Sport Club Internacional reclamada da arbitragem em jogo contra Coritiba



  

O Internacional empatou com Coritiba no estádio Couto Pereira em 1 a 1, na sexta rodada do Campeonato Brasileiro 2014. Para a grande parte dos clubes, obter empate jogando fora de casa representa bom negócio. Porém, representantes do time gaúcho se demonstraram insatisfeitos com o resultado, de forma principal por causa da baixa qualidade na arbitragem.

O Internacional abriu placar com Wellington Paulista e jogou melhor na grande parte da partida. Porém, em pênalti duvidoso, marcado depois que Dida supostamente derrubou Keirrison, aconteceu o empate no placar. Elmo Alves Resende Cunha, árbitro da partida, apitou e apontou à linha da grande área com grande convicção no momento do lance. Porém, parte dos comentaristas ao analisar o replay em câmera lenta disse que não foi nada.

Depois de saber das dúvidas do lance, o técnico Abel Braga começou a reclamar com raiva ao trio de arbitragem, mas não adiantou e o Internacional voltou ao Rio Grande do Sul apenas com um ponto adicional na tabela.

Interessante notar que o goleiro Dida, do Internacional, jurou não ter tocado no atacante do Coritiba. Jogador do time gaúcho, Wellington Paulista, que fez o gol do Inter, disse aos jornalistas depois de jogo que a vitória apenas não aconteceu aos colorados por causa de erros por parte do árbitro.

Paulista acredita que o Inter poderia ter matado a partida no primeiro tempo caso tivesse aproveitado melhor as oportunidades. Valdívia, jovem meio-campo do Internacional, sentiu-se satisfeito com o placar e lamentou as chances perdidas de ganhar três pontos e subir na tabela do Brasileirão.





Valdívia indica que tem expectativas positivas ao time no segundo semestre em consequência da qualidade que engloba o plantel. “Aqui, todos são titulares”, afirmou o meio-campo depois do empate.

Por Renato Duarte Plantier

Inter e Coxa

Foto: Divulgação



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *