Repetindo o feito de janeiro do ano passado, Cristiano Ronaldo, o CR7, conquistou o prêmio da Bola de Ouro pela terceira vez. O prêmio é entregue em uma cerimônia de gala da FIFA ao melhor jogador do ano que terminou.

Durante a noite de gala, outras premiações também são entregues, porém o ponto alto da cerimônia é, sem dúvidas, a entrega da Bola de Ouro ao melhor do mundo.

Concorrendo com Cristiano estavam o argentino Lionel Messi, que atua no Barcelona (maior rival do Real Madrid, clube do CR7) e o goleiro alemão Manuel Neuer (jogador do Bayern de Munique e campeão do mundo pela seleção alemã em 2014).

De acordo com a votação, Cristiano Ronaldo foi eleito melhor do mundo com 37,66% dos votos, uma diferença grande em relação a Messi, que ficou em segundo lugar com 15,76% e Neuer com 15,75% em terceiro.

Diferentemente de sua reação em janeiro de 2014, quando chorou ao receber sua segunda Bola de Ouro depois de quatro anos de ter ganhado a primeira, Cristiano estava muito exaltado, inclusive dando um grito de “Sim” após seu discurso de agradecimento.

Com esse terceiro prêmio, CR7 se igualou ao brasileiro Ronaldo e ao francês Zidane pela quantidade de Bolas de Ouro recebidas. Porém, ainda está atrás de seu grande rival por clube, títulos e recordes, Lionel Messi, que ganhou o prêmio por quatro anos seguidos, de 2009 a 2012.

Mesmo não brilhando na Copa do Mundo do Brasil pela seleção portuguesa, Cristiano teve um ano muito produtivo no Real Madrid. Pela equipe espanhola, CR7 venceu a Copa do Rei, a Supercopa da Europa, a Liga dos Campeões e finalmente o Mundial de Clubes.

Individualmente, ele também se destacou pela artilharia na Liga dos Campeões, com 17 gols marcados em uma única edição, além de bater o recorde juntamente com Lionel Messi, que pertencia a Raúl, de total de gols na Champions, que era de 72 gols. Ao todo, CR7 marcou 61 gols no ano em 60 jogos, ou seja, é sem dúvida um grande artilheiro.

Cristiano Ronaldo conquista o pr?mio Bola de Ouro

Foto: Divulgação


A FIFA divulgou uma lista com os 15 concorrentes para integrarem a seleção do ano. Dentre os nomes indicados, o único brasileiro representando a nação é o craque Neymar.

O jogador do Barcelona foi bastante cotado para integrar os três finalistas que concorrerão à Bola de Ouro desse ano, porém não foi dessa vez. A decisão ficou entre o português Cristiano Ronaldo, o argentino Lionel Messi e o alemão Manuel Neuer.

A lista dos 15 atacantes será a base para escolher os três jogadores que comporão o ataque da seleção. A escolha é baseada na formação com 4 zagueiros, 3 meias e 3 atacantes, mais o goleiro.

Dentre os escolhidos estão:

Arjen Robben, jogador holandês que atua no Bayern de Munique (Alemanha);

Cristiano Ronaldo, jogador português que atua no Real Madrid (Espanha);

Diego Costa, jogador brasileiro naturalizado espanhol que atua no Chelsea (Inglaterra);

Franck Ribéry, jogador francês que atua no Bayern de Munique (Alemanha);

Gareth Bale, jogador do País de Gales que atua no Real Madrid (Espanha);

Karin Benzema, jogador francês que atua no Real Madrid (Espanha);

Lionel Messi, jogador argentino que atua no Barcelona (Espanha);

Luis Suárez, jogador uruguaio que atua no Barcelona (Espanha);

Marco Reus, jogador alemão que atua no Borussia Dortmund (Alemanha);

Neymar Jr., jogador brasileiro que atua no Barcelona (Espanha);

Robert Lewandowski, jogador polonês que atua no Bayern de Munique (Alemanha);

Sergio Agüero, jogador argentino que atua no Manchester City (Inglaterra);

Thomas Müller, jogador alemão que atua no Bayern de Munique (Alemanha);

Wayne Rooney, jogador inglês que atua no Manchester United (Inglaterra);

Zlatan Ibrahimovic, jogador sueco que atua no Paris Saint-Germain (França).

Como um balanço de relacionados, o clube que mais teve jogadores escolhidos foi o Bayern de Munique, com 4 jogadores, enquanto que a liga que mais teve jogadores selecionados foi a espanhola, com 6 jogadores.

O resultado da votação será divulgado no dia 12 de janeiro, na mesma cerimônia que entregará a Bola de Ouro ao vencedor.

Por Rannier Ferreira Mendes

Foto: divulgação


A FIFA acabou anunciando já na madrugada da última terça-feira (28/10) a lista dos 23 jogadores indicados para ganhar o prêmio de melhor jogador do mundo e também em suas posições (goleiro, lateral-direito, zagueiro pela direita, zagueiro pela esquerda, lateral-esquerdo, volantes, meias e atacantes).

Os tão cotados alemães corresponderam as expectativas em representantes na lista, com seis atletas. Dos brasileiros, também foi semelhante ao esperado, somente o atacante Neymar foi relacionado. O outro brasileiro, mas que defende a Espanha, portanto o espanhol Diego Costa, também aparece na lista. Os zagueiros Thiago Silva e David Luiz, do PSG, dessa vez ficaram de fora. Apenas dois dos relacionados na lista da FIFA não participaram da Copa do Mundo por conta de suas seleções não terem se classificado, o atacante sueco Zlatan Hibrahimovic, também do PSG, e o meio-campista galês Gareth Bale, do Real Madrid.

A ausência mais sentida por todos talvez seja a do atacante Luiz Suarez, que mesmo tendo feito uma grande temporada com o Liverpool que disputou até o fim o título do último Campeonato Inglês, ficou negativamente marcado no mundo do futebol pela mordida no zagueiro italiano Chiellini durante a Copa do Mundo, o que também lhe rendeu uma punição com uma suspensão por alguns meses e fez com que ele só voltasse a atuar oficialmente no último sábado, pelo seu novo clube, o Barcelona, no Campeonato Espanhol, contra o arque rival Real Madrid.

Outra lista divulgada pela entidade máxima do futebol (FIFA) foi uma com os dez técnicos indicados a melhores do último ano. De todos os treinadores indicados, somente Alejandro Sabella, que saiu da Seleção Argentina após conquistar o segundo lugar no Mundial, é o único sem emprego atualmente.

Os técnicos e capitães das seleções nacionais, além de jornalistas que são selecionados pela revista France Football farão a decisão final dos merecedores dos prêmios de melhores do mundo no futebol.

O evento Ballon d'Or ou "Bola de Ouro", realizado pela FIFA para eleger e premiar os melhores profissionais do mundo no futebol ocorrerá no dia 12 de janeiro de 2015.

Confira abaixo a lista dos 23 jogadores (país de origem/clube que atua) relacionados pela FIFA para concorrerem ao prêmio de melhor do mundo:

– Manuel Neuer (Alemanha/Bayern de Munique-ALE);

– Tomas Müller (Alemanha/Bayern de Munique-ALE);

– Phillip Lahm (Alemanha/Bayern de Munique-ALE);

– Bastian Schweinsteiger (Alemanha/Bayern de Munique-ALE);

– Mario Gotze (Alemanha/Bayern de Munique-ALE);

– Tony Kroos (Alemanha/Real Madrid-ESP);

– Cristiano Ronaldo (Portugal/Real Madrid-ESP);

– Lionel Messi (Argentina/Barcelona-ESP);

– Angel Di Maria (Argentina/Manchester United-ING);

– Javier Mascherano (Argentina/Barcelona-ESP);

– Neymar Jr. (Brasil/Barcelona-ESP);

– Diego Costa (Espanha/Chelsea-ING);

– Andrés Iniesta (Espanha/Barcelona-ESP);

– Sergio Ramos (Espanha/Real Madrid-ESP);

– Karin Benzema (França/Real Madrid-ESP);

– Paul Pogba (França/Juventus-ITA);

– Thibaut Courtois (Bélgica/Chelsea-ING);

– Eden Hazard (Bélgica/Chelsea-ING);

– Arjen Robben (Holanda/Bayern de Munique-ALE);

– Zlatan Hibrahimovic (Suécia/PSG-FRA);

– Gareth Bale (País de Gales/Real Madrid-ESP);

– Yaya Toure (Costa do Marfim/Manchester City-ING);

– James Rodriguez (Colômbia/Real Madrid-ESP).

Por João Calvet

Jogadores concorrentes ao pr?mio Bola de Ouro

Foto: Divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: