São Paulo – Entrevista polêmica, Juvenal Juvêncio



  

Como é de costume, Juvenal Juvêncio, concedeu uma entrevista do jeito que lhe é peculiar. Isto é, polêmico.

Quando questionado o porquê da contratação de Paulo Autuori e não Muricy Ramalho que era preferência entre os torcedores do São Paulo, ele deixou claro de que a pressão feita pela torcida não ia fazê-lo mudar de ideia quanto a melhor opção para o time atualmente. Acrescenta que tem muito respeito pelo treinador que esteve no time até 2009, porém aponta que o time está desmotivado e que Paulo Autori virá para acrescentar e tentar resgatar a coesão do time.

Juvência falou ainda que sabe identificar que os torcedores podem se rebelar contra os dirigentes, mas ele afirma – com certo ar de resignação-, que isso “…faz parte do cotidiano: os atletas ganham e os dirigentes perdem…”. Ou seja, o dirigente acredita que poderá ser criticado devido a sua decisão.





Como era de se esperar, alfinetou o time do Corinthians dizendo que as pessoas não deveriam ficar surpresas com a dança dos técnicos no São Paulo porque algo similar vem acontecendo no Timão.

Durante toda a entrevista, ele teve uma postura de confronto.

Por Melina Menezes.



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *