Real Madrid conquista quarto Mundial de Clubes da FIFA



  

O Mundial de Clubes da FIFA de 2014 aconteceu neste ano sem a presença de times brasileiros. Porém, como esperado, a final aconteceu entre o vencedor da Liga dos Campeões e o ganhador da Taça Libertadores da América.

O time sul-americano representando o continente no mundial foi o argentino San Lorenzo, clube do Papa Francisco, que chegou até à decisão, após vencer o Auckland City, clube neozelandês, por 2 x 1.

Do outro lado estava o Real Madrid, considerado o melhor time de futebol da atualidade, que venceu neste ano a Copa do Rei, a Supercopa da Europa e a Liga dos Campeões, além de ser o único time a ter 100% de aproveitamento até este momento na edição da Champions 2014/2015. Na semifinal, venceu o Cruz Azul, do México, em uma vitória fácil por 4 x 0.

A grande final da competição aconteceu no último sábado, dia 20 de dezembro, no Grand Stade de Marrakech. Antes do jogo, houve a disputa pelo terceiro lugar, que foi decidida nos pênaltis após um empate por 1 x 1 no tempo regular. O time neozelandês levou a melhor, com um resultado de 4 x 2 nas cobranças dos tiros livres.

A partida começou com grande agressividade no ataque do Real, sendo praticamente o único atacar, enquanto o San Lorenzo tentou se fechar ao máximo para evitar uma goleada dos espanhóis. Houve grande reclamação da arbitragem e diversos cartões amarelos aplicados logo no primeiro tempo.

Os ataques dos europeus acabaram dando certo aos 36 minutos do primeiro tempo. Após um chute de Bale defendido pelo goleiro, o Real teve um escanteio ao seu favor. Toni Kroos cobrou pela esquerda e Sergio Ramos apareceu no meio da área para inaugurar o placar.





Na volta do intervalo, os madrilenos precisaram de apenas 5 minutos para marcar novamente e definir a partida. Bale recebeu a bola livre na grande área e chutou fraco para o gol, porém, o goleiro Torrico falhou e a bola acabou entrando.

A partida terminou em 2 x 0, com o Real Madrid conquistando seu quarto Mundial de Clubes, se igualando ao outro europeu Milan, que também tem quatro títulos na competição.

Por Rannier Ferreira Mendes

Foto: divulgação



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *