O Vasco da Gama está sem treinador, mas pode anunciar um novo treinador até o final da semana. Após a saída de Paulo Autuori, que pediu desligamento do comando vascaíno, a esperança de Ricardo Gomes e da diretoria é que Dorival Junior possa ser o novo técnico para a temporada 2013.

A diretoria vascaína já entrou em contato com o treinador, que esteve no comando do Vasco em 2009 e possui uma dívida no clube de R$750 mil, o que por incrível que pareça não deve atravancar a negociação. Dorival mora em Florianópolis e virá em breve ao Rio de Janeiro para tratar de pequenas pendências contratuais com a diretoria. A expectativa é que o novo treinador assuma a equipe antes do confronto com o Flamengo, no domingo (14), às 18h30, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília.

Dorival Junior não deve receber nada muito diferente que Paulo Autuori, cerca de R$250. Dorival recebeu R$200 mil em 2009, quando assumiu a equipe na Série B do Campeonato Brasileiro. Na ocasião o treinador dobrou a pedida salarial, o que inviabilizou sua permanência. Se Dorival pode desembarcar na Colina, o ex-treinador Paulo Autuori deve anuncia o São Paulo, que vive má fase e está sem treinador.

Por Marcos Junior


A diretoria do Flamengo se reuniu com Dorival Júnior com o intuito de reduzir os vencimentos do treinador, porém não chegaram em um denominador comum e Dorival não irá mais treinar o Mengão.

De acordo com nota publicada pelo clube, a "dispensa" do técnico está ligada à nova política de contenção de gastos que estão implantando na Gávea.

O desempenho de Dorival Júnior no Flamengo é bem razoável, ficando menos de um ano no comando e não ganhando nem um título.

Se a decisão foi acertada ou não, só o tempo dirá, mas já há bastante tempo o Flamengo tem adotado esse tipo de postura e trocado de treinadores de acordo com os resultados.

Na Europa, geralmente os contratos são cumpridos, e poucos clubes no Brasil têm dado créditos aos comandantes e mantido os mesmos nos times, mesmo que os bons resultados não venham.

De parabéns está a diretoria do Corinthians, que teve tudo para despedir Tite, após o Timão ser eliminado na Pré-Libertadores 2011 para o Tolima, porém confiou no treinador e os resultados vieram, como um Campeonato Brasileiro, uma Libertadores e um Mundial de Clubes da FIFA.

Sorte ao Flamengo e ao Dorival.

Por Vinicius Cunha





CONTINUE NAVEGANDO: