O atacante argentino Lisandro López é o mais novo reforço do Internacional. Em busca do título da Copa Bridgestone Libertadores, a equipe colorada venceu a concorrência sobre o rival Grêmio, que também tinha interesse na contratação do jogador. A expectativa é que o jogador seja anunciado oficialmente quando se apresentar em Porto Alegre, o que deve acontecer entre essa segunda e terça-feira.

Lisandro López assinou pré-contrato com o Internacional após defender as cores do Al-Gharafa, equipe do Qatar. O jogador viaja do Oriente Médio para Argentina, onde terá alguns dias de descanso.

O Internacional chegou a desistir da contratação, pois não teria tempo hábil a ponto de  inscrevê-lo para disputar a fase de grupos da competição sul-americana. Entretanto, o Colorado continuou as negociações com o representante do atleta. Com o atraso no acerto, Lisandro apenas poderá vestir a camisa colorada na Libertadores se a equipe gaúcha avançar para as oitavas de final. Contudo, está apto a disputar partidas no Campeonato Gaúcho.

A indicação para a contratação de Lisandro partiu do técnico Aguirre. Admirador do futebol do argentino, que já tinha treinado anteriormente, o treinador confia na sua força física e qualidade técnica.

Com a vinda de Lisandro López, o Internacional encerra o seu ciclo de contratações para a temporada. Além do hermano, vieram Léo, Réver, Nicolás Freitas, Nilton, Vitinho e Anderson.

Lisandro chega credenciado por um bom currículo. Formado nas categorias de base do Racing, foi vendido ao Porto, em 2015, onde se destacou. Após cinco temporadas em Portugal, passou a vestir a camisa do Lyon, momento considerado o melhor de sua carreira. Desde 2013 defendia o Al-Gharafa.

A contratação de Lisandro chega em um bom momento para o Internacional. A equipe colorada perdeu a rodada de estreia da Libertadores, para o The Strongest, da Bolívia, por 3 a 1, resultado que a colocou na última posição da tabela de classificação. Na próxima rodada, a equipe enfrenta a Universidade de Chile, no Beira-Rio.

Por Julio Abreu

Lisandro L?pez

Foto: Divulgação


Um dos principais ídolos da história recente do Flamengo, Léo Moura, está de partida. E pegou todo mundo na Gávea de surpresa. Conforme antecipado pela coluna do jornalista Ancelmo Gois, do Jornal O Globo, o lateral-direito está muito próximo de acertar com o Fort Lauderdale (Strikers), dos Estados Unidos, clube que tem Ronaldo Fenômeno como um de seus principais acionistas.

Quem confirmou as negociações foi o empresário Eduardo Uram, que cuida do gerenciamento da carreira de Léo Moura. Uram disse que, para o jogador ser anunciado, restam apenas alguns detalhes burocráticos.
A notícia pega o Flamengo de surpresa por alguns motivos, entre eles: o clube não foi comunicado em nenhum momento sobre a negociação e não tem um substituto imediato para a posição. A relação entre Léo Moura e o clube rubro-negro veio se desgastando com o tempo. Léo pedia a renovação do contrato até o final do ano, enquanto a diretoria insistia em um período mais curto, que seria até o final do Campeonato Carioca.

Léo Moura também não vinha apresentando bons resultados em campo. Tanto que foi barrado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo, o que não acontecia desde 2012. Na ocasião, Léo ficou na reserva de Wellington Silva, que atualmente atua no Fluminense.

O convite do Fort Lauderdale (Strikers) acabou pesando por conta do futuro incerto na Gávea. Como não queria jogar em outro clube brasileiro pela história de amor que tem com o Flamengo, a proposta do clube norte-americano acabou sendo aceita.

Eduardo Uram, que confirmou que o Flamengo não tinha conhecimento da negociação, afirmou que espera fechar negócio nos próximos dias. Além disso, rechaçou a desconfiança de que o jogador iria ganhar uma fortuna salarial.

"Lá existe um limite salarial. O salário não é tão alto, portanto não é a questão financeira", afirmou Uram.

Até o término da negociação, estima-se que o clássico contra o Botafogo, no dia 1º de março, seja o último do lateral-direito com a camisa do Flamengo.

Por Julio Abreu

L?o Moura

Foto: Divulgação


Mesmo sendo ainda uma das principais estrelas do Corinthians, Paolo Guerrero tem a partir desta quinta-feira (15) a chance de assinar algum pré-contrato com qualquer outro time do Brasil e do mundo. Segundo uma regra da Fifa, o jogador pode fechar algum acerto com outro Clube seis meses antes do fim do atual contrato.

O documento que firma permanência de Guerrero com o Timão vai até 15 de julho, ou seja, a partir de hoje o peruano pode negociar com outros clubes. Contudo, isso não quer dizer que o time paulista não tenha interesse mais no jogador. Desde o ano passado o clube tenta uma renovação de seu contrato, só que o camisa 9 está pedindo além das possibilidades que se pode pagar. O peruano quer US$ 6 milhões, o que gira em torno de R$ 18 milhões de luvas para assinar o novo vínculo. O Corinthians afirma que está disposto em pagar até US$ 4 milhões, o que seria em média R$ 12 milhões. O restante que o atleta quer seria dado com exploração de marketing. Porém, nada ainda foi acertado. Novas conversas devem acontecer nas próximas semanas.

Mesmo afirmando várias vezes que tem o interesse em ficar no Timão e que se recusa a vestir a camisa de qualquer outro time brasileiro, o futuro de Guerrero continua incerto. E a situação fica um pouco delicada quando nos bastidores a notícia é de que o rival Palmeiras tem interesse em contratar o peruano. Também no ano de 2014 Guerrero recebeu propostas para atuar no West Ham da Inglaterra e em um clube chinês, mas ele recusou as recompensas.

Além de Guerrero, o atacante Emerson Sheik também vai poder negociar com outros clubes a partir de 31 de janeiro deste ano. O jogador estava emprestado para o Botafogo na temporada passada e agora está de volta ao Timão. Ele tem vínculo até o dia 31 de julho de 2015.

Por Carolina Costa

Paolo Guerrero

Foto: Divulgação


Após um período de negociações entre jogador, empresário e clube, foi confirmada, na última sexta-feira (09/01), a renovação de contrato do goleiro Jefferson com o Botafogo. O atleta, que também vem sendo o principal arqueiro da Seleção Brasileira comandada pelo técnico Dunga, sempre demonstrou muito carinho pelo Alvinegro e renovou até 2017 com o clube carioca.

Através das redes sociais, Jefferson comunicou à torcida botafoguense a sua renovação com o clube e agradeceu todo o carinho e apoio que recebeu dos torcedores ao longo desse período de conversas com a diretoria. O goleiro reafirmou o seu desejo de encerrar a carreira no Botafogo e ressaltou a vontade de ajudar o Glorioso a retornar para a elite do Campeonato Brasileiro.

"Torcida Alvinegra, comemoro aqui junto com todos vocês a minha renovação com o Botafogo, o que é um orgulho para mim. Por todo o período de negociações com a diretoria, sempre coloquei em primeiro lugar o meu amor pelo Botafogo e sempre quis ressaltar que tenho o objetivo de encerrar a minha carreira vestindo essa camisa. Gostaria de agradecer a todos os torcedores que ao longo desse momento me enviaram mensagens de incentivo, respeito e carinho. Em breve e junto com os velhos e novos companheiros de time, vamos colocar de volta o Botafogo no lugar de onde ele não deveria ter saído nunca. Vamos trabalhar e nos esforçar muito para levar o clube para a primeira divisão novamente, e fazer com que o Botafogo volte a encontrar o caminho dos títulos e das vitórias, como sempre foi na sua gloriosa história", postou Jefferson.

A proposta feita pelo presidente do clube, Carlos Eduardo Pereira, e o vice de futebol, Antônio Carlos Mantuano, que selou o acordo da renovação, foi apresentada pelos dirigentes ao empresário do jogador, Gerson Sá, ainda na noite de sexta-feira (09/01). E após um telefonema do agente para Jefferson, em que os números foram informados, o goleiro aceitou imediatamente.

Apesar de Jefferson ainda ter contrato com o Botafogo até o fim deste ano, o atleta estava insatisfeito com a dívida de R$ 2 milhões que o clube tem com ele e queria garantias de que receberá os salários da nova diretoria Alvinegra. Após renovar, o jogador selou um novo compromisso com o clube de General Severiano até o fim de 2017. E apesar de não ter se reapresentado junto com o restante do grupo para o início da pré-temporada de 2015, na última quinta-feira (08/01), o goleiro se juntou ao elenco na segunda-feira (12/01).

Por João Calvet

Jefferson renovou contrato com o Botafogo

Foto: Divulgação


Palmeiras tentou uma negociação com o Coritiba para conseguir a contratação do genérico Robinho para a temporada de 2015, mas na primeira tentativa a diretoria recebeu um "não" como resposta. O clube paranaense considera o jogador como prata da casa e não pretende perdê-lo para o verdão. A diretoria do Coxa diz que vai resistir nas investidas do Palmeiras, mas empresários que têm parte dos direitos econômicos de Robinho não pretendem desistir em uma nova investida.

Um dos "donos" do jogador, o empresário Luiz Alberto confirmou o interesse em negociar Robinho e que o Palmeiras tentou realmente levar o jogador, mas que a princípio o Coritiba não demonstrou interesse em nenhuma oferta. Segundo ainda Luiz Alberto, parece que há um interesse do jogador para a transferência, mas tudo depende da liberação do Coxa.

Robinho tem 27 anos e está desde 2012 no Coritiba e ainda tem mais dois anos de contrato no Clube. Ele já passou por times como Santos, Avaí e Internacional. E o verdão não quer parar por aí. O Palmeiras ainda tenta a contratação de mais um armador, o Cleiton Xavier, do Metalist da Ucrânia, um sonho de consumo do Palmeiras já alguns anos. Também a tentativa de trazer o Conca, do Fluminense. Alguns consideram que as negociações não irão se concretizar, já que os dois últimos jogadores citados são caros e Robinho está nos planos do Coritiba como "indispensável" para a temporada 2015.

Os jogadores que já estão acertados com o Palmeiras são o Zé Roberto, de 40 anos, o lateral-direito Lucas, o zagueiro Vitor Hugo, os volantes Amaral, Andrei Girotto e Gabriel. O atacante Leandro Pereira também está nos planos do time paulista. O Palmeiras também deve anunciar em breve o atacante Rafael Marques e o lateral-esquerdo João Paulo. O verdão tenta ainda uma negociação com o zagueiro Réver do Atlético-MG, que foi destaque na conquista da Taça Libertadores 2013 do time mineiro.

Por Carolina Costa

Robinho do Coxa

Foto: Divulgação


O clima entre o técnico do Barcelona Luis Enrique e a prata da casa Lionel Messi nunca foi lá grandes coisas, só que agora o convívio entre eles no clube, ao que tudo indica, foi para o buraco de vez. A diretoria também anda pressionando o técnico e os jogadores para que o time vença e convença na Copa do Rei, já que o time anda passando algumas dificuldades no campeonato.

A crise entre Luis Enrique e Messi aprofundou quando o craque não foi ao treino do time na última segunda-feira, em que justificou ter tido uma gastroenterite. Mesmo assim, o técnico não acreditou no atleta e resolveu buscar alguma medida para puni-lo. Messi não gostou nada da atitude do técnico e jogadores mais experientes do clube tiveram que esfriar o clima entre os dois, como Iniesta, Xavi e Busquets. Os atletas pediram para que Luis Enrique repensasse na punição, já que uma decisão dessas poderia prejudicar ainda mais o Barcelona, que não anda em uma boa fase.

Ao que tudo indica, a gota d'água do convívio entre eles foi a escolha de Luis Enrique deixar o craque no banco de reservas. Além dele ficaram Neymar, Daniel Alves e Piqué. Nesse jogo o Barcelona perdeu para o Real Sociedad por 1 a 0. Messi já deixou bem claro para todos que a diretoria vai ter que fazer uma escolha entre ele ou o técnico. E caso o craque saia, o time inglês Chelsea disse que paga a multa rescisória do atleta, que é de 250 milhões de euros.

A imprensa espanhola, juntamente com Messi, anda fazendo críticas pesadas a Luis Enrique sobre seus esquemas táticos de jogo. E isso talvez seja o ponto chave para que o presidente do Barça, Josep Bartomeu escolha ficar mesmo com o camisa 10. Mesmo assim, nada ainda está resolvido, o jeito é aguardar as cenas dos próximos capítulos.

Por Carolina Costa

Luis Enrique e Messi

Foto: Divulgação


O atacante Diego Tardelli, do Atlético-MG, fez um grande Campeonato Brasileiro em 2014 que o levou para a Seleção Brasileira, e ainda fechou o ano sendo campeão da Copa do Brasil pelo Galo em cima do grande rival de Minas Gerais, o Cruzeiro.

Após uma excelente temporada que o levou também a integrar a Seleção do Brasileirão no ataque, ao lado de Guerrero (do Corinthians), o jogador atraiu o interesse de alguns clubes, inclusive do exterior, e admitiu ter recebido sondagens para deixar o Atlético-MG no fim do ano, porém, o atleta não deu detalhes sobre as propostas recebidas.

"Não vou negar que recebi sim (ofertas de fora do Brasil). Em pouco tempo todos vão ver notícias e o torcedor precisa saber disso. Eu preciso pensar agora e sentar com a minha família para decidirmos o que for melhor pata todos", disse Tardelli sobre sua possível saída do Galo, em entrevista para à rádio Itatiaia.

Diego Tardelli foi contratado em definitivo (por compra) pelo Atlético-MG, em 2013, junto ao clube Al-Gharafa, do Catar, e tem contrato com o clube mineiro até 2017. O valor do acordo foi de 5,5 milhões de euros, no qual 3 milhões foram pagos no ato da negociação e o restante ainda não foi quitado.

No início do mês de novembro desse ano, a FIFA determinou um prazo de 30 dias para que o Galo efetuasse o pagamento, porém, o clube brasileiro ainda pode recorrer da decisão.

O vice-presidente Daniel Nepomuceno, que também é o único candidato para suceder o atual presidente Alexandre Kalil nas próximas eleições, disse que vai contar com a colaboração dos parceiros do Atlético para resolver essa situação com o clube asiático, e que o departamento jurídico do Alvinegro segue analisando esse caso. E a assessoria do Galo afirma não ter o conhecimento de nenhuma proposta para Tardelli. 

Após um começo de ano turbulento, com direito a desentendimento com o técnico Levir Culpi, o atacante se recuperou de um início de "má fase" que parecia que poderia viver e se tornou uma peça fundamental da equipe na boa campanha do Campeonato Brasileiro, onde o time chegou a ficar no G-4 em algumas rodadas e longe do Z-4 por toda a competição, e na conquista do título da Copa do Brasil.

Com o retorno do seu bom futebol, Diego Tardelli também voltou a ser convocado para a Seleção Brasileira.

O jogador completou falando do seu bom momento atual, inclusive do prêmio individual: "Tem atacantes de muita qualidade no Brasileirão, então fico muito feliz por isso. Estar nessa Seleção é difícil. E tenho ainda mais orgulho por saber quevo prêmio é escolhido através dos próprios treinadores e jogadores, o que para mim torna isso ainda mais especial. Eu divido essa minha conquista com todos da torcida e da equipe do Galo, e gostaria de agradecer muito a todo mundo", encerrou.

Vale lembrar que Tardelli também já havia sido eleito um dos melhores atacantes do Campeonato Brasileiro em outra ocasião, em 2009, quando foi o artilheiro da competição com 19 gols. Portanto, agora em 2014, essa é a segunda vez que o atleta integra a Seleção do Brasileirão.

Por João Calvet

Foto: divulgação


Lionel Messi, consagrado jogador argentino que atua no Barcelona, acaba de quebrar mais um recorde em um jogo contra o Sevilla, no sábado (22/11), em uma partida válida pelo Campeonato Espanhol. Tal recorde já estava sendo esperado e trata-se de ter superado o maior goleador da história do torneio, Telmo Zarra, que fez 251 jogos em toda sua carreira nos jogos válidos pelo Espanhol.

Messi conseguiu ultrapassar o artilheiro por 2 gols, agora com 253. Esse recorde durava desde a temporada de 1954-1955, quando Zarra atuou pela última vez pelo campeonato.

Além desse recorde, a carreira do argentino é cheia de conquistas, como:

– único jogador do Barça que ganhou quatro Bolas de Ouro, foi o jogador mais novo a receber uma e teve a maior porcentagem de votos nessa eleição, a de 2009, com 98,54% das indicações;

– Messi também superou Phillip Cocu como o jogador não espanhol que jogou mais partidas pelo Barcelona;

– foi artilheiro em quatro edições seguidas da Liga dos Campeões;

– ainda na Liga dos Campeões, Lionel foi o primeiro jogador a marcar 5 gols em apenas 1 jogo na competição;

 – no ano de 2012, Messi marcou 91 gols, feito que entrou para o Guinness Book;

– ainda na artilharia, o argentino superou o recorde de Paulino Alcántara que possui 371 gols com a camisa do Barcelona;

– em partidas contra o seu grande rival, o Real Madrid, Messi é o maior goleador do clássico, com 21 gols;

– na temporada de 2011-2012, Lionel fez gol em todas as competições que participou: Mundial de Clubes, Supercopa da UEFA, Supercopa da Espanha, Campeonato Espanhol, Liga dos Campeões e Copa del Rey;

– recentemente, o argentino igualou-se ao Raúl, com 71 gols marcados na Liga dos Campeões, com possibilidade de aumentar o número ainda neste ano, já que ainda disputará duas partidas válidas pela competição;

Vale lembrar que Messi ainda está em plena atividade no futebol e que ainda poderá quebrar muitos outros recordes, inclusive seus próprios feitos. Nessa briga por recordes, Messi tem um grande concorrente, o português Cristiano Ronaldo, que recentemente tem revezado com o argentino a Bola de Ouro e possui apenas um gol a menos que ele na Liga dos Campeões.

Por Rannier

Lionel Messi

Foto: Divulgação


Tanto uma apuração interna da própria Portuguesa quanto uma investigação do Ministério Público apontam que ex-integrantes da diretoria da Lusa receberam dinheiro pela escalação do jogador Heverton na partida contra o Grêmio, pela última rodada do Brasileirão 2013.

As duas apurações indicam que tanto o ex-presidente do clube paulista quanto alguns dos seus ex-colaboradores receberam benefícios para escalarem intencionalmente o jogador que estava irregular e não poderia atuar naquela partida. Gerando com isso a perda de quatro pontos para a Portuguesa e, consequentemente, o rebaixamento do clube. O que gerou uma crise e, posteriormente, também o rebaixamento para a Série C do Campeonato Brasileiro em 2015 de um dos clubes mais tradicionais do futebol, além de culminar com a possibilidade de o clube vender, pelo menos, uma parte do terreno do também tradicional estádio Canindé, em São Paulo/SP, que pertence à Portuguesa.

"Há uma apuração de que no mínimo dois ex-integrantes da diretoria da Portuguesa receberam benefícios para que essa situação tenha ocorrido, e estamos convencidos disso", disse o promotor do Ministério Público de São Paulo que apura o caso, Roberto Senise.

Roberto Senise aponta como responsáveis pela omissão do erro que levou a Lusa a ser rebaixada ao ex-presidente Manuel da Lupa, o ex-vice-presidente Roberto dos Santos, o advogado Valdir Rocha, e ainda mais dois funcionários que não tiveram os seus nomes revelados.

Foi publicado, inclusive, no jornal "O Estado de S. Paulo", a informação de que o inquérito concluiu que a Portuguesa recebeu dinheiro para escalar de forma irregular o jogador Heverton, e que agora o Ministério Público de São Paulo tenta descobrir quem foi que pagou para que a Lusa cometesse o erro que levou o clube ao rebaixamento. E diz também que ainda não houve conclusão do inquérito e que há agendamento para as pessoas deporem até fevereiro de 2015. E ainda tem a investigação interna, feita pela própria Portuguesa, que visa descobrir quem participou desse esquema ou facilitou para que acontecesse para puni-los.

Pelo fato de o ex-presidente da Lusa vim sendo apontado como principal alvo das investigações, o presidente do Conselho Administrativo diz que pretende processar civil e criminalmente o ex-presidente Manuel da Lupa e cobrar dele até R$ 30 milhões pelo ocorrido. Até mesmo o técnico Guto Ferreira disse na última segunda-feira (10/11), quando ainda estava no comando do time, que "tinha ideia do que havia acontecido", mas que por falta de provas não podia "ficar falando" nada sobre o caso.

É importante lembrar também que no último dia 29 de outubro, o atual presidente da Portuguesa, Ilídio Lico, em entrevista ao jornalista Jorge Nicola, do Portal Yahoo, afirmou que teria sido "premeditada" a participação do atleta de maneira irregular, na última partida do Campeonato Brasileiro 2013.

Por João Calvet

Jogador Heverton

Foto: Divulgação


O atacante Adriano, "Imperador", não atua profissionalmente há mais de seis meses, no entanto uma nova oportunidade de trabalho parece ter aparecido; não é de um grande clube do futebol mundial, como anteriormente o jogador já defendeu, e sim do clube de futebol mais velho da França, o Le Havre, da segunda divisão do Campeonato Francês.

Cristophe Mailol, presidente do Le Havre, é quem demonstrou o interesse inicial no jogador brasileiro; fã declarado, Mailol afirma já ter conversado com o empresário de Adriano, acreditando  que o atleta seguirá até a França, onde poderá conhecer o clube mais de perto, por um período de uma semana.

A ideia é que Adriano conheça o Le Havre mais de perto, onde poderá observar quesitos como estrutura, estádio, a cidade, etc. Caso o jogador se mostre interessado, as partes tentariam selar o acordo. Atualmente o time interessado ocupa a 7ª colocação na segundona da França, mas está apenas a dois pontos da zona de acesso para a divisão principal.

Em relação ao estádio, "Stade Océane", este possui capacidade para 25 mil expectadores, sendo inaugurado no primeiro trimestre de 2012, após investimento de cerca de 90 milhões de euros. O projeto de Cristophe é expandir o futebol do Le Havre, primeiro alcançando a principal competição do país, e depois torneios internacionais.

A contratação de Adriano é uma espécie de jogada de marketing, com o intuito de atrair a mídia para o clube, não descartando o resgate do futebol do jogador, que outrora já foi artilheiro nos campos europeus. Sobre o histórico de indisciplina, o dirigente disse não se preocupar, alegando que Adriano será apoiado em tudo, inclusive na sua recuperação psicológica.

A fonte econômica do Le Havre é de um investidor árabe, que além da expectativa criada na contratação, vê possibilidade de um retorno financeiro no atacante, pois, caso se destaque é possível que os grandes da Europa possam se interessar no futebol do "goleador".

Por Vinicius Cunha

Adriano Imperador

Foto: Divulgação


A Copa do Mundo de 2014 é um celeiro de craques do futebol mundial, haja vista que todas as seleções, no mínimo, apresentam um jogador com qualidade para se destacar. Neymar é o principal candidato do Brasil, embora nossa seleção nacional conte com muitos outros com potencial para brilhar. Os mexicanos, por sua vez, depositam suas maiores esperanças em Javier Hernandez, apesar do atacante do Manchester United não viver um bom momento dentro de campo.

O uruguaio Luiz Suarez, seguido por Edison Cavani, são os dois craques da Celeste. Os franceses apostam sua ficha no atual terceiro melhor jogador do planeta, o habilidoso e vitorioso Ribery. O francês, depois da frustrada perda do título de melhor jogador do mundo, espera brilhar na Copa.

Por motivos óbvios, Lionel Messi é o grande destaque argentino. O jogador do Barcelona espera, enfim, deslanchar pela seleção nacional. Assim como o Brasil, os argentinos contam com muitos outros jogadores que podem brilhar, como Sérgio Aguero e Di Maria.

A Inglaterra espera que o Wayne Rooney não se torne uma eterna promessa na seleção nacional, afinal o inglês já demonstrou que é um jogador bem acima da média, razão pela qual continua sendo a maior esperança da fanática torcida inglesa. Hazard é a maior esperança da promissora seleção belga, sendo certo que o jogador figura entre uma das maiores promessas do futebol mundial.

Escolher um único jogador destaque da seleção da Alemanha é uma árdua tarefa, haja vista que os jogadores apresentam níveis bem similares. Schweinsteiger está em ligeira vantagem dos companheiros de equipe, considerando sua ampla versatilidade.

As seleções da Holanda e Espanha apresentam o mesmo " problema", diante do número exacerbado de craques. Considerando o atual momento dos jogadores, é certo que Arje Robben e Andres Iniesta surgem como os principais candidatos a brilharem na Copa do Mundo.

Os chilenos depositam boa parte de sua esperança em passar de fase no Grupo da Morte em Vidal, atualmente, o melhor jogador da Juventus da Itália. Por fim, vale lembrar que muitos outros jogadores que não foram citados apresentam chances de reais de brilhar, principalmente considerando a imprevisibilidade do mundo do futebol.

Por RVN


O São Paulo, que chegou a ser ameaçado de rebaixamento no Campeonato Brasileiro de 2013, espera fazer uma temporada bem melhor em 2014.

O time, comandado pelo treinador Muricy Ramalho, acredita que tem tudo para disputar o título do paulistão e conquistar seus objetivos nos outros torneios a serem disputados. O volante Wellington está muito confiante com a melhora do tricolor paulista. Ele, que foi um dos destaques do clube no ano anterior, afirmou que o time está num processo de evolução e entrosamento que, certamente, serão indispensáveis para a equipe do Morumbi jogar com mais vontade e vencer os campeonatos. 

O volante explicou que o importante é conquistar títulos. Que é isso que todos, sobretudo a torcida, desejam. De todo o modo, apesar da confiança do atleta, uma pergunta parece continuar: será que dá para confiar no time do São Paulo?

Wellington renovou seu contrato até 2018, foi valorizado pela diretoria e deixou bem claro que nesse novo ano tudo será diferente.

O volante do tricolor afirma que evoluiu muito desde que estava nas categorias de base, que aprendeu muita coisa nesse tempo e que, por conta disso, se sente mais preparado para os desafios que estão chegando.

Um detalhe interessante é que o jogador já está na sua sétima temporada com o São Paulo. O único atleta com mais jogos que ele no atual elenco do clube é o ídolo da torcida, o goleiro Rogério Ceni. 

Com a conquista do Campeonato Paulista de 2014, disse Wellington, a equipe ficará mais forte para a Copa do Brasil e o Brasileirão, pois, como sabemos, o grande objetivo do clube é voltar a disputar a Taça Libertadores da América. 

O grupo já teve algumas mudanças como a saída do zagueiro Lúcio, que foi para o Palmeiras, e a contratação do lateral Luis Ricardo. 

Por Juan Wihelm

SPFC

Foto: Divulgação


O jogador equatoriano Christian Benítez, mais conhecido como “Chucho", veio a óbito na segunda-feira, 29 de julho, no Catar, onde um dia antes fez sua estreia pelo Al Jaish, contra o Qatar Sports Club, em jogo válido pela Sheikh Jassem Cup.

De acordo com José Chamorro, o jogador acordou pela manhã e se queixou de fortes dores no abdômen, e após ser levado a um hospital local, foi vítima de uma parada cardíaca. O Al Jaish, através de sua diretoria, informou que em nenhum momento Benítez chegou a reclamar de tais dores e lamentou a perda.

Antes de ser contratado pelo time do Catar, o jogador defendia o América do México, onde estava desde 2011. Começou sua carreira no El Nacional, do Equador, passou por Santos Laguna, do México, e pelo Birmingham City, da Inglaterra. Vários jogadores lamentaram a morte de Benítez, entre eles o uruguaio Forlán e o também equatoriano Antonio Valência, do Manchester United.

"Chucho" defendeu a seleção do Equador em 58 partidas, fazendo 24 gols, e disputou uma Copa do Mundo, a de 2006.

O que levou Benítez a sentir dores abdominais ainda não foi esclarecido, e uma autópsia será feita posteriormente, para identificar o motivo das mesmas.

Por Vinicius Cunha


Ainda precisando de alguns cuidados especiais depois da lesão sofrida na coxa direita, posteriormente à Copa das Confederações, Valdivia está numa boa fase de seu futebol. O jogador participou das partidas do Palmeiras contra o Oeste, ABC e Figueirense, nessas três o time venceu.

Enquanto a maior parte dos jogadores volta a treinar no segundo dia após um jogo, ele fica fazendo exercícios de fortalecimento muscular.

Um dos cuidados especiais é esse, permanecer mais tempo descansando após as partidas. O jogador chileno quer ir mais além, ele quer participar da partida contra o Guaratinguetá no sábado e na próxima terça jogar contra o Icasa.

Na Academia do Futebol, nesta quarta-feira, Valdivia falou de suas aspirações em participar dos dois jogos e foi até um pouco ríspido em dizer que se ele achasse que poderia jogar, ele jogaria. Logo após dizer isso, afirmou que essa também é uma decisão de seu técnico Gilson Kleina.

Durante a entrevista, o jogador parecia estar sisudo, porém com o tempo foi esboçando sorrisos. Ele disse que acredita que a sua experiência no futebol e a falta de pressão são os responsáveis por se sentir tranquilo e a vontade em campo.

Por Melina Menezes


O jogador Bill voltou para o time do Coritiba afirmando estar mais maduro e com a cabeça no lugar.

Na sua primeira atuação pelo clube, entre os anos de 2010 e 2011, ele deu muita dor de cabeça à diretoria do clube com sua vida fora dos gramados.

A autorização já foi feita pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para que o jogador já comece a defender a camisa da equipe paranaense, porém ele não atuará na partida contra o Vitória, visto que está um pouco fora do ritmo de jogo porque esteve dois meses sem treinar.

O técnico do Coritiba, Marcos Santos, poderá utilizar o jogador no time somente no dia em que o time enfrenta a Ponte Preta, em 31 de Julho, no Estádio Couto Pereira.

O atleta é ciente de que deverá competir com outros excelentes atacantes pela posição de titular. Entre os rvais de posição estão: Anderson Costa, Anderson Aquino, Everton, Geraldo, Julio César, Arthur, Deivd, Keirrison e Rafhael Lucas. Segundo sua opinião, essa disputa entre atacantes pela vaga de titular é sadia e que o time tem só a ganhar.

Por Melina Menezes.


O Botafogo está demonstrando que o trabalho investido na divisão de base tem rendido bons frutos.

Vários dos jogadores que estão sendo escalados são do grupo da base do Botafogo.

Com a transferência de time do Andrezinho e do Fellype Gabriel, Vitinho ganhou espaço como titular. Outra situação que está dando oportunidades aos jovens garotos é a lesão de Lucas, no lugar do titular entrara Gilberto. Este jogador acredita que a presença de mais jogadores da base o fez ficar mais tranquilo para atuar junto a equipe profissional e não conseguia imaginar como seria se fosse o único entre os veteranos. Disse que é um estimulo para ele ter vários colegas conhecidos no elenco.

Gegê, Octávio e Jeferson, ficarão no banco de reservas. Com todas essas mudanças o time refresca o grupo e traz para dentro de campo novas promessas para o futebol brasileiro.

Segundo o zagueiro Bolivar, a mistura entre jogadores experientes e as novas promessas está dando certo e o técnico botafoguense está conseguindo deixar a equipe coesa. Ainda sobre a equipe, ele agrega que hoje em dia o Botafogo conta com pelo menos um jovem atleta em cada setor.

Por Melina Menezes.


Parece que os bons ventos estão soprando a favor de Kaká. O meia tem estado bem próximo ao novo treinador da equipe do Real Madrid, Carlo Ancelotti. O técnico veio para substituir José Mourinho e está dando novas chances ao jogador, situação bem diferente a que ocorria quando Mourinho estava dirigindo o time.

Bom diferente da situação apresentada pela imprensa espanhola, Kaká tem sim espaço no time e está participando ativamente das primeiras atividades dirigidas pelo novo técnico nesta etapa de pré-temporada.

Outro “faixa” do brasileiro seria  Zinedine Zidane, atual auxiliar técnico do clube merengue. Eles estariam conversando e se entendendo muito bem, fechando parceria.

O atleta do Brasil está bem animado com a vinda de Ancelotti para o time, isto porque o técnico sempre deixou claro o interesse em trabalhar com Kaká, principalmente pelo fato de conhecer o seu futebol de perto, visto que se conhecem a seis anos, desde que os dois trabalhavam no Milan entre os anos de 2003 e 2009.

O brasileiro está sentindo-se muito bem com a sua equipe a ponto de publicar uma foto dele e de seus colegas, todos animados.

Kaká está no Real Madrid desde 2009, entretanto, não conseguiu muitas oportunidades no time, isso provavelmente será contornado de agora em diante.

Por Melina Menezes.


O Internacional tem a tradição de repatriar seus ídolos, e mantém aqueles que estão em atividade sempre observados; um dos que estão próximos de voltar é o atacante Nilmar, no entanto o meia Alex, do Al-Gharafa, também está sendo especulado, e pode ser o mais novo parceiro de D'Alessandro na armação de jogadas.

Uma reunião para tratar do negócio já aconteceu, quando há um mês atrás o jogador esteve em Porto Alegre, adquirindo o passaporte europeu; de acordo com Marcelo Medeiros, diretor de futebol do Internacional, a possibilidade Alex voltar existe, e a diretoria vai correr atrás para presentear os torcedores.

Um dos fatores que favorecem a volta do ídolo Alex é a possível existência de um conflito entre o jogador e parte dos diretores do Al-Gharafa, o que estaria incomodando o jogador, que caso não feche com o Internacional, deve procurar outro clube para jogar.

Inicialmente, os diretores do Colorado cogitaram as contratações de Júlio Baptista, do Málaga, e Lucho González, do Porto, mas as negociações não caminharam conforme o esperado, e somente com uma reviravolta as transferências serão concluídas em favor do clube gaúcho.

Por Vinicius Cunha


A temporada na Inglaterrra ainda não começou, mas a cada dia que passa os times ingleses intensificam seus treinamentos e jogam amistosos para entrosar seus jogadores, e no domingo, dia 14 de julho, o Manchester City enfrentou o Sundersport United, na África do Sul, e saiu de campo derrotado por 2 a 0.

O domingo não serviu apenas para a comissão técnica do City observar a condição de seus jogadores, já que o treinador do time, Manuel Pellegrini, afirmou que o lateral-direito Maicon não permanecerá no clube, reiterando que o brasileiro não fará a pré-temporada com os demais jogadores.

Pellegrini também disse que espera a contratação de dois ou três reforços, mas não pôde estipular data para a chegada dos mesmos, já que as negociações dependem de uma série de complexidades; se por um lado Maicon não jogará mais pelo City, por outro o brasileiro Fernandinho fará sua primeira temporada com a camisa do clube.

O destino de Maicon deverá ser o futebol italiano, mais precisamente a Roma, pelo menos é o que afirma o periódico esportivo "Corriero dello Sport", e inclusive as primeiras reuniões para acertar a transferência já aconteceram.

Por Vinicius Cunha


Um dia após o Corinthians vencer o Bahia por 2 a 0, fora de casa, na Arena Fonte Nova, o meia-atacante Renato Augusto passou pr uma cirurgia na face esquerda, devido à fratura de um osso denominado como arco zigomático. A partida marcou o "renascimento" de Pato, que fez dois gols, depois de ficar dez partidas em branco.

O incidente foi ocasionado em um lance que o atacante Souza, do Bahia, acertou-lhe o cotovelo no rosto, porém de forma involuntária; a partida era apenas a segunda do jogador, depois que este voltou de lesão na coxa esquerda, na última quarta-feira, contra o São Paulo.

Após o choque com o jogador do time baiano, o meio-campista corintiano foi substituído, e saiu de campo chorando; através de uma análise inicial, o médico do Timão afirmou que caso fosse constatado a fratura, a previsão de volta era de aproximadamente dois meses.

No entanto, o jogador voltará aos campos bem antes, já que teve sucesso no procedimento cirúrgico, feito pelo doutor Marcos Pitta, em um hospital da zona sul da capital paulista, e dentro de 15 a 20 dias voltará jogar pelo Timão, mas já volta aos treinamentos na quarta ou quinta-feira.

Por Vinicius Cunha


O zagueiro Pepe, brasileiro naturalizado português, está no Real Madrid desde 2007, e no clube viveu altos e baixos, em alguns momentos como titular incontestável, e já em outros como mero coadjuvante; alvo de várias equipes para a próxima temporada, Pepe deverá permanecer no Real, já que o clube não quer liberá-lo, apesar das boas propostas que vêm aparecendo.

A última proposta pelo zagueiro Pepe veio da Inglaterra, mais precisamente do Manchester City, que chegou a oferecer 25 milhões de euros pelo defensor, mas a mesma foi rejeitada, já que a permanência do zagueiro teria sido um pedido pessoal do novo técnico do clube, Carlo Ancelotti.

De acordo com o jornal espanhol "Marca", a recusa não se deve apenas ao fato de Carlo Ancelotti contar com o jogador para a próxima temporada, mas também pelo temor em negociá-lo e depois não encontrar alguém com potencial semelhante no mercado.

No atual elenco do Real Madrid são poucas as opções para Ancelotti, que além do luso-brasileiro, conta apenas com Sergio Ramos e Varane; a temporada 12/13 não foi das melhores para Pepe, principalmente o 1º semestre de 2013, por ter se envolvido em atritos com o ex-treinador, José Mourinho, e ser cogitado a deixar o clube.

Por Vinicius Cunha


Desde que surgiu no futebol, Alexandre Pato é considerado um dos atacantes mais completos do mundo. Isto porque o atleta reúne todas as características desejadas por qualquer treinador, quais sejam: velocidade, bom chute e cabeceio, técnica, presença de área, bem como uma boa visão de jogo.

Ocorre que o jogador, devido as inúmeras contusões, não conseguiu demonstrar todo seu talento no Milan, razão pela qual acabou retornando ao futebol brasileiro, com a árdua missão de defender as cores do Corinthians. O timão pagou uma fortuna para adquirir o craque, o que significa dizer que a pressão seria ainda maior.

Apesar de estrear com gol, Pato ainda deixa a desejar. O jogador não conseguia marcar um gol há muitos jogos, ocasionando frustração da torcida corinthiana, principalmente pelos gols perdidos na Taça Libertadores da América que culminou na eliminação do torneio continental.

No retorno do Brasileirão, após a parada para a Copa das Confederações, o atleta desencantou, tendo em vista que marcou os dois gols da vitória do time sobre o Bahia. Aliás, o jogador apareceu no momento mais oportuno, considerando que a equipe baiana eram que ditava o ritmo da partida, sendo certo que os dois gols, quase que consecutivos, jogaram um balde de água fria no time nordestino, garantindo, portanto, mais uma vitória do Corinthians.

Resta saber se o jogador conseguirá manter uma boa sequência, pois assim poderá conquistar a titularidade na equipe e, quem sabe, sonhar com o retorno à seleção brasileira. Independente de qualquer coisa, é certo que o jogador tem potencial para estar entre os escolhidos de Felipão.

Por Renan Valmeida do Nascimento


Há mais de 10 anos em Portugal, o goleiro Hélton terá o seu contrato com o Porto encerrado em junho de 2014, no entanto afirma que ainda não decidiu qual rumo tomará a sua carreira, reiterando, inclusive, que ainda não pensa em voltar ao Vasco, onde foi revelado.

Com 35 anos, o goleiro está totalmente ambientado ao Porto, dizendo ser feliz por lá, onde também mora a sua família (filhos e esposa). Curiosidades à parte, Hélton tem até uma banda musical em Portugal, e os shows não são restritos apenas a Portugal, ou seja, os países vizinhos também ouvem as melodias de Hélton e companhia.

O nome da banda é H1, que tem até mesmo uma empresa que cuida das apresentações em Portugal, com um estúdio até no Brasil.

Os três filhos do goleiro se interessam mais pelas corridas de Kart do que pelo futebol, o que não impede o pai "coruja" de investir pesado nos garotos.

De acordo com Hélton, durante os quase 11 anos que está em Portugal, somente agora o Vasco o procurou de forma oficial. O contato teria partido do diretor executivo do clube carioca, Renê Simões, no entanto, segundo Hélton, a formalidade virou informalidade, já que conversaram sobre "tudo": Vasco, carreira, família, música. O goleiro deixou a possibilidade de transferência para o ano que vem.

Por Vinicius Cunha


Com um elenco cheio de boas opções, o treinador Tite tem dado poucas oportunidades ao chinês Zizao, no Corinthians, no entanto a situação não será motivo para o asiático abandonar o Timão, pois fora dos gramados, em ações de marketing, o que não faltará são serviços para o jogador.

Os direitos federativos de Zizao pertencem ao Shanghai Shenxin, e pelo atual contrato o atleta ficará no Corinthians até o fim de 2013, por empréstimo. Até o momento, o meia-atacante esteve em campo apenas em quatro oportunidades; já como garoto propaganda, esteve até mesmo em Brasília, representando a comunidade asiática e o Timão.

Quem, também, vem apostando no chinês é a Caixa Econômica Federal, patrocinadora máster do Corinthians, usando Zizao como garoto propaganda em alguns comerciais.

O Timão afirma que a presença de Zizao tem servido para abrir o mercado asiático ao clube, e ainda divulgar o nome do time no continente. O jogador insiste em querer jogar, e em suas entrevistas sempre deixa isto muito claro, porém em sua posição o Corinthians conta com Guerrero, Pato, Emerson, Romarinho, Léo, Paulo Victor e Leandro.

Por Vinicius Cunha


Depois de ser afastado pela diretoria, a passagem de Jorge Henrique pelo Corinthians está chegando ao fim. O ato de indisciplina do jogador resultará em uma não muito longe negociação, que deverá acontecer logo após os jogos decisivos do Paulistão e da Copa Libertadores, contra Santos e Boca Juniors, respectivamente.

Até mesmo Tite, quase sempre sereno e amigo dos jogadores, mostrou-se irredutível com a atitude de Jorge, pois pelo que acredita o treinador, uma reintegração ao grupo poderia trazer prováveis problemas no porvir.

O grupo concentrou-se para a partida contra o São Paulo, no domingo, dia 5, apenas no sábado, e com isso foram liberados para passar a sexta-feira, dia 3, com a família, mas deveriam estar todos presentes no treino da manhã de sábado; alegando problema de saúde do filho, Jorge Henrique não compareceu, e ainda teria apresentado um atestado médico falso. A diretoria descobriu a mentira, e por tal atitude afastou o atleta, não entrando em detalhes do que realmente teria acontecido.

O contrato de Jorge termina no dia 31 de dezembro de 2014, e a intenção da diretoria é mesmo negociar o jogador, que já recebeu inúmeras propostas de outros clubes, e pela carreira e títulos que tem no Corinthians, uma transferência não será difícil de acontecer.

Por Vinicius Cunha


Três famosos jornais, "Daily Mail", "Daily Mirror" e "Guardian", divulgaram a mesma notícia no Dia do Trabalhador, 1º de maio: o interesse do Manchester City em Fernandinho, volante do Shakhtar, reiterando inclusive que a transferência já estaria em fase final de negociação.

O atleta brasileiro tem contrato com o clube ucraniano até o fim do primeiro semestre de 2016, o que faz com que o valor do investimento custe aos cofres do City cerca de 23 milhões de libras inglesas, equivalente à aproximadamente R$ 71 milhões.

Fernandinho tem 27 anos, e foi revelado pelo Atlético Paranaense, sendo transferido para o Shakhtar Donetsk em 2005, onde disputou 134 jogos e fez 25 gols, conquistando seis Campeonatos Ucranianos, duas Copas da Ucrânia e uma Liga Europa da UEFA, na temporada 09/10. O jogador já defendeu a seleção brasileira em quatro oportunidades.

O interesse do Manchester City é recente, e as atuações que mais chamaram a atuação do time de Tevez e companhia foram aquelas da atual Champions League, quando o Shakhtar foi eliminado nas oitavas de final da competição, para o finalista Borussia Dortmund, surpreendendo Juventus e Chelsea, na primeira fase.

Por Vinicius Cunha


Já é de praxe, após a disputa do Campeonato Paulista, os times grandes contratarem as revelações do campeonato, principalmente aqueles jogadores que atuam no interior. Além do requisito de ser destaque na equipe em que joga, quase sempre é necessário que o atleta seja jovem.

Disputando a Copa Libertadores, a fase final do Paulistão, e com Copa do Brasil e Brasileirão Série B pela frente, o Palmeiras mantém a tradição, e busca no interior a contratação de um atacante; o nome da vez é o de Paulinho, 24 anos, jogador do XV de Piracicaba.

De acordo com o presidente do clube interiorano, não é só o Palmeiras quem está interessado no goleador, afirmando que até mesmo clubes da Série A entraram em contato para saber das condições de negociação. Ainda segundo o dirigente, até a próxima semana a transferência de Paulinho será selada, e assim revelará quem o adquiriu.

Os dirigentes palmeirenses negam o acordo, dizendo que não se reuniram com nenhum representante de Paulinho nem do clube que o detém, porém confirmou que o atacante é umas das gratas revelações do campeonato, e que está na lista de possíveis aquisições.

Por Vinicius Cunha


O polonês Lewandowski, jogador do Borussia Dortmund, autor de quatro gols no jogo de umas das semifinais contra o Real Madrid, e vice-artilheiro da Champions League com 11 gols, deverá deixar seu atual clube no fim da temporada 12/13, pelo menos é isso que seu empresário afirmou ao periódico "Sport".

De acordo com o agente, Robert Lewandowski tem uma oferta de contrato muito boa, que seria interessante para o jogador e para o Borussia, que teria garantido a liberação caso o negócio fosse bom para ambas as partes.

O provável destino do centroavante polonês é o rival Bayern de Munique, pois de acordo Enrique Reyes, representante do técnico Jupp Heynckes, já está tudo acertado entre os clubes e o jogador, e a negociação iria girar em torno de 25 milhões de Euros.

Quem já está confirmado no Bayern de Munique é o meia do Borussia Dortmund, Gotze, que já foi anunciado de forma oficial. A aquisição do jogador renderá 37 milhões de Euros ao clube vendedor. O jogador só sairá após o término da temporada; a torcida do Borussia tem protestado pela venda do meia, e não conta com a "dispensa" de Lewandowski.

Por Vinicius Cunha


Após conhecer o adversário das oitavas de final da Copa Libertadores: Boca Juniors; o Corinthians teve boa notícia, pois o meio-campista Renato Augusto voltou a treinar com bola e em breve poderá ser utilizado pelo técnico Tite.

Antecedendo a partida contra a Penapolense, pelo Campeonato Paulista, Renato participou do "rachão", e não sentiu dores na coxa direita, local que foi lesionado no dia 24/03, na partida contra o Guarani de Campinas. Antes da lesão o jogador vinha sendo utilizado como titular pelo técnico Tite, e era cogitada, inclusive, sua convocação para seleção brasileira.

De acordo com o Departamento Médico do clube, serão necessários mais 15 dias de recuperação e aprimoração física, para depois o jogador voltar a jogar oficialmente, porém a volta pode ser antecipada, caso a evolução continue na mesma velocidade.

Outros atletas que não vêm atuando são o atacante Jorge Henrique e o goleiro Cássio, que está com o punho esquerdo lesionado, e vem sendo substituído pelos goleiros reservas: Danilo Fernandes e Júlio César.

Contra o Boca Juniors é bem provável que Cássio, Renato Augusto, Jorge Henrique, que estava liberado para acompanhar a família por motivo de luto, estejam à disposição do técnico Tite.

Por Vinicius Cunha


O meio-campista Ibson não tem sido convocado por Jorginho para sequer compor o banco de reservas do Flamengo, e o treinador afirmou à imprensa que o atleta não está nos seus planos, pois é extremamente caro e não tem o seu aval e nem da diretoria.

Jorginho declara ter um jogador do mesmo nível no elenco, Elias, e assim seria inviável a permanência de Ibson no grupo, pois são dois jogadores do mesmo nível e de acordo com o comandante isso não é bom. Especula-se que o salário do jogador gire em torno de R$ 450 mil.

O treinador Jorginho está há um mês no comando da equipe, e em síntese, o currículo no Mengão tem a seguinte história: acumula eliminação na semifinal da Taça Guanabara, não classificação a segunda fase da Taça Rio e uma vitória sobre o Remo, no jogo de ida da Copa do Brasil.

Vitorioso na carreira como jogador, disciplinado e prudente nas palavras, Jorginho declara não ser "santo", mostrando-se sincero e franco para com os jogadores, tanto é que já "rasgou" o verbo com o atacante Hernane em determinada situação.

Por mais difícil que seja, e com os resultados mostrando o contrário, "Jorge" crê que o Flamengo pode conquistar títulos em 2013, mas para isso espera a chegada de reforços, primando pela qualidade e não pela quantidade.

Por Vinicius Cunha


Sempre presente nas convocações de Mano Menezes, com Felipão não tem sido diferente, Paulinho, jogador do Corinthians, que jogou praticamente todos os últimos jogos da seleção brasileira, exceção feita aos dois últimos, contra Itália e Rússia, quando foi convocado, mas depois cortado, devido a uma leve lesão na coxa esquerda.

Fernandoe Hernanes formaram a dupla de volantes titulares nos dois últimos jogos e jogaram bem, mas como vinha atuando com a camisa 5 do Brasil ao lado de Ramires, Paulinho espera ser lembrado novamente e ser um dos selecionados para o amistoso contra a Bolívia, no dia 6 de abril, em Santa Cruz de la Sierra.

Ao contrário do que acontece em outros casos, Paulinho mostrou-se ético e até elogiou as atuações de seus companheiros, porém não acredita na perda de seu espaço. No amistoso contra os bolivianos apenas jogadores que atuam no futebol brasileiro poderão ser convocados; penúltima chance para aqueles que ainda sonham em disputar a Copa das Confederações.

O atleta volta a campo no domingo, 31 de março, contra o São Paulo, em partida válida pelo Paulistão, campeonato em que o Corinthians é quinto colocado, com 26 pontos.

Por Vinicius Cunha


David Beckham é um fenômeno no quesito marketing e, além do mais, sabe jogar futebol; tem um passe quase perfeito, inteligência, bate faltas como ninguém e é muito sereno dentro das quatro linhas. Em todos os clubes em que David jogou é notável o aumento de torcedores no estádio, para apoiar o time e ter a oportunidade de ver Beckham.

A princípio, o inglês ficaria no PSG apenas por seis meses, porém, de acordo com Carlos Ancelotti, técnico do time francês, o atleta ficaria por mais uma temporada, mesmo já estando com 37 anos e não tendo o mesmo vigor físico dos tempos de Real Madrid e Manchester United.

Mesmo atuando em poucas partidas, as vendas de camisas aumentaram e a que estampa o nome do atleta é a mais requisitada. Ancelotti disse que não irá interferir nas negociações, e que estas cabem ao jogador e à diretoria.

O PSG é o líder do Campeonato Francês e enfrentará o Barcelona pelas quartas de final da Chamions League.

De acordo com a imprensa um dos maiores interessados na classificação dos franceses é José Mourinho, que inclusive teria enviado para Paris um vídeo com dicas para superar Messi e companhia limitada.

Por Vinicius Cunha


Após boas exibições com a camisa do Corinthians, o meia Renato Augusto irá desfalcar a equipe por cerca de um mês, é o que garante o departamento médico do clube. O jogador saiu de campo machucado na vitória do Corinthians, por 1 a 0, contra o Guarani, no último final de semana.

Segundo o médico Guilherme Runco, Renato sentiu uma fisgada na coxa direita durante a partida, onde depois foi diagnosticado estiramento muscular. Na jogada em que sentiu a lesão, o meia tentou arrancar pela intermediária em direção ao gol, mas não resistiu e se jogou no gramado. Ele teve de ser retirado de campo de maca.

Dessa forma, Renato Augusto deve desfalcar a equipe nos jogos contra a Penapolense, São Paulo, São Bernardo, Linense e Atlético Sorocaba pelo Campeonato Paulista. Já na Libertadores, o craque não deverá defender a equipe nos jogos contra o Millionarios, na Colômbia, e San José, no Pacaembu.

O Corinthians está com 25 pontos no Paulistão,  com 6 vitórias em 14 jogos. Na Copa Libertadores, a equipe está na segunda colocação, com sete pontos em quatro jogos, atrás apenas do Tijuana-MEX.

Por Julio Abreu


O Galo não para, e nessa quarta-feira, 20/03, anunciou mais um reforço para a temporada 2013. O nome da vez é Josué, que estava no Wolfsburg da Alemanha, e que no Brasil jogou no Goiás e no São Paulo, onde foi campeão da Libertadores e do Mundial de Clubes em 2005.

De acordo com o site do time alemão, o volante assinará um contrato de dois anos com o clube de BH, e no mesmo portal a diretoria do clube agradeceu os serviços prestados pelo atleta brasileiro.

Josué já trabalhou com o técnico Cuca em 2003 no Goiás e o treinador teve papel importante na contratação do volante junto ao São Paulo em 2004, quando indicou o jogador.

No Galo, Josué travará disputa pela posição de titular com Pierre, Leandro Donizete, Richarlyson e com o penta-campeão do mundo Gilberto Silva.

Kalil tem investido pesado desde que assumiu a presidência do clube de Minas Gerais, trazendo jogadores como Ronaldinho, Jô, Víctor, Gilberto Silva, Diego Tardelli e outros.

Cuca tem, sem dúvida alguma, um dos melhores elencos do futebol brasileiro, sendo favorito para ganhar todos os títulos em disputa na temporada: Mineiro, Copa do Brasil, Libertadores e Brasileirão.

Por Vinicius Cunha


O meio campista Hernanes, jogador da Lazio da Itália, tem fama de falar bonito e de profeta, devido às previsões que faz e a sempre estar usando o nome de Deus em suas frases.

Desde a época em que jogava pelo São Paulo, quando previu o tricampeonato do tricolor em 2008, o jogador já dava seus pitacos e aí é que o apelido começou a ganhar força.

Concocado por Luís Felipe Scolari, Felipão, para defender o Brasil nos amistosos contra a Itália e a Rússia, em amistosos desta semana, o atleta prevê que se vê dentro do grupo que trará a boa imagem e credibilidade à seleção canarinho de volta.

Mesmo sendo um dos destaques do time italiano, não será fácil para o ex-sãopaulino se firmar na seleção brasileira, pois a concorrência é grande e lá estão nomes como Paulinho, Ramires, Jean, etc.

Porém, apesar das adversidades, o atleta promete não desistir, pois diz ter um foco e que nada é capaz de destrui-lo. Dizem que para Deus nada é impossível, mas no caso específico é necessário "jogar bola". Isto Hernanes sabe fazer; colocando em prática o Brasil agradecerá.

Por Vinicius Cunha


Após Lucas ser cortado por conta de lesão no tornozelo esquerdo, o técnico da seleção brasileira, Luiz Felipe Scolari, convocou Osvaldo, meia do São Paulo, para substituí-lo. Com isso, o cearense irá integrar o grupo que enfrentará a Itália, no dia 21 de março, na Suíça, e a Rússia, quatro dias depois, na Inglaterra.

Osvaldo tem se destacado na equipe paulista desde o ano passado, mas só agora foi lembrado. O jogador é habilidoso, rápido e tem facilidade para trocar passes com velocidade. E a convocação veio em momento decisivo, afinal restam apenas quatro jogos para a definição da lista final dos convocados para a Copa das Confederações da FIFA, em junho.

Se tiver boa atuação, Osvaldo pode ser convocado também para o jogo da seleção brasileira contra a Bolívia, no dia 6 de abril, em Santa Cruz de la Sierra, jogo que ocorrerá em memória do jovem Kevin Spada, que morreu após ser atingido por um sinalizador disparado pela torcida do Corinthians, no dia 20 de fevereiro, no jogo contra o San José pela Libertadores.

Felipão comandou apenas um jogo a frente da seleção brasileira. E começou com o pé esquerdo. Derrota para a Inglaterra, por 2 a 1, em Londres. Para fechar a preparação do Brasil para a competição, está previsto um amistoso contra o Chile, no dia 24 de abril, no Mineirão.

Por Julio Abreu


O jovem atleta, Rafinha, revelação do rubro-negro carioca na temporada assinou novo contrato com o clube com validade até 2018 e agora a multa rescisória do jogador está estipulada em 50 milhões de euros.

O salário da nova estrela do Mengão era de R$ 3 mil ao mês, agora com o novo contrato o veloz atacante receberá R$ 20 mil mensais. Inúmeros clubes europeus já estariam de olho no garoto e a renovação do vínculo com o Flamengo foi uma forma do clube se proteger.

O time de maior torcida do país, que já revelou jogadores como Zico, Djalminha e Marcelinho Carioca, tem fama de ser uma espécie de máquina de produção de bons jogadores, porém as últimas promessas não vingaram e Rafinha parece que fugirá a atual regra.

O Flamengo ganha com esta renovação, o Brasil idem, pois o país do futebol anda meio carente de jogadores diferenciados e com a Copa de 2014 batendo às portas, Rafinha pode ser uma boa e grata surpresa.

Com certeza Felipão já deve ter observado os feitos do franzino atacante flamenguista, pois o treinador sabe que só Neymar não é suficiente para se fazer "tempestades". Sem dúvida alguma foi uma bela jogada da diretoria do Flamengo e agora é só esperar o tempo certo para colher os frutos.

Por Vinicius Cunha


Nesta semana uma notícia movimentou o clube de futebol Atlético Mineiro. A novidade do momento seria a ida do atacante Neto Berola para o Vasco em troca da vinda de Éder Luís para o Galo.

No entanto, Neto Berola disse em entrevista à Rádio Globo que ficou sabendo da história pela internet e que seu empresário não o informou sobre nada de concreto a respeito deste assunto.

Apesar de não saber de nada, o atacante do time mineiro informou que seria um prazer jogar no Vasco que é um grande time do futebol brasileiro.

Sobre o assunto o presidente do Atlético Mineiro, Alexandre Kalil, informou que está procurando a “cereja do bolo” para finalizar as contratações do time para a temporada de 2013.

Por Ana Camila Neves Morais


O Vasco termina o ano de forma melancólica, isso porque uma temporada que prometia ser espetacular está acabando com um time que se arrasta dentro e fora de campo. O jogo contra o Flamengo, no último sábado (24 de novembro), mostrou à torcida vascaína que o elenco precisa ser reforçado, isso porque existem jogadores que não possuem condições de vestir a camisa do clube.

A boa notícia é que alguns jogadores foram bem, como é o caso dos jovens Abuda, Dakson e Marlone, sendo eles a esperança para 2013. O técnico Gaúcho disse que diante da crise financeira pela qual o Vasco da Gama passa, a alternativa é apostar na garotada, assim como fez o Santos em 2002.

Como forma de desviar um pouco o foco, a diretoria vascaína agora prepara um jogo de despedida para Pedrinho, homenagem essa que por sinal é mais do que merecida. O meia é ídolo em São Januário, lugar onde foi criado e viveu os melhores momentos da sua carreira.

Se não fossem as lesões, Pedrinho teria ido mais longe, no entanto os problemas no joelho deixaram o talentoso meia fora de combate. Esse ano ele chegou a disputar o carioca, mas não conseguiu render e parou de vez.

A ideia do marketing do Vasco é de marcar o jogo para o fim da pré-temporada. A partida seria realizada contra o Ajax da Holanda. No entanto, nada está confirmado.

Vale lembrar que Edmundo ganhou um jogo de despedida e o Vasco goleou por 10 a 1 a fraca equipe do Barcelona de Guayaquil.

Por Gabriel Frigini Reis


Animado com uma possível volta ao futebol brasileiro, mais precisamente para o Corinthians, o zagueiro Anderson Martins se reuniu com o presidente do clube que atua atualmente, o Al-Jaish (Quatar) e ouviu do mandatário uma resposta positiva em relação à sua liberação.

Apesar de ter investido cerca de R$ 13 milhões para realizar a aquisição do atleta junto ao Vasco, em agosto do ano passado, o presidente do clube qatariano irá a favor da vontade do zagueiro, deixando em aberto uma oferta de empréstimo ou até mesmo uma negociação em definitivo. Anderson Martins tem contrato com o Al-Jaish até agosto de 2015.

Segundo informações, o Corinthians está de olho na situação, embora negue, e deverá fazer uma proposta formal.

O Timão não quer confirmar nenhuma negociação, embora esteja trabalhando para deixar algumas ofertas bem encaminhadas antes do embarque para o Japão no dia 04 de dezembro (o clube paulista vai disputar o Mundial de Clubes, devido ao fato de ser o atual campeão da Libertadores).

Hoje o Corinthians conta com seis zagueiros no elenco e busca reforçar o setor para repor as peças perdidas após o título da Libertadores (Leandro Castán e Marquinhos deixaram o clube após a conquista).

Por Renato Benevenuto





CONTINUE NAVEGANDO: