Corinthians doará US$ 50 mil aos pais Kevin Espada



  

Diretores do Corinthians e os pais de Kevin Espada, adolescente morto durante partida entre Corinthians e San José, pela primeira fase da Copa Libertadores, entraram em acordo sobre um valor de "indenização", e assim o time brasileiro doará US$ 50 mil aos ascendentes da vítima.

Quem confirmou a notícia foi a assessoria de imprensa do Timão, e será o setor jurídico do time que vai ficar responsável por resolver a forma de pagamento, ou seja, como o dinheiro vai chegar aos bolivianos. Em virtude da morte do adolescente, o Corinthians foi suspenso pela Conmebol por 18 meses sem poder levar torcedores aos estádios, quando for visitante.

Kevin estava na torcida do time boliviano, e num dado momento um sinalizador saiu da torcida corintiana, levando o garoto ao óbito; em consequência do acidente, doze corintianos foram presos pelas autoridades bolivianas, e só depois de alguns meses é que alguns foram libertados, mais precisamente sete deles, por falta de acusações convincentes.





Cinco corintianos continuam presos, apesar de um menor, que está livre, no Brasil, ter confessado a autoria do crime. O governo brasileiro tenta interferir na liberação dos "remanescentes", mas até o momento não teve sucesso.

Por Vinicius Cunha



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *