Confirmando o favoritismo do Corinthians na Copa São Paulo de Futebol Júnior, o time paulista conquistou seu nono título, batendo o recorde que pertencia a ele próprio de oito Copinhas. O jogo do Corinthians, que foi contra o Botafogo-SP, aconteceu no estádio do Pacaembu, contou com 36 mil torcedores presentes e terminou com um placar fraco de 1 x 0.

No início da partida, era notável a maior tranquilidade do Timão, enquanto o Botafogo ficou mais recuado em seu campo de defesa. Porém, na falta de definição do adversário, os jogadores do time de Ribeirão Preto entraram para o jogo de igual para igual.

Mesmo em clima de decisão, o Corinthians contou com dois erros do adversário para vencer a partida. O primeiro, logo aos 16 minutos do primeiro tempo, foi por um gol perdido de Túlio Souza, que teve o gol livre, sem defesa, porém chutou no travessão, perdendo um gol que poderia ter mudado toda a história do jogo e da competição.

Porém, mesmo após perder o gol, o Botafogo continuou atacando, só que nenhum gol saiu no primeiro tempo.

Na volta do intervalo, o Corinthians voltou com muito mais disposição. Aos 21 minutos, o segundo erro do Botafogo permitiu que o gol do Timão saísse. Maycon chutou fraco para o gol, porém o goleiro Talles do time de Ribeirão foi com a mão fraca na bola e acabou deixando passar.

Com a vantagem já no meio do segundo tempo de jogo, o Timão precisou apenas administrar a vitória, que foi confirmada com o apito do árbitro.

Antes de bater o Botafogo-SP na final da Copinha, o Corinthians passou pelo Grêmio Prudente na segunda fase, vencendo por 5 x 1. O próximo adversário foi o Goiás nas oitavas de final, com jogo acabando em 2 x 0. Já nas quartas de final, o Timão venceu o São Caetano por 4 x 2.

Antes de chegar à grande final, o Corinthians ainda passou pelo seu grande rival São Paulo, mas teve uma vitória tranquila de 3 x 0 contra o Tricolor.

Por Rannier Ferreira Mendes

Corinthians ? campe?o da Copinha 2015

Foto: Divulgação


Mesmo sendo ainda uma das principais estrelas do Corinthians, Paolo Guerrero tem a partir desta quinta-feira (15) a chance de assinar algum pré-contrato com qualquer outro time do Brasil e do mundo. Segundo uma regra da Fifa, o jogador pode fechar algum acerto com outro Clube seis meses antes do fim do atual contrato.

O documento que firma permanência de Guerrero com o Timão vai até 15 de julho, ou seja, a partir de hoje o peruano pode negociar com outros clubes. Contudo, isso não quer dizer que o time paulista não tenha interesse mais no jogador. Desde o ano passado o clube tenta uma renovação de seu contrato, só que o camisa 9 está pedindo além das possibilidades que se pode pagar. O peruano quer US$ 6 milhões, o que gira em torno de R$ 18 milhões de luvas para assinar o novo vínculo. O Corinthians afirma que está disposto em pagar até US$ 4 milhões, o que seria em média R$ 12 milhões. O restante que o atleta quer seria dado com exploração de marketing. Porém, nada ainda foi acertado. Novas conversas devem acontecer nas próximas semanas.

Mesmo afirmando várias vezes que tem o interesse em ficar no Timão e que se recusa a vestir a camisa de qualquer outro time brasileiro, o futuro de Guerrero continua incerto. E a situação fica um pouco delicada quando nos bastidores a notícia é de que o rival Palmeiras tem interesse em contratar o peruano. Também no ano de 2014 Guerrero recebeu propostas para atuar no West Ham da Inglaterra e em um clube chinês, mas ele recusou as recompensas.

Além de Guerrero, o atacante Emerson Sheik também vai poder negociar com outros clubes a partir de 31 de janeiro deste ano. O jogador estava emprestado para o Botafogo na temporada passada e agora está de volta ao Timão. Ele tem vínculo até o dia 31 de julho de 2015.

Por Carolina Costa

Paolo Guerrero

Foto: Divulgação


A Forbes, conceituada revista de negócios, divulgou esta semana uma lista dos 30 clubes mais valiosos da América, onde o clube paulista Corinthians alcança a liderança entre os times do continente.

Os brasileiros ainda completam os três primeiros lugares com Grêmio e Palmeiras, respectivamente. A pesquisa da Forbes analisa diversas primícias para chegar a elaboração do ranking. É levado em conta o valor do estádio, dos jogadores e também o peso financeiro que a marca dos clubes carregam. Sendo assim, essa é a segunda vez que a equipe paulista figura na primeira posição. De acordo com o que o estudo, o Corinthians é avaliado em R$ 1,5 bilhão ou 579,9 milhões de dólares.

Pelo que parece o clube alvinegro é bem superior aos outros clubes. O Grêmio, segundo colocado no ranking, está avaliado em R$ 917 milhões, uma diferença de mais de meio bilhão de reais. Já o Palmeiras está avaliado em R$ 885 milhões, impulsionado por sua nova arena multiuso. Outros clubes brasileiros também aparecem na lista como Internacional, São Paulo, Santos, Flamengo, Cruzeiro e Fluminense. O levantamento também analisa clubes da América Latina e América do Norte.

Abaixo você confere a lista completa dos 30 clubes:    

1° Corinthians (Brasil) – 1,5 bilhão;

2° Grêmio (Brasil) – 917 milhões;

3° Palmeiras  (Brasil) – 887 milhões;

4° Chiva Guadalajara (México) – 722 milhões;

5° NY Red Bull (EUA) – 648 milhões;

6° Internacional (Brasil) – 625 milhões;

7° América (México) – 599 milhões;

8° Sporting Kansas City (EUA) – 593 milhões;

9° Los Angeles Galaxy (EUA) – 537 milhões;

10° São Paulo (Brasil) – 487 milhões;

11° Atlético-PR (Brasil) – 469 milhões;

12° Santos (Brasil) – 440 milhões;

13° Santos Laguna (México) – 378 milhões;

14° Boca Juniors (Argentina) – 310 milhões;

15° Deportivo Cali (Colômbia) – 309 milhões;

16° River Plate (Argentina) – 296 milhões;

17° Flamengo (Brasil) – 236 milhões;

18° Cruzeiro (Brasil) – 228 milhões;

19° San Lorenzo (Argentina) – 214 milhões;

20° Atlético-MG (Brasil) – 210 milhões;

21° Seattle Sounders (EUA) – 209 milhões;

22° Fluminense (Brasil) – 207 milhões;

23° Cruz Azul (México) – 172 milhões;

24° Tigres (México) – 168 milhões;

25° Montreal Impact (Canadá) – 165 milhões;

26° Independiente (Argentina) – 164 milhões;

27° Tijuana (México) – 163,5 milhões;

28° Emelec (Equador) – 161 milhões;

29° Columbus Crew (EUA) – 156 milhões;

30° Monterrey (México) – 146 milhões.

Por William Nascimento

Corinthians


Já estava tudo certo entre Óscar Romero, irmão de Ángel Romero, e o Timão, no entanto o negócio não está mais a todo vapor. O meio-campista Óscar é destaque do Cerro Porteño, do Paraguai, e vem sendo cobiçado por alguns clubes da Europa. Assim, apesar de apalavrado com o Corinthians, o destino do paraguaio não deverá ser o Brasil.

Um dos motivos do desinteresse do Corinthians em dar segmento na negociação é o mau desempenho de Ángel Romero, que em 26 partidas pelo clube paulista fez apenas 1 gol. No início, o desempenho de Romero até vinha agradando à comissão técnica corintiana, mas aos poucos, o jogador perdeu a posição de titular para o garoto Malcom, de apenas 17 anos, e caiu de produção.

Mano Menezes chegou a dar entrevistas dizendo que Romero não se encaixava no esquema tático do time e tinha dificuldades em entender as ordens; influenciada pelo mau desempenho de Ángel Romero, a diretoria do clube, em agosto deste ano, anunciou Óscar Romero como primeiro reforço para a temporada de 2015, mas nada de forma oficial, haja vista a negociação ter sido apenas verbal.

Com temor de que a mesma situação de não se adaptar aconteça com Óscar Romero, os diretores do Corinthians colocaram o pé no freio na transferência, ainda mais que a situação econômica do clube não é das melhores. Outro fator que influencia na não concretização do negócio é a declaração do presidente do Cerro Porteño em que diz que o desejo é negociar Óscar Romero com algum time espanhol.

Com a vaga para a Copa Libertadores praticamente garantida, o planejamento para o ano de 2015 já começa a ser traçado, apesar da indefinição de quem será o treinador. Para o ataque, o nome de Leandro, da Chapecoense, é unanimidade, principalmente pelas características serem semelhantes as do incontestável Paolo Guerrero, titular e ídolo da equipe.

Com o término de mandato no fim de 2014, Mário Gobbi espera definir o quanto antes a questão de quem será o treinador para a próxima temporada; Mano Menezes e Tite são os favoritos. Quanto a jogadores, Gobbi espera anunciar a contratação de pelos menos quatro reforços antes de entregar o posto.

Por Vinicius Cunha

Corinthians

?scar Romero

Fotos: Divulgação


Na iminência de renovar o contrato com Guerrero, ídolo da torcida corintiana, o Timão vive outro dilema para 2015: o receio de perder o jovem atacante Malcom, do qual o clube tem apenas 30% dos direitos econômicos da joia oriunda da base do alvinegro; em matéria recente, o periódico inglês "The Guardian" publicou que Malcom está entre as 40 principais promessas do futebol mundial.

Perguntados, diretores do Corinthians não quiseram falar a respeito da possibilidade de perder Malcom para clubes do exterior, no entanto a possibilidade existe, principalmente pelo fato de 35% dos valores econômicos do jogador pertencerem a Fernando Garcia, irmão de Paulo Garcia, candidato à presidente do Timão. Caso a chapa desse candidato vença, Malcom corre o risco de ser vendido; o motivo seria evitar conflitos éticos, já que o atacante poderia se tornar em "o menino/pupilo do irmão do presidente".

Com contrato até o fim do primeiro semestre de 2016, Malcom se tornou titular do time corintiano após a saída de Romarinho para o futebol asiático; para completar, as outras opções, Romero, Luciano e Gustavo Tocantins, não agradaram o técnico Mano Menezes, que não hesitou em dar ao garoto da base, Malcom, a vaga de titular.

Além da situação política que envolve Malcom, a diretoria do Timão tem outra razão para temer a saída do jogador: recentemente, um jornalista da Escócia publicou nas redes sociais uma suposta conversa com a namorada de Malcom, a qual teria dito que uma transferência com um time inglês já estava fechada, e que após o Natal o jovem já partiria para a Europa.

Dos cinco jogadores que Mano Menezes subiu dos juniores para o profissional no início do ano, mais precisamente após a disputa da Copa São Paulo de Futebol Júnior, Malcom foi aquele que mais teve oportunidades com o treinador corintiano, já que o zagueiro Pedro Henrique e o lateral Guilherme Arana têm apenas completado o banco de reservas, e o volante Fabiano e o meia Zé Paulo foram emprestados.

Por Vinicius Cunha

Corinthians

Malcom do Corinthians

Fotos: Divulgação


Apesar de novo, o estádio do Corinthians, Arena Itaquera ou Arena Corinthians, já está na história do futebol brasileiro, principalmente pelo fato de ter sido uma das sedes da Copa do Mundo de 2014, além de ser o local da estreia. O que ainda não foi comemorado no local é título do time, tendo em vista o Timão ter passado em branco no ano de 2014.

Depois de inaugurado, e com jogos todas as semanas, uma coisa falta ao estádio corintiano: o "naming rights", o nome; de acordo com Roberto de Andrade, dirigente do clube, até o final de dezembro novidades virão do Oriente Médio, mais precisamente do Emirados Árabes, país que tem empresas que dão nome a várias arenas pelo mundo.

Desde a construção do estádio em Itaquera, a negociação vinha sendo conduzida pelo dirigente Andrés Sanchez, o qual fez várias viagens aos Emirados, mas diminuiu a intensidade das negociações em virtude de sua candidatura a deputado federal pelo estado de São Paulo, onde foi eleito.

Especulações internas dão conta que a Emirates, empresa do ramo de aviação, dará nome ao estádio corintiano e de quebra ainda estampará a camisa do clube em 2015, substituindo a Caixa Econômica Federal; caso a negociação não se concretize, o clube tem outras duas "cartas" em mãos: uma do setor bancário e outra do ramo de alimentação.

No final do primeiro semestre de 2015 a primeira parcela do estádio, no valor de R$ 100 milhões, tem de ser paga, mas até lá o clube já espera ter vendido o "naming rights" e fazer uso do dinheiro para o pagamento; inicialmente, o valor a ser alcançado com a venda era de cerca de R$ 400 milhões, por um contrato de 20 anos, mas não há nada oficial. A torcida espera ansiosamente a conclusão do negócio, pois o dinheiro pode ser usado, inclusive, para a contratação de jogadores na próxima temporada.

Por Vinicius Cunha

Arena Corinthians

Arena Corinthians

Fotos: Divulgação


O Corinthians, nesse final de semana, mais uma vez apresentou um futebol limitado apesar do resultado final positivo, o jogo foi muito equilibrado e teve momentos melhores tanto para o Corinthians quanto para o Bahia.

Essa instabilidade do futebol apresentado pelo Corinthians preocupa seus torcedores, que não têm aquela antiga confiança que tinham pelo seu time, atualmente todos têm o mesmo pensamento de que o Corinthians depende, única e exclusivamente, de seu craque, o atacante Guerrero. Nos jogos em que ele se faz presente, só ele que cria e gera possibilidades ofensivas, e quando ele não está o time se mostra ainda mais apático e sem força ofensiva.

Isso leva ao seguinte pensamento: será que o Corinthians merece uma vaga na Libertadores? Ou este time não desempenhou resultados suficientes para tal. Apesar de suas vitórias contra os times de maior expressão, o time do Corinthians não tem sido muito eficaz quando se trata de jogos contra os times considerados menores, trazendo assim ao Clube uma dúvida relacionada à sua instabilidade. Alguns atribuem esta instabilidade ao treinador Mano Menezes, outros ao elenco, que não vem apresentando um desempenho muito positivo, sendo uma das principais críticas a relativa ao ataque, que não tem conseguido ser muito eficaz nos últimos jogos.

Desta feita, resta o pensamento que com pouca ofensividade e instabilidade de desempenho o Corinthians não mereceria a vaga à Libertadores, no entanto, os resultados positivos conquistados contra os times de maior expressão, tanto em clássicos, cabe ressaltar que o Corinthians não perdeu nenhum, tanto contra os clubes grandes de outros estados que não os paulistas, geram uma certa esperança nos torcedores que acreditam no sucesso do Corinthians em conseguir a vaga e em disputar o título das Américas ano que vem. 

As próximas rodadas nos mostrarão se o lado vencedor de clássicos vencerá ou se o lado instável do clube paulista o tirará a vaga da tão querida Libertadores.

Por Matheus Noronha Sturari

Jogo Corinthians x Bahia

Foto: Divulgação


Mais uma vez o Corinthians venceu com um resultado apertado e o famoso sofrimento já conhecido pelos Corintianos. O placar de 2×1 contra o Bahia traz uma satisfação ao torcedor, porém, leva aos questionamentos de sempre, a razão do mau desempenho do Corinthians especialmente com times considerados mais fraco. Seria o elenco? O técnico? A Diretoria? Deixo essa resposta para vocês. O que venho aqui analisar é algo mais técnico e relacionado ao elenco e futebol desenvolvido. O técnico Mano Menezes não tem sido muito bem falado e apoiado pelos torcedores, mas vamos aos fatos, o Corinthians não tem força de ataque, não tem um jogador que crie lances de perigo, que tome a iniciativa e tente um drible, uma jogada diferenciada. O Corinthians somente toca a bola, de um lado para o outro o jogo todo, procurando uma chance de algum jogador aparecer livre, uma simples marcação bem feira neutraliza este ataque facilmente. 

Diferente do que vemos nos outros times onde sempre tem um jogador habilidoso que dribla e avança com a bola, no Corinthians não vemos isto, vemos apenas passes. O drible não tem função somente de trazer algo mais bonito, o drible é efetivo, ao driblar um marcador ou dois, você desmonta todo o sistema defensivo, alguém terá que vir marcar o driblador e aí alguém vai sobrar livre. Essa é a grande função do drible, e se você não tem isso no seu time, não conseguirá ser efetivo no ataque. O Corinthians há anos não consegue ter uma efetividade no ataque, mantendo uma média de resultados largos, e em minha opinião esta é a principal razão desses desempenhos medianos. 

Mesmo quando ganhou tudo, Libertadores, Mundial, Recopa, e afins, foi na base do sufoco e da garra, a hora que essa garra acabou e o talento se fez necessário, foi que o time decaiu e então ficou nessa mesmice de todo jogo. Um futebol medíocre, que não consegue manter um desempenho razoável. 

Talvez seja hora de repensar não só na mudança do técnico Mano Menezes, mas também hora de contratar novos atacantes, talvez um driblador habilidoso capaz de aumentar o poder ofensivo do Corinthians e voltar a fazer a Fiel comemorar goleadas, deixar um pouco o coração Corintiano descansar de tanto sofrimento. Deixar o Corintiano relaxar.

Por Matheus Noronha Sturari 

Corinthians x Bahia

Foto: Divulgação


O Atlético-MG mais uma vez surpreende a todos com uma grande virada de 4 a 1, placar esse que o Galo precisava para não ser eliminado da Copa do Brasil, pois precisava ganhar com a diferença de três gols para avançar direto para as semifinais.

Mesmo levando um gol aos quatro minutos de jogo, o Galo não desistiu foi à luta e prestigiou a torcida com um jogo emocionante. Com dois gols de Guilherme que fez uma impressionante partida e uma bela atuação em Campo, Luan e Edcarlos também marcaram para o Galo, assegurando a classificação.

O Corinthians entrou em campo acomodado por ter ganhado de 2 a 0 no jogo de ida. Mesmo o Corinthians tendo aberto o placar com quatro minutos de jogo o Galo não se deu por vencido, não desistiu, guerreiro como sempre acreditando foi à luta e venceu mais uma vez, com um placar inacreditável que sem duvidas vai ficar para a história do Galo.

A grande massa alvinegra mais uma vez empurrou o Galo com o grito de guerra que envolve e motiva os jogadores, que dizia “eu acredito”.

A intenção do Corinthians era prender a bola e tentar diminuir o ritmo dos mineiros, mais não adiantou muito, mesmo com o susto de uma bola bem colocada por Danilo nada disso influenciou na vontade de vencer que os mineiros estavam.

O jogo foi marcado por fortes momentos, um deles foi o lance de Marcos Rocha que chutou a bola antes do meio de campo que estava sem goleiro, mais o Fagner tirou a bola encima da linha evitando um belo gol. E também os Atleticanos imitando a dancinha de Mano Menezes que ele teria feito no primeiro jogo.

O adversário que o Galo enfrentará na semifinal será o Flamengo, pois eliminou o América ao fazer 1 a 0 no maracanã. Os confrontos acontecerão nos dias 29 de outubro e 5 de novembro.

Por Andressa Evellyn Pereira Chaves 

Atl?tico Mineiro x Corinthians

Foto: Divulgação


Depois de poucos dias após o jogo inicial na Arena Corinthians, os torcedores se sentem satisfeitos com a infraestrutura moderna da casa do Timão. Na prática, existe apenas uma preocupação, os altos custos dos ingressos para assistir partidas no novo estádio.         

Não se pode ignorar o fato de que até mesmo Alexandre Ferreira, diretor de marketing do Corinthians, indicou estar preocupado por causa das queixas de torcedores contra os preços altos dos ingressos. O representante do clube indica que em questão de tempo a situação deve voltar ao normal.

Ferreira indica que os preços foram altos contra o Figueirense por causa da importância do primeiro jogo oficial do Corinthians na sua nova casa. O diretor de marketing afirma trabalhar para o clube não perder a característica de ser time do povo. Nos jogos menores os preços devem abaixar consideravelmente.

Nos dias de hoje, o Corinthians não tem plena autonomia para decidir os preços dos ingressos, visto que a decisão também acontece por conta da Caixa e Odebrecht, empresas que fizeram consórcios e administram o estádio junto com a diretoria.

Para diminuir os preços do ingresso, o Corinthians espera receber ganhos por venda de naming rights, ou seja, aguarda uma empresa estar disposta a pagar R$ 400 milhões para ter o nome oficial do estádio por tempo de vinte anos. Com tal renda, a diretoria consegue pagar parte dos custos que teve para construir a Arena, diminui as despesas do fluxo de caixa e cobrar menos por bilhete.

Vale ressaltar que Corinthians deve quase um R$ 1 bilhão por causa dos custos para construir a Arena. Clube precisa de dinheiro em caixa para pagar as dívidas e se concentra com o máximo de força para vender naming rights antes de acabar a Copa do Mundo e recomeçar os campeonatos no Brasil.

Por Renato Duarte Plantier

Arena Corinthians

Foto: Divulgação


Um ranking elaborado com base nos resultados que cada clube brasileiro obteve nos últimos seis anos, aponta que o Corinthians é o melhor time do Brasil, com Internacional em segundo e Santos em Terceiro.

O Corinthians foi o clube que obteve os melhores resultados nestes últimos seis anos. A pesquisa é da Pluri Consultoria, que elaborou tal ranking com base no desempenho dos clubes no Brasileirão, Estaduais e torneios Internacionais, sendo atribuído um número de pontos consoante a importância de cada prova.

Desde o ano de 2008, o Corinthians somou 976 pontos nestes jogos. Confira como ficaram os outros clubes –

Internacional de Porto Alegre (756 pontos), Santos (729), Fluminense (681), Cruzeiro (573), São Paulo (549), Flamengo (513), Atlético Mineiro (500), Grémio de Porto Alegre (450) e Vasco da Gama (284).

Neste período, o Corinthians venceu títulos em todas as provas, que são os estaduais, nacionais, continentais e o Mundial de Clubes de 2012.

Futebol.

Reforços do Palmeiras para a temporada

Nesta sexta, dia 03 de janeiro, o Palmeiras anunciou 03 jogadores para o seu centenário. São eles, os atacantes Rodolfo, do Rio Claro, e Diogo, da Portuguesa, e o volante França, do Hannover (ALE).

Eles já estão treinando com o grupo do Palmeiras. Outro que deve chegar nos próximos dias é o zagueiro Lúcio, que rescindiu o contrato com o São Paulo. Além dele, mais quatro jogadores também chegam ao Porco no começo deste ano.

"Anuncio oficialmente o França, o Diogo e o Rodolfo porque são três situações já acertadas. Não falamos em nomes que estão em negociação. Não vamos nos pronunciar até ter definição", comentou José Carlos Brunoro.

Mesmo com tantas contratações, o plantel ainda não está fechado, pois a diretoria ainda não fez o tradicional discurso para os atletas no começo da temporada. O técnico Gilson Kleina também não esteve presente na reapresentação do elenco nesta sexta pela manhã.

Entre os outros reforços que estão esperados, estão Marquinhos, William Matheus e Gabriel, todos que ficaram sem contrato no último dia 31 de dezembro. O meia Bruno César está dependendo apenas da definição do valor do empréstimo e o lateral Moreira do Libertad (PAR), deve ser comprado pelo valor de R$ 3 milhões. 


Náutico x Corinthians jogaram lá na Arena Pernambuco, em jogo que começou às 19h30 deste sábado. Jogão pelo Brasileirão 2013? Nada! Talvez um dos jogos mais sem sal da última rodada do Brasileirão 2013. Jogos do Corinthians sempre atraem muitos torcedores, mas jogar contra a pior equipe disparada da competição é um tanto quanto sem graça. Pior ainda é o seguinte: o Corinthians perdeu! O jogo entre o pior ataque da competição e a melhor defesa do Brasileirão, deu boa pro Náutico que venceu por 1 a zero.

Foi a última partida de Tite como técnico do Corinthians, já que seu contrato acaba no final de 2013, e o Timão resolveu não renovar. Uma pena, já que Tite foi quem trouxe muitas alegrias ao time paulista nos últimos anos, inclusive vencendo o Mundial de Clubes. No lugar dele, entrará provavelmente Mano Menezes, depois de ter sido mandado embora do Flamengo.

O Corinthians fechou o campeonato com 50 pontos. Já o time do Náutico terminou com 20 pontos, com apenas 5 vitórias em 38 jogos. Derrotas foram 28. Fracasso impressionante.

Melhores Momentos e Gol: Náutico x Corinthians

nautico-x-corinthians-ao-vivo-serie-a-brasileirao-2013

Quem apitou o jogo foi Elmo Resende Alves Cunha de Goiás, com assistência do catarinense Eberval Lodetti e de Gean Carlos Menezes de Oliveira de Roraima.

Escalação do Náutico

Ricardo Berna; Auremir, Alison, Leandro Amaro e Bruno Collaço; Gustavo Henrique, Elicarlos, Derley e Tiago Real; Diego Morales e Maikon Leite.

Escalação do Corinthians

Danilo Fernandes; Edenílson, Felipe, Cleber e Alessandro; Ralf e Guilherme; Danilo, Rodriguinho e Romarinho; Alexandre Pato.


Corinthians x Internacional jogam pela série A do Brasileirão 2013 na noite deste sábado, dia 30 de novembro de 2013. O jogo começa às 21h (horário de Brasília), e será disputado longe dos territórios do Internacional.

Não se trata de um jogo lá muito relevante, já que ambas as equipes não possuem mais ambições no campeonato.

De um lado está o Internacional, que vem fazendo uma péssima campanha no segundo turno da competição. Das últimas 5 partidas, só venceu uma. E de outro o Corinthians, o time que mais empata na competição, que no alto de seus 50 pontos, venceu só 2 das últimas 5 partidas que disputou.

O jogo terá também homenagem aos operários que perderam suas vidas no desabamento parcial do Itaquerão (Arena Corinthians) no meio da semana.

Para este jogo o Corinthians contará com a volta de Alessandro e também de Paulo André. O ex-craque Alexandre Pato, começará a partida no banco. Apesar de estar numa má fase, Pato é o artilheiro do Corinthians no Campeonato Brasileiro, com 10 gols marcados.

Apesar do time do Internacional ter empatado sem gols contra o Coritiba no último domingo, o técnico Clemer deve repetir a escalação para este jogo, já que o Inter jogou razoavelmente bem (só faltou objetividade para fazer gols).

Jogo ao Vivo Corinthians x Internacional - Série A - Brasileirão 2013

Formação Corinthians x Internacional

Formação Corinthians x Internacional - Brasileirão 2013 - Série A

O jogo será apitado por Felipe Gomes da Silva, do Rio de Janeiro, e será assistido pelos bandeirinhas Bruno Boschilia e Fernanda Colombo Uliana.

Escalação do Corinthians

Walter; Edenílson, Gil, Paulo André e Alessandro; Ralf e Guilherme; Romarinho, Danilo e Renato Augusto; Emerson.

Escalação do Internacional

Muriel; Ednei, Índio, Juan e Fabrício; Willians e Josimar; Jorge Henrique, D’Alessandro e Otávio; Leandro Damião.


Paolo Guerrero irá desfalcar o Corinthians na partida contra o Fluminense, no dia 14 de agosto, pelo Campeonato Brasileiro. Dependendo da agenda da Seleção Peruana, o atleta também poderá ficar de fora da partida contra o Vitória, que ocorre três dias antes da data citada.

O centroavante foi chamado pelo técnico da Seleção Peruana para atuar no amistoso contra a Coreia do Sul.

Com esta ausência, quem deverá substituir o jogador é Alexandre Pato,  jogador com a transferência mais cara do futebol brasileiro e que ainda está sentado no banco de reservas do Timão.

Além de Guerrero, o técnico Sergio Markarian também chamou Chachito Ramirez e Luis Advíncula, estes dois defendem a Ponte Preta e serão desfalques no jogo do clube contra o Vitória. Outro convocado é Yotun, ele atua no Vasco e terá de deixar o time por uns dias para se apresentar para a Seleção Peruana.

A seleção de Markarian não jogará em casa, a disputa acontecerá em Suwon, na Coreia do Sul.

Por Melina Menezes


Nesta semana, a diretoria do Corinthians anunciou a contratação de mais um reforço para a equipe. O contratado da vez é Cleber, zagueiro que jogava na Ponte Preta.

O mais novo zagueiro do Corinthians foi apresentado oficialmente nesta terça-feira, no CT Joaquim Grava.

Feliz com a transferência para o Timão, o jogador afirmou que foi difícil negociar com o seu ex-time para que o liberasse.

O atleta conta que ficou um pouco ansioso com a nova vida profissional e disse ainda que o nervosismo estava tomando conta dele. Sobre as “coisas” que o atrapalharam, ele não especificou quais eram, somente reafirmou que estava muito satisfeito por saber que um time estava interessado no seu futebol e nas características que tem a oferecer.

Na negociação, além dos clubes e do jogador, tinha o agente do atleta e mais um banco, que tinha parte dos direitos econômicos do zagueiro. Outro inconveniente encontrado pelo atleta foi o fato da Ponte não querer liberá-lo por uma quantia inferior que a multa rescisória.

O contrato assinado com o Timão vai até final de 2017. O jogador não poderá atuar ainda pelo Corinthians. Apesar disso, ele deverá treinar mais um pouco antes de entrar em campo.

Por Melina Menezes


Segundo o diretor adjunto do Corinthians, Chicão deve permanecer no time.

Duílio Monteiro, na entrevista concedida no CT Joaquim Grava, disse que está errada a notícia que diz que Chicão estaria de saída do Timão. De acordo com as informações de Monteiro, Chicão não tem recebido propostas para sair da equipe e sendo assim deverá ficar até o final deste ano, quando termina o contrato do jogador.

Entretanto, o dirigente do Corinthians afirma que o clube não está fechado a negociações envolvendo o zagueiro e acrescenta que é muito difícil falar sobre o futuro. Duílio foi claro ao dizer que o clube não ficará contra a saída de Chicão, desde que a proposta seja atrativa para todas as partes.

Ficou sem explicação uma mensagem que o jogador colocou em uma rede social, onde agradecia todo o carinho da nação corintiana. A declaração parecia ter um tom de despedida, que pelo jeito não irá acontecer. 

A renovação do contrato do jogador está sendo demorada e as negociações vêm ocorrendo desde o início do ano. No impasse vivido entre atleta e clube, o zagueiro ainda pode assinar um pré-contrato com outra equipe.

Por Melina Menezes


O técnico Tite confirmou recentemente quem entrará como lateral-esquerdo no jogo desta quarta-feira pelo Campeonato Brasileiro. A partida, válida pela 10ª Rodada do Brasileirão, será contra o Grêmio.

Igor foi o escolhido do técnico Tite. No treino realizado na última terça-feira, foi confirmada a participação do jogador na posição que estava sendo defendida por Fábio Santos. Este atleta não poderá jogar, pois está suspenso após tomar o terceiro cartão amarelo.

Nas atividades realizadas ontem no CT Joaquim Grava, o comandante do alvinegro dirigiu o treino tático, sendo que nele usou os onze titulares, entre eles Igor. Alguns aspectos foram trabalhados mais, como a saída de bola e os cruzamentos na área rival. Após essas atividades, os jogadores treinaram jogadas ofensivas com a bola parada.

Enquanto os titulares treinavam em um campo, os atletas reservas estavam praticando em outro campo.

No próximo jogo, o Corinthians deverá entrar em campo com Romarinho, Edenilson, Cássio, Gil, Guilherme, Danilo, Emerson, Guerreiro, Paulo André, Igor e Ralf. Esta será a chance do Corinthians começar a mudar a situação de pior ataque do campeonato.

O time corintiano está na 11ª posição do Brasileirão 2013.

Por Melina Menezes


O Corinthians ainda não se encontrou no Campeonato Brasileiro e terá uma difícil sequência no próximo mês. Os próximos 30 dias serão definitivos para que o Corinthians consiga reagir para alcançar seus rivais e lutar por bons objetivos no campeonato. O Timão terá 7 jogos no próximo mês, isso significa que terá pouco tempo para treinar e para corrigir os erros que cometeu nos últimos jogos.

O zagueiro Paulo André mostrou grande insatisfação em relação ao calendário e é um dos defensores de mudanças no atual formato das competições. Em entrevista, Paulo André revelou que o time precisa de outros meios para conseguir se ajustar a tempo dos próximos jogos. O Corinthians enfrenta o Grêmio na próxima quarta-feira, no estádio do Pacaembu.

Paulo André revelou que o time não treina o ano inteiro e os jogos são na quarta e domingo desde o mês de janeiro. O zagueiro também alertou que o calendário é horroroso e que os outros times também irão sofrer com isso, pois não dá tempo de corrigir os erros entre um jogo e outro. Outra reclamação do zagueiro é a troca constante de treinador.

Por Jéssica Posenato


O Corinthians é o campeão da Recopa 2013. O time de Tite bateu o São Paulo em partida realizada no estádio do Pacaembu. O Timão, que venceu a Libertadores e o Mundial de Clubes da Fifa no ano passado, certamente entrou para o hall das grandes equipes do futebol mundial. Nessa temporada, os corintianos já haviam conquistado o Campeonato Paulista e agora conseguiram outro título importante para a história do clube. 

O Corinthians dominou o jogo e ao vencer por 2×0, não apenas levantou a taça, mas também agravou ainda mais a crise instalada no São Paulo.

Romarinho, que fez boa partida, abriu o placar ao pegar um rebote do chute de Paolo Guerrero. Danilo, que sempre cresce em decisões, escorou de cabeça e selou o resultado e o título para a equipe do Parque São Jorge.

Mário Gobbi, presidente do Corinthians, elogiou o grupo e disse que a vontade de vitória foi fundamental para as conquistas que o Coringão vem alcançando. Tite, por sua vez, destacou o nível de futebol apresentado pelo elenco e a forma que todos se comportam em jogos decisivos.

Por Madson Lima de Oliveira


O Corinthians venceu o São Paulo pela final da Recopa. O título é disputado pelo campeão da Libertadores (Corinthians) e pelo campeão da Copa Sul-Americana (São Paulo). O primeiro jogo teve o placar de 2 a 1 para o Timão, que venceu novamente o São Paulo pelo placar de 2 a 0 e afundou mais o Tricolor que agora enfrenta uma crise complicada.

O jogo foi totalmente dominado pelo Corinthians, que mesmo com a vantagem no placar, não deu chances para o rival. Aos 4 minutos Romarinho cruzou para Guerrero que cabeceou para a defesa de Rogério Ceni. O São Paulo tentava com Osvaldo, mas também sem sucesso.

Aos 36’, o time da casa abriu o placar após cruzamento de Emerson Sheik. O atacante lançou para Guerrero, mas foi Romarinho quem fez após a bola sobrar para ele. O placar de 1 a 0 enlouqueceu o São Paulo, que buscou o empate, mas não conseguiu.

No segundo tempo, o Timão ainda ampliou com cabeçada de Danilo, que tentou duas vezes até marcar. O placar de 2 a 0 deu o título inédito ao Timão. Ele bem foi celebrado pela torcida e os jogadores, principalmente Paulinho que irá jogar pelo Tottenhan e se despediu da torcida.

Por Robson Quirino de Moraes


Está cada vez mais próxima a conclusão da transferência do zagueiro Marquinhos, da Roma, para o PSG, da França. O time italiano tem em sua mesa uma proposta de 30 milhões de euros, e depois de inúmeras investidas, enfim deve ceder o jovem jogador para o time francês.

Quem observa, de forma atenta, o desfecho do negócio é o Corinthians, que em 2012 vendeu Marquinhos para a Roma por "apenas" 5 milhões de euros, e agora vê o defensor estar valendo praticamente 5 vezes mais. Caso a transferência seja confirmada, o Timão teria direito a cerca de R$ 7 milhões, já que detém 5% dos direitos econômicos do jogador, além de uma porcentagem de 3% por ter sido o clube formador.

De acordo com Roberto de Andrade, diretor de futebol do clube, a venda de Marquinhos não foi um mau negócio, pois na época o jogador quase não era utilizado por Tite, e comparado ao preço que o clube vendeu Leandro Castán para a Roma, 5 milhões de euros, pode-se concluir que foi uma boa jogada.

O certo é que o Corinthians não esperava a valorização enorme que Marquinhos teve, e o principal motivo foram as belas atuações do craque junto aos titulares da Roma, mostrando uma técnica apurada, bom posicionamento, e até mesmo uma certa experiência, apesar da tenra idade.

Por Vinicius Cunha


O novo reforço contratado pelo Corinthians foi apresentado na manhã de terça-feira. O recém chegado é Jocinei e foi anunciado nesta semana, porém já vinha treinando com a equipe desde umas semanas atrás.

Cotado para ser o substituto de Paulinho, vendido para o Tottenham, veio de Rio Claro com o potencial suficiente para disputar à vaga, visto que possui um estilo de jogo muito parecido com o craque Paulinho.

Sabendo que deverá trilhar um árduo caminho no Timão e conquistar a confiança do técnico, Jocinei diz estar preparado para se adaptar no campo. Afirma estar à disposição da equipe para atuar em posições mesmo que não seja a sua de origem (o atleta começou a sua carreira como volante).

O jogador já passou por diversos times além do Rio Claro, como Joinville e XV de Piracicaba, porém nunca tinha atuado em um time do porte do Timão.

Jocinei está muito entusiasmado com a oportunidade cedida pelo Corinthians e com a chance de defender um time de peso no futebol brasileiro. Comentou que antes de falar para sua família sobre a probabilidade de integrar a equipe corinthiana,  esperou assinar o contrato.

Por Melina Menezes.


Um dia após o Corinthians vencer o Bahia por 2 a 0, fora de casa, na Arena Fonte Nova, o meia-atacante Renato Augusto passou pr uma cirurgia na face esquerda, devido à fratura de um osso denominado como arco zigomático. A partida marcou o "renascimento" de Pato, que fez dois gols, depois de ficar dez partidas em branco.

O incidente foi ocasionado em um lance que o atacante Souza, do Bahia, acertou-lhe o cotovelo no rosto, porém de forma involuntária; a partida era apenas a segunda do jogador, depois que este voltou de lesão na coxa esquerda, na última quarta-feira, contra o São Paulo.

Após o choque com o jogador do time baiano, o meio-campista corintiano foi substituído, e saiu de campo chorando; através de uma análise inicial, o médico do Timão afirmou que caso fosse constatado a fratura, a previsão de volta era de aproximadamente dois meses.

No entanto, o jogador voltará aos campos bem antes, já que teve sucesso no procedimento cirúrgico, feito pelo doutor Marcos Pitta, em um hospital da zona sul da capital paulista, e dentro de 15 a 20 dias voltará jogar pelo Timão, mas já volta aos treinamentos na quarta ou quinta-feira.

Por Vinicius Cunha


Reza o ditado que o bom filho à casa torna, e para confirmar que o mesmo realmente é verídico, o ex-lateral Sylvinho, revelado pelo Corinthians, voltou ao clube paulista, desta vez como auxiliar técnico, e terá como missão ajudar Tite no comando do Timão.

O ex-jogador afirmou que pretende passar aos corintianos tudo aquilo que aprendeu na Europa, sobretudo no Barcelona; Sylvinho começou sua carreira de auxiliar juntamente com Wagner Mancini, no Cruzeiro, e também teve passagens por Sport e Náutico. O gerente de futebol Edu foi o responsável por conduzir a negociação.

De acordo com Sylvinho, a volta ao Corinthians é a realização de um sonho, ainda mais pelo fato de ver na estrutura do time algo que na maioria das vezes só é encontrado na Europa, apesar de ver a alta temperatura do Brasil, e as más situações de alguns gramados como principais obstáculos.

Sylvinho chega ao Corinthians para substituir Geraldo Dellamore, auxiliar técnico que deixou o Timão recentemente, e assim o ex-lateral esquerdo se juntará a Fábio Carille e Cléber Xavier, que exercem a mesma função; o último time, como jogador, de Sylvinho foi o Manhester City, em 2009/2010.

Por Vinicius Cunha


Diretores do Corinthians e os pais de Kevin Espada, adolescente morto durante partida entre Corinthians e San José, pela primeira fase da Copa Libertadores, entraram em acordo sobre um valor de "indenização", e assim o time brasileiro doará US$ 50 mil aos ascendentes da vítima.

Quem confirmou a notícia foi a assessoria de imprensa do Timão, e será o setor jurídico do time que vai ficar responsável por resolver a forma de pagamento, ou seja, como o dinheiro vai chegar aos bolivianos. Em virtude da morte do adolescente, o Corinthians foi suspenso pela Conmebol por 18 meses sem poder levar torcedores aos estádios, quando for visitante.

Kevin estava na torcida do time boliviano, e num dado momento um sinalizador saiu da torcida corintiana, levando o garoto ao óbito; em consequência do acidente, doze corintianos foram presos pelas autoridades bolivianas, e só depois de alguns meses é que alguns foram libertados, mais precisamente sete deles, por falta de acusações convincentes.

Cinco corintianos continuam presos, apesar de um menor, que está livre, no Brasil, ter confessado a autoria do crime. O governo brasileiro tenta interferir na liberação dos "remanescentes", mas até o momento não teve sucesso.

Por Vinicius Cunha


Com o elenco "Inchado", o técnico Tite resolveu aprovar o empréstimo de dois jovens que não vinham sendo utilizados: o volante Nenê Bonilha e o lateral-esquerdo Denner, aquele para o América de Natal, e este para o Atlético Goianiense. A intenção é fazer com que os dois bons jogadores ganhem experiência na disputa do Brasileirão Série B.

Denner recuperou-se há pouco tempo de uma grave lesão no joelho direito, e devido ao longo período de tratamento, perdeu espaço para outro jovem: Igor, que também tem sua origem na categoria de base do Corinthians, e se tornou o reserva imediato de Fábio Santos.

Nenê Bonilha foi contratado pelo Corinthians no início de 2011, junto ao Paulista, de Jundiaí, mas desde que chegou ao Corinthians não teve uma longa sequência de jogos, e esteve emprestado para outros três clubes: Avaí, Catanduvense e Audax/SP, sem grande destaque.

No atual elenco do Corinthians há a presença de inúmeros jogadores oriundos das categorias inferiores: os goleiros Danilo Fernandes, Júlio César e Matheus Caldeira; o lateral-esquerdo Igor; e os atacantes Léo e Paulo Victor; o que é muito pouco, ainda mais  para um time que já revelou o goleiro Ronaldo; o lateral Wladimir; os meias Luizinho e Rivellino; e os atacantes Dinei e Viola; além de outros inúmeros craques.

Por Vinicius Cunha


Eliminado da Copa Libertadores, mas ainda punido pelo morte do garoto Kevin, na Bolívia, o Corinthians conseguiu, na justiça, liminar que permite que seus torcedores marquem presença no jogo de ida da final da Recopa Sul-Americana, contra o São Paulo, no Morumbi.

A primeira partida da final será realizada já no próximo dia 3 de julho; a princípio a punição corintiana tinha previsão de 18 meses sem contar com o apoio da torcida em jogos como visitante, mas o time entrou com recurso, e como este ainda não foi julgado, o Timão pediu à Conmembol para que o jogo da Recopa fosse analisado à parte, e teve o apelo atendido.

O Corinthians já voltou aos treinos, diferente do rival São Paulo, e conta com a volta de alguns jogadores que estavam lesionados, entre eles Renato Augusto, que antes de machucar vinha sendo titular no time de Tite; Chicão e Alessando também já estão à disposição do treinador gaúcho.

A Recopa-Sulamericana é disputada desde o ano de 1989, e o maior ganhador da competição é o Boca Juniors, com 4 títulos; no Brasil, quem mais ficou com a taça foi o Internacional e o São Paulo, cada time com duas conquistas.

Por Vinicius Cunha


O zagueiro Chicão é um dos jogadores corintianos que tem seu contrato terminando no final do ano, e assim já pode assinar um pré-contrato com outro clube, de acordo com a legislação atual. No Corinthians desde 2008, juntamente com Alessandro e o goleiro Júlio César, Chicão é um dos ídolos da história moderna do time, e já conquistou 7 títulos com o Timão.

Na última terça-feira, dia 11, o atleta, usando uma rede social, publicou que está livre para assinar um pré-contrato com outra equipe, frisando que a publicação tinha mais um cunho informativo, já que conta com quase 100 mil seguidores.

Depois da chegada de Gil, o ex-capitão corintiano vem amargando a reserva do time, além de estar convivendo com inúmeras lesões.

Quem também tem o seu contrato terminado em dezembro de 2013 é o atacante Emerson e o lateral-direito Alessandro, que já foram procurados para uma possível renovação.

Se Chicão ainda não foi contactado, em contrapartida a diretoria do Corinthians segue atrás de reforços para a defesa, e os nomes da vez são os de Wanderson, que estava no Sertãozinho, e Cléber, destaque da Ponte Preta no último Campeonato Paulista.

Por Vinicius Cunha


A coisa não anda bem para os corintianos que somente empataram contra a Portuguesa. A partida, válida pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro 2013, não agradou muito a torcida presente no Pacaembu, que pediu uma atuação melhor do atacante Alexandre Pato, comprado do Milan por R$ 40 milhões e ainda não rendeu o investimento.

Com apenas 6 pontos, o Timão ainda não se encontrou no Campeonato Brasileiro de 2013. O atual campeão mundial não demonstrou o mesmo futebol apresentado contra o Chelsea. Mas nem tudo foi culpa do Timão. A zaga montada pela Lusa fez um bom papel ganhando boas disputas de bola e não deixou os atacantes finalizarem em várias jogadas.

O time da portuguesa estava bem posicionado e tentou aproveitar os espaços, mas sem sucesso. Parecia que empatar com um dos favoritos ao título estava de bom tamanho para a Lusa, que ainda amarga na zona de rebaixamento. O destaque ruim da partida foi a lesão do zagueiro Paulo André, substituído pelo estreante Ibson.

O time do Corinthians tem uma pequena folga por conta da Copa das Confederações e volta a jogar somente no mês que vem, mas já se apresenta no dia 17 para treinamentos. A Lusa enfrenta o Fluminense em jogo atrasado, na quarta-feira e tem a chance de sair da zona de rebaixamento.

Por Robson Quirino de Moraes


Não é somente o volante Paulinho quem tem chamado a atenção de clubes europeus; seu companheiro de meio-campo, Ralf, está na mira do Sevilla da Espanha, que o tem como prioridade para a próxima temporada, já que o volante Kondogbia está de saída para o Real Madrid, de acordo com o periódico espanhol "Marca".

O autor da matéria afirma que o volante do time corintiano já está sendo observado há anos, e ressalta que não será fácil tirá-lo do Timão, que de acordo com Edu, dirigente e ex-jogador do clube, tentará segurar todos os jogadores. A fonte espanhola afrma que Ralf não sairia do brasil por menos de 10 milhões de euros.

A chance de disputar um dos maiores e melhores campeonatos do mundo, o espanhol, e de adquirir mais experiência é o que o Sevilla pretende usar para convencer Ralf, que já declarou que tem como meta a disputa da Copa do Mundo de 2014, já que em algumas ocasiões foi lembrado pelo técnico Felipão.

Ralf ainda tem mais dois anos de contrato com o Corinthians, e a exemplo de Paulinho não tem pressa para deixar o Brasil, dando entrevista recente afirmando que o projeto é ir para a Europa somente em 2015, de forma a poder cumprir seu vínculo contratual com o time paulista.

Por Vinicius Cunha


O que parecia um simples estiramento muscular na coxa direita, com previsão de volta aos campos dentro de 30 dias, era mais complexo do que se imaginava, e Renato Augusto, meia do Corinthians, machucado desde a partida contra o Guarani, no final de março, só deverá a voltar a atuar pelo Corinthians a partir do mês de julho, de acordo com o médico do clube, Júlio Stancati.

A intenção do técnico Tite era contar com Renato Augusto ainda no mês de junho, nos últimos jogos antes da parada para a Copa das Confederações, no entanto, a vontade do comandante não será realizada, e caberá a Danilo, Douglas e Romarinho o papel de armação das jogadas, até a volta do meia.

Desde a época em que jogava no Flamengo e no Bayer Leverkusen o meia tem tido lesõe musculares, e a ideia do Departamento Médico do Corinthians é "imunizá-lo", assim como foi feito com Alexandre Pato. Mesmo carente de um articulador com as características de Renato, a volta não deverá mesmo ser precipitada.

Antes de machucar, o jogador vinha fazendo bons jogos com a camisa corintiana, estando inclusive na iminência de uma convocação para a seleção brasileira; Júlio Stancati reiterou que Renato já treina com grupo, e não vem sentindo nenhuma dor no local.

Por Vinicius Cunha


O tempo de Paulinho no Corinthians parece ter chegado ao fim, pelo menos é o que afirmam vários jornais brasileiros, que publicaram que Giuliano Bertolucci, empreśario do jogador, estava na Europa e teria voltado ao Brasil com uma nova proposta da Internazionale e um "desejo" do Monaco.

A diretoria do Timão insiste em dizer que não chegou nada oficial, mas admite que será difícil segurá-lo no clube paulista a partir do segundo semestre, ainda mais que o jogador é titular da seleção brasileira, que irá disputar a Copa das Confederações, e o Corinthians já está eliminadado da Copa Libertadores.

O clube espera receber cerca de 20 milhõe de euros pelo jogador, valor integral da multa rescisória; a quantia financeira seria dividida entre o Corinthians e o Audax de São Paulo, já que cada um dos times tem 50% dos direitos econômicos de Paulinho.

Além dos interessados supracitados, o PSG e o Shakhtar Donetsk também surgem como possíveis destinos de Paulinho; este tem a garantia do clube que seria liberado tão logo uma boa proposta aparecesse, e o próprio diretor Roberto de Andrade admitiu que o atleta optará pela saída, pois vem coisas boas por aí.

Por Vinicius Cunha


Um dos jogos mais importantes da 4ª rodada do Campeonato Brasileiro 2013 será realizado na Arena do Jacaré, às 22:00 do dia 5 de junho de 2013. Neste estádio, o Cruzeiro receberá o Corinthians e precisa vencer em casa para somar três pontos e melhorar sua classificação no torneio nacional.

Entre os principais nomes do time mineiro estão Dagoberto, Diego Souza, Fábio, Borges e Luan. Atualmente, o clube de Minas Gerais ocupa a 7ª posição no campeonato, com quatro pontos acumulados em 3 séries de jogos.

Já o Corinthians, que recentemente conquistou o Campeonato Paulista, precisa de uma vitória fora de casa para manter a regularidade de vitórias. Na última rodada, o alvinegro paulista venceu a Ponte Preta pelo placar de 1 a 0 e ficou na quinta posição da tabela.

Um dos desfalques corintianos é a ausência de Paulinho, volante e principal estrela da equipe, que foi convocado pelo técnico Felipão para disputar a Copa das Confederações pela Seleção Brasileira de Futebol. No entanto, a equipe tem um dos melhores elencos do país e vai contar com Danilo, Guerrero, Emerson, Pato, Romarinho e Ralf para vencer a partida. 

Por Marcelo Araújo


Mal chegou ao Corinthians, Alexandre Pato já poderá ter seu ciclo no Timão interrompido, pois de acordo com o periódico italiano "Corriere dello Sport", o Milan tentará o retorno do brasileiro por um período de seis meses, já que um dos atacantes do time, Giampaolo Pazzini, está lesionado e só volta aos campos no fim de 2013.

O jornal italiano afirma que o corintiano deverá se reunir com o vice-presidente do clube italiano, Adriano Galliani, para tratar do negócio. O Corinthians contratou Pato por R$ 40 milhões, no entanto, na época da negociação, Silvio Berlusconi, presidente do Milan, anunciou que o projeto era o atacante voltar a Milão após um período de 18 meses.

Além de Pazzini, machucado, o Milan deverá perder mais três atacantes: Bojan, para o Barcelona; Boateng, alvo de vários clubes europeus; e Robinho, que voltaria ao Santos para substituir Neymar, negociado com o Barcelona. Matri, que está na Juventus, e Borriello, do Genoa, surgem como opções para o Milan, caso o negócio com Pato não dê certo.

No Corinthians, Alexandre Pato vem tendo dificuldades em sacramentar a titularidade, e vem entrando no decorrer das partidas. No esquema de Tite, que joga com três atacantes, os preferidos são Emerson Sheik, Guerrero e Romarinho.

Por Vinicius Cunha


Com um elenco cheio de boas opções, o treinador Tite tem dado poucas oportunidades ao chinês Zizao, no Corinthians, no entanto a situação não será motivo para o asiático abandonar o Timão, pois fora dos gramados, em ações de marketing, o que não faltará são serviços para o jogador.

Os direitos federativos de Zizao pertencem ao Shanghai Shenxin, e pelo atual contrato o atleta ficará no Corinthians até o fim de 2013, por empréstimo. Até o momento, o meia-atacante esteve em campo apenas em quatro oportunidades; já como garoto propaganda, esteve até mesmo em Brasília, representando a comunidade asiática e o Timão.

Quem, também, vem apostando no chinês é a Caixa Econômica Federal, patrocinadora máster do Corinthians, usando Zizao como garoto propaganda em alguns comerciais.

O Timão afirma que a presença de Zizao tem servido para abrir o mercado asiático ao clube, e ainda divulgar o nome do time no continente. O jogador insiste em querer jogar, e em suas entrevistas sempre deixa isto muito claro, porém em sua posição o Corinthians conta com Guerrero, Pato, Emerson, Romarinho, Léo, Paulo Victor e Leandro.

Por Vinicius Cunha


Caixa voltou a patrocinar o CorinthiansDepois de ter seu contrato de patrocínio com a Caixa Econômica Federal suspenso, devido à ação do advogado gaúcho, Antônio Beiriz, que contestou os valores pagos, o Corinthians entrou com recurso e conseguiu restabelecer o contrato com a instituição bancária, logo, voltará a receber o dinheiro.

O recurso foi julgado na manhã de terça-feira, dia 21, pela Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4). A votação teve a participação de três desembargadores, e um deles, o senhor Cândido Alfredo Silva Leal Júnior, manteve a posição contrária ao patrocínio, ao contrário dos outros dois, que foram a favor do acordo.

De acordo com o contrato, o Timão voltará a receber R$ 2,5 milhões ao mês, inclusive os pagamentos que estavam bloqueados, referentes aos meses anteriores. Além da Caixa Econômica Federal, o Corinthians tem outros patrocinadores, a saber, a TIM, Brahma, Fisk, Coca-Cola e Nike, totalizando cerca de aproximadamente R$ 62 milhões ao ano, sendo o maior valor arrecadado entre os clubes brasileiros.

Eliminado da Libertadores, pela Boca Juniors, agora o time concentra-se na disputa do Brasileirão, estreando no próximo sábado, contra o Botafogo, no Pacaembu. O Timão ainda disputará mais duas competições em 2013: a Recopa Sul-Americana e a Copa do Brasil.

Por Vinicius Cunha


O duelo de ida da final do Campeonato Paulista foi emocionante. O Corinthians poderia até ter goleado o Santos, mas desperdiçou ótimas oportunidades e deixou o time adversário marcar no final, após fazer dois gols. A vantagem para o jogo de volta, que acontece no próximo domingo, deixou os jogadores animados, entretanto, não há nada definido, apenas que o Santos precisa de um placar com diferença de dois gols para ser campeão sem disputar pênaltis.

O primeiro tempo no Pacaembu foi dominado pelo Timão. Sem deixar os jogadores do Santos passar do meio de campo, o Corinthians impôs seu ritmo de jogo. Paulinho e Romarinho perderam boas chances de gol, mas aos 3 minutos do fim do primeiro tempo, Romarinho cobrou falta pelo lado direito, Danilo não acertou e a bola sobrou para Paulinho, que livre de marcação chutou fazendo o gol para o Timão.

No segundo tempo, o Santos melhorou o posicionamento e até poderia ter empatado, mas perdeu uma ótima chance com Cícero, que chutou na trave. Pouco tempo depois, Paulo André aproveitou a confusão na área do Santos e ampliou o placar para o Timão.

Quase no fim, o Santos diminuiu com uma cabeçada de Durval, dando números finais a partida, que terminou em 2 a 1 para o Corinthians.

Os times fazem o jogo de volta no próximo domingo, às 16:00, na Vila Belmiro.

Por Robson Quirino de Moraes


Depois de ser afastado pela diretoria, a passagem de Jorge Henrique pelo Corinthians está chegando ao fim. O ato de indisciplina do jogador resultará em uma não muito longe negociação, que deverá acontecer logo após os jogos decisivos do Paulistão e da Copa Libertadores, contra Santos e Boca Juniors, respectivamente.

Até mesmo Tite, quase sempre sereno e amigo dos jogadores, mostrou-se irredutível com a atitude de Jorge, pois pelo que acredita o treinador, uma reintegração ao grupo poderia trazer prováveis problemas no porvir.

O grupo concentrou-se para a partida contra o São Paulo, no domingo, dia 5, apenas no sábado, e com isso foram liberados para passar a sexta-feira, dia 3, com a família, mas deveriam estar todos presentes no treino da manhã de sábado; alegando problema de saúde do filho, Jorge Henrique não compareceu, e ainda teria apresentado um atestado médico falso. A diretoria descobriu a mentira, e por tal atitude afastou o atleta, não entrando em detalhes do que realmente teria acontecido.

O contrato de Jorge termina no dia 31 de dezembro de 2014, e a intenção da diretoria é mesmo negociar o jogador, que já recebeu inúmeras propostas de outros clubes, e pela carreira e títulos que tem no Corinthians, uma transferência não será difícil de acontecer.

Por Vinicius Cunha


Com uma atuação brilhante, o Corinthians não tomou conhecimento da Ponte Preta, que jogava em casa, no Moisés Lucarelli, e goleou por 4 a 0. Os gols do Timão foram marcados por Romarinho, Emerson Sheik, Paolo Guerrero e Alexandre Pato. Com o resultado, a equipe do técnico avançou para a semifinal do Campeonato Paulista.

Desde que a bola rolou, a Macaca fez valer o seu mando de campo e não parecia temer o Corinthians. A vontade da Ponte de marcar o seu gol acabou custando caro, pois a equipe se abriu e permitiu os avanços do Timão.

Aos 32 minutos, Guerrero arriscou de fora da área, o goleiro Edson Bastos espalmou e Romarinho, bem colocado, abriu o placar. Pouco depois, Emerson Sheik fez grande jogada, livrou-se do marcador e chutou no canto: 2 a 0.

Na etapa complementar, um pênalti incorretamente assinalado a favor do Timão fez Guerrero ampliar ainda mais a vantagem. Alexandre Pato fez uma linda jogada no final do jogo e fechou o placar: 4 a 0.

Com vaga garantida na semifinal do Paulista, agora o Corinthians volta suas atenções para as oitavas de final da Copa Libertadores. A equipe segue para Buenos Aires, onde na quarta-feira enfrenta o Boca Juniors, no temido estádio da La Bombonera.

Por Julio Abreu


Treino de CássioA semana de folga no Corinthians está servindo para Tite intensificar os treinamentos e também para que os jogadores que estavam em tratamento médico possam aprimorar a parte física, atrás do recondicionamento.

Já na terça-feira, 23/04, o goleiro Cássio voltou a treinar com bolas, e deu mais um passo para a volta aos jogos oficiais; o jogador vem se recuperando de fratura parcial no punho esquerdo.

Apesar de não ter sido um treinamento com muito impacto, o goleiro segurou bolas lançadas pelo treinador da posição, Mauri, e não sentiu dores. A ordem do Departamento Médico do clube é não ter pressa na recuperação total do jogador.

Há uma pequena chance de o jogador voltar aos jogos oficiais no jogo das quartas de final do Paulistão, contra a Ponte Preta, mas a meta dos médicos, treinadores e fisioterapeutas é que Cássio esteja 100% pronto contra o Boca Juniors, nas oitavas de final da Copa Libertadores.

Contra a Ponte, caso o grandalhão não jogue, o provável titular será Danilo Fernandes, que vem demonstrando segurança no gol corintiano, e parece ter deixado Júlio César como terceira opção.

Por Vinicius Cunha


Sob o olhar de cerca de 25 mil torcedores pagantes, o Corinthians jogou um belo futebol e venceu o Atlético Sorocaba por 2 a 0, no estádio do Pacaembu. Com a vitória, o Timão classificou-se para as Quartas de Final do Campeonato Paulista na quinta colocação. Os gols do Corinthians foram marcados por Danilo e Alexandre Pato. Com o resultado, a equipe enfrentará a Ponte Preta no primeiro confronto do mata-mata.

A vitória, que começou a ser construída com Danilo aos 34 minutos do primeiro tempo, fez o Corinthians encerrar a primeira fase com 35 pontos conquistados.

Dominando as principais ações de um jogo contra uma equipe que entrou em campo apenas para cumprir tabela, já que não tinha nenhuma pretensão no campeonato na última rodada, a equipe do técnico Tite fechou o placar aos 45 minutos da etapa inicial, com Alexandre Pato. Na sequência da partida, o Timão apenas trocou passes e administrou a vitória.

A data do confronto entre Corinthians e Ponte Preta ainda não foi divulgada pela Federação de Futebol de São Paulo. O certo é que o clube chegou à fase das grandes decisões do primeiro semestre. No dia 1º de maio, o Timão viajará para Buenos Aires, onde enfrentará o Boca Juniors pelo jogo de ida das Oitavas de Final da Copa Libertadores. 

Confira no vídeo os gols do jogo:

Por Júlio Abreu


Após conhecer o adversário das oitavas de final da Copa Libertadores: Boca Juniors; o Corinthians teve boa notícia, pois o meio-campista Renato Augusto voltou a treinar com bola e em breve poderá ser utilizado pelo técnico Tite.

Antecedendo a partida contra a Penapolense, pelo Campeonato Paulista, Renato participou do "rachão", e não sentiu dores na coxa direita, local que foi lesionado no dia 24/03, na partida contra o Guarani de Campinas. Antes da lesão o jogador vinha sendo utilizado como titular pelo técnico Tite, e era cogitada, inclusive, sua convocação para seleção brasileira.

De acordo com o Departamento Médico do clube, serão necessários mais 15 dias de recuperação e aprimoração física, para depois o jogador voltar a jogar oficialmente, porém a volta pode ser antecipada, caso a evolução continue na mesma velocidade.

Outros atletas que não vêm atuando são o atacante Jorge Henrique e o goleiro Cássio, que está com o punho esquerdo lesionado, e vem sendo substituído pelos goleiros reservas: Danilo Fernandes e Júlio César.

Contra o Boca Juniors é bem provável que Cássio, Renato Augusto, Jorge Henrique, que estava liberado para acompanhar a família por motivo de luto, estejam à disposição do técnico Tite.

Por Vinicius Cunha


Após ser cogitado como possível treinador da Inter de Milão, para a temporada 2013/2014, o treinador Tite concedeu entrevista coletiva à imprensa, afirmando que nem ele e nem seu empresário, Gilmar Veloz, foram procurados pela Internazionale, reiterando seu desejo de continuar no Corinthians.

Antes da entrevista à imprensa, Tite reuniu-se com o diretor Duílio Monteiro e esclareceu que não há possibilidade de sair no momento, ainda mais pela fase que o Timão vive: classificado para as fases finais dos dois campeonatos que está disputando, o Paulistão e a Libertadores.

O contrato de Tite com o Corinthians vai até o fim de 2013, porém ambos já mostraram interesse em renová-lo; o técnico disse que trabalhar no Corinthians é estar no maior do Brasil, ou entre os três maiores.

O trabalho de Tite no Timão começou em outubro de 2010, após ser o substituto de Adílson Batista; já chegou em quatro finais e ganhou três: um Brasileiro, um Mundial de Clubes e uma Libertadores da América.

Não é comum treinadores ficarem longos meses à frente dos clubes brasileiros, e segundo Tite, um de seus objetivos é quebrar esse paradigma e mudar o cenário; algo que se depender do Corinthians será mudado.

Por Vinicius Cunha


Comprado do Milan por 15 milhões de euros, atualmente Alexandre Pato faz parte da equipe reserva do Corinthians. O alto valor desembolsado somado ao peso do atleta ser frequentemente escalado para a seleção brasileira preocupa também os colegas de elenco.

O principal motivo do jogador estar no banco se deve à boa atuação de Romarinho, Emerson e Guerreiro, que fazem parte da equipe titular.

Ao jornal O Estado de São Paulo, Romarinho disse que é preocupante ver um jogador do nível de Pato no banco, pois a vaga na equipe titular é ameaçada a todo instante.

Atualmente, Romarinho tem sido usado pelo técnico Tite como meia-atacante, responsável pela ligação com a equipe de frente, substituindo Renato Augusto, que se recupera de lesão. O jogador já atuou nessa posição, mas quando ainda estava nas categorias de base. Na entrevista, ele afirma ter se adaptado rapidamente e que busca fazer sua parte para manter o bom rendimento do Corinthians em campo.

Sobre o futuro do time na Libertadores, Romarinho disse que tem vontade de enfrentar o Palmeiras na próxima fase e garantiu estar preparado para marcar mais gols contra o principal rival de seu clube.

Por Gabriel Perline


A diretoria corintiana se pronunciou na quinta-feira, 11/04, sobre a "novela Dedé", dizendo que tem interesse no atleta, porém não irá abrir os cofres para contar com o jogador.

Para a cúpula corintiana, a única forma de Dedé vestir a camisa do Corinthians é a DIS comprar a parte que pertence ao Vasco e colocá-lo no Timão, como forma de valorizá-lo.

A parte que cabe ao Vasco está avaliada em torno de 5 milhões de Euros; também foi descartada a hipótese de envolver atletas do clube paulista na negociação.

O nome mais falado em uma possível "troca" foi o de Émerson Sheik, o que foi negado pela direção do Corinthians, tanto é que o atleta foi procurado e esclarecido sobre os rumores.

Outro clube interessado em Dedé é o Cruzeiro, porém a "novela" só deverá ter fim após o dia 1º de julho, quando expira a cláusula que impede a saída do jogador sem o aval do clube carioca.

Dedé não tem se pronunciado sobre o assunto, porém, segundo fontes sigilosas, a DIS tem interesse em adquiri-lo em definitivo e repassá-lo ao Corinthians, onde ganharia visibilidade e seria valorizado, devido à alta do time de Tite.

Por Vinicius Cunha


A diretoria do Corinthians realiza os últimos ajustes financeiros para finalização da arena que o clube está construindo, e os R$ 400 milhões que acertou em empréstimo junto ao BNDES está prestes a ser repassado ao clube.

O maior problema é a necessidade de que um banco faça o intermédio entre o BNDES e o clube, pois é preciso que o este forneça garantias à instituição repassadora. Segundo Andrés Sanchez, ex-presidente do Corinthians, o acerto deve sair nos próximos dias.

Outro fator financeiro que o Timão vem discutindo, em sigilo, é a venda do naming rights referente à arena do clube, que será sede da abertura da Copa de 2014; a expectativa da cúpula corintiana é que seja arrecadado mais de R$ 400 milhões com a venda, e quem surge como maior candidata à compra é a Itaipava, produto da Cervejaria Petrópolis.

Segundo Andrés Sanchez, tudo é tratado como se fosse "segredo de Estado", afirmando que nem seu filho sabe do teor das informações, porém admitiu que há quatro ou cinco empresas interessadas, ressaltando que as negociações estão se afunilando, acreditando que muito em breve trará novidades à baila.

Por Vinicius Cunha


O Corinthians lutou muito, goleou o San José por 3 a 0 e foi recompensado: ultrapassou o Velez Sarsfield no saldo de gols e encerrou a rodada na liderança do Grupo 5 da Copa Libertadores. Os gols foram marcados por Romarinho, Guerrero e Edenilson.

Pouco antes de a bola rolar, o San José entrou em campo homenageando o garoto Kevin Espada, morto após ser atingido por um sinalizador disparado pela torcida do Corinthians, na Bolívia. Quando a bola rolou, o Timão assumiu logo o controle do jogo e não demorou para abrir o placar. Aos 23 minutos, Sheik cruzou e Romarinho mandou para o fundo do gol: 1 a 0.

Guerrero ampliou após bela jogada de Sheik, matando no peito e finalizando de canhota: 2 a 0. Por fim, nos acréscimos, Edenilson marcou mais um e fechou o placar.

Com a classificação antecipada para as oitavas de final garantida, o Corinthians agora briga para ficar na melhor posição possível no ranking geral. Isso porque os times com melhor campanha poderão usufruir do mando de campo em casa no segundo jogo do mata-mata.

O próximo compromisso do Corinthians será no Campeonato Paulista. Neste domingo, a equipe do técnico Tite mede forças com o Linense, no interior.

Por Júlio Abreu


O departamento médico do Corinthians divulgou que o exame realizado no punho esquerdo do goleiro Cássio constatou fratura na ulna e, com isso, o atleta ficará afastado dos gramados por até 4 semanas. Desta forma, o atleta desfalcará a equipe no primeiro confronto das oitavas de final da Copa Libertadores.

A lesão ocorreu no jogo do Corinthians contra o Millonarios, na Colômbia, na última semana. As dores  incomodaram Cássio a tal ponto que o técnico Tite não o relacionou para o jogo do último domingo, contra o São Bernardo, válido pelo Campeonato Paulista, em que o Corinthians venceu por 2 a 0.

Com o desfalque de Cássio, Tite irá definir quem será o seu substituto nos próximos jogos da equipe. Na última partida, Júlio César foi o escolhido e teve uma atuação segura.

Líder do Grupo 5 com 10 pontos em 5 jogos, o Corinthians enfrenta o San José, da Bolívia, nesta quarta-feira, já classificado para a próxima fase. A partida, no entanto, é importante para o Timão ficar bem posicionado no ranking de melhores campanhas da primeira fase, o que trará benefícios durante a fase eliminatória.

Por Julio Abreu


O Corinthians recebeu no Pacaembu a equipe do São Bernardo, neste domingo (07/04), e não teve muito trabalho para despachar a equipe do ABC Paulista. Superior durante todo o confronto, sofrendo apenas com chegadas pontuais do São Bernardo, o Corinthians deu sequência à sua boa fase e venceu por 2 a 0.

Em um primeiro tempo morno, o primeiro gol do Corinthians saiu dos pés de Jorge Henrique. Após troca de passes ao redor da área, o camisa 23 arriscou de fora, a bola desviou em Luciano Castán e entrou, abrindo o placar no Pacaembu. Ainda no primeiro tempo, pênalti para o Corinthians sofrido por Romarinho. Guerrero foi para a cobrança e viu o goleiro Wilson Júnior fazer a defesa.

No segundo tempo, o Corinthians entrou apenas para controlar o resultado. Tomou um susto com a bola de Fernando Baiano na trave, mas não chegou mais. Já no fim do jogo, em bela jogada de Romarinho com Danilo, a bola sobra para Guerrero. O peruano, desta vez, não desperdiça e, na frente do goleiro, estufa as redes: 2×0.

Com o resultado, o Corinthians garante a classificação para a fase de mata-mata do Campeonato Paulista. Já o São Bernardo chega à sua 5ª partida sem vitória e está ameaçada de rebaixamento. 

Por Euclides Cesar Junior


O jogo esteve longe de ser um grande espetáculo, mas o Corinthians cumpriu seu papel: foi a Bogotá e venceu o Millonarios por 1 a 0, com gol de Danilo, na penúltima partida do time na fase de grupos da Libertadores da América.

O gol aconteceu somente no segundo tempo, após a saída de Pato para a entrada de Jorge Henrique, que mal entrou e logo passou a bola para Danilo, que deu um chute rasteiro e certeiro contra a defesa de Zapata.

Nesta partida, o Corinthians entrou em campo com o desfalque de Guerrero, que acabou vetado pela equipe médica do time por sentir fortes dores na coxa.

A vitória simples garantiu ao Corinthians uma vaga nas oitavas de final. Com 10 pontos conquistados na fase de grupos, a equipe brasileira está na liderança em sua chave. O Tijuana encerrou a rodada com a mesma pontuação, mas está em segundo por ter um saldo de gols menor.

A próxima partida do Corinthians será contra o San José, no Pacaembu, na quarta-feira (dia 10 de abril). Para terminar a fase na ponta do grupo 5, a equipe brasileira precisará ter um resultado igual ou superior ao Tijuana, que receberá o Millonarios.

Por Gabriel Perline


Em um jogo muito disputado, o Corinthians venceu o Millonarios na raça, por 1 a 0, no estádio El Campín, em Bogotá, e com isso assumiu a liderança do Grupo 5, garantindo a classificação antecipada para as oitavas de final da Copa Libertadores. O gol da vitória foi marcado por Danilo.

Com os três pontos, o Corinthians chegou aos 10 na competição, a mesma pontuação do Tijuana, do México, porém com vantagem nos critérios de desempate. Já o Millonarios, que precisava da vitória para seguir com esperanças, está eliminado.

No primeiro tempo da partida, o Corinthians esteve irreconhecível. Com muitos erros de passe, de posicionamento e na marcação, a equipe do técnico Tite teve muito trabalho para segurar a equipe colombiana. Apesar de melhor em campo, o Millonarios não conseguiu abrir o marcador.

Na etapa complementar, o Corinthians melhorou após a entrada de Jorge Henrique no lugar de Alexandre Pato. Na sua primeira jogada, o baixinho acionou Danilo, que com um chute rasteiro marcou o gol da vitória: 1 a 0.

Na próxima e última rodada da fase de grupos da Copa Libertadores, o Timão enfrenta o San José, no Pacaembu, na quarta, enquanto o Millonarios enfrenta no Tijuana, no México.

Por Julio Abreu


Durante a partida contra o São Paulo, na tarde de domingo, 31/03, o peruano Guerrero, atacante do Corinthians, que foi substituído por Pato, voltou a sentir dores na coxa direita e desfalcará o Timão contra o Millonarios, na quarta-feira, pela Copa Libertadores.

O atacante que é considerado o herói do título da Copa do Mundo de Clubes, vive grande fase e tem marcado gols em quase todas as partidas disputadas, sendo ídolo da torcida corintiana e dos peruanos.

Em contrapartida, apesar de Guerrero não poder atuar na próxima partida, Pato que voltou ao time no clássico contra o São Paulo, inclusive marcando o gol da vitória, deverá substituir o peruano e iniciar a partida como titular.

O Corinthians tem 7 pontos na Copa Libertadores, ocupando a segunda colocação do grupo 5, dois pontos atrás do mexicano Tijuana e três à frente do San José da Bolívia. Uma nova vitória do time brasileiro praticamente garante a classificação para as oitavas de final da competição, porém na partida contra o Millonarios, o Timão não poderá contar com o apoio de sua torcida, devido à punição imposta pela Conmebol, em virtude da morte do garoto boliviano, Kevin.

Por Vinicius Cunha


Na noite de quarta-feira, no Pacaembu, o Corinthians até fez boa partida contra o Penapolense, porém um único vacilo no jogo foi o suficiente para o time sair de campo com mais um empate e adiar para as próximas rodadas a classificação para as quartas de final do Paulistão.

Mesmo não entrando com o time todo titular, era "obrigação" do Timão vencer o time interiorano, mas mesmo com o favoritismo, a vitória escapou e o time da capital continua sendo a equipe que mais empatou no Paulistão, oito no total; tem 26 pontos e ocupa a quinta colocação.

Logo aos quatro minutos do primeiro tempo, após jogada de Emerson Sheik, Heleno tentou afastar a bola e acabou marcando contra. Para o Penapolense quem fez o gol foi Silvinho, que aproveitou bobeada de Edenílson e saiu na cara do gol de Júlio César para marcar. No final ficou um tento para cada lado.

No final de semana a Penapolense visita o Mirassol, que vem de histórica goleada sobre o Palmeiras, e o Corinthians vai até ao Morumbi, onde faz o clássico da rodada contra o São Paulo.

Por Vinicius Cunha


Após boas exibições com a camisa do Corinthians, o meia Renato Augusto irá desfalcar a equipe por cerca de um mês, é o que garante o departamento médico do clube. O jogador saiu de campo machucado na vitória do Corinthians, por 1 a 0, contra o Guarani, no último final de semana.

Segundo o médico Guilherme Runco, Renato sentiu uma fisgada na coxa direita durante a partida, onde depois foi diagnosticado estiramento muscular. Na jogada em que sentiu a lesão, o meia tentou arrancar pela intermediária em direção ao gol, mas não resistiu e se jogou no gramado. Ele teve de ser retirado de campo de maca.

Dessa forma, Renato Augusto deve desfalcar a equipe nos jogos contra a Penapolense, São Paulo, São Bernardo, Linense e Atlético Sorocaba pelo Campeonato Paulista. Já na Libertadores, o craque não deverá defender a equipe nos jogos contra o Millionarios, na Colômbia, e San José, no Pacaembu.

O Corinthians está com 25 pontos no Paulistão,  com 6 vitórias em 14 jogos. Na Copa Libertadores, a equipe está na segunda colocação, com sete pontos em quatro jogos, atrás apenas do Tijuana-MEX.

Por Julio Abreu


No último domingo, 24/03, o Corinthians foi até Campinas enfrentar o Guarani, em jogo válido pela 14ª rodada do Paulistão, e com um gol do artilheiro Guerrero, no início da partida, o Timão chegou aos 25 pontos na tabela, aproximou-se da classificação e afundou ainda mais o Bugre, que permenece na zona de rebaixamento do Paulistão.

O Coringão é um dos times que mais empatou no campeonato, ao lado do Palmeiras e da Ponte Preta, sete no total, porém, desta vez a história foi diferente, e mesmo não conseguindo ampliar o placar no decorrer da partida, que no final teve até chuva de granizo, garantiu a vitória.

As baixas do alvi-negro ficaram por conta das lesões do goleiro Cássio e do meio-campista Renato Augusto, este com estiramento na coxa, aquele com problema no quadril.

O Guarani continua em má fase e permenace com nove pontos, e como falta apenas 5 cinco rodadas para o término da primeira fase, matemáticos estipulam que será necessário no mínimo três vitórias e um empate, para que o clube escape de mais um rebaixamento em sua história.

No meio de semana, ambas as equipes voltam a campo, quando o Guarani visitará o Oeste de Itápolis, e o Corinthians receberá a Penapolense, em jogo que contará com volta do craque Alexandre Pato.

Por Vinicius Cunha


O técnico da seleção brasileira, Luís Felipe Scolari, respondeu incomodado ao comentário de Pelé sobre a convocação dos jogadores. Segundo o Rei do Futebol, Felipão deveria utilizar como base os jogadores do Corinthians. “Não sei o que ele quis dizer com isso. Vai ver que tem amigos no Corinthians.” Comentou o técnico antes do treino da seleção brasileira em Nyon, na Suíça, nesta quarta-feira.

Atualmente, o único jogador do clube alvinegro na seleção brasileira é o meia Paulinho, não convocado para os próximos jogos contra Itália e Suíça, devido a uma contusão.

Além de Paulinho, Alexandre Pato (atual atacante do Corinthians) é outro jogador visado por Felipão, podendo ser convocado inclusive para o amistoso contra a Bolívia, no dia 6 de Abril. Aliás, nesta partida só serão convocados jogadores que atuam no Brasil, e nesse aspecto Luís Felipe Scolari promete surpresas.

"Tenho conversado com os treinadores (de clubes) e eles têm sido maravilhosos, estão atendendo todas as solicitações.”, declarou o técnico. A convocação da seleção contra Bolívia deve ocorrer nos próximos dias, provavelmente após o jogo contra a Itália hoje, no dia 21.

A seleção de Felipão para enfrentar a Itália conta com os seguintes jogadores: Júlio César; Daniel Alves, Dante, David Luiz e Filipe Luís; Fernando, Hernanes e Oscar; Hulk, Fred e Neymar.

Por Willian Gonçalves


De acordo com rei do futebol, Pelé, Felipão deveria adotar o hábito de convocar vários jogadores de um time só, pois assim seria construída uma base e com entrosamento. Curiosamente, o Corinthians foi um dos times que Pelé mais marcou gols e o time que ele citou como possível estrutura para o Brasil.

Para Pelé, convocar jogadores de diversos clubes não gera entrosamento no time, ainda mais porque sempre há mudanças e poucos são os dias de treinamento.

O Rei disse que na época dele os treinadores tinham, basicamente, os mesmos problemas; citando como exemplo o que João Saldanha fez, quando usou a base do time do Botafogo e do Santos,para a disputa da Copa de 70.

O pensamento do ídolo brasileiro é que Felipão faça do time corintiano a base do selecionado e acrescente neste alguns atletas para servirem como cereja do bolo, neste caso esta seria o atacante Neymar, ídolo santista e com cogitações muito forte para uma possível ida para o Barcelona.

Neymar, inclusive, tem sido "perseguido" e vigiado pelo "pai" Pelé, que pediu para o jovem santista ser mais reservado e se preocupar somente com futebol.

Conselhos são sempre bem vindos, vindo de um rei ainda, não podem ser desprezados.

Por Vinicius Cunha


Mesmo com time misto, o Timão superou o União Barbarense e chegou aos 21 pontos no Campeonato Paulista. Os gols só saíram no segundo tempo, porém,  foram o suficiente para fazer com que o time chegasse mais próximo dos líderes.

Em partida que contou apenas com os titulares Ralf, Fábio Santos e Gil, os suplentes deram conta do recado. Mesmo fora do banco, Pato compareceu ao estádio e pôde prestigiar as atuações dos companheiros.

Os gols corintianos foram marcados por Douglas, Jorge Henrique e por Renato Augusto. Emerson Sheik jogou bem e participou da jogada de dois gols.

O Timão ainda perdeu um pênalti com Chicão, o segundo seguido desperdiçado pelo time. Enfim, o Corinthians está voltando a desempenhar o futebol de 2012, mesmo tendo um certo "revezamento" entre os titulares.

No meio de semana o Corinthians se manterá concentrado na competição regional, já que enfrentará o XV de Piracicaba. Provavelmente Pato jogará, já que foi poupado devido a possibilidades de lesões.

Tite, no momento, está com todos os jogadores à disposição, já que nenhum deles se encontra no Departamento Médico. É o Timão cada vez mais forte e focado para disputa dos torneios em pauta.

Por Vinicius Cunha


O Timão vinha de derrota na Copa Libertadores para o Tijuana, em jogo disputado no México, e na noite de quarta-feira, 14/03, precisava somar os três pontos para diminuir a vantagem que o time mexicano tinha e para facilitar a classificação à segunda fase.

Com o Pacaembu podendo receber torcedores do Corinthians, depois que a punição foi efetivada para somente jogos fora, a fiel torcida compareceu em peso e lotou o estádio.

Os gols corintianos foram marcados por Alexandre Pato, Guerrero e Paulinho. A única baixa foi o fato de Pato ter sido substituído ainda no primeiro tempo, devido a um incômodo muscular.

Depois de uma maratona de jogos envolvendo a competição sulamericana e o Paulistão, o Timão só voltará a campo pela Copa Libertadores no dia 03/04, contra o Milionários/COL, fora de casa, porém, enfrenta já no sábado o União Barbarense pelo Campeonato Paulista.

Com a vitória o time de Tite chegou aos 7 pontos, 2 a menos que o líder Tijuana e manteve a segunda colocação do grupo.

Aos poucos o Corinthians vai crescendo na competição e não deverá ter muitas dificuldades para avançar até as oitavas de final.

Por Vinicius Cunha


Corinthians e Atlético-MG fizeram seus jogos na noite desta quarta-feira na Libertadores e obtiveram bons resultados para suas equipes.

O Atlético saiu de casa e subiu a montanha na Bolívia, jogando contra o The Strongest, na altitude de La Paz. Mesmo com as dificuldades, o Galo mineiro venceu e mostrou autoridade. O placar foi 2×1 para a equipe alvinegra, com gols de Diego Tardelli, após boa jogada de Jô, Méndez (contra), que sozinho no lance se atrapalhou e mandou para o próprio gol, e Reina, no final do primeiro tempo, aproveitou bobeira de Victor, e marcou para o The Strongest.

O resultado coloca o Atlético na primeira posição geral da Libertadores e a única equipe invicta e com 1000% de aproveitamento.

Já o Corinthians recebeu o mexicano Tijuana, que o havia derrotado na partida de ida. E mostrou que deve-se respeitar o atual campeão: O placar de 3×0 ficou barato tamanho o domínio do time paulista sobre o mexicano.

Os gols saíram todos em jogadas trabalhadas pelo meia Renato Augusto: o primeiro, de Pato, saiu em rebote de seu chute, que pegou três vezes na trave. O segundo, de Guerrero, saiu após bom cruzamento de Alessandro após receber um bom passe de Renato na entrada da área. E o terceiro, de Paulinho, saiu de jogada ensaiada em cobrança de falta batida pelo camisa 25.

Agora o Corinthians chega aos 7 pontos na competição, mirando a liderança do grupo. Seu próximo jogo é dia 3 de abril, contra o Millonarios.

Por Euclides Cesar Junior


Pela quinta rodada da fase de grupos da Libertadores 2013, o Corinthians irá jogar fora contra o Millonarios.

O jogo será realizado no dia 3 de abril, às 22h no estádio EL Campín, localizado em Bogotá.

O alvinegro paulista apresenta a seguinte campanha: sete pontos acumulados em quatro partidas, com aproveitamento de 58,3%. O clube, que venceu o Tijuana na última rodada pelo placar de 3 a 0, quer voltar para o Brasil com três pontos e tentar ultrapassar o clube mexicano, um dos melhores da primeira fase do torneio sulamericano.

O técnico Tite, campeão da competição internacional em 2012, pretende manter a mesma equipe que ganhou na última série de jogos e provavelmente, irá entrar em campo com Cássio, Alessandro, Gil, Paulo André, Fábio Santos, Ralf, Paulinho, Danilo, Renato Augusto, Alexandre Pato e Paolo Guerrero.

Pelo lado do Millonarios, a aposta é se favorecer com o fator casa para conseguir os três pontos e melhorar sua classificação, aumentando as chances de passar para a fase de mata-mata da competição.

Este grupo, considerado forte, ainda conta com San José, equipe da Bolívia.

Por Marcelo Araújo


Foi com o apoio de mais de 33 mil torcedores que o Corinthians goleou o Tijuana, por 3 a 0, no Pacaembu, e chegou aos 7 pontos no Copa Libertadores. Alexandre Pato, Guerrero e Paulinho marcaram os gols da vitória. A próxima partida do Timão na competição será no dia 3 de abril, contra o Millonarios, na Colômbia.

Antes de a bola rolar, o reencontro do Corinthians com a sua torcida em competições internacionais após o título do Mundial de Clubes e a revanche contra o Tijuana, que venceu o confronto entre as equipes na última semana, deram um tempero especial à partida. Aplicado taticamente, entrosado e com facilidade para tocar a bola, o Corinthians deu as cartas no primeiro tempo e não deixou o adversário se agigantar.

Depois de tanto martelar o Tijuana, aos 25 minutos veio a recompensa. Renato Augusto chutou forte de fora da área e o rebote sobrou para Alexandre Pato, que, com categoria, mandou para o fundo do gol. Aos 35 minutos, a bola procurou o atacante Guerrero. O atacante acertou um lindo chute e ampliou.

Na etapa complementar, quando já estava com a vitória construída e precisando apenas administrá-la, o bom futebol do Corinthians ainda foi premiado com mais um gol aos 36’, de Paulinho, desviando de cabeça após receber cruzamento: 3 a 0, placar final. 

Por Julio Abreu


O asiático Zizao chegou ao Corinthians em 2012 através de uma jogada de marketing que tinha como intuito internacionalizar a marca Corinthians.

O chinês mal tinha chegado ao clube e acabou machucando o ombro, fato que ocorreu por duas vezes, e no ano passado teve apenas uma oportunidade de atuar pelo Timão; em Minas Gerais contra o Cruzeiro.

Tido como "mico" por muitos torcedores adversários e até mesmo pela mídia, Zizao não desanimou e trabalhou forte na pré-temporada, tendo três oportunidades como titular no Paulistão, dando uma assistência em um dos jogos e arrancando aplausos da fiel torcida.

Apesar de não ter sido relacionado entre os trinta jogadores que disputarão a primeira fase da Libertadores, o chinês do Parque São Jorge colheu, nesta segunda, 11/03, mais um fruto de sua passagem pelo futebol brasileiro: foi convocado pelo técnico espanhol José Camacho para defender a China em um dos jogos pelas Eliminatórias da Copa da Ásia de 2015.

Apesar de surpreso, Zizao agradeceu aos companheiros, ao técnico Tite e ao Corinthians. São tempos modernos, mas chinês no Brasil ainda é novidade. Oxalá o jovem se destaque.

Por Vinicius Cunha


No final do mẽs passado, mediante ação popular impetrada no TRF do Rio Grande do Sul, o Timão teve o pagamento referentes ao patrocínio com a Caixa suspenso, pelo fato do mesmo, supostamente, estar em desacordo com a Constituição do país.

Insatisfeita com a situação, a Caixa entrou com recurso para anular a decisão do tribunal gaúcho, porém não obteve sucesso e o banco continua impedido de patrocinar financeiramente o Corinthians.

É uma situação inusitada, pois o banco patrocina o esporte olímpico e vários clubes de futebol, entre eles o Atlético Paranaense. Para muitos torcedores corintianos, a liminar tem vínculo emotivo, ou seja, tem a 'mão' de anti-corintianos por detrás da "jogada".

O ano de 2013, que tinha "tudo" para ser prazeroso ao Corinthians, não está sendo muito fácil para a equipe paulista, pois além da suspensão do pagamento de patrocínio, o clube foi multado, não pôde ter o apoio da torcida em um jogo da Libertadores e ainda terá que jogar o resto da competição sulamericana sem poder veus seus "loucos" nas arquibancadas dos adversários, devido ao incidente ocorrido na Bolívia.

Os corintianos falam que tudo é mais difícil pra eles. Se for levado como base o ano corrente, poucos poderão discordar.

Por Vinicius Cunha


Com as atenções do time principal voltadas para a reta final da primeira fase daCopa Libertadores, os reservas do Corinthians venceram o Ituano, por 3 a 2, no Pacaembu, dando fim a mais um mês de jejum no Campeonato Paulista. Os gols do Timão foram marcados por Edenilson, Guilherme e Felipe. Luciano e Cleber descontaram para o adversário. O atacante Emerson Sheik, que passa por uma das piores fases da carreira, voltou a frustrar a torcida ao perder um pênalti.

Quando o árbitro apitou o início da partida, uma tempestade assolou o estádio. Debaixo da chuva, porém, a torcida não mostrou desânimo. E, apesar de os reservas estarem em campo, a equipe corintiana mostrou entrosamento e  buscou o ataque o tempo todo.

Edenilson abriu o placar da partida ao receber cruzamento de Emerson. Deu tempo de ajeitar a bola e bater com confiança: 1 a 0. Pouco depois, porém, o Ituano empatou com Cleber, que  cabeceou ao receber o cruzamento de Fernando Gabriel. Na sequência, Guilherme, em cobrança de falta, voltou a colocar o Corinthians na frente.

Mas novamente o Ituano voltou a empatar, desta vez com Luciano. Por fim, mesmo após Sheik desperdiçar um pênalti, o zagueiro Felipe subiu mais do que todo mundo em cobrança de escanteio e decretou a vitória do Corinthians.

Por Julio Abreu


Embora não tenha empolgado a torcida, o Corinthians lutou e conseguiu encerrar a série de empates no jogo contra o Ituano, no Pacaembu. Com uma vitória por 3×2, a equipe alvinegra se manteve no G8 do Paulistão e ampliou sua série invicta para oito jogos, com três vitórias e cinco empates.

Como era de se esperar, o Corinthians tentou impor seu jogo, mesmo com o gramado do Pacaembu encharcado devido ao temporal que atingiu a cidade paulistana neste sábado. E com uma roubada de bola no campo de ataque, ao melhor estilo Corinthians, Sheik viu Edenílson livre na área para abrir o placar: 1×0.

Se o jogo parecia tranqüilo, o Ituano fez questão de responder rapidamente. Em escanteio, o zagueiro Cléber empatou o jogo e jogou novamente a responsabilidade para os corintianos. Sem criar grandes chances, o time da capital usou a bola parada: Guilherme mandou um foguete da intermediária para desempatar a partida.

Entretanto, pouco tempo depois, em nova bola alçada na área, Fernando Gabriel descobriu Luciano livre para empatar novamente o jogo e botar panos quentes no ímpeto do Corinthians. E assim terminou o primeiro tempo.

Na etapa complementar, os dois times criavam pouco e o clube de Itu parecia satisfeito com o empate. O técnico alvinegro Tite buscou, então, sacar do banco suas alternativas. E deu certo: Giovanni entrou, deu um belo passe para Pato, que sofreu pênalti. Emerson Sheik perdeu, mas no escanteio originado pela defesa, o beque Felipe pôs números finais ao jogo: 3×2, para embalar o Corinthians para a Libertadores.

Por Euclides Cesar Junior


Na última quinta-feira (07/03), a Conmebol revogou parte da pena que havia aplicado ao Corinthians devido a tragédia ocorrida em Oruro em sua partida de estreia na Libertadores da América contra o San Jose.

O clube poderá ter sua torcida em jogos dentro de casa, inclusive já na partida contra o mexicano Tijuana, na próxima quarta-feira. No entanto, durante 18 meses, o clube não terá torcida em jogos fora do Brasil.

Além disso, o clube alvinegro terá que pagar uma multa de 200 mil dólares (cerca de 394 mil reais) para a Conmebol, enquanto o San Jose (clube mandante na partida em que houve a tragédia) paga um valor de 10 mil dólares. Vale lembrar que o Corinthians tentou duas vezes anular a punição da organização sul-americana de futebol, sem sucesso.

A repercussão da notícia não foi positiva aos olhos dos bolivianos. Alguns jornais colocam que o “Corinthians ficará sem castigo” devido à sanção da pena. Em todo o caso, o Timão volta a ter sua torcida nos próximos jogos dentro de casa, um alívio para a torcida que não pôde presenciar de perto a vitória do clube na semana anterior contra o Milionários, por 2 a 0.

Por Willian Gonçalves


No dia 13 de março, o Corinthians recebe o Tijuna no Pacaembu pela quarta série de jogos da fase classificatória da Copa Libertadores da América 2013. Na última rodada do torneio, estas duas equipes se enfrentaram e o Tijuana (México) ganhou da equipe alvinegra pelo placar de 1 a 0 com gol que foi bastante contestado pela torcida corintiana.

Para o jogo em casa, o Corinthians quer dar o troco, vencendo a equipe mexicana para não deixá-la se afastar na tabela de classificação. Surpresa na competição sul-americana, o Tijuana tem feito a melhor campanha, conseguindo nove pontos em seis rodadas e com aproveitamento de 100 por cento. O time paulista conquistou apenas quatro pontos em três rodadas, está na segunda posição e apresenta 44,4% de aproveitamento.

Provavelmente, o técnico Tite irá repetir a mesma escalação da última partida da Libertadores, que contou com Cássio, Alessandro, Gil, Paulo André, Fábio Santos, Ralf, Paulinho, Renato Augusto, Danilo; Pato e Guerrero. A situação do Timão ainda não se complicou na fase de grupos, pois o time depende apenas de si para conseguir a classificação em segundo lugar e ir para o mata-mata.

Por Marcelo Araújo


O Timão estava há 16 jogos sem derrota na Libertadores, porém, perdeu a invencibilidade em decorrência da derrota para o Tijuana do México pela terceira rodada da Libertadores.

O time mexicano faz campanha invejável na competição, venceu as três partidas que disputou e além da liderança do grupo, tem o melhor aproveitamento do campeonato.

Aproveitando-se do fator campo (gramado sintético), o time mexicano jogou com ousadia e de igual para igual com o atual campeão mundial. 

No primeiro tempo a arbitragem anulou dois gols corintianos, estes marcados por Paulinho, pelo fato do jogador está impedido, no entanto, na segunda etapa o árbitro não foi feliz, validando, aos 20 minutos, gol irregular de Javier Gandolfi.

O Tijuana praticamente garantiu sua classificação à segunda fase, enquanto o Corinthians, mesmo se mantendo na segunda colocoção do grupo, fica a cinco pontos dos mexicanos e a apenas um do Milionários, terceiro da chave. 

Os dois times voltam a se enfrentar já na semana que vem, em jogo a ser realizado no Pacaembu. Até o momento, o Corinthians não obteve respostas sobre a possível punição que sofrerá pela Conmembol, em virtude do incidente na Bolívia, e não sabe se poderá contar com apoio de sua torcida nas arquibancadas do estádio brasileiro.

Por Vinicius Cunha


O Cornthians, enfim, saberá qual a punição sofrerá em definitivo pela Conmembol. Depois do ocorrido na Bolívia, a Confederação puniu o clube com a proibição de comparecimento de sua torcida por 60 dias, seja em casa ou fora, porém através de uma medida cautelar.

O Timão está no México, onde enfrentará o Tijuana, na mesma data do julgamento, e o clube espera ter vitória em dobro, dentro e fora do campo.

Já na semana que vem, o alvinegro paulista enfrenta novamente o clube mexicano, pelo returno da 1ª fase; desta vez no Pacaembu e espera contar com o apoio de sua torcida nas arquibancadas.

O processo não terá audiência, apenas o julgamento, pois o departamento jurídico do clube, querendo acelerar a decisão abriu mão daquela. Foi feita a defesa e o comitê avaliará todo o caso, para só depois dar o parecer.

A expectativa de torcedores, jogadores e diretoria é grande; e amanhã a torcida não estará restrita ao campo. O garoto boliviano, Kevin, não voltará mais, pois infelizmente faleceu, então, não é justo que uma nação pague pelo vacilo de apenas um torcedor. A justiça não pode ter coração e já se foi o tempo em que os inocentes pagavam pelos pecadores.

Por Vinicius Cunha


O Santos mede forças com o Corinthians neste domingo (03/03), às 16:00, no estádio do Morumbi, de olho nos três pontos para se aproximar da liderança. O Timão, por sua vez, busca a vitória para se consolidar entre os oito que se classificam para a próxima fase do Campeonato Paulista.

A expectativa para o clássico é de casa cheia, ao menos se depender dos jogadores santistas. Na tarde desta quinta-feira, Neymar & Cia convocaram a torcida para lotar o estádio.

"Conto com vocês lá, torcendo pra gente. Estamos juntos", disse o atacante Neymar em vídeo divulgado pelo Santos.

Depois de vencer o Millonarios por 2 a 0, na Copa Libertadores, o Corinthians espera subir posições no Paulista. Mas sabe que a tarefa não será nada fácil. Afinal de contas, com Neymar do outro lado a defesa precisa estar alerta durante os 90 minutos para não ser surpreendida.

"Enfrentar o Neymar é sempre complicado. Precisamos estar atentos e em sintonia para não termos surpresas", comentou o zagueiro corintiano Paulo André.

O Peixe é o quarto colocado da competição com 17 pontos, enquanto o Corinthians está em oitavo com 15.

Confira no vídeo os melhores momentos do jogo:

Por Julio Abreu


Os clubes brasileiros, mais uma vez, fizeram um bom papel na Copa Bridgestone Libertadores 2013.

Pelo grupo em que só ganham os visitantes, o Huachipato, do Peru, recebeu o Fluminense. E a escrita se confirmou: o Tricolor das Laranjeiras saiu perdendo, mas mostrou superioridade durante toda a partida e virou o placar, vencendo por 2 a 1.

O Huachipato, jogando em casa, teve maior posse de bola, dando impressão de domínio. Entretanto, o Fluminense era mais incisivo nas suas investidas ao ataque, chegando a colocar uma bola incrível na trave com Wellington Nem. Apesar disso, o Huachipato chegou ao primeiro gol aos 45 minutos do primeiro tempo.

Na segunda etapa, o Fluminense mostrou para que veio e virou o jogo com belos gols de Wellington Nem e Wágner, aos 21 e 31 do segundo tempo, respectivamente. O resultado ainda saiu barato para o time peruano, que viu seu gol ser ameaçado várias vezes.

O destaque da rodada vai para a atuação da dupla Pato e Guerrero na vitória importante, mas silenciosa, do Corinthians. Jogando no Pacaembu com a presença de 4 torcedores, o atacante de R$ 40 milhões foi a principal arma ofensiva do alvinegro no ataque, mostrando bom entrosamento com o centroavante Guerrero.

Os dois deixaram sua marca na vitória por 2 a 0, que demonstrou grande superioridade do Corinthians. O Millonarios não mostrou, em momento algum, força para incomodar o goleiro Cássio, que deixou o gramado de uniforme praticamente limpo.

Por Euclides Cesar Junior


Na noite de ontem, 27/02, quarta-feira, o Timão jogou a primeira partida pela Copa Libertadores depois que foi punido pela Conmembol com a proibição do acesso dos torcedores às dependências do estádio nos dias de jogos. Mesmo diante da situação, o Corinthians venceu o Milionários da Colômbia, sendo os gols assinalados por Guerrero e Pato, nova dupla de ataque corintiana.

Apesar da punição decretada, quatro torcedores conseguiram na justiça o direito de assistirem a partida, pois compraram o ingresso previamente e mediante liminar puderam adentrar ao estádio.

Com relação ao jogo, o Timão se impôs e não deu chances ao time colombiano. Com renato Augusto e Pato assumindo a condição de titulares, em alguns momentos da partida parecia que o time paulista estava treinando e não teve dificuldades em construir a vitória, chegando aos quatro pontos e assumindo a segunda colocação do grupo. O próximo jogo do Corinthians na competição será contra o líder da chave, o mexicano, Tijuana, dia 6 de março, fora de casa.

Antes do confronto pela competição sulamericana, o Corinthians enfrentará o Santos, pelo Campeonato Paulista. O time da capital vem de 4 empates seguidos no campeonato e ocupa apenas a 8ª colocação, ou seja, não é um jogo de vida ou morte, porém a vitória é indispensável.

Tite não decidiu ainda se entrará em campo com o time completo, vai depender dos treinamentos do restante da semana, porém "clássico é clássico" e vem aí mais um bom jogo.

Por Vinícius Cunha


Pela segunda rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América 2013, o Corinthians enfrenta o Millonarios.

O jogo será realizado com portões fechados devido à morte de um torcedor no último jogo do time alvinegro na Bolívia.

O horário da partida é 22h no estádio do Pacaembu.

O time da capital paulista entrará em campo com a seguinte formação: Cássio; Alessandro, Gil, Felipe e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Danilo e Renato Augusto; Pato e Guerrero. Um dos principais reforços do Timão para a temporada deste ano terá sua primeira chance de atuar como titular da equipe na Libertadores, Alexandre Pato, que marcou um gol logo em sua estreia com a camisa alvinegra.

O objetivo do Millionarios, time colombiano, é conseguir ao menos um empate fora de casa e não complicar sua situação na fase de grupos.

O juiz da partida será Nestor Pitana, que será auxiliado por Hernan Maidana.

A provável escalação do Millonarios será: Delgado; Ochoa, Franco, Ithurralde e Martínez; Robayo, Blanco, Otálvaro e Candelo; Montero e Rentería.

O grupo do Corinthians ainda conta com San José, da Bolívia, e Tijuana. 

Por Marcelo Araújo


O Corinthians ainda sente os efeitos da morte do menino Kevin, de 14 anos, em Oruro, na Bolívia, no empate em 1 a 1 com a equipe do San José.

A Conmebol, confederação sul-americana de futebol, condenou imediatamente o clube a jogar de portões fechados, sem a presença da torcida. A punição é preventiva e foi aplicada sem ouvir o Corinthians, motivo pelo qual foi apresentado recurso.

Apesar do alegado otimismo do clube paulista, a Conmebol não aceitou o recurso interposto pelo Corinthians, mantendo a decisão pelo prazo de até 60 dias – prazo válido para ser realizado o julgamento definitivo da questão. Assim, o limbo do atual campeão mundial durará, na melhor das hipóteses, toda a primeira fase da Copa Libertadores, podendo a decisão ser mantida ou revogada.

Com isso, a partida desta quarta-feira (27/02), entre Corinthians e Millonarios, da Colômbia, será realizada com os acessos vedados à torcida.

Ensaiou-se um movimento entre as organizadas para comparecer à Praça Charles Muller, em frente ao estádio. Entretanto, o próprio clube pediu para que a torcida não se aglomerasse no local, procurando evitar novas punições da Conmebol.

Agora, resta ao atual campeão pedir a antecipação do julgamento e ao técnico Tite procurar lidar com o grande desafio que é jogar em casa, porém longe da torcida.

Por Euclides Cesar Junior


Diante dos últimos acontecimentos no que se refere ao trágico acidente no último jogo de futebol entre o time brasileiro corintinhas e o boliviano san josé, podemos observar uma questão, diríamos, um tanto delicada: A torcida organizada.

Se por um lado, essas torcidas lotam estádios, gritam o nome do seu time, esbravejam vários cânticos, enfretam sol, chuva, frio,  são fiéis a ponto de atravessarem o oceano para estar junto ao seu time em um campeonato em outro continente, que se endividam para ter alguns minutos de prazer ao lado do time, onde, às vezes, ainda pequenos são influenciados pelos pais ou amigos…

Por outro lado, segundo alguns inquéritos judiciais, a maioria das brigas que acontecem em estádios estão envolvidos torcidas organizadas. Um quesito muito importante é a violência, e isso sim precisa ter um fim, pois o espetáculo de aplausos, cânticos, é de suma importância, desde que seja feito com respeito ao torcedor que gostria de levar a sua família ao estádio e ao pessoal de terceira idade que também quer fazer parte de um acontecimento onde a paz possa reinar, assim como era no início.

Por isso, ter torcida organizada é apenas um ponto de vista, pois uma torcida pode sim ser elgante e respeitosa. Afinal, nos jogos de tênis, a cada ponto, essa torcida que em muitas das vezes são organizadas, aplaudem.

Também é importante ressaltar que se o Estado é incapaz de conter a violência, seja ela dentro ou nao do estádio, proíba então as torcidas organizadas e claro, os torcedores violentos.

Por Alex Menezes


Existe a possibilidade do Timão abandonar a Copa Libertadores 2013 e isso aconteceria caso o pedido de reversão da pena (a Conmembol decidiu que a torcida corintiana não poderá frequentar os estádios no campeonato atual) não for atendido

Para a diretoria corintiana, a morte do garoto boliviano de 14 anos está sendo supervalorizada, não que o óbito não represente nada, mas para os diretores corintianos o fato está muito exposto na mídia e tem manchado drasticamente a imagem do atual campeão mundial.

O abandono da competição não seria nada lucrativa, mas pessoas dentro do Parque São Jorge tem pressionado o presidente Mário Gobbi a tomar tal decisão, que traria consequências de fazer com que o clube fique impedido de participar das próximas três edições do campeonato e indenize os clubes do seu grupo e também a confederação.

Tal atitude é passível de um ônus pesado, e uma decisão tomada no calor da situação mostraria imaturidade e impaciência da diretoria do clube paulista. O ideal é que os diretores do Timão espere a poeira baixar e não tomem decisões agora,pois o Corinthians é uma nação dentro de um Estado, e com o povo não se brinca.

Por Vinicius da Cunha


Na última quarta-feira (20/02), o jogo entre Corinthians e San José, pela Libertadores da América, terminou em tragédia. Durante o primeiro tempo da partida, realizada na Bolívia, um torcedor do time alvinegro disparou um sinalizador de maneira errada, matando um jovem torcedor do San José, Kevin Beltran, de 14 anos.

A polícia boliviana prendeu 12 suspeitos em meio à confusão na torcida do Corinthians. Todos os rapazes presos portavam sinalizadores idênticos ao disparado. Os suspeitos foram interrogados pela polícia, e o resultado para os testes que comprovam a presença de pólvora nas mãos dos presos deve sair em poucos dias.

A tragédia em Oruro remete a outro triste caso ocorrido no futebol sul-americano. Em 1983, durante uma partida entre Boca Juniors e Racing pelo Campeonato Metropolitano na Argentina. Um torcedor do Boca Juniors disparou um sinalizador igual ao dos torcedores corintianos, matando um torcedor do Racing. Foi descoberto alguns anos depois que o disparo teria sido premeditado por um ex-líder de uma torcida organizada da Boca Juniors, como resposta a uma emboscada sofrida meses antes pelo grupo adversário. Os culpados foram presos por três anos e meio, sendo libertados sob a alegação de homicídio culposo.

No caso Oruro, seguindo o novo regulamento da Conmebol, o Corinthians corre o risco de expulso do torneio. Contudo, foi aplicada a proibição da entrada da torcida corintiana durante os próximos jogos do clube paulista na primeira fase da Libertadores da América. Os dirigentes do clube irão recorrer da decisão, assim que os resultados das investigações estiverem concluídos.

Por Willian Gonçalves


Com o fim de ano se aproximando, o mercado da bola está em alta para os times brasileiros. Entre as equipes que estão se reforçando para esta nova temporada, podemos citar: o Santos, o São Paulo, o Palmeiras e o Corinthians.

O Santos está tentando contratar Robinho, porém, o time do Milan não quer sair perdendo e tenta lucrar ao máximo nessa transação. Segundo o jornal italiano Gazzetta Dello Sport, o time italiano está tentando uma troca com o time santista. O Milan pede a troca de Robinho pelos jogadores Felipe Anderson, Victor Andrade e Arouca.

Já o time do São Paulo, que perdeu o jogador Lucas, William José e Zé Victor, tenta segurar o Rhodolfo, que desperta interesse da Juventus. O time paulista já conta com Negueba (Flamengo) e Aloísio (Figueirense).

O time do Palmeiras, que vai disputar a Libertadores e Campeonato Brasileiro da série B, conta com o goleiro Fernando Prass (Vasco) e Ayrton (Coritiba). O time ainda tenta contratar alguns jogadores como Román Torres (Milionários-Col), Márcio Azevedo (Botafogo) e Martín Cauteruccio (Quilmes-Arg).

O Corinthians, campeão Mundial de 2012, já fechou com Renato Augusto (Bayer Leverkusen). Agora o clube tenta negociar a vinda de Alexandre Pato (Milan) e Dedé (Vasco).

Tentativas de novas negociações a parte, os torcedores aguardam  ansiosamente a temporada 2013.

Por Viviane Nascimento


Heroi do time na Libertadores e no mundial o sempre polêmico Emerson Sheik mandou seu recado para o possível mais novo contratado do Corinthians, Alexandre Pato. Após o jogo das estrelas realizado pelo ex-jogador Zico, Sheik mostrou entusiasmo com a possibilidade de contratação, mas já deixou logo o seu aviso.

– “A marca do Corinthians é essa. Não tem nenhum astro, nenhuma estrela, é difícil falar quem vai jogar. O Tite preza muito quem está em um momento melhor. Para jogar, tem de estar bem, treinar, se dedicar, mostrar comprometimento com o grupo. Daí, certamente haverá lugar na equipe, porque nosso treinador é muito justo”.

Na partida comemorativa realizada por Zico, Emerson estava bem disposto e correu bastante durante o jogo e ainda emendou: “O Tite está vendo, tem de correr – brincou”.

As negociações pelo ainda jogador do Milan estão muito avançadas. O Corinthians reuniu o valor necessário para a compra e aliado a isso está a vontade de Alexandre Pato em deixar o time italiano. No timão todos procuram desconversar sobre o assunto, mas o que se sabe é que internamente a contratação é dada como certa.

Por Sérginho Frigini


Neste mês de dezembro começaram a ser realizadas entregas dos primeiros estádios prontos para a Copa do Mundo de 2014, mas um deles provavelmente irá atrasar os prazos definidos para este evento.

Esta situação diz respeito ao estádio do Corinthians – o Itaquerão – que vem enfrentando problemas para obter os recursos financeiros necessários para as obras.

Isto acontece porque a Odebrecht e o Banco do Brasil – empresas responsáveis pela reforma do estádio – estão com diversos impasses junto ao BNDES para conseguir os empréstimos necessários.

O grande impasse se refere às garantias dadas para a liberação do financiamento, pois a Odebrecht quer oferecer as receitas futuras do estádio e o Banco do Brasil – que está intermediando a negociação – não aceita projeção de receitas futuras como garantia que iria contra as práticas bancárias vigentes.

Em troca, a entidade bancária quer que seja dado como garantia algo físico ou uma fiança para suportar o empréstimo no valor total de R$400 milhões ou então que a Odebrecht se torne a controladora do fundo monetário com direitos sobre o estádio.

Deste modo a questão estaria resolvida, certo? Não, errado! Porque a Odebrecht não aceita nenhuma das opções disponibilizadas pelo Banco do Brasil já que é responsável apenas pela construção do estádio e que o Corinthians não abre mão de controlar o fundo monetário de seu estádio.

Diante desta situação, a Odebrecht já solicitou prorrogação do prazo para que o BNDES conceda o financiamento até 2013, sendo que a possível solução para esta história seriam os chamados naming rights do Itaquerão.

Agora é preciso aguardar e torcer para um desfecho feliz e rápido desta pendência envolvendo a reforma do estádio do Corinthians.

Por Ana Camila Neves Morais


O técnico do Corinthians, Tite, está em um excelente momento em sua carreira, haja vista que nos últimos anos conquistou os mais importantes títulos que um time poderia ganhar. Por último, consagrou-se levando o Timão a ser bicampeão mundial de clubes. Deste modo, foi impossível evitar as perguntas de jornalistas sobre uma possível liderança à frente da seleção brasileira.

Após abater o Chelsea em um jogo dramático com amplo destaque para o goleiro Cássio, o técnico deu uma entrevista na sala de coletivas do estádio de Yokohama e algumas repórteres questionaram a Tite se ele tinha pretensões de ocupar o lugar de Felipão. O técnico de forma muito consciente afirmou que a seleção já tinha competentes técnicos.

O técnico afirmou ainda que permanece no Corinthians e irá, talvez, mudar o esquema tático aumentando com um centroavante mais rápido. Existem vários rumores que propostas foram feitas ao técnico, mas o próprio clube afirmou que não libera o professor que levou o clube a inúmeras e importantes vitórias.

A importância deste título conquistado pelo Corinthians é tão expressivo que foi comemorado por todos os torcedores brasileiros, independente do clube que torcem. Durante os últimos cinco anos, o troféu de melhor do mundo esteve entre os times da Europa e agora, novamente, volta ao solo tupiniquim.

Para quem está na busca de uma convicção da vitória brasileira na Copa de 2014, evidentemente esse é um sinal positivo.

Por Sérgio Silva


A manhã foi de expectativa para o torcedor brasileiro, em especial para os corinthianos. Milhares de torcedores de reuniram por diversas partes do Brasil, para acompanhar o Corinthians na disputa do Mundial de clubes, organizado pela Fifa.

Com o resultado mínimo (1×0), o clube paulista venceu a disputa contra o Chelsea (Inglaterra) e levou para a casa o segundo título mundial de sua história.

Em um confronto duro, contra uma equipe que tentava salvar sua temporada, o Corinthians teve dificuldades para encontrar uma fluidez no jogo. Cássio, goleiro corinthiano, foi o herói da partida, salvando sua equipe por pelo menos três lances claros de gols. 

A nova conquista marca a nova era corithiana. Após a queda do clube para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro, o clube iniciou uma grande ascensão. O time do Parque São Jorge se reestruturou e chegou ao topo, conquistando campeonatos nacionais, além dos títulos da libertadores e mundial.

Após o apito final, de uma partida marcada pelo equilíbrio e pela eficiência do clube paulista (Guerrero marcou o único gol da partida), foi só festa da torcida corinthiana, que invadiu em peso o Japão (país que sediou a competição).

Por Renato Benevenuto


Corinthians vence o Al Ahly por 1×0 e vai para  final do Mundial 2012. O Corinthians teve dificuldades para enfrentar os egípcios nesta manha de quarta-feira no Toyota Stadium, com aproximadamente 31 mil pessoas.   

O time brasileiro não fez um belo jogo, mais foi eficiente com Paolo Guerreiro marcando um gol que garantiu o time mais uma final no Mundial de Clubes.

O time do Al Ahly como era esperando veio jogando fechando e tentava fazer o gol no contragolpe. O goleiro Cassio nada fez, pelo menos no primeiro tempo. O Corinthians tentava o primeiro gol de bola parada, aos 29 minutos. Douglas bateu escanteio e Paolo Guerreiro marca de cabeça o único gol da partida.

O Al Ahly saiu mais para o jogo no segundo tempo. Cassio fez algumas defesas e levou um susto com o jogador Rabia batendo de longe. Corinthians teve queda no volume de jogo e Tite substitui Emerson que não fez uma grande partida por Romarinho, em seguida Douglas pelo Jorge Henrique.

Com o placar de 1×0 o time brasileiro recua e cumpri com sua responsabilidade de vencer, levando a nação corintiana ao delírio.

Por Viviane Nascimento 


Nesta quarta-feira, às 8:30 (horário de Brasília), o Corinthians irá enfrenta o Al Ahly no estádio Toyota Stadium, no Japão. Além do time egípcio, o Corinthians ainda vai ter dois adversários duríssimos, um deles é o frio muito forte e o outro é o frio na barriga da estreia no Mundial de Clubes.

O Corinthians conquistou seu primeiro Mundial de Clubes no ano 2000. Com a competição sendo realizada no Brasil, o Corinthians se tornou campeão depois de uma disputa de pênaltis contra o Vasco da Gama.

Depois de poupar o goleiro Cássio por dores no ombro, o técnico Tite confirmou a escalação do goleiro, assim como também confirmou a escalação do atacante Paolo Guerrero.

O Corinthians deve jogar com a seguinte escalação: Cássio, Alessandro, Chicão, Paulo André e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Douglas e Danilo; Emerson e Paolo Guerrero. Sendo assim, o Corinthians vai ter força máxima para a primeira partida do Mundial de Clubes.

Você pode conferir a cobertura completa da competição na Rede Globo e também na Rede Bandeirantes de televisão. Vale lembrar que ambos os canais irão transmitir os jogos do Timão ao vivo.

Por Bruno Mathiuzzo


A cada dia que passa fica mais perto o momento esperado pelos corintianos de participar do Mundial de Clubes no Japão.

Nesta segunda-feira – dia 26 de novembro de 2012 – o time paulista divulgou a relação dos jogadores que estarão presentes nesta competição internacional.

Entre os indicados existe apenas a pendência do volante Guilherme que, segundo a Fifa, não está no clube brasileiro há tempo suficiente para integrar a equipe do Corinthians no Mundial de Clubes.

O jogador chegou ao time da Gaviões da Fiel logo após a Taça Libertadores e, por isso, o time vai questionar na Fifa os prazos estipulados para mantê-lo na equipe que vai ao Japão.

Mas se não for possível a sua manutenção, Guilherme será substituído pelo também volante Willian Arão.

O Corinthians estréia no Mundial de Clubes no dia 12 de dezembro de 2012 na cidade de Toyota sem adversário definido até o momento.

Por Ana Camila Neves Morais


O Internacional recebe o Corinthians pela trigésima sexta rodada do Brasileirão 2012. A partida será realizada no dia 18 de novembro, no estádio Beira-Rio, às 19h30.

O Internacional tem poucas chances de entrar novamente na área do G4 e se classificar para a Copa Libertadores da América de 2013. Porém, para conseguir esta difícil tarefa, precisa ganhar os três jogos restantes e torcer por uma combinação de resultados praticamente impossível. A equipe gaúcha está em oitavo lugar, apresenta 51 pontos em 35 rodadas, com aproveitamento de 48,6%. O artilheiro do Inter no campeonato é Leandro Damião, que marcou 7 vezes para o Colorado.

O Corinthians, atual campeão da Copa Libertadores da América, não está preocupado com a classificação, mas pretende terminar o campeonato em uma boa posição, com o intuito criar um bom clima na equipe para a disputa do Mundial de Clubes da FIFA.

Na sexta posição do torneio brasileiro, o Timão apresenta 53 pontos em 35 rodadas, com aproveitamento de 50,5 pontos percentuais. O jogador que marcou mais gols para o time alvinegro no Brasileirão foi o volante Paulinho, que balançou a rede por sete vezes. 

Por Marcelo Araújo


Animado com uma possível volta ao futebol brasileiro, mais precisamente para o Corinthians, o zagueiro Anderson Martins se reuniu com o presidente do clube que atua atualmente, o Al-Jaish (Quatar) e ouviu do mandatário uma resposta positiva em relação à sua liberação.

Apesar de ter investido cerca de R$ 13 milhões para realizar a aquisição do atleta junto ao Vasco, em agosto do ano passado, o presidente do clube qatariano irá a favor da vontade do zagueiro, deixando em aberto uma oferta de empréstimo ou até mesmo uma negociação em definitivo. Anderson Martins tem contrato com o Al-Jaish até agosto de 2015.

Segundo informações, o Corinthians está de olho na situação, embora negue, e deverá fazer uma proposta formal.

O Timão não quer confirmar nenhuma negociação, embora esteja trabalhando para deixar algumas ofertas bem encaminhadas antes do embarque para o Japão no dia 04 de dezembro (o clube paulista vai disputar o Mundial de Clubes, devido ao fato de ser o atual campeão da Libertadores).

Hoje o Corinthians conta com seis zagueiros no elenco e busca reforçar o setor para repor as peças perdidas após o título da Libertadores (Leandro Castán e Marquinhos deixaram o clube após a conquista).

Por Renato Benevenuto


Em novo teste antes do Mundial do Japão, o Corinthians enfrentou o Coritiba no Pacaembu (SP) e venceu com facilidade a equipe paranaense. 

Mesmo sem qualquer aspiração no campeonato, o Timão segue em ritmo forte, fazendo uma preparação para competir no Mundial de Clubes que acontecerá no Japão. A vítima da vez foi o Coritiba, que saiu goleado com facilidade pelo alvinegro paulista. 

Com início intenso, o Timão definiu o jogo com pouco menos de 20 minutos, ao fazer 3 gols. Envolvente, a equipe paulista era melhor na partida e achava com tranquilidade os espaços deixados pelo Coxa. 

Após estar perdendo por três gols de diferença, o Coritiba descontou com Deivid. Mas a equipe do Corinthians não se abateu e fez mais 2 gols, fechando o placar com a vitória paulista por 5×1 sobre os paranaenses. A vitória foi fácil para o Timão.

Pelo lado do Corinthians, os gols foram marcados por Chicão, Fábio Santos, Guerreiro, Martínez e Paulinho. Pelo lado do Coritiba, como dito anteriormente, o gol foi marcado por Deivid.

De gritos de "olé" da Fiel a provocações sobre o rival Palmeiras, esse é o Corinthians em preparo para o Mundial.

Confira no vídeo os melhores momentos da partida:

Por Renato Benevenuto


Décimo colocado no Campeonato Brasileiro, o Náutico recebe o Corinthians, neste sábado, 06/10, no estádio dos Aflitos, pela 28ª rodada. A equipe de Pernambuco vem fazendo uma boa campanha e busca se distanciar ao máximo da zona do rebaixamento.

Do outro lado, o alvinegro tem sido uma equipe imprevisível. Por não estar disputando diretamente nenhuma vaga e nem o título, tendo em vista que o Corinthians já está garantido na Libertadores de 2013, o time paulista tem surpreendido alguns adversários.

Na última rodada, por exemplo, o Sport, que luta contra o rebaixamento, foi goleado por 3 a 0. Uma rodada antes, o time arrancou um empate do Botafogo, em pleno Engenhão.

O Náutico venceu o Atlético Goianiense na última rodada e tem se mostrado um mandante extremamente eficaz, ganhando até mesmo de times que disputam a ponta da tabela. Em todo o campeonato, foram apenas duas derrotas em seus domínios, para Fluminense e Coritiba. Os bons resultados vão garantindo a equipe do técnico Alexandre Gallo entre os times que se classificam para a Copa Sul-Americana.

No primeiro turno, o Corinthians levou a melhor, vencendo por 2 a 1.

Por Paulo B.


Após a conquista da Copa Libertadores da América 2012, o Corinthians utilizou o Campeonato Brasileiro como forma de encontrar o time ideal para enfrentar o Chelsea no Mundial de Clubes da FIFA que ocorre no final do ano.

Apesar disso, o clube apresenta campanha satisfatória no torneio, ocupando a oitava posição, com 36 pontos em 26 séries de jogos. Matematicamente, a equipe ainda tem chances de acabar entre os 4 primeiros colocados. Seu aproveitamento atual é de 46,2%. Na última rodada, a equipe do Parque São Jorge empatou fora de casa com o Botafogo.

Pelo lado do Sport, a situação requer cuidado, pois o time encontra-se na Zona de Rebaixamento do torneio e apresenta aproveitamento de apenas 34,6% em 26 rodadas. Apesar disso, a equipe é a que tem mais chances de deixar o G4.

O Sport vem embalado por uma vitória em casa sobre o Coritiba na ultimada rodada (1 x 0). Para vencer o Corinthians, conta com os gols de Felipe Azevedo e Gilberto, ambos com 5 na competição.

O jogo será realizado no Pacaembu, às 16h, do dia 30 do mês de setembro.

Por Marcelo Araújo


A volta de Seedorf ao time do Botafogo fez o time melhorar em relação aos dois últimos jogos. Mesmo não conseguindo a vitória, o empate, depois de estar perdendo, acabou sendo um bom resultado. Com mais jogadas ofensivas, o Botafogo, que até saiu na frente, contou com a boa partida de seu camisa 10 para empatar e segurar o Corinthians.

O primeiro tempo do jogo começou bastante movimentado. Logo no primeiro minuto, Jefferson teve que fazer uma boa defesa para evitar que o Corinthians abrisse o placar. Aos 3 minutos, foi a vez do Botafogo chegar e reclamar de um pênalti em Elkeson, que o juiz nada marcou. 2 minutos depois, o Botafogo abriu o placar. Gabriel cruzou, a bola passou por toda área e encontrou Seedorf, que chutou. A bola desviou em Alessandro e foi direto para as redes.

O Corinthians não se abateu e logo depois Guerrero empatou. Jefferson fez uma boa defesa em um chute de Paulinho, mas no rebote o atacante peruano cabeceou e deixou a sua marca. Embalado, o Timão continuou em cima e não tardou para virar o placar. Douglas marcou de pênalti o segundo gol da equipe paulista. Depois do começo de jogo fulminante, o ritmo caiu e as chances ficaram mais raras. O time carioca ainda teve um gol corretamente anulado e foi o último lance relevante da primeira etapa.

Com a ideia de manter a posse de bola e segurar o Botafogo, parecia que o Corinthians iria conseguir isso. Até a metade do segundo tempo, o Botafogo não havia conseguido assustar nenhuma vez o time paulista. Foi quando, mais uma vez, brilhou a estrela do craque holandês. Aos 29 minutos, Seedorf recebeu a bola, partiu pra cima da defesa e chutou para decretar a igualdade no placar: 2×2. A partir daí, o Botafogo melhorou na partida e tentou pressionar o Corinthians, mas esbarrou numa defesa bem postada e não conseguiu mais alterar o placar.

Com o ponto conquistado, o Botafogo chega a 40 pontos, ainda na 6ª posição. O Corinthians tem 36 e é o 8º colocado.

Por Augusto Cesar


O meia Danilo chegou ao Corinthians em 2010. Antes disso, a principal lembrança dos brasileiros sobre o jogador foi no tempo em que ele atuou pelo São Paulo, se sagrando campeão da Libertadores e do Mundial de Clubes em 2005. E foi essa experiência fundamental que fez do jogador uma das principais armas do técnico Tite nesses dois anos.

Além disso, ele ganhou as graças da torcida com os títulos do Campeonato Brasileiro do ano passado e da Copa Libertadores deste ano. Foi dele, também, o passe do primeiro gol de Émerson Sheik na épica final da Copa LIbertadores contra o Boca Juniors. Ele ainda marcou um outro gol fundamental, ao empatar a partida contra o Santos no Pacaembu, na semifinal do torneio.

E os corintianos tem o que comemorar, Danilo acaba de renovar o contrato até julho de 2014. Com isso, o atleta tem participação assegurada no Mundial do Japão e pelo menos mais uma temporada no Corinthians. E que seja mais uma temporada cheia de festa e de títulos desse grande meia.

Até agora, Danilo já fez 146 partidas com a camisa alvinegra, nas quais deixou sua marca por 18 vezes.

Por Paulo B.


Um clássico entre Rio de Janeiro e São Paulo marca a vigésima sexta rodada do Campeonato Brasileiro de 2012. O Botafogo recebe o Corinthians no estádio Engenhão às 16h do dia 23 de setembro.

O Time da Estrela Solitária ainda tem chances de conquistar uma vaga no G4, pois está a apenas 4 pontos do Vasco, quarto colocado na Zona de Classificação para a Copa Libertadores da América de 2013.

A campanha do time carioca até agora é a seguinte: 39 pontos em 25 rodadas com aproveitamento de 52%. Para somar três pontos e vencer o Corinthians, o Botafogo conta com o possível retorno do holandês Seedorf e os gols de Andrézinho, que já marcou oito vezes no torneio nacional.

Porém, o Time do Parque São Jorge, apesar de estar utilizando o Campeonato Nacional como uma forma de testar jogadores e formações para o Mundial de Clubes FIFA do final do ano, segue na luta para manter a regularidade de tirar pontos dos times da parte de cima da tabela.

O alvinegro paulista apresenta 35 pontos ganhos em 25 rodadas, com um aproveitamento de 46,7%. Os principais destaques da equipe corintiana no Brasileirão são o goleiro Cássio, o volante Paulinho e os atacantes Romarinho e Emerson.

O Timão vem de vitória por 2 a 0 sobre o arquirrival Palmeiras na última rodada e está embalado para somar mais três pontos.

Por Marcelo Araújo


Pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Botafogo irá enfrentar o Corinthians no estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ). A partida será realizada no dia 23 de setembro (domingo), às 16:00.

Notícias do Botafogo:

De terça-feira a sexta-feira o time fica concentrado na CBV (Confederação Brasileira de Vôlei). A principal incumbência do técnico Oswaldo de Oliveira está na recuperação de dez atletas. O técnico está preocupado com falta de tempo para a adaptação dos atletas recém-chegados.

A principal notícia dos botafoguenses está na volta do meia Clarence Seedorf. Elkeson também retorna ao time após cumprir efeito suspensivo.

No ataque, o Botafogo deve contar com a presença de Rafael Marques. Esta pode ser a chance do jogador se firmar na equipe e acabar com as dúvidas da torcida.

Notícias do Corinthians:

Os corintianos estão embalados após a vitória contra o Palmeiras no Pacaembu. Danilo e Fábio Santos estão suspensos. Douglas conta com outra oportunidade para manter-se no plantel principal que está sendo formado para disputar o Campeonato Mundial, no Japão, em dezembro.

Por Renato Duarte Plantier


Se as coisas já não estavam nada fáceis pelos lados do Palmeiras, a recente derrota contra o Corinthians conseguiu deixar tudo pior.

Com uma situação muito crítica na tabela e sem conseguir se reabilitar, os torcedores palmeirenses começaram a mostrar que estão ficando impacientes com a equipe. Mesmo a troca de técnico não fez o time voltar a vencer, tendo isso revoltado a maioria de palestrinos.

A diretoria segue sendo vista como a principal culpada pela má fase do time. Muito cobrados, o presidente Arnaldo Tirone, o vice Roberto Frizzo e o diretor Piraci de Oliveira, têm se afastados de ações públicas, como acontecido nesta segunda feira, onde o presidente seria o anfitrião de um evento e acabou por não ir.

Fanáticos mais extremos já até partem para a violência. Logo após a derrota contra o Corinthians, torcedores invadiram um dos estabelecimentos do vice Roberto Frizzo e, mesmo com várias pessoas no local, depredaram quase todo o ambiente. Outro local vítima de depredação foram os portões da loja oficial do clube, que amanheceu pixado: "Acabou a paz vagabundos".

Se quando voltar a campo contra o Figueirense, adversário direto na luta contra o rebaixamento, o time não vencer, a situação tende a ficar irreversível. Tanto no quesito rebaixamento, quanto em se tratando desses 'torcedores'.

Por Augusto Cesar


Um dos maiores clássicos nacionais acontece nesse domingo. Quando Palmeiras e Corinthians entrarem em campo, milhões de pessoas irão parar para acompanhar a partida entre os campeões do país e os campeões do continente. Mesmo com pouca coisa em jogo pelo lado corinthiano, nenhum jogador ou torcedor gostaria de perder para o maior rival. Pelo lado palmeirense, a luta contra o rebaixamento vem assombrando. E nada melhor que uma vitória no Derby para começar a arrancada necessária para escapar.

Tendo demitido o técnico Luiz Felipe Scolari na última quinta-feira, o Palmeiras será comandado pelo interino Narciso, no clássico. Sem pode contar com o zagueiro Thiago Heleno, o treinador poderá escalar Leandro Amaro em seu lugar ou recuar novamente Henrique, que vem atuando de volante.

Mas Narciso também tem boas notícias. O volante Marcos Assunção, um dos principais jogadores do time, volta de lesão e está relacionado para a partida. Maikon Leite, fora do último jogo, também é opção. A esperança alviverde é Barcos. O goleador argentino gosta de jogar os grandes jogos e vem bem preparado para enfrentar o arquirrival.

No Corinthians, o técnico Tite não terá um de seus principais jogadores. Emérson, que tomou 6 jogos de suspensão, está fora da partida. Alessandro e Chicão também não estarão disponíveis. Com os desfalques, devem ganhar chance Guilherme Andrade, Wallace e Martinez. Sem pressão no campeonato, o Timão entrará no clássico mais leve, tentando aproveitar essa vantagem contra o rival de Palestra Itália.

O clássico acontece às 16h e o árbitro da partida será Marcelo Aparecido de Souza.

Por Augusto Cesar


O clássico mais tradicional do futebol da capital paulista ocorre pela vigésima quinta rodada do Campeonato Brasileiro de 2012. Entram em campo Palmeiras e Corinthians, equipes de rivalidade secular que já disputaram diversos títulos importantes do futebol brasileiro.

Porém, no torneio deste ano, os clubes mostram uma situação bem diferente na tabela. O Palmeiras, que jogará em casa, está na zona de rebaixamento do torneio e, recentemente, teve o técnico Luiz Felipe Scolari demitido de seu cargo. Com isso, o Palmeiras fica com o interino até que alguém seja contratado para a função, um dos nomes mais cotados é o de Emerson Leão.

O Corinthians está na parte intermediárias da tabela, apresenta 32 pontos ganhos em 24 jogos e tem 44,4% de aproveitamento, figurando na nona posição da classificação. O alvinegro paulista vem de empate contra Ponte Preta e pretende somar três pontos contra o Palmeiras para subir na tabela. Já o clube verde-e-branco tem apenas 20 pontos em 24 rodadas, com aproveitamento de 27,8%.

O apelido do clássico entre Palmeiras e Corinthians é Derby Paulista. O jogo será realizado no estádio do Pacaembu, às 16h do dia 16 de setembro.

Por Marcelo Araújo


Dois times de campanhas quase idênticas no Campeonato entraram em campo na noite desta quarta-feira (12/09) em São Paulo. Corinthians ePonte Preta têm o mesmo número de pontos e fizeram um jogo bastante equilibrado. Mesmo sem poupar jogadores para o clássico de domingo, o Corinthians não conseguiu se superiorizar e tal equilíbrio se confirmou no resultado final.

Com as duas equipes se estudando no começo, o jogo começou lento. A primeira oportunidade veio a aparecer com Roger, da Ponte, em chute para fora. Pouca coisa de interessante acontecia. Em uma delas, Marcinho, com visão aberta, isolou a bola. Pouco depois, a Ponte teve um gol corretamente anulado, do zagueiro Tiago Alves. Apenas aos 41 minutos que o Corinthians conseguiu criar a primeira chance. Douglas arriscou, mas Edson Bastos espalmou. Na última chance do primeiro tempo, Marcinho quase surpreendeu o goleiro Cássio, mas o mesmo conseguiu voltar e defender, garantindo a igualdade no placar.

Tentando voltar mais presente ao ataque no segundo tempo, o Corinthians não conseguiu emplacar. Enquanto isso, a Ponte continuava tentando. Aos 6’, Nikão fez Cássio praticar uma grande defesa. Aos 19’, mais um gol anulado da Macaca, agora em lance com o atacante Roger. Mais sólida em campo, a Ponte conseguiu chegar a seu gol. Em cobrança de falta ensaiada, Tiago Alves abriu o placar, aos 22 minutos de jogo. O Timão, então, partiu pra cima e, 2 minutos depois, Guilherme quase conseguiu o empate. Aos 31’, foi a vez do jovem Giovanni perder uma boa oportunidade para os donos da casa. No desespero, o Corinthians começou a fazer chuveirinhos na área. Perto do fim do jogo, o Corinthians conseguiu o empate. Emerson, depois de jogada entre os zagueiros corinthianos, desviou de primeira e igualou a partida, que terminou assim.

Com o empate, o Corinthians se mantém na 9ª posição. Com o mesmo número de pontos, a Ponte fica em 10º nos critérios de desempate.

Por Augusto Cesar


Contando com força máxima, a Ponte Preta irá visitar o Corinthians, em São Paulo, em confronto válido pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Todos os desfalques do time pontepretano na última rodada retornam. Edson Bastos, Cicinho e Luan, que fizeram uma imensa falta no jogo contra o Figueirense, voltam diretamente ao time principal. Giancarlo, autor de um dos gols na última partida, deve seguir como titular. Sem perder há 5 jogos, o time agora terá que desafiar o poderoso Corinthians, campeão continental e que joga sem nenhuma pressão no campeonato. Nada que abale a confiança do técnico Gilson Kleina.

Por sua vez, após a vitória contra o Grêmio, o Corinthians entra em campo buscando subir um pouco mais na tabela. Mesmo já classificado para a Libertadores, os jogadores do Timão querem ficar na parte de cima do campeonato. O zagueiro Chicão e o meia Douglas, que não jogaram a última partida, voltam à equipe, enquanto Ralf e Martinez cumprem suspensão automática e não jogam. Alguns titulares ainda devem ser poupados visando o clássico contra o Palmeiras. 

O jogo acontece às 19h30, no estádio do Pacaembu.

Por Augusto Cesar





CONTINUE NAVEGANDO: