Um dia após o Corinthians vencer o Bahia por 2 a 0, fora de casa, na Arena Fonte Nova, o meia-atacante Renato Augusto passou pr uma cirurgia na face esquerda, devido à fratura de um osso denominado como arco zigomático. A partida marcou o "renascimento" de Pato, que fez dois gols, depois de ficar dez partidas em branco.

O incidente foi ocasionado em um lance que o atacante Souza, do Bahia, acertou-lhe o cotovelo no rosto, porém de forma involuntária; a partida era apenas a segunda do jogador, depois que este voltou de lesão na coxa esquerda, na última quarta-feira, contra o São Paulo.

Após o choque com o jogador do time baiano, o meio-campista corintiano foi substituído, e saiu de campo chorando; através de uma análise inicial, o médico do Timão afirmou que caso fosse constatado a fratura, a previsão de volta era de aproximadamente dois meses.

No entanto, o jogador voltará aos campos bem antes, já que teve sucesso no procedimento cirúrgico, feito pelo doutor Marcos Pitta, em um hospital da zona sul da capital paulista, e dentro de 15 a 20 dias voltará jogar pelo Timão, mas já volta aos treinamentos na quarta ou quinta-feira.

Por Vinicius Cunha


O que parecia um simples estiramento muscular na coxa direita, com previsão de volta aos campos dentro de 30 dias, era mais complexo do que se imaginava, e Renato Augusto, meia do Corinthians, machucado desde a partida contra o Guarani, no final de março, só deverá a voltar a atuar pelo Corinthians a partir do mês de julho, de acordo com o médico do clube, Júlio Stancati.

A intenção do técnico Tite era contar com Renato Augusto ainda no mês de junho, nos últimos jogos antes da parada para a Copa das Confederações, no entanto, a vontade do comandante não será realizada, e caberá a Danilo, Douglas e Romarinho o papel de armação das jogadas, até a volta do meia.

Desde a época em que jogava no Flamengo e no Bayer Leverkusen o meia tem tido lesõe musculares, e a ideia do Departamento Médico do Corinthians é "imunizá-lo", assim como foi feito com Alexandre Pato. Mesmo carente de um articulador com as características de Renato, a volta não deverá mesmo ser precipitada.

Antes de machucar, o jogador vinha fazendo bons jogos com a camisa corintiana, estando inclusive na iminência de uma convocação para a seleção brasileira; Júlio Stancati reiterou que Renato já treina com grupo, e não vem sentindo nenhuma dor no local.

Por Vinicius Cunha


Após conhecer o adversário das oitavas de final da Copa Libertadores: Boca Juniors; o Corinthians teve boa notícia, pois o meio-campista Renato Augusto voltou a treinar com bola e em breve poderá ser utilizado pelo técnico Tite.

Antecedendo a partida contra a Penapolense, pelo Campeonato Paulista, Renato participou do "rachão", e não sentiu dores na coxa direita, local que foi lesionado no dia 24/03, na partida contra o Guarani de Campinas. Antes da lesão o jogador vinha sendo utilizado como titular pelo técnico Tite, e era cogitada, inclusive, sua convocação para seleção brasileira.

De acordo com o Departamento Médico do clube, serão necessários mais 15 dias de recuperação e aprimoração física, para depois o jogador voltar a jogar oficialmente, porém a volta pode ser antecipada, caso a evolução continue na mesma velocidade.

Outros atletas que não vêm atuando são o atacante Jorge Henrique e o goleiro Cássio, que está com o punho esquerdo lesionado, e vem sendo substituído pelos goleiros reservas: Danilo Fernandes e Júlio César.

Contra o Boca Juniors é bem provável que Cássio, Renato Augusto, Jorge Henrique, que estava liberado para acompanhar a família por motivo de luto, estejam à disposição do técnico Tite.

Por Vinicius Cunha





CONTINUE NAVEGANDO: