Análises do desempenho dos times paulistas em 2014



  

1925 e 2014. O que esses dois anos têm em comum? Se olharmos contextos históricos, praticamente nada. Mas se pegarmos algumas particularidades dos dois anos, no que se refere ao futebol e, mais precisamente, ao futebol paulista, tem um fator em comum bem interessante: nesses dois anos nenhum grande clube do estado de São Paulo levantou um troféu. Exatamente.

Em quase 90 anos, pelo menos um desses clubes tiveram alguma conquista na temporada. Os grandes (Corinthians, Palmeiras, São Paulo e Santos) não tiveram nada o que comemorar em 1925 e não terão nada a comemorar agora em 2014. Anteriormente já falamos de Corinthians e Palmeiras e a situação do tricolor e do Peixe são as mesmas que de seus irmãos da capital. Nada de títulos.

O São Paulo viu sua última chance de ganhar algo na temporada ir por água abaixo na última quarta-feira quando foi eliminado pelo Atlético Nacional, nos pênaltis da Copa Sul-Americana. O técnico Muricy Ramalho é unanimidade e prossegue no clube em 2015 e fez uma análise do futebol paulista na temporada: “Às vezes não fomos profissionais dedicados o quanto poderíamos ser. Devemos ser profissionais o tempo todo. Ver o Palmeiras brigar para não cair é triste, o Corinthians tem um grande elenco e Mano vem fazendo a correções necessárias. Acho que o São Paulo está no caminho certo”, disse. Claro que na visão dele o São Paulo está no caminho certo. Pelo menos vai a Libertadores.

O Santos, ao longo da temporada sofreu com a troca de técnicos, demorou a achar o caminho certo a seguir. Na penúltima rodada enfrentou o desesperado Botafogo.

O Santos promete algumas mudanças para 2015. Ederson Moreira deve seguir no clube e alguns jogadores, de alto salário, já foram colocados à venda.





Vamos esperar para ver.

Por Luciana Viturino

S?o Paulo

Santos



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *