Pokémon Go – Novos Pokémons da Segunda Geração



  

Niantic irá liberar a segunda geração de pokémons esta semana.

A empresa produtora do jogo Pokémon Go fez a publicação de uma nota a respeito de um anúncio especial para o dia 12 de dezembro. Há especulações de que serão adicionados mais pokémons no game, especificamente a segunda geração de monstrinhos. Esse pode ser um motivo para atrair usuários do jogo que já não demonstram tanto interesse no aplicativo, justamente pela falta de novidades.

Além disso, a empresa trouxe informações exclusivas para jogadores dos Estados Unidos. As lojas de eletrônico Sprint se tornarão ginásios e Pokéstops, dessa forma os gamers contam com mais locais de interatividade com a plataforma. As cafeterias Starbucks devem participar do lançamento da segunda geração, possivelmente se tornando locais específicos, como ginásios, no dia 8 de dezembro.

Existe também a possibilidade de que o anúncio seja referente aos pokémons lendários, ainda indisponíveis. Um indicativo seria a criação de novas PokéStops e ginásios em tão pouco tempo.

Para quem não conhece o jogo Pokémon Go, ele utiliza os personagens da Nintendo, os pokémons. Por meio da realidade virtual, o jogador interage com o mundo ao seu redor para caçar os monstrinhos em qualquer lugar. Com a câmera do smartphone e estrutura do game, é possível identificar as criaturas e lançar pokébolas para capturar os mais variados pokémons disponíveis. Os ginásios são ambientes para a realização de batalhas entre times rivais, marcados no mapa do GPS como pontos de interesse. Já as Pokéstops são locais de coleta de itens, como poções, pokébolas e berries.





Ao contrário de muitos outros programas para dispositivos móveis, Pokémon Go não fatura por meio de anúncios no aplicativo. A renda é gerada pela compra de itens na loja do app. Por isso é importante que a Niantic conquiste novamente os jogadores inativos para aumentar a captação de recursos. Desde o lançamento no Brasil, houve a promessa de novas funções no jogo, porém poucas mudanças significativas ocorrem, o que gerou a grande queda de downloads e uso contínuo de Pokémon Go.

Os fãs brasileiros esperam que esse tipo de ação promocional realizada no exterior chegue também ao Brasil, já que em certas cidades há poucos pontos de interesse marcados no game, o que também dificulta o progresso do jogador. Em outubro, foi realizada uma ação de Dia das Bruxas, quando houve maior incidência de pokémons do tipo fantasma, que normalmente são mais difíceis de serem encontrados.

Por Vanessa Queiroz



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *