O sonho do torcedor carioca de voltar a assistir aos jogos no Engenhão ainda este ano foi por água abaixo. A Prefeitura do Rio de Janeiro, através do secretário Sebastião Andrade (presidente da Riourbe), anunciou que as obras na cobertura do estádio irão levar cerca de 18 meses para serem concluídas.

O Botafogo, mandatário do estádio, não recebeu muito bem a notícia, já que com isso terá cerca de R$ 30 milhões de prejuízo em 2013. Flamengo e Fluminense, que há um mês também sofrem com a falta de um estádio para receber grandes torcidas, também não ficaram satisfeitos com o resultado do laudo técnico.

Já que o estádio de São Januário não possui condições de receber jogos e o clube cruzmaltino não facilita para liberá-lo aos rivais, a solução encontrada tem sido receber jogos no estádio Raulino de Oliveira (em Volta Redonda) ou realizá-los fora do Estado, como aconteceu nos jogos Flamengo x Santos e Flamengo x Náutico, que foram realizadas em Brasília e Florianópolis, respectivamente.

Após a Copa das Confederações, provavelmente o Maracanã voltará a ser uma opção para os clubes cariocas.

Por Júlio Abreu


O futebol carioca está em estado de alerta. O Prefeito Eduardo Paes convocou o presidente dos quatro grandes clubes do estádio do Rio de Janeiro e comunicou à imprensa da interdição do Engenhão por tempo indeterminado.

O relatório do consórcio responsável pelo projeto indica sérios problemas na cobertura do estádio, que está condenada e poderia oferecer risco aos torcedores. Segundo o estudo, a estrutura balança bastante quando há ventos fortes.

Como o Engenhão é o principal palco do Campeonato Carioca, os clubes não sabem o que fazer diante do problema, assim como o presidente da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro. No início da noite desta terça-feira, o Prefeito realizou pronunciamento para a imprensa, na sede da Prefeitura, na Cidade Nova.

Os próximos jogos a serem realizados no estádio serão remarcados: Fluminense contra o Macaé, nesta quarta, e do Botafogo contra o Friburguense, na quinta. O clássico entre Botafogo e Vasco, no domingo, também está suspenso até segunda ordem.

A polêmica criou um grande mistério quanto ao futuro da competição. O Engenhão é o principal estádio do Rio e recebe todos os jogos de Botafogo, Flamengo e Fluminense, além dos clássicos. Uma coletiva de imprensa com os consultores responsáveis pelo relatório está marcada para a manhã desta quinta-feira.

Por Julio Abreu





CONTINUE NAVEGANDO: