Expectativas finais para as últimas rodadas do Brasileirão 2014



  

A Série A do Campeonato Brasileiro aproxima-se do fim e isso é motivo de festa para alguns e grande desespero para outros. Considerando isso, o Ministério Público fez pedidos à CBF com intuito de evitar conflitos entre torcidas.

Quem está no topo da tabela quer que as duas últimas rodadas acabem logo para garantirem suas vagas na Libertadores de 2015. Até a 36ª rodada, o Cruzeiro já foi declarado campeão e o São Paulo já confirmou sua vaga, além do Atlético-MG, que venceu a Copa do Brasil e não depende mais de sua posição no Brasileirão para se classificar.

O verdadeiro problema está no final da tabela: faltando duas rodadas, o Criciúma já se despediu matematicamente da Série A e grandes clubes, como o Botafogo e o Palmeiras, estão na degola.

Para o Palmeiras, as duas últimas rodadas são importantíssimas, já que ocupa o 17º lugar, um apenas acima da zona de rebaixamento. Para manter-se na primeira divisão sem se preocupar com seus resultados, é necessário que os quatro times abaixo não somem nenhum ponto em duas rodadas. Como isso é muito difícil de acontecer, ele deverá partir para cima de seus adversários e buscar resultados positivos.

Preocupado com um possível rebaixamento do Palmeiras, o Ministério Público pediu à CBF que o último jogo do campeonato, no domingo, dia 7 de dezembro, não seja disputado no Allianz Parque, nova casa do clube. O MP teme que os torcedores destruam o estádio caso o time caia para a segunda divisão.





Como alternativa, o MP pede que a partida contra o Atlético-PR seja realizada no Pacaembu, já que o antigo estádio possui um alambrado que separa a arquibancada do campo, impedindo que possíveis invasões ocorram no campo.

Outro pedido foi que o jogo entre Corinthians e Criciúma não fosse realizado no mesmo dia que o do Palmeiras, já que os clubes são grandes rivais e isso poderia gerar confronto entre os torcedores nas ruas.

Tal preocupação é porque os jogos da última rodada são programados todos para o mesmo horário, para que um resultado não influencie em outro que estiver ainda ocorrendo. Como ambos os jogos serão realizados na mesma cidade, é possível que as torcidas se deparem em algum momento depois dos jogos.

Por Rannier Ferreira Mendes

Brasileir?o 2014



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *