Corinthians é considerado o time mais valioso da América



  

A Forbes, conceituada revista de negócios, divulgou esta semana uma lista dos 30 clubes mais valiosos da América, onde o clube paulista Corinthians alcança a liderança entre os times do continente.

Os brasileiros ainda completam os três primeiros lugares com Grêmio e Palmeiras, respectivamente. A pesquisa da Forbes analisa diversas primícias para chegar a elaboração do ranking. É levado em conta o valor do estádio, dos jogadores e também o peso financeiro que a marca dos clubes carregam. Sendo assim, essa é a segunda vez que a equipe paulista figura na primeira posição. De acordo com o que o estudo, o Corinthians é avaliado em R$ 1,5 bilhão ou 579,9 milhões de dólares.

Pelo que parece o clube alvinegro é bem superior aos outros clubes. O Grêmio, segundo colocado no ranking, está avaliado em R$ 917 milhões, uma diferença de mais de meio bilhão de reais. Já o Palmeiras está avaliado em R$ 885 milhões, impulsionado por sua nova arena multiuso. Outros clubes brasileiros também aparecem na lista como Internacional, São Paulo, Santos, Flamengo, Cruzeiro e Fluminense. O levantamento também analisa clubes da América Latina e América do Norte.

Abaixo você confere a lista completa dos 30 clubes:    

1° Corinthians (Brasil) – 1,5 bilhão;

2° Grêmio (Brasil) – 917 milhões;

3° Palmeiras  (Brasil) – 887 milhões;

4° Chiva Guadalajara (México) – 722 milhões;

5° NY Red Bull (EUA) – 648 milhões;

6° Internacional (Brasil) – 625 milhões;

7° América (México) – 599 milhões;

8° Sporting Kansas City (EUA) – 593 milhões;

9° Los Angeles Galaxy (EUA) – 537 milhões;

10° São Paulo (Brasil) – 487 milhões;

11° Atlético-PR (Brasil) – 469 milhões;

12° Santos (Brasil) – 440 milhões;

13° Santos Laguna (México) – 378 milhões;

14° Boca Juniors (Argentina) – 310 milhões;





15° Deportivo Cali (Colômbia) – 309 milhões;

16° River Plate (Argentina) – 296 milhões;

17° Flamengo (Brasil) – 236 milhões;

18° Cruzeiro (Brasil) – 228 milhões;

19° San Lorenzo (Argentina) – 214 milhões;

20° Atlético-MG (Brasil) – 210 milhões;

21° Seattle Sounders (EUA) – 209 milhões;

22° Fluminense (Brasil) – 207 milhões;

23° Cruz Azul (México) – 172 milhões;

24° Tigres (México) – 168 milhões;

25° Montreal Impact (Canadá) – 165 milhões;

26° Independiente (Argentina) – 164 milhões;

27° Tijuana (México) – 163,5 milhões;

28° Emelec (Equador) – 161 milhões;

29° Columbus Crew (EUA) – 156 milhões;

30° Monterrey (México) – 146 milhões.

Por William Nascimento

Corinthians



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *