Novo técnico do Internacional será o uruguaio Diego Aguirre



  

O Internacional anunciou na última segunda-feira (22/12) o novo comandante para o seu time, e o clube optou pela contratação de um estrangeiro, o uruguaio Diego Aguirre, que também já atuou como jogador do Colorado.

Quatro profissionais já haviam sido procurados após a saída do ex-treinador do Inter Abel Braga. Aguirre estava no futebol do Catar e terá como maior missão a disputa da Taça Libertadores 2015.

Ele teve o seu acordo fechado com o clube gaúcho no último domingo (21/12), junto ao vice de futebol Luiz Fernando Costa sendo o intermediário da negociação.

O treinador, de 43 anos, também vinha negociando uma possível transferência para o Peñarol-URU, mas com a proposta brasileira já recebida ele pediu para receber 108 mil dólares por mês (aproximadamente R$ 287 mil) e teve o pedido negado. E mesmo chegando posteriormente a um acordo com os uruguaios, ele desistiu e fechou com o Inter.

Tudo ocorreu depois que Vitorio Piffero foi eleito o novo presidente do clube e não conseguiu trazer as opções mais desejadas e ainda perdeu de vez qualquer chance de manter o antigo. Primeiro o dirigente tentou a contratação de Tite, que fechou com o Corinthians, depois foi atrás de Vanderlei Luxemburgo, que decidiu permanecer no Flamengo. O cartola, que já havia descartado Abel Braga e Mano Menezes, tentou voltar atrás com os dois pela falta de opções, mas ambos recusaram os convites feitos.





Quando era jogador, Aguirre atuava como atacante e vestiu a camisa Colorada entre 1988 e 1989, quando teve Abel Braga como seu técnico. Ainda no Brasil, além do Internacional, ele também defendeu a Portuguesa e o São Paulo. Também teve duas passagens pelo Peñarol, e jogou em clubes como River Plate-ARG e Independente-ARG. Já na carreira de treinador, iniciou em 2001 no Alianza San Martin e chegou ao Peñarol em 2003. Conquistou o título do Campeonato Uruguaio e comandou equipes como o Alianza Lima-PER, o Montevideo Wanderers-URU e o Al-Gharafa-QAT.

Para a comissão técnica do Inter a partir de 2015, chegam ao clube também o preparador físico Fernando Pignatares, o auxiliar técnico Enrique Carreras e o auxiliar da preparação Marcelo Sanchez.

Por João Calvet

Internacional



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *