Ao contrário do que a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) divulgou em setembro de 2013, a temporada 2014 da principal categoria do automobilismo mundial, a Fórmula 1, não terá um calendário oficial mais extenso do que neste ano.

Para 2013, foi previsto que houvesse um grande prêmio de fórmula 1 no circuito dos Estados Unidos, fato que ficou apenas na promessa. Como as obras para a realização das provas não foram concluídas a tempo, ficou combinado que o circuito entraria para o calendário oficial da categoria apenas em 2014. Porém, com a divulgação do calendário oficial, nota-se que também não haverá um Grande Prêmio de Nova Jersey no ano seguinte, contrariando as previsões de uma espécie de “calendário prévio” divulgado pela FIA em setembro deste ano.

O calendário oficial da temporada de 2014 também exclui uma prova que foi realizada em 2013, o Grande Prêmio da Coreia do Sul, que também, a exemplo de Nova Jersey, estava com situação pendente na prévia divulgada em setembro. Parece que todas as dúvidas da FIA já foram sanadas, de forma a deixar de fora todos aqueles que ainda não haviam sido confirmados na próxima temporada.

Também no pacote dos excluídos, ficou o Grande Prêmio do México, que, a exemplo dos anteriores, também estava na versão provisória do calendário de setembro com situação indefinida. Ao que parece, as dúvidas da FIA sobre a realização de uma das etapas do mundial de Fórmula 1 ficaram só nas expectativas dos Mexicanos, ficando o Grande Prêmio do México, fora do calendário 2014 da Fórmula 1.

O calendário definitivo, que deixou os três grandes prêmios previstos na versão prévia de setembro de fora, foi apresentado nesta quarta-feira, 4 de dezembro de 2013, numa reunião do Conselho Mundial de Automobilismo da FIA, em Paris. Dessa forma, assim como em 2013, a temporada 2014 da Fórmula 1 também terá 19 etapas. 

Por Mikhael Costa





CONTINUE NAVEGANDO: