FIFA divulga lista dos 15 concorrentes ao ataque do ano



  

A FIFA divulgou uma lista com os 15 concorrentes para integrarem a seleção do ano. Dentre os nomes indicados, o único brasileiro representando a nação é o craque Neymar.

O jogador do Barcelona foi bastante cotado para integrar os três finalistas que concorrerão à Bola de Ouro desse ano, porém não foi dessa vez. A decisão ficou entre o português Cristiano Ronaldo, o argentino Lionel Messi e o alemão Manuel Neuer.

A lista dos 15 atacantes será a base para escolher os três jogadores que comporão o ataque da seleção. A escolha é baseada na formação com 4 zagueiros, 3 meias e 3 atacantes, mais o goleiro.

Dentre os escolhidos estão:

Arjen Robben, jogador holandês que atua no Bayern de Munique (Alemanha);

Cristiano Ronaldo, jogador português que atua no Real Madrid (Espanha);

Diego Costa, jogador brasileiro naturalizado espanhol que atua no Chelsea (Inglaterra);

Franck Ribéry, jogador francês que atua no Bayern de Munique (Alemanha);

Gareth Bale, jogador do País de Gales que atua no Real Madrid (Espanha);

Karin Benzema, jogador francês que atua no Real Madrid (Espanha);

Lionel Messi, jogador argentino que atua no Barcelona (Espanha);

Luis Suárez, jogador uruguaio que atua no Barcelona (Espanha);





Marco Reus, jogador alemão que atua no Borussia Dortmund (Alemanha);

Neymar Jr., jogador brasileiro que atua no Barcelona (Espanha);

Robert Lewandowski, jogador polonês que atua no Bayern de Munique (Alemanha);

Sergio Agüero, jogador argentino que atua no Manchester City (Inglaterra);

Thomas Müller, jogador alemão que atua no Bayern de Munique (Alemanha);

Wayne Rooney, jogador inglês que atua no Manchester United (Inglaterra);

Zlatan Ibrahimovic, jogador sueco que atua no Paris Saint-Germain (França).

Como um balanço de relacionados, o clube que mais teve jogadores escolhidos foi o Bayern de Munique, com 4 jogadores, enquanto que a liga que mais teve jogadores selecionados foi a espanhola, com 6 jogadores.

O resultado da votação será divulgado no dia 12 de janeiro, na mesma cerimônia que entregará a Bola de Ouro ao vencedor.

Por Rannier Ferreira Mendes

Foto: divulgação



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *