Auckland City vs. Sétif – Jogo pelo Mundial de Clubes da FIFA



  

Após vencer o Moghreb Tétouan, clube marroquino, o Auckland City enfrentou o Sétif, da Argélia (campeão africano), dando continuidade ao Mundial de Clubes de futebol que está sendo realizado no Marrocos.

Diferentemente da primeira partida, que o estádio estava cheio (cerca de 35 mil torcedores), já que o jogo foi na casa do time marroquino, o estádio dessa rodada, o Prince Moulay Abdellah, estava bastante vazio, o que é incomum em partidas de Mundiais da FIFA.

A vitória foi magra, apenas 1×0 para o Auckland, mas garantiu a vaga do time neozelandês para enfrentar o San Lorenzo (campeão da Copa Libertadores da América) na semifinal do torneio, em Marrakesh.

Esse foi um feito histórico para o Auckland, já que essa é a sexta participação do clube no Mundial e ele nunca tinha chegado até a semifinal do torneio.

Por uma questão de rivalidade política entre o Marrocos e a Argélia, relacionada a uma disputa pelo Saara, os torcedores locais presentes no estádio torceram para o Auckland, mesmo após ter eliminado o clube local. A torcida incluía vaias para as manifestações argelinas, lances do Sétif, além de comemoração do gol e jogadas do Auckland.

Por apoio da torcida ou não, o clube neozelandês começou melhor na partida, tentando mais ataques, enquanto o time argelino esteve mais na retranca. Por um pouco de falta de qualidade técnica, os times desperdiçaram boas chances de gol e a partida ficou no 0x0 até o fim do primeiro tempo.





Na volta, logo aos 7 minutos do segundo tempo, o Auckland teve um escanteio ao seu favor, que rendeu a bola livre na área para Irving, que chutou e marcou o gol que garantiria a classificação do clube neozelandês.

Após o gol, o time argelino ficou bem mais ofensivo, porém seu adversário fechou-se bem, arriscando apenas em contra-ataques, para manter a vantagem. A estratégia funcionou, e a torcida comemorou muito a vitória do Auckland City sobre o Sétif. Mesmo vitoriosos, os jogadores sabem que a próxima partida será bem mais difícil, já que o San Lorenzo é um clube de alta qualidade.

Por Rannier Ferreira Mendes

Auckland City x S?tif

Foto: Divulgação



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *