no dia 23 de setembro, às 16h, no estádio Cícero Pompeu de Toledo (Morumbi).

Por Marcelo Araújo


Dois times que sofreram derrotas na última rodada se enfrentam pelo Campeonato Brasileiro de 2012. O apelido do clássico entre São Paulo e Portuguesa é Norte-Sul Paulistano, devido à localização dos estádios dos clubes: o Morumbi ao sul e o Canindé na região norte da capital paulista.

Em posições bem diferentes no Brasileirão, o São Paulo ainda tenta perseguir os times do G4, enquanto a Portuguesa luta para continuar na zona intermediária da tabela e se manter longe do chamado Z4.

O tricolor paulista foi derrotado na última rodada pelo Atlético Mineiro e busca uma recuperação em seu estádio. Contando com o apoio de sua torcida, o time aposta no jovem Lucas e na experiência de Rogério Ceni para vencer a Lusa e conseguir os três pontos.

Pelo lado da Portuguesa, derrotada pelo Fluminense na última rodada, a expectativa é de conseguir ao menos um empate no Morumbi. Para isso, a Lusa conta os gols de Bruno Mineiro, que já marcou oito vezes no campeonato.

O jogo será realizado no dia 15 de setembro, às 18h30, no estádio do Morumbi, em São Paulo (SP).

Por Marcelo Araújo


Sabendo da importância de vencer para não deixar o Fluminense escapar, o Atlético Mineiro não deu fôlego ao São Paulo, na partida disputada ontem (12/09) no Estádio Independência.

O time do técnico Cuca dominou todas as ações da partida, desde os minutos iniciais e conseguiu a vitória por 1 a 0, mantendo a diferença para o líder Fluminense em apenas dois pontos no Campeonato Brasileiro.  

Já o tricolor acumulou a quarta partida sem vencer no campeonato e pode cair para a sétima posição, dependendo dos resultados desta quinta-feira.  Porém, o time do técnico Ney Franco tem do que reclamar.

Ainda na primeira etapa, o lateral Douglas foi expulso, em jogada duvidosa. O jogador escorregou e atingiu Leandro Donizeti. O árbitro Sandro Meira Ricci não titubeou e botou para fora o atleta são paulino. Com um a menos, o domínio que já era do Atlético passou a ser todo do time mineiro, apesar do São Paulo ter conseguido se segurar por boa parte do jogo.

O gol só saiu aos 16 minutos da etapa final, em cabeçada de Leonardo. A defesa são paulina e o goleiro Rogério seguraram o impeto de Ronaldinho Gaúcho, Guilherme e Bernard, mas sem posse de bola, Jadson, Lucas e Osvaldo pouco fizeram para assustar o golerio Vitor.  

Agora, o galo vai ao Recife enfrentar o Náutico, enquanto o São Paulo tem clássico contra a Lusa, no Morumbi

Por Paulo B.


Precisando vencer para não ver o Fluminense abrir vantagem na ponta da tabela, o Atlético-MG recebeu o São Paulo em Minas Gerais com seu time quase completo. Dominando a partida do início ao fim, o Galo confirmou o favoritismo e manteve-se perto da liderança do campeonato.

Contando novamente com Réver, que voltou da seleção brasileira, o Galo começou o jogo calmamente. Sem pressa para atacar o time paulista, o Atlético trocava passes até encontrar uma chance de investida. A primeira veio aos 13 minutos. Leonardo recebeu um cruzamento e desviou para o gol, mas Rogério Ceni conseguiu fazer a defesa. Com uma boa marcação, o São Paulo conseguia dificultar o jogo atleticano. Com a expulsão do lateral Douglas, o tricolor, que não havia chegado nenhuma vez com perigo ao ataque, recuou ainda mais. Ronaldinho Gaúcho, em belo chute, quase marcou para os mineiros, mas Rogério mais uma vez salvou. Aos 38 minutos, Bernard, que renovou contrato com o clube, fez boa jogada e assustou mais uma vez Ceni, mas o goleiro estava atento e pegou novamente. Com uma zaga bem postada, o São Paulo conseguiu descer para os vestiários com a igualdade no placar.

Em vantagem numérica, o Atlético voltou para o segundo tempo ainda mais presente no ataque. Com a presença do veloz Neto Berola em campo, o Galo apostava nas jogadas laterais para chegar ao gol. Ronaldinho, aos 5 minutos, teve a primeira boa chance da segunda etapa. Réver, aos 9 minutos, teve outra chance, mas cabeceou por cima. 4 minutos depois, foi a vez de Leandro Donizete tentar, para mais uma defesa do goleiro são-paulino. Após tanta pressão, o Atlético foi recompensado. Bernard cruzou e Leonardo abriu o placar para o galo mineiro. 4 minutos depois do gol, Rogério Ceni, trabalhando muito na partida, fez outra boa defesa em chute de Leandro Donizete. Já com a vantagem no placar, o Galo diminuiu o ritmo e começou a trocar passes, sem correr perigos na defesa. Ainda assim, encontrava chances para ampliar. Neto Berola parou na trave, enquanto Ronaldinho cobrou falta perigosa para fora. Marcos Rocha, aos 44 minutos, teve a última grande chance, em lance que Rogério Ceni novamente fez bela defesa.

Com os 3 pontos somados, o Atlético-MG chega a 51 pontos, 2 a menos que o líder Fluminense. O time mineiro possui um jogo a menos. O São Paulo, por outro lado, fica com 36 pontos, na 6ª colocação.

Por Augusto Cesar


O São Paulo perdeu novamente e chance de encostar no G4 ao empatar com o Santos na Vila Belmiro na última rodada. Além disso, o tricolor paulista foi ultrapassado pelo Botafogo, descendo uma posição na tabela do Campeonato. Por sorte, o Vasco, que é o último time da zona de classificação para a Copa Libertadores da América, foi goleado pelo Bahia e está a apenas três pontos do Soberano. Para a próxima rodada do Brasileirão, a vida do São Paulo complica-se ainda mais, pois o clube vai enfrentar o vice-líder do Campeonato, Atlético Mineiro, que vem de vitória importante (3X0) contra o Palmeiras.

O clube mineiro, que recentemente perdeu a primeira posição para o Fluminense, precisa da vitória para continuar no encalço do time carioca e ficar na briga pelo caneco. O Atlético Mineiro tem 48 pontos nos vinte e dois jogos disputados e aproveitamento de 72,7%. Já o São Paulo demonstra uma campanha cheia de altos e baixos, com 36 pontos nas 23 partidas que jogou, com aproveitamento de 52,2%.

O jogo será disputado no estádio Independência, em Minas Gerais, dia 12 de setembro, às 22h.

Por Marcelo Araújo


Santos e São Paulo se enfrentam pela vigésima terceira rodada do Campeonato Brasileiro 2012.

O jogo será realizado no estádio da Vila Belmiro, às 16h do dia 9 de setembro. A partida é de extrema importância para o São Paulo, que necessita dos três pontos fora de casa para continuar na cola dos times que formam o G4.

O tricolor paulista está sem disputar a Copa Libertadores da América desde 2010 e precisa ficar entre os quatro primeiros colocados do Brasileirão para voltar ao torneio internacional. Para isso, o Soberano vai para o Sansão contando com a experiência de Rogério Ceni, os gols de Luis Fabiano e as assistências de Jadson.

O Santos, que teve recente rusga com o São Paulo no caso da transferência de Paulo Henrique Ganso, ocupa a décima quarta posição do torneio nacional com 26 pontos acumulados em 22 rodadas.

O time dirigido por Muricy Ramalho vem de derrota fora de casa para o Fluminense (3X1), mas se mantém na zona intermediária do campeonato. Apesar da conquista do Campeonato Paulista deste ano, o alvinegro praiano apresenta uma campanha irregular no Brasileirão e pode terminar o ano sem a classificação para a Copa Libertadores da América 2013.

Por Marcelo Araújo


A próxima rodada do returno do Campeonato Brasileiro 2012 será eletrizante. Um dos jogos mais esperados é o clássico do sudeste entre São Paulo e Internacional. As duas equipes tem um histórico recente de jogos decisivos pela Copa Libertadores da América, o que aumenta a rivalidade no gramado. Outro ponto importante nesse jogo é a presença do atacante uruguaio Forlán, antigo desejo dos torcedores são-paulinos e que foi comprado pelo rival colorado do Rio Grande do Sul.

O São Paulo vem de derrota na última rodada para o Bahia. Isso fez com que o time da capital paulista se afastasse do G4. Com isso, o Internacional chegou ao mesmo número de pontos da equipe paulista. Desta forma, o jogo entre as duas equipes pode ser considerado um confronto direto por vaga no grupo G4, que dá acesso à Copa Libertadores da América de 2013.

O jogo será realizado no estádio do Morumbi, no dia 5 de setembro, às 22h. O tricolor conta com a volta do atacante Luis Fabiano, artilheiro da competição juntamente com Fred do Fluminense. Ambos têm 10 gols. Pelo lado do Colorado, o objetivo é ultrapassar o São Paulo na pontuação.

Por Marcelo Araújo


SPVeja as principais novidades do tricolor do Morumbi para 31 de Agosto de 2012 (sexta-feira).

Confira as principais notícias da equipe paulista:

  • São paulo recusa nova oferta
    do al-rayyan por luis fabiano
  • Lucas e guilherme brincam sobre rivalidade em visita a hospital
  • Artilheiro do ano: maranhão marca e diminui a diferença para o líder
  • Com poucas dores, rogério ceni se escala para enfrentar o bahia
  • Elicarlos comanda virada incrível do náutico e é o craque da rodada#20
  • Em nota, santos afirma que ganso tem lesão na coxa esquerda
  • Família ney franco: técnico vê time comprometido com suas ideias
  • São paulo não desiste e promete fazer terceira proposta por ganso
  • Pacotão: rodada#20 tem golaço de fabuloso e chance perdida por forlán
  • Veja os resultados desta quinta pela série a, sul-americana e um estadual
  • O SPFC faz parte da Série A do Brasileirão 2012.

    Clique aqui para ler mais sobre o time do São Paulo no JogosToso.


    Pela vigésima rodada do Campeonato Brasileiro 2012, o São Paulo enfrentará o Botafogo no Morumbi, na quarta-feira, 30 de agosto, às 21h.

    Esse será o primeiro jogo das duas equipes no returno do torneio e a expectativa é de uma partida acirrada. Ambos os times tem a chance de entrar no G4 e querem começar a segunda etapa da competição com o pé direito. Com uma primeira fase irregular na competição, os clubes pretendem dar uma arrancada no Campeonato. No primeiro turno, o Botafogo venceu o tricolor.

    O São Paulo vem de uma vitória de 2 a 1 contra o Corinthians e fez as pazes com a torcida que reclamava da irregularidade do Soberano. Luís Fabiano, autor de dois gols no último clássico, e Lucas, são as principais apostas do tricolor para superar a defesa botafoguense. O São Paulo conta com o retorno do lateral esquerdo Cortez.

    O time da estrela solitária empatou o clássico contra o Flamengo na última rodada. Ocupando a sétima posição no Brasileirão, o Botafogo conta com sua recente contratação, Seedorf, e com o experiente volante Renato para desestabilizar o criticado meio campo são-paulino. Um dos problemas a ser enfrentado pela equipe carioca será a ausência de Andrezinho, que está lesionado.

    Por Marcelo Araújo


    Lucas volta ao time do São Paulo.

    Nesta terça (21), o São Paulo volta a campo, agora na Copa Sul-Americana 2012, para enfrentar o Bahia, no jogo de volta.

    Os dois times se enfrentam no Estádio do Morumbi, em São Paulo, a partir das 21h15 (horário de Brasília).

    O time paulista poderá perder de até um gol de diferença nesta partida de hoje que será o classificado. Isso acontece, pois o Tricolor Paulista venceu os baianos em Salvador, pelo placar de 2 a 0.

    Comparando a escalação do jogo de ida, o treinador Ney Franco não poderá escalar o artilheiro Luís Fabiano. O jogador já está recuperado de lesão na coxa, mas comissão técnica e departamento médico acham que a melhor situação e preservá-lo para o clássico do final de semana contra o Corinthians.

    Outro que volta para a equipe é o meia-atacante Lucas, que estava junto a seleção brasileira e desfalcava o São Paulo.

    No lado do Bahia, o time do técnico Caio Junior poderá contar com Victor Lemos improvisado na lateral esquerda. O treinador, porém, ainda tem dúvidas para confirmar a escalação e somente vai soltar os titulares momentos antes da partida.

    Confira a ficha técnica –

    Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
    Data: 21 de agosto de 2012, terça-feira
    Horário: 21h15 (de Brasília)
    Árbitro: Sandro Meira Ricci (Fifa-PE)
    Assistentes: Altemir Hausmann (Fifa-RS) e Carlos Berkenbrock (Fifa-SC)

    SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi, Rhodolfo e Cortez; Denilson, Maicon (Rodrigo Caio), Cícero e Jadson; Lucas e Ademilson
    Técnico: Ney Franco

    BAHIA: Marcelo Lomba; Gil, Danny Morais, Titi e Victor Lemos; Fahel, Diones, Zé Roberto e Mancini; Gabriel e Júnior
    Técnico: Caio Junior


    Depois da atuação contra o Fluminense, onde a zaga errou demais e o ataque jogou pouco, o jogo contra o Grêmio, no Morumbi, pode servir para tentar resgatar o ânimo da equipe depois de novo revés.

    Da partida contra o Fluminense, o que ficou foram os erros de posicionamento da zaga e as falhas de Rogério Ceni, principalmente no primeiro gol sofrido. Esta nova derrota deixou o time mais distante do líder (Atlético Mineiro) e já são 10 pontos de diferença.

    O esquema que vinha dando resultados será mantido, apesar de não encantar. O São Paulo, no 3-6-1, provavelmente irá a campo com Rogério Ceni; João Filipe, Rhodolfo e Edson;  Silva, Douglas, Denilson, Maicon, Jadson, Cícero e Bruno Cortez; Ademilson. Luís Fabiano ainda está contundido e Bruno Uvini está suspenso por acúmulos de cartões amarelos.

    O time ainda pode se reforçar muito durante o Brasileirão, afinal mais de R$ 100 milhões irá entrar nos cofres do clube, devido a venda de Lucas para o Paris Saint-Germain, da França. Mesmo já negociado, Lucas vai jogar no São Paulo até o final do brasileiro, pois só irá se apresentar ao clube francês em janeiro.

    Por José Alberi


    O palco será o mesmo, as camisas também, mas de 1981 muita coisa mudou para o São Paulo e Grêmio.

    Se em 1981 só o São Paulo era campeão brasileiro e o Grêmio conquistava o primeiro título nacional, hoje são multicampeões, um é tricampeão e o outro é bicampeão da Libertadores, isso só citando título continental.

    Apesar dos títulos os times vêm de anos de jejum e de campanhas irregulares. Neste Brasileiro as campanhas são semelhantes e o jogo promete muita disputa e disposição, com obrigação de vitória para que não se distanciem do G4.

    Os dois clubes caíram nas semifinais da Copa do Brasil, o São Paulo para o Coritba e o Grêmio para o Palmeiras, e disputam uma vaga no grupo de times que vão à Libertadores.

    Ney Franco já conta com a participação efetiva de Rogério Ceni, mas a presença de Luis Fabiano ainda é dúvida, pois ainda tenta se recuperar de uma contusão muscular e nem enfrentou o Fluminense na rodada passada.

    Wanderlei Luxemburgo deve contar com o grupo completo – levando em conta que Fábio Aurélio e Júlio Cesar não participaram de nenhum jogo do Brasileirão devido às suas contusões.

    Jogo equilibrado e com resultado que deve ser muito apertado.

    Por José Alberi


    Será uma partida atípica envolvendo São Paulo e Flamengo, visto que os dois clubes estão em má fase, seus jogadores não são idolatrados e as torcidas já fazem protestos mesmo antes do resultado.

    O São Paulo apostou em Ney Franco depois da demissão de Leão, mas o time não emplaca, não joga bem e os resultados não aparecem. A torcida protesta, picha fachada do Morumbi e chama o treinador de Ney “Fraco”.

    Já o Flamengo promove a estreia de Dorival Junior, depois da demissão de Joel Santana, mas o elenco do rubro-negro é fraco e muito desequilibrado. Tem Love, Ibson, Leo Moura, mas tem muitos jovens que ainda não emplacaram, nem mostraram muitas qualidades.

    O jogo será tenso, mas a expectativa é que de seja de muita correria e, se depender das ultimas partidas, de muitos gols, afinal as zagas tem falhado seguidamente.

    Para o ganhador, garantia de semana tranquila para treinar, mas para o derrota é certeza de mais protestos e ainda mais tensão nos vestiários, afinal nenhum dos dois clubes goza de bom relacionamento dos torcedores com seus presidentes.

    Por José Alberi


    O maior craque da torcida tricolor, Rogério Ceni, já tem data certa para retornar. Nesse domingo (29/07), ele é esperado para atuar contra o Flamengo pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro, apesar da diretoria são-paulina não ter confirmado oficialmente.

    Dênis, segundo goleiro e substituto de Ceni, assumiu a responsabilidade de defender o gol são-paulino desde que Rogério operou o ombro, em janeiro deste ano. O goleiro afirmou que "deixa a equipe com sentimento de dever cumprido".

    Sem demonstrar muita emoção, Dênis afirmou que defenderá o time com muita garra nessa quarta-feira, quando o São Paulo enfrentará o Atlético-GO, para que possa entregar o time na 'melhor condição possível'. Questionado se pretende 'brigar' pela posição, Dênis disse: "Não brigamos por posição e o titular é ele. Não tem como medir forças com o Rogério".

    Aparentemente recuperado, Rogério Ceni treinou como jogador de linha no CT do clube e conseguiu realizar bons passes durante o chamado 'rachão'. Nas cobranças de falta, Rogério mostrou que ainda está com o pé calibrado: das 14 cobranças efetuadas pelo goleiro durante o treino, 6 balançaram as redes.

    Por Rodrigo Alves de Oliveira


    "É um time para ser campeão", essas foram as palavras de Milton Cruz, técnico inteirino do São Paulo, antes do time ser assumido por Ney Franco. Entretanto, as palavras de Milton Cruz nada valem com o desempenho do tricolor em campo, que mostrou possuir enormes problemas na marcação e no ataque.

    A partida foi totalmente dominada pelo Vasco, que venceu o jogo por 1 a 0, chegando aos 23 pontos e seguindo na vice-liderança do Campeonato Brasileiro. Já o São Paulo, continuou com 16 pontos e está na sétima colocação.

    Além de perder o jogo, o tricolor não irá contar com Rodrigo Caio, que foi expulso após colocar a mão na bola, levando cartão amarelo. Como já havia levado cartão, acabou sendo expulso da partida.

    Os 10.247 torcedores pagantes, além de assistirem uma péssima partida e serem castigados com um frio de cerca de 15°C, utilizaram o jogo para pedir raça aos jogadores do São Paulo e também para protestar contra Juvenal Juvêncio, presidente do tricolor.

    Para a 11ª rodada do campeonato, o Vasco encara o Santos no São Januário no sábado (18h30) e, no domingo (16h00), é a vez do São Paulo enfrentar o Figueirense, em Florianópolis.

    Por Rodrigo Alves de Oliveira


    Para a décima rodada do Campeonato Brasileiro de 2012, que ocorrerá nos dias 18 e 19 de julho, próximo final de semana, o São Paulo enfrenta o vice-líder do Campeonato Brasileiro, o Vasco da Gama.

    O jogo será no estádio Cícero Pompeu de Toledo, o popular Morumbi, e a equipe paulista, que vem de empate no clássico contra o Palmeiras, almeja entrar no grupo do G4. O jogo pode ser considerado um confronto direto por vaga na Libertadores da América do ano que vem, já que as duas equipes almejam estar presente no torneiro internacional e estão próximas na tabela.

    Pelo lado do Vasco, apesar de jogar fora, tem os números ao seu favor, pois fez uma campanha melhor do que o tricolor do Morumbi. O bom desempenho do time reflete-se nas seis vitórias, dois empates e apenas uma derrota nas nove rodadas que disputou. Além disso, o time carioca conta com os gols do artilheiro do campeonato, Alecsandro, que vem fazendo uma boa campanha na artilharia.

    Na história do Campeonato Brasileiro, o confronto entre as duas equipes totaliza números que ampliam a rivalidade. O São Paulo tem 17 vitórias contra 13 do Vasco. Foram 15 empates durante os anos de 1933 e 2011 no torneio nacional.

    Por Marcelo Araújo


    No próximo domingo (15/07), o São Paulo enfrenta o Palmeiras pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. O tricolor quer manter a boa fase no campeonato, pois venceu as duas últimas partidas, mas enfrentará o campeão da Copa do Brasil, que estará empolgado com o título.

    Chamado de Choque-Rei, o jogo entre São Paulo e Palmeiras já possui uma longa história no futebol brasileiro e já decidiu diversos campeonatos. Pelo lado do tricolor, ocorrerá a estreia do técnico Ney Franco, que está treinando a equipe no esquema 4-4-2, ao contrário do 3-5-2 do interino Milton Cruz. Já o Palmeiras, após a vitória contra o Coritiba pela Copa do Brasil, começa a tentar uma reabilitação no Campeonato Brasileiro, pois o time está na zona de rebaixamento.

    No domingo, o peso da vitória cairá para o lado tricolor, que, sem ganhar sequer um título importante nos últimos três anos, tenta se manter no G4 para buscar a participação na Copa Libertadores da América de 2013, campeonato tão valorizado pela diretoria. O time alviverde tem a responsabilidade menor, pois ainda se encontra na ressaca do título conquistado recentemente e conta o respaldo dos torcedores.

    A rivalidade posta em jogo no Choque-Rei envolve dois grandes rivais da cidade de São Paulo. É um dos confrontos mais equilibrados do futebol e apresenta 5 vitórias a mais para o lado tricolor.

    Por Marcelo Araújo


    A partir de hoje, dia 26 de junho, Emerson Leão não é mais o técnico do São Paulo.

    Treinando os jogadores do clube paulista normalmente, o técnico foi procurado por um funcionário do clube, que afirmou que Juvenal Juvêncio (presidente do São Paulo) o aguardava. 

    De acordo com Leão, a conversa foi rápida. “A conversa deve ter dado 30 segundos, numa boa. Não tem absolutamente nada. Se eu passar pelo Juvenal agora, vou cumprimentá-lo da mesma maneira como cumprimentei quando cheguei. Se eu passar por todos os funcionários vai ser igualzinho. Não tem que ter revolta. Tem que ter compreensão. E, às vezes, sendo compreensivo você até ajuda o clube na hora de sair”, afirmou o ex-técnico do São Paulo.

    Ao chegar à sala do presidente, Leão disse que Juvenal começou a conversa dizendo: "Leão, vamos encerrar por aqui". O técnico, já conhecido por seu temperamento marcante, retrucou: "Muito obrigado, não temos mais nada o que conversar". Apesar de sua estadia ter sido marcada por conflitos (como o caso que envolveu o zagueiro Paulo Miranda), Emerson Leão afirmou que não terá problemas com os cartolas do clube.

    Sem treinador, o clube está agora sondando nomes para decidir quem será o novo comandante do São Paulo. Procurado na Europa, o técnico português André Villas-Boas (ex-Chelsea) recusou a proposta. Nomes como Marcelo Oliveira (Coritiba) e Vadão (Guarani) são, por ora, os mais especulados para assumir o posto de novo treinador do Tricolor.

    Por Rodrigo Alves de Oliveira


    Para chegar a mais uma final da Copa do Brasil, o Coritiba terá que vencer o São Paulo, no jogo desta quarta-feira (20), válido pela semifinal da competição.

    O jogo acontece no Estádio Couto Pereira, em Curitiba, a partir das 21h50 (horário de Brasília). O São Paulo venceu de forma dramática o primeiro jogo por 1 a 0, e agora pode empatar a partida de hoje que se classifica para a decisão.

    O Coritiba precisa vencer por dois gols de diferença para ficar com a vaga. Caso vença pelo mesmo placar, a vaga vai ser decidida nas cobranças de pênaltis. Se o tricolor paulista fizer um gol, o coxa terá que vencer por 3 a 1, e assim por diante.

    O Coxa contará com o apoio total de sua torcida apaixonada. Essa será a grande arma do time alviverde para poder dar a volta por cima nesta verdadeira decisão.

    Para esse jogo, o técnico do São Paulo, Emerson Leão, deverá escalar três zagueiros. Ele não terá Paulo Miranda, que cumpre suspensão, e pode dar uma chance para Edson Silva e Bruno Uvini jogando ao lado de Rhodolfo e tirar do time Casemiro.

    Na capital paranaense, o clima é de total otimismo. O time do Coritiba quer repetir a campanha de 2011, quando foi o vice-campeão da Copa do Brasil, perdendo para o Vasco da Gama.

    A grande novidade pode ser a volta de Rafinha para o meio de campo do time coxa branca. Ele já está recuperado de lesão e pode ser o grande trunfo do Coritiba. Caso ainda fique no banco, Tcheco, Gil e Lincoln brigam por uma vaga no time titular.

    Confira o quadro com as informações de Coritiba e São Paulo – 


    Ainda invicto no Campeonato Brasileiro, o Atlético-MG se prepara para enfrentar nesse domingo (dia 17 de junho), às 16h00, a equipe do São Paulo no estádio do Morumbi, em jogo válido pela 5ª rodada da competição.

    Com três vitórias e um empate em quatro jogos, o Galo mineiro enfrenta o tricolor em busca da liderança isolada do torneio. Para isso, o time do técnico Cuca precisa vencer e torcer para que o Vasco, atual líder, não ganhe do Palmeiras.

    Voltando de contusão após ter lesionado o tornozelo esquerdo, o atacante André deve ser opção para o banco de reservas. Titular e autor do gol da vitória no último jogo contra o alviverde paulista, Jô será mais uma vez o substituto do artilheiro atleticano.

    Outro jogador que retorna de lesão após ficar um tempo afastado é o volante Leandro Donizete, que também ficará à disposição no banco.

    A única mudança em relação à última partida para o jogo contra o tricolor, será na lateral direita. Suspenso nesse domingo, o titular Marcos Rocha dará lugar a Carlos César.

    O time que Cuca deverá levar a campo será: Giovanni, Carlos César, Réver, Rafael Marques, Júnior César; Pierre, Richarlyson, Danilinho, Ronaldinho, Bernard e Jô.

    Por Ramon Raleandro


    A Faculdade de Tecnologia de São Caetano do Sul, pertencente ao Centro Paula Souza, órgão do governo do estado de São Paulo, sediará entre os dias 28/01 e 30/01/2011, a Global Game Jam 2011.

    O evento é um projeto da International Game Developers Association (IGDA), que iniciou em 2009. Seu principal objetivo é promover a integração entre desenvolvedores de jogos para terem um olhar mais criativo e estimularem o raciocínio. Além disso, os participantes devem desenvolver um game com um tema estipulado pela organização, do começo ao fim, em apenas 48 horas.

    Em 2010, foram mais de 4.300 participantes de 39 países e no total foram desenvolvidos aproximadamente 900 jogos.

    Os interessados devem se inscrever pelos sites www.ggjsp.com.br ou www.fatecsaocaetano.edu.br.

    Por Felipe Villares


    Os carros do Gran Turismo 5 (GT5), game do Playstation 3, estarão circulando pelas ruas de São Paulo no próximo sábado, 11 de dezembro, das 13h às 19h.

    O Shopping Bourbon Pompeia será o ponto de chegada dos veículos, os quais poderão ser vistos em lugares como as avenidas Paulista e Juscelino Kubitschek.

    Na loja Sony Style Store do Shopping Bourbon Pompeia, o piloto Luciano Burti irá autografar os jogos que forem adquiridos no dia, das 19h até as 19h30min. Lá também será possível experimentar o game, através de simuladores 3D.

    O Gran Turismo 5 possui mil carros disponíveis, alguns dos quais contaram com a parceria de montadoras, como a Citroën, para a sua confecção.

    O GT5 também pode ser adquirido através do site  www.sonystyle.com.br.

    Por Elizabeth Preático


    Com data dos eventos marcada para os dias 28 e 29 de agosto, São Paulo vai sediar a quinta edição do Pan-Americano de jogos eletrônicos. A informação foi dada pela organização World Cyber Games (WCG), que juntamente com a Samsung, organiza o famoso e maior campeonato mundial de games.

    Uma mega estrutura será montada para essa primeira participação brasileira como sede de uma das etapas do WCG. Depois de passarem pela eliminatória, serão 71 players que irão concorrer ao título de campeões do continente americano.

    Neste ano serão 11 países participantes do evento, dentre eles o Brasil, Canadá, Colômbia, México, Panamá, Costa rica, Chile, El Salvador, Equador, Peru e Estados Unidos. Os games que vão decidir os grandes campeões serão: para PC, Fifa 10, Counter Strike 1.6 e Star Craft: Brood War e pela plataforma Xbox 360 o jogo será Guitar Hero 5. O local da competição ainda não foi noticiado.

    Por Oscar Ariel





    CONTINUE NAVEGANDO: