São Paulo- Situação do time, Recopa



  

Depois de terminar o jogo entre Corinthians e São Paulo pela final da Recopa Sul-Americana, Paulo Autuori tenta manter-se calmo perante a onda inesgotável de má sorte do time são-paulino. Segundo Autuori, a solução deve ser procurada mediante diálogo e entendimento.

Fez questão de evitar comentários sobre ex-técnico do Tricolor paulista, Ney Franco, e disse que não vê muitas soluções para o time a não ser o debate e a conversa franca entre dirigentes, a equipe técnica e jogadores.

Ele apontou que um dos grandes problemas é não haver tempo para treinar mas entende também que essa é uma questão que assombra todos os times. Elogiou a organização do time corintiano e disse que mereceram erguer a taça pela preparação mostrada em campo.





Quando questionado acerca do antecessor, evitou fazer qualquer tipo de comentário, entretanto, confirmou que há um longo caminho de muito trabalho para a nova equipe. Mesmo tentando manter uma postura ética, não se conteve quando o assunto foi o setor de defesa da equipe. Ele foi claro em dizer que nenhum time vence se tem uma defesa fraca. Para bom entendedor…

Por Melina Menezes.



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *