Técnicos com Maiores Salários do Mundo em 2013



  

De acordo com a lista da France Football, se somar valores que os dez primeiros técnicos com maiores salários no ano de 2013 receberam, a soma fica em 114 milhões de euro, o que vale quase 370 milhões de reais. Detalhe: Não há treinadores brasileiros no ranking.

José Mourinho: Técnico português, lidera a lista dos milionários. Conforme a revista francesa, ele recebeu 17 milhões de reais do Chelsea. Não se pode ignorar o fato de que além da competência do treinador, também existe a estima que conquistou da diretoria na passagem anterior que de forma provável ajudou a subir o seu salário em 2013.

Pep Guardiola: Há quem diga que o espanhol fez errado em trocar o Barcelona para treinar o clube Bayer de Munique. Porém, em termos financeiros, o técnico não tem o que reclamar, visto que recebeu do time alemão 15 milhões de euros.

Carlo Ancelotti: Atual técnico do Real Madri, o clube de futebol mais rico do mundo. Esse treinador de origem italiana recebeu quase 14 milhões de euros.

Fábio Capello e Marcello Lippi: A Itália está em alta entre os treinadores com maiores salários do mundo. Capelo, o técnico prestigiado na Europa, treina a seleção da Rússia, equipe nacional que vai participar da Copa do Mundo FIFA Brasil 2014. No ano de 2013, o técnico recebeu um salário anual equivalente a doze milhões de euros. Logo atrás está outro italiano, Marcello Lippi, com 11 milhões de euros.





Arsène Wenger: Na Inglaterra os fatos parecem se repetir. O Arsenal não ganha campeonatos, mas o técnico se mantém firme no cargo há longos anos. Wenger ganhou 9,6 milhões de euros do clube inglês.

Roberto Di Matteo (8,2 milhões de euros), Andrés Villas-Boas (6,9 milhões de euros) e Rafael Benitez (6,8 milhões de euros) completam a lista dos dez técnicos com maiores salários do mundo em 2013.

Por Renato Duarte Plantier



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *