A terça-feira não foi um bom dia para o Atlético-GO. O time perdeu por 1 a 0 na partida contra o Avaí, no Estádio da Ressacada. Sobre isso, o técnico atleticano acredita que a equipe irá reagir no Campeonato Brasileiro, entretanto, lamentou a perda de oportunidades dentro de campo.

Com uma variação significativa no desempenho da equipe entre o primeiro e segundo tempo, o Atlético foi mais ofensivo na etapa inicial da partida, contudo, o time não conseguiu marcar.

De acordo com René Simões, as dificuldades encontradas nas finalizações do primeiro período refletiram no gol que a equipe tomou do Avaí no segundo tempo. O comandante goiano lamentou ter sido derrotado perante o clube catarinense.

O técnico também aproveitou para falar mal dos árbitros do jogo devido à expulsão de Jorginho.

Apesar do resultado negativo nesta partida, o técnico prefere acreditar no sucesso do Atlético-GO na Série B, visto as novas contratações que chegaram como reforços na equipe.

Em onze jogos disputados pela Série B, o Atlético-GO perdeu seis partidas, três foram em casa e três foram fora.

Por Melina Menezes


Depois de empatarem a primeira partida da final do Campeonato Goiano em 0 a 0, Goiás e Atlético Goianiense voltaram a se enfrentar, desta vez pelo jogo de volta da finalíssima. O Serra Dourada foi o palco mais uma vez, e depois de um novo empate, 2 a 2, o Verdão ganhou o título regional pela 24ª vez.

O Goiás tinha a vantagem de jogar por dois empates, e por isso o Dragão foi para cima do adversário, abrindo 2 a 0, gols Ednei e William Matheus (contra), o que dava o título para a equipe comandada por Enderson Moreira.

A derrota já parecia certa, mas o Goiás encontrou forças e conseguiu chegar ao empate; o primeiro gol saiu dos pés do atacante Walter, e a garantia de título veio no finalzinho da partida, aos 40 minutos, com Neto Baiano. Cerca de 35 mil torcedores compareceram ao estádio.

As duas equipes voltam a jogar no final de semana: o Goiás, no domingo, contra o Cruzeiro, pela Série A do Brasileirão; já o Atlético, no sábado, contra o Palmeiras, em partida válida pela Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro.

Por Vinicius Cunha


O Gampeonato Goiano, contou com um clássico no sábado, 23/03, quando o Atlético atropelou o Vila Nova e se firmou entre os quatro primeiros colocados, complicando ainda mais a situação do adversário.

Nem bem tinha terminado o primeiro tempo e o Vila já perdia por 3 a 0, sob gritos de olé da torcida atleticana, e gozações por parte desta em desfavor do adversário.

Os gols do Dragão foram marcados por Ricardo Jesus (dois), João Paulo e Robston, com Diego Barboza descontando para o Vila e fechando o placar em 4 a 1 para aquele. A vitória atleticana confirmou a discrepância existente nos últimos jogos entre as equipes, em que o Dragão venceu 13 dos últimos 21 jogos, empatando 7 e perdendo apenas uma para o Colorado.

A partida não contou com um bom público, comparecendo no estádio menos de 6 mil pessoas, ainda mais em se tratando de um dos clássicos mais tradicionais do Estado, foi sinônimo de decepção.

Com a vitória, o Dragão chega aos vinte pontos e já é o terceiro colocado, mas o adversário, Vila Nova, continua com 16 e fora do G-4.

Os dois clubes voltam a campo pelo Campeonato Goiano na quarta-feira, 27/03, quando o Atlético visita o Itumbiara, e o Vila o Aparecidense, em Aparecida de Goiânia.

Por Vinicius Cunha


O Atlético-MG enfrenta neste domingo (18), às 17 horas no estádio Independência (MG), o xará goianiense, em busca de uma classificação direta para a fase de grupos na Taça Libertadores de 2013.

O clube mineiro, que já não tem mais chances matemáticas de conquistar o título da competição nacional, caiu para a 3ª colocação após o empate frente ao Vasco e a vitória do Grêmio encima do São Paulo, na rodada anterior.

Já o Atlético Goianiense, que não aspira mais nada já que foi o primeiro time do campeonato a ter seu rebaixamento matematicamente confirmado, entra em campo somente para cumprir tabela. Mas o discurso dos atletas do clube goiano é de que o confronto vale muito, para terminar a temporada com honra.

Apesar de falar à imprensa que o confronto será difícil, os atletas e a comissão técnica do Atlético Mineiro confirmam que é uma partida de vida ou morte para as pretensões do clube. O Galo precisa vencer e torcer por um empate ou derrota do Grêmio para voltar à segunda colocação do campeonato.

Esse embate poderá selar também o destino de Ronaldinho. O atleta confirma que quer disputar a Libertadores e mesmo que negue, sua permanência no clube mineiro está diretamente condicionada à participação do Galo na competição mais importante da América do Sul.

Por Renato Benevenuto


A 35ª rodada do Campeonato Brasileiro 2012 está repleta de jogos importantes. Entre eles, o Atlético-GO, último colocado na tabela, recebe o Santos, nono colocado.

O time goiano tem a difícil tarefa de derrotar o clube paulista, que vem de uma goleada de 4 a 0 sobre o Cruzeiro na última rodada com show do menino Neymar. Em todas as rodadas do campeonato, o Atlético-GO conquistou apenas 23 pontos e tem aproveitamento de 22,5%. Para escapar da zona de rebaixamento, o time tem que conseguir melhorar sua regularidade, além de ter que torcer por uma combinação de resultados quase impossível.

O Santos, apesar de estar em uma posição intermediária na tabela, fez um campeonato abaixo do esperado. O time do litoral paulista conquistou 46 pontos em 34 séries de jogos, com aproveitamento de 45,1%. Porém, conta com quase as mesmas peças que levaram o clube a ganhar o Paulistão deste ano. Para sair com a vitória, a equipe conta com Neymar, Arouca, entre outros craques. Uma baixa na equipe foi a perda do meia Ganso, negociado com outro clube da capital.

O jogo será realizado no dia 10 de novembro, às 19h30, no estádio Bezerrão.

Por Marcelo Araújo


A vigésima sétima rodada do Campeonato Brasileiro de 2012 coloca frente a frente Náutico e Atlético – GO. O Náutico está uma posição mais tranquila da tabela, a chamada zona intermediária. O Timbu figura na décima terceira posição, apresentando 31 pontos em 26 séries de jogos, com aproveitamento de 39,7 pontos percentuais.

Na última rodada, o clube foi derrotado pelo Fluminense, líder do campeonato, e pretende somar três pontos jogando em casa. Para isso, conta com o apoio de sua torcida, que costuma manter uma boa média de público no estádio Aflitos, onde será disputada a partida às 18h30, do dia 29 de setembro.

Situação realmente complicada é a do Atlético – GO. O clube tem a pior campanha do campeonato e está na última posição da tabela. O Dragão apresenta 20 pontos conseguidos nas 26 rodadas do torneio e 25,6% de aproveitamento.

De acordo com alguns especialistas, o clube dificilmente escapará da Segunda Divisão do ano que vem. Para reverter este quadro, o time conta com Felipe, Márcio e Patric, ambos com 3 gols na competição. Na última rodada, o Dragão perdeu para o Flamengo em casa pelo placar de 2 a 1.

Por Marcelo Araújo


Mais uma vez o estádio dos Aflitos será a arma do Náutico no Campeonato Brasileiro. Pela vigésima sétima rodada da competição, os pernambucanos recebem o lanterna Atlético Goianiense, neste sábado 29/09, e buscam se afastar da zona do rebaixamento. O time está na 13ª colocação com 31 pontos, apenas quatro a frente do Sport, que hoje seria o primeiro a cair.

O time do técnico Alexandre Gallo vem de derrota. A equipe perdeu para o líder Fluminense, em Volta Redonda, por 2 a 1. Mas jogando em Pernambuco, o retrospecto é melhor. Uma rodada antes, o time havia vencido o vice líder Atlético Mineiro.

Do lado do Atlético Goianiense, as chances de rebaixamento são maiores a cada rodada. O time não consegue emplacar uma sequência de vitórias e, hoje, está oito pontos abaixo do Coritiba, o primeiro time a escapar da degola. Depois de vencer o Fluminense fora de casa, na 25ª rodada, o time voltou a ser derrotado. No domingo, o Flamengo fez 2 a 1, em pleno estádio Serra Dourada.

No primeiro turno, o Náutico não tomou conhecimento dos goianos, mesmo jogando fora de casa. Vitória por 1 a 0 em Goiânia. 

Por Paulo B.


A vigésima sexta rodada do Campeonato Brasileiro de 2012 será disputada entre os dias 22 e 23 de setembro, próximo final de semana. Entre diversos jogos importantes, Atlético – GO e Flamengo enfrentam-se no estádio Serra Dourada, às 16h.

O Dragão encontra-se em uma situação extremamente delicada no torneio nacional, apresenta apenas 20 pontos conquistados em 25 séries de jogos, com aproveitamento de 26,7 pontos percentuais. Jogando em casa, o clube de Goiânia conta com apoio de sua torcida para faturar três pontos e tentar melhorar sua colocação no campeonato.

O Flamengo, apesar de não estar na zona de rebaixamento, apresenta 28 pontos. Na tabela de classificação, está apenas quatro pontos acima do Sport, primeiro time na área do Z4. O rubro-negro carioca apresenta 28 pontos em 24 rodadas e, apesar de ter um jogo a menos em relação aos outros clubes, seu aproveitamento é de 38,9%.

Para vencer fora de casa e somar três pontos, o Flamengo conta com os gols do jogador Vagner Love, atacante que já balançou as redes por 10 vezes na competição nacional. Fora Love, outro jogadores importantes são Renato, Adryan e Hernane.

Por Marcelo Araújo


No próximo domingo, dia 23 de setembro, às 16:00, a cidade do Rio de Janeiro vai poder acompanhar pela TV aberta a partida entre Atlético-GO e Flamengo. O jogo será disputado em Goiás, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. O sinal de alerta está ligado para as duas equipes, que neste ano lutam de forma direta contra o rebaixamento para a série B.

Notícias do Flamengo:

Os protestos por causa da situação do rubro-negro carioca começam a explodir por todo o país, principalmente após a partida displicente realizada contra o Grêmio, no Rio de Janeiro, pela 25ª rodada.

Léo Moura, que agora atua no meio-campo, desfalca o time flamenguista em consequência do excesso de cartões amarelos. Maldonado, Matheus, Renato e Welinton estão no departamento médico.

A provável escalação da equipe é: Felipe, Wellington Silva, Frauches, Marcos Gonzáles, Ramon, Luiz Antônio, Victor Cáceres, Bottinelli, Ibson, Liedson e Vagner Love.

Notícias do Atlético-GO:

Por outro lado, os rubro-negros de Goiás, mesmo em posição inferior na tabela, estão embalados com a vitória conquistada em cima do líder, Fluminense. A partida foi realizada em Volta Redonda.

Apesar disso, a equipe não poderá contar com os seguintes jogadores lesionados: Adriano Pimenta, Felipe Brisola, Leonardo e Rafael Cruz.

Por Renato Duarte Plantier


Iniciando a 25ª rodada do Campeonato Brasileiro, Fluminense e Atlético Goianiense irão se enfrentar, no começo da noite deste sábado, às 18h30, no estádio Raulino de Oliveira. 

12 jogos sem perder e na liderança do campeonato, o Fluminense entra em campo buscando a manutenção da mesma. Para isso, terá de superar a ausência do artilheiro Fred, além das ausências dos meias Deco e Wágner, que se recuperam de lesão.

Em contrapartida, o time carioca poderá contar com a volta de Valencia, que estava defendendo a seleção colombiana. A aposta da torcida fica em cima do jogador Wellington Nem, que vem fazendo um bom campeonato e vai caindo cada vez mais nas graças dos torcedores.

Diferentemente do Flu, o Atlético, que luta para escapar da zona de rebaixamento, vem há 6 jogos sem vencer. Sua última vitória foi na 18ª rodada, quando venceu o Palmeiras por 2×1. Depois disso, foram 2 empates e 4 derrotas, deixando o time na última colocação.

Para o díficil teste contra o líder, o time goiano não terá Wesley e Joílson suspensos, além de Ricardo Bueno, Rafael Cruz e Felipe machucados. O goleiro Márcio fica sendo a principal arma da equipe, já que, além de defender bem, é a principal arma nas bolas paradas da equipe.

O árbitro da partida será Márcio Chagas e terá auxílio de Altemir Hausmann e Rafael da Silva Alves.

Por Augusto Cesar


O Coritiba começa a respirar no Campeonato Brasileiro. Ontem, a equipe paranaense venceu a segunda partida consecutiva, passou pelo lanterna Atlético Goianiense por 2 a 1, e abriu cinco pontos de diferença para a zona do rebaixamento.

Já o time goiano perdeu mais uma em casa e segue na lanterna e cada vez mais perto da Série B – está a 10 pontos do primeiro time a escapar do rebaixamento.   Vice campeão da Copa do Brasil, o Coxa demorou para reagir no Brasileirão e sofreu, durante algumas rodadas, na zona de rebaixamento.

Mas pouco a pouco vai encontrando seu futebol. As vitórias sobre o Flamengo no fim de semana (2 a 0) e a de ontem, fizeram o time chegar aos 28 pontos e a 13ª colocação.  

As duas equipes precisavam da vitória, e logo foram pra cima. Em dez minutos, dois gols já haviam saído. Inclusive, o mais rápido do campeonato. Aos 26 segundos de partida, Robinho aproveitou saída errada da defesa goiana, e abriu o placar do jogo.

Aos 10, o Atlético empatava com Patric de cabeça.  Mas no segundo tempo, surgiu a estrela de Deivid. O atacante que estava no Flamengo com jejum de cinco meses sem marcar, desencantou, e garantiu a vitória do time do Paraná.   

O coxa agora busca manter a boa fase contra o Santos, no Couto Pereira, enquanto o Atlético tem vida durissima: recebe o líder Fluminense.

Por Paulo B.


Último colocado na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, o Atlético-GO sabe que a cada rodada o flerte com a Série B só aumenta. Com apenas 16 pontos ganhos, e a seis de sair da zona da degola, o Dragão não sabe o que é vencer há quatro jogos.

Nos dois próximos confrontos, porém, a situação pode melhorar ao menos um pouco diante da Portuguesa, no domingo, e do Coritiba, na quarta-feira.

O resquício de confiança se dá pelo fato de o time goiano ter conquistado ao todo 11 pontos quando atuou em seus domínios. Algo que acontecerá diante dos rivais da semana que vem, algo ocorrido em três oportunidades até agora. Ou seja, se for para vencer, a chance é maior no Serra Dourada. Já como visitante, o time não vence em nenhum dos 12 embates.

O meia Danilinho sabe que o elenco necessita dos três pontos para readquirir confiança, palavra pouco utilizada nas últimas semanas pelos discípulos do técnico Jairo Araújo.

"Dentro de casa, temos que conseguir duas vitórias de qualquer jeito. Não podemos, no entanto, entrar afoitos e sermos surpreendidos", salienta o atleta – detentor da titularidade nos últimos três duelos – ao site oficial do clube.

Como fator preocupante vale salientar que o Atlético-GO ainda não conseguiu a proeza de vencer duas vezes consecutivas pelo Brasileiro.

Por Thiago Viana


Entre os dias 5 e 6 do mês de setembro, será realizada a vigésima segunda rodada do Campeonato Brasileiro 2012. Essa é a terceira rodada de jogos do returno e uma das partidas mais importantes ocorrerá entre o Grêmio e Atlético-GO. A posição das duas equipes na tabela reflete uma disputa acirrada tanto para os clubes do G4 quanto para os times que estão na zona de rebaixamento.

O Grêmio, time do técnico Vanderlei Luxemburgo, está em terceiro lugar na competição com 41 gols marcados em 21 jogos. A equipe gaúcha conta com os gols do jogador Marcelo Moreno, atacante que já balançou a rede por sete vezes na competição nacional.

Do outro lado da tabela está o Atlético-GO. O time de Goiás precisa dos três pontos para se aliviar no torneio. O clube apresenta uma campanha ruim com apenas 16 pontos nos 21 jogos que disputou e ocupa o décimo nono lugar na tabela de classificação. Para sair dessa situação, conta com os jogadores Ernandes e Patric, dois de seus principais integrantes.

O jogo ocorrerá no dia 5 de setembro, às 20h30, no estádio Olímpico.

Por Marcelo Araújo


O Atlético Goianiense sempre foi um adversário perigoso atuando em Porto Alegre, inclusive com eliminações na Copa do Brasil e Copa Sulamericana. Para este jogo, entretanto, a grande diferença de pontuação e distância dentro da tabela do Campeonato Brasileiro 2012 dá ao tricolor gaúcho um favoritismo enorme.

Apesar de não contar com a dupla de ataque titular, Kleber está suspenso pela expulsão contra o Palmeiras e Marcelo Moreno está convocado para jogar pela Bolívia, as entradas de André Lima e Leandro não devem diminuir o poder de fogo do ataque, afinal os reservas têm uma média de gols maior que os titulares. O retorno de Gilberto Silva e Elano deve melhorar o desempenho do time, que não contará ainda com Marquinhos, suspenso pelo terceiro amarelo.

Já o Atlético Goianiense vem com vários desfalques. Pituca está suspenso pelo terceiro cartão amarelo e o lateral Marcos foi expulso na última partida. A vitória é fundamental, pois o time ocupa a 19ª colocação e um novo revés aumentará ainda mais a diferença para seus concorrentes diretos.

Um sucesso poderá garantir a liderança pela primeira vez neste Brasileirão ao Grêmio, mas para isso Fluminense e Galo não podem pontuar na rodada, ou seja, haverá Estádio Olímpico lotado e muita torcida contra cariocas e mineiros.

Por José Alberi


Na próxima quarta-feira, dia 15 de agosto, o Atlético-GO enfrentará o Atlético-MG pela 17ª Rodada do Campeonato Brasileiro 2012.

O confronto entre os Atléticos reúne o primeiro colocado (Atlético-MG) e o lanterna da competição (Atlético-GO).

O favoritismo é total para o time de Cuca, que conta com retrospecto muito bom atuando fora de casa, onde conquistou a metade dos pontos até agora.

Já o rubro-negro goiano, que vem de um empate com o Santos, está muito mal no Campeonato, mostra irregularidade e já acumula 9 derrotas (o Galo só perdeu uma partida até agora). Mas não é baseado nos números que o Galo é o favorito para o confronto, mas pelo futebol apresentado, afinal conta com jogadores mais qualificados, com uma organização tática invejável e com uma grande doação dos jogadores.

O Atlético-GO, mesmo atuando em casa, certamente jogará recuado, tentando surpreender nos contra-ataques e marcando forte Bernard, Danilinho, Jô e Ronaldinho Gaúcho, que fazem com que o ataque seja a principal referência do líder isolado do Brasileirão.

Será um duelo de Davi e Golias, onde qualquer resultado diferente de vitória alvinegra tornará a partida a zebra da rodada. A vitória do Atlético-MG pode garantir ao clube o título simbólico de campeão do primeiro turno, além de deixar o Atlético-GO ainda mais perto do rebaixamento para a Série B do ano que vem.

Por José Alberi


Na ponta inferior da tabela, Atlético-GO e Figueirense fazem o jogo dos desesperados pela décima rodada do Campeonato Brasileiro. A partida será no estádio Serra Dourada, em Goiânia, às 21h de quinta-feira (dia 19 de julho).

Os donos da casa jogam para tentar conseguir a primeira vitória na competição, já que até agora a equipe conquistou apenas dois empates e perdeu as últimas sete partidas. O Dragão está na lanterna do Brasileirão, com apenas dois pontos conquistados.

A situação do Figueirense no campeonato também não é das melhores. A equipe catarinense venceu apenas uma vez na competição e está beirando a zona de rebaixamento, na 16ª posição, com 8 pontos, apenas um a mais que o Coritiba, primeiro da degola.

O atacante Louco Abreu foi a grande estrela do time catarinense na derrota por 4×3 para o líder Atlético-MG e deve entrar em campo novamente na cidade de Goiânia. O técnico Argel Fucks também deve contar com o retorno do volante Túlio (que estava suspenso) e do lateral Guilherme Santos (que não pôde jogar por questões contratuais). O Figueirense não vence uma partida há 56 dias. Contra o Galo esteve perto da vitória, pois vencia por 3×1, mas sofreu a virada após a substituição do atacante Louco Abreu.

Por Mozart Artmann


Em partida movimentada, disputada pelo primeiro turno do Campeonato Brasileiro da série A, o Vasco venceu o Atlético Goianiense mesmo jogando mal na maior parte do tempo. Os lances mais perigosos da partida foram originados por Juninho Pernambucano, que a cada partida demonstra o seu valor, mesmo sendo considerado um jogador de idade avançada.

O começo da partida foi acirrado. O chute de Wesley, do time goiano, assustou o goleiro vascaíno. Porém, na cobrança de falta cobrada executada por Juninho Pernambucano a bola foi com perigo para dentro da área, o jogador do Atlético Goianiense desviou para o próprio gol depois da cabeçada de Alecssandro.

No segundo tempo o Atlético Goianiense começou a pressionar. Fernando Prass, como todo o bom goleiro, teve que contar com a sorte, pois os goianos jogaram duas bolas nas suas traves.

Mais uma vez Juninho Pernambucano salvou o Vasco. Com a vitória o time carioca assume a segunda posição, consagrando-se como grande favorito em conquistar o Brasileirão deste ano. O Atlético Goianiense amargura a última colocação do campeonato.

Por Renato Duarte Plantier 





CONTINUE NAVEGANDO: