Este deve ser o jogo mais parelho da última rodada do Campeonato Brasileiro de futebol da série B. Os times do Avaí e do Boa Esporte se enfrentam hoje, sexta-feira, às 19h30, no Estádio da Ressacada, lá em Florianópolis.

Ambos os times já encerraram suas campanhas para o ano de 2013, já que não possuem chances nem de subir e nem de cair para a série C.

De um lado está o Avaí, que até 10 rodadas atrás parecia que seria um dos times do G4 (assim como o Paraná Clube parecia). No entanto, de lá pra cá tudo mudou. Só para ter noção, o Avaí perdeu todas as últimas partidas que disputou, ou seja, jogou 15 pontos no latão de lixo. Se tivesse ganho as 5 partidas, estaria ao lado da Chapecoense, que é a atual vice-líder da competição.

De outro lado está o Boa Esporte, que não tem um histórico tão bom também nos últimos 5 embates. Venceu só 2 dos 5 confrontos. Menos “tosco” que o time do Avaí, que está com essa campanha nula. Deu branco no time de Floripa!

O árbitro da partida será o cavalheiro Leandro Júnior Hermes, do Estado do Paraná, que será assessorado por Edina Alves Batista e Alex Batista da Silva.

avai-x-boa-esporte-brasileirao-2013-serie-b-campeonato

Escalação do Avaí

Tiago; Alex Reinaldo, Pablo, Bruno Maia e Ricardinho; Anderson Uchôa, Marrone, Higor e Cleber Santana; Luciano e Jean.

Escalação do Boa Esporte

Jônatas; Sheslon, Neylor, Thiago Carvalho e Crystian; Vinícius Hess, Moisés, Jéfferson e Éder Lima; Filipinho e Luiz Paulo.


A terça-feira não foi um bom dia para o Atlético-GO. O time perdeu por 1 a 0 na partida contra o Avaí, no Estádio da Ressacada. Sobre isso, o técnico atleticano acredita que a equipe irá reagir no Campeonato Brasileiro, entretanto, lamentou a perda de oportunidades dentro de campo.

Com uma variação significativa no desempenho da equipe entre o primeiro e segundo tempo, o Atlético foi mais ofensivo na etapa inicial da partida, contudo, o time não conseguiu marcar.

De acordo com René Simões, as dificuldades encontradas nas finalizações do primeiro período refletiram no gol que a equipe tomou do Avaí no segundo tempo. O comandante goiano lamentou ter sido derrotado perante o clube catarinense.

O técnico também aproveitou para falar mal dos árbitros do jogo devido à expulsão de Jorginho.

Apesar do resultado negativo nesta partida, o técnico prefere acreditar no sucesso do Atlético-GO na Série B, visto as novas contratações que chegaram como reforços na equipe.

Em onze jogos disputados pela Série B, o Atlético-GO perdeu seis partidas, três foram em casa e três foram fora.

Por Melina Menezes


O meio campista Cléber Santana vai deixar o Flamengo e se transferir para o Avaí. Depois de algumas semanas de conversas e negociações, o jogador acertou seu retorno ao clube de Florianópolis, bandeira que defendeu no ano de 2012.

O fechamento do acordo se deu nesta segunda-feira, dia 6 de maio. Já na manhã seguinte, o jogador se despediu de seus companheiros e da comissão técnica.

Cléber Santana ingressou no Flamengo em setembro de 2012. De lá para cá, ele realizou 23 partidas e faz 4 gols. O Flamengo ainda tinha declarado a vontade de contar com os serviços do meio campista na temporada, apesar da falta de brilhantismo na sua passagem por lá.

O jogador, que até a semana passada negava contatos com Avaí, parece ter mudado de ideia com a proposta de um contrato de 3 anos feita pelo Leão da Ilha.

Vamos aguardar por maior destaque desse jogador no clube que é conhecido como “O Time da Raça”.     

Por Natália De Lazzari


Ninguém segura o Vitória. Esse é o sentimento dos torcedores na Bahia, em virtude do aproveitamento do time no Campeonato Brasileiro da Série B.

Com apenas três derrotas em 26 partidas disputadas, a equipe do técnico Paulo Cesar Carpegiani chegou a 11ª partida sem perder e contra um dos principais adversários, o Goiás. Agora, os baianos vão a Santa Catarina para consolidar a liderança diante do Avaí, na Ressacada, neste sábado, dia 29 de setembro.

Os catarinenses também estão animados. Com a vitória sobre o Guaratinguetá, por 2 a 0, o time busca uma sequência de vitórias para conseguir se aproximar do G4 e do tão sonhado acesso. Com 40 pontos, a equipe ocupa a nona colocação e está nove pontos atrás dos clubes que conquistam o acesso a Série A.

Mas para isso é preciso fazer valer o fator casa, mesmo contra o líder do campeonato. E a tarefa do Avaí não será fácil, pois o aproveitamento do Vitória tem sido excelente também distante do Barradão. 

Quando Avaí e Vitória se enfrentaram no primeiro turno, os baianos se deram melhor e venceram a partida por 2 a 0.

Por Paulo B.





CONTINUE NAVEGANDO: