Copa do Brasil – Inter x América-MG, Comentários



  

Foi um primeiro tempo disputado. E, como o futebol é realmente uma caixinha de surpresas, o América-MG, que não era o favorito, abriu o marcador com um gol de Rodriguinho. O time do Inter não se encontrava em campo e errava muitos passes, além de ter pouca posse de bola.

Então Dunga mudou o time, colocou Jorge Henrique e mudou a formação tática do grupo. Deu resultado. O Internacional passou a dominar a partida, a pressionar o adversário em todos os setores do campo. Até que, após perder muitos gols, os gaúchos empataram com D'Alessandro batendo pênalti.

Assim, como o resultado ainda não era bom, o Colorado  virou o jogo com um chute de primeira de Forlán. Agora era a vez do América ficar perdido e, para piorar a situação do time mineiro,  o Inter ainda fez mais um de cabeça, fechando assim o placar e garantindo uma boa vantagem para a partida de volta desse jogo realizado pela terceira fase da Copa do Brasil.





Dunga afirmou, em entrevista pós-jogo, que muita coisa precisa ser feita para o time gaúcho ter verdadeiras condições de brigar pelo título da Copa do Brasil. O América-MG, por sua vez, agora volta suas atenções para a série B do Cameponato Brasileiro.

Por Madson Lima de Oliveira



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *